O BB GULOSO DÁ COM O CHAPEU ALHEIO

quinta-feira, 17 de março de 2011

Tenho me desesperado com algumas coisas que nos dizem respeito. Uma delas é com os poucos comentários que o balanço do Banco do Brasil tem gerado entre nós.  Aguardava que os entendidos iriam se debruçar sobre os números divulgados, especialmente sobre a apropriação feita pelo BB do nosso superavit.

joana barandas
Aguardo com ansiedade o pronunciamento da Unamibb e do Anchieta Dantas, bem como do Piani, do Rui Brito ou do Raposo, ou de qualquer colega entendido em matéria contábil moderna.

O BB alardeou um grande resultado, um dos maiores lucros de sua história e vai aprovar suas demonstrações financeiras em assembléia geral próxima de se realizar.

Afinal o superavit da Previ impactou ou não o resultado do BB ? 

Se impactou, em quanto foi ?

O BB está distribuindo dividendos aos acionistas e bonus ou PLR aos funcionários com recursos oriundos do superavit da PREVI ?

O que significa o fato do BB ter lançado como ativo atuarial a quantia de quinze bilhões do superavit ?

As explicações contidas na reportagem publicada pela Revista Investidor Institucional por Isa Musa não são convincentes para o público , embora louvável que tenha conseguido acesso à imprensa, sempre tão difícil.

Lendo a matéria publicada na revista que pertence ao conhecido Luis Leonel, que dizem ser muito vinculado ao ex-Ministro Luiz Gushiken, inclusive por laços familiares, parece que a PREVIC, a PREVI e o Banco do Brasil estão com a razão. Pasmem, abaixo da foto do Flores, figura que HOUVE DIÁLOGO E BOM-SENSO ENTRE AS PARTES ENVOLVIDAS NO ACORDO.

E na capa da revista, com a foto do Flores, mais uma vez, diz o seguinte: PREVI SEGUE REGRAS E DISTRIBUI SUPERAVIT ENTRE OS PARTICIPANTES E A PATROCINADORA.

Mais na frente , a reportagem registra que a assesoria do BB reitera que o memorando foi colocado para votação junto aos participantes, que o aprovaram. E reforça que o acordo respeita o que está previsto na CGPC 26.

Meu Deus !  Estou aligeiramento o estudo da documentação, da procuração e das pequenas custas referentes ao protesto judicial de ressalva de direitos quanto ao nosso superavit. Semana que vem, mais tardar quarta feira, tudo estará pronto para divulgação e o primeiro grupo ingressará em Juízo ainda antes do final do mes. E´ urgente !

DELENDA CARTHAGO - REALINHAMENTO JÁ - sexta feira dizem que  serão divulgadas as datas.

22 comentários:

ernandez2008 disse...

Medeiros e Demais colegas. Tem boi na linha.

O site da Previ está fora do ar e só voltará Segunda-feira, 21/03.

O que será que está por tras disso?

Anônimo disse...

Resposta por email a uma consulta formulada à Isa Musa:

De: isamusa [mailto:isamusa@uol.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 17 de março de 2011 08:50
Para: Cantosi
Assunto: Re: RES: 360/360

Prezado colega Cantosi e para tanto vou repetir aqui o texto para corrigir alguns errinhos e ressalto que o que explico é tão somente a minha opinião, sujeita a chuvas e trovoadas. Quem se aposentou com 26/30 avos continuou contribuindo para a Previ até dez/2006, quando as contribuições foram suspensas. Não sei quando você entrou para o Banco, mas na hipótese de ter entrado em 1970, aposentou-se em 1996, mas continuou contribuindo até 2006, então em 2000 completou 360 contribuições e teria ainda 6 anos contribuindo "desnecessariamente". A idéia inicial é corrigir o benefício 30/30 e devolver esses 6 anos excedentes. Contudo, essa é uma batalha muito árdua, pois todas as vezes que qualquer reforma trouxer um tostão para cá, o BB irá querer o mesmo tostão para lá.
Quanto a Parcela Previ depende de cálculos até para ver o que é mais vantajoso: usar o benefício pago pelo INSS como parâmetro (como era até 1997) ou fixar a PP em menor valor. Há quem defenda que hoje em dia acabar com a PP não trará melhorias significativas. Como de hábito, nós "de fora" dependemos que a área técnica da Previ faça as contas e nos dê alternativas.
Não há porque tratar os autopatrocinados de forma diferente. Contribuíram do mesmo modo que os demais e pessoalmente defendo que tenham todos os direitos.
O BB aceitar? Bem, nunca foi fácil negociar com o Banco. E quando falamos "negociar com o Banco", leia-se Governo, pois os Ministérios de Fazenda e Planejamento obrigatoriamente devem ser ouvidos e não raro são eles que botam empecilhos.
Não digo a todos, pois não se pode ser pessimista, mas temo que o Governo vá endurecer demais nessas novas negociações.
Isa Musa

CELSO BERNARDES
FORMIGA/MG
Publicado conforme autorização de Isa Musa

Anônimo disse...

Sai aqui no Rio e comprei a Revista Investidor Institucional. Achei muito boas as colocações da Presidente Isa. Considerando que a Revista vai para um público especializado, entendedor da matéria, está muito bem feita a denúncia. Aqui na Agência da Senador Dantas dizem que os dirigentes do Banco estão fulos com dona Isa.

CELSO disse...

Certamente a diretoria da Previ mandou tirar o site do ar. Preferem o silencio a ter que responder questionamentos dos participantes, como a formula de cobrança do IR, e outras deduções. São muito bem remunerado$$$, tem a obrigação de nos informar de tudo que acontece, mas o que fazem..silencio...desde o inicio das negociações sobre o superavit até hoje. Realinhamento do plano e demissão dessa diretoria já.

Anônimo disse...

Socorro disse:
Sou participante do blog, nas leituras. Vou tentar me cadastrar para ser seguidora, pois almejo entrar com a ação.
msasousa

Marco Antonio disse...

o site da previ está no ar e já com o contracheque do mes de março/2011.
A exposição do resultado de 2010 será feita via internet (para evitar as alpercatas?)

carlosdomini disse...

nADA QUER PARECER , ME EXPLICARAM NO 0800 que devido o grande numero de retardatários(frase minha) fez com que de vez em quanto o site sai fora do ar., agora mesmo 18.28 acessei normalmente. E é tanto boato e fui ver meu espelho para ver se tudo tava como antes no jardim do abrantes.Estamos estressados de tantas pirraças

Anônimo disse...

Dr. Saude Onde encontro o Balanco e seus demonstrativos? Tem na internet? Qual endereco? Grato Mario Dreyssig

Anônimo disse...

Ao anônimo de 17/03 - 17:17hs

Vou comprar esta revista. Se for verdade que os dirigentes do BB estão fulos com D. Isa, então agora vou lhe ter mais respeito ainda, e é o que todos nós devemos fazer. Atingiu o objetivo, atingiu o alvo.Que bom!!!

Ao Marco Antônio - 17:34

Logo agora que eu já estava de mala e cuia para BH, hospedar no mesmo hotel dos dirigentes e efetuar alguns questionamentos profundos, com jornal a tira-colo? Não acredito!!! Bem que estou achando estranho: não recebi o convite, como de constume fora-me enviado.

CELSO BERNARDES
FORMIGA/MG

Anônimo disse...

Concordo com as explicações da Sr.Isa, entendo a proposta 360/360,como ela comentou,quem aposentou proporcional e continuou pagando a sua participação até 360 parcelas e essas se deram até 2006, quando as contribuições foram suspensas por conta do superávit, o aposentado adquiriu o direito de ter seus benefícios reajustados para 30/30 avos.

Anônimo disse...

EH! o quadrinho tem razão o BB adora fazer festa com o chapéu da Previ (dos aposentados).
Vamos nos dedicar a analisar com mais profundidade o balanço do BB, vai nos ajudar muito a conseguirmos nossos direitos com a Previ.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Estamos aguardando com ansiedade que as negociações se iniciem, apesar da Isa Musa estar considerando que a luta não vai ser fácil, será que é sempre tão difícil se conseguir justiça?

O que o BB quer mais? não basta os 50% que ele embolsou na mão grande?

MEDEIROS disse...

Prezado Mario,
O balanço do BB está no site www.bb.com.br ou melhor ainda procurar no google. São 110 páginas. Conto contigo.

MEDEIROS disse...

Minha observação não significa crítica para a Isa, apenas minha opinião de que a matéria da revista procura favorecer o BB e que há necessidade da gente procurar traduzir o assunto para o grande público de maneira mais compreensível. Mas o público especializado certamente entendeu o recado.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Há uma pessoa gabaritada analisando o Balanço do BB, e que irá me repassar o resultado da análise. Assim que eu esier de posse desses dados, repassarei para o senhor.

Anônimo disse...

Apenas um adendo sobre a proposta 360/360:
O periodo a ser considerado, de acordo com proposta, não será dezembro de 2006, e sim a data de implantação do realinhamento, pois as contribuições foram suspensas ( não extintas) e continuaram sendo vertidas para o Plano, com recursos do Superavit, e estão beneficiando, também, os funcionários da ativa.

Anônimo disse...

Colega Medeiros, somento posso declarar que esta rodada de negociaçoes visando melhorias consideraveis para aposentados e pensionistas sera decepcionante, principalmente para as pensionistas.
Aguardem para comprovarem.
Nada tem haver com nao ser otimista, isto vai muito alem de otimismo.
Preparem-se bem para o combate ok.

Flavio Lima

luiz fernando disse...

GUERREIRO MEDEIROS, fico pensando,como deve ficar a diretoria do BB, explicando seu lucro fabuloso às expensas da PREVI. Devem ficar,acho, no mínimo, envergonhados ou sem jeito, ao falar ao Governo, aos seus acionistas, terem que falar aos órgãos de imprensa. Ou tá tudo no mesmo bolo, ou o que seria do balanço do BB, sem o superavit da PREVI. Seria um lucro ínfimo, ou talvez até um prejuízo....

Anônimo disse...

Medeiros,

Você pediu ao Mário para verificar o balanço do BB. Mas que Mário?

MEDEIROS disse...

Ao querido amigo e colega Mario Dreyssig, que fez um comentário acima perguntando onde encontrar o balanço.

Anônimo disse...

Dr Medeiros Tambem dei boas risadas sobre a antiga pegadinha do ARMARIO. O balanco: WWW.bb.com.br/docs/pub/siteEsp/ri/pt/dce/dwn/4T10DUDemoCont.pdf Estou trabalhando. De amostra consulte a pg 152 do Acrobat Bom fim de semana MARIO Ps: que baita aditivo fora do conjunto!!!Mas nao confere.

Jorge Paim disse...

Colega Medeiros,
Já faz algum tempo que acompanho teu Blog.
Hoje resolvi fazer um comentário pois concordo e já havia questionado nossos representantes sobre a questão do Superávit resultar em lucro e o lucro resultar em dividendos aos acionistas e PLR aos funcis da ativa. Por conta disso, sugeri a criação de um Benefício Especial, como uma "PLR" para pagamento aos aposentados.
Também discordo da "poupança" que é formada para pagamento aos funcis da ativa quando se aposentarem. Para ser equanime, penso que deveria ser assegurado aos funcis da ativa, QUANDO SE APOSENTAREM, o pagamento referido do benefício temporário PELO PERÍODO QUE VENHA A SER PAGO AOS ATUAIS APOSENTADOS.