IBOVESPA VAI SE RECUPERAR ?

sábado, 23 de março de 2019

O tombo foi grande. Caiu forte. Rumo aos noventa. Ficou em 93.000 pontos.


Eu achava que a proposta dos militares seria mais convincente. A que foi  apresentada foi branda e desagradou ao mercado, que viu a reforma da previdência emperrar no Congresso.

A próxima semana vai mostrar se a reação do Governo vai ter efeito positivo e se o Ibovespa vai recuperar os pontos perdidos.  Eu torço que sim. Tem agenda já marcada. Terça o Guedes fala na comissão da Câmara. Um pronunciamento importantíssimo. Vai ser determinante. A retomada de diálogo com Maia também é importante. E quarta tem o julgamento do habeas de Temer. Na minha opinião, será concedido.

Vou anunciar minha carteira. Colaboração do blog aos que seguem minhas sugestões.

Tenho ações daGerdau e da Metalúrgica Gerdau. O balanço de 2018 foi excelente. Boa empresa, gaúcha, fui conselheiro fiscal.

Tenho ações da Petrobrás. A empresa está dando a volta por cima. 

Tenho ações da Marcopolo, outraempresa gaucha, tradicional, ações estão com valor baixo.

Tenho ações da Cielo e da Usiminas, com boas possibilidades.

Tinha a Siderúrgica Nacional evenci. Me arrependo.

Minha carteira, pois, tem apenas seis ações. Duas de longo prazo, uma de médio, três de curto prazo.

Os investidores estrangeiros estão voltando.

Continuo acreditando na bolsa, apesar do cenário internacional apontar para um desaquecimento naeconomia, daChina, Alemanha e EUA.

Bom para comprar ações na baixa. O BB caiu de 54 para 48.

Ótimo final de semana e bons negócios.


RESPONSABILIDADES DO BANCO DO BRASIL

quinta-feira, 21 de março de 2019

A última postagem do Adai Rosembak em seu blog deve ser lida por todos que utilizam cartão de crédito bancário nas suas compras. Leitura indispensável. Está na orelha do meu blog.


Ele conta que na volta de suas férias examinou o extrato do cartão e verificou a existência de quatro operações fraudulentas, que exigiu sua intervenção para o cancelamento das mesmas. Seu cartão deve ter sido clonado ou a senha ou código de segurança utilizados indevidamente.

No banco constatou o drama de clientes que tiveram saques fraudados de sua conta corrente. O dinheiro sumiu. E constatou que o banco queria se eximir de qualquer responsabilidade.

Existem muitos golpes na praça. Todos sabem. Adai recomenda guardarem a segunda via das transações. Eu recomendo tapar o código de segurança na parte de trás do cartão.

Como sempre fiz, dedico uma parcela do meu tempo a atender aos necessitados, em geral pensionistas humildes e ingênuas. É minha contribuição social que eu me imponho por mais incômodos que tenha. Contei até para o Ari Zanella tempos atrás que tinha ido a Esteio defender uma pensionista da sanha do nosso BB guloso, acompanhado da nossa advogada Gabriela Lopes, que se debruçou sobre a causa.

Pois bem, ganhamos a causa. A ação foi julgada procedente e o BB foi responsabilizado por não ter tomado as medidas corretas e acauteladoras quando o cartão da pensionista foi furtado e houve uma operação de empréstimo fora do padrão normal.

Vou transcrever no próximo post parte da sentença. Pode ajudar a colegas em situação similar.

Aproveito para comentar o tombo do Governo na bolsa, em vez dos cem mil baixou para 96.000 pontos, com a pífia reforma dos militares, e o projeto anti crime de Moro considerado fraco. É uma cópia de um já existente no Congresso. O desempenho do Presidente e de seus filhos foi reprovado na pesquisa. Sua popularidade baixou 15 por cento. Espero que aprendam alguma coisa com esses números. Na realidade o Brasil está travado desde janeiro. Muita confusão. Falta de articulação e coordenação. Assim não dá, Presidente. Se fosse ouvido na pesquisa, também mudaria minha nota para baixo. Reaja, por favor. Mostre porque lhe chamam de mito. Está na hora de começar a governar de verdade. Deixe as lombadas, os concursos para a Previ, as futricas com a mídia, com as redes sociais, o muro do México, a crise da Venezuela, as questiúnculas religiosas,   e embarque nos assuntoassuntos prioritários do país, saúde, educação, segurança, geração de empregos, desburocratização, desoneração, ordem e progresso. É o que eu penso e desejo.

Fala sério, capitão!





SUPERÁVIT FAJUTO

domingo, 17 de março de 2019

DOEU o superávit anunciado de 6,5 bilhões.  Se esperava no mínimo dez bilhões. No mínimo.


DOEU a nota publicada no site da Previ. Obscura, omissa, ofensiva a nossa inteligência.

DOEU a percepção de que o alegado foco no participante é enganoso.  Não querem mais devolver superávit para nós.

DOEU verificar que a apresentação do relatório na sexta feira à tarde no Rio foi uma sessão pífia e pouco transparente.

DOEU comprovar que a transparência da Previ continua deixando a desejar.

As entidades não podem aceitar isso.

É preciso reagir.

Ou vamos deixar assim mesmo?

TRANSPARÊNCIA DA PREVI

terça-feira, 12 de março de 2019

A Previ se diz transparente.  Eu não acho.  Bato nessa tecla há muito tempo.


Sexta feira, dia 15, a Previ vai apresentar o relatório do exercício de 2018, no qual obteve um excepcional superávit.

Deve também apresentar a nova tábua de senilidade, pela qual a expectativa de vida foi muito aumentada, para mais de noventa anos. Hoje a Previ conta com cerca de sessenta aposentados com mais de cem anos. Essa nova tábua reduzirá o superávit.

Foram convidadas todas as associações.  Não sei se a Anaplab consta da relação. Não vi  A Afabb Rs foi.

O que não me caiu bem foi a data e o horário. Uma sexta feira, as 16,00 horas, no Rio. Pode ?

Pior ainda, o tempo para perguntas . Trinta minutos. Das 17,30 às 18,00 horas. Pode ?

Falem sério!

Que transparência é essa ?   Por que  essa  manobra ?  Medo de que ?

Bastou o Governo acenar que ia tratar com empenho a reforma da previdência que a bolsa reagiu com força e dos 94.000 passou para  98.000 pontos ontem. Quarta se instala no Congresso a comissão de justiça. Reagiram as ações do BB, Petrobrás e a Vale chegou quase a cinquenta reais apesar do desastre de Brumadinho.

Bolsonaro e Paulo Guedes precisam governar e se entender.  O presidente do BB resiste em privatizar a BBDTVM. Ainda bem.





TERMINOU A BRINCADEIRA

terça-feira, 5 de março de 2019

Terminou a brincadeira .... Agora é para valer.


Estamos em março. O carnaval já foi. O fim do verão está chegando.

O que nos espera ?  Mais confusão?  Recuos ?  

Eu aguardo medidas concretas e coerentes para colocar a economia nos trilhos e o Brasil reconquistar o grau de investimento. 

Eu aguardo decisões inteligentes e justas para a novela da Cassi. Tem nova reunião agora no dia 8 . A proposta do BB foi pior do que a do ano passado e foi repudiada por varios grupos e associações.

Eu aguardo que a Previ baixe a bola, aproveite o superávit de 2018 e reveja as condições do empréstimo simples, suspensão, prazos e valores. Existe, sim, espaço para melhorias.

Aguardo que aPrevi reexamine o reajuste anual dos benefícios e adote um parâmetro mais benéfico aos participantes.

Aguardo que a reforma da previdência não paralise no Congresso e que o Ibovespa alcance o sonhado cem mil pontos.

Aguardo que o Judiciário acorde de sua letargia e faça o papel que todos esperam na administração da Justiça.

Aguardo que minha saúde continue firme, sem imprevistos nos exames que sempre realizo no mês de março.

Aguardo por milagres divinos.

Afinal não custa sonhar. É preciso ter esperança!

BRASILIA, CASSI E VALE

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Estou chegando de Brasília.  Lá estive na terça e quarta. Retornei ontem à noite.


Acompanhei um pouco a novela da Cassi.  Todos já sabem que o BB apresentou proposta por escrito na mesa de negociação. Praticamente a mesma que foi rejeitada pelo corpo social de maneira contundente. Um pouco pior. 

Nossas entidades estão divididas. Tem aquelas que querem continuar resistindo e aquelas que acham que devemos transigir e aceitar, sob o argumento de que o BB está irredutível, não tem mais autonomia total, e de que se perdem os anéis mas ficamos com os dedos.

Todos teremos que tomar uma posição.  Não dá para ficar de fora. É a nossa saúde que está em jogo. Vou ter que me debruçar em cima dos números e dos argumentos.

O que me chama atenção nesse imbróglio é a falácia. Quantas vezes ouvi de nossos eleitos a ameaça de que a Cássi ia quebrar ou sofrer intervenção da ANS nos meses de setembro, outubro, novembro, se nós não aprovássemos as alterações propostas pelo BB. E isso não aconteceu.

Ao contrário a Cassi teve expressivos superávits em novembro e dezembro, de mais de cem milhões de reais. Aí eu fico com a pulga atrás da orelha. Por que o terrorismo ?

Mas acho que vamos terminar marchando nessa questão da Cassi. Infelizmente.

Outra notícia ruim foi sobre a Vale. Ela perdeu o grau de investimento da agência Moody s seus papéis  em Bolsa viraram lixo, em linguagem vulgar, e terá que pagar mais caro por financiamentos mundiais. Consequência do desastre de Brumadinho. A Previ vai ter prejuízo com isso.

No mais, Brasília ferve. General Mourão em alta. Bolsonaro em São Paulo fazendo exames. Ônix bastante otimista.


A CONFUSÃO CONTINUA

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019


Para mim, a confusão continua. Ficou claro o desentendimento entre Salim , da Desestatização, e Novaes, do BB, a respeito dos ativos privatizáveis.

Hoje tem importante reunião da mesa de negociação da Cassi. O bebê está nascendo com a quebra do princípio de solidariedade e a cobrança por dependente.

Lamentável a nota publicada pela Previ sobre recuperação de créditos de 70 milhões. Uma gota no oceano perto dos valores pagos para Daniel Dantas. Ridícula. Pensam o que ?  Melhor seria que falassem do pífio reajuste.

Quem acompanha o blog poderia melhorar sua situação financeira com a dica que eu dei sobre as ações da CSN, cia. Siderúrgica nacional. Elas deram um salto enorme. Agora só tenho a Metalúrgica Gerdau, que ainda não reagiu, apesar do bom resultado de seu balanço. Não entendi. A bolsa está tentando vencer amuralha dos 98.000 pontos.

Boa semana para todos. Estarei em Brasília terça e quarta. Vou ver a confusão in loco.

Vamos que vamos.