A CARTA DA PREVI SOBRE O FIM DO BET AGRIDE NOSSA INTELIGÊNCIA

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

No site da Previ foi inserida uma carta da diretoria anunciando o fim do BET e a volta das contribuições já neste mes de janeiro.

Com esse presente de mau gosto de ANO NOVO a diretoria de nosso fundo de pensão abusa de nossa paciência e agride a nossa inteligência. E´ uma diretoria insensível, alheia aos anseios dos participantes, que foram expressos recentemente na novembrada e em outras manifestações.

No final de sua impiedosa carta a diretoria se "solidariza" com os sentimentos dos participantes e afirma que nada mais fez do que cumprir com seu dever fiduciário.

Não dá para engolir tanto sarcasmo.

Mesmo com o resultado desastroso do exercício a diretoria da Previ tem a desfaçatez de afirmar que está segura de que sua política de investimentos está certa e que no futuro irá reverter o quadro deficitário e retomar os superávits.

O que a diretoria da Previ tinha que dizer não disse. Era de que face à conjuntura as aposentadorias dos marajás seriam anuladas, o dinheiro indevido seria devolvido aos cofres, e o teto de benefícios seria estabelecido em trinta mil reais.

No mínimo essa providência deveria ser adotada pela diretoria.  Como tem a cara de pau de reduzir os  proventos de aposentados e pensionistas em 25% e apoiar benefícios para dirigentes de 45.000 ?  E´ uma incongruência e uma incoerência sem tamanho. Para a maioria a redução, para uma minoria privilegiada o aumento.

Vamos analisar as despesas da Previ, uma por uma, para avaliar se houve desperdício ou não administrativo.  Se houve, vamos denunciar.

Dói ver tanta frieza e ironia.  A diretoria ganha honorários gigantescos, que somados a benesses de conselhos vão a valores inexplicáveis na conjuntura e na hierarquia do fundo de pensão.

Deviam começar com a redução de seus honorários também. E anunciar que diretores e conselheiros da Previ não vão mais ganhar remuneração em conselhos de empresas participadas, fazendo doação integral dos mesmos para entidades necessitadas ou para um fundo da própria Previ.

Falam dos superávits passados como se fossem os responsáveis por eles e como se a referência dos mesmos pudessem nos conformar neste momento.

A carta da diretoria da Previ é um dos documentos mais tristes e lamentáveis da história centenária da instituição.

E´ uma carta que testemunha a ineficiência e a pobreza de gestão de uma diretoria.  Merece nosso repúdio. Espero que seja a carta testamento deles.

173 comentários:

Anônimo disse...

Atualmente não tem machos na Previ, QUE VERGONHA!!!!
Não assinam nem um documento direcionado aos participantes, colocaram funcionários subalternos.

Anônimo disse...

Por que a Previ não pagou a nossa parte toda de uma vez como fez com o BB guloso ?

Anônimo disse...

É aquela velha estória de livrar o seu pescoço, eu não assinei nada.
Essa vergonheira está gravada e seus nomes tambem, não se preocupem.
Tem que ser muito ruim mesmo, ter tanto dinheiro a disposição e fazer a merda que fizeram.

Anônimo disse...

Uma empresa que não apresenta lucros cobra de seus administradores.
Não soube administrar, cai fora. Vem o bilhete azul.
Nem só a Bolsa é a culpada. Vamos cobrar os outros resultados.
Por ex. quanto rendeu o investido na ALL? Qual o lucro de Sauipe?
Ainda tem papéis X ?
O Banco vai devolver parte dos 7,5 bi já contabilizados?
Posso estar sendo irracional, pensando com a emoção, mas, do jeito que a coisa está, que tal a retirada do Patrocinador?
Quem gere, quem administra, quem assessora a "nossa diretoria" ?
Tá cobrando caro? Não está produzindo resultados?

Anônimo disse...

Voltamos ao tempos da II guerra. Nos os prisioneiros e maltratados, eles os SS e a gestapo. Em pleno século 21. pesames a todos nós.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

O senhor conseguiu traduzir em sua postagem toda a minha indignação pela incompetente gestão desses maus administradores que compõem a diretoria da Previ.

Precisamos nos mobilizar. Palavras como as suas me dão esperança de que eles vão pagar pelo que estão fazendo conosco.

Ganham uma fortuna e nos tratam com desdém e ainda por cima se solidarizam com a nossa desgraça.

Ora, ora.

Anônimo disse...

Caro Mestre Dr. MEDEIROS:


A previ (nunca mais escreverei esse nome com letras maiúsculas, pois isso é para QUEM É IMPORTANTE E NÃO PARA QUEM NÃO VALE NADA), acabou de abrir a CAIXA DE PANDORA! Pode ter certeza Caro Mestre, que MUITAS DESGRAÇAS ADVIRÃO (PARA ELES E PARA NÓS).O BET poderia ter-nos sido pago de uma só vez, mas isso implicaria em que QUASE TODOS PAGASSEM OS SEUS DÉBITOS COM QUEM QUER QUE FOSSE, FICANDO LIVRES E SOBERANOS DE SI MESMOS. Assim, em conta-gotas, é igual ao
empréstimo simples, só serve para prolongar nossa agonia. SE A previ FOSSE EM RECIFE, HOJE ELA TERIA DE CERTEZA UMA VIDRAÇA QUEBRADA!

CARLOS ANDRÉ DA SILVA - Recife-PE, 03 de dezembro de 2014

Pensionista sem voz disse...

"A diminuição do superávit acumulado do Plano 1 da PREVI é fruto das dificuldades conjunturais enfrentadas pelo mercado de capitais (a Bolsa de Valores iniciou 2013 com 60.952 pontos e fechou o ano em 51.507, queda de 15,50%)."

Assim parece muito fácil administrar um fundo de pensão. Em épocas de bolsa em alta, exalta-se a "competência dos gestores". Qdo o mundo cai na real e o Brasil volta ao seu devido lugar, com a bolsa num patamar mais realista, é só culpar "dificuldades conjunturais enfrentadas pelo mercado de capitais".

Complicado isso, em nenhum momento fazem um mea-culpa nem mesmo consideram a hipótese de estarem insistindo numa política de investimentos equivocada. Quem paga o pato pela incompetência e ingerência petista somos nós, obrigados a engolir uma Invepar socorrendo o governo sempre q a coisa aperta pro lado deles, eqto uma reserva q deveria garantir a melhoria de nossos benefícios já tão defasados é extinta sem dó nem piedade.

Pra aposentadorias milionárias e investimentos duvidosos nosso plano tem recursos, mas pra melhoria de nossos benefícios, a desculpa é de q "temos de pensar no futuro e na saúde financeira do plano".

Luis-BH disse...

Dr. Medeiros,

Reitero meu comentário ao post anterior, com algumas correções:

Absurdo!
Lembro muito bem da palestra na Gepes Belo Horizonte, acho que em 2007, na qual o Sasseron disse que não havia mais necessidade de pagarmos contribuições até o final do Plano 1.
A Previ insistiu na exposição em renda variável além do permitido. Em todos os relatórios anuais de 2004 até 2012 ela mesma cita os "planos de enquadramento" para diminuir esses investimentos excessivos, os tais "desenquadramentos"
Dividiu com o Banco metade do último superávit, extrapolando a Lei 109/2001, que não prevê essa divisão e que determina o LIMITE da reserva de contingência em 25%. Por que não pagou aos beneficiários numa única parcela ou em poucas mensalidades?
Individualmente ou em associação temos que "enquadrar" essa diretoria da Previ. A Lei tem que prevalecer.

Espero orientações do estimado e sempre atuante doutor Medeiros.

Abraço

Anônimo disse...

Se foi a carta testamento DELES eu não sei, mas que foi a CARTA TESTAMENTO de muitos aposentados e pensionistas que sem o BET vao amargar passar grandes dificuldades financeiras e com certeza vai afetar sua saúde, disto eu não tenho a menor duvida colega Medeiros.
Realmente meu Medeirao "velho de guerra", estes gestores parecem ter corações de pedra, são completamente FRIOS e indiferentes aos participantes do plano, confesso que superou todas as gestões que já vi em matéria de descaso, que coisa triste, revoltante e lamentável.

Viana

Jair Bork disse...

E o percentual de nosso aumento apenas será conhecido dia 10, quando o IBGE divulgará o INPC de dezembro/2013. Mas certamente não atingirá 6%. Que tristeza.

José Carlos A. Ferrari disse...

Dr.Medeiros, não tenho a mínima condição de sobreviver sem o BET e com o retorno da cobrança da contribuição para a Previ. Sendo assim, resolvo, que no dia 20 vou por fim a minha vida. Quero que isso seja feito on line para que todos vejam o meu sacrífício e que o mesmo não seja em vão. Nâo sou expert em internet mas até vou descobrir como se faz isso online e espero que vocês, que são nossa lideraça, faça chegar o vídeo até os FDP da Previ. Até lá vou manter contato. Um abraço.

Anônimo disse...


Bovespa acelera alta e giro da bolsa quase dobra a R$ 9,5 bi nos ajustes

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) subiu cerca de 1% nesta sexta-feira, tendo triplicado seu avanço percentual entre o fechamento regular do pregão e os ajustes, com investidores e gestores acertando suas posições antes da entrada em vigor da nova carteira teórica do Ibovespa na segunda-feira. O índice, que no encerramento preliminar apresentava alta de 0,43%, fechou com ganho de 1,27%, a 50.981 pontos. O giro financeiro do pregão praticamente dobrou nos ajustes de fechamento, alcançando R$ 9,5 bilhões.

A nova carteira teórica do índice, que passa a valer na segunda-feira, vai promover a primeira etapa das mudanças decorrentes da nova metodologia de cálculo anunciada pela BM&FBovespa no ano passado. A metodologia, que será adotada integralmente em maio, leva em conta o valor de mercado das empresas, diferente do modelo atual, que dá mais peso à liquidez dos papéis.

Com isso, participantes do mercado, como fundos passivos que seguem a composição do índice, ajustaram suas carteiras nesta sexta-feira. Como o acerto das carteiras por alguns participantes do mercado deve ser feito com base nas cotações de encerramento do pregão às 17h, houve grande mudança de preços durante os ajustes finais, disseram operadores.

A Prumo Logística, ex-LLX, subiu cerca de 32%, enquanto a ação ordinária da Oi, que subiu durante todo a tarde aproximadamente 14%, acelerou a alta para 27% nos ajustes finais. A ação da mineradora MMX, que durante todo o dia esteve entre as principais quedas do índice, fechou com valorização de 27%.

Durante a sessão regular, os papéis de operadoras de telefonia brilharam entre as maiores altas do dia, com as ações da Oi e da TIM Participações avançando forte. Impulsionou o setor telecomunicações a notícia do jornal italiano Il Sole 24 Ore afirmando que a espanhola Telefónica estaria trabalhando em uma oferta conjunta pela TIM, controlada pela Telecom Italia, e que a operadora brasileira poderia ser desmembrada.

"A notícia é positiva para o acionista da TIM por questões de tag along. (Uma possível venda) acaba beneficiando o investidor minoritário", afirmou o analista Fábio Gonçalves, da Banrisul Corretora.

"A Oi se beneficia com a diluição da concorrência, e a tendência é que consiga atuar com mais ativos, pois compraria uma parte de uma concorrente forte", emendou.

Além do setor de telefonia, empresas de construção subiram forte. O setor havia recuado com força na quinta-feira. As blue chips Petrobras e Vale encerraram no vermelho.

Fora do Ibovespa, as ações da JHSF Participações subiram 13,47%, depois de a empresa afirmar ter recebido a licença de instalação que permitirá o início da construção do Aeroporto Executivo Catarina, no interior de São Paulo.

TERRA NOTICIAS

Anônimo disse...

Dr.
Gostei do que o anônimo das 17,29
disse. Acrescento: A INVEPAR já deu algum lucro razoável e porque
pagou ao governo que aí está aquele ágio irracional?
Abraços

Anônimo disse...

Não seria o caso de entrar na justiça com pedido de liminar para que continue os pagamentos do BET?

djpga disse...

Paremos para escutar e traduzir com clareza o que esta diretoria quis dizer:"por favor, nos tirem daqui, só conseguimos angariar fundos para nós e para o governo, somos um bando de vagabundos pau mandados".

Anônimo disse...

Comentário de 21.10.2013
FAABB



ESTELIONATO ELEITORAL Estelionato eleitoral. Assim é popularmente definida a conduta do político que promete o que não pode cumprir. A conduta de ludibriar para obter vantagem deve ser tipificada como crime, a exemplo do disposto no Art. 171 do Código Penal: – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento. Ao longo da campanha da CHAPA 6 para a PREVI em 2012, os componentes da chapa publicaram boletins prometendo INCORPORAR O BET COMO BENEFÍCIO PERMANENTE. Quem se interessar deve abrir o link abaixo para ler o ESTELIONATO ELEITORAL cometido pela chapa de Marcel Barros. ESTELIONATO ELEITORAL - See more at: http://faabb.com.br/um-estelionato-eleitoral/#sthash.J9KUMMcf.dpuf

recca disse...

Colega José Carlos, eu entendo seu pensamento de destruir sua vida, já passei por momentos de grandes dificuldades, os amigos foram embora, passei a ser pessoa non grata, pela precária condição em que vivia. Chorava dia e noite. Resolvi escolher Cristo para meu confidente. Tenho 03 cadernos com cartas pra Ele, onde desabafava todas as angústias, perdi casas e outras coisas, mas com a ajuda Dele superei e hoje tenho filhos que já estão emancipados financeiramente. Lute , a vida é um dom precioso, não deixe que um dan qualquer lhe tire a esperança. Creia em Deus e tudo se resolverá!

João Rossi Neto disse...

Caro Medeiros,

Para seu conhecimento, envio-lhe cópia da mensagem que expedi a FAABB.


Nobre Isa Musa de Noronha,

Em face da extinção do BET e da volta das contribuições a partir deste mês, tudo o que for dito, neste momento, será inútil para comover a Diretoria Executiva da PREVI.

Nós sabemos que se há jaboti em galho de árvore é porque alguém o colocou lá, como, de igual forma, dinheiro não sai andando sozinho da PREVI para as Bolsas de Valores, portanto, se existem recursos mal aplicados em ações e fundos de ações que acarretaram perda de 15,50% neste ano, os responsáveis são os administradores da PREVI por essas aplicações equivocadas e suicidas.

Agora, essas pessoas, como Pôncio Pilatos, lavam as mãos, tiram o corpo fora e lançam as responsabilidades deste resultado deficitário sobre os ombros dos associados e estes que paguem a conta. Isto é uma medida arbitrária e que não podemos aceitar. Subir no muro das lamentações também não vai resolver o problema.

Procurar culpado disso ou daquilo, quando o tempo urge, não leva a nada. Acho que devemos entrar com um Mandado de Seguro Coletivo com pedido de Tutela Antecipada para vetar a suspensão do BET e o retorno das contribuições a favor da PREVI, pelos seguintes motivos:

1 – O instrumento jurídico que autoriza a extinção do BET – Resolução 26/2008 –está sub judice, tendo sido contestada a sua legalidade em Mandado de Segurança Coletivo impetrado por essa FAABB e não existe decisão judicial definitiva, transitada em julgado, para pacificar a matéria;

2 – Encontra-se também sub judice o valor de R$ 7.5 depositados à ordem do patrocinador BB que, caso tenhamos êxito nessa disputa judicial e seja extinta a Resolução 26/2008, o BB será obrigado a restituir esse dinheiro ao nosso Fundo de Pensão com as correções de lei, oportunidade em que teremos nova destinação da Reserva Especial da PREVI para melhoria nos benefícios dos participantes e assistidos;

3 – O termo de compromisso pactuado, em 24/11/10, entre a PREVI, BB, órgãos governamentais e entidades representativas dos associados, estipula que o BET seria pago durante 60 meses e a PREVI cumpriu apenas o pagamento relativo há 48 meses (2010 a 2013), e refuta os últimos 12 meses que faltam relativos ao exercício de 2014. A propósito, que julgamos esses quatro anos cumpridos initerruptamente configuram “Direito Adquirido” e estes valores do BET devem ser incorporados nos benefícios PREVI ao invés de serem cortados;

4 – Demais disso, a LC 109/2001, artigo 20, prevê que em caso de “superávits” por três anos consecutivos, a revisão no Plano de Benefícios é obrigatória. Por analogia o mesmo raciocínio serve para os “déficits” e não é com o primeiro exercício deficitário que os associados terão “redução nos proventos” e serão obrigados coercitivamente a honrar débitos que foram fabricados por gestores incompetentes e recalcitrantes em manter elevado volume de recursos (acima de 60%) do Ativo Total em aplicações de risco elevado (Rendas Variáveis).

Obviamente, os advogados que nos assistem poderão ter outros argumentos mais convincentes e contundentes para alicerçar esta petição. O fato é que precisamos tomar medidas urgentes e só vejo a FAABB com potencial para isso.

Um abraço.

João Rossi Neto.



Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

O prêmio de SUBALTERNO do ano vai para o gordin, barrigudin, buchechudin, carequinha, fdp

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,com o fim do BET os marajás estatutários e os maldosos Diretores da Previ vão perder 20 por cento nos salários.Porisso mesmo a aaumentaram o teto para 45mil para compensar a perda do BET. Que cambada de safados. Lourival Rezende

Anônimo disse...

Ô xará Ferrari! Pô meu jovem , deixa de pensar besteira.
Só quem já viu a morte de perto, sabe como é bom VIVER, ainda que com dificuldade.
Por isso, meu jovem, viva e lute.
Não há mal que sempre dure.
Meu caro Dr. Medeiros, se os fundos pela legislação atual, em caso de dificuldades não estruturais, têm até 3 anos para se recompor, por que esse açodamento na volta das contribuições? Não dava para esperar os futuros próximos superávits que virão com as rendas do Aeroporto de Cumbica, com a exploração da BR 040, e da Linea Amarilla no Peru ?
Afinal são grandes investimentos.

Rosário disse...

O fim do BET agride nossa inteligência, como falou o Medeiros e é uma VERGONHA para todos nós aposentados da Previ.Uma carta apócrifa não tem legitimidade,e demonstra falta de hombridade da Diretoria Executiva(?, pobreza de caráter, falta de moral, incompetência. Deveriam pedir demissão imediatamente...mas esses infiéis não podem ficar longe do poder, sugando as tetas a nossa já combalida PREVI. Por quê não falta dinheiro para participação de investimentos em estádios, shopings centers etc? Mas a justiça divina, essa sim, não falha, basta esperar para ver. Espero ainda vê-los atrás das grades da Papuda na companhia de Ze Dirceu e outros.Tenho pena dos colegas velhinhos, que gastam o dinheiro quase todo só com remédios (a Cassi não paga remédios de marca) e com cuidadores. Essa Diretora é também criminosa.
Rosário aposentada.

Anônimo disse...

Não seria o caso de se entrar na justiça para garantir o pagamento do BET pelo menos no ano de 2014. Porque pegou todos os aposentados de calça curta.
UM ABSURDO. Cadeia neles

Maria disse...

Uma das propostas da chapa 6 era justamente manter o BET. MENTIROSOS, PESSOAS QUE NÃO MANTEM PALAVRA PRÁ MIM SÃO EQUIVALENTES A VERMES...

Anônimo disse...

Pessoal,

Dramático o depoimento de hoje, 3 de janeiro, 18:58, do colega José Carlos A.Ferrari.
Em primeiro lugar, tenho a dizer que ele não deve nem pensar em tal atitude extrema.
Na verdade, quem vai passar sufoco com isso é sua família, a PREVI não tá nem aí, ela até vai sentir algum alívio deixar de pagar o seu benefício.
Calma, Zé Carlos, a vida em primeiro lugar, não a troque por nada, principalmente em razão da PREVI, esta não merece mesmo.
Acima de tudo, confie em Deus, Para Ele nada é impossível.

Anônimo disse...

DR.Medeiros, o que podemos fazer para aliviar tamanha aberração, diminuem nossos salários e aumentam o deles?

Como isso é possível? Só falta dinheiro para nós?

Que inferno ser aposentado da Previ

PREVI MALDITA!

Ademar disse...

Não esqueçamos a maldade dessa diretoria quando ocorrem as eleições. Se tivermos memoria deveríamos votar maciçamente contra os candidatos da situação.

Anônimo disse...

E ainda fomos lesados no superavit de 1 bilhão.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,como que quando é para anunciar resultado, superávit ou lucro, eles conseguem somente para o fim de março, mas para tirar o Bet, voltar as contribuições eles já estavam anunciando há quase três meses. Isto está me cheirando a sujeira da grossa, ainda bem que não terá caravana com despesas para anunciar o resultado. Tem gente dizendo que o Marcel vai para a praia com guarda costas.

Elenita disse...

1.Tive a curiosidade em saber quanto eu pagava de contribuição da Previ em 2001, 2002 e descobri que era 8% do salário bruto. Vai ser uma grande redução do salário. Vamos ter um percentual de aumento que será prá pagar a contribuição.
Não consigo entender pq quem está aposentado precisa continuar contribuindo. Acho que a contribuição dos da ativa e que não deveria ser suspensa, estes que tinham que contribuir até a aposentadoria.
2.E o valor do superavit pago ao Banco adiantado tb será devolvido?

3.Fiquei preocupada com colega
Anônimo José Carlos A. Ferrari
03 de janeiro de 2013
às 18:58h
que está ameaçando se suicidar. Temos é que lutar colega!!Prá reverter esta situação.

Ademar disse...

Caro José Carlos A. Ferrari das 18:58.
Valorize a sua vida. A previ não merece tal sacrifício. Cada assistido que morre deve ser motivo de alegria para a atual diretoria. Já demonstraram que são insanos e não estão nem um pouco preocupado com bem estar dos assistidos. Vamos nos unir e lutar. Os nossos ,verdadeiros, lideres "Medeiros, Isa , Ari Zanela e outros", encontraram uma maneira de faze-lo. Pois agora é uma guerra constante e essa perda é apenas uma batalha. Não se desespere,a sua vida vale muito para você e seus entes queridos e nada para a previ.

Anônimo disse...

Caro Medeiros,

Não seria o caso de reivindicarmos a suspensão do pagamento do ES por uns três meses de modo a ajustarmos nosso orçamento no inicio do ano.

Izabel disse...

E que atitude as associações que nos representam irão fazer frente a esses desmandos da diretoria da previ?

Anônimo disse...

vamos lah pessoal,todo mundo agradecendo a "solidariedade" da previ!

Maria do Carmo Ladeira Thomazinho disse...

Dr. Medeiros, não suporto mais tanta conversa, tanta discursão. Até o índios lutam por seus direitos e nós do BB/Previ, apenas blá, blá, blá. Até a novembrada deixou a desejar, pois além de poucos tomarem parte, os que tomaram parte foram muito cordiais. Deveríamos estar desde aquela data, na porta da previ e do BB, em todas as cidades, até que a mídia não mais pudesse fingir não está sabendo de nada, e o assunto tomar enormes proporções. Digo isto, porque os colegas mais esclarecidos e líderes, sabem muito mais que eu, mas não sei porque não tomam essas providências mais drásticas. Em algum blog, li que existe algum órgão internacional onde podemos denunciar esses roubos descarados. Existe mesmo? Por favor, gostaria de uma resposta. Precisamos mostrar ao mundo, o Brasil verdadeiro, que deixa roubar o dinheiro de aposentados. Por que não pedir intervenção na Previ?

Everton disse...

Vamos ver se o Banco também vai lançar em seu balanço o valor que ele já levou, inclusive pagando rendimentos e plr quando lançou o valor total.

Diogo disse...

Nem sequer esperaram para abril o retorno das contribuições. Jogo pesado de quem se julga imbatível, tanto nas urnas políticas, quanto nas urnas dos associados.

Essa "tirada" de 25% de uma vez só vai trazer sérias consequências. Acho que a previ nunca mais será a mesma, ainda mais com os pífios reajustes que concede. Acredito que a maioria silenciosa vai despertar. Enfim, aconteceu.

E, agora, o que fazer, além de ajuizar ações? acredito que essa diretoria vai ser solenemente derrubada nas próximas eleições, até porque o pessoal da ativa também voltará a contribuir. Então, é a missa de sétimo dia deles...porém, com o teto de 45 mil garantidos. Nunca vi tamanha falta de vergonha.

E, finalmente, como quem manda é o governo, também a Dra. Dilma deve perder as eleições...para quem? olha...se olharmos bem, tem alguém no nordeste mais competente do que ela...é uma opção.

Aristophanes disse...

Sempre manifestei minha aversão ao anonimato, mesmo compreendendo as possíveis razões de alguns colegas, frequentadores dos blogs, em seus comentários pessoais. Agora, ao ler o panfleto, afixado no quintal da previ, comunicando o prematuro fim do BET e o retorno das absurdas contribuições, minha aversão ao anonimato galgou uma outra dimensão, menos complacente e de profunda indignação.Fiquei estarrecido com a natureza covarde desse pasquim, subscrito por uma "diretoria executiva", escondida e envergonhada no anonimato! Decisão histórica de tal envergadura, por mas justificável e adversa que fosse, deveria ter a coragem e a grandeza de identificar-se. Era dever do senhor dan conrado, sabidamente preposto do patrocinador(BB), autenticar, como presidente, em nome de sua diretoria bastarda, a mensagem dolorosa, na undėcima hora, aos mais de 118.000 participantes do "financeiramente saudável" Plano 1. Deveria, nas suas justificativas, explicar a gritante e incompreensível tolerância da previ, relativamente á ilegal Resolução 26, que entrega ao patrocinador metade dos nossos superavits. E com prioridade! Deveria ,também, explicar o absurdo imbróglio do teto privilegiado de uns poucos beneficiários de aposentadorias imorais. Deveria, ainda, sem subterfúgios, com clareza técnica, demonstrar, para nós - ex bancários, lúcidos e competentes - as razões que levaram a previ ao malogro em seus investimentos, de modo a encurtar o acordado pagamento do BET em 60 meses, Deveria...
Diz o ditado que "pelo dedo se conhece o gigante(ou o anão)". No caso, o dedo da aparelhada previ é uma boa amostra do que está aí...
Ao colega que, de verdade, ou simbolicamente, pretende imolar-se, aconselho a não fazê-lo. Do alto dos meus 83 anos bem vividos, contabilizo numerosas e dolorosas perdas, que logo foram superadas por gostosas vitórias e pela alegria de viver e presenciar a derrocada do mal. Abraço solidário. Aristophanes Pereira

marceloveigadealmeida disse...

Medeiros, a solução é simples:Agora há pouco comentei no blog do Ari Zanela e do Antônio José Carvalho. NÃO REELEJAMOS NINGUÉM!!!VAMOS NOS UNIR, COMO NA "NOVEMBRADA".ALTERNÂNCIA NO PODER É A SAÍDA. NÃO É IMPOSSÍVEL. Abs!

Anônimo disse...

Colegas,
URGE!!! URGE!!! URGE!!!

Entendo que cabe uma ação dos autopatrocinados e uma liminar para que se dê a continuação do pagamento do Bet, por tratar-se de verba alimentar e já contarmos com a mesma para nossa subsistência. Precisamos ensinar esta diretoria da Previ, como se deve trabalhar,honrar e assumir as promessas de campanha.
Temos no mínimo de cobrar desta entidade chamada PREVI, uma solução para conseguirmos arcar com os nossos compromissos assumidos, como por exemplo um adiantamento de valor x para ser pago a médio ou longo prazo. É o mínimo que estes senhores podem fazer.
Com a palavra, o nobre Dr. Medeiros.

Anônimo disse...

Este fatídico comunicado InfPREVI Especial deve ter sido escrito numa sexta-feira-13. Todos seus argumento são falsos e não se sustentam, porquanto baseados em fundamentos ilegais (resolução 26, principalmente). Da mesma forma repudio a falsidade da "solidariedade" desta diretoria, porque criaram uma situação esquisofrênica, quando deveriam ter revisado o Plano. Vade Retro!!!

Anônimo disse...

Parasitas e traidores é o que são, estes vermes que ocupam a direção da previ.

Anônimo disse...

Colega, nada de tirar sua vida, quem tem que fazer isso são eles.
Nos vamos passar muito sufoco sim, já não dormi , passei a noite toda me tremendo, com náuseas,dor no estomago, tive que tomar outro comprimido da pressão que tomo somente de manha pois a pressão foi nas alturas......mas tirar a vida preciosa que DEUS nos deu nem pensar.
Que tristeza para nossos filhos e netos, para nossa família.
Aguardemos pois o Senhor nos acudira.
Muita calma e muita FE colegas.

Cláudio Almeida disse...


Dr.

Ainda acho:

1. A Previ não poderia anunciar o fim do BET e volta das contribuições, antes do balanço de 2013 passar pelo Conselho Fiscal, Auditores Independentes e Conselho Deliberativo. Todo ano é assim. Em 2012 o Conselho Deliberativo referendou o balanço em 22.fevereiro.2013.

2. A ação judicial (com pedido de liminar), contra o fim do BET, deve se basear em dois fatos:

a) foi prometida a distribuição de R$ 7,5 bi (que poderiam ter sido pagos à vista) e conforme a própria Previ reconhece em sua carta foram pagos só R$ 4,6 bi.

b) o BET tem natureza alimentar.

Ainda acho que "solidarizando-se" com os participantes a Previ deve e pode:

1) Suspender as parcelas do ES em janeiro, fevereiro e março/14.

OU

2) ES 150x150 para todos sem fórmulas mágicas, já.

OU

3) Pagar a metade do 13.º em janeiro de 2014.

Essas medidas sugeridas, todas, estão na alçada da Diretoria Executiva, e não dependem de aprovação de órgãos superiores.

Com a recomposição da reserva de contingência em 25% com recursos dos fundos previdenciais o PB1 continua superavitário.

Abraços.

Pensionista disse...

Colega anonimo, não cometa essa desgraça de suicidar se. Eles não vão estar nem ai com vc . São pessoas frias, sem alma.Eles querem nos ver sofrer mais ainda.! Desde ontem estou a base de calmantes ! Imagine nós pensionistas recebendo 60% dos quais temos direito aos 100% , o que será das nossas vidas?Quero meus 100% de pensionista, Previ e BB..

edsomn disse...

No final de sua impiedosa carta a diretoria se "solidariza" com os sentimentos dos participantes e afirma que nada mais fez do que cumprir com seu dever fiduciário.

E VAMOS CONTINUAR VOTANDO NESSA TURMA DE OPORTUNISTA E CARRERISTA.

Medeiros disse...

Caro colega Ferrari,

Atenda os apelos feitos aqui no blog por diversos colegas e tenha calma nesta hora. Nada de atos desesperados. O melhor é lutar e reagir para mudar essa situação aflitiva que atingiu não apenas você. Tenha fé que as coisas se resolvem. Suicídio nunca foi solução e nem o seguro paga a indenização. Fique firme e confie em Deus.

Anônimo disse...

DEVEMOS PARABENIZAR OS 24.935 ALIENADOS QUE DEPOSITARAM CONFIANÇA NA CHAPA 6, NO ÚLTIMO PLEITO DA PREVI. ALÉM DE NÃO CUMPRIREM A PROMESSA DE TRANSFORMAREM O BET EM BEP, ACABARAM COM O BET UM ANO ANTES!
SALVE MARCEL BARROS, SÉRGIO RIEDE, E OUTROS ESPERTALHÕES. VAMOS CONTINUAR SENDO DOMINADOS QUE EM BREVE VAMOS PERDER É A PREVI!

Medeiros disse...

Caros colegas,

Neste momento patético de anúncio prematuro do fim do BET pela Previ, o blog tem registrado alguns comentários justamente indignados e outros bastante lúcidos, como os do colega Aristophanes e do João Rossi Neto, entre outros.

Perguntam o que as associações farão ou estão fazendo. De minha parte na AFABB RS estou estudando uma ação abordando o caráter alimentar do BET e o compromisso que era de mais um ano, além de outras medidas, no âmbito administrativo.

A AFABB PR já ajuizou uma ação nesse sentido.

Vamos também procurar responsabilizar os diretores da Previ por má gestão ou gestão temerária.

Existem indícios a serem devidamente apurados. Vamos constituir uma comissão nesse sentido.

E vou abrir no blog um canal de denúncias contra os gestores da Previ, no molde dos que existem nas empresas.

Outras providências virão.

O escárnio da carta apócrifa não ficará sem resposta e sem reação.

Anônimo disse...

Bravos dr. Medeiros, é assim que se fala e que se age. Pra frente. Parabéns pela sua atitude de guerreiro. A AFABB RS merece todo o nosso apoio. Não fica em cima do muro.

Anônimo disse...

O dr. Medeiros , mesmo com problemas de saúde, vai pra luta por nós e a gente nem consegue completar os 600 seguidores do blog. Que vergonha ! Faltam cinco ainda.

José Humberto disse...

Para o colega Ferrari

Confia Sempre

Não percas a tua fé entre as sombras do mundo.

Ainda que os teus pés estejam sangrando, segue para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima de ti mesmo.

Crê e trabalha.

Esforça-te no bem e espera com paciência.

Tudo passa e tudo se renova na terra, mas o que vem do céu permanecerá.

De todos os infelizes os mais desditosos são os que perderam a confiança em Deus e em si mesmo, porque o maior infortúnio é sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo.

Eleva, pois, o teu olhar e caminha.

Luta e serve. Aprende e adianta-te.

Brilha a alvorada além da noite.

Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte...

Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia.

* * *

Meimei

(Mensagem recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier)

Anônimo disse...

Parabéns Dr. Medeiros,

Como sempre não decepciona. A gestão temerária da direção da previ tem que, ao contrário da carta apócrifa, ter nome e cpf.
Retiram dos necessitados e aumentam dos marajás. Isso é uma afronta a estado democrático de direito.
SE ABRIREM A CAIXA PRETA DA PREVI COM CERTEZA A PAPUDA EM BRASÍLIA PRECISARÁ DE NOVAS VAGAS

AUDITORIA EXTERNA INDEPENDENTE URGENTE

Cláudio Almeida disse...


Dr.

Basta juntar cópia do acordo 2010 sobre o superávit onde previa-se R$ 7,5 bi para os participantes em 60 parcelas, mais esta carta da Previ confessando que pagou só R$4,6 bi e suspendeu o pagamento e pedir a liminar (tutela antecipada).
O BET pagou IR e Cassi o que reforça o caráter de benefício alimentar. A Cooperforte consignou
empréstimo baseado no BET cujas parcelas serão descontadas até março 2014.
O BET equivalia a 20% do complemento previ, e resultou da divisão de R$ 7,5 bi por 60.
Se a divisão fosse por 48 o BET seria de 25% da parcela Previ.
Enfim, fatos e fundamentos jurídicos não faltam.
O Dep. jurídico da AAFBB/RS, a exemplo da AAFBB/PR pode pedir a manutenção liminar do BET até o julgamento do mérito.

Abraços

Cláudio Almeida disse...


Dr.

Em tempo (desculpe o atraso), sobre o caráter alimentar do BET.
Pensões judiciais determinadas pela justiça em porcentagem sobre o benefício do participante incidiram sobre o BET.

Abraços

Anônimo disse...

Se a Previ conceder -generosa e altruisticamente- a suspensão das parcelas do ES por três meses, todos ficarão satisfeitos?
Todos concordarão com o que tem sido feito?
Assinarão um "acordo" como o de 2010?
Votarão em promessas ?
Difícil acreditar em quem esteja envolvido em diretorias, em conselhos das Caixas ou de empresas participadas.
A "coisa" chegou a esse ponto por alienação.

Anônimo disse...

O resultado que está aí é fruto da nossa esquizofrenia. E isso é só o começo. Tudo começou quando elegemos o "Rei-Sol" com sua magnifica sabedoria e dando continuidade à sua dinastia elegemos a suprema presidenta incompetenta que deverá reinar ainda por muitos anos. Consequentemente, os indicados e nomeados companheiros nada mais são do que paus mandados a serviço de quem realmente manda neste país. Alguém tem dúvida, sobre a capacidade desses atuais dirigentes da previ. Quem são eles? Apenas antigos planfeteiros geralmente estacionados nas portas das agências com um discurso antigo: "Bancário unido jamais será vencido". Que união é essa? Ano após ano era o refrão de sempre, ou seja, a mesma ladainha. Achamos então que esses magníficos dirigentes de uma hora para outra se transformaram em competentes administradores? Por favor, vamos acordar. Que capacidade e conhecimento possuem esses senhores para gerir um fundo da magnitude da previ. Se o governo federal fosse sério a previ teria uma administração profissional contratada e não um bando "roedores" perambulado nas entranhas da previ. Vamos nos preparar pois o holocausto está apenas começando.
Imagine o que acontecerá depois da copa. Nem falo em olimpiadas porque até lá acho que o país já naufragou.

TORBES MARCIUS NOBREGA GAMBARRA disse...

Vejam que em 2010 o ex-Diretor José Aristophanes Pereira fez sua declaração de voto aberto: http://blogdosbancarios.wordpress.com/2010/12/10/superavit-comentario-de-jose-aristophanes-pereira/

Anônimo disse...

As associações podem nos ajudar coletivamente.

Mas eu penso que individualmente podemos fazer algo por nós. Logo que me aposentei tomei posse num cargo público federal.

Pra falar a verdade nunca confiei muito na aposentadoria da Previ.

Aproveitei a promoção de natal da Vestcon neste ano, prevendo o cenário negro que se precipitava na Previ, e vou me preparar para um concurso melhor.

Lembrando que a aposentadoria compulsória no serviço público é de 70 anos e que deve ser alterada pra mais, dentro de breve, acho que vale a pena investirmos numa nova carreira, no meu caso no setor público.

Por isso, vamos erguer a cabeça e lutar por objetivos.
O colega Ferrari que anunciou um suicídio online deveria repensar suas palavras.

A vida é um bem e as oportunidades surgem independentemente da idade.

Não tá morto quem peleia!!!

torbes marcius nobrega gambarra disse...

Do voto aberto do Sr. Jose Aristophanes Pereira em 2010:O verdadeiro propósito, subliminar, é comprometer parte do Corpo Social qualquer que seja o tamanho do SIM vencedor e nele escudar-se, para convalidar uma destinação viciada e espúria do Superávit, infiltrada na Resolução 26, do CGPC, que entrega ao Banco do Brasil patrocinador travestido de assistido a metade dos recursos, ou no caso R$7,5 bilhões. É contra isso o meu voto!

Anônimo disse...

Caros colegas de infortúnio.
Passado o primeiro impacto não podemos nos deixar levar por atitudes impensadas, e sim de tentar raciocinar com calma e inteligência.
Os fatos estão sacramentados.
Acabou o BET e voltam as contribuições.
Se pensarmos bem, tirar a própria e vida e vituperar a diretoria da PREVI, não vai alterar em nada a situação.
Muito pelo contrário.
Eles apenas se sentirão cada vez mais poderosos.
Imaginem que com apenas uma assinatura, chegam ao ponto de decidir sobre a vida e a morte das pessoas.
Não podemos dar e eles esta satisfação. Se quiserem orgasmos, me perdoem o termo, que se masturbem.
Temos que usar a inteligência que Deus nos deu, afinal fomos funcionários de outro Banco do Brasil, e realmente construímos o nosso Fundo de aposentadoria.
Examinemos os fatos com frieza.
Mesmo que não queiramos admitir a PREVI, não é mais, e há muito tempo, a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil e sim Caixa de Previdência do Banco do Brasil.
Quem ainda não se convenceu disto, acredita em Papai Noel e em coelhinho da Páscoa.
Acreditar em medidas paliativas para “remediar” os danos causados a todos nós, no meu humilde entendimento é totalmente ilusório.
Tentemos então que ser práticos e objetivos e para isto sugiro algumas providências, pois se conselhos fossem bons, ninguém dava e sim vendia.
Examinemos com todo o detalhamento nosso “passivo”, e busquemos gastos que podem ser reduzidos, senão na sua totalidade, pelo menos em parte. Sempre vamos achar alguma coisa que pode ser cancelada, ou ter seus custos reduzidos.
Lembre-se que cada Real economizado, pode ser útil.
Para as dívidas maiores, principalmente de financiamentos, sugiro que procurem um advogado sério e verifiquem as soluções disponíveis:
Não sou advogado, mas sei que podemos pedir ações revisionais para todos os tipos de financiamentos, inclusive para os débitos em conta, que por Lei não podem exceder 30% dos nossos proventos. Com estas ações as dividas não serão perdoadas, mas sim revisadas, principalmente nas taxas de juros. Por exemplo, cada vez que renovamos um CDC, seja em que Banco for, são incluídos os juros já considerados na operação que vai ser renovada, e pagamos juros sobre juros. Isto se chama “usura” e é ilegal.
Busquemos uma adequação a estes valores, e os que excederem a este percentuai (30%), sejam cobrados extra- folha.
Aí então os que pudermos, pagamos, e os que não pudermos busquemos acordos diretos com os credores ou se impossível, na justiça.
Diz o ditado que “enquanto os porretes sobem e descem, as costas descansam”. Mesmo que não obtenhamos êxito em nossas demandas, pelo menos teremos tempo para reorganizar nosso orçamento.
O futuro é outra história.
Temos que lutar com as armas que possuímos.
Portanto, calma nesta hora.
O desespero nos leva a atitudes impensadas e de que nos arrependeremos depois.
A vida é um dom de Deus, não temos o direito de tirá-la, nem de nós mesmos.
Esta não é uma atitude corajosa, e apenas vai transferir as responsabilidades para quem vem após, somados a muita dor e tristeza.
Não nos deixemos derrotar.
Pensem nisto com muito carinho.
Por razões obvias vou desta vez ficar no anonimato.

Anônimo disse...

Se tudo isso que a Previ vem fazendo está contra as leis, as normas e até o que eles mesmos prometeram então O MOMENTO É PRA SE ORGANIZAR E BUSCAR NA JUSTIÇA OS NOSSOS DIREITOS.
Afinal, eles estão lá porque nós os colocamos. Então, JUNTOS, NÓS APOSENTADOS TEMOS FORÇA JURÍDICA. É só ter inteligência e cabeça fria para enquadrarmos todos estes desmandos na LEI. ACREDITEM, JUNTOS SOMOS MAIS FORTES QUE TUDO!!! Deus ampara os justos. Rezem, orem, elevem seus pensamentos pra que a justiça prevaleça. ESPERE NO SENHOR, ANIMA-TE E ELE TE FORTALECERÁ. ESPERE POIS NO SENHOR.

caos e ordem disse...

Ao desesperado Ferrari dou uma sugestão, em vez do suicídio, vá com algum amigo ficar lá na porta da Previ, leve um colchão e umas panelas com um fogareiro, fique morando lá na frente, a polícia vai retirar você de lá mas quando isso acontecer já terá chamado a atenção do mundo inteiro sobre o nosso problema. Você pode mijar e cagar na previ mesmo, que lá tem uns banheiros muito chiques.

Anônimo disse...

Caro Mestre Dr. MEDEIROS:


Os escritos do Dr. ARISTOPHANES, neste momento crucial e decisivo, no seu "glorioso blog", TOCAM AO CORAÇÃO, enquanto os do Dr. JOÃO ROSSI NETO, ATINGEM À RAZÃO, fazendo recobrar à nossa fé, tão rudemente abalada.
Acredito também, que à ALMA DANADA do Sr. Dan Conrado, seja o Sr. MARCEL, pois o presidente da previ é gordo, barrigudinho e parece ser "alegre" e ter "senso de humor", e esse tipo de pessoas GERALMENTE não causam mal à ninguém deliberadamente (salvo sob grande pressão). Já o Sr. Marcel aparece ETERNAMENTE MAL HUMORADO, conforme se depreende do vídeo da NOVEMBRADA e de outras fotos suas. Ele é formado em História, APRENDIZ DE FEITICEIRO DE MAQUIAVEL e CLAUSEWITZ, que pregam que NA GUERRA, DEVE SER PRATICADA O MÁXIMO DE MALDADE, VISANDO INTIMIDAR E DESTRUIR O INIMIGO. Guerra santa contra a previ! Sem quartel nem piedade!
MANDADO DE SEGURANÇA COLETIVO NA PRÓXIMA 2ª FEIRA, DIA 06 DE JANEIRO DE 2014, ASSIM QUE ABRIR O FÓRUM.

CARLOS ANDRÉ DA SILVA - Recife - (PE), 04 de dezembro de 2014


João Rossi Neto disse...

Caro Medeiros,
Visando a solução ainda na esfera amigável, encaminhei, a título de derradeira tentativa, a proposta abaixo a Diretoria Executiva da PREVI. Sem embargo, continua valendo também a sugestão que fiz a FAABB para impetrar ação judicial contra a suspensão do BET.

Senhor (a) JOAO ROSSI NETO

A PREVI confirma o recebimento da mensagem abaixo.
Aguarde nosso retorno em breve.

Gerência de Atendimento
PREVI

Esta mensagem é automática e seu retorno não é monitorado.

__________________________________________________________

Data: 4/1/2014
Tipo: Reclamação

Mensagem: Essa Diretoria Executiva não tem um Plano B na sua gestão.

Se o resultado é deficitário é porque as rotas de navegação desse transatlântico -- PREVI -- estão erradas.

É muito cômodo gerir os recursos dessa forma: Se as Bolsas de Valores forem superavitárias, sem nada fazer são consagrados os melhores administradores da face da Terra, agora se vão mal pelas mais variadas causas oriundas de situações macroeconômicas mundiais adversas, os culpados são os participantes e assistidos e de pronto somos convocados para pagar a conta, cujo déficit não é da nossa responsabilidade moral, pois não tivemos participação alguma na sua feitura e no retumbante insucesso.

Não existe em lugar nenhum do planeta, músico que trabalhe com uma Nota só. É um absurdo e suicídio ficar na dependência exclusiva do que vai render as Bolsas de Valores (Rendas Variáveis).

Hoje nos toma o BET, volta às contribuições e amanhã será a vez dos benefícios que serão subtraídos por motivos técnicos alheios a nossa vontade e diligência, vazios, fúteis e inaceitáveis. Essa Diretoria Executiva com essa explicação irresponsável e inconsequente agride a nossa inteligência.

Não é justo, razoável e racional atrelar a nossa aposentadoria as volatilidades das Bolsas de Valores. Ou melhor, na verdade, este procedimento configura Gestão Temerária e como tal os Diretores e Conselheiros desse Fundo de Pensão devem ser punidos pelos seus erros administrativos.

Escancarado o resultado desastroso que reduz drasticamente os nossos benefícios, veja a incoerente e paradoxal afirmativa dessa Diretoria: ”Apesar do quadro conjuntural que prejudicou a geração de superávits superiores a 25% das Reservas Matemáticas, a Diretoria da PREVI mantém a convicção de que sua Política de Investimentos está no rumo certo e de que o resultado de 2013 será revertido no futuro com a melhoria no valor dos ativos, o que poderá gerar novos superávits para o Plano”.
Continua na parte II.

torbes marcius nobrega gambarra disse...

Superávit: Comentário de José Aristophanes Pereira

Publicado por Blog dos Bancários em 10/12/2010

Caros Amigos,
O Dr. Aristophanes foi grande autoridade naquele nosso Banco (o de antigamente).
Dia desses fez um manifesto que é uma verdadeira aula de dignidade.
Agora, dirigiu-se ao atual Ilmo. Sr. Presidente do Banco, cfe. abaixo.
Pena que talvez esse texto não chegue ao verdadeiro destinatário…
Pena que, talvez, quem deveria ler e compreender o que está escrito, o sentido do pedido, não o faça – por indiferença, por desumanidade, por falta daquele espírito que, antes, norteava as ações do corpo funcional daquele Banco do Brasil que não mais existe… sim, aquele mesmo pessoal que dedicou sua vida a essa instituição bi-secular, que fez com que o banco sempre fosse destaque na economia tanto doméstica quanto internacional… que transformou aquele banco que chegou a quebrar em 1808 na potência que todos conhecem.
Mas que perdeu a honradez, a dignidade, o brio, a decência – principalmente no trato com o funcionalismo, também com a clientela atual, uma vez que ‘bradescalizou’ seu relacionamento.
Uma pena. Infelizmente.
VOTE NÃO – e engrosse as fileiras da resistência a tudo isso que aí está.
@braços.
N A S S E R – 10 12 2010.

Recife, 7 de dezembro de 2010

Ilmo.Sr.
RICARDO JOSÉ DA COSTA FLORES
MD Presidente da PREVI
Rio de Janeiro RJ

Senhor Presidente.

A PREVI está solicitando aos seus participantes se manifestarem, em votação plebiscitária(SIM ou NÃO), sobre a forma de destinação do Superávit do Plano de Benefícios 1, nas condições estipuladas no chamado Memorando de Entendimentos, construído com diálogo e maturidade, como diz a Mensagem da Diretoria que o submete à aprovação(sic) dos aposentados, pensionistas e pessoal da ativa.

Já no próximo dia 9, quando começa o plebiscito, estarei depositando o meu voto, na urna virtual do 0800. Não entro no mérito das matérias tratadas no Memorando. Tampouco me preocupa a lisura do processo. Vou votar, para dizer NÃO e ter o direito de fazer a minha declaração de voto.

Senhor Presidente!

Esse plebiscito é uma vergonha histórica desnecessária. Do ponto de vista dos benefícios, elencados no Memorando, não estamos aprovando, ou desaprovando, coisa alguma, e sequer se exige quorum mínimo. Também, não haveria, tècnicamente, necessidade de manifestação do Corpo Social. Mas, tristemente, o Conselho Deliberativo da Previ órgão, efetivamente, competente para aprovar o acordo inventou esse procedimento, inexistente no estatuto e regulamento da entidade. O verdadeiro propósito, subliminar, é comprometer parte do Corpo Social qualquer que seja o tamanho do SIM vencedor e nele escudar-se, para convalidar uma destinação viciada e espúria do Superávit, infiltrada na Resolução 26, do CGPC, que entrega ao Banco do Brasil patrocinador travestido de assistido a metade dos recursos, ou no caso R$7,5 bilhões. É contra isso o meu voto!

Denuncio, também, essa prática criminosa, assim considerada pelo Estatuto do Idoso(Lei 10.741/2003), em seu Artigo 102, que pune com pena de reclusão e multa: Apropriar-se de ou desviar bens, proventos, pensão ou qualquer outro rendimento do idoso, dando-lhes aplicação diversa da de sua finalidade.

Na minha isolada e modesta condição de aposentado e de ex-funcionário do Banco do Brasil, não sou contrário ao diálogo maduro e construtivo com o Patrocinador. Reconheço as peculiaridades sócio-econômicas do Plano1 e suas singularidades atuariais. Por isso a necessidade de acomodá-lo, permanente e dinamicamente, aos interesses das partes envolvidas, haja vista a secular, complexa e muitas vezes tumultuada, relação entre o BB e a PREVI. Mas, que se faça, sem subterfúgios e caminhos sinuosos, com transparência e respeito, sem ignorar que a verdadeira PREVI somos nós.

Agora, um belo gesto seria cancelar esse mal-amanhado e inoportuno plebiscito. Depois, conversaríamos de forma construtiva e madura.

Atenciosamente

José Aristophanes Pereira

João Rossi Neto disse...

Parte II - Final.

No futuro quando, cara pálida, daqui a cinco, dez ou vinte anos. Será que ainda estaremos vivos até lá? Quem pode, em sã consciência, prever com segurança o que vai acontecer no futuro e no conturbado mundo em que vivemos, onde cada País procura defender os seus interesses direitos com unhas e dentes.

Nós vamos ficar à espera das migalhas que sobrarem, porque a certeza é uma só, facilidade não existirá nunca e os riscos de negócios em Bolsas de Valores são elevadíssimos. Àquela máxima é eterna: ”Não se pode colocar todos os ovos em uma única cesta”. É um equívoco insistir com coisa arriscada e que não está dando certo, a não ser que essa Diretoria Executiva assine com os associados um Contrato de Risco.

Se de fato acredita que o resultado deficitário será revertido no futuro, o justo e correto seria criar uma fórmula transitória, provisória, menos massacrante, para equacionar o déficit, mantendo o BET em 2014 com uma redução de 20% do seu valor e protelando por mais um ano a volta das contribuições. Não que resolva o nosso problema financeiro, mas ameniza o sofrimento razoavelmente. Outra coisa que ajudaria bastante, neste particular, seria a elevação do prazo do ES para 180 meses, com imediata redução nos valores das prestações para auxiliar na travessia dessa tempestade momentânea.

Se isto for feito, essa Diretoria Executiva dará prova concreta de solidariedade verdadeira e não só da boca para fora, deixando de ser apenas algoz que transmite o corte fiduciário. Havendo boa vontade e compreensão as partes poderão se entender e contribuir dentro do possível.

Anônimo disse...

Eu estou tranquilo, com o fim do BET e a volta das contribuições, simplesmente vou deixar de pagar alguns credores. Que lasquem, pois ja ganharam muito enquanto eu pude paga los. Abraços

Anônimo disse...

A Portuguesa vai recorrer na justiça comum contra a decisão do STJD que a rebaixou para a série B. E vai usar como argumento que a decisão do STJD fere o estatuto do torcedor. Segundo especialistas na área, é grande a chance da Lusa reverter o rebaixamento.
Ora, nós temos o estatuto do idoso. Que tal os nossos colegas juristas tomarem o mesmo caminho que a Portuguesa e pesquisar se tais decisões da Previ ou a sua gestão atual não ferem o nosso estatuto?
A dupla PREVI/BB se apoderou do nosso patrimônio e vem desviando seus recursos para outras finalidades que não a de garantir nosso bem estar e qualidade de vida.
Deve haver algo no estatuto do idoso que nos dê alguma esperança de reverter ou amenizar esta gestão temerária que a aatual diertoria da PREVI pratica contra seus asssociados.
Fica ai a ideia.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Poderia providenciar com o dono do UFC, Dana White, para arranjar uma luta contra o baxin ou contra o gordin comigo?

Vou meter porrada nos dois

Anônimo disse...

Lembram do SÉRGIO ROSA? Os 30%? IGP-DI?
Voltaram atrás a fórceps

NÃO VAMOS ENTREGAR OS PONTOS

Ô FERRARI para com isso meu companheiro de infortúnio! Eu cheguei numa época que fiquei sem salário de tantos descontos. O primeiro que me virou as costas foi o BB e foi o primeiro que eu parei de pagar.
Concluindo: Me cobravam 18 mil e o acerto foi feito por 3 mil.
Pega uma Bíblia e leia o livro dos Salmos para acalmar sua alma. Depois procure ajuda em associações de aposentados, defesa do consumidor, etc.
Nessas horas o grande segredo e repassar o problema. Você tá preocupado em pagar? Passe o problema para quem não irá receber. Pelo menos não de maneira extorsiva.
Fica em paz!

Anônimo disse...

Caro Ferrari, se você quer se vingar da Previ, VIVA MUITO; MUITO ALÉM DA EXPECTATIVA DE VIDA, ok?

Reinaldo Vertamatti disse...

Medeiros,
Pelo que tenho lido no grupo BB_Previ_Plano1, do Facebook, você conhece bem a Previ, mesmo porque já trabalhou lá dentro. Os nossos problemas principais parecem ser falta de teto, fim do BET e volta da contribuição. Mas, pela falta de oposição dentro da Previ, não lhe parece que o uso político da Previ se intensificará em 2014?

Anônimo disse...

A melhor defesa é o ataque. Gente, é hora de mostrar os dentes, e não ficar lamentando. Vamos sentar a ripa nessa turma, vamos incomodar, justiça no lombo deles. Demora, ahhh demora, mas demora prá eles tambem, o Marcel não reclamou no senado das inúmeras ações contra a previ? é por aí, vamos encher o saco.

Anônimo disse...

Quando li o email da previ, imediatamente veio a imagem de um trem aguardando o embarque de pessoas idosas, identificadas como “aposentados e/ou pensionistas da previ”. Essas pessoas, estavam acompanhadas de seus familiares diretos, esposa, filhos, e encontravam-se cercadas por um batalhão de soldados, cujo destino não era dito, apenas que seriam levadas a um lugar diferente,
Antes da partida chegou o ditador DAN HITLER, e leu um comunicado:
“Por serem considerados inúteis e nocivos ao destino do trio de ferro PT / PREVI / BB, as pessoas aqui presentes serão encaminhadas a um campo de concentração, e serão exterminadas de forma cruel, sem direito a nenhuma apelação, e para amenizar seu sofrimento serão acompanhadas de seus familiares, que terão o mesmo destino.”
Dessa classe , somente serão salvos os capachos diretos, que, pelo bom trabalho desempenhado para a glória do TRIO DO MAL , terão o piso salarial elevado para R$ 45.000,00

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Sou pensionista desde 1985, nunca contribui p Previ, nesse caso tenho q comtribuir??
Gostaria de saber tbém s posso suspender o cdc , pois não vou ter como pagar.

Anônimo disse...

Lamento principalmente que as diretorias de nossas associações ainda estejam fazendo proselitismo em prol de seus interesses eleitorais e ainda não tenham ingressado com ações de responsabilização da diretoria da PREVI por administração temerária e ações contrárias aos interesses dos participantes.

Anônimo disse...

Trabalhar depois dos 70 anos é ótimo pois o trabalho enobrece.
Tomara que a Previdência Oficial alertada não eleve a idade mínima para se aposentar para os 80 anos.
Atenção para o retorno dos especialistas da Previ com suas sugestões de economia.
Votei também como o Sr. Aristophanes.
Houve campanha para o voto NÃO por um blog que hoje anda meio quieto. Ignoraram.
Não é só pelos 20 centavos!!!

Anônimo disse...

Esse mês não vou ter dinheiro para fazer as comprs do mês.O que ganho vai tudo para o aluguel da casa que resido, sobrado apenas 300.00 reais para as despesas básicas.Não dá para pagar água luz e telefone.Não sei mais o que fazer.Esse baixinho prometeu incorporar o BET apenas para ganhar as eleicões para Diretor de Seguridade.SE minha situação ficar insustentável vou aí no Rio de Janeiro e dou um fim nesse miserável e depois suicido, pois não pretendo ver a minha família passar por necessidades pela má gestão desses irresponsáveis da PREVI.Do que adianta esse aumento agora em janeiro se as próprias contribuições que vão ser descontadas neste mês já vai comer todo o aumento? Este mês tem IPTU, IPVA,taxas escolares etc...Essa Diretoria da PREVI não sabem disso? Estão rindo da nossa cara, cambada de ignorantes que não deram a vida para que o Banco do Brasil ser o que é hoje.Em outras palavras o BB de antigamente dava valor aos funcis,mas esse de hoje é um ladrão de idosos afanando 7,5 bilhões que serviria para revisão do plano de benefícios.Esse Banco do Governo vai devolver os 12 meses que recebeu antecipamente do BET?
Aposto que não.Como diz um colega do blog. A PREVI, caixa de previdência dos funcis.do BB agora é Caixa de Previdência do Banco do Brasil.Estou recebendo meus proventos por ORPAG e vou passar sufuco do mesmo jeito. Todos esses anos recebendo por INPC que não cobre a inflação.Se afundei em CDCs no BB foi culpa dessa PREVI que não soube dar aumento condizente para os participantes.Mas essa Diretoria maldita vai pagar pelo que está fazendo.Merecem todos estarem na Papuda.

Fuzinelli disse...

Senhor Medeiros. Alguém tem que analisar minuciosamente todas as contas do balanço da PREVI/2013. Recursos humanos - cargos, salários, montante de funcionários, despesas com pessoal, despesas administrativas, despesas com terceirizações, comissões, assessorias, investimentos, etc.etc.etc. Garanto que tem muita coisa que poderá ser melhorada em benefício dos participantes.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, confio na luta dos abnegados dos blogs, como o seu que esclarece sobre as atrocidades duma máquina de triturar sonhos que É o TODO(PREVI, BB,GOVERNO). O que esperar de um Governo que é sua meta achatar o o benefício do INSS para quem ganha acima de um salário mínimo, e daqui poucos anos, todos ganharão UM SALÁRIO MÍNIMO. Tudo isso para o povo se atirar para os fundos de previdencia privada. O que esperar da tabela do imposto de renda que é corrigida SEMPRE abaixo da inflação? ; Acho que vamos ganhar um aliado até agora calado que é o pessoal da ATIVA,que estavam ganhando o BET, PLR, e que agora os 27.000 ativos, vão sofrer na carne. Aí que quero chegar, que se alguma coisa o Governo respeita é os Sindicato dos Bancários(que fez escola com o atual Governo) e vão provar do próprio veneno. Tenho certeza que alguma coisa vai acontecer.

Anônimo disse...

Mobilizacao!!!!! Jah tem almas penadas sendo apresentadas para a futura eleicao. Cuidado eh pouco.

Anônimo disse...

... Assim para você vender uma ação você tem que achar um comprador; a coisa funciona muito bem quando o ciclo é virtuoso (liquidez crescente)...

Em outros termos: o mercado tem seu apetite... (criar novos fundos, abrir novas praças financeiras, SANGUE NOVO, etc.)...

Por outro lado, quando a liquidez é decrescente tudo vai em outra direção...

Imagina quando toda uma geração necessita de vender... Então num existe milagre, mas sim alquimia. ... “A ALQUIMIA DA CENTRALIZACAO FINANCEIRA...”

EM RESUMO: apenas os PRIMEIROS ganham... O mercado como um todo não consegue vender seus papeis...

Coisa semelhante ao acima mencionado acontece no esquema "Ponzi" (pirâmide)... Apenas os primeiros ganham... Ou seja, as tendencias "Ponzi" dos mercados...


Como "pirâmides da felicidade" as bolhas especulativas apoiam-se numa hipótese impossível: a de que novos investidores sempre entrarão na ciranda, para satisfazer os ganhos dos que chegaram antes...


CONCLUSAO: papeis de alta LIQUIDEZ (VALEska, PETruska) seriam apenas um esquema "Ponzi": em ambos os casos apenas os PRIMEIROS a vender GANHAM...

O que é péssimo para os associados do Previ, com certeza não é bom para a sociedade como um todo...

Anônimo disse...

Aqui na Terra, 45 mil podem valer muito mas no inferno não valem nada!
Ou vocês duvidam que toda esta cambada além de ganharem o que não merecem ainda vão pro céu quando a dona morte vier puxá-los pela perna!

Fernando Lamas disse...

Ilustre Doutor Medeiros, saudações cordiais.

O colega Rossi, novamente, com as melhores palavras. Mas, apesar do peso moral e técnico do nome João Rossi Neto, desconfio de qualquer reflexo, junto da PREVI, não por carência no texto, preciso, claríssimo, mas por tudo o que já vimos.

Prezada senhora pensionista(16:16h), penso que a única maneira de aliviar o seu orçamento, para manutenção mínima, é pedir para receber por ordem de pagamento, porque, junto do BB, desconheço qualquer medida de alívio.
No sítio da PREVI, procura o "faleconosco"(Não é o telefone 0800!) e redige sobre a sua realidade, sem acanhamento, com sinceridade, suponho: os seus proventos estão consumidos por xx%, de modo que isso impede a sua manutenção mínima na alimentação e saúde, etc., além de outros motivos que a senhora venha acrescentar.
Se concordar, faz logo isso, porque a resposta costuma ser rápida e, se a PREVI aceitar os seus motivos, a implantação também é rápida, em janeiro, provavelmente.

Grato por tudo, Doutor Medeiros e segue um PAZ E BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

"O homem fiel fala sempre com sabedoria, mas o insensato muda como a Lua."
Eclesiástico 27,11-15.

Medeiros disse...

E finalmente, no dia 4 de janeiro de 2014, alcançamos os 500 seguidores. Foi preciso o fim do BET, mas , de qualquer maneira, me sinto mais animado. Obrigado pelo apoio e vamos que vamos pra cima deles.

Fernando Lamas disse...

Ilustre Doutor Medeiros, saudações cordiais.

Festejo com o senhor o 500º seguidor, grupamento no qual tenho a satisfação de compor.

Penso que devemos "agradecer" à PREVI, por fazer o anúncio fulminante bem antes da geração da FOPAG, pois é, justamente, esse tempo que deve ser utilizado, incansavelmente, pela nossa representação.
Penso que, já, neste fim de semana, a FAABB deva chamar todos os seus presidentes regionais(AFAs), para programar a ida, NA PRÓXIMA SEGUNDA, dia 6, bem cedo, à PREVI e não à porta da PREVI, mas até o alto escalão(Ou o alto escalão fica em Brasília??) e não sair, sem alguma medida mínima de alívio, mesmo transitória, porque, com máximo respeito pelos colegas, mas essas manifestações nos valorosos blogs, penso, não causarão/sensibilizarão qualquer alívio na decisão rapidíssima, sem qual exame de alternativas, pela PREVI.

FAABB, urgente, na PREVI, segunda, bem cedo, sem falta, antes da Fopag de janeiro!!

Grato por tudoe PAZ BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

"Senhor, do alto da tua santa morada, olha para nós. Inclina, Senhor, o teu ouvido e escuta."
Baruc 2,16.

Anônimo disse...

Creio que a simples transferência de agência para o recebimento dos proventos/PREVI evitaria que os CDCs fossem debitados em sua conta, pois a agência seria outra.Ou não? Até que houvesse reescalonamento com vistas à sua real capacidade de pagamento pois o Banco , literalmente, abriu os cofres aos aposentados, considerando o BET como capacidade de pagamento.,

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

É muito bom que o seu blog venha conseguindo mais seguidores, pois o que mais lamento é o fato da maioria dos aposentados não tomar conhecimento ou desconhecer totalmente os absurdos que estão acontecendo na Previ. Ainda hoje encontrei-me com um colega daqueles que nem chegam perto de um computador, pensam talvez que se trata de um ser alienígena, não leem os assuntos do nosso interesse, pensam apenas no recebimento dos benefícios, a cada dia 20. Este colega que encontrei me disse que é preferível perdermos o BET, pois as reservas estão muito baixas e corremos o risco de não recebermos os proventos mensais. Não toma conhecimento dos tetos ilegais, das aplicações de risco, do uso político da nossa Caixa, está tudo bem, parece que vive em outro mundo, não no Brasil de tantas e tantas falcatruas. Somos uma classe numerosa, poderíamos, através das associações, procurar unir os interesses comuns de todos os fundos de pensão estatais e fazer valer os direitos do corpo social na votação das contas e aplicações, mais a formação dos Conselhos Administrativos. Começamos muito mal o ano de 2014, o BET vai fazer falta para as nossas despesas, ainda mais quando temos problemas de saúde e ainda ajudamos os nossos filhos e netos. Temos consciência de que o BET foi concedido por um prazo determinado, mas houve promessa de incorporação e o patrimônio do fundo é perfeitamente compatível para a melhora dos benefícios. Infelizmente não temos a quem apelar e a justiça neste país não é caminho seguro, pois o tempo é nosso inimigo. Fazer o que? Rezar?

Anônimo disse...

Doutor Medeiros, desde que me aposentei não conheci ninguém tão ilustre como o senhor.
Você merece os 500 seguidores e muito, muito mais!
Que Deus lhe dê saúde, lucidez, e que sejamos vitoriosos em mais esta luta.
P a r a b é n s ! São os sinceros votos dos aposentados de SP.

Anônimo disse...

Prezado colega Fernando Lamas,

Uma dúvida surgiu-me na sua orientação à pensionista.
Antes de solicitar à PREVI que o pagamento seja realizado através de orpag ela não teria que desvincular o valor do INSS, recebendo-o diretamente de preferencia em outra instituição financeira?

Cordialmente,
Luiz Faraco

Anônimo disse...

Oi, alguém pode me ajudar ?
Meu benefício pela Previ é 3.199.
Pelo Inss é 1.437.
Minha Bet é 640,00.
Os 25% que a Previ quer cobrar vai ser cobrada de que forma?
Desde já agradeço !

Anônimo disse...

Doutor Medeiros será que anunciar o fim do Bet na sexta feira já foi de caso pensado? (pra ser digerido durante o sábado/domingo).

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Existe um velho ditado que diz, o que vem de baixo não nos atinge. A menos que não se sente em cima um formigueiro, esse dito popular procede. E é exatamente o que está acontecendo com os fantoches Marcel e Dan Conrado. Nossas criticas ou ameaças nunca os atingirão. Por terem extinto o BET, estão recebendo criticas por parte dos otários aposentados. Já por parte do Governo estão recebendo elogios. Essa é a verdade. Lamentavelmente.

E hora de ousar nos meios de protestar.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Não tenho muita certeza, mas acho que o seguro da Anabb não cobre morte por suicídio. Portanto, antes de dar cabo da própria vida, confiante de deixar o dinheiro para o beneficiário, convem ler direitinho as cláusulas contratuais.

E por falar em anabb, essa turma que manda dinheiro para essa associação todos os meses, pode se preparar com mais uma despesa. A associação logo mais vai mandar documentos para assinarem com pedidos de depósitos para ingressarem com ação judicial pelo retorno do BET. Duvida?

Anônimo disse...

MEDEIROS E JOÃO ROSSI VCS SÃO FANTÁSTICOS. VCS FAZEM A GENTE AINDA ACREDITAR QUE PODEREMOS TER ALGUMA ESPERANÇA. OBRIGADO, QUE DEUS CUIDE BEM DE VCS...

Anônimo disse...

Daqui uma semana, um mês no máximo, tudo estará esquecido e sepultado.

Anônimo disse...

tem um programa na globonews chamado contacorrente totalmente indicado p a eficiente diretoria da previ.cantaram as bolas certinhas durante o ano todo, e esses diretores competentissimos afundaram o barco.e eu q raramente vejo tv,estava entendendo melhor a economia assistindo a telinha.........

Anônimo disse...

Todos sabem que o atual diretor-superintendente da PREVIC já foi vice-presidente do BB?

Anônimo disse...

Meus aplausos para o Sr.
Isso vl basta?

luiz carlos disse...

BB PAGA POR FESTA - Manchete de hoje da coluna de Cláudio Humberto: festa de confraternização da Diretoria do BB foi feita no dia 10.12 dia do aniversário do presidente Aldemir Bendine. O "parabéns prá você" foi puxado pela cantora Daniela Mercury os presentes dizem que tinham mais de mil pessoas, a assessoria do bb apenas 150 entre funcionários e acompanhantes.

É um escárnio geral e, a continuar a nossa inércia, por conta da "crise externa" não vai demorar muito para a reduzirem mais 25% do salário...

Aristophanes disse...

Prezados colegas.
O fim do BET aconteceu. Sem ingenuidade e com realismo, sabíamos que isso iria acontecer, pois estava escrito: Benefício Especial Temporário. Sabíamos, também, que isso iria acontecer, depois que a previ pagasse, em 60 parcelas mensais, os R$7.500.000.000,00, que "adquirimos", pagando ao patrocinador(BB), antecipadamente - mediante um espúrio "acordo" plebiscitário, que validou a ilegal Resolução 26 - outros R$7.500.000.000,00, que perfaziam o NOSSO superávit total, de R$15.000.000.000,00, acumulado em 3 exercícios. Simples, assim!
Se, agora, estamos surpresos, revoltados, briguentos e indignados, é por que a previ, danada e conradamente, quebrou o histórico acordo, encerrando os pagamentos do BET aos 48 meses, com a entrega de apenas R$4.600.000.000,00 aos aposentados e pensionistas do conhecido Plano1. Não! Corrijo: aos aposentados regulares, às pensionista, aos futuros aposentados da ativa e aos aposentados especiais, com benefícios aloprados. E, obviamente, pao patrocinador, o valor integral: R$7.500.000.000.00 à vista!
Conversando sobre o assunto com Eremildo, o idiota, em recente visita à inocente Velhinha-de-Taubaté, ficamos um tanto desconfiados de que havia alguma coisa de errado, naquela aritmética distributiva. Mas a suspeita logo se desfez, após a leitura, pela erudita Madame Natascha, da longa nota explicativa, divulgada pela previ, com a assinatura da sua insuspeita Diretoria Executiva, explicando tudo, convincentemente. E, mais ainda, demonstrando a necessidade de retomar a cobrança de uma antiga contribuição de 4,8% sobre o benefício que paga, mensalmente, a cada aposentado: uma espécie de Multa de Sobrevivência(MS), pelo fato de o assistido ter se aposentado e, teimosamente, continuar vivo... 
Colegas! 
O choque do BET abortado, acrescido da MS ressuscitada, seria hilário, se não fosse trágico. As centenas de visitas e manifestações, nos blogs, traduzem de formas diversas - sérias, brincalhonas, desesperadas, abusadas e outras - a repulsa, a indignação, a perplexidade e a inaceitação, de todos nós, pela forma desleal, covarde, arbitrária e pouco republicana, como a previ fez tudo isso acontecer. Por outro lado, sentimos a ineficácia e a inoperância de ações repulsivas e reparadoras, de nossa parte, diante do poder esmagador das forças do Eixo(governo,bb e previ). Tirando a retórica, no resto estamos impotentes e quase derrotados. 
Em tais circunstâncias, ou nos entregamos, com as humilhantes compensações do colaboracionismo - como já acontece, lamentavelmente, aqui e acolá - ou partimos, de forma organizada, para um novo modelo de confrontação: a guerra de guerrilha(*) É isto que a História nos mostra e ensina, quando não é possível bater de frente, ou praticar, com equidade, a via diplomática. 
A partir de um Núcleo de Inteligência, compacto, ágil e acreditado, tàticas de guerrilha seriam ordenadas, para fustigar e desmoralizar o inimigo, até trazê-lo para a mesa de negociações. Fora disso, já está sobejamente visto, não há salvação. 
(*) Essa é uma opção política de difícil construção, mas possível, a partir do consenso entre acreditadas lideranças.

Anônimo disse...

MOMENTO DA UNIÃO =====> E DA AÇÃO.
COM CONSISTÊNCIA, SABEDORIA E EFICÁCIA!!!

Confio muito nas providência da AFABB-RS e da FAABB, para o ingresso com a LIMINAR.

Abs.

Janone

Anônimo disse...

Como tem aposentado e pensionista mal esclarecidos sobre seus ganhos e descontos. Tem gente que nunca soube se descontou para a previ e tem gente que nem sabe que existiu o BET. Só vai saber agora quando o espelho vier mais baixo. São esses que votam(ou não) nos dirigentes de nossas caixas. Valha-me Deus.

Anônimo disse...

Dr.Medeiros, posso passar a receber minha pensão pela Caixa , tendo restrição spc/serasa? Deus o abençoe.

Anônimo disse...

Dias atrás estava na sala de espera da Cassi e encontrei dois aposentados falando que nos últimos meses o que mais tem feito é viajar para a Europa e outras vantagens. Fiquei imaginando que esses deviam ganhar entre 15 a 25 mil reais/mes e sem nenhuma referencia ao BET tudo correndo as mil com eles. Devem ser daqueles que imaginam que os outros (nós) lutarâo por eles. Dos gerentes que conheci nenhum deles fez qualquer comentários em e-mails ou no face. Não compareci no manifesto de novembro por falta de dinheiro.

Anônimo disse...

Colegas,

Aconselhado pela minha filha, que todos os meses tinha que me ajudar a pagar as contas, entrei com uma liminar na Justiça pedindo para me resguardar os 70% do meu salário.
Em 15 dias o juiz decidiu mandando cessar todos os descontos no meu contracheque e todos os débitos na minha conta corrente. Do que recebo, tenho que fazer um depósito judicial de 30% para formar um fundo de reservas, de onde vai sair o pagamento dos meus credores.
Nestes últimos dois meses recebi conforme decidido judicialmente e já depositei os 30% previstos.
Então, minha situação tá nesse pé, recebo integral e separo 30% para os algozes.
Outro detalhe importante: abri uma conta corrente nova e alterei no site da PREVI a conta onde devem ser creditados os meus benefícios. Fim de papo, não debitam mais nada na minha conta. Agora é aguardar o andamento de tudo e ver como as coisas vão se encaminhar. A situação estava tão feia pro meu lado que não tive outra saída, e pior do que estava não tinha como ficar. Tava no fundão do poço mesmo.
É isso aí, acho que essa alternativa pode ajudar muitos colegas que estão na tábua da beirada, como eu.
Infelizmente vou ter que postar como anônimo, chato me identificar diante de uma decisão dessa que tomei.

JJ Santos disse...

Não se iluda: o BB e a Previ são instituições comandadas por seres REPTILIANOS. São indivíduos asquerosos que, a exemplo dos répteis, só sabem fazer duas coisas: "atacar ou fugir". SEJA LUZ!

Infelizmente seres reptilianos não têm sentimentos, eles estão a serviço das trevas. O grande equivoco dos seres humanos ocorre quando, para atingir suas metas, tira o que é do outro. Essa solução não está de acordo com a vontade dos Seres de LUZ. Isso é roubo. Essa palavra pesada traduz a decadência moral do ser humano.

Procurai avaliar. Se hoje a Humanidade está carente é porque houve vários enganos e o pior deles é o de ladroagem, de falcatruas. E elas continuam existindo, e mais, e mais, e mais . . .

A esperteza usada dentro de todas as instituições é condizente com as manipulações das trevas que estão atuando sobre o planeta Terra há muitos milhões de anos. Muitos usaram essas artimanhas, e as usam até hoje, pensando que isso é ser esperto e inteligente.

Quanto devaneio! Aqueles que acreditam que são mais espertos e mais inteligentes ao agirem assim já estão sofrendo por todos os ardis que construíram no ontem.

Medeiros disse...

Caros Fernando Lamas e Janone,

Obrigado pelas palavras de incentivo. Vamos tentar agir o mais rápido possível. Na segunda feira, dia 6, vamos reunir a diretoria da AFABB RS para acertar as medidas mais urgentes. As sugestões dos comentários são boas e vamos tentar aproveitá-las. Vou tentar contatar com os conselheiros deliberativos da Previ entre outras coisas. Não vamos nos desesperar. Vamos agir e reagir.

Anônimo disse...

A liquidez vincula intimamente os agentes econômicos
entre si. É assim, em primeiro lugar, porque o valor de
um bem líquido, que detém um indivíduo depende do comportamento
dos outros titulares. Se os outros titulares, por qualquer motivo, não mais querem o bem líquido, seu valor vai cair
a zero e o indivíduo considerado pode ir a ruina sem
nada ter feito. Como resultado, cada ator não tem outra escolha
a não ser ficar constantemente atento ao comportamento do grupo (tendência) do qual
depende sua riqueza. Se este antecipa uma preocupação por vir, então, ele é levado a vender, visto que os primeiros
vendedores são sempre aqueles que perdem menos.

http://digamo.free.fr/empirval.pdf (pag. 310) Tradução livre

BE FRIEND OF THE TREND....

Fernando Lamas disse...

Ilustre Doutor Medeiros, saudações cordiai.
Bom dia a todos.

Prezado colega(21:29), a simples transferência da c/c de Agência leva na bagagem os CDCs, VIA CPF.

Caríssimo Faraco, são serviços difrentes, isolados. Qualquer um de nós, pode solicitar, da PREVI, via faleconosco, receber por orpag, mostrando os graves motivos e, se lhe interessar, poderá, adicionalmente, solicitar(0800) a exclusão do Benefício do INSS.
Lembro que a exclusão causa desabamento da margem para ES e possível(veis) rejeição(ções) de consignação(ções) no contracheque. Sugiro, para quem recebe por orpag, constituir Procurador, pois somente o favorecido recebe orpag ou o seu procurador.

Grato por tudo, Doutor Medeiros, um ótimo domingo, Dia do Senhor, na PAZ E NO BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

"Quando entraram na casa, viram o menino, com Maria, sua mãe.
Ajoelharam, diante dele e o adoraram."
Mt 2,1-12
Epifania do Senhor

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

A P E L O - Dr. Medeiros - No seu comentário das 8:17, o Sr. diz serem boas sugestões para a diretoria da AAFBB RS de amanhã.....Então,,,,imploro que o Sr. pleiteie que a cobrança da contribuição de 4,8% não seja considerada na margem dos 30% para renovação do ES. Pois será o nosso FIM....Eu contando os dias para receber o aumento agora dia 20.01.14, justamente para abrir margem para renovar o ES....e agora foi tudo por água abaixo.
Nunca vi a PREVI fazer tanta desgraça junto. Por favor, nos ajude. Obrigado.Carlos
PS.: Parabéns pelos 500 seguidores, o Sr. merece.


Anônimo disse...

Colega das 04:11,

Tem muita gente na Previ, assim como no serviço público andando de camionete, câmbio automático, fazendo viagens internacionais... tudo na base do consignadão. Endividamento.
E sem perder a pose.

Anônimo disse...

Bom dia,Colega Anônimo das 4.1. 21:54h.Em sua folha de janeiro,os deletérios da previ,deletarão R$640,oo;a previ de 3.199 receberá+ou-5,5%=3.375;o inss de 1.437,receberá +ou- 7%=l.537=total geral=4.912.Antes, você tinha 5.276 de total geral.Você pagará cassi 3%s 4.912.Pagará mesmo ir na fonte.Não se esqueça de em outubro votar nos petralhas,ok.kkkk.

Anônimo disse...

Concordo com o colega Aristophanes. Se estamos em guerra contra essa administração nazista, vamos nos organizar nem que seja em ghetos. Vamos denunciar na ONU o que no Brasil está acontecendo com os idosos. Perda de poder aquisitivo, reajustes de benefícios insuficientes, roubo de contribuições (contribui com o teto e brevemente receberá o mínimo). Precisamos reagir a essa covardia. Precisamos criar um QG de luta.

Anônimo disse...

Nós vamos gritar e espernear e tudo ficará por isso mesmo.

Anônimo disse...

Complemento ao anônimo da 21.54h:pagará 4,8% s/3.375=162reais.Eu sou cabo eleitoral do pt=partido dos tributos.

Anônimo disse...

Caro colega Luis Faraco,náo precisa desvincular o inss para receber por Orpag-scr,Já recebn hà mais de ano junto com o complemento Previ. Lourival Rezende

Anônimo disse...

Que tal marcarmos uma manifestação BLOQUEANDO s Sede da PREVI, dia 13/01 ?
Pedindo: CPI do Congresso Nacional na PREVI x BB.
Aplicação do Estatuto de 1980 para associados Pré 24/12/1997 ?
...

Everton disse...

Caro Dr.Medeiros, Esse pessoal faz de tudo para desviar a nossa atenção para que nos preocupemos em apagar o fogo e esquecer de atacar que está colocando o fogo.
Vamos nos mobilizar todos, mesmo que se tenha diferenças. As vezes os inimigos se unem para combater um inimigo maior. Vamos colocar na direção da PREVI colegas que já se aposentaram, pois esses são os que mais tem interesses pela PREVI e o melhor, não vão lutar por não ter teto pois já estão aposentados.

Everton disse...

Caro Aristophanes, Mandei uma consulta para CVM e para a bolsa de valores para saber se o BB está mandando um fato relevante ao lançar em seu balanço e distribuir dividendos em cima de 7,5 bilhões e agora terá que lançar como prejuizo a diferença, ultrapassando 1,5 bilhões. Ele terá que ajustar o balanço de 2013 com esse prejuizo.

Anônimo disse...

Por que os funcionários do BB cedidos à PREVI recebem PLR, se a PREVI não obteve superavit?

Anônimo disse...

O fim da Bet todos nós já deveríamos compreender uma vez que não há mais superávit, mas por que pagar 25%? Então quer dizer que daqui há alguns anos em vez de receber nossos salários de aposentados vamos ter que pagar?

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Só vejo duas maneiras para solucionar esse imbróglio:

1) Conseguir uma maneira legal de instalar uma auditoria externa independente; ou

2) Utilizar as táticas dos Black Blocks

ANÔNIMO EX-ENDIVIDADO disse...

Além de acabarem com o BET um ano antes do prazo acordado no tal memorando de entendimentos, vão retornar com as contribuições. Os que têm situação financeira equilibrada, vão cortar um gasto aqui, outro ali, e irão levando. Agora, para os endividados, acho que guerra é guerra, e que eles devem partir para a radicalização total.
- a primeira medida, a mais urgente, para quem ainda não o fez, é pedir que o crédito da FOPAG seja feito por ordem de pagamento;
- em seguida, suspender o pagamento de todas as contas, começando pelos CDCs do Banco do Brasil, caso consiga receber o benefício por ORPAG. No meu processo de ajuste financeiro, um dos fatores primordiais foi a suspensão de tais pagamentos, na renegociação com os credores, acredito que tenha pago uns 30% do valor que era anteriormente cobrado;
- recebendo o benefício por ordem de pagamento, sobrará uns 60% líquidos, é essencial conseguir viver com este valor, comprando tudo à vista, evitando-se começar a fazer novas dívidas;
- a partir daí, o problema de suas dívidas passou a ser do credor, espere para ver o que eles vão fazer. O que vai ocorrer muito são telefonemas de cobrança, no meu caso, quando atendia uma destas ligações, dizia apenas “vão falar com meu advogado”, e desligava;
- é essencial verificar se você não tem bens passíveis de penhora, um único imóvel, utilizado como moradia não é problema;
- para os que conseguem receber o benefício por ORPAG, tenho dúvidas se é vantajoso entrar com ação judicial para enquadrar o pagamento de dívidas no limite de 30%, pois aí você reconhecerá que o valor que lhe é cobrado está correto, e não terá os grandes descontos de uma renegociação, sua dívida se alongará “ad infinitum”; eu iria vivendo com os 60% do benefício e pagaria as dívidas aos poucos, com um bom desconto;
- tenho um amigo com sérios problemas financeiros, ele se nega a interromper o pagamento de dívidas alegando “jamais deixei de honrar o que assinei”. Gente, isto valia no tempo em que havia ética no relacionamento credor/devedor. Hoje, as instituições financeiras se transformaram em um mar de tubarões sem escrúpulos, que querem nos devorar, por isto, mais que nunca, guerra é guerra;
- outros acham que, assim procedendo, vão se considerar uns derrotados, acho que o verdadeiro derrotado é aquele que deixa sua família passar necessidades, sem nada fazer;
- alguns se preocupam com “o que vão falar de mim”, é uma bobagem, hoje em dia ninguém se preocupa com endividados, tem tantos por aí. No meu caso, ocorreu que os falsos amigos e parentes interesseiros se afastaram, o que foi ótimo, alguns tentaram reaproximação, mas dei a enteder que não mais me interessava.
Sou um estudioso do problema do endividamento, e acreditem, não existe milagre, só se consegue equilíbrio financeiro com sacrifício e disciplina.









Anônimo disse...

Medeiros, nisso tudo tem a mao do BB e do governo. Penso que deveriamos ir pra porta das agencia do BB, em silencio e de preto, com faixa na mao questionar todo esse desgoverno..Um Banco que rouba de aposentados e idosos, nao pode ser serio e o Brasil precisa saber disso.Alem das açoes judiciais seria um sinal de alerta. mas em todas a agencias do BB. Nao adiante querer no rio ou em Brasilia, pq a maioria nao tem como ir.
Paz e bem para todos.

Anônimo disse...

Pessoal,

Todos que estamos aqui passamos num concurso que na época era o top.
Trabalhos 30-40 anos suportando todas as adversidades possíveis.
Ou seja, ninguém aqui é bobo.
Vamos acreditar.
Pisaram nos meus calos.
Me derrubaram.
Mas isso me deu mais força ainda.
Em 2014 eu vou lutar pra dar a volta por cima.

E como cidadão, votar por mudanças.

HELENO PINTO NOBRE disse...


AO ANONIMO DAS 11:27

GOSTARIA DE SABER COMO FAZER OU DE QUE MANEIRA PROCEDER PARA RECEBER POR ORPAG-SCR; TEM QUE SOLICITAR ALGUMA MEDIDA JUDICIAL ???? POR FAVOR SEJA BEM ESPECÍFICO DE COMO PROCEDER SE NÃO FOR PERGUNTAR DEMAIS .!!!! AGRADECERIA PENHORADAMENTE; MEU NOME HELENO PINTO NOBRE ; MATRICULA 3984740-3 . VOU T TENTAR FUGIR DO BB E INCENTIVARIA A TODOS QUE FIZÉSSEMOS O MESMO; ELES TERÃO QUE SENTIR ALGUM REVEZ NA CARTE. ESTE BANDO DE BANDIDOS QUE VEM "ADMINISTRANDO" O NOSSO PATRIMÔNIO. DEVERIA TER ENCERRADO MINHA CONTA NO BB QUANDO SAÍ SOU REALMENTE UM OTÁRIO ; MANTIVE MINHA CONTA. AGORA QUERO DESAPARECER DA CARA DESTES MARGINAIS. BANDIDOS SAFADOS. OS MARAJÁS FICARÃO. BOM PROVEITO .!!!!

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Como um Plano em extinção ( que é o nosso caso) pode sofrer alterações para privilegiar apenas uma casta extratificada pelo Patrocinador? O Plano fechado, na minha humilde opinião, se sofrer alteraçoes, deverá alcançar todos os participantes. Nao é isso que diz o artigo 17 da Lei 109/2001?

Celestino 1939310-5

Anônimo disse...

Grato aos colegas Fernando Lamas e Lourival Rezende pelos esclarecimentos.

Luiz Faraco

edsomn disse...

Colega Anônimo não faça besteira em 1995 eu e outros colegas você sabe da nossa luta para se manter no BB e muitos suicídios aconteceram, internações etc a postura do BB foi sempre a mesma e o PDV aconteceu e colocou vários colegas na rua, amigo nós vencemos e venceremos novamente nossa vida pertence a DEUS E SOMENTE ELE TIRARÁ, então amigo irmão vamos a luta sempre.

Reinaldo Vertamatti disse...

Medeiros,
Boa sorte nessa empreitada, que você inicia amanhã, em nome da AFABB, mas que, certamente, será em prol de todos os participantes da Previ. A serenidade que transparece em seus comentários e fala, parece muito importante nessa hora. Não conhecemos as reais intenções do outro lado. Podem ser piores do que imaginamos. Sem oposição, tudo pode aconteceer.

M lourdes S assis-campina grande pb - lourdinhassis@hotmail.com disse...

dr medeiros, todos os dias olho seu site para saber as noticias da previ, como tambem o de Zanella, para ser menbro é preciso fazer algum cadastro?

Anônimo disse...

Ola, desconto em folha o ES, o financiamento imobiliario da Previ, e a Cooperforte. No debito em conta tenho p cdc. Tudo isso ultrapassa os trinta por cento do meu salario, gostaria d fazer o mesmo q o senhor, porem tenho medo q cortem meu financiamento imob. E eu fique s moradia,gostaria de contoniar a pagar esse integral, pois e moradia.

Antonio Carvalho disse...

Prezado Dr. Medeiros e demais Colegas:
O Baque é grande. Somos 90 mil aposentados e pensionistas com redução de 24% nos rendimentos. Quem recebia, por exemplo, R$ 5.000,00 em dezembro vai receber R$ 3.800,00 em janeiro. Os eleitos, em campanha, prometeram incorporar o BET como benefício permanente, pagar o BET sobre a verba P-220 e do grupo pré-67, elevar o valor das pensões e manter as contribuições suspensas. Nada Fizeram. Pelos demonstrativos de outubro, o saldo provisionado era suficiente para pagamento até julho de 2014. O Banco não assumiu R$ 1 bilhão do BET dos pré-67, além de ter usado igual valor, onerando a PREVI em cerca de R$ 2 bilhões. Não foi implantado o TETO para Dirigentes Estatutários, aprovado em 2008. São 137 Dirigentes do Banco, PREVI e Subsidiárias recebendo ou com direito a receber benefícios de R$ 9.800,00 a maior, (R$ 40.560,00 recebido menos R$ 30.760,00 devido). Estão sangrando a PREVI em cerca de R$ 16 milhões/ano, podendo dobrar nos próximos 5 anos. Os Conselheiros Deliberativos eleitos, admitem que foram descumpridos: A Constituição, as Leis 108 e 109/2001, a resolução 26/2008 e que a PREVI está exposta a sanções e ações judiciais mas não corrigem as irregularidades. Os Diretores Eleitos, Advogando em causa própria, insistem em manter benefícios privilegiados com incorporações de Férias, L. Prêmio, Abonos, Cesta Alimentação, etc. não previstos no regulamento desde dezembro de 1997. O Banco, PREVI e o Governo vão assinar um acordo, PASSANDO O TRATOR em 118 mil participantes e Assistidos. Os aposentados podem demandar as mesmas incorporações de Dirigentes Estatutários. A PREVIC, como Órgão fiscalizador, deve aplicar as punições previstas na LEI. As Associações devem ser firmes na defesa dos associados demandando a justiça;
-Assista vídeo do Diretor Marcel, clicando no LINK: http://youtu.be/19pCD0D7LUU.
- Leia mensagem de Teixeira clicando no LINK: TETO DE BENEFÍCIO IRREGULAR.
-Leia promessas de campanha clique no LINK: PROMESSAS DE CAMPANHA
-Assine o Abaixo Assinado em apoio ao Projeto de Lei PDS 275/2012 que objetiva cancelar artigos abusivos da Resolução 26/2008 que permitiu a PREVI repassar R$ 7,5 bilhões ao Banco em 2010, clicando n o LINK: ABAIXO ASSINADO PDS 275
-Acesse e adicione meu blog, clicando no LINK: http://www.ajccarvalho.blogspot.com.br.
Antonio J. CARVALHO – email: ajccarvalho@bol.com.br

Anônimo disse...

Caterva...Cambada de incomPenTentes ... conseguir fazer prejuizo num patrimonio enorme como o da Caixa de Previdencia do banco do brasil é de uma incomPeTencia só cabivel nas mãos desses distribuidores de panfletos e sindicalistas arruaceiros... aonde está o "Conselho Fiscal" que não fiscaliza nada??? aonde estão os ilustres eleitores que votaram nessa gente que está ai , enterrando a previ??? continuem votando na petezada e não reclamem ....

Anônimo disse...

Com essa noticia eu vou ficar em debíto com o banco não vou fazer feira nem comprar remedio. vou ficar experando a morte chegar. Como o governo quer, matar todos e ficar com a previ milionaria... eles não estão nem aíiii, o bolso deles estão sobrando dinheiro eles não sabem o que e necessidade privação fome , desespero , eles não conhece. Mas a noticia deicha nossa iteligencia enterrada , amarrada inesistente.... pesse nisso.

Anônimo disse...

desculpem a falha : o correto é incomPeTentes, ou seja ausência de competência para administrar para os outros , somente para si e sua PTchurma. Açoes coletivas em cima deles...

Anônimo disse...

Aposentado do bb não dar votos que o governo quer. Mas, o diheiro da previ da para pagar as boças familia , todo tipo de bolsa, para fazer estadio para a copa do mundo, e pagar marajasssssssss. e nãos que morra não estão nem ai. Os diretores com o salario de mas 80.000,oo por mes sofre o que!!!!!!!!!!!!!!!!!

camilo - jundiai disse...

Hoje consultei, via site, como receber via ORPAG. Assim que receber a resposta eu aviso a todos.

Anônimo disse...

Será que a PREVI precisa de tanto funci do BB lá, somados aos contratados e ao conselho de gestores incompetentes, logo amigos aqui tem um super cabide de emprego.

Anônimo disse...

Reclamar entre nós está certo. Difundimos nosso inconformismo. Mas temos que sair do gueto. Procurar fazer com que o Brasil nos ouça. o blog DIARIO DO PODER do Claudio Humberto é o mais lido de Brasília. Todos os políticos o leem. Tem uma seção Bronca geral. É só mandar o petardo. Temos que nos faze ouvir. vamos que vamos.

Anônimo disse...

Caro Mestre Dr. MEDEIROS:

Antes de mais nada devemos nos preparar URGENTE para o "day after"! Para aqueles que têm COOPERFORTE como eu, devemos solicitar, de preferência através de alguma Associação a que esteja filiado, à diminuição IMEDIATA de 10 (dez) para 5% (cinco por cento) do valor retido nos saldos devedores dos empréstimos com PRAZO MAIOR à TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO. Por falar nisso a COOPERFORTE trocou de seu "site", o ALEGRE ANÚNCIO DE QUE COMPLETARIA 30 ANOS ESTE ANO (sem dúvida, motivo de alegria para muitos de nós também) pelo MAIS CAUTELOSO DE QUE FOI CRIADA HÁ 29 ANOS (antevendo, com tristeza, a tempestade que se avizinha)!
Caro Mestre, está na hora de termos algo SÓ NOSSO. ALGO QUE SÓ NÓS POSSAMOS MEXER E QUE NENHUM DANADO POSSA SE INTROMETER! Por quê não fundarmos à COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS FUNCIONÁRIOS APOSENTADOS DO BANCO DO BRASIL? Não tenho nada contra, mas à COOPERFORTE e as AABB's NÃO NOS PERTENCEM MAIS. Seriam empréstimos mais modestos, DENTRO DE NOSSA REALIDADE, prazos compatíveis com nossa idade, nada que colocasse em risco a nossa sobrevivência de forma digna.
Finalmente, o nosso endividamento não é precipuamente causado por tentarmos ter um padrão de vida acima de nossas possibilidades, mas por ajudarmos familiares mais necessitados, pelos juros extorsivos de EMPRÉSTIMOS, CARTÕES DE CRÉDITO (17% ao mês o do ITAÚ), PRODUTOS, SERVIÇOS, CORRUPÇÃO,etc., etc.,.

CARLOS ANDRÉ DA SILVA - Recife - (PE), 05 de janeiro de 2014

Anônimo disse...

Vamos parar com essa vitimização. Já sabíamos o que queria o BB. Nosso fundo. Ok. Agora é se unir e dizer não. Não ao BB, não ao PT e não aos sindicalistas barbeiros. Fora Todos. A PREVI é nossa. Basta a gente assumir. Não somos vítimas. Somos contemplativos. E Chorosos. Levanta aposentado ! Vai à luta !

Anônimo disse...

Além das providências jurídicas cabíveis, em termos midiáticos o importante é bater na tecla: CONLUIO BB/PREVI ROMPE ACORDO E DEIXA DE PAGAR BENEFÍCIOS DE 2014!!!! Creio q fica bem facil de entender pro leigo.
Abraço e vamos que vamos!

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Uma ação fala mais alto que mil palavras. Se em vez do tapinha nas costas e o aperto de mão, tivesse ocorrido um quebra-quebra na Previ, por ocasião da novembrada, tenho certeza absoluta de que o BET NÃO IRIA SER EXTINTO.

Se existe uma coisa que amedronta político é o povo na rua.
Pois Bem. Quer ver a PRESIDENTA DILMA DESESPERADA, P DA VIDA PARA SABER O QUE OU QUEM DEU MOTIVO PARA UM QUEBRA-QUEBRA EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL (PREVI), É SÓ MUDAR OS MÉTODOS DE PROTESTAR.

Tenho certeza de que as cabeças do presidente e de seus paumandados, Marcel, principalmente, rolarão.

Como diria o professor Ari, JUST DO IT.

fELIZ ANO NOVO.

Anônimo disse...

Caro colega Heleno Pinto Nobre,
Entre no site da Previ na sessão fale-conosco e peça a mudança por orpag, só que vc tem que ter uma justificativa muito forte.É só alegar que o BB aprovisionada mais da metade do seu salário comprometendo seus compromissos familiares.Não é preciso desvincular o INSS do contra cheque pois isso altera sua margem consignável no caso de pegar o Empréstimo Simples.Espero ter esclarecido o colega. Lourival Rezende

Maria disse...

Pelo jeito este post do Dr.Medeiros vai bater recorde de comentários!!!è bom saber que não estamos sós.

Anônimo disse...

A DILMA CUMPRE TODOS OS

CONTRATOS???

Anônimo disse...

Aos colegas que queiram parar de receber os proventos no BB.

Entrem no site da Previ e na sessão do fale-conosco, expliquem seus motivos.Tem que ser muito forte as alegações.Ex: BB cobrando valores aproximados do total dos proventos, deixando os assistidos em plena penúria, afetando seus familiares.
Atençao: Não é preciso desvincular o INSS da Fopag, pois assim a margem consignável ficará prejudicada e os participantes ficariam em dificuldades de obter o ES.
Isso fica a cargo de cada um. A resposta a PREVI é rápida.Se agirem depressa, talvez até o dia 20, os proventos já estarão no sistema de Orpag -SCR.
Lourival Rezende

Anônimo disse...

Gente,
Vamos acessar o blog Diário do Poder do Cláudio Humberto. Todos os políticos em Brasília leem esse Diário.Vamos fazer chover reclamações da PREVI e BB nesse blog, para que o Sr Cláudio publique os desmandos que estão havendo entre BB e PREVI,
Um por todos e todos por um. Todo mundo mandando mensagem para lá.Acabo de fazer isso agora. Lourival Rezende

Anônimo disse...

Vou mandar o recado para o Cláudio Humberto agora.É na seção Bronca Geral né?

Anônimo disse...


Parabéns Doutor Meireles pela marca dos 500. Deus o abençõe pela coragem e honradez. Vamos em frente...
Rosário, (aposentada)
FORA essa Diretoria da PREVI que só tem ALOPRADOS E INCOMPETENTES.
Vai ver que os investimentos da Previ na Bolsa foram feitos nas
empresas do falido Eike Batista. Será que só a Previ não sabia que aquilo tudo era fachada, papéis podres e que o garotão mimado nunca trabalhou ou suou a camisa; como nós aposentados, que demos até o sangue pelo BB/-Previ?
CADEIA NELES

Anônimo disse...

INCOMPETÊNCIA DOS SINDICALISTAS
Os aposentados da PREVI terão que voltar a contribuir para o seu plano de pensão, o maior da América Latina, por conta da incompetência dos atuais diretores, antigos sindicalistas panfletadores, que se deixaram levar pelas águas turvas da bolsa de valores. Estes incompetentes deveriam ser levados à justiça. E ainda se dão o premio de um salário de 45.000 por mês fora as benesses do cargo. Esse país nas mãos dos sindicalistas ainda vai se transformar num enorme Maranhão.



rosa calixto
rio de janeiro - RJ

banner_twitter
Mande a sua
mensagem para
Bronca Geral
© 1998 - 2 Parabéns Rosa Calixto.edmílson em januária mg.

Fernando Lamas disse...

Ilustre Doutor Medeiros, saudações cordiais.

RECEBIMENTO DO BENEFÍCIO PREVI, VIA ORDEM DE PAGAMENTO

Prezado Heleno, "nunca anônimo", a PREVI credita, por força do Estatuto, em conta-corrente, exclusivamente, no BB.
Porém, caso esteja em alguma situação GRAVE que comprometa o cumprimento mínimo do orçamento(Alimentos, saúde, etc.), você pode ESCREVER para a PREVI, através do faleconosco, no sítio da PREVI e expor a sua situação.
A resposta costuma vir, rapidamente e, se aprovado o seu pedido, a implantação é rápida, também.
Para quem recebe por orpag, eu sugiro constituir um Procurador, via Cartório, porque uma orpag somente o favorecido a recebe ou, no seu impedimento, o seu Procurador.

Grato por tudo Doutor Medeiros, tenha uma semana inspirada, corajosa e abençoada, na PAZ E NO BEM!

Fernando Lamas
Valinhos(SP)

"Javé ouviu, com atenção; diante dele, um livro foi escrito, para lembrar todas as coisas que são a favor DOS QUE O TEMEM E HONRAM O SEU NOME."
Malaquias 3,16.


Anônimo disse...

Dr Medriros,
O Sr é um excelente no assunto. Minhas despesas supera o que vou ganhar a partir de agora. Como faço para receber meus proventos sem ser molestado.
Quero pagar, mas o que posso.

Anônimo disse...

Colegas, ví no blog do Ari Zanela:
Previ, está negando que os proventos sejam através de Orpag, alegando falta de amparo regulamentar.Acho que o BB pediu à Previ negar a Orpag, já sabendo que iria haver pedidos em massa e o Banco iria amargar prejuízos.Deve estar tudo combinado entre PREVI/BB.Querem que os aposentados morram de fome para sobrar a quantia milionária do PB1 para o BB.

Anônimo disse...

______________________________
Aposentados do Banco do Brasil
______________________________
VAMOS NOS UNIR PARA MANTER NOSSO PATRIMÔNIO. NÃO SE ACOMODEM. HOJE SÃO 25% A MENOS, E SE FICARMOS PARADOS AMANHÃ SERÁ PIOR.

Saiam do seu pedestal. Caiam na real. Lutem enquanto ainda há tempo.
Não tenham vergonha de expor suas preocupações aos seus colegas, familiares. Vamos a justiça, aos jornais, as portas das agências, à Previ. NÃO DURMAM HOJE SENÃO AMANHÃ SÓ TERÃO PESADELOS ! ! !

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Pode me informar se a contribuição passa a valer p pensionistas também??
Após o falecimento do titular do benefício o desconto já seja muito bom 40%, pois recebemos apenas 60% como complemento.

caos e ordem disse...

Vamos assinar a petição para o senado, está na net como PETIÇÃO AVAAZ 2752012. Este é um recurso que podemos usar, assine e encaminhe para seus amigos e familiares. unidos venceremos

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, o senhor tem conhecimento se é viável entrar na justiça para conseguir que os descontos em folha se restrinjam a 30 por cento? Se viável, a ação deverá ser na justiça comum ou federal?

Carlos-Rio Pardo(RS) disse...

Está bonito de ver,,,,até as 18:13hs, do dia 05.01.14, 143 comentários.
Tamanha indignação dos aposentados.
Como sou esperançoso de carteirinha, até porque sem esperanças que graça e que sentido teriam nossas vidas,,,,ainda não acredito que a Previ não de uma trégua e conceda algo para amenizar a bomba.
Sonhar e preciso. Como se diz,,,Vamos que vamos...
Abr a todos.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros notícia na folhapolitica.org de 05.01.2014 :
DIRETORES DO BANDO DO BRASIL RECEBEM R$ 52 MIL POR MÊS DE APOSENTADORIA.

Juninha disse...

Boa tarde, Dr. Medeiros! Sou filha de pensionista, acometida de um AVC. Gostaria de saber se as pensionistas vão ter que pagar a contribuição de 4, 8%. Li em um comentário do Blog do Ari Zanella que as pensionistas não contribuem para a Previ, o que foi confirmado, posteriormente, pelo próprio Sr. Ari Zanella. Mas, eu queria muito confirmar esta informação. Desde já, eu agradeço!

Anônimo disse...

DR: Medeiros responde nossa pergunta estamos mal informados..... perdidos nos aaajudem. em nome de Jesus.

Anônimo disse...

Pencionistaaassssssssssssssss desperadas não sabemos como se defender . É CHOCANTE A NOTICIA NÓS AJUDE DR: MEDEIROS EM NOME DE JESUS. A NOTICIA É DESESPERADORA E CHOCANTE. COMO VOU SOBREVIVER. MEU DEUS ME AJUDE SAIR DESSE DESESPERO, DESSE COUSSSSSSSSSS , MINHAS LOGRIMA BANHA MEU CORPO DESESPERADOR. O QUE VOU FAZER SENHORRRRRRRRRRRRRR

Anônimo disse...

DR.Medeiros,
Agradecemos d coracao o apoio q temos encontrado no sr. Deixo aqui registrado nossa (minha e com certeza d todos aposentados do BB) admiracao pelo homem honrado, de bom caracter,de fibra e um enorme coracao q o sr. tem se mostrado ao longo desses anos q o acompanhamos .Obrigada por estar nos acolhendo nessa hora d desespero.
Qto ao comentario anterior da "Juninha" das 14:11 ,quero deixar claro
Que nao podem cobrar contribuicao de pensionista,nunca foi cobrada, pois a Previ ja embolsa 40% , repasando 60% p o beneficiario.

Juninha disse...

Obrigada, Anônimo das 02:33! Tenho fé que tudo dará certo! Abraços a todos!

Anônimo disse...

Prezado Dr. Medeiros,

Estamos todos revoltados contra os desmandos em nosso plano de previdência. É nosso, mas não temos poder algum de participar das decisões a serem tomadas - nosso direito constitucional. Vamos a luta!

Gerson Köhler disse...

Caro Dr. Medeiros,
Meus cumprimentos pelo seu posicionamento a respeito da situação dos aposentados de nossa Previ, após este janeiro de 2014.
A excelência de seu posicionamento está respaldada pelas quase duas centenas de comentários que gerou.
Em síntese, é hora de - nas próximas eleições - retirar de cena, definitivamente, esta categoria de pessoas instalada em nossa Previ e - ampliando o raciocínio - em nosso Brasil. Esta diretoria da Previ assinou a própria carta-testamento deles e dos 'de onde provem'. Aliás, esta situação caótica pela qual passamos pode ser extrapolada a todo o Brasil durante a gestão petista.
As eleições da Previ estão ai e...melhor do que isto, as eleições gerais do Brasil também estão logo ai.
Reitero meus cumprimentos ao seu editorial e também aos comentaristas que sugeriram, em detalhes, outras questões obscuras presentes e não aparentes. Isto é o Brasil dos 3 últimos governos. Mas a mudança - radical - está chegando.
Atenciosamente,
Gerson Köhler

Anônimo disse...

Medeiros, não sou da Previ, mas de outro fundo de pensão, que esta entrando no 3º déficit consecutivo. E nós pagando parte da conta dos 'gênios' de finanças, que só produzem prejuízos.
Mas o motivo de meu comentário é outro: essa parcela recebida a mais não é BET? Se é BET, como pode ser definitiva? Se é BET, como diz o próprio nome, não seria extinta um dia?
Confesso que não entendi bem, porque, de repente, algo que é temporário, deva ser permanente (e olha que a sigla é até redundante, pois diz Especial Temporário).
Quero deixar bem claro que não sou a favor dessa tchurma que tomou conta dos fundos de pensão, mas não vi, neste caso, que estejam errados.

Anônimo disse...

Sou funcionário aposentado e advogado. Acho que as associações de aposentados deveria entrar com uma ação coletiva, visando acabar com a contribuição dos aposentados para a PREVI.
Não tem sentido o funcionário contribuir 30 anos e após aposentar-se continuar contribuindo.
Nem o INSS faz isto. Lá não há contribuição do aposentado, exceto quando ele continua em atividade.
o STF e STJ já decidiram que os planos de saúde PRESTAM SERVIÇOS AOS ASSOCIADOS, subordinam-se ao CDC (Código de Defesa do Consumidor). Portanto resta claro que o funcionário aposentado paga por um serviço que a PREVI jamais vai lhe proporcionar, que seria uma segunda aposentadoria.
Assim a obrigação de contribuir encerra-se no dia da aposentadoria.