COLORIU AGOSTO !

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Agosto  coloriu  ontem.  O Internacional venceu o Independiente no Beira Rio e conquistou a  RECOPA. Bi campeão.  Nem tudo foi desgosto em agosto.

Meu neto Miguel.



Esqueci as decepções impostas pelos dirigentes insensíveis da Previ e do BB por alguns instantes e festejei alegremente a vitória do Colorado.

Meu otimismo retornou.  Tudo vai melhorar.  A FAABB ontem mesmo tomou as providencias necessárias para ingressar como amicus curiae no processo da cesta alimentação.  O dr. Gustavo Coimbra, que postou interessante comentário ontem no blog, vai trabalhar no final de semana e possivelmente na segunda feira já faça o ajuizamento da medida, procurando fulminar ou anular a interveniencia da PREVIC.

Espero que a ADI já tenha entrado ou que isso ocorra , mais tardar, hoje.  E´ preciso que o Sasseron e a Claudia larguem a cola do advogado. Em vez de agilizar, será que isso não está segurando o ajuizamento ?  Ou é coisa da Contraf/ Cut ?

Quanto ao ES não fiquem angustiados.  Ele vai ser melhorado em setembro, como ocorreu no ano passado.  Continuem fazendo pressão.  Tem eleição na ANABB. O edital vai sair agora no dia 1 de setembro. Willian e Romildo, conselheiros da Previ, são candidatos.  Tem interesse no assunto. Encaminhem emails para eles também.  São coniventes com o atual estado de coisas pois participam da gestão do nosso fundo de pensão.

Semana que vem vou explicar para voces porque a comunicação da PREVI é tão precária, tão carente e tão insensível com as ansiedades de notícias dos participantes. Recebi material a respeito e vou divulga-lo. Voces vão ficar por dentro dos meandros do sistema de previdência complementar atualmente, que deixou de ser transparente por receio de perder questões judiciais. Aguardem.

Como refresco olhem que coisa mais linda o meu neto Miguel, de mão com o INDIO, entrando no gramado do Beira Rio no domingo, quando aconteceu o jogo com o Flamengo.  Miguel pediu um gol para o Indio e levou.  Neto pé quente !

DELENDA CARTHAGO - NADA COMO UM SORRISO DE CRIANÇA PARA NOS DAR ESPERANÇA.

55 comentários:

HELENO PINTO NOBRE disse...

PARABÉNS A TODOS OS COLORADOS ; TÍTULO MERECIDO.

SEGUNDO TITULO DA RECOPA SULAMERICANA. DEMONSTRA QUE O CLUBE TEM ADMINISTRAÇÃO .

SURGEM AS CRISES E RAPIDAMENTE SÃO RESOLVIDOS COM RESULTADOS POSITIVOS. PENA QUE O PESSOAL DA AZENHA NÃO CONSEGUE APRENDER; E PARECE QUE PERDERAM O RUMO. TROCA UM TROCA O OUTRO E A COISA NÃO ANDA.

SOMENTE TOMANDO BOLA NAS COSTAS; O VICTOR ESTÁ NUMA FASE RUIM O MARCELO QUE O SUBSTITUIU SE OUVE MUITO BEM; E QUEM COLOCA O VICTOR PARA JOGAR VEM SOMENTE PELO NOME E O TIME AFUNDA CADA VEZ MAIS. SERÁ QUE VALE A PENA MANTER O VICTOR E CAIR PARA A SEGUNDONA. QUE FALTA DE SENSIBILIDADE; SERÁ QUE O GOLEIRO COMPROU A POSIÇÃO.?

O TIME DO GREMIO ESTÁ QUE NEM OS APOSENTADOS ; NÃO GANHAMOS UMA.
ASSIM NÃO DÁ PARA CONTINUAR. HPN; MATRIC. 3984740-3 ; E OS COLORADOS EMPILHANDO TÍTULOS E TAÇAS EM SUA SEDE .

ATÉ QUANDO ? A FASE ESTA MUITO FEIA .

Anônimo disse...

Dr Medeiros,

Parabéns a todos nós, colorados...e brasileiros. Melhor ainda pra cima dos argentinos...
Um abraço ao Miguel..e diga a ele que aqui em casa todos são fanáticos do Inter.

Janone.

Anônimo disse...

PREZADO DR.MEDEIROS,

DÚVIDA:

Quanto ao nosso PROTESTO DE RESSALVA DE DIREITOS(AÇÃO CAUTELAR).

Para dar continuidade não teríamos que cumprir o prazo cfe.CPC transcrito abaixo:

"Art. 806. Cabe à parte propor a ação, no prazo de 30 (trinta) dias, contados da data da efetivação da medida cautelar, quando esta for concedida em procedimento preparatório."

Abs.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, qual o e-mail do Romildo e do William.Queremos ES 150/150.Já.

Antonio Fuzinelli disse...

Se a equipe da PREVI e demais entidades que se dizem defensoras dos aposentados tivesse a qualidade e a raça do INTER seria só alegria. Parabens aos Colorados.
Antonio Fuzinelli
Arapongas PR

Anônimo disse...

E ai Medeiros, você disse que estava pensando em concorrer para as eleições na ANABB? Pense com carinho, pois precisamos de alguém de confiança lá, alguém que não se curve diante dos interesses do BB. Celio Vilela

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Se o senhor se canditar às eleições da ANABB, conte com certeza com meu voto a partir de agora.
Por favor, responda ao meu email a respeito da petição da Previc, com relação à Cesta Alimentação. Obrigado.
Celso Bernardes
FORMIGA/MG

Anônimo disse...

William Bento

Só voto em você, se mim provares que lutas pelo aumento do empréstimo simples 150/150, e se conseguires!!!!
Um abraço
Sei que você está antenado aqui.
Sei que você irá ler esta mensagem.
Celso Bernardes
FORMIGA/MG

Anônimo disse...

Dr.Medeiros, parabéns pelo neto lindão, é uma alegria muito grande, curtir nossas crianças.

Dr. Medeiros, nos informe as articulações da Previ nos privando do alivio que necessitamos com o novo realinhamento do ES, porque demoram tanto, estamos perdendo o sono, não dá prá não viver estressado com essa expectativa,não queria demonstrar ansiedade,mais estou no limite de um enfarte ou avc, com a angustia dessa falta de noticias a respeito do ES, e que venha pelo menos os 150/150, para podermos respirar um pouco, quem não apoiar essa luta não vai ter voto nenhum das pensionistas.

Anônimo disse...

WILLIAN BENTO

Contamos com seu apoio na pressão com a Previ para os 150/150, tão aguardado por todos.

Anônimo disse...

Sasseron, William Bento, Faabb,Anabb, quanta enrolação, de efetivo mesmo só o minguado betinho à conta gotas, quanta injustiça e podridrão.
O ES. 150/150 é bom para voces também, já se esqueceram de tudo que prometeram e não cumpriram, anunciem o ES para começo de setembro, façam alguma coisa que justifique os fartos salários que recebem.

Anônimo disse...

O ES ser melhorado em setembro nao é a questao principal, o problema esta em qual vai sera melhoria Medeiros?
Isto que nos deixa apreensivos.

Sergio Leite

Anônimo disse...

ESPERO QUE ANUNCIEM LOGO A ADIN FOI AJUIZADA E QUE O ES VIRA MESMO EM SETEMBRO, PELO MENOS ALGUMA COISA RAZOAVELMENTE BOA PARA ESTE FIM DE ANO, POIS O RESTO FOI SOMENTE CONVERSA FIADA.
QUE VENHA DE UMA VEZ UM ES MELHORADO QUE NOS TIRE UM POUCO A CORDA DO NOSSO PESCOÇO.

VALDOMIRO OLIVEIRA

Anônimo disse...

Medeiros, para voce ver mesmo como sao as coisas, estive conversando com meu gerente de conta, comentando sobre melhorias no ES da Previ, dizendo que se melhorassem mesmo para 150 x 150 daria para quitar algumas dividas que vem rolando ha um bom tempo e etc...
Sabe o que ele respondeu:
"Voce acredita em Papai Noel?"
Referindo-se ao limite e prazo de 150 X 150

é brincadeira Medeiros, que balde de agua fria recebi na agencia.
Começo a pensar que esta melhora no ES vai ser mesmo insuficiente para melhorar a coisa.
Se for deste jeito, nao precisam nem esperar ate setembro, ja anunciem de uma vez para nao criar falsas expectativas.
Tambem estes colegas da ativa gostam de ser sempre negativos conosco.

Mauro Silva (de Florianopolis)

Anônimo disse...

Pelo aniversario do seu blog Medeiros, deixo antecipadamente a minha homenagem a sua pessoa guerreira e zelosa.
Tambem aos nossos aposentados e pensionistas que sao herois neste combate diario por melhores dias.

Não chores, meu filho
Não chores, que a vida
É luta renhida:
Viver é lutar.
A vida é combate,
Que aos fracos abate,
Que os fortes, os bravos
Só pode exaltar."( Gonçalves Dias.)

Sejamos sempre fortes e bravos!

Abraço Dilson

Anônimo disse...

Para consultar os processos de ADI no STF:

http://www.stf.jus.br/portal/peticaoInicial/pesquisarPeticaoInicial.asp

Base: selecione "ADI";
Termo de busca: digite AÇÃO (todas contém esta palavra);
Clique em PESQUISAR.

Última ADI que consta: 4643, de 25/08/2011 (ainda não é a nossa).

krystal disse...

Dr. Medeiros,
Meus parabéns pelo aniversário de seu blog e pelo seu netinho lindo!

Voltando ao assunto, essa atitude da PREVIC é de amargar. Achamos, equivocamente, que a nossa luta de classes cessa com a aposentadoria. Ledo engano.

Tudo o que queremos é um pouquinho da mais-valia, que representa (o que queremos desta) só um pouquinho daquilo que nos pertence de fato.

Uma pergunta que não quer calar: se a PREVI sobreviveu várias décadas sem ela (a PREVIC), por que precisamos dela agora? Ela é, realmente, útil pra nós? Ela, de fato, fiscaliza tudo e principalmente, o mais importante?
O pior de tudo é que pagamos um dinheirão para a PREVIC aplicar golpes em nós.

Quanto ao fato de não ter havido contribuição para a Cesta-alimentação, uma juíza já se pronunciou sobre isso. O problema é do patrocinador que não recolheu as devidas contribuições para a Cesta.

Anônimo disse...

NADA DE ADIN, NADA DE ES,

Acorda! Previ, os velhos estão ligados na internet e as coisas, aqui se espalham, que nem fogo em palha, se liguem parem de nos fazer sofrer, aprovem logo nosso ES 150/150,quando precisarem do nosso apoio, vamos lembrar dos que não lutam em nada por nós.

valdemar flavio fagundes disse...

Caro Medeiros,

Quando da mudança do estatuto da PREVI, em 1997, fizemos um protesto Judicial,liderados por ti. Naquele processo ficou garantido os mesmos direitos dos ativos e inativos. Então, se perdemos a cesta alimentação no STJ, que é bem provável. CONSULTO; NÃO É O CASO DE ENTRARMOS CONTRA O B BRASIL?
VALDEMAR FLAVIO FAGUNDES

Anônimo disse...

Colegas,

Campanha Salarial 2011 - 22/08/2011

Contec entrega pauta de reivindicações do BB

A representação da Contec entregou na quarta-feira (17/08) a pauta de reivindicações dos funcionários do Banco do Brasil. O documento, que foi entregue ao diretor de Relações com Funcionários do BB(DIREF), Carlos Eduardo Leal Neri, reivindica uma série de ações para melhoria das condições de trabalho dos funcionários.
Entre as medidas solicitadas estão: a incorporação dos 15 minutos de descanso à jornada normal de trabalho; o piso salarial do DIEESE; o pagamento do tíquete alimentação para funcionários afastados em licença de saúde; plano de saúde na aposentadoria para os funcionários egressos do BNC e ainda a recuperação do poder de compra retroativo a setembro de 1994, além do fim do assédio moral, fim da terceirização dos serviços bancários e mais contratações.
O vice-presidente de Relações Institucionais da ANABB, Nilton Brunelli, participou dos debates.
O Diretor Neri informou que foi aprovado a celebração de Convênio de Reciprocidade para atendimento dos funcionários egressos do BESC e que o Banco deverá apresentar proposta para solução das questões relativas aos Planos de Saúde e Previdenciário para os funcionários egressos dos bancos incorporados. Acrescentou ainda que o SESMT foi aprovado ontem e o banco irá realizar concurso em breve, para preenchimento das vagas.
Foi agendada para o próximo dia 26 (sexta-feira), a primeira reunião de negociação. O encontro acontecerá às 10h, em Brasília.

Fonte: site da ANABB

Anônimo disse...

Colega Medeiros, tudo otimo que o ES venha em setembro, mas pergunto:
A Previ vai mesmo conceder algo melhor que os 125 mil X 100 meses que muitos anunciaram?
Sera que ELES tem estudado os 150 mil X 150 parcelas que seria o ideal para nos aliviar o nosso financeiro?
o que o colega pensa com sua larga experiencia que podemos aguardar?
Esta sem sombra de duvidas é a preocupaçao de muitos colegas e das pensionistas entao nem se fala!!!

Guilherme

J disse...

Prezado Dr.Medeiros e companheiros,

Acaba de ser ajuizada nossa ADI

ADI 4644

Ministro Relator: Celso Melo

Endereço para acessar:

http://redir.stf.jus.br/estfvisualizadorpub/jsp/consultarprocessoeletronico/ConsultarProcessoEletronico.jsf?seqobjetoincidente=4131503

krystal disse...

Em tempo: quanto à linguagem empregada em minha mensagem acima, que os colegas não se assustem, pois não sou marxista...:-). Deus nos livre!
Não fiz Economia, exceto um curso rápido proporcionado pelo BB, muito interessante, por sinal, apesar de difícil. Qualquer faculdade de Economia ensina a teoria do famoso Karl aos alunos e, nem tudo o que ele diz é inverdade.

Anônimo disse...

Prezados colegas e nobre Medeiros, qual o prazo médio de tramitação de uma ADI ?
A justiça é morosa demais e se for demorar 20 anos talvez alguns de nós nem estaremos vivos.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros; O momento atual esta trazendo a Previ o raciocinio justo da correlacao prestacao/beneficio. Eh o caso da cesta, onde eles alegam nao terem sido objeto de recolhimento. Em raciocinio inverso eles deverao pagar BET para os P 220 e ate Renda Certa, autopatrocinados .... Saude. Mario

João Rossi Neto disse...

Enfim, aconteceu, à ADI foi ajuizada em 23 deste. Falta disponibilizar o número do processo e o inteiro teor da petição. Vamos correr atrás do ES.Um problema resolvido.



Contraf-CUT e Anapar questionam constitucionalidade da Resolução CGPC 26
A Anapar e a Contraf-CUT ajuizaram, no dia 23 de agosto, Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) no Supremo Tribunal Federal, para questionar a legalidade dos artigos da Resolução CGPC 26/2008 que prevêem a reversão de valores da reserva especial dos planos de benefícios para os patrocinadores e participantes e assistidos.

A tese central levantada pela medida judicial é que a Resolução 26, uma norma infralegal, não poderia ter criado uma destinação - devolver valores das reservas dos planos de benefícios aos patrocinadores e participantes - que não foi prevista na legislação. A Lei Complementar 109, ao tratar da destinação do superávit, determina que se contabilize uma reserva especial correspondente a 25% da reserva matemática do plano e que o excedente a este valor seja contabilizado numa reserva especial para revisão do plano. Determina ainda que a reserva especial seja utilizada para rever o plano de benefícios e se esta revisão implicar em redução ou suspensão de contribuições deve-se obedecer a proporção em que as contribuições forem feitas. Assim, tanto patrocinador como participante têm garantida a redução ou suspensão das contribuições. Mas não a devolução de valores.

Anapar e Contraf-CUT mostram e defendem que a revisão do plano de benefícios, quando houver superávit e reserva especial, deve contemplar a revisão das contribuições previstas no plano de custeio, a revisão de premissas atuariais tais como taxa de juros e tábua de mortalidade, ou a revisão de benefícios para adequá-los ao valor das reservas existentes. Ou seja, os excedentes devem ser utilizados para deixar de recolher contribuições, tornar o plano mais seguro ou pagar benefícios mais adequados aos participantes. Não pode haver a subtração e devolução de valores aos patrocinadores e participantes, sob pena de provocar desequilíbrios e déficits futuros, principalmente em momentos de crise econômica e perda de valor de ativos como os ocorridos em 2008 e que se verificam atualmente, com a crise da dívida européia. A previdência complementar deve cobrir complementos de aposentadoria por toda a vida, e a retirada indevida de valores pode comprometer a sua perenidade.

Se a devolução de valores for declarada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, as reversões de valores não poderão ser feitas pelos fundos de pensão, por serem ilegais. Ficaria consolidada a previsão de que recursos de um plano de previdência só podem ser utilizados para pagamento de benefícios.

Anapar luta contra a Resolução 26 desde antes de sua edição

A Anapar luta contra a devolução de reservas aos patrocinadores desde quando a Resolução 26 estava sendo elaborada pelo Governo e pela então Secretaria da Previdência Complementar. Dentro do próprio Conselho de Gestão da Previdência Complementar a Anapar combateu a edição da norma, que foi aprovada à sua revelia. Logo depois da publicação, a entidade entrou com processos contra a União e o Ministro da Previdência Social, questionando a devolução de valores. Várias outras entidades de classe - sindicatos, associações de aposentados e de participantes - têm lutado contra a medida, sem obter sucesso até o momento.

Acompanhe o andamento do processo pelo site da Anapar (www.anapar.com.br) e aproveite para se filiar a entidade e apoiar esta luta.

Fonte: Anapar ▪ Últimas Notícias

Anônimo disse...

BEM, AGORA SO FALTA ANUNCIAREM CONCRETAMENTE A MELHORIA NO ES.
VAMOS QUE VAMOS MEDEIRÄO !!!

Anônimo disse...

Quero ver no site da Previ se vao dar destaque a ADI.
E em tempo anunciar de uma vez por todas as melhorias no ES, ja deu de filme de suspense, né Mdeiros!!!

Anônimo disse...

A ADI foi ajuizada!!!!!!!!!!!!!!!
Que maravilha! Finalmente, surge uma luz no fim do túnel! Vamos ver, agora, como se comporta nosso judiciário nesse país da impunidade. Que nosso dinheiro seja devolvido o mais rápido possível!!!!!

Anônimo disse...

So esta agora faltando uma noticia boa para o ES, pelo menos dá para ficar mais otimista Medeiros.

Medeiros disse...

Caros colegas,

Estão vendo como o otimismo funciona. Hoje eu estava com palpite bom, depois da vitória do Colorado ontem no final do jogo por pênalti. Uma raridade em jogos com os argentinos.

Já tinha a notícia e até havia comentado no blog ontem, mas o número do protocolo não aparecia.

Certamente largaram a cola do advogado.

Estou curioso para ver a tal efetividade da medida, melhorada após a reunião do dia 8.

Infelizmente, sou otimista mas desconfiado. Os últimos acontecimentos justificam.

Vamos agora em cima do ES.

Vamos que vamos.

Medeiros disse...

Antes que perguntem, é claro que acima me refiro à ADI ou ADIN, como queiram.

Vamos que vamos.

Anônimo disse...

Bom Medeiros, agora o Sasseron que largue de correr na cola do advogado e de atençao necessaria para o ES, ja é fim de agosto, esta no hora pelo menos de noticiarem que o novo ES vai sair em breve, vamos que vamos mesmo !!!

Paulo Borba

Anônimo disse...

Vamos que vamos, Dr Medeiros, ES 150x150

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Você é mesmo "o cara" e seu blog tá bombando.
Que tal fazermos o "beijaço" todos vestidos com a camisa do GRÊMIO? Vai ser uma brasa mora?

Anônimo disse...

Pois é,Medeiros, agora a meta é o ES, a Previ podia fazer um pacote destaque no site, anunciar noticias boas sobre a ADI e o ES, dave uma melhorada na imagem deles nao é?az um tempinho que tao queimando o filme como diz o meu neto.

Viana

Medeiros disse...

Quero esclarecer que sou colorado mas não sou radical, torço pelo Gremio nas partidas internacionais. Para protestar vamos com tudo.

Anônimo disse...

ADIN, AGORA É REZAR E ACREDITAR NA JUSTIÇA.

Anônimo disse...

Medeiros, so voce mesmo para animar a turma.
Meus respeitos tambem ao colega Rossi, grande figura humana na defesa dos nossos interesses.
ES ja!! Vamos que vamos !!

Guilherme

Anônimo disse...

Contraf-CUT e Anapar questionam constitucionalidade da Resolução CGPC 26

A Anapar e a Contraf-CUT ajuizaram, no dia 23 de agosto, Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) no Supremo Tribunal Federal, para questionar a legalidade dos artigos da Resolução CGPC 26/2008 que prevêem a reversão de valores da reserva especial dos planos de benefícios para os patrocinadores e participantes e assistidos.

A tese central levantada pela medida judicial é que a Resolução 26, uma norma infralegal, não poderia ter criado uma destinação - devolver valores das reservas dos planos de benefícios aos patrocinadores e participantes - que não foi prevista na legislação. A Lei Complementar 109, ao tratar da destinação do superávit, determina que se contabilize uma reserva especial (correção: uma reserva de contingência) correspondente a 25% da reserva matemática do plano e que o excedente a este valor seja contabilizado numa reserva especial para revisão do plano. Determina ainda que a reserva especial seja utilizada para rever o plano de benefícios e se esta revisão implicar em redução ou suspensão de contribuições deve-se obedecer a proporção em que as contribuições forem feitas. Assim, tanto patrocinador como participante têm garantida a redução ou suspensão das contribuições. Mas não a devolução de valores.

Anapar e Contraf-CUT mostram e defendem que a revisão do plano de benefícios, quando houver superávit e reserva especial, deve contemplar a revisão das contribuições previstas no plano de custeio, a revisão de premissas atuariais tais como taxa de juros e tábua de mortalidade, ou a revisão de benefícios para adequá-los ao valor das reservas existentes. Ou seja, os excedentes devem ser utilizados para deixar de recolher contribuições, tornar o plano mais seguro ou pagar benefícios mais adequados aos participantes. Não pode haver a subtração e devolução de valores aos patrocinadores e participantes, sob pena de provocar desequilíbrios e déficits futuros, principalmente em momentos de crise econômica e perda de valor de ativos como os ocorridos em 2008 e que se verificam atualmente, com a crise da dívida européia. A previdência complementar deve cobrir complementos de aposentadoria por toda a vida, e a retirada indevida de valores pode comprometer a sua perenidade.

Se a devolução de valores for declarada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, as reversões de valores não poderão ser feitas pelos fundos de pensão, por serem ilegais. Ficaria consolidada a previsão de que recursos de um plano de previdência só podem ser utilizados para pagamento de benefícios.

Anapar luta contra a Resolução 26 desde antes de sua edição

A Anapar luta contra a devolução de reservas aos patrocinadores desde quando a Resolução 26 estava sendo elaborada pelo Governo e pela então Secretaria da Previdência Complementar. Dentro do próprio Conselho de Gestão da Previdência Complementar a Anapar combateu a edição da norma, que foi aprovada à sua revelia. Logo depois da publicação, a entidade entrou com processos contra a União e o Ministro da Previdência Social, questionando a devolução de valores. Várias outras entidades de classe - sindicatos, associações de aposentados e de participantes - têm lutado contra a medida, sem obter sucesso até o momento.

Acompanhe o andamento do processo pelo site da Anapar (www.anapar.com.br) e aproveite para se filiar a entidade e apoiar esta luta.


Fonte: Site da CONTRAF-CUT

Pensionista disse...

Dr Medeiros, tem gente nova no blog que não sabe o que significa o ADIN. Daria para o senhor fazer um resumo? Ficaria agradecida, pois fiquei viuva há pouco tempo. Muito obrigada.

João Rossi Neto disse...

Colegas,

TUDO PODE ACONTECER!

Após toques e retoques, foi efetivado o ajuizamento da Petição da ADI, no STF, em 23 deste. O documento é um calhamaço de 55 (cinquenta e cinco) páginas e não tem nada de excepcional, relata os fatos e, ao final, postula a suspensão dos efeitos dos artigos 20 e 25, englobando os incisos e parágrafos. Tais artigos estão consubstanciados na Resolução 26/2008. A propósito, a inicial já consta, na íntegra, no site da Suprema Corte.
Pelo que inferi se deferido o pleito, o artigo 20 caindo ele leva de roldão os artigos 15 e 16 -- a parte da Proporção Contributiva desaparece -- da dita Resolução, enquanto que a eliminação do artigo 25, também da 26/2008, automaticamente, sustaria a aplicação da Reversão de Valores aos Participantes e Assistidos e ao Patrocinador.
Salvo melhor interpretação, penso que ficou um furo de excepcional importância, no bojo da petição, quando não cogitou a suspensão com efeito retroativo à data da publicação da Resolução, de sorte que todos os atos praticados durante a sua vigência fossem anulados. Se houver esperteza, má fé e uma decisão que passe a vigorar a partir da data que for exarada, o BB pode ser isentado, isto, a meu ver, da devolução dos R$ 7.5 bilhões que estão depositados à sua ordem.
Lembro que alertamos para o efeito ex-Tunc (RETROATIVO) para neutralizar uma possível manobra, que pode ser legal, mas é imoral, em benefício do patrocinador, entretanto, o causídico preferiu omitir este aspecto. Espero que tenha razões plausíveis para isso e nem solicito qualquer tipo de explicação, uma vez que o momento é impróprio para revelar estratégias que estão em jogo. De qualquer maneira, tenho os meus receios e torço para que sejam infundados.

Anônimo disse...

ADI ajuizada;

então agora a luta e para a melhora do emprestimo simples;

mas não esqueçamos que temos de ir a luta no que se refere aos projetos abaixo;

como? pressionando os parlamentares das comissões para aprovação.

1.Voto minerva e outros:

PLP 140/2007 DO DEP.EUDES XAVIER PT-CE VOLTA A TRAMITAR PELAS COMISSÕES DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

2. refere-se à resolução 26:

Apresentação do Projeto de Decreto Legislativo n. 9/2011, pelo Deputado Eduardo Sciarra (DEM-PR), que: "Susta a aplicação do disposto nos arts. 11, 15, 16, 17, 18, 21, 22 e 25 e de parte do inciso III do art. 20 da Resolução CGPC nº 26, de 29 de setembro de 2008, do Conselho de Gestão da Previdência Complementar"

alguma dúvida?

podem ir no blog do juarez, que tem tudo explicado lá - um belo trabalho de pesquisa - link abaixo

http://www.previpb1emfoco.blogspot.com/

antonio barreto
Alagoinhas-bahia

Anônimo disse...

Resposta para Krystal das 15.21: Realmente, nós não precisamos da PREVIC, quem precisa é o governo petista para ter mais cargos a sua disposição para serem distribuidos aos seus apaniguados e corruptos.

ANTONIO OLIVAES disse...

Chimangos ou Maragatos. Federalistas ou Republicanos. Getulistas ou não. Brizolistas, partidários de Jango ou não. Meu Pai. “Seu” Augusto César Bandeira Olivaes, trabalhou na Prefeitura de Porto Alegre na época em que o Sr. Brizola era Prefeito. Meu pai era estudante de arquitetura e pelos meus cálculos, um pouco mais velho que o senhor Medeiros. Mas cheio de sonhos e, é claro, com os rompantes da juventude. Conheceu minha mãe na SOGIPA, ele, no remo, ela, Dona Leny Keil, lançadora de dardo, representando o nosso Rio Grande em competições nacionais. Mas isto não importa, é claro. Importa pra mim pois esta é a minha história. Pra concluir, meu pai, o Senhor Augusto, me dizia que o Senhor Brizola era um péssimo administrador, que criou condições desumanas e desfavoráveis aos servidores da Prefeitura e que não era unanimidade entre os servidores municipais. Bem, são só informações que embasam o que se segue.
Chimangos ou Maragatos. Federalistas ou Republicanos. Gremistas ou colorados. SOU GREMISTA assim com meu Pai e minha família. Doutor Medeiros, nestes meus 57 anos de vida JAMAIS usei ou usarei uma vestimenta com a cor vermelha. Sou Gaúcho e GREMISTA. Entendo e respeito sua alegria mas enfim... é seu blog. Estou me desfiliando do seu blog. Sigo como participante do protesto, mas definitivamente, estou fora de seu blog. Talvez fosse o caso de o senhor mudar o nome do blog para COLORADO DO SUL ou coisa que o valha. Bem sei que posso estar comprando uma briga mas creia Doutor Medeiros, .... ESTOU PRONTO!

WASHINGTON LOPES disse...

Doutor Medeiros,

O demonstrativo das contas do Plano1 ref. a junho foi disponibilizado pela PREVI e mostra que após impactar e fulminar as sobras de 2010 (cerca de 4 bilhões), as perdas em renda variável não atingiram as reservas para reversão de valores.
Por mais incrível que pareça (pelo menos para mim é), a reserva de contingência (25% das provisões matemáticas) não está mais intacta (faltam-lhe 700 milhões).
Isto é, preserva-se o valor a ser revertido em detrimento da reserva garantidora legal.

Quanto à ADI e em relação a um comentário acima (22:00 h), a petição, em sua página 54,parágrafo 10.4, já coloca que, impetrado o repasse, tornar-se impossível sua reversão futura.
E se a impugnação tivesse efeito retroativo (o que seria realmente justo), teríamos de devolver os 400% já recebidos (alguns colegas do benefício mínimo, até 1.500%)...

A propósito, Doutor, saberia informar o tempo médio para apreciação e resposta a um pedido de liminar no Supremo??

Anônimo disse...

DR.MEDEIROS,

Desculpe se minha preocupação for improcedente(sou leigo no assunto), mas lendo a Petição Inicial vejo que a sua data é de 23 de agosto de 2011.
Mas vejo que a maioria das procurações ao Advogado é datada de 24 de agosto de 2011.

Isso não pode ser MOTIVO de o JUIZ complicar?

Por favor, verifique e responda no Blog.

Abs.

Janone

Medeiros disse...

Prezada Janone,

Problemas com a procuração não inviabilizam nem complicamm o processo.

No máaximo pode ocasionar que o juiz abra prazo para o advogado regularizar o problema, como apresentar novas procurações.

O que é digno de se registrar é que o fato representa, no mínimo, um descuido e falta de revisão.

O Sasseron e a Claudia não viram isso ?

Anônimo disse...

Depende do dia em que de fato, a petição foi protocolada. 23 ou 24?

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,

Obrigado pela resposta....mas vamos combinar o seguinte:
O Correto seria "Prezado Janone, e não Prezada Janone".

Abs.
Janone

Medeiros disse...

Desculpe Janone, não vai se repetir. Por isso é bom uma foto .

krystal disse...

Colega das 23:13,

Eu acho um absurdo que o comando dessa autarquia seja dado a políticos que nada têm a ver com fundos de pensões; e ela é objeto de disputas políticas, não apenas pelo PT, mas também da base aliada do governo, PMDB, etc...E pagamos caro pela existência dela. Até R$ 2,2 milhões de taxa TAFIC. Veja esse link retirado do blog da Cecília:

http://ceciliagarcez.blogspot.com/2011/02/ingerencia-politica-na-previc.html

krystal disse...

Em tempo: não discuto política partidária. Sou a favor da PREVI e contra qualquer político ou governo que cause danos a PREVI seja de que partido for.

Anônimo disse...

Em suma: a PREVIC não está interessada na perenidade da PREVI por nossa causa, seus verdadeiros donos, mas, sim preocupada com seu próprio bolso, já que ela sobrevive as nossas custas. É necessário haver um bom dinheiro aprovisionado na PREVI para pagar os políticos que a comandam.

krystal disse...

Incrível a campanha salarial da Contec. Não há uma linha sequer sobre a Previ na pauta de reivindicações da Contec.....