DEZEMBRO CHEGOU

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

E chegou o mês de dezembro, o último do ano 2018.  Enfim, é Natal e o ano 2019 já espreita sorrateiro.

Dezembro sempre traz junto consigo a Esperança.  Precisamos dela. Especialmente quando chegamos na última quadra de nossa existência.

Aqui no Rio Grande do Sul dezembro trouxe uma desgraça e uma tragédia anunciada que enlutece o funcionalismo do Banco do Brasil.  Um gerente jovem do banco foi assassinado num assalto a uma agencia de uma pequena cidade do interior do Estado. Era casado, tinha dois filhos. Havia ingressado no banco em 2005.  Foi feito refém e colocado no porta mala do carro dos bandidos por ocasião da fuga.  Morreu baleado e os bandidos também. Mais um mártir de nossa profissão bancária. Mais um herói do BB,  Cadê a segurança ?  Hoje o BB economiza em segurança e em saúde.  Trabalhar no BB no interior virou uma aventura perigosa.

Muitos colegas do BB estão inadimplentes e com dificuldades financeiras, torcendo para que o reajuste deste ano não seja pífio como do ano passado, que a inflação corroeu. Também torcem para que haja suspensão de parcelas do ES na Previ.

Neste momento a bolsa está baixando. Mas se espera um rali positivo na segunda quinzena do mês, o que poderá repercutir no resultado da Previ.

Tivemos a festa de confraternização de fim de ano da AFABB RS. Dei por falta de muita gente. Uns morreram ou adoeceram, outros passam por problemas financeiros.  Saudades de todos eles.  A AFABB RS comemorou trinta anos.

E´ preciso  não perder a esperança.

17 comentários:

Anônimo disse...

Temos que exigir um percentual de reajuste além do INPC em Janeiro.

Adaí Rosembak disse...

Caro Medeiros,

Esse foi um dos mais tocantes artigos que você escreveu.
Além de correr risco de vida com a bandidagem, os funcionários do BB sofrem com a baixa dos salários.
Isso está modificando nossa estrutura de vida.
Vamos ver se em 2019 as coisas melhoram.
Desde já desejo-lhe um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.

Abração deste colega e amigo

Adaí Rosembak

Anônimo disse...

Insigne Doutor José Bernardo de Medeiros Neto,

Estou depositando altas esperanças na instalação do novo Governo.

Penso que porão ordem em muitas situações no nosso País, principalmente nas Instituições em que a Administração Central tem condições de determinar rumos progressistas, transparentes e com retorno assegurado.

Penso também, que se existe algo que não é certo nas administrações atuais ou nas pretéritas isto deva ser examinado com LUPA e o que possa ter sido praticado a revelia dos bons costumes, seja corrigido COM MÃO DE FERRO, pois prejudica a todos os Acionistas, Governo, Funcionários e Aposentados.

Felicito-o pelo belo texto, se me permite,

Respeitosas e Cordiais Saudações

Ghost Writer

Enio Bebba disse...

Prezado Dr. Medeiros,

Corroboro em tudo que apresentaste no texto editado.

Só digo, uma coisa:
enquanto estivermos sob o jugo do Sr. MARCEL BARROS e sua camarilha, certamente não teremos refresco nenhum... mas 2019 se aproxima e esperemos que tenhamos TEMPOS BENFASEJOS...

Se não nos comunicarmos, nesse meio tempo, desejo a você (permita-me tratá-lo dessa forma) e vossa família e amigos, um Feliz Natal e um ANO NOVO com muitas esperanças... pra todos nós!!!

Grnde abraço
EPB

Anônimo disse...

Texto maravilhoso. Parabéns Medeiros.

Anônimo disse...

E post comovesse que diferencia o teu blog dos outros. Tem sensibilidade, tem inspiração, tem redação primorosa. Toca na alma e no sentimento de todos nós. Continue conosco dr Medeiros. Precisamos do doutor para ter esperança,

Aderbal

Anônimo disse...

Perissodáctilo Bolsonaro ganhou. Prometeu segurança em primeiro lugar.

Anônimo disse...

Mártires têm nome. Justa lembrança do gerente prematuramente assassinado. Faltou colocar o nome completo do colega.

Anônimo disse...


Resolução CNPC nº 30, de 10 de outubro de 2018

Dispõe sobre as condições e os procedimentos a serem observados pelas entidades fechadas de previdência complementar na apuração do resultado, na destinação e utilização de superávit e no equacionamento de déficit dos planos de benefícios de caráter previdenciário que administram, bem como estabelece parâmetros técnico-atuariais para estruturação de plano de benefícios, e dá outras providências.

application/pdf Resolução CNPC nº 30, de 10 de outubro de 2018.pdf — 209 KB

Medeiros disse...

Me preocupei mais com o fato. O nome a mídia toda publicou.

Anônimo disse...

Prezado Medeiros
Óbvio que acompanhamos com muita tristeza fato lamentável em blog de uma disputa desnecessária entre dois colegas letrados do nosso meio. Não entendi como o administrador não atuou como bombeiro. Quando atuou o desastre já estava consumado. Para mim foi o fato altamente negativo do ano. Por isso o seu blog mantém a liderança.

Everton disse...

“Um renovo sairá do tronco de Jessé, e um rebento brotará de suas raízes e sobre ele repousará o Espírito do Senhor.” (Is 11:1-2)
Deus quis, desde Adão e Eva que a família crescesse abençoada e santificada e, nesse amor infinito e misericordioso por cada ser humano quis que o seu Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, nascesse em uma família cumprindo a sua sublime missão salvífica. Deus formou a Sagrada Família com Jesus, Maria e José para que seja para nós modelo inspiração e esteio.
A Sagrada Família teve tantos ou mais problemas do que as nossas famílias enfrentam nos dias de hoje. Precisou fugir para o Egito, passou pela aflição da perda de Jesus, que ficou no templo e tantas outras dificuldades, mas jamais duvidaram da presença de Deus e do mistério que a fé exigiu deles.
Esse é o exemplo vivo e permanente que a Sagrada Família deixa para nós, que não desanimemos jamais, mesmo que haja muitas dificuldades no nosso dia-a-dia, pois o Senhor glorifica o pai nos filhos e aquele que respeita e honra os pais encontrará alegria nos filhos e em suas orações. (Eclo 3,1-8)
Que as nossas famílias sejam como um Sagrada Família, tronco de Jessé, sempre regrada pelo Espírito Santo e com certeza brotará de nossas raízes frutos bons.
Feliz Natal a todos vocês meus irmãos e minhas irmãs.
Everton Pereira

Anônimo disse...

10:30

Pelo que entendi tal Resolução, entre outras coisas, firma posição de que, no caso da existência de reserva especial, o patrocinador continuará a ser agraciado com a imoral reversão de valores.
Fico na torcida para que a ACP tenha final claro, obrigando o patrocinador a devolver as verbas recebidas a esse título.
E é sempre bom lembrar: esse foi o legado do ex-colega e ex-senador José Pimentel. Com amigo assim ninguém precisa de inimigo.

Anônimo disse...

Existe diferença entre Diretor Eleito na PREVI e INDICADO, salarios os mesmos, vantagens as mesmas e quando e para ser contra o Associado dono da Previ sempre votam contra. Pequnto qual a diferença entgre um e o outro?

Anônimo disse...

Caro colega Dr. Medeiros,
Para conhecimento dos frequentadores desse blog, transcrevo, resumidamente, notícia veiculada no jornal O Globo:
O juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo, concedeu uma liminar (decisão provisória) e suspendeu o acordo entre as empresas Boeing e Embraer. A decisão é desta quarta-feira (5), e a Advocacia Geral da União (AGU) informou nesta quinta (6) ainda não ter sido notificada.
"Defiro parcialmente a liminar, em sentido provisório e cautelar para suspender qualquer efeito concreto de eventual decisão do conselho da Embraer assentindo com a segregação e transferência da parte comercial da Embraer para a Boeing através de 'Joint Venture' a ser criada", decidiu. O objetivo, explicou Giuzio Neto, é evitar atos concretos que sejam impossíveis de serem revertidos. Ele não impediu, no entanto, que as empresas continuem a negociar uma fusão. Segundo o magistrado, a medida também foi necessária em razão da proximidade do recesso do Poder Judiciário e da posse do presidente eleito Jair Bolsonaro, marcada para 1º de janeiro. Na decisão, o magistrado ressaltou ainda ter recebido com "perplexidade" a informação da Embraer de que "se encontra a caminho da falência". A Embraer argumentou, segundo o juiz, que a potencial operação representa uma "tábua de salvação" para a Embraer.
Filomeno Jose Linard Costa - Apos. Matr. 3.288.840-6

Anônimo disse...

Neste momento a bolsa está baixando. Mas se espera um rali positivo na segunda quinzena do mês, o que poderá repercutir no resultado da Previ.

- PREÇO é o que você paga; VALOR é o que você obtém....Entretanto, o VALOR é função do TEMPO; logo, a cada dia útil que se passa menor é o VALOR, conforme demonstramos na TIBBB.*

* Tendência Irreversível de Baixa da Bolsa Brasileira

Trader anônimo

PS. : Ademais, mesmo os preços diminuem a cada dia ÚTIL que se passa...Basta olhar os preços de VALE3 e PETR4 no BOLETIM DIÁRIO da Bolsa

Anônimo disse...

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) apresentou variação de -0,25% em novembro.

Isso diminui nosso reajuste em Janeiro ?