DIA DO APOSENTADO, COMEMORAR O QUÊ ?

sábado, 24 de janeiro de 2015

Hoje, 24 de janeiro, é o dia do aposentado. Uma data importante, eis que a aposentadoria é considerada uma das principais conquistas sociais dos trabalhadores.


Nos EEUU tem gente que trabalha só pensando em sua aposentadoria, quando vai se mudar para a Flórida ou para o Caribe, para desfrutar de uma vida mansa e tranquila, obtida com suor e sacrifício durante anos. Então vai colocar umas bermudas, calçar havaianas, tomar drinques tropicais ou água de coco, à beira mar ou de uma piscina, e ficar de papo pro ar, sem fazer nada. Ou então vai viajar pelo mundo, navegar ou velejar. Aposentadoria lá é sinônimo de felicidade.

Mas estamos no Brasil. Temos motivo para comemorar o dia do aposentado ?

Se formos olhar pelo lado do INSS, observamos que a promessa que nos fizeram era de uma aposentadoria de vinte salários minimos. Durante muito tempo eu e outros colegas contribuímos para o INSS nessa base. Hoje o valor maior da aposentadoria do INSS está em torno de 4,5 salários minimos, um quarto daquilo que nos prometeram e era nosso direito. E dizem que vai cair mais, para cerca de três salários minimos, face ao déficit brutal da previdência publica, cujas verbas tem sido sistematicamente desviadas para outros destinos, como a construção de Brasília.

Se formos olhar pelo lado da PREVI ou da previdência privada também observamos que a situação não é das melhores. Nós perdemos um quarto de nossos proventos de aposentadoria, com a perda do BET e a volta das contribuições, as mudanças do ES não trouxeram melhorias para cerca de vinte mil colegas aposentados e pensionistas, 20 por cento do plano 1, segundo se calcula, os principais fundos de pensão apresentaram déficit no exercício de 2014, a CASSI está com sérios problemas financeiros e o BB quer onerar os participantes em uma contribuição extra de 1,5 por cento, o Governo eleito da Presidenta Dilma reajustou o Imposto de Renda em 4,5 por cento, bem abaixo da inflação, afora outras maldades.

Nessas circunstâncias acho, sinceramente, que hoje só temos uma coisa a comemorar, a coragem do aposentado de sobreviver nesse caos e nessa desconsideração com a longevidade alcançada. 

Sim, quero expressar aqui no blog os meus parabéns a todos os aposentados pela sua coragem, pela sua bravura, pelo bom humor, pelo otimismo com que enfrentam as adversidades impostas pela idade e as maldades impostas por um Governo e uma sociedade de uma geração mais jovem insensível com os direitos e as vitórias conquistadas ao longo dos anos pelos agora idosos.

PARABÉNS aposentados do Brasil !  Vamos que vamos !

31 comentários:

Anônimo disse...

Medeiros,
Você se esqueceu de mais uma contra nós: a correção anual pelo Inpc. Estima-se uma perda anual de 1,5 a 2%. Ou seja, a cada 10 anos perde-se de 15 a 20% do poder de compra. Quem se aposentou há mais de 20 anos já perdeu quase 40%. É mole ou quer mais? Por essa e pelas causas citadas por você é que muitos de nós estão em situação difícil.
Celio

rafael campagnoli disse...

E no site da ANABB li sobre a reunião da Cassi. Num parágrafo macabro, do tipo do anúncio do fim do BET - bem da fala do Dan e Marcel - dei com a informação de que as "reservas da CASSI dão no máximo para suportar até abril ou maio de 2015" !!! parece que estava tudo combinado! Primeiro, o fim do BET e retorno das contribuições na Previ. Depois, as maldades da CASSI. Não pode ser apenas coincidência ou a volatilidade do mercado. As atitudes dos diretores tem consequências! E como tem. Corte de 24,8% das receitas da CASSI pelo fim do BET e retorno de contribuições tem graves consequências: mais internações, mais consultas, mas remédios para os associados, mais despesas para a CASSI, e em contrapartida, ela teve também redução de 24,8% dos seus "proventos". Ou seja, a CASSI é, na prática, MAIS UMA GRANDE ASSOCIADA, ASSISTIDA, PENSIONISTA OU APOSENTADA DA PREVI! Através da agonia da CASSI talvez os nossos algozes entendam a nossa penúria. Então, como diria Marcel: a CASSI foi irresponsável por não prever o aumento de despesas e o ANUNCIADO corte prematuro do BET!

Anônimo disse...

Obrigado, caro Dr. Medeiros, e a recíproca é verdadeira, apesar de saber que o senhor ainda continua na luta em mais de uma frente.
Parabéns por essa vitalidade e, mais ainda, pelo enorme coração que sempre procura suavizar o sofrimento dos desvalidos.

RESGATANDO COM TRANSPARÊNCIA, disse...

Na reunião de acionistas da empresa participada "VALE-LITEL, ocorrida em 05/11/2014 e divulgada no site da PREVI em 16/01/2015 em "Governança:Acompanhamento de Empresas Participadas", O Plano 1 resgatou R$ 276.497.976,00 de suas ações na VALE-LITEL (cujo Capital Social ficou em R$ 7,106 Bilhões).
Representou-nos o Dr.Gilmar Dalilo Cezar Wani, do "GAEE(?)".

QUAL DESTINAÇÃO TEVE ESTES R$ 276 MILHÕES ?

fernando moreira disse...

dr. medeiros reconheço q o sr.é uma pessoa de boa indole e q sabe viver, mas me conte uma coisa este es foi aprovado pelo marcel sozinho? poderoso diretor. todos sabemos q o pt vem tentando blindar os fundos e as estatais e etc. mas como os membrod fa chapa 3 concordaram e aprovaramm esta situaçao a diretoria nao participa isto nao é votado, ou ao menos nao tem conhecimento das mudanças, agora somem com a tabelas e dizem q nao ha planilhas, muito estranho onde pretendem chegar a previ ta virando uma caixa preta. mentem, escamoteiam etc , mudanças foram anunciadas com bastante antecedencia o q ocorreu? nao pretendo com o q vou dizer coloca-lo no mesmo saco de gatos, mas na chapa 3 nunca mais votarei.

Anônimo disse...

Parabéns aposentados, vocês são um exemplo de "sobrevivência"!

Anônimo disse...

Fernando 17:19

O colega parece que ainda não entendeu que o Diretor de Seguridade, apesar de eleito por nós em 2012, obedece a orientação do patrocinador. Então, na Diretoria Executiva, são 4 votos para o patrocinador e 2 para nós, justamente os eleitos em 2014.
E o colega deseja que façam o que a não ser votar contra?

Medeiros disse...

Caro colega,

Conforme eu já comentei aqui no blog vocês devem encaminhar as críticas e as perguntas para as pessoas competentes. No caso do ES a decisão foi de diretoria, pois perguntem para a Cecília no blog dela. Certamente ela vai responder. O Marcel sozinho não pode decidir nada, como vocês sabem, mas com a diretoria iniciada pelo. BB ele tem a maioria necessária. Em último caso perguntem para ele como foi a votação. O que não pode continuar é ocorrendo a crucificação injusta da chapa três.

Medeiros disse...

Caro colega,

Conforme eu já comentei aqui no blog vocês devem encaminhar as críticas e as perguntas para as pessoas competentes. No caso do ES a decisão foi de diretoria, pois perguntem para a Cecília no blog dela. Certamente ela vai responder. O Marcel sozinho não pode decidir nada, como vocês sabem, mas com a diretoria iniciada pelo. BB ele tem a maioria necessária. Em último caso perguntem para ele como foi a votação. O que não pode continuar é ocorrendo a crucificação injusta da chapa três.

jurandir waltrich disse...

Dr Medeiros, tenho lido postagens nas redes sociais, que os dire-
tores da Cassi estão recebendo a mesma remuneração do BB e da Previ,ou seja, algo em torno de Cr# 55.000,00 mensais, pergunto se a Cassi está deficitária, como pode pagar um salário desses?

Anônimo disse...

Diante das medidas adotadas pelo diretor de seguridade, Sr. Marcel, e sua equipe de “técnicos”, inviabilizando a renovação do Empréstimo Simples para a maioria dos aposentados e pensionistas, deixando-os na rua da amargura, resta-nos apenas apelar para o espírito humanitário dos dirigentes de nossas associações e diretores eleitos da chapa 3 no sentido de tentar reverter pelo menos a metodologia de cálculo da Margem Consignável à fórmula antiga, o que permitirá a renovação do ES para a maioria dos assistidos que contavam com os recursos dessa linha de crédito para fazer face às despesas de início de ano, tais como matrículas de filhos, compra de material escolar, IPVA, IPTU, etc.
Encontro-me no rol dos desafortunados que não puderam renovar o Empréstimo Simples e, apesar de já ter matriculado dois filhos menores em escola pública, a fim de reduzir despesas, encontro-me em dificuldade financeira para fazer face à compra de livros e material escolar, além de outras despesas inadiáveis supramencionadas.
Não se concebe que somente agora, após 12 anos de editada a Lei 10.820, os dirigentes da PREVI tenham acordado para o que nela se contém e que estabelece a limitação de 30% para as verbas relativas a consignações financeiras de empregados regidos pela CLT.
Já que a metodologia anterior adotada pela PREVI vinha vigendo há bastante tempo, pergunta-se: Por que essa medida foi tomada justamente agora, por ocasião da renovação do Empréstimo Simples? Ela não poderia ser postergada por mais um mês?
Diante disso, juntando-me aos mais de 70% de “cabeças brancas” prejudicados, esperamos que as nossas associações representativas tentem junto à Diretoria de Seguridade da PREVI a postergação da medida relativa à nova metodologia de cálculo da Margem Consignável, o que, se aprovado, irá minorar a situação financeira dos que se encontram prejudicados.
Filomeno José Linard Costa
Funci Apos. Matr. 3288840-6

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Fazendo referência ao seu comentário de 24/01 - 21:22 h, permita-me registrar que votei e fiz campanha em minha cidade e região pela chapa 3 em consideração a você Dr. Medeiros e ao Prof. Ari Zanella. Não conhecia a postura do Carvalho. A postura da Cecília conheço há muito tempo, promete muito na campanha mas depois cala. É assim há tempos. Em outras ocasiões busquei ajuda/orientação dela para poder permnecer na Cassi (sou do 1º PDV), mas sequer deu-me orientação e hoje passa vários dias sem dar-nos qualquer orientação em seu blog. Por que ela não age com você Dr. Medeiros??? Não adianta perguntar nada para ela , pois não haverá o devido esclarecimento, a menos que ela mude a postura.

Anônimo disse...

Se não adianta nada propor, se tudo que se tem a fazer é VOTAR CONTRA, sabendo que vai perder pela maioria, qual a razão de eleições ?
Não seria o caso de se exigir reformas ? Não seria o caso da participação do corpo de associados nas votações?
Porque não renunciam coletivamente os eleitos exigindo mudanças ?
Me engana que eu gosto, diriam os que votam.
Duvido que não se mantenha ad eternum essa situação.
Isso vem acontecendo desde sempre.
É um status quo que interessa a muitos. Altos salários agradam até aos mais puros.

fernando moreira disse...

caro dr. medeiros, ao menos os membros da chapa 3 deveriam ter dado publicidade a estas mudanças macabras no es, ja q elas foram "votadas", e nao deveriam ter se omitido na ocasiaoda votaçao.
quanto a crucificaçao e simples o sr. e o zanella sao os unicos q estao com a cara na reta os demais, estao falando de apagao, quem sera, coisas subliminares, e simples com o sr. podemos contar apesar da suplencia e titular absoluto.

Anônimo disse...

- Rapaz, rapaz, que falcatrua foi esta que os diretores da PREVI fizeram com o ES, EU TINHA CERTEZA QUE IA CONSEGUIR UMA MARGENZINHA PRA LEVANTAR UNS CRUZADOS. MAS NADAM NÃO PUBLICARAM NEM A TABELA DOS VALORES/PRESTAÇÕES/PRAZOS.
VERDADEIRA QUADRILHA INSTITUCIONALIZADA PELA "CHEFONA" ALCAPHONA DA ATUALIDADE. TEM QUE SER ELIMINADA DE UM JEITO OU DE OUTRO.

Anônimo disse...

Senhores membros da Chapa 03

Entendemos as limitações dos votos
do conselho e que, no momento, a chapa 03 não pode decidir tudo sozinha.
No entanto, os colegas da chapa 03
podem e devem transmitir-nos todos os critérios que foram alterados para o cálculo das margens consignáveis.
Melhor ainda tentar nos explicar quais as intenções dos conselheiros que votaram a favor das mudanças. Não cremos que todos tenham más intenções ou maldades no coração para prejudicar os aposentados.
Não basta dizer: a maioria quis assim, mas nós votamos contra
Resumindo:
-como era feito o cálculo em Dez/14 ?
-como atualmente é feito ?
- quais foram as intenções das mudanças ?

NÓS, NO MÍNIMO, TEMOS DIREITOS ÀS EXPLICAÇÕES.

Anônimo disse...


Dr. Medeiros,

Alguma informação sôbre os Autopatrocinados, podemos entrar com ação judicial?

Grande abraço.

Anônimo disse...

10:19, concordo com seu comentário, e muito facil depois de eleitos, dizer que não votaram a favor(como repete a cecilia), dizer que são votos vencidos, informar que vao alto doar bônus, que vai ter aumento na Cassi e nada fazem para impedir.Ta tudo igual ao governo, enganando os otarios.E podem ter certeza que os eleitos da chapa 3 já sabiam do novo esquema do ES cobrando INPC do total mas não passaram nenhuma informação para nos. Em troca de que???????? De quanto??????

Valim disse...

Caro Medeiros,

Refletindo um pouco mais percebi que a unanimidade é burra. Deveria ter recebido ao menos um email quando conclamei o pessoal para uma reunião na porta da PREVI.

Gente o Populismo faz nos sentir não capaz e sim anular a nossa dignidade. Faz as pessoas se sentirem incapazes e sem forças para governar suas próprias vidas. O Populismo ama tanto os pobres, que os multiplica.

O Populismo o que busca é esta multiplicação da miséria para seguir recebendo um voto, através de qualquer objeto material que naquele momento as pessoas precisem.

Vamos botar para esquentar na porta da PREVI.

Se eu estivesse lá na PREVI com o propósito de que ela é nossa, e este seria o caso, mudaria o estatuto, venderia posições para o bem estar momentâneo dos aposentados e transformaria 170 bilhões em 500 bilhões vendendo com nossa fábrica de bananas, não a nanica mas uma bem volumosa.

Uma coisa eu aprendi desde criancinha, liderança só serve para liderar quem sabe mais do que a gente, existindo caráter e ambição, que é diferente de ganância, esta é que quer tirar o que é dos outros.

Valim.
OBS: vamos aguardar para ver se agora vocês me mandem emails.

José Humberto disse...

Medeiros, bom dia!
Quem você recomenda para o CAREF?
José Humberto

Anônimo disse...

Dr. Medeiros poderia informar se há alguma novidade a respeito do seguro de vida BB, que foi um assunto em que abordou anteriormente e pelo qual iria verificar sobre as regras atuais que tornam sua mensalidade praticamente impagável no futuro em razão do grande aumento da mesma?

Wanderley

Medeiros disse...

Assim que baixar um pouco a poeira sobre as mudanças no ES, vou tratar do seguro ouro vida. Aguarde, por favor.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Com referência ao comentário do (a)colega de 25.01, às 22:28, o Sr, não poderia pedir para um dos conselheiros, seja da chapa 3 ou não, ou algum Diretor, que nos atenda e registre pelo menos uma explicação oficial para esse arrocho no ES.
Onde está a transparência ?
É inadmissível o silêncio da PREVI
Apele para sensibilidade e o bom senso do Diretor Marcel.

Lourdes disse...

Nós aposentados não temos nenhuma associação que nos defenda verdadeiramente. Há muita omissão dos que deveriam nos defender. Admiro seu trabalho Dr. Medeiros, mas não me peça para votar em Cecília Garcez para cargo nenhum ela sempre que é solicitada para explicar o inexplicável ela escorrega ¨Não é da minha área¨¨fomos voto vencido¨e fica tudo por isso mesmo e nós sem conseguir renovar o ES com mínimo aumento na aposentadoria somos jogados a nossa própria sorte. E salve-se quem puder.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


O pior da NÃO-RENOVAÇÃO do ES, no momento, é que não nos deram o mínimo prazo para nos adaptarmos, pois ESSA COISA MACABRA foi lançada em 05 de dezembro de 2014, para implementação em 21 de janeiro de 2015. QUANTA SENSIBILIDADE!
O pior de tudo é o JOGO DE EMPURRA, no qual a PREVI diz que são os TERCEIROS que DEVEM RETIRAR AS CONSIGNAÇÕES e os TERCEIROS replicam que é a PREVI, na tentativa de obtermos MC.
Realmente e uma ADMINISTRAÇÃO MUITO DISTANCIADA DE SEUS ASSOCIADOS, NO PLANO HUMANO.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Embora tenha aumentado o prazo, 120 meses, não pude renovar o ES. Por que?

Essa pergunta poderia ter sido dirigida a Cecília, mas não o fiz porque a considero omissa às causas dos assistidos endividados da Previ, que a elegeram para serem por ela representados.

Valim disse...

Medeiros,

Quando escrevo o faço com coração.
Meu email é valimlos@hotmail.com

Valim.

elbalize@gmail.com disse...

LAMENTAVELMENTE TENHO QUE CONCORDAR COM OUTROS COLEGAS QUE NÃO ESTÃO SATISFEITOS COM A ATUAÇÃO DA CECILIA, E DIGO MAIS, VOTEI NA CHAPA 3 PELOS SEUS OUTROS INTEGRANTES, JÁ SABENDO QUE A ATUAÇÃO DA CECÍLIA SERIA PÍFIA COMO O FOI EM OUTRAS DIRETORIAS QUE ELA PARTICIPOU.

Mariano Branquinho disse...

Dr. Medeiros, tenho um seguro ouro-vida, até dezembro pagava R$ 394,00 e em janeiro-14, aumentou para R$ 614,00. Está correto ou a quem posso reclamar. Pela 2a vez lhe peço essa orientação. Sds Mariano Branquinho

Anônimo disse...

Dr Medeiros...

O colega que se assustou com o aumento do seguro de vida, e com razão, assim como eu, se deve ao fato da alteração da faixa etária.
Como o "ouro vida" que com tal metodologia, obrigou-me a cancelar o seguro que havia pago mais de 20 anos, a PREVI também modificou o regulamento porquanto por muito tempo pagávamos somente a alteração do índice de inflação. Infelizmente seguro não será mais viável para assalariado... (Aposentado então, nem pensar).

Anônimo disse...

A VACA VAI TOSSIR SE ALGUM APOSENTADO CONSEGUIR RENOVAR ALGUM TIPO DE EMPRÉSTIMO JUNTO A PREVI, COM ESSA NOVA METODOLOGIA MILAGROSA.