AOS QUE TEIMAM EM NÃO ACREDITAR EM PAPAI NOEL

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

O ano de 2016 está sendo chamado como o ano da crise.

Crise financeira, econômica, política, climática, moral e ética.
Realmente, uma verdadeira tempestade, que de perfeita  não tem nada. Fez vítimas, causou estragos, arrancou lágrimas até dos mais fortes.
Sobreviver a essa crise exigiu coragem. Muita coragem.
Sim, sei que ensinam que temos que aproveitar as crises para ganhar dinheiro e força.
Mas sei também que não é tarefa fácil e que a vida de hoje está cada vez mais difícil, mais confusa e insegura.
Por isso cumprimento a todas e todos que superaram ou contornaram os obstáculos deste ano e chegaram ao final com um mínimo de traumas e sequelas. Parabéns pela bravura. O que passou ficou para trás. Vencemos.
De minha parte a sensação que tenho e transmito é de sobrevivente mesmo. Enfrentei risco de vida. Continuo vivo, graças a Deus e Nossa Senhora Auxiliadora, minha protetora. Utilizei todas as minhas energias para não sucumbir. Continuo na luta. Tenho missão a cumprir. Familiar, profissional e social.  Não posso me entregar.
A recuperação da cirurgia recém agora começa a entrar nos eixos. Ganhei de presente de Natal.


video

Foi a meia noite do dia 24, quando pintou o Natal e os fogos de artifício coloriram o céu de Porto Alegre, quando a comemoração do nascimento de Jesus aconteceu, com sua mensagem de luz e de esperança, conforme se pronunciou o Papa Francisco na missa do galo,  que o sangramento parou e os coágulos maiusculos que ameaçavam trancar o fluxo deixaram de me apavorar. Na comemoração  na casa da mãe da Ana, com 93 anos, eu ainda fraco e por causa de uma tontura, quase caí. Mas foi o último tombo, me levantei com firmeza, fui ao banheiro, finalmente tudo normal, e a partir daí não tropecei nem caí mais, festejei o Natal no dia seguinte com meus filhos e netos, e os cachorrinhos deles, e foi só melhoras até agora. Acabei de relatar para o médico as boas notícias. Ele ficou surpreso e feliz. Aguardava um chamado diferente para um procedimento de urgencia no hospital. Mas que maravilha dr. José !
Poderia ter ganho melhor presente de Natal ?
E tem gente que teima em não acreditar em Papai Noel.
A fé remove montanhas. Milagres acontecem.  Especialmente no Natal. Não é o que as lindas histórias de Grinn contam ?  Não é o que ensina o consagrado filme de Holliwood ? Não é essa a mensagem da Natividade da cidade de Gramado na serra gaúcha ?
Agora vamos que vamos rumo ao final do ano, rumo à praia, que o calor aqui está insuportável. Estou liberado para viajar e até para entrar no mar e tomar a minha cervejinha gelada. Oba ! Que saudade !
Muito obrigado mesmo Papai Noel. Você existe para quem tem fé, para quem acredita na pureza da mensagem das crianças, para quem tem a alma aberta ao imponderável e nunca perde a esperança, você é demais!

16 comentários:

Anônimo disse...

Linda história de natal. Devia ser divulgado.

Anônimo disse...

Doutor, me emocionei. Vou compartilhar e contar para meus filhos.

Terezinha

Anônimo disse...

Também me emocionei. Fazem farra de mim, me chamam de ridícula, de velhinhade Taubaté, por acreditar em Papai Noel. Amei o conto e adoro teu blog. Tudo de bom. Agora vai.

Adelaide RS

Anônimo disse...

Já estou compartilhando o texto, Dr Medeiros. Neste mundo materialista é o que precisamos. Você realmente é um incorrigível otimista. Milagres acontecem, sim, de v rodada. Acredite quem quiser. paz e sucesso na recuperação. Precisamos de tu.

Rodovalhos Lima

Anônimo disse...

Previ: funcionários e aposentados não terão que fazer aportes extras
Fundo de pensão do BB conseguiu tapar rombo que precisava ser equacionado no Plano 1
RIO - Os funcionários e aposentados do Banco do Brasil receberam um presente de Natal antecipado nesta sexta-feira: não vão mais precisar fazer contribuições extras para cobrir o rombo da Previ, seu fundo de pensão.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/negocios/previ-funcionarios-aposentados-nao-terao-que-fazer-aportes-extras-20659914#ixzz4TxJZXj7p

Anônimo disse...

cARO DR. mEDEIROS,

aDORO O BLOG. ADORO SABER QUE EXISTEM PESSOAS QUE TEM FÉ, ACREDITAM EM SONHOS, EM DUENDES, EM GNOMOS E EM PAPAI NOEL. NAO SOMOS LUNATICOS. TEMOS A FORÇA DA FÉ. OBRIGADO POR NOS CONTAR ESSA HISTORIA. MUITOS VÃO ACHAR BOBAGEM E RIR. NÃO IMPORTA. ENQUANTO HOUVER SONHADORES NO MUNDO HAVERÁ ESPERANÇA PARA NÓS, FALOU SHAKESOEARE,

DORIVAL

sss disse...

Maravilha, Dr. Medeiros. Esses miligres estão sempre se mostrando aos olhos de todos.
Seu pequeno relato é suficiente para se escrever uma história, pois dá para imaginar todo o ocorrido.
Que 2017 seja repleto de coisas boas, sobretudo de saúde e paz, do resto a gente corre atrás. E vamos que vamos.
Manoel Sales

Jair Mário Bork disse...

Eu sempre acreditei no Papai Noel. E na cegonha, também. É bom terminarmos o ano com bom humor.

Anônimo disse...

Nós até ganhamos de Papai Noel um Cestão!!!

Cestão fufu

Anônimo disse...

VIVA 2017 QUE SE APROXIMA...!

VIVA A VIDA...!


VIVA O DR.MEDEIROS...!




Janone.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Em PAPAI NOEL eu confio PLENAMENTE, em MICHEL TEMER, NEM UM POUCO. Os PRENÚNCIOS para 2017, são simplesmente SINISTROS. Quando RODRIGO "MALA", surpreendendo a todos, tal e qual LEVANDOWSKI, votou o Projeto de Contenção de Despesas SEM a CONTRAPARTIDA dos ESTADOS, o Presidente teve o DESCARAMENTO de dizer que o Governo não havia sofrido nenhuma derrota, que a BASE ALIADA estava sólida, etc., etc., blá, blá, blá. Hoje a mídia está informando que ele pretende VETAR e apresentar um NOVO Projeto, conforme solicitação da EQUIPE ECONÔMICA.

Anônimo disse...

Amanha, dia 30/12/2016 - último dia útil para Bovespa, o índice vai alcançar os 60 mil pontos....
Que ótimo para o Balanç de 2016 da PREVI. Plano 1.

Parece que o Plano 1 gastou R$ 12 ou 13 bilhões no ano de 2016 para pagar beneficios e que VENDEU ou não vendeu a CPFL por R$ 7,5 bilhões ????(sua parte)

Pregam transparência mas não publicam tabelas com todos beneficios pagos, por faixa etária e grupos dentro do Plano 1 (Pré-67, Aposentados externos, pensionistas, grupo pré 1997 e pós 1997, Grupo dos sem teto (ex-estatutários do BB), etc. etc.

Se o primordial é pagar beneficios, o necessário é divulgar quanto pagam para quem....

Anônimo disse...

Colega das 18:05m de 28.12 ,
Isso é segredo de Estado.
Transparente é a água que tomam em copos de cristal, também transparente. Somos somente os ¨assitidos¨(pré-SUS)...
Nós fingimos que somos PARTICIPANTES e êles fingem que são ADMINISTRADORES.

Jair Mário Bork disse...

Pesquisando no site da PREVI, encontrei alguns dados interessantes. Por exemplo: o funcionário mais jovem do Plano 1, ainda na ativa, tem 42 anos de idade. E é apenas um, os demais são mais velhos. Como a Previ já divulgou que o Plano 1 deverá se extinguir apenas no ano 2080, então naquele ano esse funcionário terá 106 anos, quando falecerá(segundo cálculos da Previ). É um felizardo. Quem será ele?
Outro dado: os dois colegas (já aposentados, lógico) mais idosos tem 103 anos de idade. Será que chegaremos lá?

sss disse...

Dr. Medeiros, sentimos muita falta daquela sua mensagem das festas de final de ano. Embora atrasado, um Feliz 2017 repleto de todas coisas boas que a vida tem para oferecer, mas prinpalmente a Saúde ao senhor e família.
Por favor nos diga como o senhor está de saúde. Esperamos que em alta.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

O Sr. fez uso do Vesomni 6 mg / 0,4 mg?

No meu caso funcionou. Entretanto, cada caso eh um caso..

P.S.: foi otimo o remedio, mas descobri visitando varios medicos