VOAM AS POMBAS

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Vai-se a primeira pomba despertada,
Depois outra... e mais outra... (poesia de Raimundo Correia).

Sábado, dia 8 de fevereiro, foi um dia marcante.  Não pelo calor senegalesco, que lançou a temperatura a números inacreditáveis, nem pelo temporal do final da tarde.  Mas pelo feito de uma guria de Uruguaiana que se formou em design na ESPM de Porto Alegre. Por sinal, minha neta PAOLA MEDEIROS.


Fomos surpreendidos, Ana e eu, quando a Paola se mudou, com armas e bagagens, para nosso apartamento, há três anos atrás.  Nossos quatro filhos já tinham voado, batido as asas atrás de seus sonhos da adolescência, e há cerca de quinze anos já tínhamos acostumado a viver outra vez sozinhos, com a assistência da Cleonice, antiga babá das crianças, na cozinha e adjacências.

Paola morava com a outra avó,Gilka Coimbra,  que se mudou para Uruguaiana, e precisava lugar para residir, estava cursando o segundo ano de design, e tinha vinte anos. Era por pouco tempo, enquanto arrumava um apartamento para alugar. Instalou-se - com as armas e bagagens - e computador - no meu escritório, o recinto sagrado dos meus devaneios, das minhas recordações e dos meus trabalhos.  O pouco tempo dela durou até a semana passada, quando finalmente se mudou para o  apê, onde vai morar com uma amiga.

Sei que outros colegas já passaram por situação similar. Acolher netos na fase madura da existência. Sem dúvida, uma interessante experiência. E grata também.

Paola sempre foi uma boa guria, querida, bonita, de bons princípios e de bom caráter.  Mas na época que aqui aportou era encrenca pura.  Magrinha, detonada,com uma tosse persistente, no limiar da temida TB, febrícola, enxaquecas, não gostava de comer comida, só sushi. Estava preocupada com a Faculdade. Achava que jamais passaria na difícil cadeira de finanças, que exigia além de matemática comercial conhecimentos de contabilidade e até de balanço. - Nunca vou passar nisso, por que design tem que entender dessas coisas? -  Suspirou, chorou, estudou e passou. Raspando, com sete. Mas superou firme o obstáculo que considerava intransponível.


Tivemos que dividir as tarefas em casa para dar conta da missão.  Ana deu o suporte do carinho, dos afagos, Cleonice - a Clão - se encarregou de fazer a Paola comer e engordar - e eu fiquei com todo o resto, que incluia broncas, disciplina, organização, e assistência funcional, estudantil e moral.  Será que daria cabo ? A diferença de gerações era imensa, de costumes também, computador e celular se interpondo às relações pessoais. Que tempos !
 
                                                                    -o-o-o-o-o-

Paola estava sem namorado e gostava da noite. Era fanática pelo Beco, uma conhecida casa noturna. Meu Deus !  Que horas vais voltar ?  Como e com quem ? Noites indormidas e intranquilas. Vocês sabem.

Estava com a Paola sozinho no apartamento quando ela resolveu esquentar um pastel de goiabada no micro ondas. Opa ! De repente um cheiro horrível de queimado. Paola havia colocado quinze minutos e o aparelho simplesmente derreteu, quase incendiando a cozinha. Um dos vários episódios folclóricos de nossa convivência.

Paola nunca havia trabalhado. Tinha a primeira entrevista para estágio. Vô o que é que eu falo ? Foi aprovada e chegou o final do mês e nada do salário. Vô o que que eu digo ? Tô ansiosa. Perguntou, mero esquecimento. Recebeu satisfeita a primeira grana fruto de seu trabalho. Teve vários estágios a partir desse. Foi bem em todos e agora, inclusive, está trabalhando fixo no local do seu último estágio, uma excelente empresa na Avenida Carlos Gomes, perto de onde mora.


E na Faculdade a Paola foi crescendo também, acompanhada da Isa, sua colega mais próxima e excelente aluna, estabeleceu um contato íntimo com o tal do design, elaborou um projeto interessante de redesign para a livraria Carochinha, criação de sua mãe, Eleonora, sob assessoria do pai, Marcelo, os quais sempre a apoiaram incondicionalmente, acreditando nela. Esse projeto foi vitorioso, ganhou nota nove no final do curso, merecia dez, com certeza eu sei, pois assisti ela treinar a apresentação mais de vinte vezes, para encaixar tudo em escassos quinze minutos.


Eu também, que tenho uma ligação profunda com a Paola desde que foi concebida e seu pai nos acordou de madrugada, seis da manhã, para contar feliz a novidade, sempre acreditei na guria, na sua força íntima, nas suas qualidades, na sua determinação, teimosa como ela sempre foi, no bom sentido, claro. Não que essa confiança me fizesse abdicar em nenhum momento do meu direito de reclamar e de repreender, e da minha obrigação de dar sermão e orientar, que esse é o meu jeito de ser e de agir. Por esse motivo nunca me importei com os eventuais xiliques, batidas de pé, suspiros, choros e ranger de dentes. Faz parte do jogo, faz parte do processo, faz parte da vida, valoriza a conquista. E, no caso da Paola, passam logo, sem ranços, outra de suas virtudes.


E por tudo isso - e muito mais - estou aqui vibrando com a formatura dela. Está decolando para a vida, voando como as outras pombas já voaram, atrás dos sonhos que ambiciona, convencida da profissão que abraçou, da força do design para criar e fazer diferença no mundo, Sua foto de chapéu e tudo, de formanda, já foi para a parede triunfal do apartamento, junto com a do seu pai, tio e tias, uma coleção que Ana e eu nos orgulhamos e não cansamos nunca de olhar.

Parabéns, querida Paola.  Valeu ! Obrigado por ter nos deixado, a mim, à Ana e a Clão compartilhar dos momentos inquietos, belos e valorosos de tua merecida conquista. Sucesso. Vai em frente. Te amo.

32 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pela formatura da neta Paola, uma linda história de conquista e de família. Por isso amo esse blog. Me faz um bem !

Carmen.

Anônimo disse...

Também tivemos que acolher netos, pela dificuldade econômica dos pais. Compreendemos as aflições que passou, dr. Medeiros. Mas no final valeu a pena. Cumprimentos efusivos.

Carlos Rodrigues e fla. ES

Anônimo disse...

Bravos, Paola, deu a volta por cima. Finanças é fogo mesmo. Parabéns.

HELENO PINTO NOBRE disse...


BOM DIA; E MEUS PARABÉNS PELA NETA PAOLA .; AHI NESTA FAMÍLIA SÓ TEM GENTE BONITA E INTELIGENTE .! QUEM SERÁ QUE ELES PUXARAM ????? .
ÉS UMA PESSOA ALTAMENTE FAVORECIDA POR TUA DESCENDÊNCIA E UM BRAVO; DESBRAVADOR .
EU SEMPRE SOUBE QUE OS NETOS SÃO UMA CONTINUAÇÃO DE NOSSA ASCENCÊNCIA. ATRAVÉS DO TEU FANTASTICO RELATO ME "TRANSPORTO" PARA MEU QUERIDO FALECIDO PAI ; AMELIO NOBRE ; QUE TINHA PAIXÃO PELOS NOSSOS FILHOS ( ÉMERSON -40; MAURÍCIO-39; CAROLINA;36 ;DIOGO;35 )
NOSSOS QUERIDOS FILHOS DE UMA UNIÃO DE 42 ANOS COM TEMPO DE ANTES DO CASAMENTO 03 ANOS. 45 ANOS DE CONVÍVIO ; ERAM A ALEGRIA DO MEU PAI.

BOM ; PARABÉNS PARA A FAMÍLIA MEDEIROS; MAIS UMA ETÁPA CUMPRIDA.
MUITA SAÚDE PARA TODOS. VOCÊS SÃO REALMENTE PESSOAS ESPECIAIS

Anônimo disse...

Ilustre Dr Medeiros,

Família é Família, não importa o tempo,nem os acontecimentos.

Meus Netos são tudo na minha vida,pude curtir muito mais eles que meus próprios filhos.

Nem todos tem o brilhante caminho da sua Paola,mas são nossos netos e acolhemos da mesma forma.

Parabéns,

Saudações Cordias,

Rosalina de Souza
Pensionista

Anônimo disse...

Ah, que maravilha! Nada se compara a estas realizações e momentos! Como é gratificante ver a descendência alçar voos desta ordem!. PARABÉNS!
Saúde e sucesso para todos destas exemplar família.

Anônimo disse...

è isso que, apesar de alguns "colegas", nos faz viver com alegria. Nossos netos crescendo e nos dando alegrias.

Parabéns Paola e Dr Medeiros,

Paulo Carnevale Rogerio

Marcos Cordeiro de Andrade disse...


Caro Medeiros,

Relato emocionante cujo pulsar do seu coração se faz sentir no vai e vem das palavras. Reflete o caráter do Homem e o valor da família - para quem sabe ser mais que isso. Lição de amor mesclada de carinho e responsabilidade.
Parabéns à sua Paola e a todas as “Paolas” do mundo. Mas que tudo, parabéns a você por abrir seu coração esbanjando lição de vida.
Belo e pungente exemplo. Dado sem segundas intenções nota-se. Simplesmente mostrando a todos o orgulho de ser longevo, sem ser piegas ou ranzinza. Apenas humano.
Respeitoso abraço,
Marcos Cordeiro.

Anônimo disse...

É meu bom Medeiros! Meu velho e saudoso pai sempre me dizia: "OS FILHOS AMANSAM OS PAIS PARA OS NETOS MONTAREM... (RISOS) como casei aos 35, estou sendo AVOHAI dos meus filhos. Se a Previ não melhorar nossas condições de vida ficarei aí pela metade do caminho. MAKTUB!

Anônimo disse...

Medeiros.

Parabéns pela formatura de sua neta. Somente os dirigentes da Previ desconhecem que, alem dos nossos filhos, ajudamos também no encaminhamento dos nossos queridos netos e até bisnetos a serem pessoas de bem. Por isso, não compreendemos o porque da redução drástica das nossas aposentadorias.

Gerson Köhler disse...

Compartilhamos com seu orgulho pela neta Paola.
Cumprimentos à toda a família.
Abs.
Gerson - Curitiba.

mariana medeiros prates disse...

Muito lindo!!!!!!

Anônimo disse...

Esplêndido relato, dr. Medeiros, complementado por excelentes comentários no blog, como o do Marcos Cordeiro.

Essas histórias emocionantes de conquistas e de retomadas de rumo são o que dão sabor à nossa existência, ao nosso papel de pais e de avós.

Que bom que você se abriu neste momento glorioso e contou tudo que vai junto, as aflições, as noites indormidas, as angústias, os choros, e também as alegrias da conquista, os momentos belos.

Valeu. Me emocionei.

Claudia Menezes

Anônimo disse...

Caro Medeiros,

O seu blog além de técnico e funcional, nos trazendo informações valiosas do BB, Previ e Cassi, é essencialmente humano.

Tem pessoas que não gostam. Azar.

Esse lado humano é que sempre fazia a diferença do antigo BB, a valorização do funcionário como pessoa, a valorização da família, como base de tudo.

Histórias de conquistas e de envolvimento familiar como a que você contou servem para demonstrar que nossos sentimentos antigos continuam vivos.

Maravilhoso isso.

Parabéns, continue conosco nos brindando com coisas boas da vida, com esse espírito otimista, mesmo sabendo que vive situação atual preocupado com um glaucoma.

Parabéns redobrados.

Camilo Duarte Coelho - AM

Medeiros disse...

Caros colegas,

Muito obrigado pelas manifestações e cumprimentos feitos no blog. Com certeza, esses comentários sensacionais me emocionam e me dão a certeza de que os nossos sentimentos familiares estão conectados, como hoje se diz.

De uma maneira especial, meus agradecimentos ao Marcos Cordeiro, pela beleza do texto, e ao Heleno Pinto Nobre, sempre autêntico e fraternal.

Estava em dúvida se publicava essa postagem na atual conjuntura que vivemos. Mas os comentários me deram a certeza de que fiz bem.

Obrigado, do coração de um avô feliz.

Ari Zanella disse...

Dileto amigo Medeiros,

Ao tempo em que, mesmo tardiamente, cumprimento-os , a neta Paola pela conquista acadêmica, e ao avô/avó que tudo fizeram para que ela conquistasse o objetivo maior; desejo alegremente compartilhar com você, amado Mestre Medeiros, a conquista final da campanha igualmente encampada neste valoroso e solidário blog, referindo-me à Sra. NECA MOREIRA, esposa do Luiz Augusto Gomes Moreira.

---------------------------------
Estas considerações são feitas por comentários aqui expressados.

"As palavras podem até comover, mas são os exemplos que arrastam".

Jesus disse no Sermão da Montanha:
"Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis." Mt 7:15

---------------------------------
Nada a ver com o texto enviado por dona Neca.

"Bom Dia!!!!
Prezado Sr. Ari Zanella.
É com muita alegria que lhe informo que o aparelho por mim solicitado foi adquirido!!!!!
Com a ajuda de todos os colegas do BB conseguimos vencer mais esta batalha!!!!
Por favor, Sr. Ari, post para mim no blog. Não dei mais notícias, por que passo todo dia no Hospital Moinhos de Vento.
Luiz Augusta permanece internado.
Agradeço em nome de Luiz Augusto e de toda a minha família.
Muito obrigada.
Todos vcs são exemplos de generosidade.
Um grande abraço a todos
Neca Moreira"

Anônimo disse...

O que mais gostei da sua postagem, dr. Medeiros, foi o final: te amo.

Como é difícil ler e ouvir as pessoas aqui no Brasil expressarem essas palavras mágicas.

Por isso, mais uma demonstração de como o senhor é realmente corajoso, meu ídolo, também os meus efusivos parabéns.

Maria Helena Rodrigues - RJ

Medeiros disse...

Comunico também feliz que, segundo informação de Neca Moreira, o aparelho para o Augusto já foi adquirido.

Portanto, a campanha foi exitosa.

Agradeço a todos da AFABB RS e do blog que colaboraram com essa causa. Ele continua internado no Moinhos de Vento.

paola medeiros Rodrigues disse...

Obrigada vô! Pelas lindas palavras!!! Eu amei!!! Falastes toda nossa essência e me emocionastes ao me fazer perceber que o melhor da conquista é poder ter dividido desses momentos tão especiais com nossa família! Obrigada por tudo, até pelos sermões!! hahaha
Bjs
Paola Medeiros

paola medeiros Rodrigues disse...

te amo muito!! Essa conquista também é tua!!!

Anônimo disse...

Medeirão,

O teu blog é um refresco maravilhoso neste calorão.

gostoso de ler

Parabéns;

Anônimo disse...

E´ isso aí, Paola.

Eu também amo o Medeiros. Platonicamente, claro. Com todo o respeito. Adoro o blog.

Camila Fioravanso ♥ disse...

Muito linda essa postagem, parabéns pela neta! Camila

Camila Fioravanso ♥ disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

lindo caminho trilhado pelo amor e cuidado - de todos os lados, de todos os ângulos e de todas as faces de uma nova etapa que leva em sua bagagem a ternura e a base ética sempre dialogada e compartilhada!!! Sou testemunha deste amor incondicional de avós e neta e do passo-a-passo da vida que uniu gerações. Avante Pops, sei que já levas em tua mochilaviajante os preincípios que nos trouxeram juntos até aqui, com amor e zelo de teus avós, a incondicionalidade do amor e confiança de teus pais e a profunda admiração dos que confiam e sabem o quanto tu és capaz de transformar sonhos em realidade com ternura, confia~ça e ética. Bora lá reconstruir o mundo!!

Anônimo disse...

Amor implica responsabilidades também. Não adianta só dar o peixe, tem que ensinar a pescar.

Parabéns, parabéns, parabéns a todos

Anônimo disse...

Tem que festejar mesmo doutor. As alegrias refrescam nossas agruras. Teve chopp na festa ? Com certeza, com esse calor. Brinde à formanda.

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
Parabéns pela formatura da Paola e obrigado por dividir conosco sua felicidade e vibração. É um refresco, para mim, que hoje fui quase humilhado por uma atendente da Previ - portanto, funcionaria nossa - quando lhe perguntei sobre a suspensao do emprestimo simples.

Anônimo disse...

Liquidação do Aerus, comente esse assunto dr. Medeiros. Parabéns pela conquista da neta. Sucesso.

Medeiros disse...

Amanhã volto ao batente. A liquidação do Aerus foi considerada uma necessidade pelos beneficiários do fundo, cerca de onze mil, sendo 1,1mil no RS. Mas é um fato triste que deve servir de alerta para nós. Vou comentar.

Anônimo disse...

Parabéns Dr. Medeiros pelo post escrito, pela neta Paola, pela família que o colega formou nestes anos todos. Posso lhe garantir que fico sempre dando uma olhada no seu blog, pois sei que a maneira que o colega escreve, é sincera e verdadeira. Abraços, bastante saúde, e para os problemas do glaucoma, ore bastante para Santa Luzia, pois a mesma é milagrosa. Paz e Bem, Rogério Luiz Carvalho. Pelotas.RS.

Anônimo disse...

Parabéns Medeiros! Parabéns pela conquista da linda neta! Parabéns pela conquista de toda a bonita família!
Um abraço. Daqui do Paraná, Oscar A Bach Jr.