PRORROGAÇÃO DA SUSPENSÃO DO ES POR MAIS 3 MESES

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Conforme divulguei a AFABB RS, atendendo pedidos de associados, encaminhou à PREVI solicitação que a sustação do pagamento do Empréstimo Simples fosse prorrogada por mais tres meses, abril, maio e junho, bem como o valor fosse ampliado para R$ 150.000,00 por 150 meses.

Abaixo a carta transcrita que ainda não obteve resposta.  Com certeza eles mais uma vez vão dizer que atenderam pedido do sindicato dos bancários, embora a AFABB RS fosse pioneira na solicitação da suspensão nos meses de janeiro, fevereiro, março.

Como sempre mostro o pau quando mato a cobra, abaixo vai a transcrição da carta encaminhada à Previ. 



Porto Alegre, 10 de fevereiro de 2014



À
CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO
BANCO DO BRASIL  -  PREVI
Rio de Janeiro – RJ


Senhor Presidente.

EMPRÉSTIMO SIMPLES – Ante a inegável situação crítica em que vive, atualmente, a grande maioria dos aposentados, em face da prematura extinção do Benefício Especial Temporário – BET e simultâneo restabelecimento da contribuição mensal, fatos que acarretaram um ônus de 24,8% no orçamento de cada um, esta AFABB-RS, por sua Diretoria, vem à presença de V. Sa.  sugerir e, veementemente, solicitar a imediata tomada das seguintes resoluções:

1 – Suspensão do débito mensal das parcelas devidas pelos assistidos, referentes ao Empréstimo Simples, também nos meses de abril, maio e junho de 2014;

2 – Alteração, imediata, do limite de concessão do Empréstimo Simples para R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais), observada a margem consignável de cada requerente;

3 – Alteração, imediata, do prazo de reposição do Empréstimo Simples para 150 meses.

               Estas propostas têm por objetivo:  promover o reequilíbrio da vida financeira dos aposentados/assistidos, compensando a falta provocada pela suspensão do BET/restabelecimento da contribuição mensal, através da folga proporcionada pela suspensão das parcelas no período sugerido; criação de nova oportunidade de regularização de dívidas com o ingresso de recursos novos no orçamento individual e, finalmente, diminuição no valor da prestação mensal com a adoção de prazo mais dilatado.

          



      
         Certos de poder contar com a disposição de V.Sa. de procurar resolver os problemas e aflições dos aposentados/assistidos, subscrevemo-nos

                                                         Atenciosamente


José Bernardo de Medeiros Neto                   José Rodrigues Pereira

Presidente                                                      Vice Presidente Administrativo

17 comentários:

Anônimo disse...

Por favor colega Medeiros, mate somente a cobra mas abstenha-se de mostrar o instrumento utilizado.

Anônimo disse...

É muito mais seguro emprestar a todos nós do que aplicar nessa Bolsa de Valores dançante do Brasil. Eles aplicaram muito mal. Não sei o que esses caras querem!!! Se eu fosse o Presidente da Previ não titubearia um só segundo em atender a essa reivindicação... estamos usando o que é nosso e ainda pagando!!! Só no Brasil acontece tais coisas. Enquanto isso, os CDCs do Banco do Brasil, estão lascando com o que sobra para os aposentados. Terceirizam atendimento e cada vez mais estão nos expulsando das agências. É samba de doido!!! Vamos atacar em todas as frentes Dr.Medeiros para esses tipinhos tomarem vergonha na cara!!! Vamos botar fervendo!!!

Anônimo disse...

Deus permita que consigamos ter um descanso financeiro, porque desde dezembro estamos aflitos

Goulart disse...

Dr. Medeiros, obrigado por solicitar para a Previ a suspenção do ES, para abril/maio/e junho/2014, independente da resposta da Previ (esperamos que seja a favor da suspenção), agradecemos a solicitação a favor dos aposentados e pensionistas. Muito obrigado pela competencia que lhe é peculiar. Tudo de bom na esperança de dias melhores. aposentado de Cambé, pertinho de Londrina-PR.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Com todo respeito, mas aumentar o endividamento não é a solução.
Assim é capaz da Previ atender ao pedido e achar que está tudo bem com o fim do BET e o retorno das contribuições.
O maldito crédito dá a todos uma sensação de abastança. Pura Ilusão!!!

Anônimo disse...

Caro Doutor,

Obrigado pela ajuda.
Penso que um ES de R$ 150.000,00, resolveria em parte o sufoco.
De mais é aplicação segura para a Previ, que anda perdendo bilhões na bolsa de valores e outras aplicações indicadas por mandatários.
Efetuar aplicações em ES é 100% garantido, por débito em folha de pagamento.
Anônimo no sufoco...
Gracias

Anônimo disse...

Prezado Dr Medeiros.

Se o ES for para 150 mil reais o limite e o prazo para 150 meses,sem o uso da formula 170, resolve em parte o sufoco dos aposentados e pensionistas do PB-1.

Agora em continuando esta formula discriminatória continua a mesma situação para os mais velhos e necessitados de ajuda.

Em tempos eu já venho me posicionando pela limitação dos descontos na folha de pagamento, ao meu ver é a única situação que coloca de verdade dinheiro no bolso dos aposentados e pensionistas do PB-1 da Previ que estão muito endividados.

As associações deviam buscar com medida judicial limitar esses descontos em 30% que é permitido em lei e cumprido a risca em muitos bancos privados e INSS.

Não podemos mais pactuar com esta situação onde tem colegas recebendo a folha zerada,sem nenhum centavo a receber outros com a folha negativa recebendo os débitos que faltaram no boleto bancário.

É inadmissível a continuação deste comportamento pela Previ e da Diretoria de Seguridade que é quem administra a nossa folha de pagamento.

Penso que esta na hora das mudanças estruturais no sentido de cobrar uma diminuição nestes descontos praticados na nossa folha de pagamento.

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matrícula 18.161.320-4

Cláudio Almeida disse...


Dr.

O juro do ES é o mais barato do mercado.

A contratação e a suspensão são OPCIONAIS.

Em que pese o fato de que o Presidente da Previ deu uma abertura para a suspensão por mais três meses, não podemos esmorecer.

"Fale conosco". A Anabb e a Faabb podem ajudar.

A Afabb/RS enviou um pedido.

Anaplab também enviou um pedido.

Eu enviei uma solicitação através do "fale conosco".

E mais perde quem fica esperando.

Abraços

João Rossi Neto disse...

Caro Medeiros e colegas,

São rudimentos em negociação que o segredo é a alma do negócio. Quem vai fazer reivindicações de quaisquer natureza, comprar ou vender algo, deve ter um plano de ação para colocar em prática, no qual vai estabelecer as táticas a serem aplicadas e às margens negociais exequíveis, de sorte a propiciar ganhos justos para os dois lados.

Dentro deste princípio, remotas são as possibilidades de fechamento de qualquer negócio pelas condições preliminares, ou seja, pelo preço inicial pedido.

Por isso, sabendo antecipadamente que fechamos pelo valor “x”, logicamente temos que pedir “x+y” para, na hora “H”, retirar o “y” a título de mostrar boa vontade, de estar fazendo uma concessão, mesmo que ilusória, para viabilizar a conclusão da transação.

Outra coisa, a redução tem que ser processada de forma gradual, a conta gotas, observando a reação do interlocutor à medida que a baixa é executada, demonstrando uma resistência fictícia na concessão da regalia.

Em suma, a questão não é de colocar o bode na sala, de fazer exigências descabidas, apenas para complicar, mas precisamos postular, sem exceção, um pouco acima do objetivo traçado para, no final, alcançar os valores ou condições verdadeiramente almejadas.

Parece que este pedido de prazo a PREVI, no sentido de sustar as prestações do ES (até junho/14) não seguiu o roteiro de praxe.

Na minha proposta pessoal a Caixa, cópia publicada no blog do Ari Zanella, postulei o sobrestamento das prestações até dezembro/14, mesmo porque as graves dificuldades financeiras dos associados, agravadas com o corte do BET e volta das contribuições, não serão solucionadas com a simples prorrogação do ES. O buraco é mais embaixo.

Necessitamos de estudo específico para o cenário conjuntural, onde a gestão foi ineficiente, o resultado pífio e a fatura veio em nosso nome para pagar a conta.

Compete à Diretoria Executiva, responsável pelo fracasso financeiro,elaborar medidas saneadoras para suavizar o nosso sofrimento e a primeira delas seria a eliminação definitiva da contribuição para quem já pagou mais de 360 contribuições, levando, com justiça, em consideração, o tempo da ativa e de aposentado.

Pagamos contribuições além da meta contratual, porquanto o plano de benefícios está fechado desde dez/97, em fase de extinção, o patrimônio vem em franco e sustentado crescimento há décadas, sendo superavitário e não há razão plausível para justificar o açodamento exacerbado de ir cortando tudo pela frente, sem análise acurada.

A propósito, filosoficamente a Previdência Fechada não foi criada para gerar superávits e nem déficits e, sim, para trabalhar com equilíbrio de receitas e despesas para honrar o pagamento dos benefícios.

Portanto, não faz sentido a retaliação imposta num ano atípico, como foi 2013, onde são nítidos os estragos produzidos pelos efeitos da crise financeira mundial de 2008.

Evidentemente que é uma situação a ser examinada com carinho redobrado e digna de contemporização. O momento é inadequado para fazer sangrar os aposentados inocentes, os quais não tem ingerência alguma sobre os resultados financeiros do seu Fundo de Pensão.

De qualquer forma agradeço por ter reforçado, com o seu prestígio, o pedido de sustação da prestação do ES para todos.

Alcides Mauricio Gomes disse...

Solicitamos autorizar a suspensão dos débitos das parcelas dos CDCs, por um período de 6 meses, a exemplo da Previ com a sus- pensão do ES, possibilitando, assim, que possamos enfrentar a situação decorrente da extinção do BET e da volta das contribuições, evitando a inadimplência em massa.
Confiantes no alto espírito de compreensão e solidariedade da Diretoria do BB, aguardamos com ansiedade a aprovação de nossa solicitação.
Atenciosamente.

Reiteração - considerando lucro apresentado 2013.l
E-mail encaminhado a diretoria do BB em 18/02/2014
APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO PB1-PREVI - SUSPENSÃO DE DÉBITOS DE CDCS

HELENO PINTO NOBRE disse...


SOMENTE PODEMOS AGRADECER AS PESSOAS QUE ESTÃO SE ESFORÇANDO PARA NOS AJUDAR.

A SITUAÇÃO REALMENTE ESTA CRÍTICA E ESTAMOS NA REALIDADE NO "MATO SEM CACHORRO" .!
EU NEM SABIA E ONTEM CONVERSANDO COM UM COLEGA DA ATIVA ; A VERBA ALIMENTAÇÃO DOS COLEGAS DA ATIVA É MAIS DE 900 REAIS .
NÓS REALMENTE SOMOS A REBORRÉIA ; CHEGAMOS A TRISTE CONCLUSÃO QUE TROCADOS POR MERDA ( PELO MENOS EU ME SINTO ASSIM )( DESCULPEM A PALAVRA ; NÓS NÃO SOMOS NADA COMPARADO A PALAVRA QUE FALEI .!!!!

EU JAMAIS IMAGINARIA QUE QUANDO ENTREI NO BB EM 06/06/1977 ; ESTARIA PASSANDO POR UMA SITUAÇÃO TÃO CONSTRANGEDORA COMO A QUE ESTAMOS VIVENDO
. E MAIS UMA DE ARREPIAR OS CABELOS DO TRASEIRO :

MEU INSS É PAGO NO 3o. DIA ÚTIL DO MÊS SUBSEQUENTE ; SERÁ QUE JÁ VIRAM QUE DIA CAI O 3o. DIA ÚTIL PARA QUEM NOS PAGA ???? 10/03/2014 .

TEM CABIMENTO UMA COISA DESTAS ?? O 3o. DIA ÚTIL DO MÊS CAIR NO DIA 10 ( UMA TERÇA PARTE DO MÊS ). TUDO EM FUNÇÃO AO MALDITO CARNAVAL .
EU REALMENTE NUNCA GOSTEI DESTA INUTILIDADE .

SEI QUE OS BANANEIROS TEM PAIXÃO POR ESTA "FESTA" DE M.( PARA NÃO REPETIR A PALÁVRA ) ; PÁRA MIM É UM DEBOCHE .!! EU NEM SEI QUE GOSTO AS PESSOAS PODEM TER; COM TANTAS COISAS RUINS ACONTECENDO E OS BANANEIROS PREOCUPADOS EM FAZER " CARNAVAL" . ISTO NA REALIDADE É GOZAÇÃO.

PARA AQUELES QUE NÃO SABEM EU NUNCA OPTEI POR RECEBER JUNTO COM A PREVI ( AINDA BEM ).
HPN; MATRIC. 3984740-3 ; JAMAIS ANÔNIMO.
VI A SITUAÇÃO DO COLEGA ANÔNIMO QUE ESTA NECESSITANDO DE UMA CIRURGIA NO BRAÇO ESQUERDO E É DE APAVORAR SERMOS TRATADOS DESTA MANEIRA INJUSTA. GOSTARIA QUE ELE DISSESSE ONDE FICA A CIDADE ONDE ELE MORA .!!!!

ESTA TUDO DESABANDO SOBRE NÓS .
SOMOS REALMENTE A PARTE MAIS FRÁGIL; POIS APOSENTADO ; NÃO ADIANTA NEM ESTATUTO DE IDOSO.
NÃO VALE PARA NADA .!!!

TRABALHAMOS ; CONTRIBUÍMOS ; EU CONTRIBUI 35 ANOS PARA A PREVIDÊNCIA OFICIAL. E HOJE SOMOS TRATADOS PIOR DO QUE "ANIMAIS".

ESTE BANANÃO É (DES)HUMANO E AINDA REMETEM DINHEIRO PARA FORA DO PAÍS COMO SE AQUI NÃO HOUVESSE NECESSITADOS ; E PROBLEMAS PARA SER APLICADO O QUE PAGAMOS !!!!!

OLHA SINCERAMENTE ; ACHO QUE CADA VEZ MAIS ESTAMOS ENTALADOS SEM SAÍDA MESMO .!!!
QUE TRISTEZA E QUE VERGONHA VIVER NUM PAÍS QUE NÃO RESPEITA SEU POVO ;
INFELIZMENTE .!!!!

EU PELO MENOS ME SINTO DESTA MANEIRA ; ME DESCULPEM O DESABAFO .!!!!

Anônimo disse...

Mas, e a formula 170 ?
Se mantida, o prazo de 150 meses vai beneficiar quem ?
Passou dos 60 anos, o prazo do ES vai diminuindo, não é mesmo ?
Como a formula 170 foi sugerida ( com outro nome) em nosso meio, será que alguém poderia sugerir uma que fosse igual para todos, não discriminativa ?

Anônimo disse...

Muitas vezes fazemos perguntas que não são respondidas. Não sei porque...Não acredito em descaso, pois o blog é sério. Más precisamos das informações,pelo menos para nos aliviar - então pergunto: porque não somos mais Associados da Previ, e sim participantes? Como nasceu a Previ e quem a criou? O BB é patrocinador ou patrocinado? Ele não abocanhou R$7.500.000.000,00 do superávit? E porque o maldito, o cancer voto de minerva? Ele tira toda a força dos aposentados. Se a Previ existe em função dos aposentados, não estaria tudo errado então?

Goulart disse...

Ao Sr. Claudio Almeida, das 8:33, comunico que tambem utilizei do Fale Conosco, da Previ, para suapenção de mais 03 meses do ES, ou seja abr/maio e junho/2014, vamo que vamo, Goulart, de Cambé-PR.

Anônimo disse...

As contribuições mensais à PREVI deveriam ser até 30 anos (360ª parcela), tendo que devolver, mensalmente as contribuições excedentes a 360ª .

As contribuições dos auto-patrocinados (parcela ref. ao patrocinador) também devem ser até 30 anos, devolvendo-se o excedente a 360ª.(Os beneficiados com "Renda Certa" já receberam de volta suas contribuições a mais...)

Da mesma forma os 20% do BET devem ser creditados aos auto-patrocinados, como fora ao patrocinadores (BB e PREVI)

São sugestões à Diretoria

Medeiros disse...

A PREVI vai fazer a apresentação do balanço de 2013 no dia 24 deste mes, segunda feira que vem, no Palácio Mourisco, no Rio de Janeiro. Vai divulgar a sessão pela internet. Convidou a AFABB RS mas não paga a passagem de avião. Vai permitir perguntas só por escrito. Não irei, vou acompanhar pela rede.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, agradeço que interceda por nós para conseguirmos que a Previ venha a se compadecer da nossa situação de aflição financeira e mantenha as parcelas do ES suspensas.
Que DEUS o ilumine DR.Medeiros.