PROTESTO DE 25 DE NOVEMBRO NA PREVI

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Eu irei no protesto de 25 de novembro. Já confirmei. Outros me telefonaram dizendo que também iriam, para apoiar a manifestação. Ótimo.

Compreendo os riscos que corremos, mas faz parte do processo.  Os infiltrados estão por toda a parte. Mas, segundo consta, estão sendo tomadas as providências preventivas cabíveis.

Lembro do peladaço na Previ.  Evento memorável e que teve, sim, sua repercussão positiva e resultados concretos imediatos comprovados.  Na ocasião, Marcos Cordeiro escreveu uma crônica épica e inolvidável, os heróis do Mourisco, que guardo até hoje.  Agora vou no novembraço organizado pelo Ary Zanella e pela Leopoldina, da Anaplab, que tem o aval de várias lideranças dos aposentados e pensionistas do BB.


Existem outras formas menos arriscadas e menos onerosas de protestar ?  Existem e, se concretizadas, estou dentro delas, O que acontece é que a diretoria da Previ, especialmente seu presidente Dan Conrado, não tornam mais fácil o contato com os participantes.

Houve um encontro no princípio do ano, dia 24 de janeiro, no qual o presidente Dan Conrado se comportou muito mal. Saiu no meio dos debates, antes da minha fala, voltou no encerramento, e no almoço preferiu sentar com os conselheiros fiscais da Previ em vez de sentar com seus convidados, os presidentes das associações e a presidente da FAABB. Que anfitrião é esse ?

Agora ele deu nova demonstração de desprezo e desinteresse com a pessoa do aposentado e da pensionista participantes da PREVI, ao não comparecer na audiência pública do Senado nem mandar representante, sendo criticado pela sua postura. Alegou ter outros compromissos. Que feio !

A mobilização é necessária, sim. E´ um ato de coragem e de afirmação. E´ como dizer, olhem nós estamos vivos, estamos presentes, estamos aqui. Nos respeitem.  Respeitem a nossa dignidade. Conversem conosco. Saiam do pedestal.

Falando nisso, começam a surgir iniciativas tentando diminuir o impacto do movimento de protesto. Além de fórmulas e sugestões, começam a aparecer iniciativas de palestras e debates, entre os quais uma com o diretor Marcel Barros, a convite do Sindicato dos Bancários, em Porto Alegre, no dia 4 de dezembro.

O diretor Marcel sempre tem se colocado à disposição, não posso negar.  Apresentei aqui , várias vezes, proposta para convidá-lo a palestrar sobre o BET.  Não tive boa acolhida.  O pessoal aqui do Sul, especialmente de Porto Alegre, não gostou da postura  crítica nem das colocações feitas pelo diretor Marcel quando veio fazer a apresentação das contas do exercício 2012, e muito menos do discurso do diretor Paulo Assunção.  Em vez de se fixarem em informações e ouvirem as ponderações, preferiram criticar os participantes e as associações que entram com ações judiciais, cujas vitórias são, na opinião do Marcel, um tiro no pé, pois o pagamento recai sobre todos. Pegou muito mal. Depois em Camboriú repetiram a mesma ladainha. Eu fiquei pasmo. Afinal de que lado estão os nossos eleitos ? Dessa forma, para ouvir esse discurso, não consegui que apoiassem minha idéia de convidar esses eleitos. Quanto ao outro eleito, Vitor Paulo, eu o convidei há tres anos, prometeu vir, nunca veio, nem disse porque não veio. E já esta saindo tarde da Previ, onde não deixará marca nenhuma de sua passagem.

Além de tudo a renovação do ES novamente frustrou as expectativas. Poderia ter sido uma ótima ocasião de mostrar discernimento. Afinal tem sido o melhor investimento da PREVI, segundo parece. Tinha tudo pra ser melhor.

Por tudo isso eu vou no protesto e convido aos colegas, especialmente, os do Rio de Janeiro para comparecerem também. Se for igual ao peladaço, tenham a certeza, só o encontro, a solidariedade, a participação e o senso do dever cumprido, já valerão a pena. A gente sai de alma lavada.

41 comentários:

Carlos-Rs disse...

ES - Muito cômico, a Previ dizer que liberou a carência de 6 meses para renovar o empréstimo simples. De que adiantou, seria muito melhor se tivesse ficado como estava. A quatro meses, com um margem de 1.102,00, tirei 81.000, agora com essa mesma margem a tabela só me dá 79.000. Então pergunto, de que adianta liberar a carencia se aumentaram as prestações!!!!! Ridículo isso.

Cristina pensionista disse...

Caro Sr.

Sua Presença é mais do que necessária é essencial. Hoje mesmo ja estarei providenciando algumas faixas e convocando os aposentados e pensionistas daqui da AABB Tijuca para que compareçam.

Fernando Lamas disse...

Ilustre Doutor Medeiros, saudações respeitosas.
Bom dia a todos.

Quero-lhe cumprimentar, pela perseverança e saúde cívica e de consciência, num tempo e numa merecida situação, imagino, em que o senhor pode acompanhar, tudo, de longe.
Mas, sem dúvida, circula nessas veias, o sangue da justiça e da melhor cidadania, herdado de gerações.

Eu entendo que muitos desses males que preocupam-nos têm, infelizmente, origem política, o que torna tudo imprevisível e obscuro.
Se a prevalência fosse TÉCNICA, o cenário seria bem outro.
O ES, por exemplo: um dos melhores produtos, de ótima rentabilidade, é tratado, a meu ver, politicamente, CONTRA OS INTERESSES DA PREVI.

Aproveito, para retratar-me de uma afirmação minha, errada,, no blog do Professor Ari, quando afirmei que a "novembrada" será algo nunca imaginado antes.
O senhor já liderou histórica manifestação, no Mourisco. Desculpa!

Neste momento, preparo documentação, para a minha defesa em mais uma Ação Monitória, esta, impetrada pela Cooperforte

Grato por tudo e PAZ E BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

"Pois é diante do tribunal de Deus que TODOS COMPARECEREMOS."
Romanos 14,7-12.



Anônimo disse...

Estou com nojo dessa gente da Previ.
Que fiasco esse ES. Salve-se quem puder.

Abraço.

Pedro Borges disse...

É uma pena que os aposentados do Brasil não tomem atitudes, somos uma força eleitoral enorme, se somarmos as famílias podemos ser invencíveis em nossos pleitos. A alienação, entretanto, é muito grande, na internet então somos uns gatos pingados. Parece que a maioria já se conformou com a situação, acomodou-se. Até quando?

Anônimo disse...

Bravos dr. Medeiros,

Sua conclamação e adesão à novembrada é muito importante, um líder como o senhor é.

Eu não ia, maas agora vou e vou levar outros colegas.

Obrigado.

Rubens - Rio

Anônimo disse...

Dr Medeiros tenho onze prestações pagar do Es e não consegui renovar. Muito triste. Quero meus 100% de pensionista . Vou usar uma parte do 13 salario , o qual se fosse ver não poderia, mas irei ,Irei para lutar pelos nossos direitos..

Anônimo disse...

Grande Medeiros, sinto que este protesto vai ser impactante, vai mesmo respingar aqui e acola, o governo não gosta deste tipo de manifestação em véspera de eleição. Se tiver um destaque na imprensa, já teremos plantado sementes que vao germinar e gerar frutos para o futuro.
E a cobra vai fumar na Previ.
E VAMOS QUE VAMOS Medeirão velho de guerra...

Viana

Anônimo disse...

Oh Medeiros, já que nao da para renovar vê se consegue pelo menos suspender a cobrança do emprestimo simples no mês de dezembro, tenho certeza que esta folga nao prejudicara em nenhum momento a nossa querida Previ e ajudaria muitos associados, inclusive a mim, a passar um Natal melhor com a minha família. . Aguardo como sempre uma manifestação sua.


Forte abraço.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, que bom que uma liderança como o Sr., vá a novembrada. Assim como o colega Carlos disse, o ES não é cômico, eu acho uma palhaçada a liberação da contratação, pois no meu caso diminui também R$ 2.000, estava na moita, para ver se dava para ir ao Rio, mas assim não dá mesmo. Abraços, e vamos ter esperança, que um dia irá melhorar. Rogério Luiz Carvalho. Pelotas .RS.

Everton disse...

Com certeza ainda sairão por cima e o resto é que se dane. E como a Regina Duarte disse lá pra traz quando tinhamos esperança em que diziam vestir a camisa do trabalhador a "esperança se foi..."
Pode ficar tranquilos que o BET não vai acabar pois vão oferecer mais migalhas no galinheiro em troca da galinha de ouro. Escrevam e verão.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, por que no final da página para finalizar a renovação do ES, clico "tabela de valores" e a mesma não aparece? Deus o abençoe.

Anônimo disse...

.........a bolsa estah caiinnnnnndddoooo...............o Brasil estah "doente", nao sei se vai se recuperar, em todos os sentidos.

Anônimo disse...

O ES ficou insignificante e mesmo assim grande parte dos colegas nem consegue tirar.Precisamos esquecer esse assunto pois está claro que não mudará e partir para uma ação que obrigue a Previ a limitar os débitos a 30% da renda.

Anônimo disse...

Caro Dr.Medeiros,sou pensionista de Pernambuco e acompanho com frequencia seu blog,gostaria muito de poder ir à NOVEMBRADA,só não vou por não conhecer o Rio nem ter onde ficar,consegui junto a familiares e colegas de trabalho 106 assinaturas de punho e estou a disposição para o que for preciso dentro de minhas possibilidades, para conseguirmos nossos objetivos.Estou na torcida ! Abraços,
Pensionista de Recife-pe

Anônimo disse...

Mederão Cabra Muito Macho,

Sei que sua conclamação fará com que muitos que estavam em dúvidas mudem de ideia e confirmem a ida para a porta da Previ.
Você tem HISTÓRIA. Não caiu de paraquedas feito esse monte de panfleteiros que agora posam de executivos.

Anônimo disse...

Medeiros, você é um sujeito experiente e sabe usar bem sua retórica porém esses cabras da PREVI estão precisando é de um bom corretivo. Vamos empurrar o ESTATUTO DO IDOSO na cara deles!!! Temos que fazer valer nossos direitos! Estão aterrorizando os nossos velhinhos. Depois do chulo e abominável ES a pressão arterial de muita gente deu VDO (bateu nas alturas). São uns energúmenos... vão arder no fogo
mais quente reservado para traidores! Procure rádios/tvs para dar entrevistas no Rio. Vem eleição por aí e eles tremem de medo de perder a teta que só amamenta essa corja que se instalou para nos prejudicar. Serenidade e austeridade sempre. vamos à batalha.

Anônimo disse...

Medeiros, você vai, eu vou atrás. Nem me importa saber o porquê. Sou teu seguidor e admirador.

Danilo - BA

Anônimo disse...

Medeiros, permita uma correção:
a associação presidida pelo Sr. Ari é a ANAPLAB.

antonio americano do brasil borges disse...

Para conhecimento. Encaminhei hoje DENUNCIA à PREVIC sobre atitude da PREVI em alterar ou criar novos regulamento do EMPRESTIMOS SIMPLES com prazos e juros diferenciados para os mais idosos. Afinal o FUNDO destinado a empréstimos faz parte do patrimonio da PREVI que foi formado com a contribuição e parcela patronal, portanto nós idosos contribuimos com a maior parcela do patrimonio da PREVI e agora somos discriminados.
Não tenho muita esperanças de que a PREVIC possa ou tenha coragem de tomar qualquer atitude contra a PREVI, mas pelo menos fico com a consciência de que pelo menos tomei uma atitude.
Infelizmente não poderei ir ao Rio de Janeiro, por motivo de outra viagem já marcada anteriormente.
Desejo sucesso a todos.
Abraços
Antonio Americano
Goiania (GO)

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
Essa NOVEMBRADA precisa acontecer, ainda que eles nos chamassem para uma audiência.Temos que mostrar coerência.Além essa diretoria nos é HOSTIL, não dá a mínima para as nossas necessidades. Temos que mostrar nossa força.Parabéns/

Ivo Schmidt disse...

Caro Dr. Medeiros, minhas saudações.
Meu respeito e consideração a todos que estão nesta luta.
Também concordo com o Pedro Borges das 12h07min que sem mobilização NADA conseguiremos.
No entanto se faz necessário um GRANDE TRABALHO, pois somente assim será possível CONCIENTIZAR a todos.
A participação precisa ser a maior possível.
A manifestação no meu entender, s m j, poderia acontecer em todo o pais, sendo nos maiores Centros e Capitais de cada Estado e no RJ também na Previ.
Um comitê central para coordenar os trabalhos e um subcomitê em cada estado, podendo ser as afabs, e em cada município buscar COLEGAS para realizar o trabalho de base, trabalho local, para que as INFORMACOES/ORIENTACOES cheguem a cada PARTICIPANTE pb1 da Previ, ou seja, para aquele que só Le jornal, ao que só vê TV, ao que só Le revistas, ao que acessa somente a internet e também aquele que não usa nenhum destes veículos de informação.
O Evento devera acontecer no mesmo dia e hora em todo o território nacional.
Uma manifestação com cartazes e faixas com as nossas reivindicações em frente às agencias do BB, Empresa que ajudamos a construir, onde todos nos dedicamos os melhores anos de nossas vidas.
A informação precisa chegar a todos, e poderá estar no blog ou site ou onde possa ser impressa e distribuída a todos os interessados.
Tendo em vista a proximidade da Novembrada, deixo a sugestão para futuras mobilizações.

Anônimo disse...

Não acredito que o provecto Dr Medeiros tenha saúde e coragem para participar de manifestações de rua. Enfim, parece mais de acordo com o momento vivido pelo blogueiro usar os dedos e a internet, alem da advocacia. Manifestação de rua não é a praia do elitista Dr. Medeiros. Ainda mais perto da sede do clube onde jogou Garrincha. Homem da elite sempre será do "andar de cima". Não se misturará com a simples plebe.

Marcos Cordeiro de Andrade disse...

Caro Medeiros,
Boa noite.

A crônica a que se refere foi publicada no Blog Previ Plano 1, no dia 08/02/11, sob o título "A calçada da fama".

Para quem quiser lembrar:

http://www.previplano1.com.br/2011/02/calcada-da-fama.html

Desejando-lhe boa sorte na nova empreitada a que empresta o seu nome, agradeço pela elogiosa citação.

Respeitoso abraço,

Marcos Cordeiro de Andrade
www.previplano1.com.br

Toninho Bleinroth disse...

Ao anônimo de 7 de novembro de 2013 14:15

Tentei também pelo Internet Explorer, mas dó consegui fazer no Google Chrome, tente também....
abração a todos que estão nesta luta.

Anônimo disse...

Nada de festividades durante o encontro. Precisa ser sério e sisudo para não interpretarem como um pic-nick.

Anônimo disse...

Precisa ser também barulhento e vamos que vamos, todos juntos.

Anônimo disse...

Aposentados e Pensionistas do AERUS
Aposentados protestam em frente ao STF

Na tarde desta quinta-feira (07/11), um grupo de mais de 30 aposentados representando os participantes do fundo Aerus, ex-funcionários da Varig e Transbrasil, protestaram pela solução do impasse com a liquidação do fundo que já dura quase oito anos.

Os manifestantes, alguns com mais de 80 anos, pedem que o Supremo Tribunal Federal (STF) dê prioridade ao julgamento da ação de defasagem tarifária. Esta ação movida pela antiga Varig pede o pagamento de diferenças nos valores cobrados pelas passagens aéreas no país, em função do congelamento de preços compulsório determinado por planos econômicos da década de 90.
Para o governo, que já perdeu a ação em primeiro e segundo grau, o recurso a ser julgado no STF representa a última alternativa para evitar o pagamento de uma indenização milionária. Esses valores são, em sua maioria, devidos ao fundo de pensão e com o seu pagamento devem regularizar o repasse mensal das aposentadorias e pensões, além do resgate dos valores aplicados pelos trabalhadores da ativa.

Os aposentados e pensionistas do Aerus estão em caravana desde a última segunda (4/11), em Brasília, na busca de uma solução para o fundo.

fotos clicar abaixo
http://www.flickr.com/photos/fentac/sets/72157637426164904/

Anônimo disse...


A idade chegou e após aposentar perder os valetks, participação nos lucros e agora é a vez de um prazo menor para os empréstimos simples o maior inimigo do Homem é o próprio Homem. Certa vez escutei essa historia é pura realidade!

Anônimo disse...

Amigos, essa manifestação vem em momento crucial. A divulgação ontem do crescimento do PIB dos EUA em 2,8% e a possibilidade de redução da inundação de dólares ao mercado é mais uma luz amarela que se acende. Vem se juntar aos preocupantes indicadores da economia brasileira que podem levar a queda da bolsa, que ameaça o BET.
Assim, mais do que nunca, é mister uma significativa participação dos aposentados e familiares na manifestação do dia 25. A hora é agora... depois não adianta chorar.

Anônimo disse...

CONCORDO com o Ivo Schmidt em 7 de novembro de 2013 21:08...

Seria interessante que o PROTESTO/MANIFESTAÇÃO aconteça em todo o Brasil, em frente às agências principais do BB em cada cidade..!

Serem colocados cartazes do tipo:

"ESTA E UMA MANIFESTAÇÃO NACIONAL. PRINCIPALMENTE NA SEDE CENTRAL DA PREVI, NO RIO DE JANEIRO-RJ"


Janone

Jair Mario Bork disse...

Realmente, caro Medeiros, cada vez entendo menos de economia. Nesta semana, por exemplo, as notícias econômicas foram praticamente só boas: O PIB americano cresceu 2,8%, a VALE obteve um lucro superior ao dobro do semestre anterior (e olha que a VALE é a empresa com maior peso na BOVESPA), A china confirmou crescimento, e o resultado: a semana toda a BOVESPA em queda. Não é mais a economia que regula a BOLSA, é pura expeculação. As próprias ações da VALE caíram. É mole? Salve-se quem puder.

Anônimo disse...

DIRETO DO SITE FAABB:

ESTELIONATO ELEITORAL Estelionato eleitoral. Assim é popularmente definida a conduta do político que promete o que não pode cumprir. A conduta de ludibriar para obter vantagem deve ser tipificada como crime, a exemplo do disposto no Art. 171 do Código Penal: – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento. Ao longo da campanha da CHAPA 6 para a PREVI em 2012, os componentes da chapa publicaram boletins prometendo INCORPORAR O BET COMO BENEFÍCIO PERMANENTE. Quem se interessar deve abrir o link abaixo para ler o ESTELIONATO ELEITORAL cometido pela chapa de Marcel Barros. - See more at: http://faabb.com.br/um-estelionato-eleitoral/#sthash.4o456CO3.dpuf

Medeiros disse...

Caro colega,

Quando isso acontece, a bolsa cai no meio de boas notícias, é sinal de que logo logo vai subir de novo. Primeiro ela baixa para depois subir, dessa forma permite melhores lucros para os investidores que conhecem as manhas do mercado. E´o que, modestamente, eu penso e tenho visto ao longo dos últimos dez anos. Pode ter exceção, que só confirma a regra.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Existe viabilidade de protocolar no Ministério Público uma queixa crime contra a diretoria da Previ?
Estatuto do Idoso, Teto, gestão temerária, etc

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Quando foi tirada a Conta Movimento do BB, a instituição estava rumando o caminho da extinção. E como aquela rubrica era a que dava sustentação financeira ao BB e os políticos, os donos do Banco, para não vê-lo desaparecer porque não encontrariam mais de onde tirar, roubar, resolveram transferir o patrimônio da Previ para lá, BB, e assim continuarem efetuando seus saques milionários.
Faz sentido?

Anônimo disse...

Doutor Medeiros,

Vamos aguardar a revista Previ de outubro/2013!! O que será que vem?

Anônimo disse...

Dr.
Penso que os fundamentos de nossa
economia estão se deteriorando.
Abraços

Anônimo disse...

Esse anônimo de 07 de novembro,21:13:
Tenha mais respeito com o Dr. Medeiros, pois ele não é desumano e nem hipócrita.
Voçê não passa de um fariseu e o seu está bem guardado, porque a justiça de Deus não falha.
Ainda vai chegar a sua hora.

Anônimo disse...

DIRETO DO SITE FAABB:

ESTELIONATO ELEITORAL Estelionato eleitoral. Assim é popularmente definida a conduta do político que promete o que não pode cumprir. A conduta de ludibriar para obter vantagem deve ser tipificada como crime, a exemplo do disposto no Art. 171 do Código Penal: – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento. Ao longo da campanha da CHAPA 6 para a PREVI em 2012, os componentes da chapa publicaram boletins prometendo INCORPORAR O BET COMO BENEFÍCIO PERMANENTE. Quem se interessar deve abrir o link abaixo para ler o ESTELIONATO ELEITORAL cometido pela chapa de Marcel Barros. - See more at: http://faabb.com.br/um-estelionato-eleitoral/#sthash.4o456CO3.dpuf

Anônimo disse...

Colegas, vamos entrar em contato com os colegas aposentados de todo o Brasil para comparecerem na Novembrada Essa é uma grande chance de revermos nossos direitos e das promessas que não foram cumpridas. Não vamos perder tempo, 25 de novembro esta próximo.