INFORMAÇÃO E CENSURA

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Querem saber como faço para colher informações quentes e abastecer o blog, o que tem irritado alguns dirigentes e nossos adversários?

Meu sistema está baseado num ensinamento do falecido jornalista e colunista social, o folclórico Ibrahim Sued. Numa entrevista concedida à Revista O Cruzeiro, Ibrahim falou que para estar bem informado e poder dar furos, que chamava de bombas,  não ficava esperando que as notícias chegassem a ele, mas ia atrás das notícias.  Isso significava que  não ficava atrás de uma mesa na redação do jornal, mas saía para a rua, telefonava para suas fontes, e tinha uma mesa na piscina do Hotel Copacabana, onde as coisas aconteciam e as personalidades da época se hospedavam. Nunca me esqueci dessa lição de sucesso. Adotei como  o meu lema.  Vou atrás das informações, ou por telefone,ou  internet, ou pessoalmente. Funciona. As bombas caem e fazem estragos.  Aguardo o desenrolar dos acontecimentos e o momento oportuno para larga-las.


Querem saber porque não gosto de censura e procuro não intervir no blog, a não ser quando necessário ?

 Fui censurado pela polícia federal nos anos de chumbo. Apresentava  um programa de debates comunitários na TV de Uruguaiana. Abordava semanalmente assuntos de interesse da comunidade uruguaianense. No princípio dos anos setenta, Trânsito, Saúde. Educação, Esportes, Cultura, Violência, Turismo. Fazia comentários e promovia debates com convidados ilustres da terra, como o prefeito, delegado, juiz de dieito, promotor, médicos, escritores. Até que um dia o tema foi a mulher e sua nova postura profissional, mais independente. Uruguaiana era uma cidade de costumes conservadores. O debate foi interessantíssimo. De alto nível e empolgou a cidade. Dia seguinte todo mundo comentava o programa nas ruas e cafés. Um sucesso. Aí fui chamado na polícia federal pelo censor. O programa estava suspenso. Tinha atentado contra os bons costumes. As idéias eram avançadas demais para a época e tinham sido consideradas subversivas.A mulher devia ser a guardiã do lar, do marido e dos filhos. Trabalhar só em caso de necessidade. O pior, porém, tinha sido uma das fotografias que decoravam o painel colocado atrás de mim. Uma das fotos, tirada de uma revista, era de uma mulher quase nua , embora de maiô inteiro, mas foi interpretada como em pose sensual. Era indecente. Não aceitei a suspensão. Terminei com o programa. Não dava para aceitar O censor depois me confessou que quase apanhou em casa da mulher e da filha. E confessou mais que no fundo as observações e a suspensão tinham conotação política. Achavam que o sucesso do programa poderia me levar a ser prefeito da cidade. Então o plano era me incomodar para que encerrasse o programa. Conseguiram o intento.  O que significa que esse plano vem de longe. Quanto à Prefeitura se enganaram. Não era meu objetivo.Fui convidado duas vezes e não aceitei. Minha esposa ameaçou  se separar.

Querem saber porque hoje estou mais leve e muito feliz ?

Porque 11 de agosto é o dia do advogado. Saúdo a todos aos colegas advogados neste dia consagrado à Justiça. Ano passado nesta data recebi , com muito orgulho e honra, a comenda Oswaldo Vergara, a mais alta condecoração da OAB do Rio Grande do Sul. Junto comigo recebeu essa comenda o ilustre advogado trabalhista, nosso colega, dr. Mario de Freitas Macedo, que ganhou incontáveis reclamatórias trabalhistas do BB.  No final deste ano vou comemorar meu jubileu de ouro. Cinquenta anos de formado e de muitas alegrias conquistadas na advocacia, graças a Deus. Podem falar e fazer as anedotas que quiserem, mas amo a advocacia e os fundamentos em que se alicerça a nobre e indispensável ciencia do Direito.

E´ dia de festa, pois.  Antigamente,era o dia do pindura, como nós chamávamos o dia do pendura. Com licença, data venia, que vou comemorar e dar um refresco no blog.

DELENDA CARTHAGO - E´ DIA DA JUSTIÇA. PODE SER CEGA E LENTA MAS NECESSÁRIA .PRECISAMOS DELA

37 comentários:

Anônimo disse...

Fala serio...

Fundos de pensão salvam a bolsa de valores
http://www.em.com.br/app/noticia/econom ... ores.shtml


Fundos de pensão salvam a bolsa de valores Governo manda Previ, Funcef e Petros comprarem ações para evitar nova queda. Nos EUA e Europa, dia foi de prejuízo

Rosana Hessel -

Publicação: 11/08/2011 06:00 Atualização: 11/08/2011 07:39



Brasília – Por determinação do Palácio do Planalto, os três maiores fundos de pensão do país, todos vinculados a estatais, entraram pesado nessa quarta-feira no mercado, comprando ações, e evitaram uma nova queda da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), mesmo com o mundo derretendo por causa das suspeitas em relação à saúde da economia europeia, sobretudo a da França, a segunda maior da Zona do Euro. A Previ (dos funcionários do Banco do Brasil), a Petros (dos empregados da Petrobras) e a Funcef (da Caixa Econômica Federal) intensificaram a atuação quando o pregão paulista computava queda de mais de 2% e um início de pânico tomava conta dos investidores.

Operador na Bolsa de Nova York: índices fecham em queda com pessimismo sobre a economia dos EUA (Brandan MC Dermid/Reuters)
Operador na Bolsa de Nova York: índices fecham em queda com pessimismo sobre a economia dos EUA
A operação chapa-branca, como os operadores estão chamando o movimento das fundações, fez com que o Ibovespa, índice que mede a lucratividade das ações mais negociadas, encerrasse nessa quarta-feira com valorização de 0,48%. Um resultado e tanto diante do rastro de prejuízos que se viu nos Estados Unidos e na Europa. "Durou apenas um dia a trégua nos mercados financeiros mundiais", disse um operador de um banco estrangeiro. "No Brasil, só não houve o derretimento da bolsa por causa da ação dos fundos de pensão de estatais, que já respondem por quase 40% de todos os negócios da Bovespa. As fundações, por sinal, ensaiaram uma intervenção na segunda-feira, quando a queda de preços das ações encostou nos 10%", acrescentou. Para ele, no entanto, não será tarefa fácil manter a Bovespa descolada dos principais mercados do mundo, tamanho é o pessimismo em relação aos EUA e à Europa.

Títulos podres

Não bastasse o temor de recessão nas maiores economias do planeta, os investidores passaram a vislumbrar a possibilidade de quebra em cadeia de bancos europeus, todos com os cofres abarrotados de títulos públicos dos países mais endividados da região: Grécia, Irlanda, Portugal, Espanha e Itália. Não à toa, as ações de instituições financeiras comandaram a derrocada dos mercados acionários. Em outro momento, a crença seria de que os governos seriam capazes de socorrer as instituições em dificuldades, como em 2008. Mas, agora, com dívidas monstruosas, os países não têm como liberar recursos para evitar uma eventual quebradeira", disse Creomar de Souza, professor de Relações Internacionais do Ibmec-DF. "Na verdade, o problema é muito maior na Europa, pois ninguém acredita que os governos europeus consigam honrar seus compromissos. O fantasma do calote voltou a assombrar a todos", acrescentou.

antonio barreto

Anônimo disse...

Parabéns: 11 de agosto
Dia do Advogado. Dia da Justiça !

Anônimo disse...

SR.SASSERON, por favor nos atenda, aguardamos notícias sobre o ES 150/150, nos dê um retorno, uma previsão de data, é torturante esse silêncio sôbre um assunto que anciosamente aguardamos, como é possível a PREVI socorrer a Bolsa imediatamente, correndo altos riscos de prejuízo e os aposentados e pensionistas com desconto em folha, sem uma palavra de solução para nossos apelos e exaustivos pedidos, também queremos socorro, a Previ pode salvar a Bolsa, então pode salvar os seus assistidos, nos dêem uma resposta urgente, por favor.

Rubem Tiné disse...

Apesar do sistema judiciário do Brasil ser considerado um dos piores do mundo: Lento, elitista e de leis defasadas, temos bons advogados e sem eles a situação seria de catastrófe. O problema está na alta esfera, onde ao invés de justiça isenta, reina a politicagem e o capital impera. Rico não vai em cana nem é algemado neste país, e quando numa rarissíma excessão algum é algemado o delegado é punido. Viva os que denunciam as injustiças neste país, verdadeiros heróis, viva os advogados que pelejam por isso.

Anônimo disse...

Parabéns, Dr.Medeiros pelo seu dia.

Anônimo disse...

Parabéns a todos os Advogados que honram sua profissão. Atualmente tenho contratado 3 advogados que julgo serem sérios, como vc tem demonstrado aqui a todos nós, Dr.Medeiros.
Confio muito no seu trabalho, em prol dos aposentados do BB.

Um grande abraço...e comemore. Vc.Merece.

Janone.

Carlos Canalles disse...

Parabéns colega Medeiros pela comemoração do dia do advogado, que tanto o orgulha. Oxalá todos os advogados agissem da mesma maneira que o colega.
Do nunca anônimo:
Carlos Canalles - 1.790.140-5

HELENO PINTO NOBRE disse...

SE É QUE É VERDADE; E EU NÃO DUVIDO O QUE RELATA O ANÔNIMO DAS 9:27.; REALMENTE OS DONOS DESTE PAIS SÃO OS LADRÕES QUE MANDAM ATÉ NOS FUNDOS DE PREVIDÊNCIA E É POR
ISTO QUE ELES ESTÃO FAZENDO O QUE FAZEM.

ESTAMOS PERDIDOS E RALADOS.!
EU SEMPRE TENHO AFIRMADO QUE NEM EM 500 ANOS VAMOS VER UM PAÍS DECENTE.

CADA VEZ ME CONVENÇO MAIS E NÃO TENHO DÚVIDA QUE ISTO É VERDADE; QUEM QUISER SE ILUDIR QUE SE ILUDA; ESTAMOS NAS MÃOS DO DIABO E ELE TEM CARA E MANDA MESMO.

NÃO ADIANTA TROCAR NEM OS MANDATÁRIOS SÃO TODOS IGUAIS ; ESTAMOS FRITOS.!

EU MESMO ; HPN ; MATRIC.3984740-3; JAMAIS ANÔNIMO E AINDA VIVO E REVOLTADO E NÃO VÃO ME CONVENCER QUE SE MUDAREM AS CABEÇAS VAI MELHORAR. PURO ENGANO A M.... VAI CONTINUAR ATÉ PIOR; NÃO ESQUENTEM SUAS CABEÇAS .! ESTA É MINHA VISÃO REALISTA E NÃO PESSIMISTA ; DEFENDA-SE OU SALVE-SE QUEM PUDER .!

carlosdomini disse...

Parabéns Dr.Medeiros pelo seu dia

Julita disse...

Parabéns, Dr Mededeiros pelo seu dia!!!
Um grande abraço!!!
Julita

Anônimo disse...

Caro Antonio Barreto e colegas,
Com relação a notícia sobre o uso dos fundos de pensão para segurar as bolsas, entendo como notícia positiva. As ações realmente estão em baixa e até o Medeiros entrou comprando. Nada obstante, são operações de cunho duvidoso, pois se der errado nós aposentados pagamos o pato, se der certo, os 50% do BB estão garantidos pela Res. 26, pelo menos, por enquanto. Mas, temos tido sorte. Ninguém se lembra mais, mas um dos responsáveis pelos superávits da Previ foi a determinação do Governo FHC da Previ entrar nas privatizações das estatais, que estavam um tanto desacreditadas. Na época a avaliação da Vale estava em cerca de U$ 5 bilhões e após privatizada deu o "boom". Com as Teles o resultado foi menos significativo, mas com certeza muito bom. E essas operações de ontem, obrigadas pelo Planalto, podem ter sido boas. Bem melhor que o mico Belo Monte.
Aproveito o ensejo para apresentar os meus parabéns ao Medeiros pelo dia do advogado. Célio Vilela

Anônimo disse...

Querido Dt.Medeiros, estou indignada, o Banco do Brasil adotou uma politica neste ano de ignorar completamente as pensionistas que tem restricoes cadastrais, nao posso mais pedir antecipaçäo do meu 13 salario, nao posso mais renovar meu cdc que usava com taxa diferenciada para funcionarios, enfim minha conta so serve para receber meus proventos e pagar as altissimas taxas que cobram, confesso que se eu pudesse nao queria nem mais ter conta no Banco do Brasil e digo isto com muita tristeza no coracao, ja que nao fazem nenhuma concessao para conosco, tambem nao deveriamos mais receber e ter conta neste banco, quem diria que um dia chegaria a dar esta declaracao.
Tambem a Previ ultimamente tem dado prioridade a tudo, menos seus assistidos, é muita propaganda de investimentos, parcerias e etc, mas nós nao temos prioridade que deveriam nos dar, nossos proventos nao condizem com a realidade economica do Pais ja ha algum tempo, e agora novamente temos que implorar por novo ES, enviamos mensagens a Previ e so nos respondem como maquinas, começo a crer que morrerei sem ver alguma melhoria que faça-me verdadeiramente sorrir.
Desculpe Dr.Medeiros meu desabafo, mas ja nao se aguenta mais o tratamento que nos däo, parece que nao existimos.
A minha duvida é:
Sera que morrer em paz ELES vao deixar ou teremos que pagar tambem alguma taxa, imposto ou aguardar alguma reuniao?

Amelia Florianopolis

Juarez Barbosa disse...

Prezado Dr.Medeiros e demais companheiros,

Acabo de criar uma Sala de Reuniões/Debates virtual para nos servir.

Nela poderemos marcar dias e horários para termos "conversas tecladas" abrangendo os temas de nosso interesse, onde todos poderão participar simultaneamente e em tempo real.

O endereço para acessá-la é o seguinte:

http://debatesereunioesdoprevipb1emfoco.blogspot.com/

Este endereço estará disponibilizado permanentemente em meu Blog, coluna do lado direito e encima do gráfico da Bovespa.

O acesso à sala é livre e funciona 24 horas. Para participar, basta inserir seu nome no primeiro retângulo e no segundo, sua conversa teclada.

Vou disponibilizar esta sala para os outros Blogs e Grupos de discussão de nossos interesses.

Ah! A regra básica de participação é apenas a de evitarem situações que possam gerar conflitos. Existe nos mecanismos da sala um instrumento de banimento de quem não se comportar devidamente (sic).

Espero que todos façam bom proveito dela.

Anônimo disse...

Oi Sasseron, como é que a PREVI socorre a Bolsa (deles) e não pode emprestar aos reais donos do patrimonio.Paciência tem limite.

Juarez Barbosa disse...

Dr. Medeiros,

Parabéns pela passagem do dia dos Advogados.

É muito bom poder contar com sua presença em nosso Movimento.

A propósito, estive presente com você no panelaço da PREVI.

Um abraço fraternal.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Colega Medeiros,
É comum estudantes de Direito começarem a especulação de onde farão o “Pendura” bem antes da data. Alguns fazem visitas em restaurantes para negociar a “brincadeira”. Outros preferem a surpresa.
Tradicionalmente, quando a Pendura surgiu, ocorria apenas no dia 11 de agosto. Atualmente, os estudantes de direito comemoram durante a semana inteira, disse Carlos Renato da Silva, do Bombini Advogados.
O dia é de festa, uma tradição. Desde que realizada de forma sadia, tem o intuito de confraternizar, opina Ricardo Pereira de Freitas Guimarães, do Freitas Guimarães Advogados Associados.
Para alguns, o “Pendura” consiste em comer e beber, depois cantar e não pagar a conta. Outros defendem que vale apenas a comida de graça. Bebidas e serviço de garçom devem ser pagos. Tradição ou oportunismo, o “Dia do ou da Pendura” marca a agenda e a vida do estudante de Direito.
Aqueles que durante a faculdade não fazem a Pendura brincamos que são advogados frustrados, pois fica faltando algo na formação, finaliza Carlos Renato da Silva”. Retirei este texto da primeira página do portal “IG”. Brincadeiras à parte me solidarizo com todos que aqui deixaram mensagens sobre o dia de hoje. Parabéns prá Você e também para o Dr Marthius Sávio Lobato, responsável pela elaboração da Adin. Valeu?

lula disse...

ADIN - Afinal impetraram ou nao a ação. Alguém sabe?

Anônimo disse...

Dr Medeiros. Simplificando balancos ( voltou o assunto) : Somos do tempo do slip verde e slip rosa, que ate tinha virado piada. NA PREVI Resultado apurado a Obrigacoes a pagar BB No BB Ativo Realizavel a Resultado. Ai um Diretor da Previ diz que nada foi repassado. Claro Mario

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

procure saber se vai haver realinhamento e quando, para que nao fiquemos angustiados esperando essa definicao quanto ao realinhamento do ES.GHRATO.

Anônimo disse...

CLÉCIO disse:
Parabéns Medeiros pelo seu dia. O Sr merece festejar, pois realmente honra sua profissão.
Da mesma forma, me encontro aqui no Rio de Janeiro, confraternizando com o casal de gaúchos de minha família. Minha filha , Juiza do Tribunal Federal do Trabalho empossada aqui no Rio, neste ano, e meu Genro advogado , que veio acompanhar seu cônjuge, e se estabelecendo com seu trabalho.
À todos meus parabéns.
Clécio - Auto-patrocinado - Joinville.

Anônimo disse...

DR.MEDEIROS, no dia do advogado aceite meus cumprimentos e meu abraço cordial, pois tens sido incansável na luta pelos direitos dos aposentados do BB. Fica aqui registrado meu reconhecimento.
Rui Gonçalves

Anônimo disse...

Prezado Dr. Medeiros

O colega, que consulta tantas fontes de informação... Será que dá para consultar o seu saudoso mentor, o Ibrahim Sued, lá nos páramos onde hoje habita, e saber dele, que é sempre bem informado, se a ADIN foi afinal iniciada?
Um abraço do
Edgardo Amorim Rego

Medeiros disse...

Muito obrigado a todos os queridos colegas que enviaram cumprimentos pelo dia do advogado. Eu não sou movido a dinheiro, sou movido a carinho. As manifestações me sensibilizam e estimulam.

Sobre a bolsa é o que falei. Ela baixa e sobe com instabilidade este ano. Baixa quando tem más notícias e sobe quando vem os remédios salvadores e as boas notícias. Baixou rÁPIDO sobe rápido. A sistemática é que é a dolorosa. No meu caso, tive sorte, comprei a 47.000, no piso mínimo. Se chegar a 55.000 ou 56.000 - hoje estava a 53.000 - já estou vendendo e embolsando o lucro, mesmo que ela retome os 60.000. E´ assim que opero. A Previ devia fazer o mesmo, mas é refem do mercado e do Governo. As vezes tem que sustentar a bolsa e segurar as ações de algumas empresas, como, por exemplo, a EMBRAER.

Vou na cerimonia da OAB-RS, que já vai iniciar, comemorativa do dia do advogado.

Jorge Teixeira , em nosso tempo de faculdade, 1957 a 1961, nós chamávamos o dia do pendura de dia do pindura. A história é longa, tem a ver com o dono de um bar, chamado Pinduca, aquele antigo personagem de histórias em quadrinhos. Meu Deus, como sou velho !

Medeiros disse...

Muito obrigado a todos os queridos colegas que enviaram cumprimentos pelo dia do advogado. Eu não sou movido a dinheiro, sou movido a carinho. As manifestações me sensibilizam e estimulam.

Sobre a bolsa é o que falei. Ela baixa e sobe com instabilidade este ano. Baixa quando tem más notícias e sobe quando vem os remédios salvadores e as boas notícias. Baixou rÁPIDO sobe rápido. A sistemática é que é a dolorosa. No meu caso, tive sorte, comprei a 47.000, no piso mínimo. Se chegar a 55.000 ou 56.000 - hoje estava a 53.000 - já estou vendendo e embolsando o lucro, mesmo que ela retome os 60.000. E´ assim que opero. A Previ devia fazer o mesmo, mas é refem do mercado e do Governo. As vezes tem que sustentar a bolsa e segurar as ações de algumas empresas, como, por exemplo, a EMBRAER.

Vou na cerimonia da OAB-RS, que já vai iniciar, comemorativa do dia do advogado.

Jorge Teixeira , em nosso tempo de faculdade, 1957 a 1961, nós chamávamos o dia do pendura de dia do pindura. A história é longa, tem a ver com o dono de um bar, chamado Pinduca, aquele antigo personagem de histórias em quadrinhos. Meu Deus, como sou velho !

Anônimo disse...

Querido Doutor Medeiros.

Meus parabéns pela profissão que escolheu,pelos bons frutos que vem demostrando através de ações em favor da nossa classe de aposentados e pensionistas do PB-1 da Previ.

Muitas cobranças tem chegado aos ouvidos do Diretor de Seguridade,Sasseron,ações por parte da Federação e agora também da AFA-RS pedindo realinhamento nos moldes de 150 mil e 150 meses para pagamento.

O que mais se espera de fato e de verdade acontecer para termos esperanças de melhorias?.

Sinto indignação quando leio comentário de pensionistas sendo obrigadas a desfazer de tudo para manter o alimento a mesa, reunião que nunca se fruticam, pedidos em vão,situação de deseséro,fruto de uma política que só benefícia os grandes,os apostadores.

Contamos com a sua dedicação,empenho,mostre a esses Senhores e Senhoras dirigentes que quando há boa intenção a esperança.

Meus votos sinceros de anos vindouros a sua carreira,que voce não abandone a causa que tão bem abraçou em nosso favor.

Amadeu Tamandaré

Anônimo disse...

Parabens Medeiros pelo seu dia, como advogado, e voce é que é felia por ter muitos mais dias para comemorar,( contador, Bancário) etc...
Se tivésseos mais como voce não estariamos tanto aqui às portas do ES.
Ao trabalho, Bravo !
Parabens!

Pensionista sem voz... disse...

Primeiramente, parabéns pelo seu dia, Dr. Medeiros !!!! Quanto à PREVI, pra comprar ações, basta uma simples ordem do governo e o dinheiro aparece aos montes, como aconteceu ano passado na compra de mais de 2 bilhões de reais em ações na capitalização da Petrobrás. Gostaria muito de saber o prejuízo que tal compra nos causou. Como o prejuízo que poderá nos causar a "pequena ajuda" dada pela PREVI à Bolsa de Valores ontem.

Mas o que mais me irrita é que pra tais "investimentos" chove dinheiro e quando se fala em melhoria de nossos benefícios o dinheiro desaparece.

Afinal, pra que serve um Fundo de Pensão.... pra especular na bolsa e quebrar o galho do governo em diversas operações duvidosas ou pra pagar benefícios dignos a idosos que confiaram a tal fundo a garantia de uma velhice tranqüila?

Cada vez mais tenho a certeza de que, pro governo e pra PREVI, somos apenas um detalhe insignificante, algo que eles classificam como "despesas supérfluas" e que em momento algum deve servir pra brecar as reais intenções do nosso fundo, que é comprar cada vez mais ações pra socorrer o governo, socorrer até mesmo a Bolsa de Valores caso o governo assim deseje e transformar-se cada vez mais em um Fundo de Investimentos à disposição do governo e cada vez menos numa EFPC.

A PREVI socorre a Bolsa. Quando será que irá socorrer seus "assistidos" ?

Profº Ari Zanella disse...

Prezado Medeiros,

Paira um silêncio sepulcral sobre o protocolo da Adin pela Contraf-Cut/Anapar no dia 10.
O nobre causídico poderia consultar de novo sua fonte para saber se a medida foi levada a cabo?
Grato.

A_OLIVAES@HOTMAIL.COM disse...

Ademã, que eu vou em frente... Grande Ibraim, assim como era imenso o Carlos Imperial... Caro Doutor Medeiros ... bem assim nossas amigas manicures, pedicures e cabeleireiras ... nossas ibrains de saia!!! Já imaginou o quê a manicure da Sra. Marcela Temer poderia nos contar? E a pedicure da Dilma? E o cara que apara a barba do homem dos noves dedos nas mãos? Creio, deve ser surdo-mudo .. e talvez analfabeto como o chefe ...

Mas hoje é 11 de agosto, dia do advogado. Parabéns Doutor Medeiros pelo grande profissional que o senhor é. Ao longo deste convívio diário aprendi a lhe respeitar e admirar. Outro dia esculhambei com a ANABB pois acho um absurdo os acontecimentos que nos foram expostos. O que eu não disse é que se o senhor apresentar seu nome no pleito que se avizinha, eu o apoio incondicionalmente. Desde que é claro, façamos uma faxina na casa!!!

Aproveito pra parabenizar o Doutor Sergio Omizollo, de Lages-SC, incansável e vitorioso defensor de causas de ex-servidores, contra o Banco do Brasil, A Doutora Adryssa, jovem e linda advogada a serviço da Contraf-Belém-PA, defendendo os interesses dos funcionários das Instituições Financeiras. Também o Doutor Scartezini, meu amigo, chefe da Ajure Pará, profissional do mais alto gabarito e grandeza. E é claro, à minha querida irmã Maria da Graça Olivaes Pereira, Advogada e Juiza de Direito na Grande Porto Alegre.
Forte Abraço e PARABÉNS!!!

Juarez Barbosa disse...

Prezado Dr. Medeiros e companheiros,

Acessei o site do STF agora e obtive as seguintes informações:

A ADI no.4636 foi ajuizada em 01/08/2011;

A ADI no.4637 foi ajuizada em 11/08/2011.

Ambas versam sobre outros assuntos.

Podemos concluir então que a nossa ADI ainda não foi ajuizada.

A minha "bola de cristal"(brincadeira com você)) me diz que a nossa ADI terá no. 4638 ou 4639, caso seja ajuizada por estes próximos dias.

Acessem o site do STF, vão em consulta processual, e no campo específico digitem as ADI's, uma a uma e vocês confirmarão o que pressuponho.

E quando a nossa for ajuizada, a Petição inicial será disponibilizada em sua íntegra, como foram as das ADI's citadas acima.

Anônimo disse...

A ADIN JÁ ESTÁ NO BOLSO DE UM MINISTRO DO STF QUE SÓ VAI TIRAR DE LÁ DEPOIS DA COPA 2014.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros

Tive problema com meu PC ontem, portanto, ainda em tempo, parabens pelo seu dia como advogado. Muito sucesso e prosperidade.
Um grande e afetuoso abraço
Celso Bernardes
FORMIGA/MG

Anônimo disse...

Caro Dr. Medeiros e demais colegas, bom dia. Saudações fraternais.
Hoje, sexta, é ante-véspera de uma festa bem família: o dia dos pais.
Na sua pessoa que gasta tanto do seu tempo na defesa dos aposentados e das pensionistas do BB, quero homenagear todos os colegas pais que por aqui passa e que, muitos de nós, viveremos mais um dia dos pais comprimidos, constransgidos, embargados(Alguns, até, envergonhados!), por não conseguirmos prover como precisamos e gostamos.
Segue a letra de uma música que considero muito preciosa e que canto na minha Paróquia. Chama "Como é Bom Ter Família", de autoria do Padre Antônio Maria Borges:
"1. É no campo da vida que se esconde um tesouro./ Vale
mais que o ouro, mais que a prata que brilha./ É
presente de Deus, é o céu já aqui,/ o amor mora ali e
se chama família.

/: Como é bom ter a minha família, como é bom!/ Vale a
pena vender tudo o mais para poder comprar./ Esse campo
que esconde um tesouro, que é puro dom,/ é meu ouro,
meu céu, minha paz, minha vida, meu lar.:/

2. Até mesmo o céu desejou ser família/ para que a
família desejasse ser céu./ Nela se faz a paz no ouvir,
no falar,/ e na arte de amar, o amargor vira mel.

3. Na família a mentira não se dá com a verdade,/
e a fidelidade sabe o peso da cruz,/ porque lá há
amor, há renúncia e perdão,/ há também oração e o
chefe é Jesus."
Essa homenagem pode abranger toda a comunidade BB, inclusive os pais que trabalham na Diretoria da PREVI.
Vida longa, com alegria, saúde, na PAZ E NO BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

Anônimo disse...

Parabéns nobre Medeiros, mesmo que atrasado, pelo dia do advogado, uma profissão que exige muita sensibilidade, dedicação e infelizmente riscos.Como voce diz, "vamos que vamos".

Anônimo disse...

Lenaaaaaaaaaaaaa!!
Vai ser fiel assim na China. Sabemos que acompanha.

Manda o teu e-mail POR FAVOR!

Artur.

Anônimo disse...

Caro Ari Zanella.
postei vários comentários no blog do senhor Marcos sobre as atitudes venenosas do senhor Rossi. Infelizmente, e não sei o porque não pública. Fica parecendo que todos estão do lado do Rossi.

Força colega! O quê vem de baixo não NOS atinge.

PENSIONISTA.

Pensionista disse...

Parabéns, Fenando Lamas!!!
Pensionista