NOVIDADES NA PREVI

sexta-feira, 11 de março de 2011

Mal estamos aquecendo os tamborins e as novidades do ano que está se iniciando pós carnaval começam a aparecer.

O site da Previ está todo remodelado. Mais bonito e menos transparente. Confiram.

Já se encontra publicado na íntegra o Regulamento do Plano 1, com suas misteriosas e polêmicas alterações. Confiram.  Os estudiosos se debruçam em cima das mudanças para verificar os estragos. Aguardem.

Foi finalmente confirmado no Diário Oficial a indicação de Rabello para a Previc, mediante publicação no Diário Oficial. Reinava expectativa e no dia x onde ele se encontrava reunido ?  Na PREVI.

O Conselho Deliberativo da Previ reuniu-se duas vezes. Uma ordinária e outra extraordinariamente na semana passada.  Assunto polêmico em pauta. Aguardem.

Após a reuniãao de diretoria da Previ na terça feira, dia 15, serão anunciadas as datas das apresentações das demonstrações financeiras da Previ e do início das negociações sobre o realinhamento. Aguardem.

Tomou posse para um período de tres anos a nova diretoria da Abrapp, entidade que reune os fundos de pensão fechados e promove o Congresso Anual.  Mendonça, aqui do Rio Grande do Sul, foi reconduzido para mais um trienio. A novidade é que a |Previ volta a participar do Conselho Deliberativo da entidade, além de várias comissões técnicas. Sergio Rosa estava rompido. Agora Flores promove uma reaproximação esratégica.  Confiram.

Dizem as más línguas que a Previ e o BB fecharam a questão contra o reajuste do percentual das pensionistas. Uma péssima notícia para iniciar as negociações. Parece que estão focados apenas nos 360/360 e parcela previ. E nada mais.

A partirda próxima semana começo a comentar sobre alguns assuntos jurídicos importantes, como a questão do superavit para o BB, a cesta alimentação, renda certa, parcelas pagas pelo BB e INSS, etc, etc.

Mas é necessário que os acessos ao b log se normalizem e voltem ao patamar anterior. Não tem sentido para mim pregar no deserto ou para poucos.

A importânccia do blog também precisa se fortalecer. Falta pouco para duzentos (200) seguidores. Que tal atingirmos esse número para demonstrar a nosa mobilização ?

Chega de palavras por hoje. Passemos à ação.

Repito aqui a frase célebre: O que me preocupa não é o grito dos maus. E´ o silencio dos bons.

DELENDA CARTHAGO - REALINHAMENTO JÁ NA PRÓXIMA SEMANA.

39 comentários:

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
Esperamos, como sempre, que você não esmoreça e permaneça na frente de batalha conosco agora que se inicia mais uma etapa da árdua luta em favor de melhorias para todos os aposentados e as pensionistas do “PB-1”. Vejo como natural essa momentânea queda de frequentadores aqui e nos outros espaços similares existentes. Todos, aí eu também me incluo, estávamos já bastante cansados em razão dessa luta por melhorias que vem desde a edição da malfadada resolução 26 do CGPC, em setembro/2008. Com o reinício das tratativas para o prometido realinhamento do plano tudo voltará a ser como dantes no quartel de abrantes. Entendo que você e o blog formam uma combinação perfeita e são “figuras” imprescindíveis para que possamos ter informações quase que em tempo real acerca dos nossos interesses junto à Previ. Valeu?

ernandez2008 disse...

Medeiros,

eu alertei que após todo mundo estar com o bolso cheio iriam relaxar e abandonar as discussões, principalmente agora aonde o mais importante irá começar, o realinhamento de beneficios.

Eu, particularmente estou de olho no que está acontecendo. Não postei nada por que não vi motivo para tal e além do mais estou muito envolvido com as coisas das faculdades, final do curso de Administração e a aproximação final do curso de Direito (5 cadeiras e 2 estágios) a coisa está séria, mas chego lá.

Estou de olho no que acontecer.

Grande Abraço.
Ernandes

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,

Nós temos que nos mobilizar o quantes antes, porque o bloco dos enganadores (BB e Previ) já estão na rua há muito tempo. Não podemos esmorecer, negociações já, antes mesmo da Previ apresentar, porque desnecessário, os resultados de seu balanço nos estados.

abcs

Anônimo disse...

VIU MEDEIROS, ABANDONARAM O TEU BLOG, O NEGOCIO DELES É SOMENTE NA HORA DO DESESPERO OU PEDIR ISTO E AQUILO.
OUTRA COISA, PENSE E REFLITA, VOCE ACHA QUE A PREVI TEM CONDIÇOES DE ELEVAR A PORCENTAGEM DAS PENSIONISTAS NESTE MOMENTO?
AUMENTAR TAMBÉM PROVENTOS R OUTRAS EXIGENCIAS QUE PEDEM?
VEJA A SITUAÇAO GERAL DO GOVERNO, ACHA QUE VAO GANHAR NA PRESSAO?
O GOVERNO ESTA FECHANDO AS TORNEIRAS, VAO CULPAR A PREVI POR ISTO NA HORA DAS NEGOCIAÇOES?

raul avellar disse...

Dr. Medeiros

Vamos que vamos!
Estamos aí para o que der e vier!
Temos muita luta pela frente ainda!
Unidos venceremos!

Raul Acellar

LAERTE DA SILVA disse...

Medeiros,

Foram muitas as novidades que você narrou por aqui, mas falta mesmo definir muita coisa:
1. A questão da cobrança do Imposto de Renda sobre o Superavit. Acho absurdo pagarmos 27,5% sobre o total, sabendo que existe uma instrução normativa da receita, mudando as coisas;
2. A questão do superavit sobre a verba P-220. Eu sempre recebi o BB-Complemento Adicional, antes conhecido como Previ-Complemento Adicional, antiga verba P-310, renomeada em 1998 para P-220. Sempre contribuímos para a Previ com base nessa verba. Agora nossos coleguinhas diretores se recusam a discutir o pagamento do superavit sobre ela? Essa não. Temos alguns casos de colegas que nunca pagaram nada para a Previ e estão também nessa verba, pois é o Banco quem lhes paga a complementação. Logo, se nada contribuíram, também não têm direito ao superavit. Mas no meu caso, que é também o caso de uns 6.000 colegas,nós recebemos porque o Banco decidiu isso antes da nossa aposentadoria. E, uma vez aposentados, jamais deixamos de contribuir sobre a verba P-220. Há outras coisas, como a Cesta Alimentação e outras, mas isso vai sair no bojo das negociações, não é?

Laerte da Silva, de Penápolis/SP

Julio disse...

Prezado Medeiros,

A participação pode até não ser igual ao pique atingido em janeiro/fevereiro do corrente ano, mas tenho certeza de que os acessos continuam pontuais, porque seu Blog é altamente atrativo, seus assuntos são palatáveis do começo ao fim, e você é aquela figura humana amigona de todo mundo, com um coração do tamanho de um navio, toda vez que abro o computador vou direto ao seu Blog, portanto, você tem audiência, sempre terá; sua voz é um comando a ser seguida por milhares de admiradores. Um abração!!!!

Anônimo disse...

Boa tarde,
... Bem, o país começa a trabalhar após o carnaval, então, vamos á luta. Bem vindo Sr.Dr Medeiros ao retorno.
Para participar do Blog, estaremos sempre prontos.Solicitamos aos seguidores, empenho para coletar mais colegas. Utilizem "Convide seus amigos".
-Poderia incluir para próxima semana sobre "assuntos jurídicos", a questão dos auto-patrocinados.
Vamos levantar a polêmica.Conte sempre com a gente.
Clécio - Joinville SC.

Rubem Tiné disse...

Antes que as questões das trativas do realinhamento comecem, urge precionar a Previ, para lançar os atrasados do BET, mês a mês, conforme faculta a lei, pois, se for cobrado o imposto de renda em cima do atrasado de uma só vez, teremos um forte desconto e mais um processo contra a receita federal.

Pensionista sem voz... disse...

"Dizem as más línguas que a Previ e o BB fecharam a questão contra o reajuste do percentual das pensionistas. Uma péssima notícia para iniciar as negociações. Parece que estão focados apenas nos 360/360 e parcela previ. E nada mais."

Pra termos pelo menos um pouco de esperança, em q o 360/360 melhorará as pensões? Ou pras pensionistas não fará a menor diferença?

Anônimo disse...

Bravo e nobre Medeiros,

ainda não consegui entender com clareza a "PARCELA PREVI". Creio também que muita gente também tem dúvida.
O senhor ou outro colega poderia nos esclarecer ?
Se for extinta haverá algum reflexo em nossos salários (dos aposentados).

Luis Eustaquio de Castro - Araxá-MG

Pensionista sem voz... disse...

Caro Medeiros,

Pelo q entendi, o novo regulamento já reconhece o direito do BB ao superavit, além de trocar, no q diz respeito às regras de distribuição, "o que dispõe o artigo 20 da Lei Complementar 109, de
29.05.2001" por "legislação aplicável", ou seja, a Resolução 26:

"Art. 83 – Os valores oriundos da Reserva Especial passíveis de
destinação aos participantes e assistidos e aos PATROCINADORES
serão apropriados no Fundo de Destinação da Reserva Especial
de Participantes, de um lado, e no Fundo de Destinação da Reserva Especial de PATROCINADOR, de outro, na proporção contributiva prevista no plano de custeio deste Plano de Benefícios,
conforme a legislação aplicável."

Com tais mudanças no regulamento tive a impressão de q ele abre brechas pra q qualquer Governo tenha o poder de mexer e se apropriar qdo bem entender do nosso patrimônio, bastando apenas editar uma Resolução, q será obrigatoriamente entendida pela PREVI como a "legislação aplicável".

Por outro lado, ao substituir a citação à LC 109 por "legislação aplicável" (com certeza por imposição do Ministério da Fazenda), não resta a menor dúvida de q, se o regulamento respeitasse a LC (como deveria), os 50% destinados ao BB não teriam amparo legal. Se isso pode ou não ser usado como mais um argumento contra a Resolução 26 não sei dizer, mas é algo q poderia ser analisado com maior atenção por quem entende melhor do assunto, como o senhor.

carlos luiz disse...

Medeiros,
Acompanhamos atentamente as informações de seu blog.
Importantíssimo, aliás, para a nossa mobilização.

Anônimo disse...

Força Dr. Medeiros! Nunca desista pois és um dos baluartes dessa nossa luta!
Como disse o filósofo Romário: Você é o cara.

Marco Antonio (BH) disse...

Caro Medeiros,
Peço verificar se seu Blog está com algum vírus, pois toda vez que acesso ao mesmo meu computador dá o alerta e aciona o anti-virus automaticamente efetuando a limpeza do mesmo.
Um grande abraço.
Marco Antonio

Anônimo disse...

Medeiros,

Os aposentados e pensionistas estão antenados a tudo que acontece no que diz respeito ao superávit e aguardamos ansiosos que se retomem as negociações, caso resolvam inicialmente o caso dos 360/360, ótimo! menos uma injustiça a ser sanada, o que não podemos é ficar parados, sem que alguma coisa melhore na vida tão sofrida dos assistidos da Previ. Dr. Medeiros sua força inteligencia e apoio é fundamental na nossa luta, sem ela difícil conseguirmos vitórias.

Rogério Luiz Carvalho disse...

Boa noite Dr. Medeiros, vamos continuar sempre prestigiando o seu
blog, portanto não esmoreça. Os apo
sentados e as pensionistas precisam
da sua luta contra os poderosos do
BB/PREVI. Abraços, Rogério Luiz, Pelotas .RS.

Anônimo disse...

Colega Medeiros,

Poderias conseguir a informação se a Previ usará os novos valores para o cálculo da margem consignável, a grande maioria renovará o "maldito" empréstimo simples, agora em março, depois de debitada a 6 parcela.

Está todo mundo sem dinheiro e como as negociações provavelmente não vão beneficiar a todos num primeiro momento, um aumento no limite do ES para nós aposentados e pensionistas com uma margem consignável maior daria para ir levando...

Anônimo disse...

Alguém sabe informar sobre o novo empréstimo que a cooperforte deve lançar em função dos novos valores dos benefícios

Anônimo disse...

Medeiros,

A FOPAG de março já está fechada e a cobrança do IR deverá ser mesmo cobrada pelo total recebido.
Atualize seu blog diariamente enchendo o saco dos administradores da Previ para que divulguem noticias que realmente são de interesse de seus legítimos donos.
Vamos fazer uma campanha para que 500 seguidores estejam com você até o aniversário mes que vem da PREVI.
Tenho dito.
Dá-lhes Dr. Medeiros, vc é o CARA!!!!

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,

Eu saí do banco em outubro de 2007 pela adesão ao Plano de Afastamento Antecipado(PAA), juntamente com outros 7.000 em todo o Brasil. A partir daí passei a receber o complemento da Previ e uma indenização MENSAL do Banco ATÉ que houvesse condições da aposentadoria no INSS. Acontece que o banco considerou que aos 53 anos em set/2010, eu já teria condições da Aposentadoria Proporcional, então NÃO me pagou mais a Indenização Mensal.
Ainda faltavam 9 meses(a partir dessa data) para a aposentadoria Integral. Como na proporcional eu teria uma redução de 30% do benefício, optei por não fazer o pedido de aposentadoria e continuar recolhendo sobre o mínimo(como contribuinte facultativo), até que complete os 35 anos de contribuição(para que não tenha essa redução no cálculo).
O problema é que atualmente SÓ recebo da Previ(em torno de 2.600,00 líquidos), e não tenho mais PLR, Abonos, etc. Está quase insustentável.
CONCLUSÃO: O Banco nos deixou em uma pindaíba nesse ESPAÇO DE TEMPO entre a aposentadoria proporcional(que muitos, como eu, se recusaram a solicitar) e a data para a aposentadoria integral. Visível redução de salário.

Se tiveres alguma opinião a respeito, dr.Medeiros, por favor escreva aqui no Blog.
Abraços.

mariano branquinho disse...

Vamos em frente Medeiros, não desista, pois contamos com você na luta pelo reajuste das pensionistas e pelo realinhamento do Previ1.
Abraços Mariano Branquinho

Anônimo disse...

Caro Dr. Medeiros,
Estamos assistindo grande número de ações tendo sucesso, relativamente à devolução de IR indevidamente descontado de nossos contracheques, sob o pretexto de tributação de venda de férias, indenizações de diárias e quilometragem, além da famigerada dupla tributação pertinente ao período em que fomos proibidos de abater a contribuição para a Previ nas declarações de renda. Ora, como é fácil deduzir, tais impostos nos foram impingidos por força de orientação partida da Receita Federal e tanto o Banco, como a Previ, apressaram-se em cumprir tal desmando sem acautelar-se e consultar seus serviços jurídicos para verificar da legalidade de tais resoluções. Em tal acontecendo, nota-se, no mínimo, um descaso por parte de quem deveria estar defendendo nossos interesses. O cumprimento de determinação notoriamente ilegal é, portanto, uma ilegalidade. Pergunto: não seria o caso de buscarmos a justa reparação por parte dos funcionários, tanto no âmbito da Receita Federal, como no Banco do Brasil e na Previ, que criaram e cumpriram a norma espúria? Talvez não ganhemos a causa que certamente se estenderá por muitos anos, diante da controvérsia das razões e contrarazões em lide, mas acho que criaríamos um clima de muita expectativa no âmbito das entidades citadas e quam sabe no futuro, usariam de mais cautela quando viessem a criar normas ilegais e incontitucionais a seu bel prazer.
Não seria de pensar no assunto?
Um grande abraço

Edison Roque disse...

Bom dia Dr. Medeiros! Continuamos aqui com a nossa leitura diária do seu blog. Abraços

Chico Alves disse...

Caro Medeiros,
Não permitiremos que "forças ocultas" inviabilizem o seu trabalho. Este é o momento de somar forças com as demais instituições que defendem os intereses dos aposentados e pensionistas, como a AAPREVI, por exemplo. Vamos nessa!

Anônimo disse...

Prezado Doutor Medeiros.

Agora a desculpa será as apresentações pelo Brasil,em seguida vem um realinhamento que contemplará poucos,mais uma vez, e ainda vamos ter preparativos para as próximas eleições para a Diretoria de Seguridade em 2012.

O BET não vai fazer parte dos calculos para nossa margen consignável,resumindo muito pouco será acrescentado as nossas vidas como melhorias.

Restará em junho de 2010 o aumento de + ou - 7% em nossos benefícios,e promessas de mudanças no regulamento que já vem pre definida.

Definitivamente a Previ é um jardim onde só há espinhos.

Cordial Abraço

Amadeu Tamandaré.

Anônimo disse...

Prezado Medeiros, a exemplo de diversos posts anteriores, também gostaria de saber como funcionaria a questão da Parcela Previ. Qual seria o reflexo em nossas aposentadorias? Eu, por exemplo, aposentei-me em 2007 sofrendo redução por conta dessa PP. Como deve ser esta questão?
É preciso que saibamos para correta avaliação de seu alcance e aplicabilidade.

Anônimo disse...

Melhora de proventos e melhor porcentual para as pensionistas no dia 01/04 ok.

Anônimo disse...

Pessoal, venho observando que se tem dado mais importância ao fato de que o BB com o novo regulamento tem direito aos 50%-
porém o que me chamou a maior atenção foram os topicos abaixo do art.89:

poderia se transferir valores para o BB e caso houvesse deficits esse montante não seria considerado.

leiam, analisem e façam comentarios, pois o negocio para mim eh muito sério.

é mais uma maneira de aos poucos irem sucateando a nossa PREVI.



§3º - Em contrapartida, mensalmente será transferido do Fundo de Destinação da Reserva Especial de Patrocinador para conta específica, denominada Conta de Utilização da Reserva Especi-al do Patrocinador, valor equivalente ao custo do Benefício Es-pecial Temporário referido no caput deste artigo, podendo ser transferido ao patrocinador, a seu critério, observada a legisla-ção aplicável.
§4º - A Conta de Utilização da Reserva Especial do Patrocinador será atualizada mensalmente pelo índice previsto no artigo 27, acrescido de juros atuariais.
§5º - A Conta de Utilização da Reserva Especial do Patrocinador não será utilizada para a cobertura de déficit nem para a recom-posição da Reserva de Contingência até o limite de 25% (vinte e cinco por cento) da Reserva Matemática.

antonio barreto

José Roberto Eiras Henriques disse...

Medeiros,

Não importa a quantidade, é a qualidade dos comentaristas que conta.

Anônimo disse...

Caro Medeiros,

não vinha acessando seu blog porque, toda vez que o fazia, meu computador bloqueava e o sistema iniciava uma "limpeza". Isso se repetiu várias vezes, por muitos dias. Acho que outros colegas que acessavam o blog poderiam ter tido o mesmo problema, daí porque atribuo a essa causa uma parte da redução de acessos. Hoje, felizmente, acessei sem dificuldade. Teria havido alguma infiltração "inimiga"?

José Antº A. Barros disse...

Caro Dr. Medeiros,

Sou um leitor assíduo do seu blog e quero dizer que a aprovação do benefício 360/360 é uma necessidade, pois a devolução das contribuições após a 360 é uma questão de justiça. Vamos aguardar o recurso que as entidades representativas dos aposentados irá mover na justiça para desfazer o acórdão do STJ em favor da Previ. José Antº A. Barros - Maceió(AL.

Anônimo disse...

O PROBLEMA É O MALDITO CARNAVAL; O SR. MEDEIROS DISSE QUE IA PARA O CARNAVAL; EU NÃO SUPORTO CARNAVAL; ENTÃO TAMBEM FIQUEI DE FORA; RETORNAREI.

AQUI SEMPRE BERRRANDO; HPN. 3984740-3. MATRICULA; JAMAIS ANÔNIMO. EU VOLTO. VAMOS LUTAR; JAMAIS VAMOS NOS ENTREGAR ATÉ A MORTE; COMO DIZ O JOSÉ SIMÃO ACORDA MACACADA!

Anônimo disse...

Não adianta chorar o leite derramado. Se o bb ficou com 50%, vamos buscar então os 360/360, parcela previ, aumento percentual das/dos pensionistas. Vamos ser objetivos, pois águas passadas não tocam moinhos.

Anônimo disse...

Em adendo à msg anterior:

REALINHAMENTO JÁ - ALLA ACTA EST.

Por favor, Dr Medeiros, corrija meu latim que está erodido e também o traduza.

Anônimo disse...

FIM DA PARCELA PREVI.
OS APOSENTADOS PÓS 97 SOFRERAM COM A REDUÇÃO DE SUAS APOSENTADORIAS. TODOS CONTRIBUIMOS E NÃO HÁ RAZÃO PARA EXISTIREM PROVENTOS TÃO DIFERENTES PARA PESSOAS QUE SE APOSENTARAM NAS MESMAS CONDIÇÕES. É UM ABSURDO !! FIM DA PP DE FORMA RETROATIVA É O MÍNIMO NESTE MOMENTO.

Anônimo disse...

Colega Anônimo das 22:58h,

Quando eu acessava o SISBB para saber os valores da Indenização, do Complemento da Previ e contribuições, etc... imprimi e LÁ ESTÁ ESCRITO ATÉ QUE DATA O BB PAGARIA E QUE EU DEVERIA ME APOSENTAR. Assim ocorreu, aposentei-me com 35 anos de contribuição. Só não recebo o Teto devido ao maldito fator previdenciário.

Se no PAA saímos mais de 7.000, onde estão os Outros? Certamente Você conhece muitos Deles. Então, informe a todos sobre Este Blog e outros muito sérios, como o blog www.previplano1.com.br.
Vamos nos UNIR e somar esforços na "Guerra dos Cabeças Barncas".

Anônimo disse...

Caro Doutor Medeiros,

Ouvi falar que centenas de colegas entrarão na justiça para receber os 20% sobre a tal parcela P 220.
Alegação: O atual banco do brasil deve aos recebedores da tal verba, o superavit, mesmo ilegalmente tirado da Previ, porque sobre esta verba pesa contribuição. Se cobra tem que distribuir.
O Senhor pensa que isto tem fundamento legal e é defensável nos tribunais?
Anônimo

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Avante, com a situação dos Autopatrocinados, que estão perdendo, proporcionalmente,na parte que o Banco levou.Contribuimos com a parte patronal e agora o Banco levou. Quando houver déficit o Banco não vai por a mão para nós. Nós é que arcaremos com os prejuízos, então a recíproca é verdadeira.
O novo Estatuto fala em proporção contributiva na distribuição do Superávit, ora se o Banco neste caso não contribuiu como é que pode levar. Está errado é uma aberração.
PORTANTO: URGE - JUSTIÇA NELES.
"O DIREITO NÃO SOCORRE AOS QUE DORMEM"
CELSO BERNARDES
FORMIGA/MG