GRIPE GOLPISTA

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Até a gripe virou golpista.  Ao menos essa que me pegou traiçoeiramente. Eu me vacinei.  Não me expuz. Ou é expus ?  Já entrei em parafuso. Culpa da gripe.


Pois ela me agarrou de jeito. Febre, dor de cabeça, rinite, tosse alucinante, dor n corpo, tonturas, indisposição.Tudo que ela tinha direito.  Me nocauteou e me deixou de cama arrasado. Coisa que há muitos anos não ocorria. 

De quebra contaminei minha esposa, que é dura na queda. Ana está ainda em pleno processo de combate. Está tomando o tal de Tomiflu. Caríssimo. Duzentos paus dez comprimidos para cinco dias.

Vou processar o laboratório da vacina.  Não me protegeu coisa nenhuma. Estou indignado.

E acovardado também. Louco de medo da gripe. De ter uma recaída. 

Ainda por cima o clima aqui no sul inventa de dar uma reviravolta drástica. Ontem caiu quinze graus. Pode ?  Tem organismo que resiste ?  Como ficam os idosos ? Meu Deus !  

Bem eu estou impondo uma resistência heróica.  Mas advirto-me que não é fácil.  Não brinquem com ela .  Essa gripe mata.  É pior que a gripe espanhola.

Aliás não é gripe . Stá disfarçada. É a influenza. 

Fujam dela.

7 comentários:

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Caro Mestre: tudo que o Senhor passou, também passei. Tenho 70 anos e o que é pior, tenho DPOC (enfisema pulmonar), o que já me DEBILITA bastante. Faço fisioterapia respiratória 3 vezes por semana, na tentativa de melhorar um pouco a vida. No dia 20/ABRIL/17, me vacinei contra a gripe; no dia 25 do mesmo mês GRIPEI VIOLENTAMENTE. Só em aproximadamente 10/JUNHO/17, é que consegui DEBELAR essa enfermidade. Como somos da MESMA GERAÇÃO e creio que com a MESMA AFINIDADE e ASPIRAÇÕES, o mesmo CALVÁRIO nos é comum. bem como, atualmente, mau saído dessa MAZELA, o mesmo TERROR de uma INDESEJADA RECAÍDA. Por oportuno, NÃO ADIANTA PROCESSAR O LABORATÓRIO, pois a VACINA SÓ ATENUA, a MALIGNIDADE da DOENÇA, consoante informações médicas.

Anônimo disse...

Expuz ou expus?

Sem o "z" no infinitivo, o "s" pede passagem. Exemplos:

Fazer: faz, fazemos, fazem, fiz, fez, fizemos, fizeram, fizer, fizermos, fizerem, fizesse, fizéssemos, fizessem

Dizer: diz, dizemos, dizem, dizendo

Querer: quis, quisemos, quiseram, quiser, quisermos, quiserem, quisesse, quiséssemos, quisessem

Pôr: pus (expus), pôs, pusemos, puseram, puser, pusermos, puserem, pusesse, puséssemos, pusessem.

O derivado segue o primitivo: fez, refez, desfez, desdiz, desdizendo, compuser, compusesse etc.

Anônimo disse...

Doctor,

Venha embora para o Piauí. Aqui é tão quente que alguns acham que a caldeira central do capeta está localizada embaixo de Teresina. Sem falar que seria recebido com tapete vermelho, buchada de bode e uma cajuína.
Vem?

Anônimo disse...

O site da Previ esbanja novidades, isso é bom demais

Anônimo disse...

Doctor,

Não fique triste com o Inter...


Portuguesa é eliminada da Série D e fica ‘sem divisão’ para 2018
Tradicional clube paulista, rebaixado em 2013 pelo STJD, chegou ao ponto mais baixo de seus 96 anos de história

Medeiros disse...

Olhem gente, tem poucos comentários, porque recebi uma enorme quantidade de comentários grosseiros e mal intencionados, bem como mais de 50 spams e vírus, deixando um clima difícil de operar um blog decente.

Existem os que reclamam que os blogs estão inoperantes, mas está difícil trabalhar com uma tal linha de fogo e de combate hostil.

Tenho anti vírus e tenho cuidado, mas está difícil operar o blog.

Anônimo disse...

Ano passado fui acometido por uma forte gripe tbém, acompanhada de crises de tosses e de dificuldade para respirar. Parecia que o meu tórax estava comprimido e o diafragma não tinha elasticidade. Sensação horrível, de desespero. Fiquei com sequelas, em função da tosse. Hemorroida, acreditam? Na ocasião, antes da gripe, fui abordado na rua por uma equipe do Posto de Saúde, que estavam disponibilizando a vacina, mesmo para pessoas que não eram do público alvo, recusei, em face de relatos de que a vacina provocava a gripe. Optei pelo mito e fiquei com o hemovirtus!