E A VIDA CONTINUA ...

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Estou na lida, portanto. A vida continua...

Vou seguindo de manhã para Campos do Jordão, onde amanhã começa o Sétimo Congresso da Bolsa, já tradicional evento que discute os rumos do mercado de capital.  Fundamental para quem está na Previ, que detém 60% dos seus investimentos em renda variável. Especialmente neste momento de turbulência na bolsa por causa da China.


Nesse Congresso devo me encontrar com dois amigos célebres, os dois Joaquim. O Barbosa e o Levy, este último vindo especialmente dos EUA onde se encontra, com rumores de atrito com Temer e de renúncia do cargo. Trabalhei lado a lado com Levy no conselho fiscal da Vale do Rio Doce, conforme a foto acima.

Hoje, as 9,30 horas, na Câmara dos Deputados, acontecerá o depoimento do presidente da Previ, Gueitiro, na CPI.  Infelizmente não poderei assistir, bem na hora de meu voo de POA para São Paulo. Estou curioso.  Muito curioso.  Aré demais...


Ontem tomei algumas decisões importantes. Já estava pendurando as chuteiras.Dando o chute definitivo no balde.  Saco cheio, glaucoma, diabetes, exames, idade, família, essas coisas. Cuidar dos meus interesses. Mas aí mexeram comigo.  Então decidi me inscrever como candidato às eleições para conselheiro da ANABB.  Achei importante como sustentação ao meu mandato na PREVI.  A ANABB é toda poderosa, impõe respeito.  Termino meu mandato de presidente da AFABB RS e assumo como conselheiro da ANABB, se for eleito. Vou apoiar também o Claudio Lahorgue nessa empreitada. Espero contar com o voto de vocês. E vou entrar na campanha para valer, para conquistar vitória de novo. Sacudir a Anabb.

As outras decisões eu conto depois.  Vocês vão gostar.  Há tempos vocês reivindicam. Nada como um pisão no pé para despertar os brios da gente.



Hoje também tem reunião da mesa de negociação da CASSI.  Vão ser tratadas algumas medidas emergenciais.  Parece que o BB recuou de sua intransigência na proposta que apresentou inicialmente. Parece, mas nunca se sabe...

E´ assim, a vida continua ...  Saio do calor fora de época em Porto Alegre, que floriu os jacarandás, para o frio e chuva previstos em Campos de Jordão.  Fazer o quê ?

51 comentários:

Anônimo disse...

Grande noticia essa de você se candidatar para Anabb. Conte com meu voto. Celio

tarcisio augusto bulhoes martins disse...

Dr. Medeiros, bom dia. Estava cogitando a minha desfiliação da ANABB, mas com sua decisão, vou aguardar, pois tenho certeza que o senhor será eleito. Será o premio à sua tenacidade e combatividade, própria do GAUCHO, mas os grandes premiados, seremos nós. Chegou a hora, vamos que vamos. Como nós mineiros dizemos: PAU QUE DÁ EM CHICO DÁ EM FRANCISCO TAMBÉM. Deus o proteja na nova empreitada. Tarcísio.

Paulo Beno e Leda Goellner disse...

Que excelentes not[cias, Dr. Medeiros !

Parabéns pela escolha e decisão. Já iniciando os trabalhos, com o 7º Congresso da Bolsa, ao redor de expert da economia, revendo rumos, numa cidade exuberante que é Campos do Jorão. Isso vai lhe fazer um bem, com certeza !

Admiramos essa sua força. Sabemos de seu enorme potencial e respeito que granjeia com todos seus colegas e vasto círculo de amizades e conhecidos. Isto é uma dádiva e os méritos são seus. Essa conquista é sua, com certeza.

Brilhante decisão sua, na inscrição para Conselheiro da ANABB, nesta eleições. Terá nosso voto, com certeza será eleito e sua participação só engrandecerá a ANABB e seu mandato na PREVI. Estás com absoluta razão e no caminho correto. VAMOS APOIÁ-LO SEMPRE!!!, pois sua presença é importante para nossas associações.

Que notícias alvissareiras!

Obrigado Dr. Medeiros

Grande Abraço e VAMOS QUE VAMOS !

Paulo Beno e Leda Goellner
Carazinho (RS)

Jurandir Waltrich disse...

Dr Medeiros!

A gente nunca vai poder retribuir o seum empenho, a sua luta em prol dos aposentados da Previ. Eu sei que houve uma reunião do Conselho Deliberativo, no qual, segundo o Carvalho, estariam pautadas reivindicações de adiantamento de aumento salarial, acho estranho que não sai nada no site da Previ, nem dos próprios conselheiros, a respeito do ES também, não se sabe nada, está tudo mudo. Parece que estamos fadados a ver navios no horizonte.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

SEA
Ilustre Doutor Medeiros, quanta saudade de Campos do Jordão, embora vi, lá, muita contradição social! Faz 17 anos, da última visita.
Se puderes, vai à Abernéssia e procura a Sociedade de Educação e Assistência Frei Orestes-SEA
Um trabalho educativo e profissionalizante exemplar, franciscano.

Agradeço, por sua abnegação renovada, em favor da justiça, especialmente, nas nossa comunidade. Valor de berço, entre muitos outros que rejuvenesce, nas tuas veias.

Boa jornada, com saúde e PAZ E BEM!

"O grande número de sábios é que salva o mundo."
Sabedoria 6,24a

joseciteli disse...

Boa Medeirão, que Deus te conserve. Já vi no site da ANABB que as eleições começam em primeiro de setembro e vão até novembro. Todo apoio pra vc. nessa eleição (e em todas)

Marco Orlando disse...

Sensacional, Medeiros!

Estarei garantindo em campanha junto aos meus amigos, pelo menos uma centena de votos para você, na ANABB e futuramente como Diretor de Seguridade.
Conte comigo!

Marco Antonio Orlando

Anônimo disse...

Algum colega advogado poderia prestar um esclarecimento?
Com certeza existem varios colegas na mesma situação. É o seguinte: Minha única conta é no Banco do Brasil. Já esclareceram neste blog que a PREVI não credita nossos proventos em outro banco. Tenho alguns CDCs e dois cartões de credito do BB no limite máximo utilizados. No mês passado o Banco estornou os débitos do plano Cassi família para debitar as prestação do CDC e também os valores mínimos dos dois cartões de credito. Agora tenho que arrumar outro emprestimo para pagar o plano de saude pra não correr o risco de perdê-lo.
Como posso evitar isso? Preciso de uma orientação jurídica para evitar que os meus proventos que se destinam a minha sobrevivência sejam destinados ao pagamentos de dívidas que o banco poderia negociar com um prazo maior e uma prestação menor. Na agência me disseram que não tenho margem...

Anônimo disse...

Boa viagem! Dr.Medeiros que Deus o acompanhe e lhe dê muita saúde e energia para continuar sua empreitada nesta vida sempre à favor dos aposentados e pensionistas da Previ.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


A nossa MÍDIA FALIDA, NÃO DEU À MÍNIMA, assim como, não notei nos nossos MAIS PRESTIGIOSOS blogs, QUALQUER MANIFESTAÇÃO acerca da VEEMENTEMENTE e INDIGNADA opinião do ilustre Ministro GILMAR MENDES, em um VÍDEO que um amigo que trabalha no TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL (TRE), me enviou. Como com ele MODERAÇÃO NÃO FUNCIONA e tem COSTAS-QUENTES, ele disse que: "SINDICALISTAS LADRÕES, TRANSFORMARAM O PAÍS NUM SINDICATO DE LADRÕES". Creio que pela relevância do assunto, era bom que seus inúmeros seguidores fossem informados. Caso o Mestre deseje uma cópia do vídeo, é só colocar o número de WHATSAPP a ser remetido. Atenciosamente.

Anônimo disse...

Parabens pela iniciativa Dr. Medeiros de se candidatar Conselheiro da ANABB, IREI TRABALHAR E PEDIR VOTOS PARA O SR.

Anônimo disse...

Sr. Dr. Medeirols,

Só conheço uma maneira de o presidente da PREVI, Gueitiro, e o seu diretor de seguridade, Marcel, ficarem livres dos aposentados, principalmente dos endividados: é só eles, presidente e diretor, facilitarem as coisas para a categoria, principalmente para os aposentados endividados. Se mudarem de atitude em favor deles, assistidos, não haverá nem necdessidade de inventarem algum benefício demagógico de ultima hora, para ganharem as próximas eleições.

Um abraço.

Anônimo disse...

Medeiros: Que Deus te acompanhe e ilumine.

Aliás seus artigos já o são, inclusive nas fotos que o acompanham e deixam observar claramente o seu intimo.
Assim como as flores dessas arvores que insistem em renovar tudo, apesar da idade, aposto minhas fichas em sua renovacão como nosso representante.
De seu seguidor de Sorocaba/SP, ex-presidente da AABB e ex-membro do Cesap/SP, a sua inteira disposicao por aqui.

Luiz Fernando
OAB/SP 21.026

João Lopes Rodrigues disse...

Dr. Medeiros, com todo respeito!

Entrar num covil como a Anabb?... Será sensato? As cobranças em cima de vossa pessoa serão enormes! Aquelas justificativas de "voto vencido" não nos convencem mais. Considerando seu caráter, do qual não tenho dúvida ser um homem íntegro, e coerente com suas ações, imagino que terá que travar uma luta homérica lá dentro.

Em todo caso, desejo-lhe boa sorte. Conte com o meu apoio, e daqueles de meu relacionamento.

Era isso!

JOSÉ hUMBERTO disse...

Prezado Medeiros, boa tarde!
É assim que gostamos de vê-lo! Seu ânimo nos contagia. Conte conosco. Parabéns e um grande abraço. José Humberto

Anônimo disse...

Colega Medeiros,

Foi uma boa notícia a sua candidatura para o conselho da ANABB. Pode contar com o meu voto.
A propósito, posto, a seguir, mensagem por mim endereçada à PREVI, via "Fale Conosco", onde sugiro seja estudada a viabilidade de renegociação do saldo devedor do Empréstimo Simples que, se aprovada, será benéfica para todos os aposentados e pensionista do Fundo, especialmente aqueles que se encontram impossibilitado de renova-lo, por insuficiência de margem consignável. Peço o seu empenho nesse sentido.

Data: 19/08/2015 13:53:37
Assunto: Empréstimo Simples
Tipo: Sugestão

Mensagem:
ÿ Especial Atenção do Presidente da PREVI, Sr. Geitiro Matsuo Genso
Levado pelo desespero que angustia milhares de associados desse Fundo de Pensão, dentre os quais eu me incluo, com os benefÿcios aviltados e tendo que conviver com uma inflação já próxima dos dois dÿgitos, mais uma vez volto ÿ presença de V. S.ª, a fim de apresentar sugestão que, se aceita, virá minorar a desesperadora situação financeira por que passa a maioria dos aposentados e pensionistas, especialmente daqueles que tiveram tolhido o direito de renovar o Empréstimo Simples, em razão de insuficiência de Margem Consignável.
Preocupado com o crescimento do saldo devedor do Empréstimo Simples, em decorrência da atualização monetária feita pelo INPC e da cobrança mensal da taxa de juros de 5% incidente sobre o saldo do empréstimo corrigido, além do FQM (com taxas nominais que variam de 0,6%a.a a 4,0%a.a.) e consequente recálculo da prestação mensal que ocorre no mês de aniversário do contrato, peço vênia para sugerir que V. S.ª determine ÿ Diretoria de Seguridade desenvolver estudo visando o reescalonamento do saldo devedor em até 150 prestações fixas, a exemplo da linha de crédito CDC do Banco do Brasil, prazo de carência de 06 (seis) meses, mantidos os encargos pactuados.
Já que, a meu ver, nenhuma solução a curto prazo será dada para uma possÿvel renovação do Empréstimo Simples por aqueles que se encontram impedidos de fazê-lo, espero que a sugestão ora apresentada venha a ser aprovada pela Diretoria Executiva da PREVI, como medida alternativa, o que viria diminuir consideravelmente a consignação mensal além de conceder aos mutuários oportunidade de solucionar débitos pendentes com outras instituições financeiras e agiotas, minorando, assim, as condições financeiras de milhares de aposentados e pensionistas, além de permiti-lhes recuperar a credibilidade junto aos credores e entidades de proteção ao crédito.
Atenciosamente,
Filomeno José Linard Costa - Aposentado Matr. 3288840-6

Matrÿcula: 3288840
Nome: FILOMENO JOSE LINARD COSTA
DDD-TEL: 88 Telefone: 35234202
E-mail: filoedenna@oi.com.br

Fernando disse...

Medeirão, conte com a nossa força. Vamo que vamo.

Anônimo disse...

RECENTEMENTE VI NUMA REDE SOCIAL UM HOTEL DE NATAL-RN OFERECENDO PACOTES TURISITICOS, INCLUSIVE REVELLION, A FUNCIONARIOS APOSENTADOS DO BB. PERCEBI O TAMANHO DESCONHECIMENTO DA DURA REALIDADE. HOJE A MAIORIA DOS APOSENTADOS DO BB NÃO TEM CONDIÇÕES FINANCEIRAS DE FAZER TURISMO NEM NO QUARTEIRÃO ONDE MORAM, PARA ALGUNS QUE CONHEÇO ALIMENTO E REMEDIO SÃO ARTIGOS DE LUXO .

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
É bom tê-lo de volta.Quanto à sua candidatura para a ANABB nao deixe de fazer uma boa propaganda, principalmente às vésperas das eleiçoes. É para não deixar a turma esquecer...

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


A Vossa decisão de concorrer a cargos eletivos na ANABB me deu UMA GRANDE ALEGRIA, pois sei que com o Sr. LÁ DENTRO, receberei ENFIM, os meus processos que JÁ DURAM 18 ANOS e UMA GRANDE APREENSÃO, pois estou achando que o Sr. VAI DESGASTAR SUAS FORÇAS em um OBJETIVO MENOR, deixando a PREVI de LADO, que é o NOSSO MAIOR e PRINCIPAL OBJETIVO.

Elenita Brandão disse...

Tem que ter muita coragem prá entrar na Anabb. Estou com o senhor. Quando será esta eleição? Vou contactar outras pessoas para votar no senhor. Precisamos reagir pois querem acabar com todos nós.

Elenita Brandão disse...

Esta petição está correndo no facebook. Eu assinei. Gostaria da opinião do senhor e se for o caso que assinem também.

https://secure.avaaz.org/po/petition/Conselho_Deliberativo_da_CASSI_Caixa_de_Assistencia_dos_Funcionarios_do_BB_VOTEM_CONTRA
_A_CONSULTA_AO_CORPO_SOCIAL_SOBRE/?aUsVNab

Elenita Brandão disse...

RENDA INICIAL EM PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR - devido ao grande número de processos sobre o tema e a necessidade de abordagem técnica da questão, o STJ iniciou debates para discutir o assunto e definir, de uma vez por todas, qual o regulamento que deve ser aplicado aos cálculos para estabelecimento da renda inicial de benefício complementar do participante de plano de previdência privada.
A terceira audiência pública do STJ sobre o assunto será realizada no próximo dia 31/08/2015, às 9:00 h.
O assuntou foi levado ao STJ por conta de um participante que se sentiu prejudicado com sua renda inicial, uma vez que a Fundação não levou em consideração o "fator previdenciário" , tomando por referência um valor hipotético, superior ao efetivamente pago pelo INSS.
O recurso terá efeito "repetitivo" e será aplicado em teses idênticas, ou seja, que tenham fundamento em idêntica questão de direito.
Eu e outros tantos colegas temos processos dessa natureza questionando o cálculo da renda inicial de nosso benefício complementar junto à Previ.
Ação bem demorada com desfecho nem sempre favorável a nós mas que, acredito que brevemente, terá seu questionamento pacificado pelo STJ.(tirado do facebook - grupo Semente da União)
--------------------------------------------------------------------
Isa Musa de Noronha e Ruy Britto foram convidados pelo STJ e já confirmaram presença. (Isa escreveu: Louvável a decisão do STJ em ouvir os interessados na questão. O Ministro poderia decidir sem escutar ninguém. Preferiu ouvir os que defendem a ou b - ou seja, ouvir os que defendem o contrato inicial e aqueles que defendem que a regra a ser aplicada é a da data da aposentadoria.)
--------------------------------------------------------------------
Isto irá dar as coordenadas para a ação de RMI. É muito importante para todos!!

Anônimo disse...

Campos do Jordão, minha terra natal. Se quiser saborear uma cerveja de primeira, visite a Cervejaria Baden Baden, no bairro de Capivari, onde é o centro turístico. Lá tem varias opções para quem curte roteiro gastronômico, com variedades de gourmets, fundue, vinhos, tudo em ambientes requintados ao sabor de comidas e bebidas típicas de vários países da Europa, enfim, se sentirá em outro mundo, porque a arquitetura de lá é inspirada nos Alpes Suíços. Provavelmente, passará em frente de um prédio, cuja fachada é o maior alto relevo da América Latina, onde comecei a trabalhar no BB. Sei que o seu tempo será escasso, por ser turismo de negócios, mas visite tbém o Clube do Satélite, próximo ao Palácio do Governo, que é outro ponto turístico. Se sentir saudade de sua terra, lá tbém tem muitos pratos feitos à base do pinhão. Boa Viagem!

Goulart disse...

Dr.Medeiros, parabens pela iniciativa de concorrer ao pleito, se depender de mim, aqui em Cambé, Londrina, procurarei arranjar votos para o Senhor, e seja muito benvindo aos compromissos, ou seja bem vindo à continuidade da vida... tudo de bom, colega Goulart, de Cambé-PR... vida longa ao Senhor, Isa Musa, Ari Zanella, e muitos outros qua ainda deveriam ser enaltecidos...

Nei Vaucher disse...

Dr.Medeiros,
Sem maiores delongas conte comigo
para o que der e vier.
Vamos que vamos.
Grande Abraço.
nei.vaucher

Anônimo disse...

Medeiros,

Boa decisão essa de candidatar ao Conselho da ANABB.

Já vou cair em campo pedindo votos para o seu nome, não podemos perder essa oportunidade de eleger gente nossa, em quem confiamos.

Vamos à luta e é prá já.
Lydio

Anônimo disse...


Prezado Dr. Medeiros

Essa eleição é só para esquentar o tamborim. Quem sabe não será o mais votado.
Quando abrir a janela da Previ estará surfando de olho na Diretoria de Seguridade. Será a volta por cima e terão que lhe engolir como diz o velho lobo Zagallo. Esse é casca grossa! Parabéns. Será a glória ver um ex-conselheiro fiscal, agora tratado com desdem, voltar como diretor.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais a todos.

ARRANCAR A ANGÚSTIA
Ilustre Doutor Medeiros, sobre o colega anterior(11:55h)
Sou leigo, em Direito, mas a sua situação, realmente, não é a única. Alguns já passaram por ela, outros nela estão e, outros, ainda, poderão conhecê-la.
Sem dúvida, o BB prioriza os seus créditos e isso é razoável. A realidade, meu caro, é que os proventos não acompanham o alto custo de vida e as medidas de austeridade da família, mesmo adequadas, resultam insuficientes. Por algum tempo, custeei o Cassi Família, mas abandonei. No lugar, entrou outro Plano, bem modesto, mas suficiente e, ainda assim, custeado pela minha filha que é a beneficiária.
Soluções?
Da parte do BB, quase impossível. O "Sistema" não abre margem mesmo, do que depende qualquer operação de renegociação!
Ação dos 30% de consignações: pode demorar e é incerta.
De conhecimento público, o convênio Prisma(Previ e Inss), permite o recebimento, isolado, do Benefício Inss, porém com consequências graves, para com credores.
Além desse modesto comentário, uma consulta ao advogado poderá ser a solução.

Aproveito, para expressar o meu profundo respeito, pela colega Lena e ressaltar que a minha dúvida era, somente, sobre a desassistência, quanto a Cassi e Inss, nada mais! Ela já explicou.

Grato por tudo e PAZ E BEM!

"Javé quer arrancar, também você, da angústia e levá-lo a um lugar espaçoso e aberto, para servir a você, com mesa farta." Jó 36,16

Ademar disse...

Sr. Medeiros,

Na ANABB não serei seu companheiro, pois por não acreditar nessa instituição e não ver razão de sua existência atualmente, deixei de ser associado da mesma desde 2006 e não pretendo voltar a sê-lo. É uma pena , acho que vai queimar o seu filme, nessa instituição.

Anônimo disse...

Ia sair da ANABB,mas diante desta notícia tenho um ótimo motivo para continuar sendo sócia. Votar no Medeiros com muito gosto! Vamos que vamos!

Lúcia

Mariano Branquinho disse...

Dr; Medeiros, mais uma vez parabéns pela sua candidatura. Conte com meu voto e irei trabalhar para conseguir mais votos para o Senhor, junto aos colegas do meu conhecimento. Abs. Mariano Branquinho

Anônimo disse...

É VERDADE QUE O PRESIDENTE DA PREVI VIROU RAINHA DA INGLATERRA: REINA, MAS NÃO GOVERNA?

Anônimo disse...

Doutor Medeiros, pretendia, também, a minha desfiliação da Anabb. Com sua candidatura vou continuar, caso seja eleito. Boa sorte!

Anônimo disse...

Colega das 11:55 hs, acontece a mesma situação comigo , entra o pagamento da Previ para ser débitos vários pagamentos que são estornados para debutarem os CDCs do BB, que o Banco não faz renegociação de jeito nenhum e eu ainda nem entrei com a ação dos 30%, que agora fica inevitável entrar. É desesperador fico sem nada para passar o mês, e não há preocupação nenhuma da Previ em relação aos associados que estão na penúria.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Quero ver quando a CPI dos FUNDOS DE PENSÃO, começar a PEGAR PRÁ VALER, quem vai chegar COM UM HABEAS CORPUS DEBAIXO DO BRAÇO e QUEM VAI FICAR em SILÊNCIO, alegando que SÓ FALARÁ em JUÍZO.

Medeiros disse...

Obrigado, muito obrigado, pela força de vocês. Soube queo depoimento copresidente Gueitirona CPI foi adiado. Agoraserá na segunda feira.

Anônimo disse...

Publicado em Quarta, 19 Agosto 2015 09:43

Devido ao grande número de processos sobre o mesmo tema e à necessidade de abordagem técnica da questão, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) realizará audiência pública no dia 31 de agosto, a partir das 9h, para debater o cálculo da renda mensal inicial dos benefícios nos planos de previdência complementar. Será a terceira audiência desse tipo promovida pelo tribunal.



Após um recurso especial da Fundação Banrisul de Seguridade Social ter sido afetado à Segunda Seção do STJ como repetitivo (artigo 543-C do Código de Processo Civil), o relator, ministro Paulo de Tarso Sanseverino, considerou o debate necessário para municiar o tribunal com informações indispensáveis à solução da controvérsia.



A discussão servirá para definir qual regulamento deve ser aplicado ao participante de plano de previdência privada para fins de cálculo da renda mensal inicial do benefício complementar. O tema foi cadastrado no sistema dos recursos repetitivos sob o número 907.



No caso a ser julgado, um segurado pede a revisão do seu benefício complementar, pago pela Fundação Banrisul, e a condenação da entidade ao pagamento das diferenças em relação ao benefício concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).



Ele afirmou que recebe menos do que tem direito porque a entidade previdenciária calculou o benefício complementar sem considerar o fator previdenciário e as demais regras instituídas pela Lei 9.876/99 no âmbito do Regime Geral de Previdência Social, tomando por referência um valor hipotético, superior ao efetivamente pago pelo INSS.



Nas instâncias ordinárias, a entidade foi condenada a incluir a complementação de aposentadoria nas prestações vincendas e a pagar as diferenças vencidas, desde a data da aposentadoria, atualizadas e acrescidas de juros moratórios.

Fonte : www.mutuoprev.com.br

Francisco Magalhães

Anônimo disse...

Parabéns a este blog por ser sério e não publicar as maluquices que outros blogs publicam e por conta disso perdem toda credibilidade.

Anônimo disse...

Caríssima Elenita Brandão (27/08/15 às 18h47)!
Muito obrigado pelas ponderadas informações acerca da Ação RMI - Previ. Também protagonizo este embate e, não sei porquê, vejo grande semelhança com o que foi feito em relação ao FGTS, há bastante tempo atrás. Agora mesmo, também há a questão das Perdas com diversos Planos Econômicos do século passado, que igualmente aguardam uma decisão no STF para dar seguimento. Tenho, por isso, a sensação de que só haverá em desfecho daqui a muitos anos, quando a maioria já tiver noutra dimensão, infelizmente.
"Justiça tardia, melhor não gerar expectativas."

Anônimo disse...

Aos colegas que refutam a candidatura do Dr. Medeiros ao Conselho Deliberativo da ANABB, permitam-me dizer-lhes que, no meu entendimento, seria uma estratégia objetivando maior visibilidade para atingir a meta principal, qual seja a de sustentação de modo a que possamos elege-lo em 2016 para a Diretoria de Seguridade da PREVI.

Também inicialmente tinha pensado em desfiliação, mas à vista do que acima coloquei, cerrarei fileiras dentro daquela Entidade, procurando, nas épocas próprias, além de votar, também conclamar outros colegas a faze-lo.

Será para todos nos verdadeiro orgulho ter o Dr. Medeiros envolvido direta e oficialmente nos assuntos que nos dizem respeito.

Sei da Lei da Mordaça e outras mais, mas o Dr. Medeiros, por sua reconhecida sabedoria haverá de trabalhar da melhor forma em nosso favor.

Longa vida e boa saúde ao ilustre mestre.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:



Todos sabemos que o PAÍS DO SOL NASCENTE, é CAMPEÃO MUNDIAL EM ROBÓTICA. Sabemos que BOLAM INOVAÇÕES QUE ATÉ DEUS DUVIDA! INVENTAM TUDO! NÃO DUVIDEM, FAZEM ATÉ GENTE! Pela FALTA DE SENSIBILIDADE e SOLIDARIEDADE, acho que ALGUM ROBÔ, programado para EXTERMINAR, FOI INSERIDO EM NOSSO MEIO!

Anônimo disse...

Anônimo 09:40 hs., o último presidente da PREVI que mandava alguma coisa foi o Sérgio Rosas, do tempo do Lula.

Ademar disse...

Sr. Medeiros,

Para Diretor de Seguridade da Previ, conte comigo, o voto será seu.

Marco Antonio disse...

Caro Medeiros, sua eleição para cargo na anabb lhe trará alguma incompatibilidade para exercer posto diretivo na Previ? A pergunta não quer calar. Acima de tudo, desejo-lhe pronta superação dessa fase de enfrentamento de problemas de saúde, que é o que mais importa.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Pq adiaram o depoimento do japonês? Não deu tempo de decorar o "improviso"? Ou não deu tempo de decorar as respostas das perguntas feitas com antecedência no famoso me engana que eu gosto?

Coitado do jovem samurai! Finalmente terá que trabalhar...
O bônus ficará pequeno na hora que pegar pela frente parlamentares da oposição (se é que existe).

Vai responder em mandarim para ficar mais inteligível

Anônimo disse...

Marco Antônio (10:33)

Considerando o fato de a Sra. Cecília Garcez ser Conselheira Deliberativa da ANABB e Diretora de Administração da PREVI, acredito não haver qualquer incompatibilidade.

Anônimo disse...

Mestre Medeiros, informe-nos o horário do depoimento do Presidente Gueitiro na CPI, e se será transmitido pela tv câmara.

Unknown disse...


Dr. Medeiros,

O Sr. eh um homem de bem. Um ser humano digno e que merece admiração.
Sou honesto, sincero e franco quando falo de pessoas que merecem e fazem por isto. O Sr. tem o meu voto e minha disposição de trabalhar para elegê-lo. Serás vitorioso. Tenho certeza.


Anônimo disse...

Dr Medeiros, o ES 13, tem viabilidade de sair em 2015 e não só em 2016?
Para quem está tomando empréstimos à juros mais altos , esse empréstimo seria um alívio, o Sr.Marcel não poderia agilizar essa proposta, feita por ele mesmo.

Edsomn disse...

Aos associados da Previ

O que estamos vendo no Brasil hoje é uma ganancia o fundo de pensão dos Funcionários do Banco do Brasil se transformou em pura arrecadação dos nossos proventos, dramática é a situação de muitos colegas aposentados ex trabalhadores do Banco do Brasil, claro que houve muitos gastos dos aposentados. Mas não podemos esquecer que ora pra outra mudaram as regras e com aumento dos juros ficou ainda pior, hoje não existe uma solução, muito difícil para um idoso até pra arrumar um biscate é difícil e por outro lado não se vê interesse da parte da Previ em amenizar esses sofrimentos de vários colegas. A cada trimestre o lucro do Banco do Brasil é fabuloso e um pontinho de aumento da bolsa os diretores dão pulos de alegria. Nós aposentados não recebemos regalias o que recebemos é fruto do nosso trabalho quando muitos entram com ação contra a previ de todo tipo é que bateu o dessispero e na maioria das vezes dá em nada porque para isso a Previ é forte.