RESULTADOS DA NOVEMBRADA ( 4 )

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Hoje faço a minha avaliação da novembrada e respondo alguns colegas  preocupados apenas com os resultados.  O que conseguimos com o protesto ?  O que ganhamos ?  Só o cafezinho e a água gelada ?  Só conversa fiada ? Só incomodação ?

Cada um tem sua opinião e sua maneira de pensar.  Canso de repetir que não sou o dono da verdade. Gosto de divergência, gosto de ouvir críticas. Analisei com profundidade tudo o que se escreveu sobre a novembrada, especialmente vindo dos companheiros da comissão representativa do movimento, Ary Zanella, Leopoldina e Jane.  Nada li dos Vegini, nem da Eliana. Li o que escreveu a Cecilia em seu prestigiado blog

                                   A comissão representativa com o chefe de gabinete da Previ
                 Neusa , Leopoldina, Ary Zanella, Marcelo, Medeiros,Jane, Eliana e Genésio

Na minha visão, como já afirmei, a novembrada arrasou e foi uma enorme satisfação para mim ter participado da manifestação defronte a sede da Previ no Rio de Janeiro.

Acho que o primeiro resultado positivo foi o número de participantes, 150, aquém do esperado, 300, mas mesmo assim bastante expressivo em se tratando de aposentados e pensionistas do Banco do Brasil no Rio de Janeiro em dia de chuva intermitente. Foi uma marca histórica.

                                                     Ary Zanella presidente da ANAPLAB

Segundo, foi que não houve a baderna temida, o quebra quebra, tudo transcorreu sem violência, demonstrando o espírito pacífico e ordeiro do protesto. Ninguém se machucou, enfartou, necessitou de socorro médico. Que bom !

Terceiro, os manifestantes demonstraram seu inconformismo de maneira explícita, não se encolheram, não encabularam, gritaram palavras de ordem, como A PREVI É NOSSA, O BET É NOSSO, TETO NOS BENEFÍCIOS, 100% PENSIONISTAS, AUDITORIA INTERNACIONAL, e cantaram com seriedade e emoção o hino nacional, coisa mais linda de ver.

Quarto, o presidente da PREVI, sempre esquivo e fugidio, consentiu em receber, com os diretores eleitos, uma comissão representativa do movimento, numa sala, no quarto andar do edifício Mourisco, para acolher e debater as reivindicações.  Isso foi uma vitória do comitê organizador, ANAPLAB, AFABB-RS, AFABB-SC, FAABB.  Leopoldina tem o grande mérito de ter obtido essa audiência, nada fácil. Outras associações não conseguiram.

                                       Presidente Dan Conrado, diretor Marcel e Leopoldina

Quinto, a reunião foi produtiva, sim, a única afirmativa correta da notícia publicada no site da Previ. Todos os membros do comitê falaram e o fizeram de maneira franca e competente, abordando as preocupações e os riscos que rondam o nosso fundo de pensão.  Foi entregue não apenas um mero manifesto, mas uma notificação extra judicial, revestidas das formalidades legais, preparada pela dra. Neusa Vegini na última hora, com prazo de dez dias úteis para a resposta. Isso nunca antes havia acontecido. O documento foi divulgado e , conforme pode ser observado, é pertinente e consistente. Eles leram os principais tópicos e debateram algumas questões.

Sexto, a reunião foi gravada por nós, está portanto documentada, não pode ser distorcida pela Previ, como procurou faze-lo na notícia publicada em seu site. Uma bela estratégia da Leopoldina.

                                                     Medeiros e seu amigo Ary Zanella

Sétimo, finalmente pude falar tudo o que queria ao Presidente Dan Conrado, pois em janeiro minha palavra foi cassada pelo Marcel. Desta vez nenhum deles se atreveu a faze-lo e ouviram o discurso que ontem divulguei, onde chamei a atenção deles para a sensação que estão transmitindo à nós e à sociedade brasileira que algo de errado está acontecendo em nosso fundo de pensão. E comprovei com fatos, aproveitando que na minha frente estava o conselheiro fiscal Odali Cardoso, que a diretoria selecionou para também exercer o cargo de conselheiro deliberativo do Sauípe, o que contraria princípios de boa governança.

Oitavo, arrancamos do presidente e dos diretores algumas informações preciosas e valiosas. Por exemplo, de que o maior benefício é de 34 mil reais e de que não existem milionários nos conselhos de empresas participadas porque a Previ tem por norma limitar os honorários nos conselhos em 13 mil reais.
            Junto com José Pereira, vice da AFABB-RS, confraternizando com admiradores do blog

Nono, consegui mais e melhor. Aproveitei o ensejo e falei da consulta feita pela Previ a respeito do futuro relatório, de 2014. Mencionei que desde minha saída do conselho fiscal, em maio de 2006, a Previ não mais publicava nos relatórios, como antes, o maior e o menor benefício pago. Apenas a média dos benefícios. Pedi e o presidente prometeu, está na gravação, que no exercício de 2014 vai voltar a publicar esses valores. Se tal acontecer, se a promessa valer, é de capital importância para nós.
                                                       AFABB - RS   e   AFABB - SC

Décimo, ainda puxando a brasa para meu assado, quando o diretor Marcel, irritado sobre uma insinuação de irregularidade na Previ, respondeu que isso não existia e aproveitou para me questionar se alguma vez havia encontrado alguma irregularidade por ocasião de meu mandato como conselheiro fiscal. Respondi de imediato que sim, encontrara diversos casos, cerca de trinta investimentos irregulares. E você não denunciou ?  Denunciei sim, vários diretores e alguns funcionários. Citei como exemplo os casos do Magik Park, que a Previ gastou 80 milhões e vendeu por 3 milhões, e o caso do Sauípe onde favoreceu a Camargo Correa descaradamente. E ainda tem o caso dos cartões corporativos. Tenho guardadas as atas e os dossiês.N Mudaram de assunto imediatamente.

E tem mais, muito mais, poderia ir arrolando até vinte pontos positivos. Como a sugestão que o Marcel recebeu e anotou a respeito do ES, melhorar as condições para os mais necessitados;  como a denúncia sobre o não pagamento do BB à Previ de sua responsabilidade com o grupo pré 67 no BET;  como a declaração de que não compreendemos como os recursos do BET se esvairam antes do tempo; etc, etc.

Sei o que os críticos vão dizer.  Resultado concreto que é bom nada.  Não conseguiram prolongar o BET, evitar a suspensão do mesmo, fazer com que eles cumpram de imediato a determinação da PREVIC, e tantas coisas mais. Nós faríamos melhor que vocês. Somos mais preparados. Paciência. Fazer o quê ?

Mas acho que abrimos um caminho fantástico de demonstração de força.  Torceram que o movimento fracassasse, que não fizesse barulho, que não tivesse repercussão.  Assim como o Pizzolato, conforme já me referi, se enganaram.

A BAND noticiou o protesto. Falou a verdade, que eram cerca de 150 manifestantes. Olha nós na mídia.  E aí está outro resultado positivo, a que pode ser acrescentado o interesse que outros órgãos de imprensa estão tendo, pois recebi vários telefonemas para entrevistas.

Cansei, mas estou feliz.  Valeu o esforço, valeu cada momento que vivi naquela segunda feira histórica, de 25 de novembro, os quais ficarão para sempre marcados em minha memória. E por isso sou muito grato ao professor Ary Zanella, à guerreira Leopoldina Correa e à infatigável presidente da FAABB Isa Musa Noronha, por me convidarem para participar dessa novembrada gloriosa e vitoriosa.

Tenho certeza absoluta que os frutos virão e vocês em breve verão.  Promessa de escoteiro.
Até outra. Vamos que vamos.


66 comentários:

Anônimo disse...

Prefiro matar alguém, do que ver minha família passar por necessidade nesse tempo. Advinha quem mataria?
Sabes que horas são? 00:30

Pedro Borges disse...

Dr. Medeiros: O importante agora é manter a chama acesa, continuar lutando e trazendo os colegas para a arena, seja através da internet, das associações ou das agências. Temos que defender os nossos direitos, fazendo com que os dirigentes da PREVI lutem pelos nossos interesses, sem atender interferências espúrias, seja de governo ou do banco.

Anônimo disse...

Medeiros, nosso desejo é de que viva pelo menos mais 30 anos com essa monstruosa lucidez!!!

Dentro do prazo dado a Previ de 10 dias úteis, virá a resposta com relação até quando será pago o BET em 2014?

Obrigado!!!!

Anônimo disse...

Sucesso total. Não esmoreça! Continue o grande exemplo que és. Muito obrigado!

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, parabéns!

Gostaria que me esclarecesse uma dúvida: quando o presidente disse que o maior benefício é de 34 mil ele se referia a benefícios de quem trabalha na PREVI ou de benefícios de assistidos?? Pode ter pegadinha aí? Uma coisa é trabalhar na PREVI e ter teto de 34 mil, outra completamente diferente é o teto do pagamento de benefício a aposentado não acha?

Um abraço e mais uma vez parabéns pela coragem de expor a esses "semi-Deuses" que diregem nossa PREVI que não estamos mortos.

mesquitasantana disse...

Meu caro Dr. Medeiros.

Gostaria de tê-lo conhecido e o fiz embora com apenas um rápido aperto de mão e um olá Dr.! Naquele momento o desfraldar das faixas não me permitiram mais, o movimento foi bom e o resultado virá e até acredito que o melhor foi a sacudida de que nós aposentados precisávamos. Nos próximos movimentos teremos grupos mais participativos e atuantes.

abraços a todos.

Medeiros disse...

Prezado Mesquita Santana,

Foi uma satisfação abraça-lo e certamente teremos mais tempo para conversar em outra oportunidade. Muito obrigado pelo carinho e por tua presença ativa e altiva no protesto. Vamos que vamos.

Anônimo disse...

As fotos são tão expressivas como o seu texto, sempre claro e brilhante, bom de ler.

Nota-se que você está realmente feliz com o evento, apesar da chuva.

Mas o professor Ary está com a fisionomia séria e tensa. Medo do Marcel ?

Vá em frente professor. Sua iniciativa foi sucesso. Ponha um sorriso largo no rosto.

Parabéns a todos pelo sucesso. Eu estava lá e vi.

Anônimo disse...

Meu caro Dr., ( e ao diretor se estiver vendo e lendo ) melhorias no ES têm que ser para todos.
Não só para os necessitados.
Senão, será mais um retalho na colcha.

Medeiros disse...

Colega anônimo,

O presidente Dan Conrado meio se atrapalhou, misturou salário com benefício. Mas o que ele quis mesmo falar era de que 34 mil era o maior benefício pago atualmente pela Previ.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Ai meu Deus ! O doutor está lindo nas fotos. Gatão como sempre. Deus te conserve assim. Lindão por dentro e por fora. Gato, sim.

E vocês aí da Previ se cuidem com ele, porque é bonito, mas às vezes arranha quando se faz necessário.

Lindão. Parabéns. Te amo. Platonicamente, claro.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Como falou o colega, parabéns pela sua lucidez e também pelo seu equilíbrio, bom senso e tirocínio.E´ de líderes de sua estirpe que precisamos nesta hora complicada, quando querem nos subtrair 20% dos proventos.

Parabéns redobrados.

Patrício.

Roberto Martines 8670089-8 disse...

Dr. Medeiros meus parabéns. Quanto ao menor e maior salário eu quero ver mesmo porque sou um defensor de que o maior salário não pode ser 12 vezes maior que o menor ou seja quem contribuiu por mais de 15 anos não pode ganhar por ano menos do que muitos ganham por mês. Diferente do que ocorre na PREVI onde tem colegas que contribuiu mais tempo e ganham até 100 vezes menos de quem contribuiu menos tempo. Se não divulgarem o maior e menor salário fica no ar os 81.000,00 e os 800,00 que ouvimos falar o meu quando me aposentar sera em torno de 1.500,00 com + de 20 anos de contribuição e quase 30 de banco ou seja minha vida laboral.

Medeiros disse...

Obrigado a todos pelo incentivo. Estou encantado com as palavras de apoio e com sugestões.

Quanto à guria anônima aí de cima, a do gatão, esclareço que a Ana, minha esposa, lê todos os comentários. Agradeço encabulado, mas, por favor, se contenha senão vai me criar a maior confusão. (brincadeirinha).

Devo estar causando algum problema em algum lugar porque os vírus começaram a atacar de novo meu computador. Arre !

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,
Com todo respeito aos demais colegas mas eu acho que quem mais se destacou foi o Sr.pois com a educação que é a sua marca constante foi preparado e colocou questões importantes mostrando conhecimento e coragem.
Envio meu agradecimento a todos mas ao Sr. não tenho nem palavras.

Julita disse...

Dr Medeiros, bom dia!!!
Por favor leia o que a diretoria respondeu ao colega José Nunes na reunião realizada ontem na sede esportiva do Satelite Esporte Clube em Itanhaém!!
fui portador da pergunta da Julita Gaspar, sobre pensionista pre-67 e foi-me explicado que
ate 1962 o direito tem sido reconhecido na justiça, tem havido muitas vitorias e que no momento não sera pago qualquer valor acima do percentual de tua meação ou seja 50% + 10% de dependência financeira do falecido; Pergunto: SE sabem que temos esse direito adquirido e a vitória é certa por que arrastar por anos essa ação na justiça? Por que não pagam o certo?
Aproveito para agradecer o que tem feito por nós pensionistas e aposentados da PREVI BB!!!Que Deus derrame muitas bençãos em sua vida!!!

Maria Herbene Bezerra Lins disse...

Parabéns para o senhor e todos que organizaram o movimento, foram GIGANTES. Precisamos de todos vocês para "acordar" os aposentados e os da ativa para que olhemos com mais cuidado para a Nossa Previ. Somos os verdadeiros donos e temos que ser mais vigilantes e participativos
com o que é nosso.

Medeiros disse...

Cara Julita,

Vou procurar saber mais sobre essa questão que me interessa muito. Tenho grande simpatia pela causa das pensionistas.

Anônimo disse...

Caríssimo dr. Medeiros,

Cada dia lhe admiro mais e tenho orgulho de ser do BB.

O doutor é sábio. Tem um único foco e passa dizendo que não devemos mirar para os lados, brigar entre nós.

Também é experiente e não vai no jogo dos espertos dirigentes sindicais, que são acostumados a criar provocações nas refregas.

Parabéns pela sua atitude e por saber se conduzir no meio dos conflitos.

Tenho dito para os meus filhos que devem se espelhar no seu exemplo e tenho guardadas muitas de suas excelentes postagens, onde acima do funcionário aposentado, transparece uma figura humana extraordinária que sabe discernir os pontos positivos acima dos negativos.

Meus efusivos parabéns e obrigado.

Rubens

Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jair Mário Bork disse...

Parabéns pelo teu empenho, Dr. Medeiros. Qual o segredo para tanta disposição para a luta, com tua idade? Continue assim. Parabéns também aos 150 abnegados que participaram da manifestação. Nós, os acomodados, somos imensamente gratos.

Medeiros disse...

Caro Rubens,

O teu comentário me enche de alegria e gratifica minha ida na novembrada.Estou realmente emocionado. A Isa Musa ontem também se excedeu no elogio. Estão querendo me fazer chorar. As lágrimas já apareceram nos olhos. Mas sou duro na queda.

Não sei como agradecer. Obrigado do fundo do coração.

Medeiros

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,
Ao contrário da sua postura que foi o ponto alto da manifestação a guerra de vaidades foi decepcionante.Sinceramente não espera por isso.

Julita disse...

Muito obrigada mais uma vez, Dr Medeiros!!! Preciso dizer o que penso: O senhor tem uma mente iluminada!!! Que o Espirito Santo sempre esteja contigo!!! Um grande abraço!!!!

Anônimo disse...

Dr, é possível dizer em que Jornal da Band apareceu a matéria, que dia??
Gostaria de assistir a matéria.

Anônimo disse...

Medeiros como pode, além de não incorporar o BET vem falar em suspender o BET?
Os eleitos não tem palavra?
Como ficam as promessas abaixo:
Previ 1 – Para o Plano de Benefícios 1 a Chapa 6 propõe, entre outras coisas, aumentar o teto de benefícios, que hoje é de 90%, para 100%; criar um teto de benefícios correspondente ao salário de um diretor do banco; reduzir o valor da parcela Previ que é utilizada nos cálculos e, assim, aumentar o benefício; e incorporar o BET (Benefício Especial Temporário) como permanente. - See more at: http://www.spbancarios.com.br/Noticias.aspx?id=1648#sthash.vDVFZp06.dpuf
Vamos acordar gente!

Jair Mário Bork disse...

Sugiro que os colegas deem uma olhada no depoimento da Sra. LEOPOLDINA CORREA, no blog " OLHAR DE CORUJA", a respeito da NOVEMBRADA. É lastimável que haja tanta rivalidade. Faz-me lembrar um filme muito antigo: "A fogueira das vaidades". Parece que agora todos querem ser o pai da criança, ou da Novembrada. Esse tipo de desunião não leva a nada, pelo contrário, só favorece o adversário.

Anônimo disse...

Dr Medeiros,
Saiu a rentabilidade da PREVI outubro 7, 5%. Gostaria do seu comentário.
Abraço.

Anônimo disse...

Vivemos o rescaldo da novembrada. Agora com algumas briguinhas entre poucas pessoas, mas que dá a impressão de ser um barulho enorme. Lembrando que a maioria é silenciosa. E compartilha o real objetivo disso tudo que é a melhoria dos benefícios.

Anônimo disse...

Saiu o resultado de Outubro dos Investimentos da Previ no PB1: 1,60%, atingindo até outubro total de 7,24% no ano.... Vi que no mesmo período ( até outubro ) de 2012, tinha chegado a 7,54% ... Se Deus quiser, chegará a mais de 12% ... é essa a análise?

Anônimo disse...

Dr. Medeiros...


A nota da Previ não fala claramente QUE O bet vai acabar em jneiro de 2014 e sim que pode acabar.
Tbm disse no começo que não podem precisar a data de qdo vai acabar mas que pode.. pode acbar em jan de 2014.

Anônimo disse...

Medeiros!!

PELA FOTO ACIMA O PROFESSOR ZANELLA DEVE SER PORRADA SEGURA.
QUEM TEM MEDO DE LOBO MAU?? LOBO MAU?

Abrs. e parabéns.

Anônimo disse...

Dr.Medeiros, temos que ficar atentos para os planos mirabolantes contra nós, que já devem estar sendo elaborados nos labirintos do Mourisco. Fico cá matutando, comigo mesmo, o que estarão aprontando para nós, junto com a resposta à notificação extrajudicial. Sim, doutor, vamos pensar também nas eleições da Previ, Cassi, Anabb, e por que não, para quem vai comandar a nação.

Anônimo disse...

FOGO AMIGO DESTA FEITA VEIO DO BLOG DO ARI ZANELLA.

Lamentavelmente, o mundo em que vivemos é cheio de maledicência, egoísmo e campeia intrépida, livre e solta a inveja, entre os grandes e pequenos seres humanos na sua escala de mediocridade.

Não busco o reconhecimento e nem quis receber dividendos pelas centenas de trabalhos que já fiz, anos a fio, tanto que nunca tive a intenção de ser candidato a cargos na PREVI.

De outra parte, reitero a minha repulsa a pessoas deslumbradas, que sobem sobre uma caixa-de-fósforos e pensam que alcançaram os píncaros da glória. Em suma, sou filiado à tese de que quem não tem gratidão, não tem caráter.

As grandes batalhas e guerras são ganhas pelos combatentes, estejam eles no front ou na retaguarda fazendo os planejamentos táticos e dando apoio logístico e, por isso mesmo, é tão importante o soldado raso que vai de peito aberto enfrentar a ponta da baioneta, como o general estrategista.

De igual modo, no esporte coletivo (futebol, volei, etc.), o técnico tem grande importância na conquista das vitórias, em peso semelhante aos jogadores que estão em campo, porque as ordens táticas são dele e a soma de tudo e a harmonia é que fazem o sucesso.

A este propósito, pergunto, sem visar mérito e sem ambicionar nada pelo feito: Quem lançou e traçou um norte para o Movimento Social, de 25/11/13, feito às portas da PREVI?

Ao que me consta, naquele longo artigo publicado nesse mesmo blog, em 18/10/13, intitulado “Os deslizes do Marcel & Cia”, em que desanquei a madeira sem dó e nem piedade nesse diretor, por ter feito, no site da PREVI, terrorismo psicológico de que o BET seria extinto e que as contribuições suspensas em 2007 voltariam a ser cobradas.

Foi justamente neste texto que, INDIGNADO, levantei a bola da Manifestação na PREVI, conforme poderão verificar se buscarem as postagens antigas no blog do Ari, especificamente a do dia 18/10/13 (Os deslizes do Diretor de Seguridade da PREVI, Marcel).

Na época das eleições esse Sr.Marcel prometeu mundos e fundos, inclusive a INCORPORAÇÃO dos atuais benefícios especiais temporários (BET), todavia, uma vez eleito, a conversa foi outra e além de não lutar para resgatar suas promessas, deixou a sua falsa trincheira e pulando para o lado do patrocinador BB alardeou a desgraça com um prazer mórbido e ainda tem a petulância de dizer, para convencer os INGÊNUOS E OS DORAVANTE EDUCADINHOS”, de que é sua obrigação, como eleito, dar essa terrível informação aos participantes e assistidos (extinção do BET).

Será que esse “diretor” merece respeito e consideração? Suas atitudes vão a sentido inverso e só os novos capachos não enxergam o óbvio, mas o pior cego é aquele que não quer ver a verdade e assim prometem, no futuro, fumar o cachimbo da paz e lhe estender o tapete vermelho! Ora bolas, tenham paciência, asneira tem limite!

Por que fez promessas fictícias, sabendo de antemão que não teria condições de honrá-las? Pessoa que mente com desfaçatez não merece credibilidade e deferência nem aqui e nem na China!

Para conseguir o voto, ilude, engana, traí e oculta a sua condição de mercenário. Isto foi feito recentemente no realinhamento do Empréstimo Simples, oportunidade em que rechaçou pessoalmente todas as sugestões para implantar os 180/180 postulados pelos associados objetivando reduzir os valores das prestações do ES e, em contrapartida, fez-nos engolir a fórmula do ES-170, penalizando os tomadores de crédito mais idosos em repudiada discriminação.

continua na parte II.

João Rossi Neto disse...

parte II - final.

O que causa estranheza é que o moderador Ari, sem razões plausíveis para tal, aproveita maldosamente o espaço disponível no seu blog para tecer comentários de forma velada, insidiosa, para denegrir a minha imagem, cujos objetivos são mesquinhos, porque em momento algum dei motivos para isso.

Tudo bem que queira rastejar-se aos pés dos Diretores da PREVI, mas e eu com isso? Vá ver se estou parado na esquina! Sou avesso à politicagem de quinta categoria e tenho asco a mercadores de ilusões do naipe desse Marcel, que prometem e nada cumprem.

Olhe aonde chegou o Ari em seus devaneios e conjeturas: “Porém, o senhor acha que eles querem entrar na briga? Preferem, antes, cuidar de suas prioridades”. Isso, com perdão da palavra, é uma sacanagem e uma leviandade sem precedentes. Neste contexto, mando-o para a: “Tonga da Mironga do Cabuletê”.

Os “companheiros”, mui companheiros, numa notória e tresloucada inversão de papéis, voltam-se para o canibalismo, atacam os aliados e no mesmo passo elogiam e se ajoelham publicamente perante os adversários, como, por exemplo, cito o insipiente “diretor” Marcel a quem o Ari rasgou seda em forma de bajulação barata e rasteira.

Se eu era o pai da ideia é lógico que iria participar. Agora, obviamente, me misturo com quem quero e na hora que me der na telha. Todas as vezes que julgar que algo me incomoda e que fere os meus princípios, auxilio com muito prazer, no que puder, no entanto, não participarei de nada contrariado. In casu julguei conveniente sair do circuito.

Deste modo, sempre trabalho de forma espontânea em favor da causa. Sou muito novo, forte e admiro os mais idosos citados por serem legítimos representantes dos associados e que mesmo quando estão dormindo fazem mais do que muitos novatos que querem reinventar a roda, muitas vezes com propostas bisonhas.

Eis a integra da publicação sem pé e sem cabeça do Ari Zanella. Sinceramente, não iria responder, porém, achei que houve injustiça comigo e não tolero que me façam de bobo.

Contribuí um bom tempo com o blog do Ari enviando-lhe matérias feitas com carinho e estudo e essa punhalada sorrateira veio de um lugar que não esperava, contudo, na vida nem tudo são flores e a gente vê a cara, mas não vê o coração.

"Os citados no texto são ótimos.
O que eu quero dizer - e fui bem claro - é que eles não querem ficar na disputa em campo.

Ninguém consegue convencer um notável João Rossi Neto a participar efetivamente de uma manifestação. Cito o colega Rossi, apenas como exemplo. Pode ser o Tollendal, o Edgardo Amorim, o Ruy Brito e assim por diante.
Ninguém duvida que são muito mais capazes do que eu. Porém, o senhor acha que eles querem entrar na briga? Preferem, antes, cuidar de suas prioridades. E, por favor, não os estou condenando por isso. Fazem o que é certo! Não vai aqui nenhuma crítica a eles. Muito pelo contrário!"
28/11/13 12:33

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
A Biblia sempre acerta. Ela diz: A humildade precede a honra. O senhor não foi o idealizador desta novembrada, mas com ela concordou, fez divulgação dela, parabenizou seus idealizadores e por isso mesmo está colhendo os frutos de sua atitude não egoista. Que os outros - ególatras - aprendam...

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
Como tu não és feito da mesma materia que uns e outros que conheço, estás colhendo, agora, os elogios daqueles que reconhecem sua capacidade de liderança.Liderança é assim: não se impõe; adquire-se.

Medeiros disse...

Prezado João Rossi Neto,

O Professor Ary Zanella certamente vai lhe responder e explicar melhor o que ele quis dizer com o que escreveu. E se pediu desculpas ao Marcel vai pedir também para todos os que citou. Ele precisa nesta hora refletir porque passou por uma experiencia de grande dimensão, a qual ele mesmo disse que não esperava, ser recebido pelo presidente Dan Conrado e ter o confronto com o Marcel, que tem larga experiencia nesses conflitos comuns no movimento sindical e sabe tirar proveito dessas situações, se fazendo ora de vítima, ora de algoz. Não podemos atirar lateralmente. Tenho certeza que o Professor Ary vai retomar o rumo firme e focado que levou ele ao Rio e ao gabinete da Previ e proporcionou o sucesso de seu blog. Estou dando um tempo para que sacuda a poeira e volte à real, aperfeiçoando a compostura mas jamais perdendo a firmeza. Conto com sua compreensão e apoio e gostaria de continuar recebendo a sua valiosa contribuição à nossa causa. Sonho com um debate entre você e os diretores eleitos.

Anônimo disse...

Caro Medeiros,

Ainda bem que contamos com a sua sabedoria e experiência neste momento. Você já passou por essas situações e não cai mais no canto da sereia nem aceita provocações gratuitas nem intimidações.

Por isso cada vez mais é admirado por todos nós e acima de tudo, como você pôde comprovar no Rio, é recebido com carinho e afeto.

Precisamos de união e precisamos continuar dirigindo nossa bateria contra aqueles que estão se locupletando às nossas custas e nos prejudicando.

Parabéns pela sua atitude e meu desejo de que continue intervindo da maneira brilhante como o fez na novembrada.

Conte sempre com meu apoio e com as minhas orações para você e toda a sua família.

Valeu.

Lívio.

Anônimo disse...

VIVA O MEDEIROS

A PREVI É NOSSA

ABAIXO O MARCEL

ABAIXO O ASSUNÇÃO

ABAIXO O VITOR PAULO

ABAIXO O DAN CONRADO

Acordem.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Desculpe, mas vamos dormir com esse mantra:

DON CONRADO / NÃO FIQUE PARADO

QUEREMOS O BET / INCORPORADO.

Obrigado.

Anônimo disse...

Durma bem, Medeirão.

Você merece. Nesta hora da madrugada existem mais de 20 pessoas acessando o teu blog. Sucesso.

Parabéns, você é um vencedor.

Portanto, sonhe com os anjos.

Maria - ES

João Rossi Neto disse...

Nobre Medeiros,

Não logrei entender os motivos. A primeira alfinetada foi no editorial intitulado "Pedras no caminho", onde o meu nome foi citado no sentido pejorativo.

Fiz vistas grossas, mas logo depois veio o post ratificando as críticas inadequadas e improcedentes a meu respeito, parecendo um tipo de insulto e de procurar uma discussão para favorecer a quem? Se quer brigar, que brigue com os adversários!

A questão em foco não é de vaidade e sim de uma provocação gratuita, onde tentam me ofender sem causa plausível!

Neste momento, o importante saber quem é quem. Quem ofende, quem iniciou tudo e por que?

O texto é muito claro e não existe frase fora do contexto e tampouco interpretação dúbia. A coisa é pão, pão e queijo, queijo.

Por que atacar um cara que trabalha para os associados. De qualquer modo, gosto do contraditório e pode vir quente que eu estou fervendo.

Anônimo disse...

Medeiros bom dia! Segue ementa decisão do TJMG condenando a PREVI a devolver a parte patronal do superávit. Espero o seu contato.

Abraço a todos!!!


EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL – AÇÃO
ORDINÁRIA – PREVIDÊNCIA PRIVADA COMPLEMENTAR – ENTIDADE FECHADA – BANCO - ILEGITIMIDADE PASSIVA: CONFIGURADA - DEVOLUÇÃO DE SUPERPÁVIT – POSSIBILIDADE - CONTRIBUIÇÃO COMO AUTOPATROCINADOR – PARTICIPANTE + PATROCINADOR – VEDAÇÃO AO ENRIQUECIMENTO ILÍCITO – DANO MORAL: AFASTADO. SENTENÇA MANTIDA. 1. Tem legitimidade passiva apenas Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (PREVI) para a ação de cobrança de parcelas de complementação – AgRg no Ag 1326962/SC. 2. Mantida a relação contratual com a PREVI na qualidade de Autopatrocinadora, impõe-se a devolução do superávit também da cota do patrocinador. 3. Entendimento diverso acarretaria enriquecimento ilícito do banco, que se apropriou do superávit do qual não foi patrocinador. 4. A ausência do recebimento de modo correto do superávit não tem o condão de trazer prejuízos à integridade psíquica da apelante.

Medeiros disse...

Maravilhosa decisão . Parabéns.

Semana que vem farei contato.

Hoje tenho compromissos inadiáveis por aqui.

Muito obrigado pela informação.

Forte abraço

Anônimo disse...

Nada do que foi prometido foi cumprido. Agora não adianta negar. Abaixo o endereço com som&imagem sobre o que está sendo colocado. https://www.youtube.com/watch?v=VUU_SL39ccc

Anônimo disse...

Sr. Doutor Medeiros,

Minhas respeitosas saudações.
Estou com o Sr. Rossi e não abro.
O Sr. Ari na primeira oportunidade de ter posição de líder e ser humilde jogou vergonhosamente, assenhorando-se de uma vaidade inacreditável.
Vaidade condizente aos parvos.

De um cajado(cetro) a um homem e verás do que ele é capaz - usar o poder(cajado) para alcançar a outrem em necessidade, usá-lo para se apoiar em longas jornadas ou usá-lo para vergastar seus semelhantes.
Estou profundamente decepcionado com a atitude do Sr. Ary.
Só serve para desagregar, ainda mais, o pouco que existe de união, nessa até agora infeliz turma de aposentados do BB/Previ
Atenciosamente
Septuagenário

Carlos-Rio Pardo(RS) disse...

Dr.Medeiros, agradeço pela luta em melhorar nossa vida financeira. Pergunto-lhe o que precisamente foi pleiteado na Novembrada, quanto ao ES.
Foi sugerido uma nova fórmula, foi dada uma idéia para a Previ do que pode mudar no Empréstimo Simples?
Um abraço,Carlos

Anônimo disse...

Dr Medeiros sua intervenção foi providencial, oportuna e sábia. PARABÉNS, mais uma vez! Estou com o grupo que não concorda em pedir desculpas para um de nossos algozes. Vai daí que a postura do Sr. Ari depois da novembrada ficou mais que periclitante! Não é hora para embates personalísticos. A causa deve se sobrepor às vaidades e fraquezas individuais.
VAMOS QUE VAMOS!

Anônimo disse...

Quinta-feira, 28/11/2013 - 18h44m
Teto para Estatutários: prazo de implantação é dia 02/12, diz Previc

A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) define novo prazo para que a Previ implante o teto para contribuição e gozo de benefício para dirigentes estatutários do Banco do Brasil. A informação foi obtida pela ANABB junto à Previc nesta quinta-feira (28/11). Segundo resposta da Superintendência, o novo prazo para a implantação do Teto para Estatutários encerra-se dia 02 de dezembro.

A ANABB acompanhará o cumprimento desse prazo e, respaldada pela Lei de Acesso à Informação, na próxima semana, voltará a solicitar explicações à Previc a fim de manter os associados cientes da situação e buscar mecanismos para definir iniciativas que contribuam com o desfecho desse caso.

Fonte: Agência ANABB

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,
Tenho mais um elogio a sua pessoa pela maneira inteligente de mediar conflitos promovendo a união.É lamentável que a vaidade de alguns colegas tenha diminuido o brilho da manifestação.
Também sonho em ver o Rossi em debate com o Dan e o Marcel.

Anônimo disse...

Além de implantar o teto, quem recebeu acima do mesmo tem que devolver a grana. É o que dispõe a determinação da Previc.Essa conversa da dupla Conrado/Marcel, de que não há beneficio maior que 34 mil é balela.

Anônimo disse...

Ao colega anônimo das
29 de novembro de 2013 07:08
Voce poder-me-ia passar o nº do processo. Estou com uma ação destas na bica para ajuizar aqui em MG.
Obrigado

Anônimo disse...

Aqui é um pobre aposentado de 70 anos que tem um salário de 4.000 incluindo a parte do inss e a previ. Ah ai tbm estah incluido o bet. rsrs no meu caso o Bet é de 900,00 pq minha parcela previ é de apenas 870,00 ... q tristeza.


Então baseado na minah realidade queria te perguntar se caso a Previ retire de nós o BET em janeiro ou abril de 2014 se NÃO TEM COMO vcs entrarem com uma liminar para garantir o pagamento de bet até o julgamento do mérito?

grato,


um aposentado triste!

Anônimo disse...

E sobre o ES, ficará para a Dezembrada?Precisamos estender o prazo, pois muitos estão necessitando. Qual o problema se continua a mesma prestação?

Anônimo disse...

Sei que a Senhora Leopoldina é do Norte e não está acostumada a levar desaforo para casa. Ela reagiu muito bem a tentativa dos apaniguados de Valmir, Cecilia e Carvalho, quererem tomar a frente para fazer já campanha das eleiçoes Previ 2014. Ela é destemperada, mas eu to cheio dos bonzinhos. O senhor, Dona Isa Noronha, são pessoas experientes e ponderadas, por isso sempre os admirei, mas creio que o que é preciso mesmo é combater os que se passam por bonzinhos em tempos de eleiçao

Anônimo disse...

Ao colega das 12:53. Sou de Juiz de Fora-MG e gostaria de saber se vc é daqui também. Teria como eu entrar com vcs na referida ação?
Grato

Anônimo disse...

E´ isso aí dr. Medeiros. Temos que acalmar os ânimos. Eles querem que a gente brigue mas não devemos. Procure apaziguar e serenar. O doutor sabe das coisas.

Medeiros disse...

Colegas,

Vamos serenar e festejar. As brigas e as provocações agora devem ficar para trás. A hora é mesmo de festejar e de muita alegria. Hoje a AFABB RS festeja seu jubileu de prata com um jantar e baile bastante animado, onde vai haver muito samba no pé, muita valsa, muita música boa para dançar e para embalar os nossos sonhos de tranquilidade, paz e amizade. Estou aqui afinando minha cuíca e a partir de agora só estou atendendo quem estiver no clima de festa. Temos que festejar, sim. Chegamos até aqui e vamos sobreviver, lutando, mas vamos que vamos. Boa noite a todos. E o samba ... Serenou na madrugada, oi, e o sereno vai caindo, cai cai sereno devagar, que o meu amor está chegando. Ana, vamos embora que o samba está nos chamando...arrasta a poeira do chão, mangueira do coração. Até.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros.
Saude
Antes de tudo parabéns. Li todos os blogs depois da novembrada.Aos
poucos fui me lembrando daquela imagem do ninho de quero-quero.
Pior que os vírus que lancam no teu PC. desviar de assuntos principai eh a técnica de fogo amigo.Porque criticar colegas batalhadores.? Cada um colaborando com seus talentos eh
o principal. Quais foram mesmo as reinvidigacoes no Mourisco? Talves muitos já esqueceram.
A minha briga antiga ( P-220 ) levei para outras batalhas. O ES
o percentual das pensionistas, o superávits NAO encontrados em balanços. (colega Anchieta), estão também morrendo
Eh este esquecimento que desejam.
VIRUS INTELECTUAIS SAO MAIS PERIGOSOS
Abrs.
Mario
s

Anônimo disse...

Aproveite a festa hoje na Afabb-RS, dr.Medeiros!..

Parabéns pelo Jubileu de Prata!

Abs.

Janone

Anônimo disse...


Repasso link de video do Sr. Marcel, da chapa 6, que foi eleita em 2012. Vejam as promessas de campanha que foram feitas e retransmitam aos seus amigos e colegas.

Vamos refletir sobre o nosso voto nas próximas eleições e não acreditar em milagrosas promessas de campanha.

jÁ PASSOU DA HORA da alternância de poder em TODAS as nossas associações e tb nas nossas caixas PREVI e CASSI.

Assistam ao video:
https://www.facebook.com/photo.php?v=620627821308917

Anônimo disse...

Rossi, tome um bom suco de maracujá!Deixe de ser amargo e irascível.Tu és um homem do bem.Tome cuidado para não terminar sozinho como o dono de um outro blog de cor fúnebre.Vamos agregar, celebrar a paz!Ninguém quer te ver com sangue nos olhos...

Anônimo disse...

Caro Rossi,

Entendo o seu sentimento, mas eu esperava encontrá-lo na porta da PREVI, seria um prazer imenso cumprimentá-lo também, eis que tal privilégio tive ao apertar a mão do nosso nobre Medeiros e abraçá-lo. Privilégio e orgulho, até companhia numa foto ele me concedeu, e maior foi a minha alegria ao vê-la publicada aqui no seu blog.

Caro Rossi, releve, pondere e permaneça -- como antes -- entre nós, escrevendo e nos ajudando.

Tenho a certeza de que o Ari não teve a intenção de atingi-lo, até porque realmente não havia motivo para isto. Confesso que minha percepção não alcançou o tom grave que você extraiu do editorial.

Creio piamente que o quê suscitou o artigo e a menção ao seu nome foi a esperança e uma forte expectativa que não se confirmou. A sua participação no movimento seria de extremo valor, você ajudaria a impor moral e respeito aos fundamentos das reivindicações.

O Ari, certamente, vai compreender a sua indignação e o sentimento que te invade nessa hora.

Acredito, Rossi -- eu senti isso --, que a expectativa experimentada na porta do Mourisco, no dia 25, gerou em todos um estresse generalizado, quase que um torpor, e naturalmente os organizadores do movimento foram os mais afetados, ainda mais que também incumbidos de subir para a audiência com a diretoria da PREVI.

Sensação como essa invade a alma e ultrapassa limites da natureza humana. Tudo êxtase de momento.

Pondere aí e vamos em frente sempre unidos.

Abraço prá você.
Lydio

Anônimo disse...

Dr., parabéns. Na foto com o Zanella, vocês estão fortes.
Anabolizantes? "Bomba"?

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, afinal qual é a diferença de uma Notificação Extra Judicial, para uma carta, uma notificação simples, ou até mesmo um bilhete, já que nenhuma delas tem sua resposta honrada pela Previ? Um bilhete pelo menos sabemos que responde quem quer. Eu me sinto cavando uma parede feita com o mais duro concreto utilizando apenas as mãos nuas. Não merecíamos isso.