VERSÃO DA ASSOCIADA CECÍLIA ESTIVALLET

terça-feira, 4 de agosto de 2015

O jogo democrático obriga essas coisas. Publico uma versão, acolho direito de resposta, e imediatamente surgem pedidos para que divulgue outras posições que circularam nas redes sociais. Acho que é um debate saudável, mas repito que foge aos objetivos que tracei para o blog, que imaginei sendo um instrumento meramente informativo e opinativo de minha parte, dando um pouco de dimensão e moderada liberdade aos comentários dos seguidores.


Como convivo bem com a divergência de idéias, ao contrário de alguns , vou publicar hoje uma versão de nossa associada Cecília Estivallet, atuante colega pertencente ao MSU, sobre a palestra do Sergio Riede a respeito da Cassi, proferida no auditório da Afabb Rs, para apreciação de vocês.

E por último, encerrando definitivamente o assunto, vou publicar o manifesto do conselho de usuários a respeito da sustentabilidade da CASSI. Trata se de um manifesto enérgico e que veio se somar a outros posicionamentos, como da FAABB e da AAFBB. Merece ser lido. Peço a compreensão de todos. Os assuntos que nos interessam na Previ continuam sendo acompanhados e este mês, com certeza, teremos novidades. 

A versão da Cecilia é a seguinte:

Amigos,

Participei hoje de um encontro na AFABB com o Sérgio Riede.
Presentes estavam representantes de diversas associações e conselho de usuários.

Ele discorreu demoradamente sobre as negociações que vem
ocorrendo com o BB, sobre a evolução das propostas e sobre a "união" total até o momento entre as diversas representações assim como a CONTRAF e CONLUTAS (que, segundo palavras dele, apesar de historicamente serem discordantes entre si, neste caso estão afinadas na mesma posição)


Fez questão de frisar que até o momento há uniformidade de posicionamento e que ao final de cada reunião com o BB, ele, Sérgio Riede, ficou responsável pela emissão de um único relato aos associados com assinatura de todos os participantes. 

Dispensou a exibição das lâminas de apresentação (as que traziam números, etc) e disse que serão disponibilizadas a quem desejar por email. Ao final da reunião, contestei a não apresentação das mesmas (apesar de achar que elas não seriam suficientes para explicar muita coisa) 

Acho que o que não é visualizado e não gravado pode ser "manipulado" em qualquer discurso.

Ele entende que houveram avanços e que pelo menos agora o BB "aceita" incluir a "possibilidade" de rateio de eventuais futuros déficits bem como melhorou alguns itens.

Pelo público presente foram feitas sugestões para negociações. Uma foi propor ao BB contribuir "mais parceladamente" para reduzir o déficit em conjunto com medidas a serem adotadas para incrementar os controles, processos e as despesas da CASSI, já que estão prevendo uma economia em torno de R$ 900 MI só com as alterações propostas para sanear a CASSI.

Foi proposto que, se aceitamos a proposta, o presidente da CASSI seja indicado pelo corpo social e não mais pelo BB.

Foram apontados pelos presentes inúmeras questões que prejudicaram e prejudicam a CASSI com relação a uso que fazemos dela e sobre eventual reajuste nas contribuições.

Medeiros se declarou inconformado pelo BB deixar chegar a este ponto crítico para então nos deixar em posição acuada para negociar (descredenciamentos, etc) e segundo ele, aproveitando do momento para tirar vantagem na questão da retirada de patrocínio, trazendo grande benefício para ele BB. Solicitou a ANABB tenha “FIRMEZA” na negociação com o BB.

Falando em meu nome, questionei os números e a transparência dos mesmos tanto para os associados quanto para os negociadores. Eu disse que não entendo "como" alguém pode negociar alguma coisa sem ter os números reais na frente, ainda mais quando visivelmente há falta de gestão competente. 

Ele admite que até o momento os únicos números que eles tem são dos balanços da CASSI disponíveis no site dela, outros números "garimpados" na internet e projeções em cima destes. Que obviamente seria bem melhor se tivessem os números mais abertos e detalhados, mas que com o que eles apuraram já consideram suficientes para continuarem a negociação. Que parar a negociação e aguardar uma consultoria/auditoria será altamente prejudicial porque o tempo está contra nós com relação as reservas da CASSI. Caso acabem, nada obriga o BB a aportar mais valores e portanto o atendimento ficará muito prejudicado. Afirma que o BB autorizou, caso os negociadores entendam necessário ou não confiem nos números apresentados que podem realizar uma consultoria ou auditoria.

Fez questão de valorizar as propostas dos eleitos deixando a das das associações como se fossem de segundo plano.

Ao final da reunião, que durou mais uma hora além do previsto e com a platéia já bem reduzida, ele continuou falando bastante e disse que não devemos "descartar" a questão da retirada de patrocínio, DESDE QUE FIQUE BEM AMARRADO A PARTICIPAÇÃO DO BB EM FUTUROS DÉFICITS PORQUE HOJE NADA O OBRIGA A FAZER APORTES EXTRAORDINÁRIOS além dos 4,5% de sua responsabilidade. 

Amigos, me desculpem se eu estiver errada, acho que o Riede está preparando o nosso "espírito" e a nossa "cama" e embora negue, acho que aproveita p/angariar proveito em período pré eleitoral. Não confio nele.


Bom, o relato é sucinto e espero ter bem retratado o que foi falado. 


Cecília Estivallet

25 comentários:

Anônimo disse...

Muito clara e honesta a versão da Cecilia. A opinião dela merece ser respeitada também.

Anônimo disse...

Seria interessante que uma palestra assim fosse gravada e transmitida pela ANABB. Acabariam as dúvidas. Será que a ANABB não gravou ?

Anônimo disse...

VOU REPETIR: FAÇAM UMA ANALISE DE TUDO QUE A ANABB TOMOU A FRENTE PRA NEGOCIAR, SE NÓS PERDEMOS OU GANHAMOS ATÉ HOJE ???

João Lopes Rodrigues disse...

Infelizmente, sou obrigado a concordar com a autora: não confio nas palavras desse Sr. Como também desconfio do órgão o qual o mesmo representa. Motivos? A história recente está aí para provar.

Era isso!

Marcelino Maus disse...

D.D. Doutros Medeiros e Ari Zanella.

Antecipando as avalanches de DESinformações PeTralhas nas Eleições da ANABB e PREVI:

Favor ambos listarem CHAPAS e NOMES de Candidatos nos quais NÃO DEVEREMOS VOTAR, inclusive para fazermos campanha nas Agências do BB.

Me disponho a visitar as 40 Agências do BB no Sudoeste do PARANÁ para fazer campanha A FAVOR DO HONESTOS e em DEAFAVOR DOS PETRALHAS.

Vou replicar esse pedido no Face, onde já identifiquei PETRALHAS SEM TETO, BOLSA BLOGUEIROS... E, E, E, felizmente, ANTI-PETRALHAS comprometidos com a verdade e a salvação da PREVI e da CASSI.

Abraços do MAUS.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:

Já que os assuntos estão JUNTOS e MISTURADOS, e SEM QUALQUER CONOTAÇÃO POLÍTICO/PARTIDÁRIA, informo o que vi hoje no noticiário nacional.
Vão ser Instauradas DUAS CPIs: a do BNDES e a dos FUNDOS DE PENSÃO.
O PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, disse que NÃO QUERIA NINGUÉM do PT INTEGRANDO as COMISSÕES. O PT argumentou QUE NÃO ACEITARIA DE FORMA ALGUMA TAL SITUAÇÃO (certamente porque não poderia FAZER A PIZZA).
Dessa vez vou fazer a minha parte: VOU INFORMAR QUANTO GANHA o PRESIDENTE e DIRETORES da PREVI, os BÔNUS, suas ANTECIPAÇÕES, suas PARTICIPAÇÕES EM EMPRESAS, a aposentadoria do PESSOAL do BB-GULOSO, etc., etc.,
Não me ADMIRAREI se a PREVI, tendo em vista a NÊMESIS que dela se avizinha, nos conceda os MINGUADOS e CHORADOS 7%, como prova de sua ISONOMIA e MAGNANIMIDADE.
Já tenho comigo TRÊS amigos competentes, a fim de REDIGIRMOS para o PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, de forma SUCINTA e NÃO ENFADONHA, dizendo em pocas linhas, todo o nosso CALVÁRIO, principalmente de 2009, até HOJE.

Medeiros disse...

Sempre otimista, apesar de ser agosto, acho que este mes teremos as aguardadas e minguadas melhorias. Oremos.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Em 02.01.15, primeiro dia útil do ano, o ibovespa fechou em baixa de 2,99%, atingindo 48.512 pontos (*). Hoje, 04.08.15, houve baixa de 0,16% e ibovespa com 50.058 pontos. Em razão dessa variação pífia do ibovespa; o excesso de aplicações do “PB-1” em renda variável; a saída de pouco mais de 5.000 colegas no PAI-2015; e a farra decorrente das aposentadorias dos até hoje sem teto; pode-se inferir que haverá uma subida significativa das provisões matemáticas podendo, em consequência, a reserva de contingência atingir o menor patamar dos últimos anos.
(*) - http://www.infomoney.com.br/ibovespa/historico

Natal disse...

Caiado na presidência dos fundos de pensão. Vamos que vamos! Não devermos confiar nesta conversa mole deste senhor, nuuuuuunca!

Anônimo disse...

Manutenção dos 4,5% do BB, rateio do atual déficit entre os associados, saneamento da CASSI, desativação das CliniCassi ociosas e pronto; contas equilibradas. É difícil? Realmente, negociar sem conhecer as contas da CASSI, amarras para o BB cobrir eventuais déficits, etc., então não é melhor deixar do jeito que está? Muitas sutilezas, engodos...

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

A única melhoria que prevejo para agosto é o adiantamento de 50% do 13º a ser pago pelo INSS.

Do resto nada espero.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


O GOVERNO do RIO GRANDE DO SUL, está PARCELANDO em 03 (TRÊS) PARCELAS o SALÁRIO daquele que GANHAM ACIMA de R$ 2.150,00 (dois mil, cento e cinquenta reais). O Caro Mestre ACREDITA REALMENTE que TAL MEDIDA ATINGIRÁ DESEMBARGADORES, JUÍZES, PROMOTORES, FUNCIONÁRIOS do PRIMEIRO ESCALÃO e PRINCIPALMENTE os DEPUTADOS ESTADUAIS?

Anônimo disse...

Também compartilho a opinião da sra. Cecília.
Quando a conversa se alonga, sem os devidos dados e números expostos de maneira clara, é para desconfiar.
O que hoje está sendo utilizado como forma de pressão - Retirada de Patrocínio -, passada a turbulência deveria ser bem analisado no âmbito de Previ e também Cassi. Consideradas as intervenções do hoje patrocinador nas Caixas que não nos tem favorecido.

Anônimo disse...

Medeiros,
Quando a proposta de adiantamento de 7% será discutida no CD, já que houve empate na reunião em que foi discutida na Diretoria? Há chances de ser aprovada?

Marcelino Maus disse...

Eis o motivo da Notificação Judicial para a Retratação no blog amigo:
(resquícios das eleições de 2012?)
- chapa 1 da Cecília... 24.280 votos;
- chapa 6 do Marcel... 24.935 votos;
(os Retratados incluem-se na chapa 6).
Será que a Smarmatic participou dessa eleição?

http://www.anabb.org.br/mostraPagina.asp?codServico=4&codPagina=45979

João Lopes Rodrigues disse...

DESFILIAÇÃO DA ANABB

Srs!

Em consulta à Anabb acerca da desfiliação da mesma, se ainda assim continuaria participando da Ação Judicial Coletiva IR PREVI 1/3 (144606020104013400), recebi a resposta abaixo.

Como a Anabb NUNCA responde de forma clara aos questionamentos dos associados, aproveito o espaço aqui para indagar dos colegas advogados entendidos no assunto. Na sequência, estarei consultando o TRF1, onde se encontra a Ação.

Era isso!
-----------
Pergunta:
Srs! Acerca de sua resposta a minha mensagem nº 218340, desta data, favor esclarecer. Os senhores informam que a minha eventual desfiliação do quadro de associado da Anabb PODERÁ ocasionar a minha exclusão da Acão Coletiva IR Previ. Favor informar COM PRECISÃO, mediante consulta a seu órgão jurídico, se a situação se dará de fato. Aguardo.

Resposta:
Prezado João, em atenção ao seu contato informamos que nas ações coletivas movidas pela associação em favor de seus associados, ocorre o instituto substituição processual, que é a possibilidade legal extraordinária de que alguém pleiteie em nome próprio o direito de outrem em juízo. Essa previsão está contida no art. 5º, XXI da Constituição Federal "(.) as entidades associativas, quando expressamente autorizadas, têm legitimidade para representar seus FILIADOS judicial ou extrajudicialmente" e artigo 6º do CPC. Dessa forma, a ANABB possui legitimidade para representar seus ASSOCIADOS nas ações coletivas ajuizadas pela entidade. Assim, eventual pedido de desfiliação poderá excluir o ex-associado das demandas coletivas. Todavia, a decisão final para verificação da situação dos associados substituídos na ação caberá ao judiciário, dentro de cada processo e no momento oportuno de cada ação. A ANABB agradece o seu contato.

Atenciosamente, Leonardo Lopes Ferreira

Atendimento ao Associado
ANABB/VIREF

Anônimo disse...

Essa é para quem tem ação trabalhista: "Em decisão histórica proferida nesta terça-feira (4), o Tribunal Superior do Trabalho determinou que os créditos provenientes de ações trabalhistas sejam corrigidos de acordo com a inflação. Por entendimento unânime, o plenário da corte considerou inconstitucional a aplicação da TR, valendo agora o IPCA-E." A notícia está no site da OAB, no endereço - http://www.oab.org.br/noticia/28619/atuacao-da-oab-garante-correcao-de-creditos-trabalhistas-pela-inflacao.

Anônimo disse...

Dr Medeiros, gostaria de saber como ficaria a responsabilidade do BB com os aposentados por acidente de trabalho no caso de uma possivel retirada de patrocínio da Cassi? E o meu caso.

José Humberto disse...

Medeiros, bom dia!
Estou com a Sra.Cecília; como é que uma instituição do porte da CASSI deixa de apresentar números que sustentem suas proposições?
Infelizmente, pelo que vem ocorrendo conosco nestes últimos tempos, desconfiar de tudo é o mínimo que podemos fazer!
José Humberto

Anônimo disse...

"acho que o Riede está preparando o nosso "espírito" e a nossa "cama". Na fala da colega não seria a palavra "CAIXÃO" mais adequada no lugar da palavra "cama"?!?!?

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Enquanto o Sr. e o Professor ZANELLA têm SEGUIDORES, alguns OUTROS têm PERSEGUIDORES (CPI NELES)

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
A nossa adesao à CASSI fez parte do nosso contrato de trabalho. Dessa forma, o BB NUNCA poderá retirar-se de sua responsabilidade para conosco. Se fosse em um país de 6. mundo, poderia até ser. Mas, segundo, muitos politicos e juristas, vivemos em um estado democratico de direito, o BB não pode fazer o que ele quer, porque PODEMOS E DEVEMOS recorrer ao Judiciário, para coibir a perpetração dessa ilegalidade. MANDADO DE SEGURANÇA PREVENTIVO JÁ////////// NAO PASSARAO ////////

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
Parabéns à colega Cecilia Estivallet pelas suas colocaçoes, É bom que o numero de colegas conscientes está aumentando.SE o BB QUISESSE DAR-NOS OS $5,8 BI MAIS OS $ 7,5 BI TIRADOS ATRAVÉS DA RES. 026, ACHO QUE poderiamos ESTUDAR... cASO CONTRARIO, nao passarao/////////

Anônimo disse...

serah q ainda existe func do BB,em especial,aposentados, q ainda confia cegamente na PREVI e no BB?fundos de pensao sao "fileh mignon" no mundo inteiro, ficariam ilesos num pais como o Brasil??????????tah bom..........

Anônimo disse...

Ola,
Meu marido ficou doente dentro do banco, foi muito humilhado por todoa e eu jamais deixaria passar em branco o caso cassi. Obviamente que irei ao judiciario.
Luci