DA MUDANÇA NO INSS AO GARFO NA CASSI.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

A mudança no pagamento do benefício do INSS, de origem governamental, traz alguns transtornos para nós , pois diminui a margem consignável para o ÉS, aumenta o imposto de renda para quem fazia com base na fonte unificada. E vai exigir a comprovação presencial no banco escolhido.


O Estatuto novo daCassi já foi registrado e está vigente desde o dia 10. A Cassi já se apressou a fazer a cobrança dos dependentes.

Quem tem esposa ou companheira apenas, nenhum outro dependente, vai pagar mais dois por cento, no caso de aposentado, e um por cento no caso dos ativos.

Então façam as contas e vejam como vai ficar o holerite a partir de janeiro.

Se nem com essa visão terrível houver interesse em participar do protesto judicial eu confesso que entrego os pontos,pois significa que não estão se dando conta do que está ocorrendo e vai acontecer. Alienação total.

Mas ainda tem pessoas que acreditam em mim.  O protesto tem 410 adesões. Por outro lado, os que entraram com ações Esses estão sendo beneficiadas por alvarás que estão resolvendo ou aliviando sua situação financeira, um verdadeiro presente de Natal.

É muito bom ver o sorriso nos rostos dos colegas quando recebem a notícia de que os valores arduamente ganhos na Justiça estão depositados em suas contas. E são valores expressivos. E alguns contemplados nem tinham mais esperança. Houve quem salvou a casa em hasta pública. Outro resgatou o carro. E outro pagou os estudos finais do neto, possibilitando a formatura. Emocionante.

Eles ficam felizes e essa felicidade é que me motiva a continuar trabalhando. Vivo e trabalho pelo bem deles.

E é assim que vamos que vamos.

BOLSA EM ALTA ´INSS ROMPE ACORDO COM A PREVI

domingo, 8 de dezembro de 2019

Nem tudo é nuvem negra no horizonte.


Para compensar os problemas na área da saúde, a bolsa bateu recorde e chegou a 111.000 pontos. Aliás confirmando minha previsão e meus palpites para investimentos e ganhar um dinheiro extra. Parei de falar na bolsa aqui no blog porque acharam que eu estava me exibindo. Quem comprou Via Varejo, seguindo meu conselho, a 5,00 hoje tem o dobro, a 10,00, em menos de um ano, quem botou cinco mil tem dez mil, quem botou dez tem vinte mil, dá para um bom Natal e até viajar. Melhor aplicação do ano.

Bolsa em alta é muito bom para a Previ e, no meu entender, afasta completamente o risco de déficit no final deste exercício..

As ações do portfólio da Previ estão bem valorizadas, Vale, Petrobras, BB, Bradesco, Ambev.

Com esse cenário não deverá haver cobrança dos participantes de nenhuma parcela para cobertura  de eventual déficit, situação que já deveria ser anunciada para nos tranquilizar.

Espero que não haja nenhuma surpresa  a nível nacional nem internacional que mude o panorama.

Portanto, também falo de coisas boas e otimistas. Tem anônimos que só querem perturbar. Esses eu vou cortar.

Mas minha atividade profissional me deixa às vezes um pouco temeroso, principalmente quando vejo as pessoas desprevenidas, como é o caso da CASSI onde poucos estão se protegendo das ameaças que podem vir com a alteração dos estatutos.

Hoje mesmo a Zero Hora aborda o tsunami prateado, como está sendo chamado o envelhecimento, e chama atenção para que tenhamos uma postura mais cautelosa é real, especialmente com relação aos nossos direitos.

A ANAPAR e agora o site da Previ dão conta de que a Previ e o INSS romperam acordo e que os pagamentos dos benefícios poderão ser separados. Vem confusão por aí. Turbulências a vista. Ou não ? Será que eu sou mal informado ?

Sim, gente, o seguro morreu de velho. Não fique de fora do protesto. Se ligue.

Delenda est Cartago.

TURBULÊNCIAS A VISTA

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Apertem os cintos e se segurem porque temos turbulências a vista.


O caminho a nossa frente está repleto de ventos, temporais e tempestades.

Temos que nos precaver e tomar as providências para assegurar o nosso futuro, melhor dito os anos que nos faltam, já que estamos na etapa final, na chamada ironicamente de melhor idade.

As novas gerações querem mexer nos nossos direitos, naquilo que conquistamos com sacrifício ao longo de nossosanosde trabalho útil.

Estão mexendo nas aposentadorias e querem mexer nos planos de saúde.

A longevidade criou problemas para sua sustentabilidade.

Então precisamos nos defender. 

Na Cassi está sacramentado a vitória do SIM.  Algumas duvidas levantadas sobre se os votos nulos teriam validade no quórum eleitoral, já foram suficientemente dirimidas. Não compreendeu quem não quis. Voto nulo não existe. Independe se está ou não escrito no estatuto. Voto nulo é zero.

Agora é a vez de ajuizar o protesto judicial. Tenho 408 colegas que aderiram ao protesto e vão ressalvar seus direitos, por uma quantia irrisória, 250 ou 350 reais, ficando melhor situados perante a tempestade que se avizinha.

Esses 408 estão sentados e com os cintos colocados. Os demais estão expostos e vão enfrentar a turbulência desprotegidos.  

Esse é um aviso aos navegantes. Um derradeiro aviso. Depois não venham com choro nem lamentações.

Dependa est Cartago !

VOTO NULO É NULO, ISTO É NÃO TEM VALOR

domingo, 1 de dezembro de 2019

A CONTEC quer impugnar a eleição porque afirma que os votos nulos não deveriam ser excluídos do  cômputo geral, somente os brancos, baseados no artigo 73 dos estatutos da Cassi.


Essa interpretação está equivocada e certamente será rechaçada na Justiça.

Existe uma matéria jurídica chamada de Hermenêutica, que ensina como se deve analisar uma lei ou um dispositivo regulamentar.

O que a CONTEC pretende é aplicar no caso o que se chama de hermenêutica gramatical, a mais bisonha e pueril, que interpreta apenas o que está escrito. No caso, o artigo 73 não fala nos votos nulos, só nos brancos, então os votos nulos não devem ser excluídos, e, dessa forma, não houve o número suficiente para sufragar o SIM. Simples assim.

Entretanto, tal interpretação insulta a inteligência do Judiciário e dos vitoriosos no processo eleitoral.

Basta uma consulta ao dicionário ou ao Google.

Nulo significa sem valor, inexistente, desprovido de efeito, zero, incapaz de existir.

Dessa maneira é totalmente inexequível querer incluir um voto nulo como válido. eis que o mesmo é inexistente, não tem valor.  Somente com intuito de confundir e com interesses maliciosos.

Portanto, é lamentável a atitude da CONTEC, que , com essa atitude, perde credibilidade, ainda mais que seus ofícios foram assinados por quem participa do CD da Anabb que se manifestou favorável ao voto SIM.

Muita incoerência e muita insensibilidade. Uma posição que parece ser mais de cunho político.

O artigo 73 dos Estatutos da Cassi não se referem aos votos nulos por supérfluos, em linguagem jurídica supérfluo é aquilo que é demais, desnecessário, inútil, despiciendo.

Portanto, em meu parecer, a apuração está correta , a hermenêutica a ser aplicada é aquela que procura buscar o espírito do que está escrito, de maneira que o que está acontecendo é chover no molhado.

O correto, no caso, é ressalvar direitos. E é o que vou fazer.

O SIM GANHOU GRAÇAS AO MEU VOTO E MEU BLOG. DEI SOBREVIDA À CASSI AGORA VOU DE PROTESTO

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Pretensão minha ?


Não.  Das outras vezes votei NÃO, desta vez votei SIM e recomendei o SIM no blog.

O SIM ganhou por quase nada. Cerca de 900 votos, O,7 %.  O meu voto está inserido aí, nesses 900 que fizeram a diferença, e certamente como influenciador levei junto comigo mais de 900 votos, pois meu blog tem 5.000 visualizações diárias.

Desculpem a falta de modéstia. Mas basta fazer esse raciocínio matemático, se eu voto não e recomendo o não em meu blog, o SIM ganharia ? Certamente não.

Entretanto, isso me deixa com responsabilidade no futuro da Cassi, melhor dito na sobrevivência da Cassi.

E também significa que, para me defender e defender inúmeros colegas, que terão seus direitos adquiridos afetados, ingressarei em Juízo com o protesto Judicial, o que deverá acontecer nos próximos dias, assim que for homologada a votação e publicado o novo estatuto.

Ufa !  Foi por pouco.

O SIM teve o dobro dos votos do não e mais um pouco. A alegação dos que perderam sobre os votos nulos não procede. Antes o cômputo foi feito igual.

Valeu o esforço dos que trabalharam para que os aposentados comparecessem.

Amanhã vou festejar a vitória no baile de fim de ano da Afabb Rs.

900 votos ! Que coisa !

CASSI, ANABB E ES

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Acabo de retornar de rápida viagem comemorativa do aniversário da Ana, como faço todos os anos.


Votei no terminal do BB um SIM na consulta estatutária da CASSI, um voto SIM para que a Cassi sobreviva, embora a proposta deixe a desejar em varios pontos, para os quais vou ressalvar os direitos que acho não podem ficar sem protesto.

Tenho a convicção de que desta vez o SIM vai alcançar o número suficiente. Sei de varios colegas que anteriormente votaram não e agora foram de sim, conformados que desta vez não tem outro caminho a seguir.

A eleição da Anabb foi anulada. Foram encontradas fraudes. Que coisa !  Acho que foi uma baita incompetência de quem promoveu uma eleição com tantas vulnerabilidades.

Eu aproveitei as mudanças no ES e tirei 29.000 para trocar de carro. O meu já tinha cinco anos e começava a apresentar defeitos, cujos consertos eram caros. Só tiro ES para investir, mas não condeno quem tira para atenuar suas dificuldades financeiras.

Por último, viajar pelo exterior com dólar a 4.50 é uma verdadeira loucura. Uma mineral 9,00: um cafezinho 22,00: um chope 45,00, uma corrida de taxi 65,00; táxi do hotel ao aeroporto 180,00. E por aí vai. Mas tem muito brasileiro viajando. Que coisa !

Meu celular bloqueou. Faz uma falta !

A DIRETORIA DA AFABB RS VAI PELO SIM

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Abaixo transcrevo a nota divulgada hoje pela diretoria da AFABB RS sugerindo aos seus associados o voto SIM no plebiscito da CASSI.

E´uma decisão importante e uma mudança de posição, pois anteriormente havia aconselhado o NÃO e na última votação optou pela neutralidade.

Desta vez a situação ficou difícil pela carência de recursos da CASSI para enfrentar seus compromissos, o que significaria a liquidação do plano.  O BB jogou pesado e nos deixou sem possibilidade de votar contrariamente, embora a proposta deixe a desejar.

Para os que se sentirem desconfortáveis e queiram se precaver, protegendo os direitos que serão prejudicados com a alteração estatutária, existe o protesto judicial, que será ajuizado tão logo termine a votação e o resultado seja positivo.

CASSI – CHEGOU A HORA


Chegou a hora! A AFABB-RS, desde 2015 vem participando, juntamente com as entidades do funcionalismo, do desenrolar dos acontecimentos relativos a difícil situação em que se encontra a nossa CASSI. Nosso propósito sempre foi o de manter nossos Associados bem informados dos acontecimentos para que, quando solicitados a votar nas Consultas ao Corpo Social promovidas por nosso plano de saúde, pudessem exercer este direito com total convicção. Como já dissemos, chegou a hora. De 18 a 28 de novembro estamos sendo chamados a decidir, através do voto, sobre o futuro da CASSI, em razão de proposta de alteração estatutária apresentada pelo Banco e endossada pelas entidades CONTRAF, ANABB, FAABB E AAFBB. Esta será a terceira votação sobre o tema, que nas duas oportunidades anteriores não logrou aprovação pelo quadro social. Na primeira oportunidade, a AFABB-RS assumiu firme posição contrária ao que nos era proposto e recomendou a seus associados que votassem NÂO e na segunda deixamos de fazer recomendação aos nossos Associados. É nosso entendimento que não existem três propostas, mas uma única, apresentada pelo Banco do Brasil, e que foi sendo melhorada até a que ora se apresenta. Não estamos diante de uma solução que satisfaça nossos anseios ou que garanta a perenidade da CASSI. Porém, diante do quadro extremamente grave em que se encontra o Plano Associados e a angústia revelada pelos aposentados, aconselhamos os Associados a VOTAREM SIM na consulta que inicia dia 18 próximo. Detalhes sobre a proposta podem ser conhecidos acessando o site www.cassi.com.br/futuroagora.

NÃO DEIXE DE VOTAR E INCENTIVE COLEGAS DE SEU RELACIONAMENTO A SE MANIFESTAREM

A DIRETORIA