A REUNIÃO COM DAN CONRADO E DIRETORES ELEITOS ( 3 )

terça-feira, 26 de novembro de 2013

A notícia publicada pela PREVI em seu site não traduz o que foi a reunião da comissão representativa da NOVEMBRADA com Dan Conrado e os diretores eleitos.  Ela está gravada em vídeo integralmente e quando a Leopoldina publicar vocês poderão comprovar o que estou afirmando aqui.

A notícia da Previ está fora da realidade e se preocupa apenas em procurar demonstrar que os diretores estão abertos ao diálogo e prontos para receber os participantes do fundo, o que não corresponde à verdade dos fatos, especialmente no que diz respeito ao presidente Dan Conrado, que tem se esquivado de qualquer contato com associações, exceto ontem, nem tendo sequer comparecido ao Senado para a audiência.

A notícia da Previ é fantasiosa até a respeito do número de pessoas que compareceram à manifestação. Se refere a aproximadamente 100, quando tinham cerca de 150.  Um erro de palmo. Será que erram assim nos números da contabilidade ?

A notícia da Previ não fala de que a diretoria estava, de fato e de direito, recebendo em mãos era uma notificação extra judicial para responder a vários assuntos que preocupam aos participantes, especialmente a respeito do BET, do ES, do teto dos benefícios, de 100% para as pensionistas, do favorecimento indevido ao patrocinador, e que tinha dez dias úteis para responder. Os esclarecimentos  mencionados sobre o BET e o teto dos benefícios na reunião ficaram longe de esgotar os assuntos.

A notícia da Previ merece o nosso repúdio mais veemente, por superficial, distorcida e deselegante. Não teve sequer a educação de mencionar o nome dos sete representantes dos participantes presentes.  Que nojo !

Feito esse reparo,  acho que me cabe tão somente relatar a minha participação na reunião, absolutamente desprezada na espúria notícia. O relato completo certamente cabe aos organizadores.

                                                                  -o-o-o-o-o-o-o-o-


O que eu falei, como demonstra a foto acima, para o presidente Dan Conrado, aos diretores eleitos Vitor Paulo, Marcel Barros, Paulo Assunção, à conselheira deliberativa Celia Laricchia e ao conselheiro fiscal Odali Cardoso, - aprendam, vocês da Previ, como se faz a nomeação dos presentes numa reunião -,  foi de que "eles não estavam se dando bem conta da situação preocupante pela qual a Previ está passando no momento e que eu tinha procurado inspiração divina para poder transmitir a eles a gravidade dessa situação".

Falei que",  me veio, então, à lembrança, a figura do Henrique Pizzolato, quando cometeu um dos seus maiores enganos.  Não, não estava me referindo ao mensalão, nem ao desvio de 75 bilhões da Visanet, que o BB recém agora anda procurando recuperar. Não. Aconteceu quando o Pizolatto era diretor de seguridade da Previ, no ano 2000, eleito, junto com Sergio Rosa e Erik Person."

Naquela ocasião, "Isa Musa, Ruy Brito, Piani e eu vínhamos advertindo os diretores dos riscos que a Previ corria com alguns atos imprudentes que estavam sendo cometidos.  Fomos chamados de abutres agourentos e o Pizzolato comentou que o Governo jamais se atreveria a intervir na Previ. Enganou-se. Interviu e ele perdeu o seu mandato, o que, como todos sabem, não lhe serviu de lição e hoje se encontra foragido da Justiça, após ser condenado pelo mensalão."

Pois" atualmente vivemos de novo momentos de inquietação e de imprudência. A falta de cumprimento da determinação da Previc sobre o teto de benefícios causa espanto, junto com outras atitudes e providências temerárias tomadas pela diretoria da Previ ultimamente, com relação a conselheiros regiamente remunerados, denunciados pela E´poca.  Fala-se de novo numa intervenção na Previ ou , quem sabe, numa nova CPI dos fundos de pensão. E a diretoria, assim como antes, não está acreditando que isso possa acontecer. Pensam como o Pizzolato em 2000. Não, não terão coragem de intervir. Não nesse governo. Isso não vai acontecer."

"Entretanto não é o que se está falando nos corredores de Brasília, onde estive recentemente, e não é o que eu penso. Sei que de novo vão me rotular de ave agourenta, eu que sou um reconhecido pé quente."

"Creiam, srs. diretores, que por mais criativos que sejam os argumentos e os sofismas para explicar o porque da não adoção até agora do teto dos benefícios e da aplicação imediata da determinação da Previc com relação à devolução de quantias indevidamente recebidas por ex dirigentes do BB, essa bomba vai estourar e vai estourar feia, porque os participantes do plano 1, a mídia e a sociedade brasileira, repudiam esses benefícios dos marajás e a forma como estão sendo pagos."

"Incrível como não causou nenhuma comoção na diretoria da Previ, a manifestação unânime dos conselheiros deliberativos eleitos, em setembro, de que registravam em ata sua INDIGNAÇÃO pelo não atendimento da determinação da Previc. Incrível."

"Isso nos deixa um sentimento muito acentuado de que aqui na Previ se estão praticando princípios de favorecimento ao patrocinador Banco do Brasil e a seus ex dirigentes que não condizem com os bons costumes e colocam em risco o bom nome da instituição, porque além da questão do teto existem outras situações que nos levam a pensar dessa forma, como a apropriação de recursos do superávit e o uso do voto de minerva, além de não se cobrar do BB no BET a parcela do grupo pré 67."

"Basta para comprovar que algo de errado anda acontecendo atualmente por aqui na Previ, dando oportunidade para desconfianças sobre gestão temerária, implantação duma CPI ou até mesmo intervenção, levantar o caso do meu colega Odali Cardoso, aqui na minha frente, com quem já debati abertamente essa questão com toda a franqueza que me caracteriza ."

"Pois bem. O que pensar dos princípios de boa governança corporativa, divulgados em recente encontro no site, quando a diretoria da Previ indica um conselheiro fiscal da própria Previ para conselheiro deliberativo do Sauípe ?  Mudaram os conceitos de governança ? Quando estive aqui por quatro anos como conselheiro fiscal cansei de ouvir o Aloisio Macário, mestre na área, falar que conselheiro fiscal da Previ só poderia ser nomeado conselheiro fiscal de empresa participada. Como é que vai fiscalizar os aportes de recursos feitos pela Previ na empresa da qual é conselheiro deliberativo ? Isso é uma incongruência inacreditável."

"São essas situações que nos deixam nervosos e preocupados. A sensação é de que algo está errado em nosso fundo de pensão. Será que uma CPI vai resolver isso ? Acho que não. Esse é um assunto só nosso e por isso temos que nos reunir mais vezes para discutir nossos problemas."

"Para concluir, a Leopoldina está me avisando que meu tempo já está esgotado, desejo dizer que nós, participantes da Previ, sabemos tudo sobre o BET, não precisamos de mais nenhuma aula, nem de ensinamentos, que o que a diretoria está fazendo, com divulgação em revista e com palestras, é dinheiro posto fora, é chover no molhado."

"O que não entendemos é apenas porque essa discussão se iniciou antes do tempo devido, que é no final do ano, e porque os recursos que eram suficientes para pagar o BET até fim de 2014 se acabaram antes do tempo."

"Sr. Presidente, o nosso protesto tem que ser entendido como um sinal de alerta, o sinal amarelo ou vermelho que o Pizzolato não soube ou não quis ver em 2000.  Pois o sinal de alerta está aí e a minha voz está aqui para chamar a atenção da diretoria da Previ, que parece estar ofuscada com seus altos salários. Às vezes é preciso sair desta bonita gaiola de vidro fumê, que é o Palácio Mourisco, para enxergar e sentir a realidade das ruas."

"A hora é agora. Não aguardem mais o parecer da AGU. Pode demorar demais. Implantem e façam cumprir o teto de benefícios na reunião de diretoria de amanhã mesmo. Depois pode ser tarde demais. Acreditem."

"Creiam que a nossa voz de protesto não é de agressão. E ´  uma voz de contribuição.  Não somos adversários nem inimigos de nosso fundo de pensão. Só não queremos que a Previ se transforme num novo AEROS, que quebrou porque os gestores decidiram salvar os aviões de sua patrocinadora a VARIG, com recursos do fundo, e ficaram a ver navios."

"A chuva que cai lá fora é um aviso e uma advertência para nós. São as lágrimas dos aposentados e das pensionistas do AEROS chorando a perda de seus benefícios e das contribuições de uma vida inteira.  Vamos lutar juntos para que isso nunca aconteça com a nossa PREVI, que é só nossa, dos funcionários do Banco do Brasil. A PREVI É NOSSA."

Ficou grande mas foi o que falei na reunião, tirado das anotações que levei e de uma gravação.  Vou ter que fazer ainda uma quarta postagem, porque tive algumas intervenções.

Só espero ter expressado o que vocês gostariam que fosse dito frente a frente com os diretores e conselheiros de nosso fundo de pensão, que a minha voz tenha sido a voz de vocês. Esforcei-me nesse sentido, mas o tempo foi curto. Espero ter correspondido à confiança que em mim depositaram. Fiz o melhor que pude. Acreditem.




78 comentários:

Anônimo disse...

Medeiros, ninguém acredita mais nos dirigentes da PREVI. São mestres em distorcer os fatos. Quando visitei hoje o site da PREVI fiquei muito assustado com o que vi.
A versão oficial da PREVI é o espelho deles: MENTIRA e FALSIDADE. Foi muito bom você colocar no ar sua versão. Esses caras não tomam vergonha na cara. São lobos querendo devorar aposentados e pensionistas. Meio mundo de participantes estão crente que eles "abafaram" é bom difundir exaustivamente seus comentários pois quem visita o site fica com uma ótima impressão da diretoria da PREVI. Vergonhoso, são maquiavélicos.

Diogo disse...

Certamente você representou muito bem os associados, Dr. Medeiros. Parabéns! sua voz é muito importante para todos nós, e, quando converso com alguns colegas da ativa que estão se aposentando(eu tenho 34 anos de Banco e em breve deverei aposentar-me), eles pouco sabem dos problemas da Previ. Procuro alertá-los,mas não sei o que há hoje com o mundo, um imediatismo irrealista, que faz com alguns de nós lutem contra a correnteza o tempo todo. E o sr. não é eterno, esse pessoal tem pouco mais de 50 anos e precisa entrar nesta luta. Precisamos de novos Dr. Medeiros. De muitos.

Entendo que a situação da Previ para o futuro é muito grave(embora já seja grave no presente). Entendo também que o sr. foi muito feliz quando aventou a possibilidade de intervenção na PREVI. Os desmandos vão indo, vão indo, até que um dia, o bombardeio sobre a má gestão do nosso fundo previdenciário acabará fazendo estragos para todos os lados. Deus queira que eu esteja errado.

Abraços,

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
Parabéns pela sua participação e por tudo o que disse na cara do Dan Conrado.A novembrada valeu e ela, nao deixou de ter sua gênese no panelaço idealizado pelo senhor, tempos atrás.

Anônimo disse...

Magnífico texto Dr.!

É necessário estômago de avestruz para sentar à mesa com figuras tão mentirosas. Assisti o vídeo no blog da Leopoldina e fica nítida a maneira como o presidente superestima a nossa idiotice. "Meu sogro é do aerus", "minha mulher é aposentada como vocês"... Vai tomar café seu filho de uma ótima progenitora
AUDITORIA INTERNACIONAL JÁ!!!!!

Anônimo disse...

Como sempre se expressou muito bem Dr.Medeiros. Destaco a frase abaixo:
"A hora é agora. Não aguardem mais o parecer da AGU. Pode demorar demais. Implantem e façam cumprir o teto de benefícios na reunião de diretoria de amanhã mesmo. Depois pode ser tarde demais. Acreditem."

Anônimo disse...

É incrível ! Neste país em todo lugar que tem dinheiro, tem sempre alguém querendo levar vantagem, pra não dizer, roubar o que não é seu.
A PREVI É FRUTO DO NOSSO SUOR ANOS
APÓS ANOS. SE NÃO HOUVER UNIÃO, TUDO PODE IR POR ÁGUA ABAIXO!
Assim tivesse um Medeiros em cada estado de nosso país para nos abrir os olhos. Um só, por melhor que seja, não vai dar conta desse POVO ACOMODADO E DESSES ABUTRES QUE SÓ FAZEM M ...

Hermínio Sobrinho disse...


Falou curto e grosso, caro Medeiros!Suas palavras externaram exatamente o pensamento de milhares de colegas por este Brasil, como eu.Você foi claro e incisivo. Parabéns.

Hermínio

Natal-RN

Anônimo disse...

É, o jeito é prepararmos para uma janeirada. Esta sim, vai dar resultado. Desta vez, o protesto não pode ser João e Maria.

Anônimo disse...

concordo com tudo que está escrito e somente me resta aplaudir os que conseguiram participar desta NOVEMBRADA.
- prometi mas não consegui ir, já estou economizando para cobrir a perda do BET e, pior, a volta das contribuições mensais para a PREVI:
- a menos que consigam diminuir para 15% a RESERVA, o que o Banco deseja.

Anônimo disse...

Medeiros,admiro a sua força, sua coragem para enfrentar os execu-
tivos da Previ, que se acham aci-
ma do bem e do mal, quero parabe-
niza-lo pela maneira como esta
enfrentando o que esta acontecen-
do na nossa PREVI, continue assim, tem a nossa admiraçao, so nao fui ao Mourisco, porque o com
o que estamos ganhando, aposentei-me em 2004 e ficamos oito anos sem
aumento e isto interferiu muito na
nossa aposentadoria, bem como as
mudanças no BB em 1997, retirada de anuenios e mudança de 12% para
3% na mudança de letra.
Um abraço!

Anônimo disse...

Medeiros, brilhante e pertinente as suas colocações durante a reunião. Mas você se esqueceu de uma coisa: a impressão que fica é que os diretores atuais da Previ são meros "paus mandados" do BB e do Governo. Para calar a boca, principalmente dos eleitos, são regiamente remunerados, como denunciou a Revista Época.
É uma situação complicada, difícil de resolver, principalmente devido ao voto minerva do presidente designado pelo BB.
Medeiros, você conhece os meandros do Previ e pode esclarecer melhor. Mas no meu módico entendimento, a única solução possível(e imediata)é buscar a intervenção. Afinal, dificilmente o BB e a sua diretoria oportunista vão largar este verdadeiro file de forma fácil. R$ 160 bi (US$ 70 bi) instiga qualquer empresa em qualquer país do mundo.
Ou a gente se defende ou ??? O tempo urge e é preciso evitar que aconteça um novo caso Aeros, como você bem salientou. Posso estar exagerando, mas como se diz: "o seguro morreu de velho".
Que Deus nos ilumine e nos proteja.

Anônimo disse...

Acho que o senhor foi brilhante dr. Medeiros. E já está na hora de todos os aposentados compreenderem a fundo os perigos que rondam o nosso plano de previdência. Por que o Odali Cardoso precisava ser eleito conselheiro do Sauipe? Faltavam companheiros para o cargo? Ou não se queria que os " de fora " soubessem o que estava acontecendo? Porque companheiros sindicalistas em nosso país parece que brotam do chão. Então qual a explicação? É preciso que não paremos por aqui. Mais do que nunca se faz necessário ir aos jornais. Levantar esta lebre que está engaiolada no nosso fundo de pensão. parabéns a toda a comissão. Me senti representada. obrigado a todos.

claudia do rio

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Que a justiça Divina seja feita!!!

Nossos parabéns!!

Anônimo disse...

Parabéns Dr. Medeiros , suas palavras foram muito bem ditas. Acredito que em breve teremos notícias melhores.

Anônimo disse...

Obrigado Dr. Medeiros, o Sr. falou o que todos aposentados e pensionistas da Previ gostariam de dizer. Abraços, Paz e Bem, Rogério Carvalho Pelotas.RS.

Unknown disse...

Parabens Medeiros. Ainda não li o que a Previ colocou no ar mas nos últimos tempos, por princípio qualquer coisa deles já fico com pé atras.

Anônimo disse...

...o site da previ eh ridiculo e devem pagar uma fortuna p quem escreve as asneiras q colocam.a meu ver o sentimento dos assistidos foi muito bem colocado.foi uma semente, agora temos q aumentar o numero dos participantes dos movimentos, as associaçoes dos aposentados tem q se mexer e motivar uma luta necessaria, senao vamos ser engolidos..........

Anônimo disse...

VIVA DR MEDEIROS,

Depois que li seu discurso vou dormir mais descansado. O doutor falou por mim. Obrigado, do fundo do coração.

Anônimo disse...

Maravilhoso, chorei um montão, especialmente no final. O que eles pensam que são ? Bravos dr. Medeiros, falou na cara deles, por isso que estão com uma cara de tacho nas fotos. Falou e disse, com classe, com categoria, com alma. Também vou dormir melhor. Desgraçados, mentindo no site da Previ. Bem dito, dr. Medeiros, bem dito. Boa noite.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

O senhor é mesmo muito corajoso. Como falam, é um cabra da peste. Dizer o que disse na cara do Odali, ali na sua frente, só o doutor mesmo. Duvido que outra pessoa tenha a sua coragem. Só por isso a novembrada já valeu. Parabéns. Bravos. Avante. Vamos que vamos. Valeu. Você é o cara.

Anônimo disse...

A realidade é que colhemos os frutos na epoca da fertilidade, mas agora chegou a época da seca. O que devemos fazer é entrar num acordo, com diplomacia, com o BB e a Previ. Que tal propor reduzir o percentual do Bet e defender sua continuidade utilizamndo a redução "temporaria" do percentual da reserva de contingência; ou até incorporar uma parcela do Bet, 10%, 15%, p.ex., como aumento de beneficio, o que livraria a Previ de reservar 20% para os que estão ativos, que vem tendo bons aumentos reais desde o inicio do governo Lula, etc... Não sei se existiria brecha nas leis para essas sugestoes , mas, com certeza, outros colegas que entendem do assunto devem ter, ou até mesmo algum especialista externo da area, alguma carta na manga pra que tudo não acabe de repente. Essa barulheira não vai resolver muita coisa. Precisamos pensar mais e gritar menos.
Chico Silva 

Anônimo disse...

O que a Cecilia falou no blog dela a respeito do BB não ressarcir a Previ a respeito do BET do grupo pré 67, o querido doutor falou em seu discurso. Muito bem, doutor. Eu também vou dormir bem. Acho que os diretores da Previ é que não vão dormir se lerem o seu blog. Miseráveis. Aprendam que temos gente de coragem para enfrentar voces. E só por isso mereceram o apitaço.

Anônimo disse...

Brilhante, Dr.Medeiros!!!

Gente de fibra, gente nossa!..

Sua liderança autêntica, real... é fundamental para nós continuarmos a luta...

Precisamos muito do senhor...Não nos deixem sós!

Parabéns e você, a todos os demais presentes!!!

JUNTOS CHEGAREMOS LÁ!..(Guilherme Afif Domingos)


Abraço.

Janone




Medeiros disse...

Obrigado Janone e todos os demais colegas que tem apoiado o meu discurso na reunião da Previ. Isso me dá ânimo para continuar na luta e ameniza os aborrecimentos eventuais, como a notícia facciosa da PREVI, que, com certeza, é mais um sinal dos maus princípios que andam por lá que eu denunciei. Muito obrigado a todos vocês. E´ só por vocês que eu brigo. A Previ é nossa.

Pedro Borges disse...

Muito bom Dr. Medeiros,

Esperamos que o seu alerta seja ouvido que os responsáveis tomem as medidas necessárias para que a Previ volte a funcionar nos trilhos.

Anônimo disse...

Muito obrigado dr Medeiros! Deus lhe pague! Tenha muita saúde e força para continuar na luta.OBRIGADO.

Maria disse...

Diante do que li, só tenho uma frase a dizer: Obrigada Medeiros, Deus te recompense em dobro!!!

Anônimo disse...

Muito bom Dr.Medeiros, obrigado por nos representar e nos defender. Sua posição foi clara, objetiva e direta . Alertou, deu exemplo e mostrou o caminho para os Diretores da PREVI.Se nenhum providencia for tomada nesses próximos 10 dias, penso que seria o caso que remeter para a imprensa cópia desse texto.

fernando disse...

Dr. Medeiros , simplesmente, falou por todos ,tudo o queríamos falar !! fantástico!!!. Não sei se todos receberam um convite do diretor Marcel, para dia 04122013,as 9: horas no Gepes PORTO ALEGRE, com a finalidade de EXPLICAR O FIM DO BET? . Não sei o que é melhor, deixar ele falando para as paredes, ou uma chance de miná-lo de perguntas e dúvidas ? E as promessas de campanha? Sinceramente, olhando ele, enxergo um diretor eleito pelos aposentados e pensionistas para a PREVI, e a serviço do BB.

Anônimo disse...

Puxa!!! Esse sr. Odali está em todas...
E faz tempo, não ?

Medeiros disse...

Caro Fernando,

Sobre a vinda do diretor Marcel a Porto Alegre no dia 4 de dezembro para falar sobre o BET, esclareço que não irei me fazer presente porque, conforme disse em meu discurso, já sabemos tudo sobre o assunto e o debate agora, antes do final do ano, antes das contas encerradas, é prematuro e inoportuno, dinheiro posto fora. Mas o comparecimento fica para cada um de vocês decidir se vale ou não a pena. O que eu acho é que, se comparecerem, não podem ficar acomodados, tem que debater firme, mostrar inconformidade com o discurso eleitoreiro de promessa de incorporação do BET. E´ o que eu acho.

Anônimo disse...

Quando vi o que você escreveu hoje no blog disse para mim mesma, é muito grande o texto do dr. Medeiros, não vou conseguir ler tanta coisa. Mas fui lendo, lendo, e cheguei ao final, aliás um emocionante final.

So quero lhe dizer uma verdade: você conseguiu me fazer ter orgulho de novo do funcionalismo do Banco do Brasil. Voce honrou a nossa camiseta e encarnou o nosso antigo esprit de corps. Parabéns.

Medeiros disse...

Só essas palavras bastam para gratificar o meu esforço. Obrigado do fundo do coração. Não sei mesmo como agradecer.

Anônimo disse...

Muito bem colocado o comentário de nosso colega Diogo,
"qdo converso com alguns colegas da ativa que estão se aposentando, eles pouco sabem dos problemas da Previ. Procuro alertá-los, mas não sei o que há hoje com o mundo".
"Esse pessoal tem pouco mais de 50 anos e precisa entrar nesta luta. Precisamos de novos Dr. Medeiros. De muitos." É isso aí, vamos defender nossa PREVI.

Medeiros disse...

Graças ao trabalho de uma colega aposentada de São Leopoldo pela primeira vez me foi marcada uma palestra para o pessoal da ativa. Estamos começando a investir nesse pessoal. O futuro é deles.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Gaucho de Uruguaiana não nega suas origens. Seu pai, falecido, advogado do Banco, deve estar muito satisfeito. E nós também. Parabéns, cepa boa, raiz ótima. Coragem nunca te faltou. Barbaridade, tchê.

Paulo - Pelotas

Anônimo disse...

O CANAL NÃO É ESTE, MAS TOMO A LIBERDADE PARA FAZÊ-LO!!!!

Empréstimo para aposentados da Previ, além da Crediscoop, Cooperforte, Previ, Alphacash, INSS consignados, há alguma outra cooperativa que poderemos obter crédito?
Agradeceria a resposta de alguma colega.
Abs.

Anônimo disse...

DR. mEDEIROS,

Eu sou um dos que sou céptico com relação a essas manifestações. Me diga o que de bom e de prático o doutor acha que foi obtido com a tal da novembrada.

Anônimo disse...

Grande Medeiros, verdadeiramente você disse tudo, na Previ e no seu ultimo post.
Depois disto tudo, com aquela nota infeliz da Previ, não tem como ser otimista sobre o que estes gestores vao dizer, creio que nada de positivo vira. Com certeza a resposta deles vai ser esclarecimentos sobre estatutos da Previ e etc, etc, etc..
Fico triste por nem ao menos a Previ citar os nomes dos presentes na reunião, isto mostra que não deram o valor e nem o respeito devido a novembrada e novamente vão levar a "coisa" na base do descaso, assunto para as próximas eleições, novas promessas.
Depois se algum dia invadirem mesmo o prédio da Previ a valer, vao dizer que não sabem do porque os aposentados agem assim. Paciência tem limites e indiferença humana também.
Quem viver vera.

Daniel Pereira

Medeiros disse...

Colega anônimo e cético,

Na minha derradeira postagem sobre a novembrada, a de número quatro, vou falar sobre os resultados e fazer uma avaliação da manifestação. Aguarde. Porém com uma certeza, a novembrada arrasou. Agora estou saindo para trabalhar e tenho importante reunião de diretoria na AFABB RS. Logo mais eu volto. Estou gostando muito dos comentários. Estão me dando alma nova. Que bom ! Eu sempre acreditei no funcionalismo do BB. O caso é que alguns andam preguiçosos demais e o cenário do Rio contribui para essa indolência. Mas vamos que vamos. Leiam também o blog da Cecilia e do Ary Zanella, bem como o Olhar de Coruja. Só não vejam o site da Previ senão vão se indignar. Eu levei uma camiseta onde está escrito eu não acredito ! pOIS É.

Medeiros disse...

Grande Daniel Pereira, é exatamente isso que você escreveu.

Anônimo disse...

AH Medeiros, não só adorei o teu texto, embora longo, mas que a gente lê com prazer, como estou adorando teus comentários. Gostaria que você fosse sempre participativo assim.

Medeiros disse...

Eu também, mas é que tenho que trabalhar e tenho compromissos assumidos inadiáveis. Fazer o quê ?

Anônimo disse...

"È isso aí, abram os olhos do pessoal da ativa, senão quando aposentarem não vai sobrar nada prá eles", do PB2.

Jair Mário Bork disse...

Valeu, Dr. Medeiros. É impressionante teu entusiasmo pela defesa de nossos direitos. Enquanto tivermos lutadores como você peleando por nós, podemos ficar um pouco mais tranquilos. Os desafios são grandes, a ameaça existe, como já vimos no caso da AEROS da VARIG, mas acredito num desfecho feliz.

Aderbal Domingos Tortato disse...

Medeiros. Passei a admirá-lo depois de ser um leitor assiduo de seu Blog. Parabens pelo Comando de nossa luta, meu General. Sou um simples soldado que ingressou nas tropas do BB em 1971 e foi OBRIGADO a sair no PDV/65, aposentando-me em seguida pelo INSS e PREVI, e hoje me encontro na situação de DEPENDENTE. Alem de ter 20% do BET diminuidos de minha folha, tere a contribuição em dobro. (a do BB e a minha). Serei então, tangido compulsoriamente a sobrevier com o INSS. Minhas lágrimas também cairam no dia 25/11. Continue na luta e se precisar de armas, estou de pé e à ordem. Abraços. Aderbal D. Tortato.

Anônimo disse...

Medeiros e amigos boa tarde!!! Nesta manhã o TJMG deu provimento ao meu recurso em relação a devolução do BET da minha cota patronal.

Assim que houver a publicação do acordão darei mais informações.

Anônimo disse...

Caro dr. Medeiros,

E sobre essa nova vovembrada marcada para as dez horas do dia 2 de dezembro ? O senhor vai ?

Fernando

Medeiros disse...

Eu nada sei sobre essa manifestação. Estava na reunião com a dietoria da Pevi quando ela foi decidida. Nem sequer fui convidado.

Sou sempre a favor de mobilização, mas será que não é muito cedo para outro protesto ? A diretoria tem dez dias úteis para responder à nossa pauta de reivindicações e certamente no dia 2 ainda não deverá ter nos respondido.

Além disso, se foi marcada para 2 de dezembro não é novembrada, é dezembrada.

Estou fora, não tenho condições de retornar ao Rio tão cedo assim.

Medeiros disse...

Colega anônimo acima das 13,38.

Com uma notícia assim tão importante do TJMG eu acho que você não deveria ficar anônimo, já que o processo é público, senão vão pensar que é chute e voce é infiltrado. Por favor se identifique.

Anônimo disse...

Sim Medeiros. Voce esta correto. Já tentei falar com o senhor pessoalmente sobre o caso e não tive sucesso. O senhor pode ligar para o meu marido que é o meu advogado no caso. Ele tem o maior interesse em nossa causa. Como que ele pode entrar em contato particular com o senhor?!?!? Estou muito feliz por se fazer justiça.

Dora Lucia : matrícula 2.528.---7

Anônimo disse...

Parabéns e obrigada Dr.Medeiros
Já disse outras vezes que você é um grande lider.

Anônimo disse...

Medeiros, gostaria fazer contato com o senhor para convesarmos em relação a decisão do TJMG.

Abraço!!!

Anônimo disse...

Tortato, Grande Amigo!
Apenas diga a cidade onde moras.

Anônimo disse...

Tudo que é podre e doente virá a tona e pedirá maturidade e bom senso para ser bem administrado, para ser curado. O jogo das aparências não engana mais ninguém. A Previ com essas explicações "maquiadas" tentando dar uma de "mocinho" que luta por nossos interesses ignorando o verdadeiro sentido deste movimento realmente é de dar nojo. Parabéns a todos que direta ou indiretamente participaram da Novembrada. Nossos heróis, os verdadeiros Mocinhos. QUEREMOS ÉTICA! JUSTIÇA! TRANSPARÊNCIA NA NOSSA PREVI.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros

O Sr. é uma pessoa maravilhosa!
Escreve magistralmente.
É do bem. Trabalha em prol de causas justas com disposição e inteligência.
Qtos poderiam ser assim mas que por acomodação e/ou egoísmo não levantam uma palha do lugar.
Continue fazendo admiradores(as) por todo o Brasil. Estamos com vc!

Pensionista sem voz disse...

A impressão q dá, ao ler a notícia no site da PREVI, é q eles administram nosso fundo não pra gente, mas pros outros, pra q os outros tenham sempre a idéia equivocada de q a PREVI nos trata com respeito, atenção e carinho, e administram nosso fundo sempre da maneira mais transparente possível. Sorte nossa q temos pessoas como o senhor, o Professor Ari, a Cecília, a Leopoldina e tantos outros, q não medem esforços pra defender nossos interesses e nos deixar a par do q realmente acontece. Parabéns a todos vcs e a todos q foram à manifestação. Só senti falta de um questionamento mais contundente sobre o pq de prometerm algo como BET permanente na eleições se era algo q, pelo q dizem agora, seria impossível de ser concretizado.

Medeiros disse...

Colega do TJMG,

Meu email é jbmafabb@terra.com.br

Anônimo disse...

Mederão Cabra Mais Macho de Todos,

Você meteu o pé na porta mesmo! Esse é o LÍDER! Diplomacia com firmeza! Não se esconde do confronto. Não se encolhe no debate!

SE A UTOPIA DA UNIÃO DE TODAS AS ASSOCIAÇÕES UM DIA ACONTECER, CERTAMENTE VOCÊ SERÁ O PRESIDENTE.

Parabéns! Como bem disse um colega, você nos fez relembrar o tempo que sentíamos orgulho de ser do BB.

Valeu! Obrigado mesmo!

Anônimo disse...

Este pronunciamento memorável me faz lembrar outras grandes lutas que o funcionalismo já travou contra o Banco, contra a Previ, contra todos.
Contar com a defesa de colegas qualificados tanto quanto o Dr. Medeiros e outros tantos nos orgulha de ter pertencido a esta turma.
Com certeza ficará sempre ecoando na cabeça destes dirigentes que não cumprem com sua obrigação palavras sábias e fortes como as que lemos neste comentário.
Isto nos faz crer que a luta sempre vale a pena e que não podemos ficar inertes diante de tanta irresponsabilidade com o que é nosso.
A ideia de investir nos novos é muito boa, pois deles será o futuro e eles precisam saber que se a PREVI é o que é agora foi pelo esforço e abnegação de pessoas como o Dr. Medeiros e sua turma!!!
Parabéns e Vamo que vamo!
Alvorino Osvaldt - Camaquã!

Anônimo disse...

7,24% é a rentabilidade acumulada até out/2013 fonte site Previ.
Tá miorando!!!

Anônimo disse...

Dr. Medeiros como pode uma pessoa que em plena campanha prometer a transformação de BET em BEP e depois desconversar? Como pode exercer o cargo de diretor de seguridade se não teve a capacidade de saber que os recursos do BET estavam aplicados em operações de risco? NINGUÉM É OBRIGADO A PROMETER! QUAL FOI A INTENÇÃO DESTE ENTÃO CANDIDATO PROMETER SENÃO ENGANAR OS OTÁRIOS?
O MÍNINO QUE ELE DEVERIA FAZER PARA O NOSSO BEM SERIA ASSINAR SUA DEMISSÃO. TENHA CONSCIÊNCIA MARCEL BARROS CAIA FORA!

isamusa disse...

Prezado Dr Medeiros, mui digno Presidente da AFABB RS e na NOVEMBRADA, representante oficial da FAABB. Desejo cumprimentá-lo pelas palavras ditas à mesa e reiterar que ao escolher o prezado amigo e colega para representar a FAABB tive inspiração divina. Eu não me sairia melhor. Fico-lhe grata

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Particularmente, reconheço o vosso esforço em nos defender e sei que o faz sem segundas intenções. Mesmo assim, caso venhamos a obter algum benefício em consequência de sua atuação na novembrada, já antecipo o meu total apoio ao distinto colega, em eventual candidatura nas próximas eleições da Previ.

Aqui não se trata de nenhuma promessa vinda de político mentiroso, mas de um assistido da previ que, igualmente a milhares de outros, como gesto de gratidão, costuma sempre retribuir à altura o que de bom grado lhe é concedido.

Parabéns! E vamos torcer para que não necessitemos de nos mobilizar para uma dezembrada, ou tenhamos que mudar nossos métodos de reivindicar.

Que Deus lhe proteja.

Mat. 5194932-6

Anônimo disse...

pois é, inclusive o presidente da PREVI nem utiliza seu nome completo = DAN CONRADO MARINHO = porque ??

Medeiros disse...

Prezada Isa Musa,

Assim não vale, você me emocionou demais, até às lágrimas.

Obrigado.

Medeiros

fernando disse...

MEDeiros, ,com sua bravura e orgulho de ter trabalhado do BB fez me lembrar os anos 80. Fazíamos 8 horas. Cheio de serviço. O nosso chefe, mais amigo que chefe, chegava no final do expediente -Gente não posso dar hora extra, preciso de vcs. E de maneira normal todos concordavam, Pelas 10 horas íamos na casa de um colega, comíamos um carreteiro, tomava uma cerveja, e por fim, uma canastra. NO outro dia, firme. Que tempo, que colegas, que vida. Por último, contava estas histórias pros colegas recem chegados no BB, e não acreditavam. Não importa ,eu fui muito feliz, trabalhei com prazer.

Anônimo disse...

Estou com você anônimo das 19:23hs. Medeiros alertou estes eleitos que o momento é gravíssimo, estou preocupado.
Nossa gratidão ao Medeiros e demais colegas que participaram da novembrada.

Anônimo disse...

Leiam no site da anapar: "Democratização nos fundos de pensão ganha apoio no senado", 27/11/2013.

Anônimo disse...

Caro Dr.Medeiros.

Parabéns por nos representar tão dignamente. Os dirigentes da Previ, atuais e antigos, já erraram demais. Chega!!!!!

:: Cecília Garcez :: disse...

Caro colega Medeiros,
Foram ótimas suas colocações, bem pontuais e relevantes. Tem horas que precisamos ser mais enérgicos e cobrar respostas imediatas. Adorei, principalmente, a sua observação de que estamos cansados de ter aulas sobre o BET. Realmente, o que os associados merecem é atitude. Isso sim. O resto é resto.
Parabéns pelas colocações feitas aos dirigentes!

Flavio Mazzaro disse...

Precisamos nos organizar, agir e lutar. Não adianta ficar só postando relatos e lamentos, necessitamos, por exemplo, realizar encontros regionais e nos fortalecer para exigir que as regras sejam cumpridas. Não podemos esperar.
Flavio

Marcos disse...



Comecei a ler e não conseguia saltar uma linha sequer do relato do que foi apresentado na reunião. Chegou num momento que eu estava lendo em voz alta na tentativa de entender melhor a gravidade que se encontra a nossa Previ. O que eu temia parece estar em andamento, isto é, os dirigentes são fantoches "vendados por altíssimos salários", áulicos palacianos com quem de nada adianta conversar, pois estão ali para obedecer ao BB e este ao governo. Com o judiciário indicado e nomeado pelo governo não temos tido êxito nos processos. Só nos resta os movimentos que, a exemplo dos ocorridos em junho/13, assustaram a elite e os Três Poderes de nossa tênue democracia Dr. Medeiros, o meu respeito e os meus agrade cimentos por tão exuberante atuação!!

Anônimo disse...

Parabéns Dr. Medeiros, o Sr. é o nosso representante maior, pois tem coragem de enfrentar os diretores maquiavélicos da Previ olhando-os nos olhos. A sua presença se torna necessário e imprescindível em todos os embates e reuniões que for acontecer com a Previ, pois o amigo conhece como funciona o nosso plano de previdência em todos os sentidos. Agradecemos ao colega por tão bem nos representar.

Goulart disse...

Colega e aposentado e sabio Dr. Medeiros, temos muito o que aprender contigo, e foi muito importante esta manifestação, e que acenda nos corações dos aposentados e pensionistas a vontade de participar de mais manifestações, pode ser colocação de cartazes em frente de cada Agencia, com frazes sugestivas, por exemplo. Mais uma vez, muito obrigado pela vontade e execução deste movimento a todos colegas que ai no Rio estiveram. Aposentado de Cambé-PR, com muita esperança de que as coisas melhorem. Animo e bastante saude para o sr. e sua família.

Anônimo disse...

Esse Odali é um vaselina. Nunca trabalhou no Banco. Desde os anos 90 se tornou presidente da AABB-Rio, onde ficou por longos anos e depois do ascensão do PT deu uma de oportunista e se filiou ao partido com vistas a arrumar alguma boquinha, o que conseguiu. Em resum, está há mais de vinte anos enchendo a "burra".

Fernando - MG disse...

Parabéns Dr. Medeiros!

Entendo que as atitudes dos dirigentes da PREVI são bastante arriscadas porque, se nós funcionários aposentados e da ativa, decidirmos combater todas essas obscuridades, certamente será um "risco de imagem" considerável ao Banco do Brasil e à própria PREVI. Precisamos concentrar nossas forças, elegendo representantes com o seu perfil, numa única representação, com o nosso aval para mobilizar o que for necessário para enfrentar essa administração deletéria. Poder para isso nós temos.

Anônimo disse...

O jornal "ESTADÃO-SP" de hoje, 09/12/2013, na secão Economia & Negócios trás comentário sôbre os
salários dos executivos do BB e a posição da PREVI.