PREJUÍZOS E PRISÕES NOS FUNDOS DE PENSÃO

sábado, 25 de junho de 2016

Demorou mas chegou nos fundos de pensão a ação do MPF e da Justiça Federal. Sete prisões foram anunciadas ontem, três já concretizadas, de dirigentes da Petros e do Postalis, por desvios de recursos.  E parece que vem mais por aí. O Janot teria constituído uma força tarefa só para cuidar dos fundos estatais. Petros, Postalis, Previ e Funcef estão na mira, segundo a mídia.


Para aqueles que nunca acreditaram em minhas previsões, e não é atoa que me chamam de bruxo, vale a pena conferir o que vai acontecer na Petros. Os 16 bilhões de déficit serão cobertos meio a meio com os participantes, cerca de 76.000, o que dará , em 18 anos, cerca de cinco mil reais por ano, correspondendo a cada um um total de cem mil reais. É pouco ?  Não, não é. Aguardem, vem mais.

Tem novidades no Banco do Brasil, segundo a coluna do Moreno, no Globo. Paulo Caffarelli está escolhendo quais os vice presidentes que irão sair. Cogita o colunista, que , no mínimo, serão tres. O de Governo, de Tecnologia e Agro Negócio. Breve saberei. Estou acompanhando de perto. Nos interessa muito. Afinal o banco tem papel relevante na Previ e na Cassi.

E o nosso ilustre colega Paulo Bernardo, hem ?  Preso, de algemas, envolvido em esquemas .  Que feio !  E a sua linda esposa senadora Gleici , tão atuante na defesa de Dilma, com que autoridade fica ?  Que coisa !

São meditacoes numa manhã de sábado após ler jornais.

O dia finalmente nasceu com sol radioso. Deixa a gente mais alegre e esperançoso.

Esperamos que tudo melhore. E que Deus faça a sua parte também. Fá-lo-á ?  Até eu estou aprendendo a usar a mesóclise. Lembro de Janio, fi-lo porque qui-lo. Era professor de português.

Então tá. Bom final de semana para todas e todos.

16 comentários:

Anônimo disse...

Olha que coisa: já tomei cerveja na AABB de Umuarama Pr há alguns anos com o Paulo Bernardo e posteriormente com o Pizzolao. Já votei neles e também no Lula, José Dirceu, etc... etc..: Hoje sinto vergonha disso tudo. Quase todos presos! Só falta o chefão!

Jair Mário Bork disse...

Apesar do horizonte nebuloso para os fundos de pensão, parece-me que a PREVI não está tão mal. Segundo declarações do presidente, caso o índice bovespa atinja 52.000 pontos até o final do ano, o deficit acumulado será sanado. E o índice está quase lá, já ultrapassou os 50 mil. E o INPC acumulado, fechará junho em 5%. Não seria o caso de iniciarmos um movimento pleiteando, agora em julho, um reajuste antecipado nas aposentadorias na ordem de 5%? Ano passado quase deu certo, lembram? E tem aquele velho ditado: quem não chora, não mama.

Anônimo disse...

Garoto resgatado do fosso das ariranhas no zoo do DF em 77 é preso pela PF
Quase 40 anos depois do caso que comoveu a capital, Adilson Florêncio da Costa, ex-diretor da Postalis, acabou detido nesta sexta-feira. Ele é acusado de integrar esquema que desviou R$ 90 milhões da empresa


Uma das histórias mais famosas e tristes de Brasília ficou ainda mais intensa nesta sexta-feira (24/6). Adilson Florêncio da Costa, o jovem que, em 1977, aos 13 anos, caiu no fosso das ariranhas do Zoológico de Brasília, sendo salvo pelo sargento Sílvio Delmar Holenbach, foi preso em Brasília pela Polícia Federal, na Operação Recomeço.
Ele é acusado de integrar um esquema que desviou R$ 90 milhões da Postalis e da Petros, os fundos de pensão dos funcionários dos Correios e da Petrobras, respectivamente. Adilson é ex-diretor financeiro da Postalis.
Em 27 de agosto de 1977, Adilson caiu no fosso das ariranhas. Para resgatar o menino, o sargento Sílvio Delmar Holenbach pulou na jaula, conseguiu retirar o menino, mas morreu, já no hospital, em decorrência dos ferimentos causados pelo ataque dos animais.
Uma placa homenageando o militar foi instalada no zoológico, onde permanece até hoje.

Relembre
O Correio acompanhou o caso à época. Dois dias após o acidente, Adilson contou que "estava brincando no alambrado" quando "foi puxado por uma ariranha". "Quando caí, os outros animais correram todos para onde eu estava e começaram a me devorar. Depois não me lembro bem, mas sei que entrou uma pessoa, atraiu a atenção das ariranhas e elas me deixaram em paz."

Já o sargento, antes de morrer, explicou que passava de carro com a esposa e os quatro filhos quando ouviu os gritos do garoto. "Parei o carro sem atender o apelo da minha esposa que pedia para eu ficar e entrei no tanque das ariranhas", disse. "Eu não podia deixar uma criança ser devorada sem fazer nada."
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2016/06/24/interna_cidadesdf,537762/garoto-salvo-das-ariranhas-no-zoologico-do-df-em-1977-foi-preso-pela-p.shtml

ELE, O SARGENTO, ESQUECEU DE DIZER COMO DISSE O TENENTE QUE RESGATOU O SOLDADO RYAN, INTERPRETADO POR TOM HANKS NO FILME O RESGATE DO SOLDADO RYAN:

- Faça por merecer

Hpilatti (70) disse...

hppilatti(70)

Tem também: Bebo porque é líquido. Se fosse sólido come-lo-ia.

Anônimo disse...

25 de junho de 2016 20:59

No caso de Jânio Quadros seria comê-lo-á kkkkkk

Anônimo disse...

Viúva chorou ao saber da prisão do homem que o marido salvou das ariranhas
Em entrevista exclusiva ao Correio, filho do sargento morto após resgatar menino mordido por ariranhas no zôo de Brasília fala do caso e da reação ao saber do destino do sobrevivente


Filho mais velho do sargento que se atirou no fosso das ariranhas do Zoológico de Brasília, em 1977, para resgatar Adilson Florêncio da Costa, então com 13 anos, o médico Sílvio Delmar Hollenbach Júnior, 46, quebrou o silêncio. No início da tarde deste sábado (25), ele falou, com exclusividade ao Correio. Contou que a mãe chorou ao saber da prisão do menino por quem o marido dela deu a vida.
A Polícia Federal prendeu Adilson na sexta-feira (24), por supostamente integrar um esquema que desviou R$ 90 milhões da Postalis e da Petros, os fundos de pensão dos funcionários dos Correios e da Petrobras. Adilson é ex-diretor financeiro da Postalis. A mulher do sargento só chorou ao saber do caso. “Ela não quis fazer nenhum comentário a respeito do assunto”, ressaltou o filho dele.

Médico otorrinolaringologista, Sílvio Delmar Hollenbach carrega o nome do pai herói. Ele atendia um paciente quando soube da prisão de Adilson . “Estava atendendo uma consulta quando me ligaram. Depois, vi a notícia nas redes sociais”, contou. “Cada um faz suas escolhas. A gente cabe lamentar, mas o que importa é a mensagem que meu pai deixou de amor ao próximo”, completou.
Sem contato

As famílias do herói e do garoto salvo por ele nunca tiveram contato. Nem mesmo houve um agradecimento formal. Sílvio, no entanto, garante não haver mágoas por parte dos parentes dele. “Nunca cobramos ou esperamos esse agradecimento”, frisou.

As lembranças daquele 27 de setembro de 1977 ainda estão vivas na memória de Sílvio Jr.. “Lembro de tudo. Do meu pai saindo do carro, pulando no fosso e retirando o menino. Não fui ao enterro por ser pequeno. Na verdade, soube da morte dele pelo Jornal Nacional”, conta.

Sílvio formou-se em Porto Alegre e fez residência no Hospital das Forças Armas (HFA) — unidade médica onde seu pai ficou internado antes de morrer. “Trabalhei sete anos lá. Nunca houve um desconforto, era super tranquilo. Me sentia em casa, em família”, brinca. A ideia inicial era voltar para o Sul, mas o médico foi aprovado num concurso da Secretaria de Saúde e começou a trabalhar no Hospital de Base (HBDF), em 2003.

Fonte:http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2016/06/25/interna_cidadesdf,537827/mulher-chorou-ao-saber-da-prisao-do-homem-que-o-marido-salvou-das-arir.shtml

Anônimo disse...

Acabei de rever pela caralhonézima vez o vídeo da Novembrada. Foram avisados com todos as letras. O Doutor citou o trágico exemplo do Pizzolto. Não adiantou! Falou da CPI. Não adiantou! Falou para saírem da gaiola de vidro. Não adiantou!

Que venha a Dona Justa com aquele porrete na mão e enfie a porrada em quem tem que levar. Ah! E até bom que esteja com os olhos vendados pra descer o cacete sem dó nem piedade em quem insiste em sacanear idosos

Edmilson lopes de sousa disse...

Escuto , diariamente, o programa pingos nos is ,de Reinaldo Azevedo.Não tenho certeza, mas, parece-me que Reinaldo disse que :"fi-lo por que qui-lo" não é correto.Já fui bom nisso, nos anos 60,para o concurso do Banco.Agora não sei mais nada.

joao trindade disse...

Como no Brasil toda investigação sobre político ou apadrinhado termina em pizza, não temos muito o que esperar.
A nova geração que não tem herança material está fazendo de tudo para ir embora do Brasil, buscar um futuro condizente e melhor.
Perderam a esperança de que isso tudo fosse mudar. Na verdade muda sempre, mas para pior. São apátridas e lobos vestidos de cordeiros que se revezam e se blindam para perpetuar com as benesses oriundas da miséria da grande massa que só serve para votar.

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,
'Superávit Previ 2009, a Fênix'
o assunto voltou, Paulo Bernardo como figura central.
acho oportuno o artigo acima, do site previplano1.com.br
abr.

HELENO PINTO NOBRE disse...


EU JAMAIS ANÔNIMO RESPONDENDO AO ANÔNIMO DE 25/06/2016 : 15:03 HORAS; MORAL DA HISTÓRIA FATÍDICA ; RELEMBRADA NO SEU COMENTÁRIO .

SE TIVESSE O SARGENTO SILVIO DELMAR HOLENBACH OUVIDO OS APELOS DE SUA ESPÔSA ; NÃO TERIA FALECIDO ; NÃO DEIXARIA A SUA FAMÍLIA ACÉFALA PARA SALVAR UM FUTURO MARGINAL BANDIDO GATUNO O NOME DO FUTURO MARGINAL COMO SE PODERIA SABER ISTO NAQUELA ÉPOCA O TAL DO ADILSON FLORÊNCIO DA COSTA .
ISTO FOI UMA TREMENDA FATALIDADE ; LAMENTÁVEL .
O COITADO DO SARGENTO HERÓI NEM SABERIA QUE SALVARIA UM FUTURO MARGINAL .!!!
QUE MUNDO LOUCO ESTE . QUE TRAGÉDIA HORRIPILANTE .
É MUNDO LOUCO ESTE MESMO . BARBARIDADE EU JAMAIS IMAGINARIA QUE TAL FATO PUDESSE ACONTECER .!!!
FAZER O QUE AGORA INÊS É MORTA E O QUE ADIANTOU AO COITADO TER SIDO HERÓI .
LAMENTÁVEL .!

EU MESMO FIQUEI MUITO ENTRISTECIDO E LEMBREI DESTA TRAGÉDIA NAQUELA ´EPOCA 40 ANOS ATRÁS .
BOM NÃO SOU ANONIMO ; MEU NOME HELENO PINTO NOBRE ; EM CARNE OSSO TRIPA E BUCHO EX+MATRITULA 3.984.740-3 ; NÃO PODERIA DEIXAR DE EXTERNAR OS MEUS SENTIMENTOS A FAMÍLIA DO BRAVO SARGENTO HOLENBACH . QUE TRISTEZA PARA A FAMÍLIA .!!!

Anônimo disse...

Oh Heleno do nobre atributo, desapega dessa matrícula porque senão ela pode te provocar um infarto.

Anônimo disse...

APOSENTADOS,

SABEM A QUE CONCLUSÃO EU CHEGO:

Político honesto está ficando mais difícil que agulha em palheiro com as dimensões do Maracanã.

Os políticos tem se revelado a escória deste Brasil e se houver alguma exceção que apareça logo, delatando seus" parças".

E não vale eu não sabia, eu não vi, eu não escutei, eu não senti e ainsi soit-il.

Charles de Gaulle: O Brasil não é um país sério, tinha razão?



Valim disse...

Meu Caro Medeiros.

Vamos que vamos.
Não possuo sua bola de cristal mas também falei que os independentes passariam. Espero que se candidate já, para o lugar do Marcel. Participo de um abaixo assinado, que acho que não precise, e se for o caso, iremos a Brasília para solicitar ao Temer esse indicação que de fato e direito é nossa.
Se ficar na marolinha, é melhor operar a próstata, a fimose, ou fazer a castração.
Sabes que torço por ti, e o momento é esse. Infelizmente as pessoas chamam as outras de interesseiras, metidas, e assim também o faço. Mas cabra da peste, gaúcho machucho, saia de cima do muro. "O tempo não para"...
Não passa pela minha goela baixo esse Marcel, que se redime, pois o país mudou. Utopia? não; mas vamos roubar civilizadamente e ninguém nos taxarem de abestados.
Chega cansou, condenação na segunda instância e pressionar o STF.
Viva os nossos netos, quem roubou, roubou, agora assuma, durma com o fantasma todos os dias.
Valim.

Anônimo disse...

Duas notícias que deveriam ser exibidas nos telões dos jogos das olim-piadas, com inserções de 30 em 30 minutos.

http://www.otempo.com.br/cidades/menino-de-2-anos-com-suspeita-de-c%C3%A2ncer-n%C3%A3o-consegue-marcar-exame-1.1330561

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/06/1786627-projeto-da-camara-cria-plano-de-saude-para-parentes-de-ex-deputados.shtml

Anônimo disse...

Gatunos e outros da espécie rumo ao seu habitat (prisão).