AS MUDANÇAS NO ES

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Ontem sairam os novos parâmetros do ES e as mudanças não agradaram aqueles colegas que se encontram na situação mais apertada financeiramente, gerando grande número de comentários adversos, alguns até bastante indignados e agressivos.

Todos sabem de minha antiga posição a respeito do ES.  Acho que a solução final é a adoção da fórmula 180/180, sem as travas atualmente existentes para os mais idosos.  Uma fórmula imexível, definitiva, apenas atualizada todos os anos pela inflação, terminando com os desgastes que vem acontecendo nos últimos anos cada vez que se faz a revisão do ES.  O aumento do prazo deixará as prestações mais baixas e possibilitará que a margem consignável tenha mais folga.

Na atual conjuntura também apreciaria que fosse aprovado que o valor das parcelas oriundas do período de suspensão, de janeiro a junho, não fossem acrescidas de uma única vez, mas pagas em 12 vezes, por exemplo, o que permitiria uma diferença maior na obtenção do novo financiamento.

E mais uma outra alternativa também gostaria que fosse analisada, mesmo agora, sobre a possibilidade de ser excluida do cálculo da margem consignável, além da Capec, a parcela da contribuição para a Previ.

E´ o que penso e postulo como presidente da AFABB RS, atendendo ao pedido de vários associados que se encontram verdadeiramente desesperados com a situação de penúria e de dificuldades financeiras oriundas da perda do Bet e de problemas com saúde e familiares.

Tem quem critique os endividados e os culpe pela situação em que se encontram.  A educação financeira foi implantada para tentar criar uma cultura de poupança e de cautela.  Acabo de ver na TV uma propaganda do Supermercado Nacional enfatizando que quem economiza nas compras realiza para o futuro.  Eu não julgo ninguém.  Acho que não tenho esse direito.  Ao contrário, ajudo pessoalmente diversos colegas endividados e nunca os recrimino.  Apenas constato e administro a situação de insolvência, como sempre vi outros colegas fazerem durante o meu tempo na ativa do Banco.

O que posso dizer é que vou continuar lutando por melhores condições para o ES e vou analisar com mais profundidade os números agora que participo como suplente do CD.

Tenho a certeza de que os nossos diretores eleitos se empenharam ao máximo para encontrar soluções para o ES que conseguisse atingir a todos os necessitados.  Não obtendo êxito total, sei que estarão dispostos a ouvir sugestões, propostas, críticas e debater com os participantes excluídos uma maneira de aperfeiçoar os parâmetros anunciados.

Sinceramente, é o que eu acho.  Agradeço a compreensão e a todos que tem enviado sugestões coerentes e factíveis a respeito do assunto. Recebam o meu abraço e a minha solidariedade.  E, por favor, não se desesperem. Vamos continuar lutando para tentar sensibilizar a diretoria de que é preciso aprovar, de uma vez por todas, a fórmula 180/180.

90 comentários:

Anônimo disse...

Carissimo dr. Medeiros,

Excelente postagem. Como é do seu feitio. Madura, lúcida, inteligente, consistente. Espero que os diretores da Previ leiam e meditem. Não poderia ser melhor.

João Rossi Neto disse...

COLEGAS,
Cópia da mensagem enviada a PREVI.

Sua mensagem foi recebida com sucesso.
De:atend@previ.com.br Para:jrossineto1@uol.com.br Cópia:Cópia oculta:Assunto:Sua mensagem foi recebida com sucesso.Data:15/07/2014 20:06
Senhor(a) JOAO ROSSI NETO

A PREVI confirma o recebimento da mensagem abaixo.
Aguarde nosso retorno em breve.

Gerência de Atendimento
PREVI

Esta mensagem é automática e seu retorno não é monitorado.

__________________________________________________________

Data: 15/7/2014
Tipo: Reclamação

Mensagem: EMPRÉSTIMO SIMPLES.

Não é preciso entender muito de matemática financeira e juros compostos para concluir que a Diretoria Executiva aplica um golpe de mestre, nesta ardilosa alteração no ES, onde os associados serão prejudicados, senão vejamos:

1 - Para efeito didático e melhor ilustração, quem fez um empréstimo no valor nominal R$130.000,00, deve, em 30/06/14, cerca R$139.000,00, em função da capitalização dos juros e correção, saldo devedor esse que evoluiu pela falta de pagamento das últimas seis prestações, de janeiro a junho/14, suspensas pela PREVI;
2 - A elevação do limite para R$145.000,00, ligeiramente acima do INPC enseja um limite adicional de R$6.000,00 (R$145 mil – R$139 mil= R$6 mil), para efeito de renovação, o que significa dizer que tomador aumenta a sua dívida e o valor da prestação, levando de troco um crédito líquido ínfimo que ao invés de ajudar, agrava a sua condição de devedor;
3 – Onde está o embuste financeiro e propaganda enganosa? Nas renovações (crédito novo), as seis prestações acumuladas serão recebidas de uma só vez (operação mata-mata que liquida a anterior com a nova), o que beneficia unilateralmente essa Caixa, afora o fato de elevar o valor das parcelas e afundar cada vez mais o tomador. O maior número de tomadores concentra-se nas faixas etárias de 51 a 62 e 63 a 74, o que resulta num prazo médio de 114 meses, ou seja, 120 para a 1ª e 108 para 2ª = 228/2= 114.

Logicamente a renovação é considerada nova operação e, por conseguinte, incide de novo o IOF, taxa de administração e de abertura do crédito. Isso encarece os custos.

Em resumo, se a Diretoria Executiva quiser de fato amenizar o sofrimento do Corpo Social, basta fazer o mais simples e fácil que é a elevação do prazo de reposição do ES para 180 meses objetivando reduzir o valor prestações e ponto, sem mexer no limite.

Fazer caça as bruxas a meia-dúzia de devedores idosos é preconceito abominável e excesso de zelo.

Quem entrar nessa canoa furada e renovar nessas condições ora divulgadas vai comprar uma passagem de ida, sem volta, para o purgatório.

Seria oportuno saber como são dimensionadas as nossas necessidades, pois essas alterações estão equivocadas.

Na realidade parece que a intenção foi de fornecer cordas para o nosso enforcamento. O corte de 24,8% não deveria ser feito e se fosse de fato para ser realizado deveria ser gradual, com corte de parte do BET, redução no valor das prestações, mediante prazo de 180 meses para o ES e mantendo suspensa a contribuição.

Matrícula: 4986560
Nome: JOAO ROSSI NETO
E-mail: jrossineto1@uol.com.br

Anônimo disse...

Muito bem dito, Medeirão. Valeu.

Ruben

NIVALDO ELIAS DOS SANTOS disse...

DR. MEDEIROS, POR FAVOR ME RESPONDA: ESSA SUA SUGESTAO ESTA SENDO FEITA DIRETAMENTE A DIRETORIA PARA QUE AINDA REPENSEM O E.S.?
NA MODALIDADE APROVADA, CONFORME MUITO BEM ANALISOU O COLEGA JOAO ROSSI NETO O UNICO BENEFICIADO EH A PREVI. NOSSA SITUACAO SOH PIORARAH.
POR FAVOR ME RESPONDA ENTAO SE A NOVA DIRETORIA VAI REABRIR NOVAMENTE O DIALOGO SOBRE O E.S.
EH SO MOSTRAR PARA A A GOVERNANCA DA PREVI AS POSTAGENS DESESPERADAS DE TODOS APOS O ANUNCIO DE 15.07.14, QUE ERA TAO ESPERADA E QUE ALEM DE NOS FRUSTAR NOS INDIGNOU AINDA MAIS.

Cristina pensionista disse...


Caro Sr. Medeiros

Há dias atràs fui injusta para com o Sr. Queira por gentileza aceitar minhas desculpas, mas minhas palavras foram fruto de desespero.
Cordialmente

Cristina

Medeiros disse...

sIM,Nivaldo, será levada à diretoria da Previ. Hoje à tarde a AFABB RS encaminhará ofício com essas considerações e sugestões à Previ.

Anônimo disse...

Grande Medeiros,

Seu post nos dá alento e esperanças de que esse aleijão ainda possa ser consertado. Muito obrigado pelo seu apoio. Honrou o meu voto em você. Sabia que podia confiar no doutor.

Medeiros disse...

OK, Cristina. Obrigado

Hermano disse...

Ola Medeiros, estou de acordo com a sua sugestão na analise da MARGEM CONSIGNÁVEL. Caso não possa atender o os ensejos da maioria, e para aqueles que não possam RENOVAR, sugiro que a PREVI adiantasse valor úníco para todos de R$ 10.000,00 a ser paga pela tabela aprovada, que daria uma folga a todos necessitados, até o reajuste SALARIAL de janeiro/2015.

Anônimo disse...

Medeiros, vc é o único que esta compreendendo que a situação é muito complicada. . Se nao vejamos: quem se beneficia com o aumento do teto do empréstimo simples?Sera que nao entenderam que uma grande parcela precisa é de mais tempo para pagar, ou seja o que importa é aumento do prazo. Estou indignado.

NIVALDO ELIAS DOS SANTOS disse...

DR. MEDEIROS, MUITO OBRIGADO PELO SUA PRONTA RESPOSTA. DEUS O ABENCOE.
VAMOS COLOCAR FE EM TUDO. PERDOE AQUI O NOSSO LADO. VOCES A CHAPA 3 SAO OS "NOSSOS MESSIAS" NAO NOS DESAMPAREM POR FAVOR.
TODOS SABEMOS QUE SE A PREVI QUISER ELA FLEXIBILIZARA MUITO MAIS. O QUE FOI APROVADO (A DURAS PROVAS, SABEMOS) SOH FAVORECEU A PROPRIA PREVI. POR FAVOR, LUTEM, TENHAM FORCA PARA LUTAR POR NOS. SABEMOS QUE EH DESGASTANTE MAS A CAUSA EH BOA.
UM ABRACO E MUITO OBRIGADO OUTRA VEZ POR ME RESPONDER TAO PRONTAMENTE INFORMANDO QUE A AFABB ENTREGARAH UM OFICIO AINDA HOJE AA PREVI PEDINDO A REABERTURA DAS NEGOCIACOES.

jam Vasconcellos disse...

Estimado Dr. Medeiros

Usando dos seus conhecimentos, gostaria ,caso o Senhor tenha a resposta...
Nos FOMOS DESCONTADOS NAS MENSALIDADES PARA A PREVI,COMO FUNCIONARIOS DA ATIVA, TANTO É QUE A PREVI ,DEU UM TIRO NO PÉ< QUANDO SUSPENDEU AS MENSALIDADES EM 2006......A PREVI nÂO VAI DEVOLVER ESTE DINHEIRO QUE (ROUBOU) COBROU A MAIOR????????
Respeitosamente
Jaym Vasocncellos



Anônimo disse...

Dr. Medeiros, há muito tempo que tento colocar em discussão, darmos uma maior atenção a recuperação de nossos salários. Será que só eu enxergo claramente que essa história de ES é suicídio? Será que o cego sou eu? Para negociar este ES é preciso ter margem, mas parece que esqueceu-se o que é preciso para ter essa margem. Claro que com um salário pífio jamais conseguiremos alguma coisa. Quando nos cortaram o BET, que o coisa ruim prometeu incorporar, na realidade foi um corte no salário, pois todos contavam com a incorporação. Eles estão concentrando forças na destruição de nossos benefícios, e estão logrando exito. Diga-me Dr. Medeiros, não era para estarmos agora, com todas as nossas forças, procurando meios e dispositivos para resguardar nossos vencimentos tão depreciados??? Eles atiram na cabeça(e acertando) e nós estamos preocupados com os pés.

Anônimo disse...

João ROSSI NETO. BINGO p/ voçe, nos ajude por favor a conseguir que seja modificada a bomba que a previ nos mandou. Sua proposta é exelente, e mereçe se levada em consideração.Aumentar a divida, vai acarretaraumento de prestação, e, não é isso que pedimos e queremos.mesmo presisamos urgente de dinheiro, pois estamos com a corda no pescoço. p/ mim também a melhor solução seria aumentar o prazo para 180 meses, mesmo que não,com isso iria diminuir bem as prestaçoes,e com certza iria aliviar nosso mês a mês. Pessal da chapa 3 vejam com carinho a idéia do Rossi. é muito boa.

Anônimo disse...

Caro Medeiros,
Acho que com essa atual diretoria, diga-se: a remanescente, não devemos alimentar esperanças em nada. No seu post deixa, de novo, uma esperança no ar, com relação ao ES. Dai, vai comecar tudo de novo e novas decepções virão. Não é melhor por um ponto final nisso? Um patrimônio de 170 bi, plano fechado, podemos negociar outras coisas, como um antecipação salarial a ser paga a partir de janeiro. A resolução 26 impede outras coisas. O resto é utopia.

Luiz Moreira disse...

dr medeiros, a previ esquece de contemplar o es finimob, ha casos em q ja se pagou 50% da divida e a prstaçao e a mesma de 3 anos atras, ai sim ha um alivio no liquido de quem puder renovar tal mutuo, pleitei junto a previ para simular casos em q o contra ja esta com mais 24 prestaçaoes pagas que podera notar q ali ha uma condiçao de se aumentar o liquido , nao a margem c. mas sim oliquido, por favor tente e so mais uma esmola.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, este seu post é bingo!!!!!

NIVALDO ELIAS DOS SANTOS disse...

COLEGAS…., AMIGOS, VAMOS ACABAR COM ESSA HISTORIA DE "ANONIMOS"? DE QUE VOCES TEM MEDO? FACAM SEUS COMENTARIOS E COLOQUEM SEUS NOMES. MOSTREM QUEM VOCES SAO. ESTAO COM MEDO DE QUE? USEM O SEU DIREITO DE EXPRESSAO. IDENTIFIQUEM-SE CORRETAMENTE E ASSIM VOCES TERAO MAIS CREDIBILIDADE. VAMOS LAH. OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA PREVI, SEGUNDO SEU PROPRIO ORGANOGRAMA ESTAO NO TOPO DO PODER JUNTAMENTE COM O BANCO DO BRASIL. ESTAMOS NO MESMO PATAMAR.
ENTAO SOMOS DONOS DA PREVI TAMBEM. CONCORDEMOS, DISCORDEMOS, ETC., MAS SEMPRE MOSTRANDO NOSSAS CARAS. NAO SERAH MELHOR ASSIM?

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, seu post é bingo!!

Anônimo disse...

Bravos Medeiros, sempre valente, sempre solidário, nunca desistindo facilmente. Bravos, honrou sim o nosso voto.

Grupo de aposentados de MT

Anônimo disse...

Estou muito apertado, mas, não vou reformar, se tivesse MC não faria também. Dr, Medeiros isso é caso de polícia e não de justiça, no meu modo de ver as coisas, a Previ está quebradinha e não tem dinheiro para suportar aumento em valores do ES.

Só tem grana para as eleições da Dilma, o Dr. aguarde e verá, acho que vou é limitar em 30% o contracheque, e arrumar grana com agiotas, pois a Previ também está agiotando. Obrigado por tudo Dr. Medeiros.

Anônimo disse...

Excelente iniciativa, um ofício a PREVI vindo de Associações e ou de colegas mais experientes é sem dúvida muito valioso, só resta saber se a resposta não será aquela carta já pronta que foge da pergunta.Vamos aguardar 180x180 é um apelo antigo que deveria ter sido analisado, é o único que dará uma oxigenada na vida de todos nós, amém.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Ainda acho que poderia haver uma segunda alternativa, tal qual uma negociação de dividas. Por exemplo, aumentar o prazo para aqueles que querem simplesmente reduzir as parcelas, o que ajudará em muito o orçamento mensal.
Criar uma alternativa para renegociar o ES, sem elevar o endividamento do participante.
Batista

Anônimo disse...

Concordo plenamente com a sugestão do Rossi.Aumento do prazo para diminuir as prestações,mantendo o limite como está.Só assim teremos folga no líquido da folha.Bingo Rossi.Lourival - 6313290_7

Anônimo disse...

queremos somente aumentar o prazo para 180 meses. Isso mesmo que camuflado, iria aumentar nossos beneficios.não podemos mais continuar diminuir nossos contra cheque que ja esta negativado.passando o prazo de 120 para 180 vai diminuir bem as prestações, e consequentemente acho que poderiamos nos organizar melhor.Falo isso porque o que a previ ofertou, não vai ajudar ninguém,pois ela aumentou o saldo devedor, e consequentemente não vamos conseguir pegar nem 6.000. e iremos par mais por isso. VAMOS RACIOCINAR.

Anônimo disse...

COLEGAS ENDIVIDADOS – NÃO SE DESESPEREM.


AÇÃO JUDICIAL - 30% CONSIGNADO.
Ação Declaratória de Obrigação de Fazer - Empréstimos Consignados em folha de pagamento.
A ANAPLAB - entrará com a ação supra, para que os endividados paguem somente 30% do líquido da folha de pagamento de todos empréstimos consignados na folha de pagamento da PREVI e ou débito em conta corrente.


INFELIZMENTE, É O QUE RESTA FAZER, AOS ASSOCIADOS DA PREVI.

Anônimo disse...

Creio que lutar incessantemente por novos parâmetros do ES significa combater a febre, colocando em segundo plano a infecção. Melhor será um estudo detalhado e criterioso que contemple o realinhamento do PB1, medida que já poderia estar adotada há algum tempo. Nesse particular, a atribuição do BET foi um equívoco, pois criou no âmbito dos assistidos a falsa impressão de que tiveram seus benefícios aumentados. O resultado é esse que vemos agora: o ES se apresenta como remédio. Vamos ver o que acontece até o princípio de 2015, oportunidade em que será avaliado o exercício financeiro de 2014. Também na oportunidade, nós saberemos se a cúpula da PREVI está realmente preocupada em realinhar o que nos é de direito.

Anônimo disse...

Obrigada Dr. Medeiros por sempre propor alguma alternativa que realmente melhore a vida dos aposentados.

Anônimo disse...

ROSSI, excelente sua proposta encaminhada a Previ sobre o ES, estava mesmo esperando voce aparecer com sua visão clara, lúcida e genial ,muito bom poder contar com pessoas tão inteligentes e preocupadas com os mais necessitados como voce o Dr. Medeiros o Sr Ari e a Cecilia, juntos vamos conseguir melhorias, meus agradecimentos.

Anônimo disse...

AS vezes, não conseguir o que você quer, e uma tremenda sorte.
Dalai Lama.

Anônimo disse...

Se a maioria dos que precisam do ES, estão de fora porque a MC está negativa, então os novos parâmentros no ES, beneficiou QUEM?

A diretoria da Previ não se interessa pelas aflições dos seus assistidos, se nós que sofremos na pele o achatamento brutal dos nossos benefícios pedimos, imploramos os
180/180 é porque só assim poderemos ter algum respiro, agora eles ganham uma fortuna, não ligam para os pobres velhos, acho até que nos odeiam, apresentam qualquer proposta que um funcionário fez sem qualquer critério e implantam, estão se lixando se resolve ou não a situação da população de aposentados assistidos e endividados da Previ, a realidade deles é muito distante da nossa e a desculpa é sempre a mesma: Não souberam administrar suas finanças.Aulas de educação financeira e ponto final, se morrerem todos os aposentados ótimo para a Previ.

Anônimo disse...

A renovação do ES, deveria ser feita com base nos anseios dos aposentados e portanto com pesquisa feita junto aos seus representantes e levada para aprovação pela diretoria da Previ.

Anônimo disse...

Olá Dr Medeiros!
Concordo com sua proposta 180/180 para o ES e faço minha sugestão para diminuir nossas prestações: com a diferença em torno de R$40.000,00 da renovação do ES, paga-se primeiro o empréstimo da Cooperforte, assim nosso capital será liberado para abater a dívida (no meu caso está em torno de R$7.500,00).Imediatamente renova-se com a cooperativa e paga-se os CDC's, que têm juros muito maiores. Assim, a Previ e o Banco nada têm a perder, pelo contrário,não precisaremos: recorrer à justiça para limitar os débitos em folha em 30% nem negociar a dívida com o Banco, que receberá o que nos emprestou.
Todos nós que estamos reivindicando esta alteração sabemos que TER DÍVIDAS É TERRÍVEL MAS MORRER DE FOME É PIOR e não é só isto que queremos; assim como os colegas que não têm empréstimos sabemos que é URGENTE a melhora dos nossos benefícios.
"O Senhor é meu Pastor e nada me faltará"

Um grande abraço e você, sim, É O CARA.

Anônimo disse...

Marcelino Maus diz:
Gostaria de dominar os aspectos Jurídicos das fórmulas que envolvem o recente histórico de Estatutos (1980/1997), Resoluções, para ser preciso nas observações.
Mas penso que não eh preciso, porque os que disso entendem, nada resolvem.
Melhor utilizarmos a Aritmética para apontar as injustiças:
1) Benefício médio na Previ: R$7.000,00 com ou + INSS?;
2) INPC após 12 meses: 5,56%: R$390,00 x 12 = R$4.680,00 NO ANO SEGUINTE!!!
3) ES 130.000,00; com 5% jrs + INPC = 11% a.a. = R$14.000,00!!! só de encargos, 01 ANO ANTES do aumento do Benefício...

Solicito novamente, que algum colega compare e demonstre os Benefícios PREH e Pós 24/12/1997.

Aviso importante: quem pensar em utilizar o FQM lembre que Pensionistas recebem apenas 60%...

Apesar de tudo, ainda acredito em REVISÃO DOS BENEFÍCIOS, BET de 10% enquanto houver excedente de 20%, renegociação dos 40BI que o BB já levou - QUE DEVOLVA DE ALGUM MODO.

OS SEM TETO (45.000,00 ou 81.000,00), que devolvam/negociem o excedente ao fixado pela PREVIC.

Marcelino Maus
F752890

antonio americano do brasil borges disse...

Prezado Dr. Medeiros,
Ainda bem que temos seu blog par nos manter informado, bem como podermos externar nossas opiniões. Infelizmente, mais uma vez volta a afirmar, além do senhor, MAIS NINGUEM procura se inteiras dos comentários dos demais colegas.
em 2012 questionei a PREVI, como como encaminhei denuncia à PREVI pelo tratamento diferenciado dados aos mais idosos com aumentos diferenciados por idade nas contribuições da CAPEC. Embora tenha divulgado, NINGUÉM comentou o assunto, ano passado novamente questionei a PREVI e encaminhei nova denuncia à PREVIC sobre prazos e valores diferenciados nos Empréstimos Simples, mais uma vez NINGUEM falou nada.
Quanto à sugestão de criação do FUNDO que enviei à PREVI, apenas o senhor o comentou. Hoje revisando os relatórios da PREVI, pois pretendo, mais uma vez enviar nova sugestão à PREVI no sentido de melhorar nossos benefícios, encontrei, no preambulo do relatório a seguinte mensagem:

"RELATÓRIO DE 1997 INICIA-SE COM A SEGUINTE
MENSAGEM AOS ASSOCIADOS
Certamente 1997 ficará registrado na história da PREVI como o ano em que os mais acalorados debates envolveram o nome da Entidade. Com a aprovação do novo Estatuto, foram concretizadas as reivindicações de quase duas décadas encaminhadas pelo Corpo social, como a ampliação dos benefícios, a derrubada das discriminações e o restabelecimento da igualdade entre todos os associados."
Ou seja, derrubada das discriminações e o restabelecimento da igualdade entre todos os associados, mas com os aumentos diferenciados nas contribuições para a CAPEC e criação de prazos, valores e taxas diferenciadas para os mais idosos,
torna-se claro que as diretorias anteriores, pura e simplesmente não cumpriram o estatuto. O que podemos fazer ao invés de nos ficarmos lamentando?
Abraços
Antonio Americano
Goiania (GO)
PS. mais uma vez NINGUÉM se interessara por esse meu comentário.

Anônimo disse...

SIMPLESMENTE RIDICULA A PROPOSTA DA PREVI,Não conseguiram atender nem gregos nem troianos, o erro está na propria mensagem que eles mesmo escreveram de 2003 a 2014 o ES cresceu em 480%. Os associados estão precisando de prazos. E NOS PRAZOS A PROPOSTA FOI RIDICULA, TANTO TEMPO ESPERANDO POR UMA SOLUÇÃO E VEM UMA PROPOSTA RIDICULA DESTA.

Anônimo disse...

Sinceramente a solução dada pela PREVI foi uma maneira de dizer aos associados que os DIRETORES ELEITOS PELA CHAPA 3 não vão poder fazer nada, pois quem manda é os DIRETORES NOMEADOS PELO BANCO E O MARCEL QUE É DO PT.

Anônimo disse...

Este mes :Eu e muitos aposentados e pensionistas da previ não temos dinheiro para fazer feira ,oBB desconta os empréstimos, vou pagar o aluguel e ficar com fome . Isso e justo ? Nunca passamos isso antes , Essa penúria começou depois que o PT começou a governar a nossa PREVI. Meu Deus tem misericórdia de Nós.
Pencionistas Desesperada.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Muito cuidado com os oportunistas do caos.
Já tem campanha difamatória contra os eleitos da chapa 3 por conta da modesta revisão do ES.
Pareciam quietos, mas estavam apenas aguardando o desfecho da novela, que todos já vislumbravam não ser satisfatória.
Vão pegar carona na decepção geral para semear a discórdia.
Os teclados já estão funcionando a pleno vapor....

Anônimo disse...

Certamente a simples renegociação do prazo total da dívida resolveria boa parte dos problemas dos tomadores do ES. O que precisamos é de mais prazo e menor prestação. A PREVI não precisa colocar dinheiro novo no negócio.

Medeiros disse...

A correspondência da AFABB RS pedindo mais prazo, exclusão da contribuição do cálculo da margem consignável, e pagamento da parcela acrescida nos meses de janeiro a junho em 12 vezes, já foi encaminhada pela AFABB RS para a Previ.

Medeiros disse...

A correspondência da AFABB RS pedindo mais prazo, exclusão da contribuição do cálculo da margem consignável, e pagamento da parcela acrescida nos meses de janeiro a junho em 12 vezes, já foi encaminhada pela AFABB RS para a Previ.

Anônimo disse...

Muito bem dr. Medeiros, o senhor não perde tempo batendo boca, vai para a ação. Nos resta agora apoiar a moção da AFABB RS. Obrigado

antonio americano do brasil borges disse...

Caro Dr. Medeiros,
Sem sombra de dúvidas, no momento a melhor proposta apresentada foi de nosso colega João Rossi Neto, o de simplesmente alongar nosso prazo. O que podemos fazer para apoiar essa brilhante ideia?
Abraços
Antonio Americano
Goiania (GO)

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,

crescimento do valor nominal do E.S.Empréstimo Simples: 480 %, em 11 anos.

no mesmo período, os aposentados ganharam menos de 100 %. Os senhores da Previ, tem esses dados.

não vale manobrar e incluir no aumento de benefícios os sem teto; estes, provavelmente estão perto dos 480 % de aumento, não precisando de E.S.

ou não ?

Realinhamento JÁ e pensionistas 100 %.

Chega de ilusionismo ...

Medeiros disse...

Prezado Antônio Americano,

A minha postagem e a proposta que apresentei é a mesma do João Rossi, alongamento de prazo para 180 meses, mas mais abrangente e com alternativas atenuantes. Acho que só pedir o alongamento de 120 para 180 meses é dificílimos de conseguir com rapidez, enquanto as outras alternativas são mais fáceis. A fórmula 180\180, que luto por ela junto com o João Rossi Neto, é definitiva. Vai exigir muito trabalho de convencimento. Passar de 10 anos para 15, veja bem. E´ o que eu penso. Infelizmente tem gente querendo o impossível. Fica difícil. Temos que mudar a Previ, mas querer ou pensar que isso vai acontecer da noite para o dia é desfazer da nossa inteligência e cultura de funcionários do BB.

Anônimo disse...

Caro Medeiros,

O colega que comentou anteriormente tem toda a razão. O pessoal tá querendo confusão. Nem leram sua postagem direito e já partiram para perguntar como apoiar a proposta do João Rossi, que é a mesma sua. Ora...Será que não sabem que basta escrever para a Previ apoiando uma ou outra. O doutor tem muita paciência. Se fosse eu fechava o blog por uns tempos.

Anônimo disse...

Caro Medeiros,

O colega que comentou anteriormente tem toda a razão. O pessoal tá querendo confusão. Nem leram sua postagem direito e já partiram para perguntar como apoiar a proposta do João Rossi, que é a mesma sua. Ora...Será que não sabem que basta escrever para a Previ apoiando uma ou outra. O doutor tem muita paciência. Se fosse eu fechava o blog por uns tempos.

Anônimo disse...

Caro Medeiros,

O colega que comentou anteriormente tem toda a razão. O pessoal tá querendo confusão. Nem leram sua postagem direito e já partiram para perguntar como apoiar a proposta do João Rossi, que é a mesma sua. Ora...Será que não sabem que basta escrever para a Previ apoiando uma ou outra. O doutor tem muita paciência. Se fosse eu fechava o blog por uns tempos.

Medeiros disse...

E´ o que eles querem fechar o meu blog. Hoje mandaram um ataque violentíssimo de vírus. Mas querem me aborrecer com discussões e agressões mais virulentas ainda. Vou relevando e vou sempre em frente. Mas minha paciência tem limite, sim. Hoje uma pensionista teve a dignidade de me pedir desculpas. Bom, valeu.

Medeiros disse...

E´ o que eles querem fechar o meu blog. Hoje mandaram um ataque violentíssimo de vírus. Mas querem me aborrecer com discussões e agressões mais virulentas ainda. Vou relevando e vou sempre em frente. Mas minha paciência tem limite, sim. Hoje uma pensionista teve a dignidade de me pedir desculpas. Bom, valeu.

Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Admir de Paula disse...

Dr. Medeiros,

Mais uma vez parabenizo-lhe pelo caráter de homem altruista que tem. Sua luta incansável em defesa dos mais fracos é prova disso. Portanto, por essa iniciativa que teve o distinto colega em pedir a Previ para alongar o prazo do ES em 180 meses, e aumentar o valor para R$ 180 mil, só nos resta louva-lo e agradecê-lo.
Oportunamente, permita-me deixar aqui o meu pedido aos demais eleitos da Chapa 3, e dirigentes de associações outras para fazerem o mesmo, isto é, endereçar correspondências para a diretoria da Previ com esse mesmo objetivo.

Muito obrigado.

Tadeu Luis Valentim disse...

AMIGOS,

AQUELE QUE SE DESESPERAR E NO DIA 22/07 ACEITAR AS CONDIÇÕES DA PREVI, CERTAMENTE ESTARÁ EM CONDIÇÕES DESFAVORÁVEIS, SEM RETORNO E CONTRIBUINDO PELA EFETIVAÇÃO DO ARDILOSO ESQUEMA MONTADO PELA PREVI. ELES LANÇARAM AS ISCAS E ESTÃO ESPERANDO OS PEIXES FAMINTOS E DESESPERADOS. DISCORDO ABSOLUTAMENTE DE TODO AQUELE QUE PENSAR QUE ESTA FOI A MELHOR SOLUÇÃO, OU A POSSÍVEL. O ROSSI E O MEDEIROS ESTÃO APRESENTADO COISAS BEM MELHORES E FACTÍVEIS. ELES SIM, ESTÃO PENSANDO NO TODO. MINHA SITUAÇÃO NÃO É DIFERENTE DE NENHUM DE VOCÊS, MAS MEU DESESPERO É SUSTENTADO NA MINHA FÉ (FÉ EM "DEUS"). AS COISAS VÃO MELHORAR. AS PODEROSOS INSENSÍVEIS VÃO REFLETIR. A SITUAÇÃO PARA ELES TAMBÉM É DESCONFORTÁVEL. CONTRATAMOS ESTES DÉBITOS. QUEREMOS PAGAR. É A CULTURA QUE APRENDEMOS DE ANOS E ANOS DE LABUTA NO BANCO. SOMOS HONESTOS. AS SOLUÇÕES VÃO APARECER. AGUARDEMOS. TENHAMOS UMA FÉ ÚNICA. ELES VÃO SE SENSIBILIZAR. APOSTEM.

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
Estou certa de que todas as Associações filiadas à FAABB gostariam de endossar sua carta (da AFABB RS) à Previ. Se o prezado Presidente achar conveniente, basta me escrever.
Att
Isa Musa

Fuzinelli disse...

E as ações da OI, ninguém fala nada? somente ES, e o realinhamento do PB1, ninguém fala nada. Esta discussão do empréstimo simples é bom tanto para a PREVI quanto para os eleitos da chapa 3 ou 2 ou um, ou me engane que eu gosto. Por favor, vamos discutir coisas mais importantes, pelo amor de Deus...

edsomn disse...

Sem um aumento nas aposentadorias e pensões vai ficando a cada mês mais difícil para ter margem consignável estou falando daqueles tomadores assíduos de empréstimos como eu e aumentar a prazo resolver a curto prazo. Todos nós trabalhamos no BB e descontamos para 10 salários e mais as contribuições para a previ ocorre que a maioria não ganha nem 7 salários e a previ continua cobrando a contribuição estou errado.
É o caso dos aposentados e pensionistas o ES dizem que é impagável mais é empréstimo em folha o dinheiro volta para previ no nosso caso Previ Plano 1.
NÃO EXISTE MAGICA SE AS PERDAS NÃO FOREM CORRIGAS E SE A PREVI DEIXAR VAI TER GENTE RECEBER ZERO.

Valim disse...

Medeiros, cabra da peste,

Sou Carioca da gema, Mineiro de coração, e tentando gostar de São Paulo. Para fazer algo para o meu futuro, nem que tenha 80,90,, 100 anos, vou fazer aqui ou lá. É um prazer e um desafio.

Tu és um político na acepção boa da palavra: de lhe dar e se sair bem com os contrários.

O que estás vendo já é uma NOVA CHAPA, CHAPA PRESO, FRACO E DE TÃO POUCOS. Aguarde Medeiros, vão lhe bater palmas, não eles, mas nós. Sabemos e devemos esperar, todos nós sabemos disso!!!

Quem é quem não sabia?

Mesmo solidário com as dificuldades de todos, o que mais me aborrece é a prepotência dos que não veêm que o Brasil mudou.

Este país não são formados por homens e mulheres em sua totalidade inteligentes, que ELES não deixaram construir, mas já existem milhões de sábios. Existe uma grande diferença, ELES QUE PESQUISEM, e olhe que é facil, não precisa nem de pitbul.

Valim.

Valim disse...

Medeiros.


Não teria paciência, mas nas escrituras não sagradas, um bom político deve ter paciência.

Solicitamos sua ajuda, você pode achar eu jovem, eu também acho muitos outros jovens, mas confio em você e no seu salto jovem. Eu não consigo dar aquele salto, na presença de todos, foi demais. O blog da Cecília Garcez ontem estava impossível, não é só o seu. O dela não podia entrar. Não é o caso de descobrirmos de onde vem e processá-los?

Valim.

Anônimo disse...

Realmente seu blog esta sob intenso ataque. Sua mensagem das 18:09 foi repetida cinco vezes.

Anônimo disse...

Esta postagem repetida é decorrência de vírus, Dr. Medeiros? bem..seja como for, é muito bom manter-nos informados sobre os novos fatos.

Anônimo disse...

Qualquer proposta que venha ajudar um grupo, certamente virá prejudicar os demais.

Anônimo disse...

Vou dizer uma coisa que talvez poucas pessoas perceberam: 1) A PREVI SÓ SUSPENDEU AS PARCELAS DO ES POR CONVENIENCIA DAS ELEIÇÕES. 2)DESDE QUE O BET FOI SUSPENSO E AS CONTRIBUIÇÕES RETORNARAM QUE ELES JÁ SABIAM QUE O ES IA SER UM PROBLEMA. 3)PELA SIMULAÇÃO QUE FIZ MESMO QUE O ES VÁ PARA 240 MESES A PRESTAÇÃO SO VAI DIMUINUIR 1/3 DO QUE OS ASSOCIADOS RECEBIAM DO BET. 4) POR ESTE MOTIVO, NÃO TEM SOLUÇÃO A SITUAÇÃO PARA OS ENDIVIDADOS A NÃO SER ENTRAR NA JUSTIÇA E PEDIR O ENQUADRAMENTO NOS 30%. 5)A PREVI TEM CULPA TOTAL NO ENDIVIDAMENTO DOS ASSOCIADOS POR CONTA DE TER AUMENTADO DE 2003 A 2014 EM 480% O VALOR DISPONIVEL PARA EMPRESTIMO. 6)O BB TEM CULPA NOS EMPRESTIMOS CONSIGNADOS. 7)OS CONVENIOS COOPERFORTE E OUTROS QUE SÃO DESCONTADOS EM FOLHA, CULPA TAMBEM NOS ENDIVIDAMENTOS DOS FUNCIONARIOS. 8) FICAM LIGANDO PARA OFERECER EMPRESTIMO.

Medeiros disse...

Obrigado Isa, pelo apoio.

Vou enviar cópia da correspondência amanhã.

Abraços

Medeiros

paraguassú disse...

Dr. Medeiros, creio q nossa "presidenta" Dilma não tem conhecimento da penúria pq estão passando os "assistidos" da PREVI. Ela sabe muio bem que a nossa caixa de previdência é uma galinha dos ovos de ouro. Sabe plenamente q a PREVI é um excelente cabide de empregos onde pode acomodar um monte de "cumpanheros". Mas acredito piamente q ela não sabe dos desmandos cometidos contra os velhinhos aposentados do Banco do Brasil. Ela sabe que a grande maioria dos aposentados foram verdadeiros desbravadores. Enfrentaram localidades que não dispunham de água tratada\encanada, luz, telefone, saúde, escolas e etc., etc. etc.. Com toda certeza possui parentes,amigos, ou até mesmo pais idosos e reafirmo que ela não compartilha com essa maldade. Não creio que a "presidenta" venha a interferir na tal res. 26, aposentadorias estrastosféricas ou outros assuntos internos da PREVI, mas se tomar conhecimento que grande parte dos aposentados de nosso fundo de pensão, um dos maiores existentes, estão passando por privações extremas, por falta de remédios e até de alimentos, tenho certeza de que ela irá interceder por nós. Temos de encontrar uma maneira de denunciar diretamente à D. Dilma as maldades perpetradas pelo insensível Dan Conrado e seu assecla Marcel. Vale lembrar-lhe que através de nossa caixa de previdência poderá ser contemplada com aproximadamente dois milhões de votos (associados, pensionistas e familiares). Como chegar até ela????

Marco Antonio disse...

Caro Medeiros,
O ES não resolve nosso problema, apenas agrava-o. Adiar a quebra não vai evitá-la.Como tem alertado alguns colegas, estamos, por desespero, perdendo o foco, que deve centralizar-se na recomposição de nossos proventos. O ES atende principalmente aos interesses da Previ, na qualidade de investidora. Melhorando nossos rendimentos, poderemos nos livrar dessa dependência nefasta que nos vincula ao famigerado ES. Vamos lutar para elevarmos nossos proventos, nem que para tanto seja necessário alterar o regulamento através de proposta é votação do corpo social. A previ é de todos nós e não de meia dúzia de efêmeros dirigentes (excluo os nossos eleitos pela confiança que neles depositamos), se é que merecem ser assim chamados. Daí caber a pergunta: quais os procedimentos necessários para se propor alterações no Regulamento pelos associados e de que modo ocorreria tal votação??

mariano Branquinho disse...

Dr, Medeiros, parabens pela excelente proposta-sugestão, para que possamos pagar as prestações suspensas em 12 parcelas e num futuro próximo o ES ficar definitivamente na formula 180-180.Esperamos com fé em DEUS que a Previ atenda essa reinvidicação o mais rápido possível.Abs. Mariano Branquinho

Anônimo disse...

Valeu Dr. Medeiros, pela ótima sugestão.O Senhor deverá ser nosso futuro Diretor de Seguridade.

Anônimo disse...

Dr Medeiros, bom dia. Nós velhinhos trambiqueiros para a PREVI bem explicado ficamos de fora do ES. Precisamos de aumento real e não de migalhas Preciso também do ES , pois este mes não terei como sobreviver. Não estão nem ai com as pensionistas principalmente. Me sinto cansada, mas ainda tenho fé em Deus que até o dia 20 teremos uma boa noticia.DEus te abençõe
Pensionista

Anônimo disse...

Valeu Isa.

Anônimo disse...

Isa nos ajude, por favor

Anônimo disse...

Estão falando que a maioria vai ser beneficiada, eu nao fui e alguns querem me convencer que mesmo nao tendo sido nao devo reclamar em função de um todo.

Medeiros, tenho cá comigo que foram beneficiados o alto escalão, dentre estes, também estão os diretores da Previ. Nao estou pregando a cizânia , mas contra fatos não há argumentos

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,É bastante consolador neste momento, ver a iniciativa de todos vces ao dirigir mais uma vez à PREVI pedindo reconsiderações quanto as decisões sobre o ES, muito bom tb sentir o apoio da grande Isa Musa, porem me parece tudo tarde demais, será que estou sendo pessimista? a resposta da Cecília ao colega Nivaldo nos leva a uma realidade cruel:"Não há condições de renegociar o que já foi aprovado...era isso ou nada"

Anônimo disse...

O ano de 1997 ficou registrado na história dos aposentados do PB1, os colegas MARCELINO MAUS e ANTONIO AMERICANO merecem a atenção de TODOS OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO PB1 PÓS 97 , nas suas postagens de ontem as 15:38 e 15:41 respectivamente, falam a nossa língua , principalmente aos MAIS IDOSOS por quem devemos lutar com unhas e dentes, o ESTATUTO DO IDOSO cap.II art.96 aponta como crime "Discriminar pessoa idosa, impedindo ou dificultando seu acesso a operações bancárias, aos meios de transporte, ao direito de contratar ou por qualquer outro meio ou instrumento necessário ao exercício da cidadania, por motivo de idade.", por outro lado o ESTATUTO DA PREVI prega "Igualdade entre todos os associados", vamos colegas nos unir a estes companheiros enquanto é tempo, temos muita coisa a nosso favor, façamos tudo agora antes da eleição presidencial.

Anônimo disse...

Dr MEDEIROS, por favor insista na sua proposta genial para ES junto à Previ, seria a solução para o momento.
Agradeço também a Sra ISA por querer ajudar e ao Sr.JOÃO ROSSI, sempre somando nas nossas lutas.

Ademar disse...

SR. Medeiros,

Embora eu também almeje uma melhoria na proposta do novo ES, pois também estou com margem negativa, devemos refletir sobre o nosso endividamento, e concluo que a maior culpa é nossa mesmo. Não devemos agora jogar a culpa na COOPERFORTE/BB/POUPEX e outras instituições que nos ofereceram credito, pois tivemos a oportunidade de falar "Não", mas por algum motivo optamos pelo "SIM", agora temos que administrar nossas dividas. Concordo plenamente que a Previ poderia ter apresentado uma proposta muito melhor, afinal o dinheiro é nosso mesmo e estamos emprestando para nós mesmo. Mas deixemos as outras instituições fora dessa briga, elas podem nos ser muito útil no futuro.
Peço desculpas se ofendi alguém, não foi e não é minha intenção.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Talvez seja necessário adotar outra estratégia agora. Porque não fazemos um movimento para acabar com a Parcela Previ? Ou para proceder ao realinhamento prometido no acordo que custou R$ 7,5 bilhões. É isso mesmo: custou! O BB contabilizou em seu balanço essa importância.
E nós?
Porque não cumpriram o acordo?
Qual a razão? Não é possivel ajuíza-lo?

Anônimo disse...

ISA MUSA ajude a reforçar o pedido do Dr.Medeiros convocando as demais associações para também solicitarem a Previ a implantação do modelo apresentado pelo DR.Medeiros que resolve de vez a agonia do ES.

Anônimo disse...

Não vejo aonde a Previ corre risco em aumentar o limite/prazo no ES para 180/180, toma quem tem MC e o dinheiro volta para a Previ, porque não resolver a aflição dos aposentados? Uma enxurrada de ações para enquadramento dos 30% não será menos conveniente para a Previ?
Tanta gente reclamando desesperada por um ES, será que a Previ não percebe que seus assistidos não conseguem mais sobreviver com os atuais benefícios?
Medeiros voce é a nossa voz, alguma coisa tem que ser feita, urgente!

Anônimo disse...

Na área de investimentos temos uma lei ZERO; ou seja, uma lei que precede todas as demais. Vale dizê-la: QUANDO VOCÊ APRENDE O QUE VOCÊ NUM DEVE FAZER, VOCÊ ESTÁ INICIANDO A APRENDER O QUE VOCÊ DEVE FAZER.

Portanto, parece-nos que tendem a serem inócuas as tentativas de solucionar os problemas dos associados do PREVI por meio de simples táticas de convencimento habituais.

Quer nos parecer que devemos pensar diferente e grande. Neste sentido, vale à pena relembrar duas idéias antes vinculadas neste blog:

1. Constituição de um grupo de pesquisa e trabalho;
2. Acampamento PERMANENTE na frente do fundo PREVI.

Raimundo disse...

Dr. Medeiros,
A PREVI exaltou o fato de 2003 a 2014 o valor do ES ter crescido480%.
É bom que a PREVI também informe quanto cresceu o Patrimônio e o valot dos benefícios pagos. Não é nenhuma vantagem crescer o ES se o mesmo não ocorreu com os benefícios.
Isso prova que o atual nivel de endividamento dos aposentados origina-se dessa defasagem.

Anônimo disse...

Marcelino Maus diz:
O Colega Ademar disse... "Concordo plenamente que a Previ poderia ter apresentado uma proposta muito melhor, afinal o dinheiro é nosso mesmo e estamos emprestando para nós mesmo"
Você considera os 170BI da PREVI nosso? E os 40BI que o BB já usurpou desde 2002?
ERA DE QUEM?... dos Diretores BB e PREVI (200 diretores?) que hoje ganham... 45.000,00... 81.000,00 QUE TETO EH ESSE?
Desde 2006 o BB não contribui...

Só tem uma solução: CPI no Senado contra os Diretores do BB e a PREVI, desde 2008!!!

Marcelino Maus
F6752890

Edsomn disse...

Dr. Medeiros lê seus comentários de 16/07/2014, penso que teremos BINGO EM POUCO TEMPO. Os Políticos e Diretores não reclamam nunca porque são sempre os mais beneficiados em todas mudanças.

Anônimo disse...

Alguem sabe me dizer se a ANABB se manifestou a favor dos associados, que não são poucos, e pagam uma boa mensalidade comparada as demais associações?

Anônimo disse...

Quem foi beneficiado não esta preocupado com quem não foi.

Obrigado, Medeiros por nos acolher no seu blog, nós os sem MC, ou com ela negativa, agradecemos.

Não entendi a posiçao da Cecília, ou melhor acho que entendi.

O importante é termos liberdade de expressão.

Anônimo disse...

Caro Dr Medeiros,

Onde está a ANABB pois não vi nenhuma linha para a PREVI em favor de seus associados? Bom, imagino como os demais Colegas,deve estar muito ocupada com seus assuntos internos, como sempre, que parecem estar tomando todo tempo da Associação. Estamos mal na parada!

Anônimo disse...

Alguem ja conseguiu entra no saite da Previ? Eu não consigo