A HORA DA VERDADE

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Lembram da "hora da verdade" do tempo do Ximenes ?  Quando o BB deu aquele prejuízo monstro e instituiu o PDV ? 

Pois bem, nessa tormentosa questão do superavit, chegou a hora da verdade.

Uma coisa está bem clara para mim. Tocou no BB vem reação forte.  Foi o que aconteceu há pouco. Mencionei que uma boa idéia era protestar por ocasião da divulgação do balanço, que acontecerá na quinta e a teleconferência na sexta, e choveram críticas, repúdios, ironias, reprovações, a maioria eu nem postei.



Tocar no BB dói.  O pessoal do BB está sempre na trincheira pronto para atirar. Afinal são regiamente pagos esses funcionários do primeiro escalão para quê ?  Em primeiro lugar para defender seus altos salários, o PAIEX, as mordomias, as vantagens, os conselhos.  Em segundo lugar para evitar que alguém possa atravessar as barreiras do sistema e causar problemas, talvez mudar o curso dos acontecimentos e das programações.

A hora da verdade está em saber como está a situação real do processo de pagamento do superavit, já que, ao contraria do que aconteceu na Valia, eles não nos informam quase nada.  As informações da Celia foram uma grande frustração. Além de que deixaram de ser diariamente, como prometido, nada acrescentam além do oficial. Aí basta acessar a Previ.

Os comentários do blog estão procurando desvirtuar o assunto. Como a Previ não quer mais críticas e proibiu-as eles enveredaram para a desqualificação das informações, que não se confirmam.

Ora não se confirmam por causa deles. Já eram para ter acontecido. Quem não deixa ? Quem está botando uma pedra no caminho ? A Previ, a Previc ou o BB ?

Não ponho mais a mão no fogo por nenhuma informação.  Assim como voces já me decepcionei.  Mas, ultimamente, o que parece está ocorrendo é o seguinte. A Previ se agilizou, a Previc cumpriu seu trabalho de análise, tudo está pronto. Quem está segurando ?  Se a Previc continuar respondendo que o processo está sob análise ainda, ao contrário do que se informa nos bastidores, então terá que responder qual o estágio, quais os elementos que faltam analisar, se números atuariais, se cumprimento de leis e resoluções.

Vamos procurar descobrir o que está realmente acontecendo. Onde está a verdade. Apenas uma coisa voces já estão cansados de saber. No dia 20, na folha, não sai o crédito. Sai em folha suplementar, ou antes do dia 20 ou depois do dia 20. Mas em fevereiro.


Na minha opinião o anuncio da data acontecerá na quarta ou quinta feira desta semana.
`
Por favor, não fiquem só se queixando, vamos nos mobilizar, pensamento positivo e altivo. Claro que eles frustraram todas as expectativas, estão jogando com a política e com a finança contra as necessidades mais prementes dos aposentados e pensionistas.

Mas a reação deve ser através da ação, jamais da acomodação.

39 comentários:

Anônimo disse...

Medeiros,

Segundo comentário de João Rossi Neto no Previ Plano1, conversou com Supervisor do setor de Superavits da DIREF do BB crédito sai no máximo semana que vem!!!
Tá batendo c/o seu!!!!
Escreva logo BINGO BINGO de verdade!!!

MEDEIROS disse...

Bingo !

Anônimo disse...

Bingo também!
Jorge Castro

Anônimo disse...

Realmente no Blog PREVI PLANO 1 da AAPPREVI, nosso colega João Rossi Neto nos dá a otimista notícia de que o crédito sai no máximo até a semana que vem.
Estou acreditando nisso !

Colegas há dois assuntos que quero comentar:
1º - tem muita gente desesperada achando que o crédito não sai em fevereiro porque a folha já foi rodado. Isso não procede, pois a PREVI informou já por diversas vezes que tem condições de rodar imediatamente folha suplementar.

2º - há muitos colegas buscando notícias com os Gerentes de agências; estes não são boas fontes de informações porque não estão diretamente envolvidos no processo e estão dando notícias pessimitas. Acredito que as melhores fontes de informções que temos são: Blog do Medeiros, Marcos Cordeiro (Blog PREVI PLANO 1 da AAPPREVI, João Rossi Neto.

Anônimo disse...

Olá Medeiros....

Realmente é muito deprimente a força contra que várias pessoas fazem contra você.

A inveja é uma merda mesmo.....

Lá no blog do Marcos existem centenas de pessoas dizendo que não queriam receber os 20% como uma forma de repúdio ao desgraçado acordo que fora assinado com os nossos representantes.

Agora vejo que essas mesmas pessoas criam terríveis barreiras para que toda essa pilantragem satanistas venha à tona.......

Concordo com você mesmo. Tem é que incomodar o BB/PREVI/PREVIC/DILMA e a cambada toda.

Vamos botar a boca no trombone para que toda essa canalhice desses medíocres engravatados seja divulgada para o mundo todo.

TEM GENTE AQUI QUE É MAIS PERIGOSO DO QUE REVÓLVER EM MÃO DE MACACO...


Ohhhhhh Zé povinho banal....

ALBERTO - BRASÍLIA(DF)

PENSIONISTAS JÁ UMA QUESTÃO DE MORAL, RESPEITO, HUMANIDADE E JUSTIÇA que é o que falta em muita gente nesse Brasil

Anônimo disse...

Vamos fazer o seguinte, voces apostam nesta suposta informaçao que o credito ainda vem em fevereiro OK.
Pois digo que so vem mesmo em março, voltarei neste blog dia 01/03 para comentar quem estava certo.
O Banco esta dando una distraçao para ganhar tempo e evitar mais alguma manifestaçao.
Ate 01/03

J.J

Francisco D. Torres disse...

Medeiros,

Não acredito que o credito saia tão cedo, tendo em vista que a Previ locou uma Tartaruga reomática para transportar o processo de Brasília.
Abraços preocupantes,
Francisco Torres

MARCO ANTONIO disse...

Caros blogueiros:

1. Nas lides forenses, existe o segredo de Justiça, que preserva a necessária confidencialidade de partes envolvidas em questões específicas.

2. Em nosso caso, criou-se um novo instituto, o do "segredo da injustiça", que busca acobertar o que foi mudado, à nossa revelia, em NOSSO Regulamento pelo Ministério da Fazenda, com a complacência dos dirigentes da Previ, segredo este que, chamado eufemisticamente de "ajustes redacionais", somente nos serão desvendados após colocados em vigor, gostemos ou não deles.

3. A alternativa que nos resta é apelarmos ao Julian Assange (Wikileaks), para que tente acessar e divulgar os textos ultrasecretos que envolve esse kafkaniano episódio.

4. Um fato, porém, é certo: os que prometeram e não cumpriram sairão completamente desacreditados desse episódio e não haverá ANABBs, AAFBBs, Sindicatos, aposentados e similares que nos farão votar novamente nos ilustres negociadores que, ainda por cima e para nossa infelicidade, irão nos "representar" nas negociações que deveriam ter sido iniciadas em janeiro.

Marco.

Anônimo disse...

Amém!

Anônimo disse...

Medeiros, o banco mandou soltar esta informaçao que o credito sai possivelmente na semana que vem para manter voces na coleira ate o fim de fevereiro.
É somente isto que tenho a dizer.
Usem de inteligencia e näo se acomodem.

ernandez2008 disse...

Já disse. Esqueçam esse negocio de ir perguntar alguma coisa no Banco. Eles não tem nada a ver conosco. Torno a dizer. SOMOS INIMIGOS AGORA, SOMOS DE OUTRO TIME ELES NÃO SABEM DE NADA. O BANCO NÃO COLOCA NENHUMA INFORMAÇÃO NA AGENCIA DE NOTICIAS DAS AGENCIA. NÃO É FOCO DE NEGOCIO.

Sim para aqueles aposentados mais antigos, do tempo da NCR e da BA-1000, hoje existe computador é só dar um ENTER. NÃO EXISTE ESSA COISA DE RODAR A FOLHA. ISSO ERA ANTIGAMENTE, MAS MUITO ANTIGAMENTE.
EXISTE HOJE UMA COISINHA CHAMADA ON LINE.

ACABEM COM ESSAS LAMURIAS. NA HORA QUE FOREM CREDITAR, QUANDO SOLTAREM A NOTICIA O CREDITO JÁ ESTÁ FEITO.

ernandez2008 disse...

MEDEIROS, FALA-SE TANTO DE PREVI/PREVIC E PELO MENOS EU NÃO SABIA DA TAL DE EFPC QUE É QUEM MANDA

OLHA SÓ O QUE DESCOBRI:
http://www3.dataprev.gov.br/SISLEX/paginas/37/MPS-SPC/2009/30.htm

INSTRUÇÃO SPC 30 19/03/09
ARTIGOS 10 e 11

http://www.mpas.gov.br/sppc.php?id_spc=155

DÁ UMA OLHADA COM CUIDADO NESTA PAGINA:

Entidade Fechada de Previdência Complementar - EFPC

É UM CABIDE DE EMPREGO. A PREVIC SÓ ANALISA. A TAL EFPC É QUEM REALMENTE AUTORIZA.

LEIA COM CUIDADO, POR FAVOR. DEPOIS PODERÁ POSTAR NO BLOG MAIS ESSE ROTEIRO DE SAFADEZA.

ernandez2008 disse...

MEMBROS DO CNPC

http://www.mpas.gov.br/sppc.php?id_spc=41

OLHA SÓ QUE MAMATA. QUEM VAI LIBERAR NOSSA GRANA

Anônimo disse...

Apesar de todas frustrações já passadas. Boto fé no Bingo desta vez. Há convergencia de informaçoes, além do mais o bb já terá publicado seus resultados. Nada mais impede o Bingo.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, adorei as suas charges, deveriam circular pela Internet, quer protesto melhor que este? Muito bem boladas.
Agora, a Previ nos omitiu informações as quais tinhamos direito pelo Estatuto, por conta disso causou profundo mal estar nos seus associados.Os comentários nos blogs são a prova.
Acho que cabe uma resposta na forma da lei de nossa parte, que leve anos, mas estaremos incomodando também. Troco bem dado.

Elisabeth Oste

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
Circula na rede a informação de que o Sr. Ricardo Pena não é mais o titular da Previc. Teria assumido em seu lugar José Maria Rabelo, oriundo do Banco do Brasil. Confirmada a informação, agradeceria caso Você respondesse as seguintes indagações:
1º) – Poder-se-á ter algum tipo de facilidade, a partir de agora, na liberação do processo do superávit por parte da Previc?
2º) – Pelo contrário, a burocracia irá fazer com que demore ainda mais, consumindo totalmente o prazo regulamentar de trinta dias úteis, já que o novo superintendente gostará de tomar conhecimento de todos os detalhes do processo antes de liberá-lo oficialmente para a Previ.
3º) – Nem uma coisa nem outra já que o processo continuará seguindo os trâmites julgados normais pela Previc. Ficaremos no aguardo de sua breve, importante e oportuna manifestação.

Anônimo disse...

Eles estão descontrolados, A máscara pode cair.
Já pensaram como ficaria o Balanço do Patrocinador sem os R$ 15 bilhões contabilizados como ganhos atuariais líquidos ( 3º trimestre)do Plano 1 da Previ?
Será que o portfolio de produtos e serviços, incluindo a intermediação financeira, não está rendendo o suficiente para alavancar seus resultados? Seria este o motivo da Resolução 26?

Anônimo disse...

Colegas,
como jah foi veiculado aqui e em outros blogs, está se confirmando que o Banco só vai liberar o crédito depois de anunciado o Balanço para o mercado;
lógico que eles irão esperar qual a reação na Bolsa, e caso não haja nenhuma alteração no comportamento dos investidores, ele poderá liberar a nossa parte;
se tudo der certo como eles planejam, imaginem como seremos tratados nas novas negociações que estão pendentes e que devem ser tratadas conforme consta no acordo.

DEUS tenha piedade de nós

antonio barreto

TA NO SITE DA PREVI disse...

NOTÍCIAS :: 20110215 SUPERÁVIT APROVADO voltar





Uma conquista de todos



A alteração do regulamento do Plano 1 foi aprovada nesta terça-feira, 15/02, pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc, última instância decisória necessária para que os recursos excedentes sejam destinados aos participantes. Os principais benefícios previstos no novo regulamento são a implementação de um Benefício Especial Temporário (BET) correspondente a 20% do Complemento PREVI para aposentados e pensionistas – já considerando como benefício mínimo 70% da Parcela PREVI – e a manutenção da suspensão integral das contribuições da patrocinadora e dos participantes por mais três anos consecutivos – já suspensas desde 2007.

Como o sistema de pagamentos da PREVI já está preparado, o primeiro crédito – correspondente a 14 parcelas (as 12 previstas mais duas referentes a janeiro e fevereiro de 2011) – será efetuado em até quatro dias úteis, como adiantamento, e transitará pela folha de pagamento de março. As demais parcelas serão creditadas junto com as respectivas folhas, no dia 20 de cada mês. O valor líquido de cada parcela corresponde a cerca de 2/3 do valor bruto mensal do Benefício Especial Temporário (BET), em função das deduções incidentes, tais como Imposto de Renda e Cassi.

O mesmo percentual do BET será projetado para os participantes da ativa e creditado em conta individual dos seus Complementos PREVI, para saque único quando de suas aposentadorias. O primeiro crédito poderá ser visualizado por meio do Autoatendimento do site da PREVI, em até cinco dias úteis, nas áreas de Simulação de Benefícios, Tela de Saldo ou Prévia de Opção.

Para os membros da Diretoria Executiva da PREVI, "a construção do processo de destinação do superávit, desde os primeiros debates com entidades dos participantes até o referendo dos associados e aprovação dos órgãos reguladores, foi muito importante para o sucesso de uma operação dessa magnitude, envolvendo a melhoria das vidas de mais de 120 mil famílias, com a distribuição de recursos da ordem de R$ 15 bilhões".

Consulta aos participantes e aprovação dos reguladores

Entre os dias 9 e 15 de dezembro, os cerca de 120 mil associados do Plano 1 foram consultados sobre a destinação dos recursos nos moldes propostos, e cerca de 80% dos votantes concordaram com a proposta. A alteração do regulamento foi submetida e aprovada pelas instâncias decisórias da PREVI (Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo), do Banco do Brasil (Conselho Diretor), pelo Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST) e pelo Ministério da Fazenda. Todas as etapas de análise e aprovação foram cumpridas dentro dos prazos legais, o que permitiu que o crédito dos recursos excedentes fosse realizado em tempo recorde, uma vez que entre a assinatura do Memorando de Entendimentos e a efetiva destinação foram necessários menos de três meses.

"Estão todos de parabéns: participantes, entidades e órgãos envolvidos na negociação, responsáveis diretos pelo seu bem-sucedido desfecho", ressaltaram os diretores da PREVI.

OSNY disse...

Vitória, acabo de ler no sítio da PREVI


A alteração do regulamento do Plano 1 foi aprovada nesta terça-feira, 15/02, pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc, última instância decisória necessária para que os recursos excedentes sejam destinados aos participantes. Os principais benefícios previstos no novo regulamento são a implementação de um Benefício Especial Temporário (BET) correspondente a 20% do Complemento PREVI para aposentados e pensionistas – já considerando como benefício mínimo 70% da Parcela PREVI – e a manutenção da suspensão integral das contribuições da patrocinadora e dos participantes por mais três anos consecutivos – já suspensas desde 2007.
Como o sistema de pagamentos da PREVI já está preparado, o primeiro crédito – correspondente a 14 parcelas (as 12 previstas mais duas referentes a janeiro e fevereiro de 2011) – será efetuado em até quatro dias úteis, como adiantamento, e transitará pela folha de pagamento de março. As demais parcelas serão creditadas junto com as respectivas folhas, no dia 20 de cada mês. O valor líquido de cada parcela corresponde a cerca de 2/3 do valor bruto mensal do Benefício Especial Temporário (BET), em função das deduções incidentes, tais como Imposto de Renda e Cassi.
O mesmo percentual do BET será projetado para os participantes da ativa e creditado em conta individual dos seus Complementos PREVI, para saque único quando de suas aposentadorias. O primeiro crédito poderá ser visualizado por meio do Autoatendimento do site da PREVI, em até cinco dias úteis, nas áreas de Simulação de Benefícios, Tela de Saldo ou Prévia de Opção.
Para os membros da Diretoria Executiva da PREVI, "a construção do processo de destinação do superávit, desde os primeiros debates com entidades dos participantes até o referendo dos associados e aprovação dos órgãos reguladores, foi muito importante para o sucesso de uma operação dessa magnitude, envolvendo a melhoria das vidas de mais de 120 mil famílias, com a distribuição de recursos da ordem de R$ 15 bilhões".
Consulta aos participantes e aprovação dos reguladores
Entre os dias 9 e 15 de dezembro, os cerca de 120 mil associados do Plano 1 foram consultados sobre a destinação dos recursos nos moldes propostos, e cerca de 80% dos votantes concordaram com a proposta. A alteração do regulamento foi submetida e aprovada pelas instâncias decisórias da PREVI (Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo), do Banco do Brasil (Conselho Diretor), pelo Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST) e pelo Ministério da Fazenda. Todas as etapas de análise e aprovação foram cumpridas dentro dos prazos legais, o que permitiu que o crédito dos recursos excedentes fosse realizado em tempo recorde, uma vez que entre a assinatura do Memorando de Entendimentos e a efetiva destinação foram necessários menos de três meses.
"Estão todos de parabéns: participantes, entidades e órgãos envolvidos na negociação, responsáveis diretos pelo seu bem-sucedido desfecho", ressaltaram os diretores da PREVI.

Maria disse...

SAIU!!!!!
Obrigada Meu DEus!!!!
Obrigada Medeiros!!!

Edison Roque disse...

Para quem ainda não viu, o acordo foi aprovado hoje e o crédito sairá em quatro dias úteis. Final da agonia. Que todos utilizem esse recurso com muita saúde e tranquilidade. Obrigado ao Dr. Medeiros e a todos os que lutaram pelos nossos direitos. Vamos continuar utilizando esse canal para futuras reivindicações. Abraços a todos e união daqui para a frente.

Anônimo disse...

Dr Medeiros,
Como Deus é poderoso. Leiam no site da Previ, superavit aprovado, crédito de 14 parcelas em 4 dias úteis. Esse nosso Deus é maravilhoso,
Jorge Castro,

Anônimo disse...

BINGO. SAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!! Tá no site da PREVI.

LUIZ FERNANDO disse...

bingo,bingo,superavit aprovado. veja no sitge agora.

valter disse...

Veja o site da Previ-superavit aprovado

Anônimo disse...

BINGO BINGO BINGO BINGO

O DINHEIRO APARECEU...HEHEHEHHE


FOI SÓ AMEAÇAR O BANCO E A PREVIC QUE NA MESMA HORA ELES DERAM UM CHUTE GRANDE NO RABO DO CAPETA.


VAI PARA LÁ SATANÁS.

SÓ COM PRESSÃO MESMO QUE AS COISAS FUNCIONAM NESTE PAÍS TUPINIQUIM........

mariano branquinho disse...

Alô Medeiros, noticias de primeira mão no site do Marcos Cordeiro. Superavit aprovado, crédito será de 18.02

Abraços Mariano Branquinho

Anônimo disse...

NOTÍCIAS :: 20110215 SUPERÁVIT APROVADO
Fonte menor Fonte maior Voltar voltar

Superávit aprovado

A alteração do regulamento do Plano 1 foi aprovada nesta terça-feira, 15/02, pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc, última instância decisória necessária para que os recursos excedentes sejam destinados aos participantes. Os principais benefícios previstos no novo regulamento são a implementação de um Benefício Especial Temporário (BET) correspondente a 20% do Complemento PREVI para aposentados e pensionistas – já considerando como benefício mínimo 70% da Parcela PREVI – e a manutenção da suspensão integral das contribuições da patrocinadora e dos participantes por mais três anos consecutivos – já suspensas desde 2007.

Como o sistema de pagamentos da PREVI já está preparado, o primeiro crédito – correspondente a 14 parcelas (as 12 previstas mais duas referentes a janeiro e fevereiro de 2011) – será efetuado em até quatro dias úteis, como adiantamento, e transitará pela folha de pagamento de março. As demais parcelas serão creditadas junto com as respectivas folhas, no dia 20 de cada mês. O valor líquido de cada parcela corresponde a cerca de 2/3 do valor bruto mensal do Benefício Especial Temporário (BET), em função das deduções incidentes, tais como Imposto de Renda e Cassi.

O mesmo percentual do BET será projetado para os participantes da ativa e creditado em conta individual dos seus Complementos PREVI, para saque único quando de suas aposentadorias. O primeiro crédito poderá ser visualizado por meio do Autoatendimento do site da PREVI, em até cinco dias úteis, nas áreas de Simulação de Benefícios, Tela de Saldo ou Prévia de Opção.

Para os membros da Diretoria Executiva da PREVI, "a construção do processo de destinação do superávit, desde os primeiros debates com entidades dos participantes até o referendo dos associados e aprovação dos órgãos reguladores, foi muito importante para o sucesso de uma operação dessa magnitude, envolvendo a melhoria das vidas de mais de 120 mil famílias, com a distribuição de recursos da ordem de R$ 15 bilhões".

Consulta aos participantes e aprovação dos reguladores

Entre os dias 9 e 15 de dezembro, os cerca de 120 mil associados do Plano 1 foram consultados sobre a destinação dos recursos nos moldes propostos, e cerca de 80% dos votantes concordaram com a proposta. A alteração do regulamento foi submetida e aprovada pelas instâncias decisórias da PREVI (Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo), do Banco do Brasil (Conselho Diretor), pelo Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST) e pelo Ministério da Fazenda. Todas as etapas de análise e aprovação foram cumpridas dentro dos prazos legais, o que permitiu que o crédito dos recursos excedentes fosse realizado em tempo recorde, uma vez que entre a assinatura do Memorando de Entendimentos e a efetiva destinação foram necessários menos de três meses.

"Estão todos de parabéns: participantes, entidades e órgãos envolvidos na negociação, responsáveis diretos pelo seu bem-sucedido desfecho", ressaltaram os diretores da PREVI.

Conheça mais sobre a destinação do superávit

* Memorando de Entendimentos
* Mensagem da Diretoria
* Revista PREVI Edição 155-Dez/2010 - Especial Superávit
* Superávit do Plano 1
* Perguntas e Respostas

Pompeo - Mococa disse...

Até que enfim saiu ein. Parabéns Dr. Medeiros. Voce teve participaçao decisória nesta conquista.

Anônimo disse...

Aprovado Previc. Crédito até 18.2. Vejam 'site' PREVI.
0.712.780-4 A. Miguez

Anônimo disse...

Colega Dr. Medeiros.
Há dias que li um comentário de um colega ( nào me lembro quem), na qual se referia sobre :- o que acontecerá com este Blog depois do desfecho. Todos os seguidores iriam lhe abandonar? , reduziriam os comentários? Negativo; De nossa parte continuaremos lutando , in- formando etc., pois teremos muita coisa pela frente ainda.
1 - Lutar pelo que ficou para trás.
2 - Lutar pelos direitos dos Auto-patrocinados, e..

3 - Principalmente , lutar pela campanha de colocarmos O Sr. Dr. Medeiros , para dentro da PREVI, em um cargo de descisão , através das próximas eleições.
... e que assim seja.
Um abraço e meus cumprimentos á todos que lutaram e venceram esta batalha , pois foi a primeira de uma série de muitas. Vem mais por aí. Contem com a gente.
Clécio - Joinville SC
Mais que .. Autopatrocinado.

Anônimo disse...

Ah tá bom... A PREVIC soltou o processo porque morria de medo de Medeiros e seus guerreiros... Ora... Gente, ve se se enxerga???

Anônimo disse...

Dr. Medeiros ,

Obrigada por expor seu caráter à frente das situações financeiras de outras pessoas . Temos que unir mais os aposentados, pois , por diversos motivos ficam impossibilitados de lutar por causas já não tão perdidas.
Agradeço de coração e Deus vai sempre lhe abençoar .Parabéns !!

Ana Maria Rodrigues disse...

O BB ficou com medo que os fluídos egípcios contaminassem os cabeças brancas e se tornasse uma pandemia nacional. Afinal, globalização também é isso!

Parabens, Medeiros!

Ana Maria Rodrigues

Anônimo disse...

BINGO ! perdeu JJ (23:13) e Francisco Torres (23:23) Que bom !

VALEU PELA BRIGA! A VITÓRIA É DO PLANO 1....nós temos a força!

Anônimo disse...

Muito interessantes as charges, é uma maneira de protestar através do humor, gostei muito

Anônimo disse...

Parabéns.
Valeu Medeiros!!!!!!!!!!!! Estamos apenas começando. Lutas virão e conquistas também. Contamos com você. Quanto a essa morenas hem...sei não!! !!! Gasto meu superávit e ainda vou pro ES.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros no dia do meu aniversário.
Em 18/02/1955 nascia um menino, uns dizia parece com pai outros não e minha mãe chegou e disse esse para o com doutor.
Eu explico o pai dela era médico e faz muito tempo, bom deixa pra lá nos meus quase oitenta anos espero que esse momento seja muito importante para todos e que esse credito seja permanente.