Fim de semana

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Desejei uma boa semana, mas infelizmente os votos não lograram êxito. Não , não foi uma boa semana, nem para nós nem para mim.  A reunião do CD da Previ acabou há pouco e  quase nada temos a comemorar, O tempo voa e não perdoa. Propostas e resultados concretos a favor do corpo social precisam aparecer com urgência.


A Previ insiste em me tratar mal.e me causar problemas desnecessários,  omitindo documentos e me criando embaraços. E , com isso, me deixa com o ânimo e o humor bem pesados. Me esforço para manter um bom relacionamento e cumprir com eficiência o meu mandato.  Vou tocando o barco até onde posso. Entretanto, como disse em outra postagem, , minha paciência já se esgotou, minha tolerância agora é zero, e estou na iminência de chutar o balde.

Antes, porém, vou tentar desfrutar do final de semana. Relaxar um pouco. Festejar meus cinquenta e dois anos de casado com a Ana. Depois volto ao batente e comento algumas novidades para vocês. Aguardem.

Bom final de semana para todas e todos.

Vamos que vamos .

90 comentários:

João Lopes Rodrigues disse...

Dr. Medeiros!

Não tenho outra saída a não ser me solidarizar com seu desabafo, e dizer que, de fato, creio que a paciência de todos há muito já se esgotou.

Vejo colegas à beira de um ataque de nervos, e com sinceras razões. A inércia diante de questões urgentes só faz acirrar os ânimos de alguns e "provocar" muitos.

Concordo que para muitas questões, desde há muito pendentes, a "dona" paciência não suporta mais. Virou uma "velha" cansada de guerra, na iminência de "entregar os pontos".

Acredito que diante de tantos "não" qualquer otimista se vê obrigado a repensar seus conceitos. Acho uma pena que nós, aposentados e pensionistas, em tão grande número, sejamos "pisoteados" por tão poucos!

Será de fato que não temos mesmo "voz ativa" nenhuma frente à diretoria de nosso fundo de pensão? Que servimos apenas para continuar aumentando mais e mais as reservas de nosso fundo, almejando um possível benefício que nunca vem?

Realmente, diante de uma "paciência" impaciente, já não se pode fazer muito. "Chutar o balde" parece pouco. A impressão que fica é que a época dos mártires de fato já passou. E uma pena!

Era isso!

Mariano Branquinho disse...

Dr. Medeiros, diante de tantas ameaças e fatos concretos, na CASSI, PREVI, BB, o mal tratamento que a PREVI está lhe dispensado, e muito mais mazelas, lhe pergunto:

Aquela ação "Protesto Judicial de Ressalva de Direitos", da qual eu sou parte, irá nos proteger de alguma forma. Sds. Mariano Branquinho

PS. Mais paciencia Doutor, eles são terroristas demais, mas irãso em 2016, lhe aguetarem com nosso DIRETOR DE SEGURIDADE.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Agora não! O capitão é o último a pular do navio. É exatamente isto que querem que faça. Afinal quem gosta de pedra no sapato? Neste caso gostaria de estar no seu lugar. Gosto de briga. Esta é briga boa. Já quebrei muitas mesas e resolvi o problema. Esta seria somente mais umazinha.
QUEM ME DERA ESTAR NO SEU LUGAR!!!
GAÚCHO NÃO DÁ MOLE!!! HOMEM!!!
ARRIBA MUCHACHO!!!
Há muitos precisando dos bons!
Precisamos completar a obra da CRIAÇÃO! Esta é nossa missão.
Aqui nasceu TIRADENTES.

"O DESCANSO AINDA TARDA"

Anônimo disse...

ESTAMOS NUM FIM DE SEMANA.

PRESENCIAREMOS O FIM DELES!!!

PARECE QUE O MAL SE SOBREPOE!!
PARECE QUE DEUS NÃO EXISTE!!
PARECE QUE ÊLE NÃO NOS ESCUTA!!!

Eu disse: Parece.

"DEUS não dorme e nem tira férias", dizia-me um querido idoso, advogado, aqui em minha cidade.
E é isto mesmo. O povo hebreu, esperou e DEUS triunfou.
TAMBÉM AGORA, TRIUNFARÁ!!!.
TENHAMOS VONTADE E SOBRETUDO: PACIÊNCIA!

- Terra de Tiradentes -

Anônimo disse...

Bom Final de semana caro Medeiros, aproveita a INDIGNAÇÃO com o pouco caso da PREVI, junte com nossas DECEPÇÕES por esta MÃE DESNATURADA que é a PREVI , usando a CAPACIDADE dos blogs que estão do nosso lado e seus tantos seguidores CAPAZES, para em vez de "chutar o balde", chutar essa cambada de gente ruím, a PREVI é nossa, ela nos abandonou e nos tirou a poupança que fizemos para o final de nossas vidas isso é crime, quando uma mãe joga o recém nascido no lixo ela vai presa, essa "mãe" PREVI precisa acertar contas na JUSTIÇA!

Anônimo disse...

Dr Medeiros, obrigado por sempre estar do nosso lado lutando corajosamente pelo que é justo.

FErnando disse...

Medeiros, acho que todos compreendem tua aflição. Não sei se faz parte do JOGO deles, matar no cansaço, entrar na tua mente, estraçalhar , ameaçar teus pensamentos e anseios. Me sinto assim. Mas Medeirão, força, saúde e união. Bom fim de semana.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Quero confessar: COM 62 ANOS, A CADA DIA QUE SE PASSA, ALMEJO UM DIPLOMA EM DIREITO. NOSSO PAÍS ESTÁ PRECISANDO MUITO. QUERO E PRECISO AJUDAR-ME, À MINHA FAMÍLIA E AO PRÓXIMO. SINTO ISTO NO MEU SANGUE.
O ENPECILHO NESTE MOMENTO É SÓ O LÍQUIDO DE MEU CONTRACHEQUE.
Portanto, digo-lhe: não abandone o barco. Precisamos de senhor.
Abraços

CELSO BERNARDES
FORMIGA/MG

Anônimo disse...

Omissão de Documentos não é premissa de gestão participativa e transparente. Aliás, o que mais ouço falar é sigilo pra isso, sigilo pra aquilo, em função da cláusula de confidencialidade, dos investimentos estratégicos, etc., depois vem os catastróficos desdobramentos, que vazam pelos ladrões. Aí, meu amigo, Inês já é morta e ficamos apenas com as indignações. Auditoria externa/ independente, já!!!!!!!!



Anônimo disse...

Somos solidários a você!!

Anônimo disse...

Dr. Medeiros
Quando vai ser essa reunião do CD referida em postagem vossa anterior?

Grato.

Anônimo disse...

a PREVI e o BB nem sabem q a gente existe! nessa historia soh existe um lado:o deles.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros

Saude!

Voltei ao SAUDE ! Mas agora eh
com preocupação. Calma !
Dalessandro quando irritado joga
mal. Respirar fundo eh preciso.
Oxigênio e reflexão. Aproveita
o fim de semana com tua esposa
e olhe ao redor. Todos do blog
estão contigo. Eh um batalhão
que torce a teu favor. E também a nosso favor. Deixa a faixa no braço CAPITAO.Troca a camiseta suada por outra seca. Tua liderança todos admiram.

SAUDE

abrs.

Mario

Rubens disse...

Dr. Medeiros, a sua presença no rol da Morisco, mesmo que o senhor não fale nada, somente escutando, é IMPORTANTISSIMA, não deixe de comparacer, receber informações de seus amigos, esteja sempre confiante, que somente a sua presença nas reumiões do CD, ou de outras reuniões, sera muito importante. Não nos abandone, fique na sua... porque os caras (BB/Previ/Cassi) já tem suas cartas marcadas. O único problema , que é um PROBLEMAO, é a falta de união dos Aposentados e Pensionistas. Fique com Deus, e sempre guardado pelo seu anjo guardião. Tudo de bom, colega de Cambé-PR, na esperança de sias melhores...

Anônimo disse...

FUI INFORMADO QUE O ES-CAPEC FOI CONSIDERADO INVIÁVEL E NÃO SERÁ MAIS IMPLANTADO E QUE A SITUAÇÃO DO APOSENTADO É DAQUI PRA PIOR.

Anônimo disse...

Futuro Diretor de Seguridade da Previ.

Dr.Medeiros,

Se sua resposta é não, corra e escolha os melhores (ou menos piores, como preferir) e que têm as ideias e propostas condizentes com seu pensamento.

Mas esse comentário não é sobre suas escolhas, é um guia de como não se comportar nas eleições para a Diretoria de Seguridade 2016, de acordo com as regras estabelecidas vai ter que compor uma nova chapa.

Seja qual for sua decisão estamos juntos, pois viver da forma como estamos vivendo não da mais.

Vamos todos chutar o BALDE,antes que a Previ vire um barco e afunde.

João de Barro

H. Pilatti (69) disse...

Professor Medeiros:
Em solidariedade e, em comunhão com o esforço do colega, dirijo o texto abaixo aos mercenários da PREVI.
ÉTICA?
"Os ardorosos defensores da cultura capitalista (diretores antiéticos)já deveriam ter percebido que a tese do interesse individual não gera o bem-estar da coletividade, ao contrário, massacra os interesses dos associados. Com isso, defendendo mais seus interesses particulares do que dos filiados, geram sérios problemas de desvio de conduta, realizando investimentos "duvidosos" colocando em risco nosso dinheiro". De fato, a tolerância chegou ao fim. Abraço.

Anônimo disse...

Ao comentário de 22.05 às 18.40.
Pois é isso mesmo.
Não é só "esse governo" que nos usurpa.
Faz tempo que isso acontece.
E nada se faz de concreto, a não ser os reclamos e jogos de cena.
Cansei.

Anônimo disse...

Fiel!!!

Anônimo Anônimo disse...
Somos solidários a você!!

23 de maio de 2015 13:07

Anônimo disse...

Fiel!!!

Anônimo Anônimo disse...
Somos solidários a você!!

23 de maio de 2015 13:07

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, apenas tenho a dizer o seguinte:

Os críticos que se insurgiram contra o Sr. logo após a vitória da chapa 3 agora sabem o quanto é difícil reverter as coisas na PREVI.
Lembro que pregavam a "rebelião" às normas da PREVI, ao termo de confidencialidade, etc.
Davam a entender que, se fossem eles, chutariam o balde e mandariam às favas o regimento interno.
Chegaram a propor a renúncia dos eleitos por não conseguirem modificar o quadro a curto prazo.
Pois bem, o Sr. vem provando de forma inquestionável o quanto é difícil transpor a fortaleza que se instalou na PREVI.
Sua rebeldia e independência, proclamada há algum tempo, só tem lhe trazido dissabores, embora o Sr. em momento algum demonstre arrependimento do seu gesto.
A Previ criou uma barreira quase que instransponível e quem pensar em gestos "heroicos" ou "imediatistas", vai quebrar a cara.
Parabéns pela sua luta, por nos mostrar como é a PREVI entre as paredes do Mourisco.
Não é coisa pra aventureiro. É para gente com determinação e sabedoria, que o senhor tem de sobra.

Parabéns, Dr.!
cada vez mais lhe admiro.

Anônimo disse...

Ao anonimo das 18.40!!!deixa de ser negativo e mentiroso!!!!!!



Anônimo disse...

Inicio a Campanha...

CHUTE O BALDE JÁ!

CHUTE O BALDE JÁ!

Anônimo disse...

Mederão Cabra Macho,

Imagino como um cidadão da sua estirpe esteja se sentindo no meio disso tudo.
Já pensei em convocar o Exército Revolucionário do Piauí para lhe garantir a retaguarda no chute no balde. Também me reuni com os pensadores Cabeção, Mindiguin, Zé Preá, Chico Sorriso e Cheiroso que redigirão um manifesto que será lido pelo Gaguin no YouTube.
O japonês continua com o discurso de que somos donos da Previ e vem o Diário do Poder com Cláudio Humberto e desmente tudo. E como tem eleito afinado com essa cantilena.
Nem acesso a documentos os cabra deixam você ter...
Tamu junto! É nóis!

Êta Cabra Influente Porreta!

Rosalina de Souza disse...

Prezado Dr.Medeiros,

Faltando exatos 9 dias para completar 1 ano da posse dos eleitos da extinta chapa 3, é sim a hora certa de CHUTAR O BALDE.

Em 1 ano de eleitos nada mudou, o Senhor vem reclamando desde muito tempo sobre a sonegação dos documentos, a postergação de decisões não só que beneficie os aposentados e pensionistas, mas sobre o teto que até hoje não houve definição.

É chagada a hora de por não só os indicados do Banco do Brasil na parede, bem como os eleitos traidores e também a Previc que deve ser denunciada ao organismo internacional por omissão e conivência com os atuais dirigentes e seus comandados.

Um fundo de pensão jamais deve fazer jogo duplo, imagine se escondem informações de vocês eleitos com o voto dos participantes o que não vão fazer conosco ao longo dos anos,vendendo nosso futuro, e fazendo negociatas com nossas reservas.

Tem o apoio da sua associação, da qual é presidente, se for mesmo chutar o balde é hora das coirmãs ajudar no que for necessário até mesmo com matéria paga nos órgãos de imprensa.

CHAGA É HORA DE NOVAS MUDANÇAS NA FORMA DE AGIRMOS, CHEGA DE PROMESSAS DE PRESIDENTE COMPROMETIDO COM BB/GOVERNO.

VAMOS A LUTA, OU VAMOS VIVER ETERNAMENTE MENDIGANDO EMPRÉSTIMOS E CHORANDO PELO LEITE DERRAMADO.

RENUNCIA JÁ.

Conte com meu apoio, de enrolação estamos cheios.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Roberto Martines 8670089-8 disse...

Tem gente que aplicou bem o dinheiro que recebeu do Banco e da PREVI, outros aplicaram mal, duro e para nós pós/97 que nem tivemos a chance de errar. fim da parcela previ já e o fim da contribuição após 360.

Rio Brilhante MS, 24,05,2015

Anônimo disse...

Bodas de argila. Aliás, fiquei a refletir porque dão este nome e a única conclusão que chego é que se para chegar tão longe só mesmo tendo muita capacidade de se moldar, de ajustar, de alterar as formas mas não a essência - que deve ser o Amor ! Parabéns ao casal pelos 52 anos de casamento !

Quanto a jogar o balde, tem todo o direito e a razão. Pessoalmente espero que não. Um abç Cecília Estivallet

Anônimo disse...

A situação atual na Previ interessa a muitos, se não a todos nela pendurados.
Só não interessa a nós, os assistidos.
Os mesmos personagens, coadjuvantes e figurantes encenam a mesma peça a muito tempo.
Os aplausos e vaias são os mesmos a muito tempo.
É hora de mudar.

Anônimo disse...

A patrocinadora BB, em pouco mais de um mês substituiu DOIS de seus Diretores dentro da PREVI:

Na DIRIN saiu Márcio Hamilton Ferreira e entrou SANDRO KOHLER MARCONDES, que tem 5 Gerencias (Gerop, Getec, Imob, Gecap e Gerin);

Na DIPAR saiu Marco Geovanne Tobias da Silva e entrou RENATO PROENÇA LOPES, que tem 3 Gerências (Gerai, Gepar e Gecop).

E nós, escolhemos o Marcel para a DISEG e não podemos substituí-lo ? Este petista tem 7 Gerências: (Gerat, Gecat, Gevar, Geben, Gepab, Gesop e Gecob)e comanda mal esta Diretoria, atrasada, lenta, incapaz de melhorias em Informática e Informações. Verdadeiro atraso dentro da PREVI.Tem Curso Superior em Geografia e só trabalhou no sindicato . É agregado do BB e Conselheiros em Empresas Participadas da PREVI.
Um desastre...

Marcelino Maus disse...

Muito embora a Diretoria da Previ nada de bom tem feito pelos Assistidos em 2014 e 2015, a engenharia do ES com garantia da CAPEC pode ter sido sincera e de boa-fé.
Também pode ter sido uma tentativa de adequar/ajustar o saldo devedor do ES excedente ao limite e à MC 30%, etc., inclusive por interesse da PREVI.

Saldo melhor juízo, o ES-CAPEC não pode ser garantido com o Seguro CAPEC, pois este é destinado a beneficiários (família) e qualquer cláusula em favor da PREVI, penso ser nula de pleno direito.

Então o ES-CAPEC teria que ser amparado por um Pecúlio Especial CAPEC-Previ... (?)

ANTONIA disse...

CHUTE O BALDE DR. MEDEIROS e se candidate a DIRETOR DE SEGURIDADE em 2016.
Os Associados e Pensionistas agradecem.

Anônimo disse...

Quem bom termos colegas com mais conhecimentos que a maioria e que ajudam muito com seus pareceres como o Rossi e o Marcelino Maus

Anônimo disse...

Medeiros. Bom dia!
Fique firme! Não esmoreça nunca! Você é a nossa única voz!
Você saberá passar por esta turbulência; estão colocando casca de banana em seu caminho. Tenha um pouquinho de paciência. As coisas andam mal para o lado do governo do PT. Aguarde

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
A previ tem que liberar logo esse ES Capec. Preciso desse dinheiro em vida, para pagar minhas contas. Não quero deixar dívidas pra meus ente queridos pagarem! Vamos logo, Dr. Medeiros, peça para apressar logo isso, por favor! ES CAPEC JÁ!

Um abraço.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Apenas por higiene: Quando for chutar o balde proteja-se bem. Certamente estará cheio de caca que voará para todos os lados.
Agora, será de extrema importância contar com a presença de um técnico em análises laboratoriais para identificar todo$ o$ parasita$ que produziram o excremento. Muita gente vai se feder

Anônimo disse...

Boa tarde Dr. Medeiros, poderia me informar se a Ação dos 30% consignados ainda está valendo? no meu caso a PREVI deixou de debitar a COOPERFORTE e a POUPEX porque a folha não comporta mais, pois cada dia meu benefício diminui, só não excluiu o ES que é dela, daí estou irregular com com os demais e em dia com o ES da PREVI que poderia dilatar o prazo e dar-me a oportunidade de pagar a todos, como é egoísta essa PREVI e o pior, faz isso com nosso próprio dinheiro, toda essa inadimplência começou com a suspensao do BET e retorno das contribuições, espero que a ação dos 30 % venha resolver tudo.

Anônimo disse...

O comentario "anônimo", de 23/05-18.40-é um preposto do sr Marcel, se não for ele mesmo. A conferir
Julio Cesar Magalhaes-6.015.178-1, de sao paulo-sp

Anônimo disse...

Medeirão

Não se aperreie, siga lutando!!!!
Paula Tejano

Edsomn disse...

Colega Julio Cesar e demais tenham paciência tudo se resolverá e não aceitem pilha de ninguém, vamos focar nas mensagens do Dr. Medeiros e aguardar.

Fico fascinado em ver como as pessoas se amam, mas não gostam realmente umas das outras ...´só Jesus é eterno e por isso se puder faz o bem não faça maldade semeando péssimas notícias.

Anônimo disse...

caro Dr,
muita calma nessa hora,
mantenha-se presente nas
reuniões, pois és o único em
quem ainda confiamos, por favor
segura as pontas e nada de esmorecer,
temos que ter alguém que nos represente,
mesmo em silêncio
FORÇA !!

josé benedito monteiro disse...

José Benedito Monteiro,
Dr. Medeiros este ano completo 30 anos de inscrição na OAB e portanto fico remido do pagamento das mensalidades. Não é muito mas já ajuda. Porque até agora não foi julgado a RESOLUÇÃO 26. Ou o Judiciário está enrolando ou a petição foi mal elaborada não extinguindo de vez essa maldita Resolução, com poder de lei. Como pode uma simples Resolução prevalecer e alterar um decreto lei que transitou pelo legislativo e sancionado pelo Presidente da Republica e o Judiciario simplesmente ignora até o parecer do Ministro Celso de Melo que disse ser a Resolução ILEGAL. Estou decepcionado com o Judiciário. Mas também, esses Ministros são nomeados pelo poder Executivo, como podem julgar contra o governo. QUE PAÍS É ESSE...

Anônimo disse...

Trabalhei com a Paula. Ruim de serviço pra encardir. Não parava dentro do setor. Era Paula dentro, Paula fora o tempo todo.
Era demais

Anônimo disse...

A PAULA das l5.41 hs. sabe das coisas.
So confio nela.

Anônimo disse...

A aleivosidade demonstrada não pode dirimir as ferramentas do léxico utilizadas para camuflar as reais intenções calcadas em promessas inverídicas no pleito eleitoral.
Não obstante, o intrínseco processo portentoso de geração de recursos, não pode na sua divisão ser proceloso, ocasionando vitórias verossímeis.
A exegese das medidas diretivas desemboca numa sinuosidade de alternativas heterodoxas que prejudica o interesse dos pós laborais.
Em síntese, é isso


Pedro Cabeça

Anônimo disse...

Ó nóis aqui travez...vamos esquartejar...
O Inter até que me surpreendeu...torço contra, mas 1 a 0 não é resultado confiável para quem torce contra. Pode acontecer do seu time passar de fase na Libertadores...embora o time azul de Minas tenha tido resultado bem melhor. Acho que o Cruzeiro avança fácil...e o Inter avança com dificuldade. Mas, vou na torcida pelo time colombiano...

2) Esse negócio de gentileza não funciona na Previ e em lugar nenhum(a não ser na Igreja). Não acredito em propostas concretas...a uma porque a bolsa está andando de lado..pelos 54 mil pontos. A duas porque a ordem da casa é não gastar, seguindo os ditames do Levy tesourinha.

3) Essa briga da CUT contra a Cecília era previsível. Acho engraçado essa crença nestes caras da CUT...sindicalista nunca é confiável. Mas, a CUT quer retomar o poder. BRIGA POLÍTICA PREVISÍVEL.

4) Semana decisiva para a votação do ajuste fiscal no Senado e para Cunha tentar impor sua reforma política na Câmara. Em meio a tudo isso, acho que a oposição está meio apagada. Não há muito o que dizer, de fato. Paga-se hoje o desgoverno de ontem.

Ah,..e o Luxemburgo caiu no Flamengo. Os medalhões(Felipão, Muricy, Luxa) não funcionam mais...assim como os medalhões da CUT. Abraços e melhoras no humor, Medeiros.
Assinado: o provocador....bem intencionado. Quem entende de mercado financeiro sou eu...não o Medeiros...kkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Que a reação venha ai do Sul como historicamente sempre foi , nos traga um bingo até o final da semana futuro diretor de seguridade.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
O Senhor prometeu que iria se inteirar do assunto ES-Capec, quando da sua ida ao Mourisco para reunião do Conselho Deliberativo da Previ. Houve a reunião e o Dr. ainda não nos trouxe nenhuma novidade sobre a matéria, com certeza do interesse da grande maioria dos associados. Estamos no aguardo ansiosos de sua manifestação

Anônimo disse...

Meu ES é de 145 mil. Já paguei 10 mil e não posso renovar pois o saldo devedor é de 146 mil. Alguém está nesta situação também?

Anônimo disse...

PÓS LABORAIS.
Mui linda palavra. Utilizada nas altas esferas administrativas
por especialistas, pós graduandos e bem remunerados CEOS tupiniquins.
Agora, finalmente chega a nosso meio.
Não digam mais " assistidos " . Nos é dado o saber.

Paulo Beno disse...

Ola Dr. Jose Benedito Monteiro,
(25 de maio - 19:14).

Parabéns pelo seu jubilamento na OAB !

Dos 3 itens necessários ao benefícios (quites com tesouraria, 30 anos de contribuição e 70 anos de idade (...) falta-me este último:
Tenho 65 anos de idade e pago anuidade à OAB, desde 1980. Dessa forma vou até o ano de 2020, contribuindo por 40 anos com a nossa OAB.

VAMOS QUE VAMOS!!!!

Anônimo disse...

O Es Capec resolveria o desespero dos mais endividados sem risco para a Previ.

Marcelino Maus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Doutor,

Por favor quais são as novidades,
sejam ou não atrozes, diga-nos!

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Dr. Medeiros - Lembro que o Sr. nos disse a um tempo atrás que faria uma postagem especial sobre o Empréstimo Simpes. Ela está quase? Aguardamos ansiosamente. Abraço

Anônimo disse...

Colegas

Acerca do ES-Capec, acho uma ótima solução, vamos erguer esta bandeira Dr. Medeiros!!!

Jacinto Leite Aquino Rêgo

Anônimo disse...

Prezado Ari Zanella,

A Diretora Cecília, fez intender em outras palavras que alguém via associação criada para dar suporte a área de informatica paga propina para algum partido politico.

Sera que o mesmo não acontece com as associações que fazem consignado na nossa folha de pagamento, via pagamento para engordar o caixa 2 desses Diretores ou do titular da pasta de Seguridade?

Cada dia me convenço mais que temos torneiras abertas por todos os lados dentro da Previ.

Anônimo disse...

E o Felipão, que foi corrido do Grêmio por incompetência, será que já arrumou um cargo no banco do Brasil?
O arrogante agora vai ter que nos engolir.

Anônimo disse...

- Antes,porém. o Dr vai dar uma esplanada a respeito daquela ação do Seguro de Vida - Grupo Especial (que é o meu caso - Seg Ouro Vida Ap 40/G Esp
) que em janeiro-2010 e pagava um prêmio de R$363,71 e hoje com 13 anos que pago o prêmio está em R$1.035,22, sendo que o valor do seguro é de R$281.866,93 - morte natural. Estou com 67 anos, como é que vou estregar isto de bandeja por falta de condições financeira. Dr Medeiros esmiuce este assunto e promova uma ação indenizatória(devolução do cobrado a maior). Tem sentido, aguardo ansiosamente. Já enviei para o Senhor um e-mail sobre o assunto - antes da Lei que nos dá abrigo.

Anônimo disse...

Bernardo,

Parabéns pelo teu aniversário que hoje transcorre. Muita saúde, felicidade, paz, amor e prata.

Do teu colega e amigo

Glicerio

Anônimo disse...

O FIM DE SEMANA ESTÁ SENDO LONGO. FOI O MAIS LONGO QUE JA VI

Anônimo disse...

Colega Jacinto de 14:29,

Compreendo seu desespero para que achem logo uma solução para questão. Quisera eu
que a decisão saísse das minhas mãos para lhe dar um refresco

Tomaz Turbando

Anônimo disse...

Colega Jacinto Leite,

Não sei se lembra, mas trabalhamos juntos. Sempre soube da sua disposição para enfrentar os duros desafios. Quando sentava para encarar a tarefa tinha um desempenho fenomenal. Permaneça na posição que o desfecho será aquele que sempre te agradou.

Abs

Francisco Botelho Pinto

Anônimo disse...

Colega de 26 de maio de 2015 11:18

Muitos estão em idêntica situação, pois o acirramento do INPC nos últimos meses elevou substancialmente o saldo devedor, de modo que a prestação que pagamos não atinge o valor mensal das atualizações.
Renovei o meu em janeiro passado por 145.000,00 e em 20/05, apesar das parcelas pagas, devia 145.675,00. Mas não esquenta a cabeça porque o que vai interessar realmente será o INPC no momento do reajuste da prestação (13º mês, etc.). Aí será o caso de calcular a nova prestação e, caso se evidencie muito elevada, talvez o ideal seja efetuar nova renovação. E assim iremos vivendo de renovação em renovação até que o FQM cumpra o papel para o qual foi criado.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Pelos DEMORADOS CÁLCULOS que a PREVI costuma realizar, quando é para NOS FERRAR (coisa costumeira), acho que esse ES-CAPEC está mais para ES-CAPEC/TUMBA ou ES-DO ALÉM!

Anônimo disse...

Dr.Medeiros, alguma luz no final do túnel... Quanto ao ES CAPEC , estamos ansiosos pela implantacao

O Presidente Gueitiro não declarou que estava em fase adiantata de estudo

Porque não fazem como a venda de seguro nos EEUU, calculam uma expectativa de vida e compram a parte que já foi paga subtraindo- se a parte que resta pagar...
Ótimo negocio para a Previ e a salvação de muitos endividados

Anônimo disse...

A colega Paula, das 15:41 de 25.5, se for verdadeiro seu nome, está sofrendo bulyng, além de ter sido vítima de tremenda grosseria.
Por essa e outras que nunca vou deixar de ser anonimo.

Medeiros disse...

O fim de semana vai até quinta feira. Um refresco para revigorar. Estou na Bahia. Aguardem. Ao colega que me cumprimentou pelo aniversário , meu muito obrigado.

Anônimo disse...

Tenho o capec total é bom ou ruim e uma divida cabeluda do ES, parabéns Dr. Medeiros ótimo espaço que nos proporciona conhecimento principalmente dos assuntos relacionados à Previ e demais colegas.

Anônimo disse...

Vou ser sincero. Não confio no Marcel nem tampouco na Cecília.O Marcel é pau mandado do PT, mas a Cecília até agora não me mostrou resultado algum, ao contrário o Dr. Medeiros sempre que possível dentro de suas possibilidades nos coloca a par do que acontece na PREVI.

antonio americano do brasil borges disse...

Caro Dr. Medeiros,
Com referencia ao ES, alguém já parou para fazer um estudo dos encargos que estão sendo debitados?
Solicitei e recebi da PREVI a seguinte resposta:
"Informamos abaixo os encargos cobrados mensalmente sobre o Empréstimo Simples:

- Taxa de juros: taxa nominal de 5,00% a.a., após a atualização monetária dos saldos devedores. A cobrança é feita mensalmente;

- Atualização monetária: INPC com defasagem de dois meses da ocorrência;

- Fundo de Quitação por Morte (FQM): este Fundo é destinado ÿ quitação da dÿvida vincenda em caso de falecimento do mutuário. No Plano 1 - taxa nominal de 0,6% a.a. para os participantes com idade até 59 anos, 1,2% a.a. para participantes com idade de 60 a 69 anos, 3,0% a.a. para os participantes com idade de 70 a 79 anos, 3,5% a.a. para os participantes com idade de 80 a 89 anos e de 4,0% para os participantes a partir de 90 anos.

Há também o reajuste das prestações, que ocorre na 13ª, 25ª, 37ª, 49ª, 61ª, 73ª, 85ª e 97ª parcelas. Nas operações contratadas até 20/01/2015, o reajuste é calculado pelo ÿndice de atualização monetária do contrato (INPC) acumulado nos 12 meses anteriores ao mês da cobrança da prestação reajustada.

Por oportuno, enviamos em anexo o extrato de seu ES, o qual também encontra-se disponivel para consulta no Autoatendimento de nosso site, seção Empréstimo Simples."

Ocorre que o regulamento do ES informa que os encargos serão calculados MENSALMENTE, mas no meu caso, aparece algo interessante, pois os encargos sofre, MENSALMENTE, duas atualizações, no dia do nosso pagamento e no final do mês, o que equivale que num único mês ocorre os cálculos de juros sobre juros. Gostaria que algum colega mais afeito a cálculos fizesse um levantamento do seu ES para verificar se a PREVI não está extrapolando ao fazer dois cálculos mensais, no dia 20 e dia 30 de todos os encargos.
Estou fazendo nova consulta à PREVI, mas aguardo alguma informação mais abalizada de nossos colegas para uma tomada de posição.
Atenciosamente
ANTONIO AMERICANO
GOIANIA (GO)

Anônimo disse...

Temos que nos preocupar mais com o lado humano e não o contábil; às vzs.
Parabéns Dr. Medeiros pelo aniv. De casamento!

Carlos - RIo Pardo(RS) disse...

Ao Sr. Antônio Americano. Colega, acompanho a anos o extrato do ES e é normal aparecer atualização dia 20, quando pagamos a prestação pois o saldo devedor as vezes diminui (antigamente era assim quando o INPC estava comportado e junto com a prestação pagávamos um pouco de capital) e a outra no final do mês, pois no início do mês seguinte pega outro INPC.
Só sei que infelizmente creio estar tudo dentro da normalidade. Uma vez me debulhei em cima do extrato e as cobranças que a Previ faz de FQM e cia....estão corretos.
Abr,carlos

antonio americano do brasil borges disse...

Ao Colega Carlos -Rio Pardo (RS)
Obrigado pela atenção e resposta, mas o que está me "encucando"é que até 2 ou 3 anos atrás, mensalmente pagávamos somente os juros e o saldo da operação só era reajustado anualmente, tanto é que quando completava 10, 11 meses, já efetuávamos a reforma e sempre sobrava algum dinheiro. Hoje com a aplicação do INPC mensalmente, mesmo que com defasagem de 2 meses, o saldo devedor vai estar sempre no limite e quando ocorrer após a 12a parcela o reajuste, aí sim que o saldo devedor vai crescer mais ainda.
Se examinarmos os balanços dos anos anteriores, podemos perceber que mesmo no sistema anterior a carteira era uma das mais lucrativas da PREVI, hoje além de se tornar ainda mais lucrativa, acaba nos "depenando".
Não sou muito afeto a cálculos, mas se a PREVI efetuasse somente uma movimentação MENSAL no dia 20, sobre o saldo existente aplicasse o INPC, JUROS E FQM, SEM ACUMULAR, depois lançasse nosso pagamento, acredito que nosso saldo poderia estar menor.
Abraços
Antonio Americano
Goiania (GO)

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Não estaria na hora do senhor se dirigir oficialmente à previ para saber se de fato ela está estudando uma nova fórmula do ES? Vai sair mesmo esse es-Capec?

Um abraço.

Anônimo disse...

Alguns de nossos colegas tem nomes bem interessantes para dizer o mínimo: Paula Tejano, Jacinto Leite Aquino Rêgo, Tomaz Turbando, Francisco Botelho Pinto

Caramba! Como seus pais foram criativos




Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Sr. Antonio, eu penso que a única saída que temos (enquanto não vem o ES-CAPEC) é torcermos para que o INPC volte a girar entre 0,45% e 0,50% mensais. Senão infelizmente nossa prestação mensal não é suficiente nem para pagar os juros, quem dirá amortizar o capital. Tenhos dois ES que totalizam R$ 1.250,69. Meu saldo devedor acresce em torno de R$ 60,00 todo dia, que multiplicados por 30 dias irá para R$ 1.800,00 de acréscimo mensal. Agora a partir de 01.06 será dada uma trégua pois pegará um inpc de 0,71, ante 1,51 de março, ou seja, menos da metade. Isso me faz pensar que talvez possamos a voltar a pagar um pouco de capital. No meu caso que pago 1.250, talvez consiga amortizar uns 100,00.
Só sei que com o INPC nas alturas, estamos bem ferrados.
O negócio é rezar para que ele fique nesse patamar de 0,71 e com o tempo reduza mais um pouco.
Estou muito curioso com esse ES-Capec. Minha dúvida mais cruel é que li que todos que não tem margem consignável (em torno de 7.000) poderão tirar esse novo ES, mas pergunto se é independente do valor negativado, tipo R$ 100,00 ou poderia ser R$ 800,00 negativos?
Abraço,carlos

Anônimo disse...

Trabalhei com o Jacinto Leite em Aquidauana - MS


Oscar Alho

Anônimo disse...

Sr. Jurista Medeiros,

Ouvi vários comentários de que "choverão" ações na justiça em todo o país com relação aos cálculos extorsivos do ES executados pela Previ.
Seria verdadeiro?

Anônimo disse...

Haverá como era em novembro atualização de limites e prazos quando se completar 1 ano de revisão agora em junho ou julho do ES.todo ano é essa agonia.

Anônimo disse...

Estão avacalhando o espaço dado pelo dr.Medeiros...
Na falta de assunto,vão passear.
Respeitem o espaço alheio se não têm o que acrescentar (e não têm).

João Trindade

Anônimo disse...


Eu sinceramente não entendo porque tanta ganância quando a Previ 1 pertence aos aposentados que decepção.

Anônimo disse...

Alguma noticia sobre o EMPRÉSTIMO SIMPLES/capec? pelo amor de Deus!

Anônimo disse...

Colega Carlos - Rio Pardo - RS (27 de maio de 2015 12:25)

Estamos em uma encruzilhada, pois o INPC que atualiza o ES é o mesmo -- com diferença de 2 meses -- que reajusta nossos benefícios.
Se um índice acumulado diferir muito do outro poderemos ser sacrificados na prestação do ES ou perder percentual significativo no reajuste do benefício. Só existiria equilíbrio entre receita e despesa se fosse aplicado simultaneamente o índice acumulado.
A solução, a meu ver, s.m.j., é tentar aos poucos se livrar do tal ES.
Uma alternativa, mesmo pagando juros mais elevados, seria contratar operação pré-fixada (hoje não recomendável pela prática de taxas muitos elevadas), e torcer para que o INPC acumulado viesse a ser superior para efeito de reajuste de benefício.
Mas outro mal iria se suceder: se houver incremento significativo do INPC, seria decorrente da elevação do índice de inflação, que corroeria mais ainda nosso já baixo poder aquisitivo.
Finalmente -- ou quase perto do fim --, estamos no que se chama "sinuca de bico".

Anônimo disse...

Colega de 27 de maio de 2015 17:46

Penso que novos limites para o ES somente em janeiro/2016.

O Marcel com certeza irá argumentar que o deste ano já foi acertado em janeiro passado.

Anônimo disse...

09:56, o Medeiros deve estar proibido de falar qualquer coisa sobre o ES-Capec, também......
Claro que ele já sabe alguma coisa mas......

Medeiros disse...

Caríssimos

Hoje retorno à Porto Alegre. Amanhã retorno ao blog. Muita coisa para abordar e comentar. Aguardem. Vou moderar porque alguns comentários saíram das regras adotadas.

Marcelino Maus disse...

D.D. Dr.Medeiros e Dr.Ari, caríssimos colegas, bom dia.
(caríssimos somos aos olhos do BB Guloso e da Previ)

Percebe-se muita ansiedade pelo ES-Capec ou melhoria das condições do ES para 160x160 ou 180x180.

Sobre isso, comentarei alguns pontos da modalidade 160 x 160:
- de nada adianta esses apelos sem base técnica da sua viabilidade(*);
- se temos o ES atual em $145 x 120m que afetou a MC 30% para a maioria e o saldo devedor em disparada, aumentar o valor(1) e o prazo(2) pode agravar o problema, na medida que o prazo maior diminui a parcela de capital, mas incrementa o FQM e o saldo devedor mês-a-mês.
- R$160.000,00 ao prazo de 160 meses, com juros+INPC de 1,5% a.m., teremos encargos de R$2.400,00 no primeiro mês... a parcela deveria ser de no mínimo R$3.600,00 para o saldo devedor ficar comportado.
- (*) sou técnico em contabilidade, o estudo é por conta de colegas deste blog que sabem mais.

- Restaria opção do ES Rotativo ou ES CAPEC... sem impacto na MC 30% ???
- Na hora de contratar, tudo ok, depois... nova ação 30% ???

Penso que o problema está mesmo nos reajustes do INPC manipulado pelo DESgoverno, no BET de 2010 que foi prometido até 12/2014... E NÃO CUMPRIDO.
- 15 Bilhões que acabaram logo, se o BB recebeu tudo porque os Assitidos foram esbulhados em JANEIRO/2014?
Não fosse a ilegalidade da Res.26, 15 Bilhões poderiam garantir reajuste definitivo de 10% ou 15% nos benefícios.

D.D. Doutor:
- CABE AÇÃO para cumprimento do BET em 2014, devolução das contribuições em 2014;
- exigir do BB devolução do BET de R$7,5 Bilhões?
- assunto da RES.26 para ser cobrado na CPI.

Abs.

luiz carlos disse...

Dr. Medeiros,

A Petrobrás não vai pagar dividendos relativos a 2014. O Sr. pode informar de quanto foi que a PREVI recebeu de dividendos em 2014 relativo a 2013? Apenas para saber de quanto foi o nosso prejuízo?

Jose Roberto Eiras Henriques disse...

Medeiros,

A) NUMEROS DA CASSI – RELATORIO ANUAL 2014

1) Nº Participantes (Funcis, BB, Após. Pens. e Dep. Indiretos) 418.335
a) Funcionários do BB e dep. 256.277
b) Aposentados e Dep. 139.089
c) Pensionistas 19.523
d) Dependentes Indiretos 3.446

2) Contr. Totais (Associados, Dep. Ind. e BB) R$ 1.495.807.000,00
3) Despesas Assistenciais Liquidas (Assoc. Dep. Ind.) R$ 1.716.897.000,00
4) Contribuição média por participante (2:1) R$ 3.575,19
5) Despesas média por participantes (3:1) R$ 4.104,12
6) Diferença entre Receita e Despesas por part. R$ 528,12

B) NUMEROS DO BANCO – RELATORIO ANUAL 2014

7) Funcionários do BB 115.096 Sendo: Plano PB1 23.981
Previ Fut. 74.284
Outros Plan. 16.831
8) Contribuintes para a CASSI 98.265

9) Proposta do Banco para CASSI R$ 5.830.000.000,00
- BB repassa esse valor por meio de criação de fundo administrado pela BBDTVM;
- aumenta a cota patronal para 5,49% sobre a remuneração dos funcis ativos;
- o acréscimo de 0,99% sobre os salários dos funcis ativos deve integrar esse fundo até
suas aposentadorias;
- deixa de contribuir sobre os benefícios dos aposentados;
- eventuais déficits serão rateados apenas entre os participantes do plano, em 12 vezes;

C) ANALISE DA PROPOSTA

10) Valor destinado para cada participante (9:1) R$ 13.936,20
11) Tempo estimado para utilização integral dos recursos (10:5) 3,4 anos

D) Considerando que:
12) 38,74% das contribuições são dos aposentados, pensionistas e dependentes indiretos, não havendo participação do banco em suas contribuições para a CASSI;
13) 61,26% das contribuições sobre a remuneração dos funcis ativos terão acréscimo de 0,99 pp, passando 5.59% a cota patronal, cessando por ocasião de suas aposentadorias;
14) Considerando que as maiores contribuições são dos que se aposentaram até 1998, portanto, com muito mais passado do que perspectivas de futuro;
15) Que esse levantamento foi realizado estritamente com base nos relatórios anuais de 2014, não levando em consideração cálculos atuariais, rentabilidade dos ativos, aumento salariais e de benefícios e a inflação médica (muito maior que os índices aplicados aos benefícios e salários), tábua de mortalidade, etc;
16) Principalmente, que não possuo conhecimento específico nessa área, apenas um pouco de curiosidade.

E) CONCLUSÃO

Entendo que a proposta apresentada pelo Banco para sustentabilidade da CASSI, não atende, plenamente, às nossas necessidades futuras.

São José do Rio Preto (SP), 28 de maio de 2015.
José Roberto Eiras Henriques








Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

E a CPI dos Fundos de Pensão, como está? Não se fala muito nela, apesar de ter sido aprovada.
E acho que agora menos ainda. Com o escândalo no futebol, só se fala na CPI da CBF, aprovada de forma relâmpago.
E o Governo está dando todo o apoio, para tirar o foco de cima deles.
Acho que esta CPI da bola vai ofuscar, e muito, a nossa.
Mau sinal....