CASSI A PERIGO ?

domingo, 31 de agosto de 2014

Convidado gentilmente pela Célia Larichia, presidente da AAFBB, assisti a palestra do William Mendes, diretor da Cassi, na manhã chuvosa do dia 28 de agosto, dia do bancário.  O William salientou que também era o dia do aniversário da criação da CUT, há 31 anos. Achei sinceramente supérflua a lembrança, mas ele justificou que fazia questão de declarar que tinha lado assumido e não escondia isso, suspeitando daqueles que se diziam isentos ou neutros politicamente.

 Essa posição tinha ficado evidente na campanha eleitoral para a Cassi onde William posou para a foto oficial com a camiseta da CUT. Cada um, cada um. Eu acho que quando a gente assume um cargo eleito de direção na Previ e na Cassi só pode ter um lado, o lado do participante, o lado do associado. Ao menos é assim que tento me conduzir, conciliando essa posição com o dever fiduciário com a instituição.

Até o momento que saí da AAFBB o diretor nada havia falado sobre a possibilidade do plano de associados quebrar em maio de 2015, conforme informação da diretora Miriam Fochi em Camboriú. E já eram 12,30 horas e ele já estava na fase de resposta a perguntas.

O Adaí Rosembak fez um relato pormenorizado da palestra em seu blog que merece ser lido, pois traz informações úteis a respeito da Cassi e sua problemática, de uma maneira acessível e fluente.

Pareceu me que o diretor se recusa no momento a aceitar a solução simplista do aumento de contribuição ou da co participação como maneira de solucionar a crise financeira do plano de associados, como já aconteceu antes.  Quer discutir outras fórmulas, entre as quais a maior participação do Banco no equacionamento do problema. Ou, quem sabe, uma adequação do plano à realidade atual do funcionalismo do BB.

Eu me preocupo bastante com a CASSI.  Vivo ela diariamente em minha condição de presidente da AFABB RS.  Acho que uma das principais razões da existência de uma associação de aposentados regional está no apoio que dá aos seus associados nas demandas perante a CASSI, para obtenção de medicamentos de última geração, para cirurgias complicadas e caras, para aquisição de próteses, etc... Tudo que foge um pouco da rotina exige um grande desgaste na discussão com a CASSI.

O diretor William e a conselheira deliberativa Loreni criticaram a excessiva judicialização contra a CASSI que prejudica a entidade perante o ANS e envolve apropriação de recursos no balanço, que poderiam estar sendo utilizados para outros fins. Acham que os associados recorrem à Justiça em busca de liminares de uma maneira precipitada, sem tentar uma solução administrativa com a CASSI, que tem três instâncias para solução, conforme recentemente divulgado em nota dos eleitos. Essa crítica é recorrente e se fala em indústria de ações.

Entretanto, é preciso convir que às vezes a CASSI irrita aos associados com a demora ou atendimento deficiente. Na AFABB RS a gente sempre tem procurado a via administrativa, especialmente através do Conselho de Usuários, cujo coordenador, Maeda, é muito interessado e dinâmico.  Mas o que deixa a gente chateado é que alguns pleitos só obtém sucesso quando se ameaça com o ajuizamento judicial. Mas aí já se perdeu um tempo precioso.

Por último, o diretor acentuou a necessidade de se manter um diálogo maior entre os dirigentes e os associados da Cassi, especialmente suas entidades. Eu compareci à palestra do diretor William no Rio, porque não tive oportunidade de ouvi-lo em sua recente visita ao Rio Grande do Sul, da qual não tive conhecimento, eis que ele não avisou nem visitou a AFABB RS.




.

24 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia!
Se para revalidar o prazo de uma receita de medicamento de uso contínuo, a Cassi demorou quase um mês(07/08 a 28/08), imagina para liberar algum procedimento de alta complexidade.
Menos burocracia e mais atenção a saúde!

rafael campagnoli disse...

Caro Medeiros, não entendo o porquê dessa situação da Cassi. Veja o meu caso, que deve ser o de milhares de colegas: contribuo há mais de 35 anos! com a Cassi; ao me associar à Previ, minha contribuição aumentou! E graças a Deus, até a minha aposentadoria somente utilizava a Cassi para exames periódicos,e mais nada!!!! Por outro lado, ao me aposentar aí comecei a precisar de médicos, psicólogos e até psiquiatra!!! Que surpresa ruim!!! Eu que, quando gerente de contas PJ e gerente geral cuidava pessoalmente de visitar hospitais e médicos para credenciamento etc, agora só recebia NÃO de ex-credenciados ... O médico da minha esposa, que atendia milhares de colegas e dependentes na região de Campinas/Mogi Mirim, região rica, disse-nos que cansou de esperar pagamento da Cassi, que inventava coisas para postergar pagamentos etc ... E se descredenciou ... agora, cobra R$300,00! cada consulta ... Estou indignado: paguei durante toda a vida e agora, quando preciso, vem essa história de que está quebrando!!!???? É a mesma coisa com a Previ!!! Então, fomos iludidos a vida inteira no Banco com a história de que as maiores vantagens de trabalhar no BB estava em ter a Cassi e a Previ. Mas que coisa diabólica! Porque a Cassi não faz uma associação com as Unimed? Para que inventar a roda ? Plano de Saúde é para quem ter expertise! As contribuições amarradas ela já tem ... é só fazer uma boa negociação e entregar para quem entende ...

fernando disse...

Colega RAfael, acho que tocaste no assunto CASSI, bem na ferida, a UNIMED. Sempre fomos tachados de corporativistas, dado a nossa empresa BB, de âmbito nacional. E os médicos , aos poucos, foram se organizando, com as cooperativas de crédito(com a ajuda do BB,usando nossa estrutura bancária e hj, sem dúvida nenhuma ,é uma potência, e com poder de barganha, muito grande. Acho que a saída da CASSI é se curvar, e negociar.E quem precisa mais, é claro, que somos nós.

Anônimo disse...

CASSI - A PALESTRA DO DIRETOR DA CASSI EM 28.08.2014 DEIXOU CLARO , SEM CITAR EXPLICITAMENTE QUE OS BOATOS SOBRE A CASSI NAO FORAM MAIS DO QUE A ALEGRIA DAQUELES QUE GOSTAM DE BOTAR MAIS LENHA NA FOGUEIRA. VEJAM O BLOG DO Adaí Rosembak E TOMEM CONHECIMENTO SOBRE A TAL PALESTRA, PORMENORIZADAMENTE E FIQUEMOS PORTANTO TRANQUILOS.
NUM MOMENTO EM QUE ESTAMOS LUTANDO PELA NOSSA SOBREVIVENCIA EM RELACAO AO DESCASO DA PREVI PARA COM SEUS ASSOCIAEOS, AINDA TEM AQUELES QUE QUEREM ENCHER AINDA MAIS NOSSAS CABECAS DE PREOCUPACOES. TODOS OS PLANOS DE SAUDE ESTAO PASSANDO POR DESILQUILIBRIO FINANCEIRO E A CASSI NAO EH A UNICA, HA MEIOS DE SE SOLUCIONAR E PORTANTO VAMOS TENTAR DORMIR MAIS TRANQUILOS QUANTO A ESSE ASSUNTO. NAO DEIXEM DE LER ENTAO O BLOG DO Adaí Rosembak, QUE NAO FAZ TERROR, NAO GERA EXPECTATIVAS ANGUSTIANTES, ETC., ETC. ABRACOS A TODOS.

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,
nessa palestra tudo funciona às mil maravilhas. Mas, veja:
foi encaminhado para Cassi pedido de autorização de cirurgia, Hosp.Regina - Novo Hamburgo 30 ( trinta ) dias ANTES da hospitalização. Mesmo após receber explicação sobre materiais especiais, a Cassi, 30 ( trinta ) dias DEPOIS da cirugia, negou a autorização.
Consultei o regulamento: cirugia de emergência tem que fazer consulta com pelos menos 2 ( dois ) dias de antecedência.
b) Se o procedimento for executado, isto DESOBRIGA a Cassi de ressarcimento.
Nota: sou associado desde de 1970, portando 44 ( quarenta e quatro ) anos de contribuição.
a meu ver o discurso difere da prática. O mesmo ocorre com a Previ.
ou não ?
me senti lesado e minha vontade é não depositar confiança em quem não quer me atender, mesmo recebendo a mensalidade em dia.
abr.

Anônimo disse...

Colegas,

De fato é como disse o colega anônimo das 17:06, em todas essas reuniões sobre CASSI e PREVI os palestrantes procuram enfeitar a pílula, valem-se de eufemismos, são hábeis e excessivamente cuidadosos ao expor a real situação e abordar fatos que, corriqueiramente, são objetos de reclamação de associados e de credenciados.

A verdade é que a CASSI está prestando um mau serviço, não atende satisfatoriamente os pedidos mais banais.

Hoje tenho até medo de precisar de internação, seria dor de cabeça na certa, ou então partir pro terceiro andar sem assistência médica.
Lydio

Anônimo disse...

Colegas, não podemos ficar aqui expondo nossos problemas publicamente, pois tenham certeza que a unimed não é tudo isto que falam, tenho pelo menos 1 exemplo de um grande amigo, não bancário - inclusive era médico - pagava plano máximo da unimed e ficou quase 7 horas numa ambulância aguardando internamento depois de AVC e acabou ficando em estado vegetativo por mais de ano, acabando por morrer.
Portanto, temos que ter em mente que quando entramos no Banco - eu, em outubro de 1969 - o grande diferencial que me fez responder ao chamamento para tomar posse no banco foi ter a CASSI e a PREVI e, desta forma temos que cobrar isto do banco e chegou a hora, não podemos aguardar mais - não ficarmos esperando por esta ou aquela entidade - teremos que recorrer à justiça para exigir nossos direitos e ponto final.
Ademir MEDEIROS Martins
Bal.Camboriu(SC)

Anônimo disse...

unimed eh ruim.a cassi deve ser melhor administrada,medicos e assistidos reclamam de muita burocracia, dificuldade em lidar com os funcionarios ,etc etc....

rafael campagnoli disse...

CASSI X UNIMED X OUTROS PLANOS - Concordo também que a Unimed e outros planos estão passando por problemas sérios. E o Banco e a Previ são responsáveis pela "saude" financeira e gerencial da Cassi. tudo bem. E recorrer à Justiça pode ser uma saída para casos específicos, talvez. Então, porque a Cassi não contrata serviços desses planos, para, de forma subsidiária, auxiliá-la na gestão? Seria uma saída, no mínimo para fazer uma auditoria séria para identificar, exatamente, onde é o furo ... Outras sugestões: PLANOS DE SAÚDE DE CÔNJUGES E PARENTES: O que já fiz, e acredito que muitos poderiam fazer, é me cadastrar como DEPENDENTE DE MINHA ESPOSA para receber benefícios do IAMSPE, dos servidores públicos do estado de São Paulo. Não pago nenhum centavo, e minha esposa paga 3%, se não me engano. Tem planos que aceitam cadastrar pais, filhos, irmãos etc ... Depende do sistema de cada um. É bom procurar saber e se resguardar. Dizem que o Iamspe não é aquelas coisas ... Mas é uma segurança a mais: pelo menos para internação dizem que é mais simples ... E se melhorar muito, minha intenção no futuro é cancelar minha inscrição na Cassi e ficar livre dos mais de 400,00 mensais que pago. Essa é minha opinião, embora haja lugares pelo Brasil afora que a Cassi ainda é muito boa ...

caos e ordem disse...

Por falar em CASSI, vejam o que aconteceu com o POSTALIS, mais um motivo pra colocar nossa barba de molho. vejam o site http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/agronegocio/143555-e-a-economia-candidatos-por-celso-ming-do-estadao.html#.VARmsMVdWac

jurandir waltrich disse...

Colega Medeiros!

Não tenho certeza, mas ouvi uns comentários que os funcionários pós 98, que são funcionários do BB, tem família, esposa, filhos, e que só contribuem com a Cassi sobre o VP, a parcela variável, tais como Comissão, PLR, não são computadas, será que é verdade?
Imagine, um VP de R$ 2.000,00 o funci com esposa e filhos deverá dar prejuízo a Cassi, pois a com-
tribuição é mínima.

Anônimo disse...

Alô Medeiros. Ao meu ver, isto tudo é falta de gestão!!! O que estamos vendo (sofrendo), funcionários antigos do BB (entrei no Banco em 61) é a incapacidade técnica, o conhecimento da gestão de instituição que tem que ser levada como uma empresa que dê resultados aos seus participantes!E o negócio atual e este que você apontou na sua postagem: o diretor posa com camiseta da CUT e se acha credenciado. Na previ tem sido também assim. Será que voces, colegas estão acompanhando o que está acontecendo com o presidente do Banco do Brasil junto à Receita Federal? Leiam a Folha de São Paulo de ontem e vejam as peripécias do dirigente maior do maior Banco do Brasil. Quem será que o credenciou para tal? Foi sua capacidade técnica-profissional ou foi um partido político? Será que vocês estão lembrados do do diretor de marketing do BB atualmente preso na Itália? O que é que o credenciou para atuar na Previ e no BB? Foi um partido político. Quantos outros desqualificados estão aí dirigindo nossas associações por motivos meramente políticos?

Anônimo disse...

Rafael Campagnoli

Discordo de voce, quando fala que a Previ é responsável pela CASSI. De forma alguma. Não concordo. O BB sim, mas a Previ não.
Discordo de voce em gênero, grau e número.
Eu não tenho plano nenhum, pois não posso pagar, sou pedevista aposentado pela PREVI.
Abs.

Anônimo disse...

TUDO BEM,
DEVEMOS NOS PREOCUPAR COM A CASSI, SIM, POR QUE NÃO?
AGORA, A REUNIÃO DO CD SÓ TRATOU DE CASSI, BONUS, PLANEJAMENTO 2015 ? NÃO TIVEMOS QUALQUER NOTICIA SOBRE NOSSAS REIVINDICAÇÕES (ES, REESCALONAMENTO, LIMITES, ETC).
ALGUEM PODIA FALAR SOBRE O ASSUNTO ?
VAI CAIR NO ESQUECIMENTO ?

Anônimo disse...

É Rafael, mas a Cassi é obrigatória, senão eu já teria saido fora.

Anônimo disse...

O BB só é responsável pela CASSI na parte que se refere ao aporte de contribuições. Diz o estatuto que qualquer valor a maior será considerado como antecipação de contribuições. O envolvimento da PREVI diz respeito ao fato de ela fazer o pagamento a seus assistidos e com isto efetuar a retenção do valor devido pelo participante à CASSI. No que tange à obrigatoriedade de filiação parece-me que ela deixou de existir. Quem o desejar poderá se desfiliar a qualquer tempo.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, li o blog do Adaí, por sinal muito bom, mas não consegui ver uma resposta direta sobre a saúde da Cassi, e o porque de uma conselheira, ou diretora, prever a extinção do plano em 2015. Não consigo aceitar que uma pessoa venha com uma notícia desta tirada do nada, e se fosse mentira, não receber nenhuma punição, pois isto é puro terrorismo. Será que ninguém enxerga as coisas como eu? Temos que criar uma "chapa 3" para a Cassi.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

O BB contribui para a PREVI, com suas cotas,iguais, mesmos depois que o funcionário do BB se aposenta???

Anônimo disse...

PECO O FAVOR DE PUBLICAREM ESTA POSTAGEM. OBRIGADO.
CARVALHO EM SEU BLOG DE HOJE COMENTOU O SEGUINTE (COLEI DIRETAMENTE PARA SER EXATO):
"Finalmente, com relação ao empréstimo simples a Diretoria de Seguridade fez estudo de viabilidade, considerando as sugestões recebidas, cujo resultado será divulgado no site da PREVI."
PERGUNTEI A ELE SE ESTAVA HAVENDO ENTAO UM ESTUDO PARA MELHORIA DO E.S. E NAO RECEBI RESPOSTA. SE ESTIVER HAVENDO TAL ESTUDO, CERTAMENTE A RESPOSTA TERAH AS MESMAS "DESCULPAS TECNICAS DE IMPOSSIBILIDADE" QUE SAO USADAS SOBEJAMENTE PELA PREVI QUANDO SE TRATA DE ALGO QUE POSSA BENEFICIAR-NOS.

Anônimo disse...

Colega, o Bom dia Brasil de hoje, comentou o Ressarcimento dos Planos de Saúde para o SUS. As vezes conseguimos atendimento mais rápido e melhor através do SUS que da CASSI, isso já aconteceu comigo quando tive uma ambulância negada e devido a emergência o SUS me enviou a ambulância, na época indignado me propus a cobrar o serviço para crédito do SUS, não é justo pagarmos caro por um plano de saúde e na hora do aperto apelar para o SUS , agora de acordo com a reportagem essa reposição será automática.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se o diretor da CASSI, será solidário com os endividados que em consequência dos cortes na FOPAG, deixaram de pagar os planos SAUDE FAMILIA dos filhos maiores de 24 anos. Peço que ao menos evite o cancelamento do plano e dê um prazo extra para regularização do débito, o momento exige tal flexibilidade para o bem de todos, esta é minha situação tenho tres filhos nessa situação e creio que outros colegas aposentados ou da ativa estejam com o mesmo problema.

Anônimo disse...

CASSI do Plano 1, só pode estar falindo, com nossos beneficios no fundo do poço o que é arrecadado para a Cassi não cobrem as despesas.

Precisamos do realinhamento no Plano 1, assim aumentará a receita vertida para a Cassi. É a nossa miséria respingando em tudo que envolve ligação com o BB/Previ.

As AABBs e as colonias(Satelite/ e Associações) também sentem o reflexo da pobreza em que vivemos, porque estão diminuindo o número de associados e empobrecendo a cada dia tudo que conquistamos durante décadas de dedicação, esforço, união e trabalho muito trabalho, mas a direção da Previ só enxerga o próprio umbigo e seu imoral bônus, pouco importa o resto.

Paulo Beno disse...

Ola Colega Anônimo 01/9/14 - 19:16,

SIM.
O BB contribui em partes iguais aos dos associados da PREVI, sejam da ativa ou aposentados.

EXCETO aos funcionários em licença interesse e aos autopatrocinados, que contribuem em dôbro.

Por ocasião dos 7 anos em que tais contribuições estiverem suspensas, por conta do superavit, a PREVI provisionou valores suficientes em 2 Fundos de Contribuições (Pessoais e Patronais).

Fonte:site da PREVI. in "Plano1"
"conheça o plano" clique: -
-contribuições-

Anônimo disse...

Alguns foram ao encontro com a diretoria da Cassi, outros estiveram lá fisicamente. Os comentários aqui revelam como são interessantes as percepções diferentes sobre o mesmo tema.

Tenho que o discurso fácil sempre serviu para evitar o trabalho difícil. Culpar o exterior é fácil. Da batida "indústria da ação"(quero crer que quis dizer indústria do dano moral - já falida, reforço) à exploração do bancário, também do aposentado que agora merece ter sua saúde cuidada (fundamento fraco, que não leva a solução)... Enfim, o que que isso tem a ver com a situação da Cassi? Quando muito, pouco.

Um diretor que diz estar lá para defender a exploração pela qual passei, não sabe nada da minha vida, não sabe que eu tinha um contrato que foi honrado por mim e pela outra parte por mais de trinta anos. Casamento muito bom no início, embora nem tanto no final, talvez como muitos outros - mas bom na média. Portanto, certamente, também nesse casamento não se mete a colher.

Enfim, fiquei desapontado com essa equipe eleita, mais preocupado que antes, pois, enquanto buscarem culpados fora da Cassi, as principais causas, que são de gestão, deixarão de ser atacadas.