CREDIBILIDADE E ABSURDOS SOBRE O ES

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Tem gente que não acredita em mim.  Tem gente que quer fazer os outros não acreditarem em mim. Tem gente que quer fazer eu desistir do blog atacando a minha credibilidade. 

Não acreditaram no peladaço no Mourisco.  Azar o deles.

Não acreditaram no protesto judicial do superávit.  Azar o deles.

Não acreditaram no escândalo dos altos salários e incorporação de vantagens ? Azar o deles. Já está na boca do povo e na mídia.

Quando fui a Florianópolis para o Congresso da ABRAPP houve quem duvidasse.  As fotos acima mostram que eu estava lá.  Uma delas é significativa. Estou junto com o desembargador Sergio de Andrea, que fez interessante palestra sobre direito adquirido e ato jurídico perfeito em previdencia complementar.  Debati com ele a respeito da resolução 26 da CGPC.

E agora ?  Ainda duvidam ?  Então tá !

Outro assunto é sobre os vírus no meu computador.  Quem não acredita no que um hacker pode fazer, acredita em Papai Noel.  Se invadiram o Pentágono, não vão invadir o  meu blog ?

Agora informo que a reunião do conselho deliberativo será no Rio de Janeiro.  Acredite quem quiser. O Sauípe é só para despistar. Estão com receio de algum protesto na frente da PREVI.  Cadê a turma do Rio ?

Finalmente, sobre o ES.

Fiquei deveras impressionado com o que ouvi dos conselheiros e colegas presentes no Congresso a respeito das razões que concorrem para que a PREVI não reajuste devidamente o ES este ano, a exemplo do que realizou no ano passado.

Além de repetir ad extremum a ladainha do endividamento excessivo e de bater no peito de que essa cultura não pode continuar, pois prejudica demais os aposentados e pensionistas, que ficam sem margem financeira para viver condignamente, largaram uma história incrível.

Para eles não é possível ser conivente do que está acontecendo com os aposentados e pensionistas idosos da PREVI.  Mesmo sem precisar de dinheiro, idosos de noventa anos ou mais estão tirando o ES só porque podem deixar o dinheiro para os herdeiros, como se o ES fosse um seguro de vida.

Esses idosos morrem em seguida, o ES vem a ser quitado por causa da cláusula respectiva, e quem fica com o prejuízo é a PREVI. Vejam só.  Um horror.  Os velhinhos enganando a Previ com o ES no final da vida.  Inacreditável.  Por causa disso, o ES tem que ser reformulado.  Não pode virar num alívio de  final de vida. Esquecem que no custo do ES estão embutidos todos esses elementos, inclusive a quitação por morte.

No dia 27 se comemora o dia do idoso.  Acho bom eles se lembrarem que essa data merece uma reflexão.  Em vez de considerar o idoso um estorvo, um dilapidador da PREVI, quem sabe uma iluminação penetra na alma dessa gente e inspira uma solução justa para o ES. 

Já que falamos em morte, a esperança é a última que morre.

DELENDA CARTHAGO - EU ESTAVA LÁ, AZAR O DELES.

62 comentários:

João Rossi Neto disse...

Mensagem enviada hoje à PREVI.

Exmos. Srs:

Robson Rocha.

Ivan de Souza Monteiro.

Alexandre Correa Abreu.



Senhores Conselheiros,



Sabemos muito bem que a parte governamental do Conselho Deliberativo da PREVI, constituída por Vossas Senhorias, indicada pelo patrocinador BB, possuidora do Voto de Qualidade, prerrogativa conferida pela Lei Complementar 108/2001, é quem determina todas as decisões no âmbito da nossa Caixa de Previdência, sejam elas expressivas ou prosaicas.

Não estamos aqui, neste momento, para questionar ou discutir esse estado de coisas, mesmo porque isto só será resolvido pelo Poder Legislativo, caso este tenha vontade política para alterar a lei retro mencionada e corrigir as injustiças, redemocratizar o processo decisório, hoje, em mãos indevidas, num sistema leonino, vergonhoso e unilateral.

Assim sendo, a história é outra e tem a ver com as dificuldades financeiras enfrentadas pelo Corpo Social, do pleno conhecimento desse Conselho. A vida econômico-financeira da sociedade, seus hábitos e costumes, sofrem transformações constantes, especialmente o custo de vida que aumenta diariamente sob os efeitos da inflação real (não aquela maquiada pelo IBGE) que grassa no País e defasa o poder de compra. As dívidas sobem exacerbadamente pelo regime de capitalização e da ação multiplicadora dos juros altos que pagamos.

As doenças nos mais idosos, obviamente, são inevitáveis e os tratamentos mais cada vez mais caros. Os nossos proventos são corrigidos por um índice (INPC) inadequado que não repõe sequer a inflação oficial (IPCA), fator que é motivo de desequilíbrio nos salários auferidos, sem contar que a parte recebida do INSS é uma miséria.

Prometeram o realinhamento dos benefícios através do Termo de Compromisso de 24/11/2010, todavia, as partes que firmaram o documento quebraram a palavra empenhada. Deste modo, temos o empréstimo simples como à tábua de salvação. Uma linha de crédito que é operacionalizada com os nossos próprios recursos, entretanto, como não vem sendo ajustada à realidade relatada, atualmente, é uma solução de cunho provisório, paliativa e os valores vigentes estão longe de equacionar a penúria em que vivemos. Acreditem se quiserem, mas têm aposentados morando em favelas.

Configura extrema injustiça, inclusive sobre a ótica estatutária, essa PREVI empurrar-nos para os agentes financeiros do mercado, que praticam taxas de juros exorbitantes e sendo suicídio tomar empréstimos em condições tão desfavoráveis.

Essa Caixa foi criada para administrar os recursos, pagar as aposentadorias e defender os nossos direitos. Que tipo de defesa é este que entrega os seus associados na bandeja para os agiotas?

Ninguém está pedindo benesses. Empréstimo, como o próprio nome indica, é o repasse de dinheiro do captador para o tomador, cobrando juros, fixando prazo e este, mensalmente, mediante débito em conta, vai pagando as prestações pactuadas.

Portanto, não tem justificativa técnica à resistência essa Caixa em recusar-se a elevar o teto para R$150.000,00. Poderia ser de R$ 200.000,00, R$ 500.000,00 ou até R$ 1.000.000,00. O valor pouco importa, pois se o tomador não tiver “margem consignável suficiente”, não terá a acesso a ele (inatingível), visto que essa é uma condição “sine qua non”, ou seja, impeditiva. A parte isso, compete a essa PREVI, no exame caso a caso, deferir ou indeferir a proposta. Independente de teto, o crédito será quantificado pela margem consignável.

Agora, como o horizonte temporal de seus negócios é de longo prazo, sobretudo nas aplicações financeiras (Rendas Variáveis, Rendas Fixas e Imóveis), por que não fazer o empréstimo simples em prazo mais elástico como, por exemplo, de 150 a 180 meses. As prestações menores cabem nos bolsos dos participantes, assistidos e vêm ao encontro de suas reivindicações.

continua parte II

João Rossi Neto disse...

parte II final.

Outro que não puxará as orelhas dos senhores, porquanto será beneficiado com a revisão do empréstimo simples, será o patrocinador, uma vez que a maioria dos devedores vai pagar os seus compromissos com o banco, resgatando débitos vencidos.
Esse Conselho Deliberativo nunca fez nada para nos beneficiar e restou comprovado que a revisão do empréstimo simples não conflita com os interesses do BB, sendo medida justa, nobre e legal, seria de bom alvitre autorizá-la para mostrar boa vontade e deixar patenteado que não passaram em brancas nuvens durante os seus mandatos na prestação de serviços aos donos do PB1.
Contamos com a compreensão para o exposto e ficamos na expectativa do deferimento do teto de R$150.000,00 e prazo de 150/180 meses. Certamente esses patamares pacificarão a todos e remotas serão as possibilidades de outras pretensões nesse sentido.

Cordialmente.

João Rossi Neto.

Anônimo disse...

Bom, Medeiros, eu sou seu admirador e nunca duvidei do seu carater, matou a cobra e mostrou o pau.
Agora, quanto ao ES, sinceramente Medeiros, seria muito bom para muitas pensionistas e alguns colegas meus que viesse uma revisao mais flexivel, esta de vir mais 10 mil e 6 parcelas de melhoria, é complicado, para nao dizer revisao inutel.
Faltando poucos dias para decisao e confirmacao disto, como vamos conseguir reverter isto?
Missao impossivel ou ainda ha realmente esperanças?

Otelmo Farias

carlosdomini disse...

Dr.Medeiros,
Se esta teoria dos velhinhos forem verdadeira que mentes são estas que nos comandam?Triste sorte , triste sina...


Em tempo o ataque aqui dos virus continuam , sem danos , sendo limpos porém continuam Dr.Medeiros.

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,

Parabéns pela bravura com que conduz o Blog. Sempre lutando, de forma persistente, na busca de soluções que venham a amenizar as necessidades financeiras, que são da grande maioria, pelo que se observa através da amostragem das mensagens que aqui são colocadas...

Concordo plenamente, que só através da MOBILIZAÇÃO, com protestos IN LOCO(no Rio), poderão surtir maiores efeitos. Isso se chamar a atenção da Grande Mídia...

Vejo que já tem pessoa se dispobilizando para encabeçar a manifestação em frente ao Mourisco...

Agora, tem que haver uma forma de acelerar para uma convergência/conscientização e AGIR na prática. "NÃO PODEMOS NOS DISPERSAR".

Quem sabe a pessoa que vai liderar a MANIFESTAÇÃO/PROTESTO informe um e-mail aqui no blog. Através deste e-mail, aqueles tem interesse em participar do protesto, se comunique desde já, manifestando o SIM. E assim a comunicação se estabelece...
Um cronograma para a preparação deverá ser divulgado. A data "D" poderá ser na primeira quinzena de outubro, independente do ES, pois outros assuntos também estarão na pauta...

(Não sei se é por aí, o que voçes acham? Tem que se manifestarem todos que aqui escrevem...)

Abs.
Janone.

Laerte da Silva, de Penápolis/SP disse...

Caro Medeiros,

De onde será que saiu essa ideia de contratarmos o Empréstimo Simples, - mesmo sem precisarmos -, para usar como uma espécie de seguro, pago em vida? Se foi da cabeça desses nossos dirigentes, está mais do que na hora de defrenestá-los. Temos lido depoimentos de inúmeros colegas que estão aí, com uma necessidade enorme de dinheiro para se safar dos agiotas e dos bancos. Temos colegas que não recebem uma assistência digna por parte da CASSI, e precisam desse dinheiro para buscar médicos e remédios em outras cidades mais distantes, sem o quê, morreriam... Temos colegas que possuem filhos ou netos já formados, que não conseguem empregos, mas que, com a ajuda do Empréstimo Simples, poderiam iniciar alguma coisa em termos profissionais para eles. Enfim, temos muita gente precisando disso, mas não como um seguro de vida, pago em vida. É necessidade mesmo. E, agora, NÃO QUERENDO APROVAR AS MUDANÇAS, ficam inventando desculpas para não nos ajudar. É o fim da picada mesmo! Mas, se vier ordens de cima para aplicar em bolsa uma grande parte desse dinheiro, para salvar empresas da falência, ou ajudar em obras governamentais, de retorno duvidoso, pode ter certeza de que o dinheiro sai, e sai correndo. Como é que pode, colegas nossos, agora no poder, esquecerem-se de que algum dia foram bancários e passaram por necessidades como as que os demais passam neste momento? Mas isso não os atinge mais. Chegaram a um ponto onde o dinheiro é o que menos lhes faz falta. Mas talvez falte, algum dia, o nosso reconhecimento, numa futura eleição (CASSI/PREVI/ANABB). E aí, quando perderem os seus postos atuais, nas tetas da vaquinha de ouro, por certo estarão sentindo a falta do carinho e do apreço que sempre lhes dedicamos.

Anônimo disse...

Ainda não são 06 horas de 27/09.
Lendo o comentário sobre E.S, da
malandragem (que absurdo) dos velhinhos de 90 anos para cima da
PREVI, senti uma gelada ducha de
água nas minhas esperanças tênues
que , apesar de toda boataria, pu-
desse haver melhoria no E.S.

Sei não - mas como a esperança é a última a falecer, vamos aguardar
a reunião do C.D.

Anônimo disse...

Eita ferro

Só notícias desencontradas.

Agora a PREVI mira na malandragem
dos after 100 years old.

É brincadeira.

DELENDA MERRECA

(Lexotan já não faz mais efeito)

Anônimo disse...

QUE PREJUÍZO EM A PREVI COM A MORTE DOS VELHINHOS SE O ES TEM SEGURO? TÕ FICANDO LOUCO?E É BOM SE PREPARAREM PARA UM BOM PROTESTO PORQUE ELE VAI ACONTECER.ELES TINHAM QUE SE PREOCUPAR COM OS ALTOS SALARIOS E COM O DINHEIRO QUE O BB LEVOU DE NÓS...PAGA UM BRASILPREV PRA ELES, AÍ ELES COMPLEMENTAM O SALÁRIO...

Anônimo disse...

A reunião é 29 ou 30? Vamos nos organizar que eu vou...

Anônimo disse...

Dr Medeiros, por que será que a PREVI deu de mentir tanto, inventando tantas mentiras a respeito dos velhinhos(as), das pensionistas?Eles estão vendo que não somos trouxas como pensavam. Fizeram tantas promessas e não cumpriram.Vamos pessoal do Rio para frente da PREVI .
Queremos 150x150 ES.
Acorda Sasserom , pois vcs ai estão vivendo sobre nossas custas.
Se puderem assistam o video da Leopoldina pois esta sensacional.Abraços a todos e vamos que vamos.

Carlos Valentim Filho disse...

Prezado Medeiros,

Ultimamente, sempre que abro seu blog, o que faço diariamente, surge, no canto direito inferior da tela, uma janela com os seguintes dizeres:
"Atenção:
O Security Essentials detectou uma possível ameaça e suspendeu.
Clique em Limpar computador para remover esta ameaça.
Mais detalhes. Limpar computador"

Apago a mensagem e, algum tempo depois, já fora do seu blog, aparece outra janela, no mesmo lugar, dizendo:
" o Security Essentials limpou seu computador com exito."

Investigue, por favor, do que se trata, uma vez que tal mensagem só aparece quando abro seu blog.

Abraço do Valentim/Joinville

Carlos Norberto Kasper disse...

Caro Medeiros,

Seguro de vida??? Onde chegamos???
Esses dirigentes da Previ sempre desafiando nossa capacidade de avaliar seus absurdos argumentos com o que somente querem nos fazer sofrer. Pois se esta inciativa -fazer do ES um seguro de vida - é motivo de preocupação, cumpram o estatudo da Previ, sejam transparentes, divulguem, não o nome de quem eventualmente, obteve alguma vantagem, mas o montante dos prejuízos causados a entidade. Algum relatório Anual já fez menção a este particular. Não ? Provalmente, jamais ocorreu custo algum para a Previ pois tem cobertura de seguro. Caramba....parem de me taxar de idiota. Ou teria sido um seguro feito junto a ANABB ???
A propósito, o João Rossi Neto, em sua correspondência acima enviada ao Robson falou tudo.
Por fim, a cada dia que leio as mensagens postadas nos diversos blogs, e o faço todos os dias, sempre me ocorre a lembrança de que o número de colegas que estão "ligados" nos acontecimentos é muito pequeno. É uma pena que não tenhamos uma fórmula de trazer 50/60/70.000 colegas para o hábito de se atualizarem dos acontecimentos que nos dizem respeito, via internet. É nisto que as figurinhas marcadas a candidatos nas eleições da Previ/Anabb, etc. etc. apostam e sabem que dá certo.
Carlos Norberto Kasper - Arroio do Meio-RS-

Anônimo disse...

MEDEIROS, sou a favor da dilatação do prazo para 150 meses, ficando a prestação maixa baixa e um adiantamento do BET por um ano. Creio que resolve, grande parte dos associados.

HELENO PINTO NOBRE disse...

COMO FAZ TEMPO QUE JÁ RECONHECI QUE ESTE BANDO DE CANALHAS QUE TOMOU CONTA DA PREVI ; NÃO PRETENDE FAZER NADA; NEM CREIO QUE ALGUMA COISA POSSA MUDAR.

ENTÃO ACHO QUE NÃO DEVEMOS FICAR AGONIADOS. ELES ; ESTES CANALHAS É QUE SÃO A NOSSA TRISTE REALIDADE.
FICARMOS NOS HUMILHANDO E CHORANDO; ELES QUE SOQUEM ESTE AUMENTO NAQUELE LUGAR; VOCÊS ENTENDEM NÃO É MESMO.?

O OBJETIVO DESTES BANDIDOS É SE SERVIREM E NÃO AJUDAR OU SERVIR QUEM REALMENTE NECESSITA QUE SÃO OS ASSOCIADOS . A PREVI JÁ É TOTALMENTE DELES; A MARGINÁLIA TOMOU CONTA NÃO SOMENTE DA PREVI; TOMOU CONTA DESTE PAIS. E NÃO VEJO NENHUM SUPOSTO LIDER EM AÇÃO PARA FAZER ALGUMA COISA EM BENEFÍCIO DE QUEM REALMENTE NECESSITA.

HPN; MATRIC. 3984740-3 ; SEM MEDO DE DIZER O QUE PENSO. DESEJO QUE ELES QUEIMEM NO INFERNO; ESTE BANDO DE BANDIDOS E CANALHAS .

LEMBREI ; QUEM ESTÃO CERTOS FORAM OS JOVENS NO TAL DO ROCK IN RIO QUE FIZERAM CORO E QUE O MUNDO INTEIRO OUVIU; MANDARAM UM POLÍTICO FAMOSO VELHO E SEM VENGONHA TOMAR NAQUELE LUGAR PARA O MUNDO INTEIRO OUVIR. FIQUEI SABENDO ATRAVÉS DO JORNAL DE MINHA CIDADE; E SE FIZERAM ISTO; AO MENOS ALGUÉM TÁ INJURIADO E EXPÔS SUA INSATISFAÇÃO NUM EVENTO DE REPERCUÇÃO MUNDIAL.

BEM FEITO; QUE BELA HONRARIA PARA ESTE " REI DO FARDÃO "!

Anônimo disse...

Como não temos o dom das palavras, o dom da escrita, seria de bom alvitre reenviarmos, com a devida autorização do colega João Rossi Neto, a mensagem acima aos devidos destinatários porque ela expressa com detalhes, a realidade do que está acontecendo entre os que foram eleitos ou indicados pelo patrocinador e os que deveriam ser assistidos.
2. Outra questão seria dar os nomes dos conselheiros deliberativos, tanto os indicados pelo BB como os eleitos por nós, nome estes que devem ser do conhecimento geral, para que, não caia no esquecimento e no depender de nós, nunca mais venham a conseguir 'um cabide', e que sejam extirpados do nosso meio, e no futuro, nunca mais sejam eleitos a cargo nenhum.
3. Tal situação acima descrita, chega a nos causar uma parasitofobia, ou seja, uma aversão repugnante a parasitas, o que hoje, infelizmente estamos constatando.
Dr Medeiros, graças a Deus, uma coisa eu conservo, a fé que eu tenho Nele, e acredito que a justiça Dele prevalecerá. O Deus que tudo vê, não está alheio a necessidade dos humildes,e podem acreditar, o socorro já está a caminho.
Josué Jorge Junior,

Chico Alves disse...

Então quer dizer que os velhinhos estão proibidos de morrer com o ES depositado na conta. Estão condendos, apenas, a morrer de raiva.

Anônimo disse...

Nobre colega e grande amigo Sr. João Rossi.
Muito obrigado pela maravilhosa defesa, feita pelo senhor relativo ao ES.
Agradeço de coração, não só pelos argumentos tão bem pertinentes, mas também pela sua boa vontade em nos ajudar nessa horas em que muitos de nós precisamos.
Espero que a Previ, por meio de seus diretores, enxerguem essa grande razão, por voçê exposta e atenda este seu/nosso apelo.
Fiquei emocionado ao ler esta carta, tocou profundamente meu íntimo de alegria e satisfação só de saber que trabalhei na mesma empresa da qual voçê, amigo, também trabalhou.
Muito obrigado mesmo.
Que Deus lhe recompense por tudo que tem feito em nosso favor.

magyfilho disse...

Dr. Medeiros, o Sr. pode nos adiantar o conteúdo do seu debate com o Dr. Sérgio de Andrea, a respeito da resolução 26 da CGPC, qual a opinião dele e a sua opinião depois desta conversa? Acho que o desenrolar desse debate é um fato muito relevante para nossa causa, pelo menos no meu entender. Um abraço.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
No site a Previ informa que somos 100.596 funcionários no “PB-1”, divididos em 68.164 aposentados e 32.432 ativos (*). Nesse total não estão incluídas as colegas pensionistas. O Sr. Diretor de Seguridade afirmou que há elevado endividamento mas que atinge apenas uma pequena parcela dos participantes. Disse mais: “metade dos associados do Plano 1 não tem empréstimo contratado junto à Previ”. Na faixa etária igual ou acima dos 90 anos são 406 associados aposentados (*). Se somente a metade é que tem empréstimos contratados, não seria exagero inferir que apenas 203 colegas com 90 ou mais anos é que estão se valendo disso que a Previ considera como uma aberração, qual seja “mesmo sem precisar de dinheiro, idosos de noventa anos ou mais estão tirando o ES só porque podem deixar o dinheiro para os herdeiros, como se o ES fosse um seguro de vida”. Podemos considerar que um colega que hoje esteja com 90 ou mais anos deva ter contribuído para o fundo, contando o tempo de vida laboral e de aposentadoria, por ± uns 60 anos. Seria injusto ele contratar um ES com os propósitos que a diretoria da Previ considera como aberração? Outro detalhe, num universo de ± 120.000 associados teria relevância esse tipo de operação que estaria sendo feita por ± 200 colegas? Haveria algum tipo de comprometimento para o equilíbrio do plano esse tipo de empréstimo para idoso, se comparadas às aventuras sem o menor sentido do tipo Trem Bala e Belo Monte. Onde é maior o risco? Imagino que a diretoria esteja sendo “zelosa” até demais com os recursos existentes no “PB-1”. Usei o termo “zelosa” para não classificá-la como preconceituosa. Fecham propositalmente os olhos e se recusam a entender que se trata de “poupança” dos participantes e assistidos, que contribuíram a vida inteira, e que agora estaria retornando sob a forma de empréstimo para nós mesmos. Aliás, nunca é demais lembrar que atualmente estão em vigor condições diferenciadas de empréstimos para tomadores com mais de sessenta e nove anos.
(*) – informação retirada do site da Previ (participantes por faixa etária) com base no 2º trimestre de 2011.

Anônimo disse...

João Rossi, parabéns pelo texto, você disse tudo. Resta agora esperar a compreensão e o bom senso daqueles que administram a PREVI. Contribui por mais de três décadas para o fundo de previdência, hoje aposentado, doente e com uma aposentadoria irrisória tento administrar a vida.

Anônimo disse...

Seria importante, Dr.Medeiros:

- Que as mensagens aqui postadas fossem liberadas pelo menos umas 3 vezes ao dia. Nem que sejam poucas. Só assim poderemos interagir mais rapidamente...
- Seria possível?

Anônimo disse...

Vou ser sincera Medeiros. Vou tirar o que dá do ES e depois desvinculo meu INSS e tiro o restante consignado.Fazer o que? falar para não endividar é facil, difícil é pagar minhas contas...

Anônimo disse...

http://www.diretodaredacao.com/noticia/privilegios-no-banco-do-brasil
Leiam essa noticia, não é virus

Anônimo disse...

Como sempre, muito boa a participação do colega João Rossi Neto no seu comentário de hoje, nos dando conhecimento da sua correspondência enviada aos diretores da Previ.
Torcemos para que os ilustres diretores - nossos representantes - se sensibilizem e deem uma especial atenção ao pedido que foi feito pelo nosso colaborador e colega Rossi em sua missiva.

Com esperança e muita expectativa na aprovação do nosso pleito de 150x150 para o ES.

Atenciosamente,

Santos.Baduca
Salvador-Ba

Anônimo disse...

SEU MEDEIRINHO, PORQUE O SENHOR NÃO VEM PARA IRMOS A PREVI?
SERIA BEM LEGAL, E ACREDITO QUE DESSA VEZ IRIA MUITA GENTE, ATÉ PORQUE A SITUAÇÃO É BEM PIOR.

MARCA LOGO ESSE ENCONTRO, VAMOS ACABAR COM ISSO.

ALO TEXEIRA!! ENCABEÇA ESSA. SUMIU POEQUE?? VC É DO RIO COLEGA. ARARUAMA NÃO FICA ASSIM TÃO LONGE DE CARRO.

RESPONDEM.

Juarez Barbosa disse...

Prezado Dr.Medeiros e seguidores do Blog,

Disponibilizei em meu Blog as Propostas de Anteprojetos que visam alterarem as Leis Complementares 108 e 109.

Acesse o Link

http://previpb1emfoco.blogspot.com/2011/09/propostas-de-anteprojetos-para.html

Anônimo disse...

Medeiros,

Estou estarrecida com tamanho absurdo que o CD inventou agora para não aprovar o ES 150/150,gostaria de saber quantos aposentados de 90 anos tomaram o ES, se dos 120mil assistidos do PB1 quase metade não pega o ES e dos outros quantos tem 90 anos? Ah! vão se catar, que desculpa mais esfarrapada, estamos pegando o ES e existe diferencial de juros pela idade, existe seguro de morte em que a Previ não perde nada, por que deixa de receber a prestação mais não paga mais o benefício do aposentado, então aonde está o prejuizo da Previ?
Parem com tantas desculpas, parem de ser malvados e desumanos, a Previ deixou nossos beneficios defasados, perdemos o poder de comprar, estamos sofridos, injustiçados e revoltados, consumindo a nossa saúde e nossas vidas com tanto descaso da Previ que socorre a bolsa e investe em empreendimentos de risco, não cumpriu o Termo de Compromisso para revisão do PB1, e ainda quer nos deixar nas mãos de agiotas, sem nos socorrer a juros mais decentes?
Por favor enxerguem a verdade como ela é, precisamos do ES, para equacionar nossa situação financeira e não para deixar para filhos,porque a maioria já tem os filhos encaminhados e não precisam de esmolas dos pais idosos, a realidade é que precisamos de realinhamento do PB1, é necessário se rever muitas injustiças e absurdos cometidos contra o salário dos aposentados e pensionistas.

Anônimo disse...

Agradeço ao Dr. Medeiros por mostrar coragem e energia para nos defender, e nunca abandonar o que é certo e justo para todos os aposentados e pensionistas, que Deus o abençoe.

Anônimo disse...

SR ROSSI, sua mensagem está perfeita disse exatamente tudo que pensamos, endosso cada palavra.

Medeiros disse...

OK prezado Valentim, vou continuar tentando limpar e combater os vírus. O ataque viral que desfecharam não foi pouca coisa. Arrasa quarteirão. Basta dizer que todos os emails desapareceram por cinco dias, de 20 a 25. Simplesmente sumiram na minha frente. E recebo mais de cem emails por dia.

Sobre a palestra do Sergio de Andrea e outros mais do Congresso da Abrapp vou falar a partir de amanhã. Tem muita coisa interessante para nós.

Não estou conseguindo postar os comentários com maior brevidade por causa dos prob lemas no computador e não por minha culpa, de maneira que desculpem o transtorno.

Um saco esses invasores. Vão lamber sabão, para não dizer um palavrão.

Anônimo disse...

Medeiros, na Cooperforte tem alguma mudança de ampliação de prazo em vista?

Anônimo disse...

Tem hora que eu acho que não tem dinheiro nenhum para emprestar.Já levaram tudo...depois falam que nós é que estamos endividados,,,os pobres velhinhos...

raul avellar disse...

Prezados colegas
Os bancos dispõem hoje de artifício chamado "Contingência" que os possibilita de alugar salas, auditórios, etc, fora dos locais onde normalmente seus funcionários exercem suas funções, dificultando a ação dos piquetes, permitindo, assim, a consecução normal de suas atividades. Isto é o que deve estar acontecendo com esta provável reunião da Previ nos dias 29 e 30.
Por isso acho inútil qualquer demonstração pública de repúdio lá,
sem uma adequada preparação prévia.
Acho que devemos deixar claro para a Previ que, se não atenderem nossas demandas, haverá sérias consequências para os seus membros,
quer sejam eleitorais, morais, até porque, no estado de desespero a que chegaram os assistidos ninguém em sã consciência poderá responder por atos alheios.
Proponho que meus dois convidados sejam indicados, um pelo Dr. Medeiros e o outro pelo Presidente
Marcos Andrade, evitando-se, assim,
qualquer tentativa de desqualificação minha neste episódio, sob acusação de pretensões futuras, às quais desde
logo descarto SOB PALAVRA DE HONRA.
Aguardo as indicações de ambos.
Não forneço meu e-mail aqui para evitar virus, mas tanto o Medeiros
como o Marcos o possuem.
Mãos à obra!
Raul Avellar

Anônimo disse...

Dr. Medeiros

Realmente meu email estava enviando 25, 30 90 emails para uma mesma pessoa. Tinha eu instalado em meu pc dois firewalls: AVG e KASPERSKY. Só que um anula o outro. Desinstalei o AVG e fiz varredura, como faço todos os dias no computador, parece que o problema foi resolvido, e peço desculpas pelo inconveniente, sem contudo ter má intenção. O Clécio também reclamou-me desta situação, assim como minha filha. Fiquei constrangido. Espero que o problema tenha sido corrigido
Um grande abraço
Celso Bernardes
FORMIGA/MG

Anônimo disse...

Olha, acho bom cairmos na realidade, eu compreendo que ser otimista e ter esperança faz bem ao coraçao e ao espirito, mas ficar alimentado ilusao que vao conceder os 150 X 150 ja é caso com o perdao da palavra para internaçao medica.
Eu tambem pergunto:
Cade o movimento de organizacao do protesto no Mourisco?
Hoje é 27/09 cade a data e hora do protesto?
ELES vao anunciar o merreca e ai entao somente depois disto vao fazer protesto, ai minha gente so no ano que vem.
É agora ou somente em 2012.
Somente uma multidao reunida na porta da Previ fazendo barulho podera pressionar alguma COISA, caso ao contrario vamos nadar e nadar e morrer na prais.

Alcantara

João Rossi Neto disse...

Colegas,

Para reflexão.

Extraí o parágrafo final do site da AAFBB a fim de melhor entendermos a matéria. Parece-me que pairam dúvidas no aspecto: “ficará vedada a reversão de valores, tanto ao patrocinador como aos participantes, um dos motivos dos questionamentos que estão sendo feitos, inclusive na justiça, em relação à Resolução 26 do CGPC”.
Mas, é isto mesmo, se vingar a ADI ou o Projeto para modificar as Leis Complementares 108 e 109, o patrocinador e os participantes serão excluídos de receber as sobras das EFPCs. Entende-se por PARTICIPANTE, de acordo com o Estatuto do Plano, o ATIVO que ainda não requereu aposentadoria, ou seja, que não recebe os benefícios, pois, quando isso ocorre, ele passa à condição de ASSISTIDO. Claro está, então, que todo aposentado é um ASSISTIDO e as sobras deverão ser revertidas para beneficiá-lo.
Com efeito, o artigo 20 da Lei Complementar 109/2001, prevê que a não utilização da reserva especial por três períodos consecutivos determinará a revisão obrigatória do plano de benefícios da entidade. Fica patente que só tem benefícios para serem revisados, os ASSISTIDOS. Contudo, se a revisão implicar redução de contribuições, deverá ser levada em consideração a proporção existente entre as contribuições dos patrocinadores e dos participantes, inclusive dos assistidos. Em resumo, o patrocinador e os participantes (funcionários da ativa) fariam jus às sobras apenas nos casos de redução de contribuição.
De direito e de fato, é um tratamento justo, uma vez que o patrocinador não pode ser beneficiário do plano e tampouco o funcionário da ativa, ter acesso aos recursos do Fundo de Pensão, antes de cumprir o seu pedágio, verter as suas contribuições para gerar as reservas e satisfazer as regras do plano, de forma isonômica, como cabe a todo associado.
Essa interpretação é própria, podendo, talvez, haver discordância, no entanto, é assim que enxergo o assunto, salvo melhor juízo.


“Representantes da AAFBB compareceram, dia 26/9, a uma Sessão na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, onde foram discutidos assuntos referentes ao projeto a ser apresentado ao Congresso, visando a alterar vários artigos das Leis Complementares 108 e 109. O projeto prevê maior participação dos funcionários e aposentados na gestão dos Fundos de Pensão, democratizando a gestão. Um dos dispositivos objeto de alteração - de interesse especial para os participantes e assistidos da Previ - estabelece a utilização dos recursos excedentes (a Reserva Especial) na redução (ou suspensão) das contribuições e na revisão do Plano, exclusivamente para melhoria dos benefícios. Consequentemente, ficará vedada a reversão de valores, tanto ao patrocinador como aos participantes, um dos motivos dos questionamentos que estão sendo feitos, inclusive na justiça, em relação Resolução nº 26 do CGPC (sic)”.

Anônimo disse...

UTILIDADE PUBLICA Previ

A ACALE - Associaçao dos Cabeças Brancas Lascados e Endividados, contrata de imediato carpideiras, profissional feminina cuja função consiste em chorar para um defunto alheio, no caso nao sera para defunto, mas sim para simplificar os milhares de aposentados e pensionistas que depois do dia 29/09 poderiam passar dias na choradeira pela decisao triste do ES, assim as carpideiras de plantao farao este favor, claro, descontado em folha pela Previ.

Atenciosamente, PERU QUE JA MORREU DE VESPERA.

Brincadeiras a parte colega Medeiros, vamos descontrair um pouco enquanto podemos.

D.K

Anônimo disse...

MEDEIROS, essa da Previ, estar preocupada com os velhinhos tirarem emprestimos. E a CAPEC, está no vermelho. N~]ao é o que parece no ultimo balancente. Só querem nos sugar,sugar,sugar,sugar....

Anônimo disse...

27 de setembro de 2011
18 21 00 horas

somos 31 usuários online

DELENDA MERRECA

Profº Ari Zanella disse...

Estou de pleno acordo de que a concessão de superávit ao pessoal da ativa, de acordo com a Lei, NÃO poderia ter sido efetivado. É mais uma aberração, ou melhor, usurpação por parte do maldito BB que é muito bem assessorado pela equipe econômica gos governos petistas.
Quando, enfim, se restabelecerá a justiça neste país? Que país é este? O Brasil não é um país sério. Mas o clamor das viúvas e pensionistas já chegou aos Olhos do Senhor. Deus não tardará em intervir. Tenham fé.

Anônimo disse...

A C A L E - Associação dos Ca-
beças Brancas Lascados e Endividados.

Muito bem bolado.
Tomo a liberdade de ser membro efeti-
vo, de primeira hora dessa associação

O nobre e divertido colega Peru/D.K.
tem razão - é preciso descontrair um
pouco, para não pirar de vez.

DELENDA MERRECA

Anônimo disse...

Engraçado! Do prejuizo que a PREVI nos dá todo mês eles não falam. Contribuimos um monte para receber está m...(de miséria).

Toninho disse...

Bravo Guerreiro Medeiros,

Já que não há resposta da Previ sobre o ES, poderiamos tentar a possibilidade de receber o pecúlio CAPEC em vida, já que a maioria dos aposentados apresentam problemas cardíacos ou outros piores. Uma vez que pagamos o pecúlio durante todo o tempo trabalhado o certo seria utilizar agora no fim de nossas vidas.

Anônimo disse...

É, esta da piada da associaçao ACALE esta boa mesmo, so que vamos contratar as carpideiras nao é para chorar por nós por causa de merreca que vai vir do ES, mas sum pelos dirigentes da Previ quando estourar uma multidao de aposentados e pensionistas querendo verdadeiramente invadir a Previ para exigir respostas pelo descaso completo dos nossos interesses ludriados.
Assunto do ES vai ser o de menos.
Quem viver vera, estou velho, mas ainda tem muito homem aqui para passar dias na porta da Previ.
Faz tempo Medeiros que estao pagando para ver.

Americo Rolim da Silva

Anônimo disse...

Medeiros, em adendo à matéria postada por João Rossi Neto, cujo conteudo , penso eu, só não convencerá quem já morreu, quero enfatizar que se o Conse lho Diretor se reportar aos propósitos estabelecidos no seu estatuto para seu funcionamento(vide Site), nao tenho dúvidas que o nosso pleito será atendido. Para poupar tempo aos co-irmãos, trnscrevo abaixo os principios que norteiam as aço~es da Previ; l- Cidadania, democracia - transparência- responsabilidade socioambiental; 2-Honestidade-integridade- JUSTIÇA-RESPEITO(GRIFOS MEUS):3-Qualidade- competencia- excelência- criatividade- profissionalismo:4)Responsabilidade-coerência- comprometimento e solidariedade.
Por último, que Deus me castigue se eu estiver errado, mas se o Conselho ler com honestidade o que está nas entranhas da nossa Entidade o nosso pleito sera vitorioso. Ademais esta aplicação é muito mais segura do que as feitas na Costa do Sauipe ou nos espigões da Capital Paulista, de triste memória ou, eventualmente no Trem Bala. Cordialmente: Divany Silveira - Sete Lagoas-MG

Anônimo disse...

Clécio disse:
Incansável Medeiros, não me canso de lhe elogiar perante os outros, por todo trabalho que estás fazendo por nós, na qual agradeço muito. Às vezes penso, como pode uma pessoa se desprender tanto para benefício de outros. Vc. realmente é um Guerreiro, e valente. Parabéns. Rezo para que seu objetivo sempre seja alcan'cado. Para qualquer ajuda , conte comigo .
Ao Celso Bernardes. O que me referi em meu e-mail, não foi reclamação, apenas um alerta sobre oque estava ocorrendo. Possivelmente corrigido, pois sua resposta , recebi dentro dos parâmetros.-Contudo ,faceiro fiquei , em receber 25 mensagens suas, pois prova que nossa amizade começa se acentuar pelo menos 25 vezes mais. Rsrsrs.
Acredito que agora resolvido o problema neste blog, aparecer~ao minhas mensagens postadas.
Clecio Joinville.

Anônimo disse...

Mestre Medeiros, um colega meu que tem um amigo dentro das RODAS DA PREVI disse que pior que aumentarem apenas 10 mil no limite e 6 parcelas no prazo é alguns conselheiros nao quererem sequer revisar o ES neste ano, diz que ainda podemos tomar um grande susto nesta decisao do ES.
Diz que muitos na Previ querem acabar o mandato de bem na FOTO com o banco e o governo para serem chamados em outros cargos, que atualmente nós aposentados nao damos como se diz IBOPE para a vida publica deles e sim os interesses do banco e governo.
Disse que melhor 10 mil do que nada, imagine!!
Esta feia coisa náo Medeiros?


Roberto Matias Junior

Anônimo disse...

Dr. Medeiros e colegas,

Vejam o texto publicado no www.diretodaredacao.com, de autoria do Edgardo Amorim Rego, nosso colega também aposentado, já com alguns comentários postados:

http://www.diretodaredacao.com/noticia/a-previ-e-a-aposentadoria-complementar

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Notícia publicada no site do jornalista Cláudio Humberto:

28/09/2011 | 00:00
BB abandona Brasília para fortalecer o PT em São Paulo

A presidência do Banco do Brasil está “fatiando” sua sede em Brasília e transferindo diretorias para São Paulo. O objetivo é fortalecer o PT nas eleições municipais de 2012. Após dobrar a verba de propaganda de R$ 240 milhões para R$ 420 milhões, a diretoria de Marketing vai levar mais de 70% dos cem funcionários para a capital paulista. Ficam em Brasília o setor de “endomarketing” e parte da assessoria de imprensa, que parece ignorar tudo: diz não haver “definição” sobre a mudança.

Nossa conta

A mudança parcial do Banco do Brasil atende a conveniência política e até pessoal de diretores paulistas. Mas o custo será nosso, e é secreto.

Lorota oficial

A justificativa oficial do BB para a transferência é a de que o mercado financeiro “está concentrado em São Paulo”. Mas é só uma lorota.

Esvaziamento

A diretoria de Mercado de Capitais do BB trocará a sede de Brasília por duas instalações, maiores e mais caras, em São Paulo e no Rio.

Lipo forçada

A lipoaspiração do BB em Brasília começou com a transferência da subsidiária BB-DTVM (distribuidora de títulos) para o Rio de Janeiro.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, vamos solicitar a Cooperforte, aumento de 150/150meses, temos margem e será bom pra todos.
Abraços Paraibano

Anônimo disse...

Dr Medeiros, o BB esta querendo somente para eles: Veja só essa noticia:
“A direção do BB não respeitou a mesa de negociação, não apresentou propostas específicas, ameaçou com retirada de direitos e agora quer impedir seus funcionários de fazer greve. Não vamos permitir”, completa a presidenta do Sindicato.
Cambada de ladrões!
Se eu fosse da ativa não voltaria
ACORDA BB!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Bom dia, Dr. Medeiros.
Bom dia, colegas.
Aproveitando a msg do Clécio, de Joinvile, de fato, é bom fazer o bem. Como é bom fazer o bem!
Sem dúvida, nos aproxima de Deus Que é bom.
Senhores Conselheiros, Mirian, Célia, Robson, Ivan, Alexandre e William, os senhores têem uma OPORTUNIDADE HISTÓRICA de fazer o bem a dezenas de milhares de pessoas que estamos EM SITUAÇÃO DE PERIGO.
Continuo no meu propósito, em oração, diariamente, em favor dos senhores.
Obrigado, Dr. Medeiros e o melhor PAZ E BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

eunice bernadete disse...

Caro Medeiros,
Eu acho que tinhamos que nos mobilizarmos e alterar o estatuto da previ para que os nossos representantes sejam todos do grupo de aposentados pelos seguintes motivos:
1) São os mais interessados em que a previ dê certo;
2) Terão menos interesses pessoais pois já estão aposentados e não farão o que estão fazendo agora em aumentar o benefícios próprios, incluindo verbas rescisórias e valores entre 50 e 80 mil
Outro ponto é que aquele que for diretor ou dirigente não poderão ser conselheiros em empresas ligadas a previ, deverão estar a disposição da previ e assim não haverá choque de interesses.
Vamos começar uma campanha a respeito.
Até para os colegas da ativa isso será mais benéfico

HELENO PINTO NOBRE disse...

BOM DIA ; 28/09/2011 ; TENHO VISTO MUITA GENTE AMEAÇANDO FAZER MOVIMENTO EM FRENTE AO PRÉDIO DA PREVI . NO TAL DO MOURISCO;. EU PARTICULARMENTE NÃO ACREDITO QUE NEM METADE DOS QUE ESTÃO PROMETENDO; IRÃO REALMENTE FAZER ESTE MOVIMENTO.

DESAFIO; REPITO ;DESAFIO SOMENTE PARA VER. EU REALMENTE NÃO IREI PORQUE MORO NO FIM DO MUNDO E NEM TENHO CONDIÇÕES E ME PÉLO DE MEDO DE IR NO TAL DO RIO DE JANEIRO.! LÁ É UM LUGAR EXTREMAMENTE PERIGOSO.

ALÉM DE TUDO; ACHAM QUE OS DIRIGENTES DA PREVI IRÃO OUVIR OS NOSSOS RÔGOS ? QUEM QUISER SONHAR OU SE ILUDIR QUE SE ILUDA ; EU NÃO ACREDITO NEM EM PAPAI-NOEL; NEM COELHINHO DA PÁSCOA.

ELES SÃO MARGINAIS MESMO; NINGUÉM TEM VERGONHA NA CARA ESTES DIRIGENTES DA PREVI. ME COBREM SE ESTIVER FALANDO DE MAIS. E NÓS NÃO TEMOS PODER NENHUM PARA MUDAR ESTE QUADRO
HORRIPILANTE.

ELES JÁ ASSUMIRAM O PODER ; FIZERAM QUE NEM OS POLÍTICOS NO BRASIL QUE SE AUTO AUMENTAM SEUS SALÁRIOS; TODOS PROTEGIDOS PELAS LEIS .

ALGUÉM ACREDITA NESTA TAL DE PREVIC ? EU NÃO ACREDITO EM MAIS NADA;NESTE PAIS. OS JOVENS É QUE TIVERAM CORAGEM DE MANDAR O SARNEY TOMAR NAQUELE LUGAR; BEM FEITO; ESTOU BATENDO PALMA PARA OS JOVENS. SÃO OS ÚNICOS CORAJOSOS.

TEM QUE COMEÇAR COM ELES MESMO. NÓS JÁ ESTAMOS PASSADOS.

AQUI MESMO; EU HPN; MATRICULA 3984740-3; ESPERANDO QUE O POVO SE IDENTIFIQUE; SE NÃO TEMOS CORAGEM NEM DE NOS IDENTIFICAR; VAI VER QUE IREMOS BOTAR A CARA PARA BATER LÁ NO TAL DO MOURISCO.? EU ASSUMO A MINHA COVARDIA.

AINDA E ATÉ A MORTE ; REVOLTADO COM ESTE BANDO DE CANALHAS QUE ASSUMIU O PODER NESTE PAIS MENTINDO QUE FARIAM ALGUMA COISA PELO POVO BRASILEIRO. ESTÃO FAZENDO PARA ELES; CANALHAS .! SABEM QUE NINGUÉM NUNCA SERÁ PUNIDO MESMO.

Anônimo disse...

Mas qual é o problema de dilatar só o prazo do ES ? Eu não entendi até hoje...Para o limite eles ainda tem desculpa, mas para o prazo não tem nenhuma .

Anônimo disse...

E ai? Cade o panelaço? Cade a turma do Rio?
Estava aguardando uma reaçao nossa na porta da Previ no dia 29, contudo hoje sao 28 e nada.
Ate passagem aerea com tarifa mais baixa estava pesquisando, mas o panelaço ficou somente na conversa mole.
Ja sabem, sem protesto e mobilizaçao podem esperar o pior nao so para decisao do ES como qualquer outra melhoria, afinal nao é o CALO DELES QUE APERTA, ja que ganham muito bem.
Bela porcaria, hein Medeiros, conseguimos em 2011, um BET a conta gotas, sem aumento real nos proventos, sem revisoes, pensionistas em grande dificuldades e agora quem sabe um ES rediculo com desculpas mais rediculas ainda.
E a turma, fica latindo e latindo, mas fica so nisto, açao para tentar mudar alguma coisa, NADA.
A Previ vai anunciar a merreca e ai a turma vai querer fazer o protesto?
Realmente já era!!

Taldo Siqueira

Anônimo disse...

Minha bola de cristal diz que depois do dia 30/09 teremos uma avalanche de aposentados e pensionistas neste blog chorando por dias e dias.

Ai, ai...

Emerson

Medeiros disse...

Olhem, caros colegas, gostei da idéia da vassourada na frente do Mourisco aí no Rio.

Turma de aposentados e pensionistas daí do Rio, cadê vocês ?

Peguem vassouras e vão pra frente do Mourisco mostrar sua indignação e sua disposição para o protesto.

Cadê vocês ? Alo, alo, Rio de Janeiro, cadê vocês ?

VASSOURADA NA PREVI. ELES MERECEM.

Anônimo disse...

Iso mesmo Medeiros, VASSOURA na Previ urgentemente, e ja aproveitem e mandem uma para o meu endereço porque certamente com a MERRECA de ES que vao anunciar vai faltar ate vassoura na minha casa dira outras coisas.

Airton Silva

Ulisses Braga disse...

Essa ideia de "velhinhos espertos" prontos para enganar a Previ, é coisa de mente doentia. Mesmo que tenho ocorrido, quantos casos aconteceram? Um, dois... será que isso justifica a relutância desses diretores ou é apenas mais um argumento para explicar esse grupo interessado apenas em servir interesses inconfessáveis?

Anônimo disse...

Meu caro Dr. Medeiros o que houve que o fizeram calar sobre o empréstimo simples. Desistiu da luta, ou seria uma luta perdida?