O PROTESTO JUDICIAL DA CASSI COMEÇA A SER REMETIDO

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

As dificuldades foram muitas por causa da pandemia que paralisou o Judiciário e os Cartórios, bem como pela greve posterior dos Correios.


Mas finalmente foram superados os primcipais obstáculos e as notificações ao Banco do Brasil foram entregues na Superintendência de Porto Alegre e já estão em meu poder. Ufa !  Que parto difícil! 

Por sua vez a Afabb Rs reiniciou suas atividades presenciais, embora em horário reduzido e com todas as cautelas exigidas pelos protocolos. Com isso, os documentos já foram encaminhados para xerox e na próxima semana começam a ser enviados pelo Correio para os quinhentos autores que decidiram se prevenir contra novas investidas aos seus direitos adquiridos.

A Cassi publicou recentemente nota sobre os resultados superavitários que vem se sucedendo mês a mês após a retirada da intervenção. Com o resultado de julho de 92 milhões, sétimo resultado consecutivo do ano a Cassi apresenta resultado acumulado de 864 milhões, sendo 535 no plano des associados  e 329 no Cassi Família. Esse resultado é devido ao aumento das receitas, menor volume  de 
despesas assistenciais  e redução das despesas administrativas.

Entretanto, tenho uma notícia triste a registrar no blog. Faleceu o combativo colega José Bezerra, da Afabb da Bahia, que inclusive era um dos maiores defensores do nosso protesto judicial. Era muito respeitado por suas atitudes e pela defesa intransigente de nossos interesses. Partiu para o descanso eterno e vai fazer muita falta.

34 comentários:

Anônimo disse...

Alguem mais recebeu uma cobrança da cooperativa da anabb de rateio de prejuizos administrativos ?
Assinados por Valmir Camilo como diretor Presidente .

tarcisio augusto bulhões martins disse...

Dr. Medeiros, bom dia. Muita gratidão ao imbatível DR. MEDEIROS. AGUARDO ANSIOSO, A DOCUMENTAÇÃO PERTINENTE. QUE DEUS O PROTEJA. Tarcísio. Uberaba(MG)

Anônimo disse...

Dr.Medeiros
Aos poucos a vida vai voltando a sua normalidade. Mas com cuidados e no aguardo da vacina. Nos próximos dias devo receber então o fruto de seu trabalho. Reconheço e lhe agradeço muito. Foi um valor bem empregado sim. Tomara que a Cassi siga no rumo certo já que tenho um valor muito considerável dispendido mensalmente. Mas para ter uma cobertura de saúde se faz necessário. Agora que façam uma reavaliação nos seus médicos prestadores pois a coisa pelo menos no interior não está boa não.

Anônimo disse...

Antônio Taveira Rocha disse: Dr. Medeiros, boa tarde.Com a devida vênia, faço minha as palavras do colega Tarcisio Augusto Bulhões Martins.Também sou muito grato ao Dr.Medeiros.Aguardo o envio da documentação.Sei e compreendo que foi muito trabalhoso. Que DEUS ilumine os seus passos eternamente.

Anônimo disse...

O Governo aumentou a margem consignável do INSS para 40% até 31.12.2020. Quem recebe o INSS na folha da Previ não tem esse direito?

Anônimo disse...

https://www.sunoresearch.com.br/noticias/petrobras-petr4-continuidade-arbitragem-petros-previ/

Anônimo disse...

Quem recebe INSS pela PREVI não pode fazer consignado. Daí...

Jeanne disse...

Não. Tem que receber o INSS separado da Previ.

Anônimo disse...


Para análise dos colegas:

O INPC de setembro/2020 é 0,87%. Assim, os juros do ES/Previ no mês de novembro/2020 para quem tem 67 anos de idade será 1,36583 %, enquanto que os juros de empréstimo Parcelado/72 na Cooperforte será 1,17% (TR = 0).
Difícil, né gente?

Anônimo disse...

"MEDIDA PROVISÓRIA Nº 1.006, DE 1º DE OUTUBRO DE 2020

Aumenta a margem de crédito consignado dos titulares de benefícios de aposentadoria e pensão do Regime Geral de Previdência Social durante o período da pandemia decovid-19."

Onde consta na que a Previ não precisa ou está isenta de cumprir a Medida Provisória?

Anônimo disse...

Colega,
A instrução da ANABB é não pagar antes da instalação de uma auditoria, que a própria ANABB assumiu o custo

Anônimo disse...

A Caixa já está concedendo o consignado com margem de 40% com 90 dias para começar a pagar.

Anônimo disse...

FOPAG ZERADA
Diante de tantos descontos, direitos suprimidos e sem qualquer manifestação de protesto contra, vai chegar o dia em que o benefício de aposentadoria complementar, salvo raríssimas exceções, pago pela Previ IRÁ ZERAR.
Depois não digam que eu não avisei!

Obrigado, doutor Medeiro

Anônimo disse...

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2020/10/assessor-e-amigo-de-bolsonaro-almirante-ganha-r-20-mil-extra-de-empresa-do-bb.shtml

jair mario bork disse...

Ao anônimo das 23:47 do dia 10.
É meu amigo. Você que é feliz. Eu, que tenho 75 anos, terei meu saldo devedor do ES reajustado em 1,56%. Mesmo descontado a prestação, o saldo devedor aumentará.

Anônimo disse...

FOPAG ZERADA 17:31
Sem tomar parte sobre o que disse o colega mas tratando-se meu caso que me aposentei depois da reforma da Previdência do FHC onde me surrupiaram 24% de Fator é outras coisas mas, onde para sobrevivência vimos impelidos a contratar esses "créditos pré-aprovados" e outros monstrengos desse Sistema Financeiro é hora de sentar e agir senão não sobrará pedra sobre pedra. No momento que não sobrar nem para pagar água e luz nem para alimentar não será BB, Coperforte, Previ, bancos privados, financeiras e outros bixos que vão nós salvar. Infelizmente nesse mundo não existe almoço grátis. Moral: antes que a situação vire um caos total,é necessário virar o jogo. Renegociar tudo, parar de contrair novas dívidas. Vai ser duro. Mas o Judiciário não socorre a quem dorme. Viver com menos mas com mais tranquilidade. Não adianta mais iludir-se com o estelionato do bet, com a lamúria do ES que as coisas não voltarão a ser o que foram. Lamento mas entendo assim. Posso estar completamente errado. Tomara.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 11/10 - 12:01 h

A MP nº 1.006, de 01.102020, refere-se, APENAS, a margem de crédito consignável dos titulares de benefício e pensão do Regime Geral de Previdência Social cuja fonte pagadora, ou seja, aquela administra/gerencia os benefícios, aquela que tem autonomia para concessão de empréstimo consignável é o INSS.
A Previ não alçada/autonomia para conceder empréstimo consignado com desconto na folha de pagamento do INSS.

Anônimo disse...

Esses dias atrás conversando com um atendente do 135 sobre no caso o seguro que os Bancos cobram ao fazer o empréstimo consignado me disse ele que a legislação de tal empréstimo é complexa. Deve ser mesmo. Mas é mais fácil e de melhor boa vontade que o famigerado ES da Previ. Seguro todos têm pra não deixar problema aos herdeiros. Nem dor de cabeça.

Anônimo disse...

AO ANONIMO DAS 15:41 DE 11 DE OUTUBRO DE 2020
Anônimo disse...
Colega,
A instrução da ANABB é não pagar antes da instalação de uma auditoria, que a própria ANABB assumiu o custo

11 de outubro de 2020 15:41

ISSO ACIMA FOI INFORMADO VIA TELEFONE OU POSTADO NO SITE DA ANABB ?

Anônimo disse...

DR

ES

Limite 200.000,00 em novembro so para quem quiser.

Abracos

Genésio Guimarães - Uberlândia MG disse...

Ao anônimo 12 de outubro de 2020 21:57s,

Na minha opinião inexiste empréstimo melhor que o ES da Previ: de fácil contratação, rápido e mais barato do que todos os demais.

Um abraço,
Genésio.

Paulo Beno disse...

FOPAG de outubro, já disponivel no site da PREVI.

Plano 1 da PREVI vendeu ontem sua participação de 20% no" Ribeirão Shopping", em Ribeirão Preto(SP)- (430 lojas em 75 mil m2.)- RS 150.600,00 à vista, para FII Vinci Shopping Centers.
Participava desde a inauguração, em 1981 e estava avaliado/contabilizado em R$ 130.461.611,11.
FONTE: site da PREVI

Anônimo disse...

Ao Genésio Guimarães - Uberlândia/MG

A meu sentir, você está equivocado em seu comentário de 15/10 - 11:46 h.
Veja: em novembro/2020 os juros do ES/PREVI para quem tem 69 anos de idade será 1,36583%, enquanto que o Parcelado/72 da COOPERFORTE, desde gosto/2020 é 1,17%.

Anônimo disse...

Doutor Medeiros
Não sei se me equivoco mas parece que se abateu um marasmo nos blogs. O Sr.está na média fazendo quatro postagens por mês. O seu Ari faz mais mas às vezes trata de outros assuntos e o pessoal refuga nos comentários além de ter se identificar. Não quer mais anônimos. A D. Rosalina tb anda fazendo muito menos postagem. Tá certa ela. Tem atitudes mais agressivas às vezes. E isso trás dor de cabeça e gasto. Com tudo isso o pessoal parece cansado. Hoje só tô acompanhando praticamente o seu blog pois os dois citados vão devagar, outros tentaram mas não vingou e outros sumiram. Ainda bem que ficou o melhor.

Anônimo disse...

tao se esquecendo que O BB emprestimo funci tem juros de 0,91 a.m

Anônimo disse...

DR

ES

R$ 200.000,00 em novembro oportunidade para o novo Diretor de Seguridade mostrar a que veio.

Contamos com o prestígio do Dr.

Abracos

Anônimo disse...

DR

ES

R$ 200.000,00 em novembro.

Contamos com o Dr


Abracos

Medeiros disse...

Bem eu já tive vontade de parar por causa da idade é porque realmente dá trabalho, mas não posso e não devo porque o meu blog é monitorado rigorosamente pelo BB, Previ e Cassi, faz parte do conjunto de informações transmitidos aos diretores. Então seria uma pena parar a não ser que algum outro me substitua. Vou no sacrifício, diminui as postagens, mas vou firme em frente enquanto tiver saúde e disposição. Isso aí é agradeço aqueles que me seguem e estimulam.

Anônimo disse...

https://editalconcursosbrasil.com.br/noticias/2020/10/banco-do-brasil-deixara-de-oferecer-servicos-nas-lotericas-a-partir-de-novembro/

Jair Mário Bork disse...

Caro Medeiros, você é um heróico administrador de Blog. Com a tua idade, manter vivo esse blog que, provavelmente, te dá muitas dores de cabeça, além do trabalho, só merece elogios. Eu não seria capaz nem de 10% disso. Bola pra frente, gaúcho.

MAUS disse...

Olá colegas.

Sobre Ari Zanella.

Considero um herói, enfrentando poderosos anônimos nas Entidades.

Postei no blog:

"Alô Doutor.

Espero que esteja tudo bem.

Que a Lacração e Hostilidade da Mídia Marrom ao Governo Federal não tenha respíngado nas Entidades que nos são próximas.

A VERDADE INCOMODA.

Que o diga os Supremos Togados.

As postagens no seu blog têm desfecho de e identificação diferente do Blog do Medeiros, onde parece que a identificação é mais efetiva.

Talvez devesse consulta-lo.

É o que percebo - sjm."

Parece que os dias sem postagens ocorrem pelos cuidados necessários com a Lacracão dos "Incomodados", ameaças de ações judiciais.

Mas também com dificuldades de ordem pessoal, como já informou no blog.

Abraço a todos.


ACREDITEM!

O MESSIAS JÁ ESTÁ AQUI.

Genésio Guimarães - Uberlândia/MG disse...

Prezado Anônimo 15 de outubro de 2020 19:43

Meu critério de análise é abrangente e minucioso. Analiso os valores mínimo e máximo do empréstimo; os prazos mínimo e máximo de amortização; os encargos financeiros; o custo do seguro por morte (importantíssimo!); e até as penalidades por inadimplência.

Qual o seu critério de análise?

Um abraço,
Genésio - Uberlândia MG

Anônimo disse...

Dr. Medeiros
Desde 2008, quando paguei empréstimo por mim contraído junto ao Banco do Brasil com desconto negocial, que não opero com o referido Banco. Já fiz várias gestões junto ao Gerente da agência em Crato-CE reivindicando voltar a operar no CDC e tenho recebido, como resposta, que eu só poderia ter acesso a crédito se pagasse o valor do desconto acrescido dos juros.
Diante da difícil situação por que passamos e considerando que o caro colega desfruta de grande prestígio junto à diretoria do Banco do Brasil, resolvi expor o meu problema e pedir encarecidamente a sua interferência no sentido de tentar resolvê-lo, pelo que, desde já agradeço.
Filomeno José Linard Costa – Funci Apos. Matr. 3.288.840-6
P.S. Peço escusas por usar o Blog para tratar de assunto pessoal, pois não disponho do seu e mail ou telefone para contato.

Anônimo disse...

Ao colega Paulo Beno (15 de outubro de 2020 13:23)

No valor da aquisição descrito em seu comentário faltam 3 zeros.

Diz no site da PREVI:
...
"O valor da aquisição será de R$ 150.600.000,00 à vista. A este montante pode ser adicionada uma parcela a ser paga após três anos do fechamento da operação, sujeita ao atingimento de um determinado nível mínimo do Resultado Operacional Líquido do shopping em regime de caixa, apurados também nos três anos seguintes, após o fechamento da operação."