Calmaria prenúncio de tempestade.?

quarta-feira, 11 de março de 2015

Ontem foi um dia calmo demais para o meu gosto. Exceto pelo depoimento do ex gerente da Petrobrás e ex diretor da Sete Brasil. Essa circunstância me deixa preocupado porque a Previ participa da Sete.


Mas vi pouca movimentação para as reuniões da CASSI e da Previ. Que considero de magna relevância. 

Eu estou proibido pelo médico de fazer qualquer coisa a não ser viajar de hoje até domingo e relaxar sob pena dele me abandonar.

Até agora o presidente novo da Previ ainda não respondeu o ofício convite da AFABB RS para participar da cerimônia de aniversário.  Acho que não virá.  Paciência.  Já estamos acostumados. O Dan nunca veio. Nem o Flores. Nem o Rosa.

Estranha a apresentação dos números da Previ para as entidades na quinta. Pela primeira vez não fomos convidados e ao que eu saiba nenhuma outra alocação estadual. Será que só foram convidados os sindicatos e as nacionais ?

Bem estou saindo mas volto no domingo para protestar. E você colega vai ficar na poltrona ?  Ou vai para as ruas mostrar sua inconformidade com a violência.  Com a lentidão e comprometimento do Judiciário.  Com os bônus e as aposentadorias milionárias ..??? Faça seu dever de cidadania.  A hora é agora. 

33 comentários:

Anônimo disse...

- Lembrei-me agorinha daqueles funcionários que autorizavam a compra de ações da Petrobrás com o saldo ou parte do dinheiro da conta do FGTS. Ainda existe esta transação?

Anônimo disse...

- Alguém responda a dúvida acima

Marco Orlando disse...

Medeiros,
Estarei participando da manifestação no dia 15 em Belo Horizonte(MG).
47 amigos já confirmaram a presença no encontro junto comigo, por coincidência nenhum colega da ativa ou aposentado confirmaram a presença.
A hora é agora! Vamos participar!
Vamos pra rua mesmo que seja de "pijama"!
Um grande abraço e melhoras!
Marco Antonio Orlado

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
O assunto do teto esfriou.
Não deixa isso acontecer e lembre-se dos 80% das viúvas.
Esses dois temas eram promessas de campanha.

Anônimo disse...

Não se preocupe Dr. Medeiros.
Na Sete Brasil, a Previ tem um conselheiro fiscal.
Aliás, é também da chapa 3, não é mesmo ? Se houver riscos para a Previ, ela já deve ter conhecimento e como solucionar.

Anônimo disse...

A Sete Brasil,deveria se chamar 9 dedos brasil(tudo em minúsculo,mesmo).O Ministério da Corrupção indica:ficar trilionário,sem fazer nada,nunca foi tão fácil...

antonio americano do brasil borges disse...

Caro Dr.Medeiros,
Em primeiro lugar rogamos que cuide bem de sua saúde, pois necessitamos e muito da sua luta e trabalho.
A respeito de nota que Sr. publicou do seguro da Cia. Aliança, temos um grupo aqui de Goiania que estamos nos mantendo também por causa de uma liminar, que também deverá ser cassada.
Parece-nos e ninguém comenta, que nossa CAPEC, que antigamente era pecúlio e agora virou seguro de vida, está seguindo os mesmos caminhos do OURO VIDA, pois ha algum tempo vem reajuste o valor do pecúlio pelo índice oficial, mas nossas mensalidades tem sofrido reajustes maiores, principalmente para os mais idosos e logo logo também não conseguires mantes esse pecúlio, ou SEGURO como quer a PREVI.
Pergunto: É possível, através de alguma medida judicial, propormos o CONGELAMENTO puro e simples do nosso pecúli (seguro) por um prazo de 5 anos, tanto do valor quanto das mensalidades? Afinal nossos diretores eleitos nunca se manifestaram sobre a CAPEC, aliás acho que alguns diretores nem sabe que existe a CAPEC.
Em janeiro/2015, tivemos, no meu caso, reajuste do pecúlio de 7,38% (acho que acima do índice oficial) e reajustes de 13,03% para minha esposa e de 8,89% na minha mensalidade, totalizando meu reajuste, 10,27%. O que é pior, a PREVI nem se dignou de informar a ocorrencia dos reajustes, e nossos DIRETORES`...!
Quanto ao OURO VIDA, será que poderiamos pleitear também um congelamento das mensalidades e do valor do seguro?
Abraços
Antonio Americano
Goiania (GO)

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Costa do Sauípe já tornou-se lucrativa ou continua dando prejuizos à Previ?
Saudações.

Mariano Branquinho disse...

Dr. Medeiros, meu seguro Ouro Vida até dezembro 2014, o valor cobrado era de R$ 349,00 a partir de janeiro 2015 passou para R$ 614,00.
Fui informado pelo telefone da seguradora que era o reajuste, face a mudança de idade. 70 anos. Isso está correto. O percentual do aumento não foi exagerado. Quem puder me esclareça. Abs. Mariano Branquinho

Mariano Branquinho disse...

Colega Americano, e aquela sua sugestão dos 50% do pecúlio CAPEC, ser disponibilizado em vida, para quem quer. Como se encontra. Abs. Mariano Branquinho

Anônimo disse...

- Eu me enquadro na mesma situação do Sr. Antônio Americano acima. Estou na iminência de entregar o Seguro do BB(Companhia de Seguro Aliança do Brasil) que pago R$ 880,00 e agora em abril será reajustado não sei se por ser o mês do meu niver ou se por aumento normal mesmo, só sei que não vou pooder pagar.
ALGUM COLEGA ESTÁ NESTA SITUAÇÃO(sou aposentado como caixa executivo imaginem o meu complemento PREVI e INSS - aposentado desde 97.)

SAUÍPE S/A... disse...

Os auditores Ernst & Young levantam dúvida significativa quanto à capacidade de continuidade operacional da SAUIPE S/A ao analisar o Balanço em 21/3/2014, com prejuízo de R$ 7.494 mil, que acumulado dos anos anteriores está em R$ 112,411 mil.
O Passivo estava descoberto em R$7,830 mil e o valor do imóvel todo e suas edificações está avaliado em R$337,552 mil.
Vamos aguardar a publicação do Balanço de 2014, encerrado em 31/12/2014. Temos 14 conselheiros na Sauipe S/A

Marcelino Maus disse...

Vamos aguardar a publicação do Balanço de 2014, encerrado em 31/12/2014. Temos 14 conselheiros na Sauipe S/A...

14 RAPOSAS...

Anônimo disse...

Colega de 11:21,

Sem se identificar, diga quanto é seu provento bruto?

Anônimo disse...

Quanto ao Ouro-Vida, simplesmente cancelei o meu pois para mim tornou-se impagável. É isso que eles querem.Só quem ganha muito bem é que poderá continuar pagando. Fiz o seguinte: programei uma aplicação mensal de valor igual ao que pagava para o ouro-vida. Quando posso, aplico um pouco mais e já acumulei uma boa poupança, além de que se precisar para alguma necessidade maior, o dinheiro está na minha mão. Sinto-me aliviado por ter me livrado logo dessa situação. A sensação que tive foi como se tivesse saído de uma prisão. Que Deus permita que eu viva alguns anos a mais pois assim deixarei uma boa soma para os meus.

Anônimo disse...

Vamos oferecer a Sauipe para alguma construtora que queira mudar de ramo. Que queira diversificar, então.
Qual a história da Sauipe ? Como foi adquirida ? Qual a diretoria envolvida na "aquisição" ?
Houve estudo ? Houve planejamento ?
Por essas e outras, é que se pode afirmar que a Previ poderia andar sozinha. Não prescinde de CEOs com bônus.

Anônimo disse...

Aleluia ! Aleluia !
A revista da Previ de fevereiro traz a noticia : "A evolução de Sauipe".
Tudo azul ou cor-de-rosa. Taxa de ocupação em um crescendo acima do mercado ,equilíbrio operacional etc etc.
Se for esse o resultado além do gerente, toda a diretoria da Previ merece um bônus de R$ 500,00 (quinhentos reais), isto se deu lucro mesmo.
Agora se o panorama for outro, mantido resultado de prejuízo ou rentabilidade insuficiente ante o "patrimônio" como dito por auditoria, o bônus será só de R$5,00 ( cinco reais), pela tentativa.
Por economia substituam os conselheiros por um oráculo ou por cartas de tarô.

lourival josé do carmo Rezende disse...

anônimo das 20.50
Bruto 16.800.00

Anônimo disse...

O cancelamento do seguro CAPEC tem alguma consequencia no ES ??

Anônimo disse...

- Colega 20:50

- Complemento Previ R$ 4250,00
- INSS R$ 2.300,00
Mas pago mais de 2 mil de ES e R$780 de Cooperforte é mole, não sobra nada.

Mozart Braga disse...

Relatório Previ 2014.

Breve comentário.

Rentabilidade estimada para o exercício: 11,54%.

Rentabilidade efetivamente alcançada: 2,55%.

Se atingindo apenas 22,10% da meta e registramos um superávit de 12,5 bilhões ( recursos além dos necessários para garantir a segurança, a perenidade e o cumprimento dos compromissos com os participantes, segundo declara a Previ), concluí-se que a área técnica marcou, desnecessariamente, índice por demais elevado e "pisou na bola". Chegou, portanto, a hora de baixar a taxa de juros, inclusive nos ESs e FIs.

Por outro lado, rentabilidade obtida nas operações com participantes dos planos - Empréstimos Simples e Financiamentos Imobiliários - 11,30%, ou seja, OS MAIS RENTÁVEIS E SEGUROS ""PAPÉIS" DE INVESTIMENTOS (dentro da meta e sem corretagens e outras despesas).

Em face disso e presente às restrições recentemente impostas ao ES, é de se indagar: o que justifica o rancor, sadismo e discriminação de tais medidas, notadamente para com os mais velhos, esquecendo-se que um dia chegarão lá?

Por oportuno, rechaço aqui a falácia de resguardo conta eventual rombo no Fundo QPM, haja vista que ocorrendo o falecimento de "assistido" o benefício é reduzido de, NO MÍNIMO, 40% (nas pensões 100%), valor esse que deixa de ser desembolsado pela Previ e que a curto ou médio prazo cobrirá o saldo devedor do mútuo. Dinheiro não tem "carimbo, de resto são alquimias da contabilidade.






Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
O que sabes sobre a ação no valor individual de R$ 3.000,00 referente ao abono de 1997, que beneficiaria aos que estavam aposentados em 23.09.1997, resultante da ação civil pública de autoria da FAABB? Este assunto me parece bastante importante e por se tratar de ação transitada em julgado viria a calhar para aliviar boa parte da nossa turma.

luiz carlos disse...


SUPERAVIT PREVI - É bom esclarecer que a Previ Não teve superavit de 12,5 bilhões em 2014. Teve sim um um "prejuízo" de valor aprox. de 12 bilhões e par fechar a conta, suprimiu esse valor da nossa Reserva. Vejam só em apenas um ano PERDEMOS mais de 12 bilhões. Quanto tempo esses 12,5 bilhões vão aguentar?

luiz carlos disse...


FUNDO POSTALIS - Para sanar o prejuizo do Postalis (causado por má gestão) o salário dos aposentados foi reduzido em 25,98% que será acrescentado ao desconto da taxa de contribuição mensal que é de 9%. Resumindo: os companheiros do Postalis terão uma redução salarial de 34,98% durante 15 anos e 5 meses.
JC(claúdio humberto) 15.03.15
fonte: JC

Anônimo disse...

- Já mandei a minha documentação prá lá através da AAPPREVI. o MAIS DIFÍCIL DOS DOCUMENBTOS ALÉM DA CARTA DE CONCESSÃO DO INSS É O ESPELHO DE SETEMBRO-97, QUEM NÃO TIVER EM CASA VAI SER DIFÍCIL ADQUIRIR ATRAVÉS DA AGENCIA/BANCO POIS O JURÍDICO NÃO AUTORIZA SEM INVESTIGAR PRÁ QUE FINALIDADE. AÇÃO CONTRA O BANCO CREU ADEUS.

Anônimo disse...

Aproveitando o gancho do colega das 19:56, pergunto: e quem estava encostado ao Inss desde 1994 e se aposentou em 1998, não estava na ativa e nem era aposentado??? Teremos direito??? Diga aí doutor???

Anônimo disse...



Colegas,

Abaixo Assinado muito importante

Participem

https://secure.avaaz.org/po/petition/AO_EXCELENTISSIMO_SENHOR_PRESIDENTE_DO_CONSELHO_FISCAL_DA_PREVI_BB_Que_aprove_ressalvas_ao_Relatorio_e_aos_Demonstrativo_1/?dmMpnfb&pv=1

Fernando disse...

Medeiros, acompanhei a apresentação dos resultados da PREVI, e de se louvar a Conselheira Cecília cobrou a implantação do Teto de Benefícios, e os demais, leram , com todos os pontos e vírgulas , os slides. Lamentável. Sugiro, cancelarem a apresentação dos resultados nas capitais. Outra coisa esse cálculo atuarial, elevando R$ 8 bilhões, a reserva matemática, e coloca os pagtos ate 2090. Tomo como exemplo, um colega do P1, que em 1997, tinha 20 anos, hoje está com 38 anos. VAmos supor ,que se aposente com 60 anos, seria em 1937. Ele vai viver até 2090, e usufruir 53 anos de beneficios, com idade de 113 anos?

Anônimo disse...

Interessante. O ilustre Dr. publica elogios a Cecília e ela não ao Dr. Realmente vc é superior. Parabéns!

Mozart Braga disse...

Transcrevo.

Caro Faraco,

Ante os esclarecimentos de quem tem competência e domina os assuntos Previ e Previdência Privada, humildemente confesso que pisei na bola, caí no "canto do quero-quero". Agradeço a aula.
Abraços.
Mozart

mb/
-----------
Prezados,



A forma como apresentado o relatório pode ter ensejado o entendimento de que houve resultado positivo no exercício de 2014, mesmo com rentabilidade alcançada de 2,55%, o que não é verdade.



Se tivesse sido obtida a rentabilidade esperada de 11,5%, o plano apresentaria resultado nulo (nem déficit e nem superávit) e o resultado acumulado (de exercícios anteriores) seria mantido em pouco mais de R$ 22 bilhões. Com rentabilidade de 2,55% houve déficit no exercício de 2014 da ordem de R$ 10 bilhões aproximadamente. Com isso, o resultado acumulado foi reduzido de pouco mais de R$ 20 bi do exercício de 2013 para R$ 12 bi em 2014.



Se essa situação perdurar, em 2015 haverá novo déficit de R$ 10 bi e o acumulado cairá para R$ 2 bi e em 2016 haverá déficit acumulado de R$ 8 bi, o que exigirá contribuições extras e/ou redução de benefícios a conceder, vedada a redução de benefício concedido.



Assim sendo, a PREVI não pode praticar taxas inferiores à meta atuarial nos empréstimos a participantes, seja ES ou Imobiliário.



Abs

Faraco

Anônimo disse...

Agora temos que fazer nossa manifestação na porta da Previ, JA!!!!!
Quem tiver acomodação para colegas que ofereçam, e uma forma de ajudar, vamos la pessoal e so marcar o dia.

Anônimo disse...

Ao colega anônimo das 11:00 informo que a diretora Cecília,quando precisar de apoio e votos,vai se lembrar do Dr.Medeiros,de mim,de você e de todo mundo.O colega Carvalho,idem.Tirando o Dr.Medeiros e o prof.Ari,quem sobrou da Chapa 3,que ajudamos a eleger?

Anônimo disse...

Os discípulos de Jesus lhe perguntaram como fazer para conhecer quem é honesto.Jesus lhes disse:Pelo fruto conhecereis a árvore.O Dr.Medeiros tem se mostrado fruto de árvore bem plantada por seus pais,de honestidade,trabalho,caráter e tantos outros adjetivos.Talvez nunca tenha o prazer de conhecê-lo pessoalmente,mas,seus frutos são bem conhecidos por este humilde seguidor de seu blog.Baita gaúcho.Que O Patrão lá do céu o mantenha conosco,por longo tempo.Saúde e Paz.
Zilmar(velhinho aposentado da Previ)