AVISO AOS NAVEGANTES

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

As reuniões e os conchavos para a composição das chapas para a eleição da PREVI estão em pleno andamento, desde janeiro, e as costuras finais estão sendo concluídas.

A situação vem com tudo. A Contraf/Cut está a mil. O Governo federal tem grande interesse na eleição.  Lideranças políticas e partidárias estão agindo. Notas são publicadas procurando confundir e criticar a oposição. As especulações aumentam a cada dia. Boatos chegam ao cúmulo de colocar o atual diretor Paulo Assunção de novo na parada para a disputa, ele que parece nada ter feito em seu mandato a não ser assumir a defesa do teto de quarenta e cinco mil para os estatutários.

Existe um certo nervosismo, porém, no lado oficial.  Mesmo que incrivelmente a Contraf/Cut tenha assegurado o apoio do pessoal da FENABB e da AAFBB na chapa que lançou para a CASSI, o que pode significar que para a PREVI virão junto novamente.


Por causa disso os ataques virulentos e grosseiros estão se multiplicando por toda a parte, especialmente na rede da internet.

Eu sou um dos alvos desses ataques. Insultos, palavrões de baixo calibre, ameaças, intrigas, mentiras, tudo o que voces possam imaginar.  Querem me intimidar.

Outras manobras acontecem paralelamente. Ofertas, propostas, paparicagem, negociações. Querem me aliciar.

Porém aviso aos navegantes, não tenho medo, nem estou a venda. Vou de peito aberto para a disputa. Sei como é o jogo, sei dos interesses perversos, sei das más intenções dos infiltrados. Sei de outros que se assustaram e desistiram Mas eu não. Continuo firme.

Meu ânimo é somente o de resistir, de procurar dar um basta nesse processo destrutivo que pretende fazer da Previ um Aerus. Como ainda ontem foi noticiada a interferência do Governo a favor de investimentos arriscados. Minha decisão de concorrer é apenas para ficar de bem com minha consciência de cidadão e de aposentado do BB.

Para tal, aviso aos navegantes que não vou admitir ofensas gratuitas nem anônimas de qualquer lugar, especialmente no meu blog. Estou assessorado por advogado especialista em Direito Digital e por colegas especializados na área.  Mesmo escondidos sob o manto do anonimato, o Google descobre a raiz e a origem dos comentários e dos emails, inclusive até se vierem acobertados com nome de fantasia, como, por exemplo, Ze.

Tem um cara contumaz no blog com ofensas de baixo calão, cujo nome verdadeiro e domicílio já está com o Ministério Público e a Polícia para as devidas providências. Qualquer dia desses vai receber uma intimação.

E também tenho ao meu lado o ilustre causídico criminalista, dr. Jorge Krieger de Mello, para analisar e atuar em caso de difamação, injúria e ofensas à honra, durante a campanha.

Assim - aviso aos navegantes - quem quiser  pode vir que estou preparado.

Sou da fronteira, gosto de peleias, não tenho medo de apanhar, mas revido na hora. E tenho bastante munição. Ninguém me ganha no grito. Portanto, por favor, me respeitem.

E, no mais, vamos que vamos. Não podemos se entregar pra os homens. A Previ é nossa. E de mais ninguém. Vais continuar assistindo sentado na cadeira ? Queres aplaudir o Mantega e o Dida que pretendem a Previ investindo no Eldorado ? Queres perder mais 25% nos teus benefícios ? Queres continuar assistindo os dirigentes ganharem honorários de marajás nos conselhos ? A hora é agora. Vota contra a situação nas eleições. Vota conosco. Vamos virar o jogo.

55 comentários:

Anônimo disse...

Aguente firme Medeiros. Sei que os ataques devem estar cada vez mais virulentos. Mas aguente, precisamos de você.

Anônimo disse...

Eles vão fazer de tudo pra você desistir da eleição. Quem avisa amigo é.

Colega da Previ.

Anônimo disse...

Gostei da tua reação. Eles tem que saber respeitar as pessoas. Pensam que todo mundo é Pizzolato. Dá duro neles, não te encolhe. Mas o pior de tudo é o fogo amigo. Te cuida, Medeiros. Estamos contigo.

Grupo de colegas de SP

Anônimo disse...

Mederão Cabra Macho,

Quando que o computador do presidiário Pizzolato falará alguma coisa?
Disseram que aqui em Brasília tem gente com uma diarreia tremenda por causa disso
Será que a cotovia vai piar?

Anônimo disse...

Esse é o método Ptista. Passam como trator em cima de tudo e de todos. Vale tudo.
Para eles, os fins justificam os meios.
Não se esqueçam, é um projeto de poder para, no mínimo, 20 anos.


antonio americano do brasil borges disse...

A respeito das notícias de que a PREVI vai aplicar na FRIBOI, sabe-se que o Lulinha é um dos maiores sócios da empresa.Daí...
Antonio americano
Goiania

Anônimo disse...

Valeu Medeiros!
Tens o meu apoio.
Cláudio - Piracicaba - SP

Anônimo disse...

Estão querendo meter medo a quem tem coragem. Vamos pra cima deles, Medeirão, o momento nos é propício.

Anônimo disse...

Medeiros, confiamos em você.
Conte com nosso voto.
Celio

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, o senhor já é unanimidade entre as pessoas do lado do bem.
Tô contigo colega. Que venha o inimigo.

Anônimo disse...

Voltando...

Estimado Dr.Medeiros,

Fico muito feliz por seu ânimo em resistir contra esses malefícios que estão ocorrendo, se engajando corajosamente neste pleito eleitoral da Previ e Cassi.

<<>>

Vamos que vamos!!!

Logo, logo, "a casa cai" do lado deles..!

Parabéns a você, e sua família linda(agora com a neta já formada)..!

Abraço

Janone

Anônimo disse...

Pô Medeiros, você é tal legal. Vê se para com esta neura, deixe as pessoas se manifestarem como bem entenderem. Quiser xingar, que xinguem , as vezes vc pode estar tirando a única coisa que restou para alguns.

Deixa disso, falo assim porque, acho o seu blog o maior barato.

José Humberto disse...

Prezado Medeiros. Boa tarde. É assim que queremos você nos liderando! Conte conosco.

José Flávio-Juiz de Fora-MG disse...

Dr. Medeiros, boa tarde! Parabéns pelo ato de coragem enfrentando esses PTralhas. Estaremos contigo sempre.

Anônimo disse...

Colega Medeiros, sou Jurandir Waltrich, aposentado, residente em Balneario Camboriu(SC), estou contigo e não abro, temos que mudar a atual situação.
Um abço.

Fuzinelli disse...

Eu não confio no processo eleitoral, ganha quem o Banco quer, que me provem o contrário. Não confio na urna eletrônica (Brasil) não confio no voto por carta (ANABB), não confio no sistema PREVI/CASSI. Não adianta formar chapas, unir oposição, sempre vai ganhar a situação.

Anônimo disse...

Anônimo das 16:12hs.:

Mas temos que votar assim mesmo! É uma questão de desencargo de consciência. Vamos votar sim, e é contra tudo e todos que estão aí no poder.

Pelo retorno do BET e contra as contribuições:

Dr. Medeiros já!!!

Anônimo disse...

...o Lulinha nao eh nada, eh tudo do Lullao!!!!!!!!!!petistas estao rasgando dinheiro,se deixarmos,vao nos engolir!

Anônimo disse...

Colega Fuzinelli, mesmo sem acreditar(eu também não)nas urnas do Banco, vamos votar com a chapa de consenso da oposição. Vamos votar e fazer campanha para a chapa do Dr. Medeiros. Vamos acreditar, lutar e..."vamos que vamos".

David Brandão disse...

Dr. Medeiros,

E’ gratificante saber que temos, ao nosso lado, tao ilustre amigo.
Parabens pela disposicao e coragem . Aproveito, ainda, para parabeniza-lo pelo seu exemplo de pai e avo !!!
Conte com meu apoio,
David Brandao
Sao Paulo-SP

Anônimo disse...

Se a Previ emprestar nosso dinheiro a esse grupo JBS, em breve estaremos com as terras arrazadas, comendo raiz de eucalipto e bebendo etanol. Medeiros, meu VOTO É SEU E NÃO ABRO.Vamos dar o troco nessa PTZADA.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Os argumentos muito bem elencados ao final do seu post servem não só para os até então acomodados associados do “PB-1”, como para todos aqueles que vão se candidatar nas eleições Previ-2014. Tudo que foi dito poderá acontecer também desde que as oposições não façam a sua parte, que é a de unir-se em torno de apenas uma chapa, a ser formada com nomes tradicionais e com vivência suficiente por já terem ocupado cargo diretivo na Previ. Não obstante o que já foi dito permaneço com a minha opinião de que os nomes tradicionais e de boa linhagem, que são poucos, deverão concorrer a cargo na categoria de efetivos, jamais como suplentes.

Julita disse...

Dr Medeiros, conte comigo! O senhor sempre foi e será um grande lutador pelos aposentados e principalmente por nós Pensionistas!!
Abraços!!!

Anônimo disse...

Buenas.
Barbaridade colega Fuzinelli.
Te entregando que nem vaca para touro?
Que é isto tchê?
Claro que tem muita patifaria e bandidagem em todo este processo, mas ter certeza que não vale a pena lutar, vai uma distância muito grande.
Melhor esperar a morte chegar criatura.
Sai desta.
Xô urubu.
Rovere

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, aguente firme, pois é isso que eles querem, e acho que no meu modo de ver as coisas, a coisa começou a melhorar para nós, claro, em termos de eleições. Imagine só Dr. Medeiros, a ANABB solicitou a Previ, para os funcis da ativa utilizarem o saldo de reserva para pagamento da contribuição, e, no mesmo instante a Previ já consultou a Previc. No meu modo de ver já é desespero, e vão dar um doce aos nossos colegas da ativa. Existe o interesse das eleições, acho ser isto. Estamos aqui em Pelotas firme com o colega, inclusive já conversei com vários colegas, e vamos com o Dr. Medeiros ou quem o colega indicar. Abraços, saúde e bastante Paz, extensivo aos familiares. Rogério Luiz Carvalho. Pelotas.RS.

Anônimo disse...

Um anônimo já está lançando uma chapa para a Previ.
Postou comentarios em dois blogs, com a mesma redação, sugerindo nomes que estão ora aqui ora ali, sempre "no poder".
Não estamos pedindo mudanças ?
Não estamos cansados do mesmo de sempre?
Não estaria o "militante" incorrendo na ilegal propaganda eleitoral fora da época ?

Ademar disse...

Dr. Medeiros,
Conte comigo. Vamos torcer para que não apareçam mais chapas de oposição, pois assim quem sai fortalecido é o BB. Vamos unir nossas forças em uma única chapa de oposição. Não podemos perder a oportunidade de ganharmos essa eleição.

Anônimo disse...

Doutor Medeiros e colegas,acho que se continuarmos com essa de "blog politico partidario", não vamos a lugar nenhum. Infelizmente, a Presidene Dilma e o PT têm 95% de chances de ganharem a eleição presidencial de 2014. Não será cento e tantos mil aposentados ( isso apostando que todos votem na oposição) ou 1 milhão (sendo otimista contando com todos os familiares), votarem na oposição.
Portanto meus caros colegas, temos que buscar soluções práticas. Cutucar onça com vara curta é um perigo. Ultimamente nesse blog e nos demais de oposição só se fala em política.
Com certeza, se a situação ganhar, vamos ter REPRESÁLIAS MUITO MAIORES DO QUE AS QUE JÁ TEMOS.
Vamos devagar.
Obs: torço pelo melhor para todos nós do plano 1.

Anônimo disse...

Após as manifestações do MST em Brasília o Min. Gilberto Carvalho recebeu uma comissão para entregar um documento com as reinvidicações do movimento e que ele se propôs a entregar à presidente. Não seria o caso de também os aposentados do BB convocarem uma manifestação grandiosa em Brasília para, que sabe, o atuante Ministro também ser portador de documento elaborado por nossas lideranças a ser entregue também à chefona relatando todas as mazelas cometidas pela direção da PREVI, se é que ela não sabe, e solicitando que a mesma interceda a favor de todos os donos da entidade. O único problema talvez seria conseguir a adesão de numerosos manifestantes a exemplo do MST que colocou cerca de 15.000 pessoas na Esplanada. Seria uma utopia?

mariano branquinho disse...

Dr. Medeiros, continue firme e conte com nosso voto e de mais colegas aqui na Paraíba. Abs. Mariano Branquinho

José Humberto disse...

Prezado Medeiros. Bom dia. O site da Previ publica hoje: "Previ encaminha consulta sobre o SIBET à Previc" - " A consulta é mais uma iniciativa da Diretoria Executiva para minimizar impactos do fim do período de distribuição de superavits" continua a matéria....! Jogo de cartas marcadas com vistas à próxima eleição.

Anônimo disse...

Pessoal,
Quando estávamos na ativa, o nosso voto era sempre para quem os sindicatos, bb, e governo mandavam.
Era voto de cabresto. Sob a orientação deles cheguei a votar até no Pizzolato. Imagine!

Agora é a vez do aposentado dar o troco. Ele tem a liberdade de votar em quem quiser. Portanto, vamos fazer oposição votando no Dr. Medeiros!!!

Fone: 085-85909177

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

ENTRE ESSAS E OUTRAS QUE O ALERTA VERMELHO TEM QUE SER ACIONADO.

Parte I



Venda da Delta está sob suspeita
O Globo - 11/05/2012
Para Ministério Público,operação afronta princípios da legalidade e da moralidade
O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro pediu abertura de
inquérito civil público para apurar possível irregularidades na venda da Delta Construções, investigada por fraudes e alvo da CPI do Cachoeira, ao grupo J&F Holding. Para o procurador regional da República Nívio de Freitas Silva Filho, a participação de 31,4% do
Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na JBS S.A., principal empresa controleda pela holding, motivo para que o caso seja apurado "com urgência".
- Caso se concretize esse negócio, por força de sua participação acionária no grupo JBS, o BNDES, em evidente afronta aos princípios da legalidade e moralidade, irá inexoravelmente participar de empresa sobre a qual recaem notícias da prática de graves ilicitudes e que se sujeita a ser declarada inidônea para contratar com o poder público - diz Silva Filho.
Segundo Nivio de Freitas, é necessário garantir que os dirigentes da "Delta não fujam da responsabilidade patrimonial da empresa pelos eventuais danos causados, transferindo-os ao credor", ou seja, a administração pública, e evitar que o BNDES continue a fazer empréstimos a uma empresa que "sujeita-se a ser declarada inidônea para contratar com o poder público", como afirma no ofício solicitando a investigação, a que O GLOBO teve acesso. A Delta afirmou que as perguntas deveriam ser endereçadas à J&F, que está assumindo a empresa. A J&F não se pronunciou sobre a investigação.
- Queremos garantir que o BNDES não venha a aportar, por vias
transversas, recursos que sejam usados para a compra da Delta - afirma Silva Filho. O procurador que assumir o caso poderá pedir, em caráter liminar, a suspensão da negociação, fazer uma recomendação ao banco para que não sejam realizadas novas operações, bem como pedir a indisponibilidade dos bens dos investigados - explica.
Procurador questiona Delta
A motivação da Delta para abandonar os consórcios responsáveis pelas obras do estádio do Maracanã - que está sendo preparado para receber jogos da Copa de 2014 - e da Transcarioca - corredor exclusivo de ônibus que ligará a Zona Norte à Zona Oeste da capital - também é colocada sob suspeita pelo procurador regional.
- É inusitado que a Delta, atuando de forma completamente atípica, tenha vindo a se retirar do consórcio responsável pelas obras da Transcarioca e do Maracanã, abrindo mão de expressivas receitas, ao passo que construtoras do mesmo porte buscam acumular contratos públicos - afirma ele, que no documento ressalta que a atuação da Delta vinha sendo exatamente oposta, ou seja, de buscar mais contratos, o que aponta para uma decisão tomada fora da diretoria da construtora, por "poderosos elementos exógenos".
A Delta tinha 30% de participação no consórcio que cuida da reforma do Maracanã, junto com Odebrecht Infraestrutura (49%) e a Andrade Gutierrez (21%). As obras estão orçadas em R$ 859 milhões. Na Transcarioca, a Delta detinha 42% de participação, junto com a Andrade Gutierrez (58%), em contrato no valor de R$ 798,4 milhões.

Anônimo disse...



Parte II


O procedimento será instaurado no Rio, onde está instalada a sede da Delta, e será levado adiante pela área de Patrimônio - a mesma responsável por suspender no ano passado um outro inquérito civil público para investigar a compra de R$ 3,5 bilhões em debêntures título emitido por empresas em troca de empréstimos) da JBS pelo BNDES, que acabou sendo arquivado.
O procurador da área, Carlos Alberto Bermond Natal, informou que o arquivamento está sendo avaliado pelo MPF em Brasília.
- A operação realizada pelo BNDES estava de acordo com a Política de Desenvolvimento Produtivo estabelecida pelo Governo Federal, da qual o BNDES é uma das agências estatais coordenadoras, e que a situação financeira da JBS e quando da subscrição pela BNDESPAR não era falimentar como constou da representação - diz o procurador.
A Delta não quis se pronunciar sobre as investigações. A direção da J&F Holding , por sua vez, não quis comentar a apuração. A direção da J&F Holding deve anunciar hoje o nome do novo presidente da Delta Construções. A holding informou que, mesmo com a mudança na direção, a Delta Construções continuará a disputar, em respeito à legislação vigente, licitações públicas.
Depois de caírem 4,53% na terça-feira, quando foi anunciada a compra da Delta, as ações ON da JBS, principal empresa do grupo J&F na holding, fecharam a quinta-feira em alta de 0,56% na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), cotadas a R$ 7,14.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

ALERTA VERMELHO

Onde tem sujeira, tem governo, tem PT, tem BNDES, tem fundos de pensões.

Precisamos tomar cuidado com a participação da PREVI em fundos de investimentos. É de onde sai o dinheiro para aplicações duvidosas.

Anônimo disse...

Ao anônimo (telefone....91770

Na verdade, quando estávamos na ativa, não tínhamos obrigação de votar em quem o Banco mandasse.
O que havia era falta de interesse e desconhecimento dos fatos e das pessoas e a crença de
que nunca teríamos problemas com a Previ e/ou BB e votávamos em quem a propaganda da Anabb indicasse e, ainda hoje é o que acontece, é só conversar com os aposentados e também com os funcionários da ativa. A coisa só vai mudar quando aqueles "ex-marajás" tomarem conhecimento das mazelas mostradas na Internet (blogs), como aconteceu comigo, e passarem a ter interesse. Ou então.....quando a casa cair !!!

Ricardo Annoni Neto - Machado (MG)

Humberto disse...

Prezado Medeiros, desde já estou fazendo campanha pelo teu nome junto a colegas aposentados e da ativa em Caxias do Sul. Podes contar com nosso apoio.
Humberto

Roberto Martines 8670089-8 disse...

Dr. Medeiros pode contar com meu voto e meu apoio aqui no Mato Grosso do Sul, estou falando com aposentados e aposentados. Rio Brilhante - MS

Anônimo disse...

Muito certo e estou contigo. Precisamos muito de sua coragem e competência para nos defender. Agradeço de coração pelo que estás dispostos a fazer em nossa defesa. Muito obrigado, saúde, coração e força de espírito para vencer a PELEIA!

Anônimo disse...

Dr. MEDEIROS, permita:

Segundo consta, nenhum benefício de aposentadoria deve sofrer redução em seu valor. NEM O PAGO PELO INSS NEM POR ENTIDADE PARTICULAR.

No caso do benefício pago pela Previ, com a volta das contribuições, o valor foi reduzido, não foi? Então.

ISSO NÃO É INCONSTITUCIONAL?

Alguém poderia me responder?

Obrigado.

gilberto.steffen@gmail.com disse...

PREZADO COLEGA, AMIGO E PRESIDENTE DR MEDEIROS.
ESTAMOS CONTIGO NESTA PELEIA. CONTE CONOSGO. O INIMIGO TODOS NOS CONHECEMOS...O DIFICIL AINDA E CONSEGUIR CONSCIENTIZAR, COLEGAS, PENSIONISTAS E APOSENTADOS SOBRE OS MALEFICIOS EMBUTIDOS NAS ENTRELINHAS DAS MENSAGENS "OFICIAIS" DOS INTERESADOS DE PLANTAO.
ABRACOS

GILBERTO CARLOS STEFFEN
PORTO ALEGRE RS

Anônimo disse...

no site da previ dao dicas p economizar e "comprar menos" no supermercado!!!!!!!nao faltava mais nada!!!!!temos que comer menos p eles ficarem cada vez mais ricos..........

Anônimo disse...

BB tem bomba relógio para deixar no colo da PREVI.

Plano de incentivo similar ao lançado pela Petrobras poderá levar mais de cinco mil funcionários do BB para a folha de pagamentos da PREVI.
Agora a pergunta: Tem provisão para isso?

Anônimo disse...

Anônimo disse...
LEIA ABAIXO:
>
> À
>
> Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil
>
>
>
> Sr. Presidente,
>
> Face a noticia veiculada nos principais jornais do país, principalmente na Folha de São Paulo, edição de 14/02/2014,
>
> PREVI - PARCEIRA DOS SONHOS DE JOESLEY
>
> essa FAABB reitera seu convencimento de que a PREVI deve esquivar-se de investimentos de retorno duvidoso, de riscos desnecessários a um Plano, como o nosso, o Plano 1, fechado em 1997 e em processo de extinção. Nosso Plano 1, maduro e, portanto, em fase de crescimento de volume de pagamentos, necessita de maior liquidez para garantir o pagamento do benefício. É fundamental que a PREVI reduza as participações acionárias e outros investimentos em renda variável e, por outro lado, aumente os investimentos imobiliários, estruturados e em renda fixa, para a maior diversificação do portfólio e liquidez. Nosso Plano neste ano deu duro golpe em seus aposentados e pensionistas, pois face o resultado em 2013, a Diretoria determinou a extinção do Benefício Especial Temporário e a volta das contribuições. De sorte que, se não há recursos para manter benefícios especiais, é inaceitável que existam recursos para investimentos dessa espécie.
>
> Mais surpreendente ainda é a notícia de que “Mantega e Dida querem a PREVI na ELDORADOâ€.
>
> Repudiamos veementemente a interferência do Ministro da Fazenda e do Presidente do Banco do Brasil nos negócios da PREVI e responsabilizaremos diretamente a Diretoria da PREVI caso cedam a tais apelos oportunistas.
>
> ATT
>
> Isa Musa de Noronha
>
> Presidente

Anônimo disse...

politicos e diretoria da previ decentes e trabalhando p o aposentado, dependente do fundo de pensao maior do Brasil ......parceria dos sonhos dos participantes d0 pb1 previ!!!!chega de enganaçao, os funcionarios do BB sabem sim o rumo funesto que o Brasil estah tomando.

Anônimo disse...

Um exemplo das ”tendencias Ponzi” dos mercados ou o DESMONTE DE UMA PIRAMIDE - (“ADRs de Petrobras”):

http://finance.yahoo.com/q/bc?s=PBR&t=my&l=on&z=l&q=l&c=

http://finance.yahoo.com/q/bc?s=PBR&t=5y&l=on&z=l&q=l&c=

Anônimo disse...

O ouro valorizou (em dolares)nos ultimos trinta dias algo como 12,8% (1320:1170)....

http://www.marketwatch.com/investing/future/gold/charts

Anônimo disse...

A próxima lição sobre gestão financeira da Previ será um check list de como cometer suicídio pela via rápida. A grave de fome eles já estão ensinando a fazer.

caos e ordem disse...

Vejo muitos comentários de apoio do tipo: voto em quem vc. indicar e similares, acho importante ressaltar que precisamos multiplicar nosso apoio falando com outros colegas, tornar nosso apoio um efeito multiplicador, pois sem isso, 500 votos dos seguidores vão representar muito pouco.

Anônimo disse...

Aos amigos que escrevem nos blogs criticando o excesso de temas políticos dos mesmos, peço um minuto de reflexão. Não será a politica espúria deste governo fanfarrão que está se imiscuindo demais no nosso plano de pensão? Pensem nisso e votem em nossa defesa.
Dr. Medeiros estarei lutando aqui no Rio pela sua chapa.

claudia do rio

GANDOLA DA BAHIA disse...

Tá certo o companheiro "caos e ordem"
e ademais pelo que ouvi, li e entendi a nossa previ vai adotar um redutor de benefício baseado na idade do "proocrito" a contar dos 65 anos: cada ano ultrapassado redutor de 5% do beneficio e quem. atualmente, já ultrapassou idade mortal (monetáriamente)65 anos, 1% por cada ano, daí então 5%. Com a desculpa de que o idoso já criou a família. E OS REMÉDIOS QUE DOBRAM E CAROS. DEUS DOS CÉUS. QUEM QUISER QUE VOTE NESTA QUADRILHA QUE ESTÁ AÍ FORMADA, PÓS GRADUADA E DOUTORADA EM SINDICATOS E AINDA, INSTITUCIONALIZADA PELA GOVERNO.

Anônimo disse...

Se a PREVI vier a adotar redutor de benefícios vou recorrer imediatamente à Justiça, baseado na afronta à Constituição Federal, Estatuto do Idoso, bem como o fato de ser portador de cardiopatia grave.

Anônimo disse...

Pode ser que seja permitido aos funcionários da ativa que paguem a mensalidade da Previ tirando da conta individual que cada um tem, relativamente ao BET. A Previ está fazendo consulta à Previc. Isso é bom para nós, funcionários da ativa, até porque hoje em dia ficamos muito mais tempo no Banco. Aliás, existem muitos aposentados pelo INSS que permanecem na ativa.

O perfil do aposentado do BB está mudando, como tem mudado o perfil de todos os aposentados, em geral. Fica-se mais tempo trabalhando, alguns pela casa dos 40 anos ou mais, porque pode-se acumular os ganhos do INSS com um salário mensal de trabalhador. Se isso é certo ou errado, é por conta de cada um. O ex-ministro do STF Aires Brito dizia que orgulhava-se de ter sido dele a iniciativa nesse sentido.
Parece que no vazio do poder político, cada vez mais acontece a judicialização dá política. O Brasil velho ainda não foi substituído depois do regime militar.
Enfim, os funcionários da ativa podem ter uma boa saída para continuarem, na prática, não pagando à Previ, embora abrindo mão de um valor maior quando se aposentar. Ponto para a Previ e para nós, da ativa, se houver êxito.

Anônimo disse...

Seus comentários podem ser divulgados na mídia?

Anônimo disse...

Obrigado por assinar minha petição: ISENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA PESSOAS COM MAIS DE 65 ANOS DE IDADE!

Toda pessoa que se junta a esta campanha aumenta nossa força de ação. Por favor, separe um minuto para compartilhar este link com todos que você conhece:

http://www.avaaz.org/po/petition/ISENCAO_DO_IMPOSTO_DE_RENDA_PARA_PESSOAS_COM_MAIS_DE_65_ANOS_DE_IDADE/?tMPhXgb

Vamos fazer a mudança juntos,