APOSENTADORIA POR INVALIDEZ

terça-feira, 19 de julho de 2011

Para descontrair um pouco o ambiente tenso dos últimos dias, abaixo vai uma charge do IOTTI, que, por sinal, tem uma apresentação agendada na AABB de Porto Alegre para os próximos dias, publicada na Zero Hora dominical.


EPA THCHÊ  !





7 comentários:

João Rossi Neto disse...

Reserva de Valor.

Historicamente o ouro sempre foi considerado reserva de valor no mundo todo, com liquidez garantida em qualquer mercado, em qualquer época. Não bastasse o aspecto de servir de lastro as reservas dos Países, vem batendo recorde de rentabilidade, eis que esta semana acumula alta de 35%, em 12 meses, e de 81%, desde setembro de 2008.
A prova disso é que o ouro descolou das outras commodities, que caíram, e continuou subindo, sendo opção excelente para aplicações conservadoras e bem remuneradas. Em igual período o Ibovespa caiu 6,7% e o dólar 6%. O petróleo subiu na onda da alta das commodities, mas bem menos. O inédito mesmo ficou por conta da prata, que subiu em um ano, 121%.
Os bancos centrais, neste momento procuram por ativos seguros na era do dólar fraco, de dúvidas sobre o euro, risco de calote em dívidas públicas e muita liquidez. Promoveram, remontando o Velho Oeste, uma corrida acelerada em busca do ouro para compor suas reservas.
Fortes aplicadores temerosos de realizarem prejuízos estão migrando seus recursos, movimento chamado de “fly to quality” (voo para qualidade). Os investidores buscam ativos menos arriscados, daí a opção certeira para o ouro, como uma blindagem contra os riscos (hedge).
Na segunda-feira, a onça troy (31,103478 gramas) chegou a US$ 1.602. A projeção vai passar de US$ 2.000 este ano se a crise não recrudescer. O aumento do preço do ouro está interligado à crise na Europa e nos Estados Unidos, sobretudo, ao risco de calote dos americanos.
Vejam que no início do ano, o Banco Central Mexicano não tinha reservas internacionais em ouro. De janeiro para julho, comprou 100 toneladas para compor 4% de sua carteira. A Rússia comprou 22,8 toneladas este ano e 15 toneladas em julho do ano passado. O BC russo possui a oitava maior reserva mundial em ouro do mundo, com 830 toneladas.
A compra de ouro por parte dos bancos centrais este ano já é maior do que o comprado em todo o ano de 2010. Os bancos centrais dos emergentes continuam sendo a principal força de sustentação. Nos últimos 10 anos, o BC chinês foi o que mais comprou ouro. Elevou suas reservas de 395 toneladas para 1054. O BC da Índia fez movimento semelhante, saindo de 357 toneladas para 557. Já o BC brasileiro manteve 0,5% o total de nossas reservas em ouro, com 33,5 toneladas.
Na contramão da estratégia adotada pelos outros Países, a maior parte das reservas do Brasil está em dólar e em títulos do Tesouro americano, que está com problemas, em virtude de impasse político na elevação do limite de endividamento. Hoje, o BC americano lidera a lista dos detentores de ouro, com 8.133 toneladas, que compõe 75% das reservas americanas.
Exposta essa situação, perguntamos será que os técnicos da PREVI, não acompanham diuturnamente as tendências dos mercados internacionais, a volatilidade de ativos de riscos? Só podem estar alheios, visto que ao invés de reverterem às aplicações maciças em ações e fundos de ações, hoje, na casa dos R$ 97 bilhões, parece que não se dão conta da perigosa exposição e nos remetem para prejuízos financeiros elevados, como foi o caso dos R$ 4 bilhões de superávits técnicos que viraram pó no primeiro semestre deste ano.
Como foi dito a onça do ouro está cotada em UR$ 1.602 com perspectiva de subir para US$ 2.000 se a crise financeira não se dissipar, de modo que existe espaço para ganhos vultosos, diversificando as aplicações. Com isso, queremos acenar com a possibilidade de se fazer aplicação equilibrada em ouro, cujos ganhos são seguros e risco desprezível. Em resumo, a PREVI precisa distribuir melhor os seus Ativos, pois se a crise perdurar por longo tempo, nós, aposentados, veremos o nosso patrimônio ser solapado e como não temos ingerência nos negócios, paira a ameaça sobre as nossas cabeças de dormirmos com ótima posição financeira no ativo e acordarmos na miséria.

Anônimo disse...

Prezado Dr. Medeiros, o senhor que esta sempre bem informado das coisas, sabe dizer que dia o Banco do Brasil vai reabrir a linha antecipacao 13 salario, pois no ano passado abriram no dia 16 de julho.

Ivete Muller

Anônimo disse...

mARAVILHOSO!
sÓ VOCE mEDEIROS!
Como é gostoso acordar e rir um pouco.
Obrigado e divirta-se em suas férias.

Anônimo disse...

Bah, Tchê! Espero de demore muiiito para eu chegar Lá.

Bighead disse...

Medeiros,

Falaram da valorização estupenda do ouro acima, mas eu tenho grande curiosidade de saber a respeito do NIÓBIO. O senhor que já foi Conselheiro da Vale do Rio Doce poderia falar algo também sobre este valioso metal?

Anônimo disse...

l3º - desde maio que fiz o empréstimo de antecipação no BB, vi e estava disponível o limite.

Anônimo disse...

Bacana,
Entro agora(15:00hs) e já vejo ultrapassar os 300 seguidores.

Abs.

Janone