BOLSA A 62.000, TÔ VENDENDO

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

A Bolsa está neste exato momento a 61.786. Estou vendendo, realizando um lucro excepcional, suficiente para pagar meu ES e recuperar meu BET. Graças a Deus e a minha intuição. Mas os sinais estavam evidentes, principalmente o efeito Dilma.

Perguntaram na postagem anterior qual a consequência para nós da Previ a suba da Bolsa, se os resultados virão de imediato, pois a situação de muitos é desesperadora e urgente.

Primeiramente o que a Bolsa em alta causa é uma mudança de humor nas empresas que operam em renda variável. O cenário fica risonho e mais sensível a providências que impliquem em benefícios para os participantes. Os gestores ficam mais condescendentes.

Em segundo lugar o patrimônio cresce da noite para o dia, ações dobram de preço, a rentabilidade passa longe da renda fixa, as reservas se reconstituem, em vez de deficit começa a aparecer no horizonte o superávit que propicia o BET.

Os números do mês passado de repente ficam obsoletos e novos patamares surgem como num passe de mágica.

Será mero repique, será mera jogada eleitoral ?  Não sei, a bolsa pode até continuar subindo, tem gente agora falando no número que anunciei no primeiro semestre, quando disse que a valorização viria no segundo. Lembram ?  Foi 65.000 pontos. Mas eu sempre vendo antes, nunca espero o máximo, saio enquanto posso, contente com o lucro obtido. Por esperar já me dei mal.

E depois da eleição ?  Se ganhar a Dilma ?  Cai a Bolsa ?

Acho que teremos fortes emoções. Vou analisar com profundidade e calma, vou consultar minha bola de cristal, aquela que tem gente que não acredita nela. Uma pena, tem medo de ser feliz.

Tem gente que não é otimista, que não acredita em milagres, nem em sorte. Olha aí o flamengo ganhando cinco partidas seguidas, o Fred desencantando com dois gols, o Goiás perdendo um pênalti no último minuto contra o líder Cruzeiro. Pé quente, olho grosso, rezas, existem mais coisas por aí que a nossa razão desconhece. O que tem que ter é fé e coragem.

O seminário de investimentos acabou. Teve altos e baixos. Um painel interessante foi o que abordou a responsabilidade dos gestores por maus investimentos.  Intervi mencionando as ações de gestão temerária. Causou um mal estar no plenário. Depois eu conto.

Amanhã vou assistir a palestra sobre a Cassi na AAFBB.

Sabem que está fazendo um frio danado no Rio ? Acreditem.

BOLSA A 60.000 PONTOS

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Duvidaram de mim, fizeram pouco do meu pé quente, até riram, quando assumi na Previ e a bolsa andava remando nos 53.000. Era no dia 2 de junho. Lembram ?


Pois aí está. Bolsa em alta, 60.000 pontos. Perderam de ganhar um bom dinheiro, especialmente na Petrobrás.

Quando estive em Camboriú falei para o Marcel que a bolsa ia subir. Ele, ao contrário, me assegurou que ia baixar. E agora Marcel ?  Quem estava com a razão ?

Ainda na semana passada escrevi no blog que deixara de ir ao jogo do Inter com o São Paulo para não gastar o meu pé quente que estava todo concentrado na bolsa. Naquele dia a bolsa estava a 57.000. Quarta-feira passada.

Só hoje a Petrobrás subiu 5 por cento.  Não ganhou quem não quis ou quem não acredita em mim. Quem diz que meus palpites são fajutos. Mas quem acha que sou bruxo ou mago tem recuperado as perdas do Bet seguindo minhas dicas.

O blog tem essa característica a mais. Dá sorte. 

Estou no Rio , acabei de chegar, justamente para participar de seminário da Abrapp sobre investimentos em fundos de pensão. Um dos painéis é sobre renda variável. São dois dias puxados.

Vou procurando me atualizar rapidamente para melhor poder exercer o meu mandato. Primeiro fui aprender o que anda rolando na área jurídica. Agora chegou a vez dos investimentos. O próximo é sobre governança.

Na quinta-feira pela manhã, convidado pela Célia Laricchia, presidente da Aafbb, vou assistir a palestra do Willians, diretor da Cassi, que vai falar sobre o mal estar causado com a declaração em Camboriú, de que a nossa Caixa estava quebrada, melhor dito o plano de associados.

E na sexta tem reunião do CD.

A CESTA ALIMENTAÇÃO TEM CARÁTER ALIMENTAR

sábado, 23 de agosto de 2014

O que está acontecendo com a cobrança abusiva dos valores recebidos por liminar referente à cesta alimentação ?

No Encontro de Camboriú o advogado dr. Juarez Nogueira apresentou ao diretor Marcel uma moção de repúdio, assinada pelas cinco associações anfitriãs, contra a forma descabida que os escritórios terceirizados estão cobrando dos autores a devolução das parcelas recebidas por liminar.  O diretor Marcel, está gravado, manifestou surpresa e desconhecimento. Esclareceu que em nenhuma reunião de diretoria da Previ houve decisão a respeito. E prometeu que iria examinar o assunto.

Existem as seguintes situações.  Um grupo de associados está imune porque ingressou cedo com as ações, cuja vitória nos tribunais duraram nove anos, de maneira que as decisões favoráveis já transitaram em julgado há mais de dois anos. Nessas condições, as ações rescisórias não podem mais ser movidas pela Previ.

Um outro grupo não quis ou não conseguiu receber mediante liminares, de maneira que nada tem para devolver. Só estão sujeitos ao pagamento de sucumbência e custas.

Existe um grupo, bem numeroso, que recebeu valores da cesta alimentação liminarmente, e que, agora, na medida que os processos são julgados improcedentes, tem os créditos mensais suspensos e os advogados terceirizados estão requerendo a devolução de valores, na sua totalidade, mais sucumbencia e custas. Depósito imediato em Juizo, sob pena de penhora on line.

Por último, um grupo que já tinha os processos encerrados, porém ainda não havia decorrido dois anos do transito em julgado, está sofrendo citação para responder a ações rescisórias, para devolver as quantias, mais sucumbência e custas.

O que tem chamado atenção nessas cobranças é a forma violenta e incomum como tem sido encaminhada, nos próprios autos, sem atentar para a questão de que nos processos não houve condenação à devolução dos valores, nem levando em  consideração o caráter alimentar da verba e a boa fé dos autores.

Existem várias decisões dos tribunais a respeito da irrepetibilidade. Trata-se de um verdadeiro dogma de Direito.  No caso da cesta alimentação, o próprio nome diz, trata-se de uma quantia destinada à alimentação, uma verba que é consumida, portanto deixou de existir, não tem como devolver.

Participei de um seminário jurídico da ABRAPP recentemente em São Paulo e o Ministro do STJ Sanseverino deixou claro que se a cesta alimentação tem caráter alimentar não tem como ser devolvida.

A Previ deveria examinar esse assunto com carinho e com a atenção devida aos participantes, que, na sua grande maioria, são idosos e necessitados.  Nesse caso não pode ser utilizado um critério meramente financeiro, Não é possível se guiar pela ganância dos escritórios terceirizados.

Não quero me alongar demasiado. Se acharem que devo me aprofundar nessa postagem, mostrar julgados, petições, casos concretos, eu o farei. Aguardo os comentários.

Por enquanto acho que esses informes são suficientes para balizar a questão. Espero que o diretor Marcel Barros se sensibilize e encaminhe uma solução sensata e harmoniosa, como, aliás, prometeu numa palestra que fez em Porto Alegre, no final do ano passado.

Oxalá.



ASSOCIAÇÃO VALE NA HORA DE PROTESTAR

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Uma das principais idealizadoras da manifestação na frente da Previ no dia 29 escreveu que o movimento não visava resultados imediatos nem tinha cunho político. Era apenas um encontro para mostrar inconformidade.  Um ato mais articulado e abrangente só através de uma associação.

Então eu acho que um resultado foi obtido, o da constatação do valor de uma associação para promover atos de protesto e de reivindicação.  Já é algo.  Especialmente quando alguns propalam a inutilidade das associações e a inoperância de seus dirigentes, que nada fazem e só desfrutam de mordomias.  Sim, já é algo mesmo.

Faltam dados concretos até agora para avaliar o que aconteceu no Mourisco no dia 20 às 12,00 horas. Vi algumas fotos no facebook, mas achei muito tímidas, esparsas, inexpressivas, alguns cartazes, pouca gente. Aguardo mais fotos e depoimentos. Falam em uma média de 150 pessoas. Dizem que o Ciro Garcia falou pelo PSTU arrancando aplausos entusiasmados e que Cecília Garcez teria sido vaiada por alguns.quando explicou tecnicamente o que estava acontecendo. Para os que me escreveram perguntando o que eu achava, respondo que torci para que desse tudo certo, conforme escrevi, uma manifestação sem violência, sem conflitos, sem agressões, que deixasse  uma mensagem sólida e convincente.de repúdio aos bônus de remuneração variável.

De minha parte, o que posso dizer é que estou com a consciência tranquila do dever cumprido e vou em frente, a próxima postagem, atendendo a pedidos, especialmente da afabb de Ilhéus - BA, é sobre a cesta alimentação. Depois sobre as contribuições. E o teto.

A vida não pára e já na segunda feira estarei viajando para o Rio de Janeiro, onde terei seminário de investimentos da ABRAPP, visitarei a AAFBB e a AAPBB, e participarei, como suplente,  da reunião ordinária mensal do CD da Previ. Arre !

Hoje aqui, de manhã, estamos festejando os trinta anos da Cooperforte, com café da manhã as 9,30 horas na sede da cooperativa, que fica junto ao nosso auditório.  Estava no dentista quando a TV estampou a notícia de que existem no Brasil 53 milhões de endividados e que a inadimplência vem aumentando assustadoramente. Nova notícia dá conta de que o Governo lançou novo pacote de crédito para sacudir a economia, nunca houve tanto desemprego, e a bolsa atinge 59.000. Aí entrei em parafuso, já não entendo mais nada.

Não fui ao jogo do Inter com o São Paulo e deu aquele desastre.  Mas estava frio e o meu pé tem que ser preservado. A bolsa tem que continuar subindo.

Bom final de semana para todos e para todas.

MANIFESTAÇÃO NO MOURISCO

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

É hoje a manifestação de protesto na frente do Mourisco para reclamar dos  bônus  da remuneração variável para os dirigentes da Previ.

Espero que decorra num clima sem violência e com segurança. Portanto, uma manifestação ordeira e pacífica, que cumpra seus objetivos de mostrar a inconformidade com atos que estão agredindo a  consciência da grande maioria dos participantes. Por enquanto só defenderam os bônus aqueles beneficiados pela medida.

Quero ver. se desta vez os colegas do Rio comparecerão em massa, sacudindo o comodismo e saindo da poltrona para ir para as ruas.

O episódio dos bônus ganhou novos contornos com a interessante nota de ontem da Anabb e com a instigante declaração de Willian Bento, ex conselheiro deliberativo da Previ, que colocaram mais lenha na fogueira e trouxeram novos elementos informativos aos participantes. Também uma carta do mestre Aristophanes e outra do Rossi Neto , respondendo ao Dan Conrado, mereceram destaque. A Unidade BB publicou uma carta do ex diretor Alexandre afirmando que as entidades deveriam se ocupar com outros assuntos porque a remuneração dos dirigentes representa pouco nas despesas da Previ, vejam só.

Torço para que a diretoria do BB e da Previ meditem profundamente sobre a repercussão negativa do caso dos bônus e analisem as possibilidades de corrigir o quanto antes a política de remuneração variável fazendo valer o bom senso e o equilíbrio que deve preponderar num fundo de pensão. Os argumentos a favor realmente não me convenceram.

O que não gosto é que tirem ilações políticas e partidárias do caso, porque isso fere o conteúdo ético e administrativo da discussão, que deve se restringir ao que interessa ou não para a PREVI como nosso fundo de pensão.

Estou acompanhando atento o desenrolar dos acontecimentos e torcendo por uma solução equânime e justa, compatível com os ideais que aprendemos a cultuar naquele antigo Banco do Brasil que tanto nos orgulhávamos de pertencer,

Oxalá.

ASSEMBLEIA GERAL DA AFABB RS ELEGE NOVO PRESIDENTE

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

O objetivo da assembléia era o de eleger os novos gestores da Afabb RS para o biênio 2014/2016.

Como sempre apareceu uma única chapa. Desde o início nunca houveram disputas eleitorais. Sempre houve consenso.

Procuraram-se candidatos a presidente. Convites vários foram efetuados. Eu fiz para seis ilustres colegas. Ninguém quis, ninguem pode, ninguém se animou. O cargo não é remunerado, não tem charme. E´ trabalhoso, impõe sacrifícios diários, mais aborrecimentos do que alegrias. Muitos problemas perante o BB, a Previ e a Cassi. Pouco reconhecimento. Mais críticas do que elogios.

Sobrou para quem ?  Sobrou para mim, mais velho, mais gasto pela vida, mais carimbado, mais sentimental pela idade. Estou com 76 anos. Eleito conselheiro deliberativo suplente da Previ. Estou no batente, pois. Não tenho como fugir do compromisso. Até porque nutro um carinho especial pela AFABB RS, por tudo o que ela representa. E não me deixaram saída.


Assumirei só porque todos os demais companheiros da diretoria, do conselho deliberativo e fiscal também continuam, salvo raras defecções. E também porque me prometeram liberar verbas para investimentos e eventos necessários há tempos.

Assumirei ainda porque os associados da Afabb RS , reunidos em assembléia concorrida e plena de presenças importantes, de forma unânime, mostraram seu apoio à eleição e atuação minha no conselho deliberativo da Previ, numa demonstração de total solidariedade à missão que irei desempenhar durante quatro anos, que se iniciou com a votação polêmica dos bônus para a diretoria, através de voto de minerva do BB, provocado pelos eleitos, 3 x 3, que está fervendo no caldeirão. Vou atuar tendo o respaldo dos associados da AFABB RS, que são poderosos.  Fico mais tranquilo.

Assumirei, assim, no dia 3 de setembro, às 16 horas, no auditório da AFABB RS, com a presença já confirmada da diretora Cecilia Garcez e de outras autoridades.

Mas como apreciaria uma renovação nos quadros diretivos da associação !  Cadê as gerações mais novas ?  Cadê os que clamam por melhorias e mudanças ?  Está na hora de sair de trás dos computadores e da frente da TV.

Então, caros colegas, é isso aí.  Mais um mandato, contrariado.  Mas fazer o quê ?  Só me resta exclamar: Vamos que vamos !  Conto com vocês.

QUE BONITO É !

sábado, 16 de agosto de 2014

Que bonito é ,  canta o conhecido samba de Luiz Bandeira.

Que bonito é
Pela noite enluarada
Numa trova apaixonada
Um cantor desabafar.

Pois, peço licença para desabafar o que sinto no peito neste sábado.

Que bonito é, ver todas as principais associações unidas em torno da mesma causa, a favor dos funcionários do Banco do Brasil, da ativa e aposentados, contra desatinos praticados por dirigentes do patrocinador na Previ !

Que bonito é, ver a Anabb, a Faabb,  a Aafbb, a Contraf/Cut e a Contec unidas em reunião para enfrentar a questão da remuneração variável aos diretores da Previ !

Que bonito é ver, que os conselheiros deliberativos eleitos lançaram uma nota conjunta divulgando seu voto contrário a proposição dos conselheiros indicados pelo BB, dessa forma provocando a utilização do voto de minerva pelo presidente !


Que bonito é, ver a reação unânime dos participantes contra esse ato prepotente e conflituoso, se mobilizando de todas as maneiras possíveis, através de cartas ,  abaixo assinados,  protestos,  divulgação na imprensa, etc. !

Que bonito é, sentir brotar esse sentimento de inconformidade e de indignação contra alguns atos que já passaram do limite e agridem a nossa consciência cívica e de funcionários de uma instituição séria como o BB!

Que bonito é, ler uma matéria como a que foi publicada no Valor Econômico de quarta-feira, que dá uma visão real sobre o caso, ao contrário das matérias confusas que saíram no site e no informe da Previ !

Que bonito é, ler os excelentes comentários e sugestões escritos por vocês no blog, salvo alguns excessos e enganos, até compreensíveis no momento, que demonstram o nível elevado de compreensão e de conhecimento dos frequentadores. Parabéns !

 
Que bonito é, sentir que estamos irmanados no mesmo ideal, como aconteceu domingo passado, quando meu filho, José Bernardo Junior, no dia dos pais, me levou no Beira Rio para assistir o Gre Nal, fazendo parte única daquele enorme mar vermelho que coloria o estádio e nos fazia tremer de emocao !

Que bonito é !  Não vamos deixar cair essa flama e essa chama.  Que ela continue acesa e firme, como a chama farroupilha que hoje se acende aqui no Rio Grande do Sul e simboliza os nossos melhores ideais!  Vamos que vamos ! Bom final de semana.