O ANDAR DA CARRUAGEM

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Pois a vida continua ... Passou o dia dos avós e já vai se aproximando a data comemorativa dos pais, em agosto.  A Copa passou, o fiasco do futebol aconteceu, e as eleições presidenciais de outubro já estão chegando.  O tempo voa. A inflação nas alturas. O aperto financeiro sufocando.

No programa Esquenta, da TV Globo, de domingo, houve uma interessante homenagem a Dorival Caymmi. Lembraram que o cantor baiano era uma pessoa de bem com a vida. Dava o seguinte recado às pessoas: - "Mande embora o lado negro, o lado sombrio da vida. Procure azular a existência. Faça um arejamento cada vez que a amargura se manifesta. Não se deixe contagiar pelo ruim."  Pois então é isso, gente. De minha parte, faço como Dorival Caymmi . Não tomo conhecimento do negrume e mudo de rumo. Não tenho tempo a perder. Como diz a Lia Luft, o tempo é um rio que corre...E não para,

Muitos assuntos me ocupam e me preocupam na Previ, além do ES.  O teto dos benefícios, os bônus da diretoria, a cesta alimentação, o realinhamento, as pensionistas, os pedevistas, os investimentos de risco, a renda variável, a bolsa,  e assim por diante. São mais de 18 itens arrolados e tenho estabelecidas as minhas prioridades.

Estive na Previ tomando pé da situação e me posicionando a respeito dos dados necessários para poder atuar com mais eficiência na defesa dos interesses dos participantes e do fundo de pensão junto ao conselho deliberativo, que é o principal órgão da Previ.

Mesmo ocupando apenas o cargo de suplente de conselheiro, o que muita gente ainda não se deu conta, não pretendo ser figura decorativa nem contemplativa.  Como disse na campanha eleitoral, não vou dar moleza. Vou lutar, vou incomodar, vou fiscalizar, vou reivindicar, vou informar.

Está próximo o lançamento do blog da chapa três.  Contratamos uma empresa para elaborar o modelo e administrar o blog, às nossas expensas. Esse, sim, era um compromisso de campanha e vamos cumpri-lo com satisfação. Acho que nos primeiros dias de agosto já estará na rede. Que bom !

Na próxima semana, no dia 8 de agosto, ocorrerá em Camboriú, o tradicional encontro promovido pelas associações de aposentados do sul do país, AFABB RS entre elas, na AABB local, que contará com a presença dos diretores da Previ, Cecilia Garcez e Marcel Barros.  Uma excelente oportunidade para ouvir esclarecimentos, debater e solicitar informações sobre o ES, BET, teto e outros assuntos palpitantes e de máximo interesse dos participantes.  Não percam. Camboriú é uma bela cidade para visitar em SC, especialmente para os que gostam de viagens. Que bela oportunidade !

Por sua vez o blog do Medeiros bateu este mês o recorde de acessos, alcançando mais de um milhão, mais de trinta mil por dia, sucesso absoluto por conta do ÉS e de algumas iscas que lanço de vez em quando para provocar debates. Obrigado a todos.

Como diz o ditado, aos poucos o andar da carruagem vai acomodando as melancias, as coisas vão acontecendo do jeito que a gente pretendeu, os resultados terão que ir aparecendo.

Aí a vida vai melhorar, a escuridão vai dar lugar para a luz, e vamos ser mais felizes.  Oxalá !  Não se deixem contagiar pelo ruim.









49 comentários:

Anônimo disse...

Grande Medeiros,
É difícil não se contagiar com o lado negativo, com a situação que estamos passando. Sinceramente, a luz no fim do túnel tá dificil de se ver.

Valdir Spanholi disse...

Preocupa-me o silêncio,conformismo diria, sobre o TETO PARA OS ESTATUTÁRIOS. O pagamento de benefícios turbinados a uma casta de beneficiários é, muito antes que uma questão ilegal, injusta e imoral. Como pode um funcionários através de uma contribuição casuística de 2 ou 3 anos obter um benefício que extrapola em muito a média da PREVI.
Lembro que conforme informação da própria PREVI , o benefício médio pago é em torno de 7 mil.

Valdir João Spanholi

Anônimo disse...

Eu sempre digo que somos maiores que os problemas pois sem nós eles não existiriam! Portanto Medeiros, seu modo de pensar e de agir é de grande valia para quem tem esperança e de muita preocupação para quem anda nos massacrando. O blog da Chapa 3 vai bombar! Sucesso nas suas investidas para colocar o que é nosso no seu verdadeiro lugar!

tarcisio augusto bulhoes martins disse...

Dr. Medeiros, bom dia. Seguindo à sua liderança, não há como a carruagem não chegar ao seu destino. VOTEI, VOTO, E VOTAREI CHAPA 3 PREVI LIVRE, FORTE E DE TODOS. Tarcísio.

Ademir Martins disse...

compartilho a preocupação do colega "Valdir Spanholi", pois o assunto ES infelizmente ficou incompleto e, portanto fica a pergunta, o que está sendo feito para se concretizar o TETO PARA OS ESTATUTÁRIOS ??

Medeiros disse...

Sobre o teto estamos cobrando esclarecimentos da diretoria sobre a tal da TAC. Ficaram de responder esta semana.

Cláudio Almeida disse...


Dr.

Curto e grosso.

Quando será a próxima revisão do ES e em que índices?

Era novembro/14, foi feita em julho/14.

Com a palavra a Diretoria de Seguridade.

Abraços

Vera Lopes disse...

Sr. Medeiros, concordo plenamente como Sr.Tarcisio Augusto, e precisamos muito do retorno de 1 ano do BET. Saudações e boa sorte sempre.

Vera Lopes.

Anônimo disse...

Dr.Medeiros,
Acompanho o blog em busca de informações mas também por suas mensagens otimistas que sempre me deram ânimo mas confesso que depois da eleição estou perdendo cada vez mais a esperança e sentindo necessidade de um novo apoio para acreditar que ainda vai melhorar,

Roberto Martines 8670089-8 disse...

Dr. Medeiros realmente tem muita coisa para ser feito mas como dizia meu pai onde passa um boi passa uma boiada é só a PREVI ter certeza que tem muita gente atenta aos acontecimentos de dentro da PREVI, inclusive o pessoal da ativa ou seja estamos atentos, eu pretendo aposentar no ano que vem. E a PREVI achava que os verdadeiros donos estavam acomodados e não bem assim. Estamos de olho, corpo e alma na NOSSA PREVI. Rio Brilhante MS

ricardo o.c. albuquerque disse...

Medeiros,
Primeiramente parabéns pelo teor da matéria colocada, inclusive sobre as nossas agruras, as quais v. está estudando. Gostaria, também, de que entre os temas elencados colocasse o estudo sobre investimentos que não darão retorno ao plano antes de sua finalização. obrigado ricardo

Socorro Sousa disse...

Caro Sr. Medeiros.
Gosto de ler seus textos, pois está sempre confiante, acreditando. Sempre otimista. Isto me faz um bem enorme, pois Confiei e continuo Confiando no grupo eleito. Sei,que pelo que conheço do senhor, nunca deixará passar uma oportunidade de lutar pelo que for melhor para os associados. Um grande abraço. Socorro Aragão.

Anônimo disse...

- Não tive direito de renovar o ES desde de 2012 - em cada realinhamento a minha idade andava e babau. Agora é só esperar sentado, ou melhor, deitado.

Anônimo disse...

Dr.Medeiros, já que o retorno do BET é um assunto mais complexo e demorado, poderia a AFABB apresentar um parecer bem fundamentado priorizando a implementação imediata dos 30|30 avos para os que contribuíram por mais de 360 meses. Este assunto atingiria uma pequena parcela dos assistidos com comprometimento mínimo nas finanças da PREVI, bem mais fácil de ser resolvido por enquanto. Me enquadro nessa situação pois me aposentei com 26 anos devido a problemas de saúde,porisso o meu empenho nesse sentido.Estou com 81 anos e não posso esperar MUITO.

Grato pela sua atenção e um grande abraço. Rui Vasco Gonçalves.

Anônimo disse...

A PREVI, maior fundo de pensão da América Latina com cerca de 200 mil participantes e patrimônio de R$ 170 bilhões, pratica a gestão ativa dos recursos sob sua administração, por meio da diversificação dos investimentos, estratégia que tem se mostrada acertada no longo prazo, visão que norteia as entidades fechadas de previdência complementar.(as palavras são da Previ no site.
E o ES não é um bom investimento: Primeiro alivia as angústias financeiras de milhares de donos do fundo (trazendo felicidade passageira a milhares de pessoas), segundo é lucro certo para a PREVI. Pergunta socrática: tem alguma coisa abrir a margem para quem quer e que precisa usar da única benesse na terceira idade. 180/180 já ilusionistas dos donos do fundo.

Anônimo disse...

Caro dr. Medeiros,

Parabens pela postagem. Gostei muito da comparação entre o negro pessimista e o azul otimista. Um só pensa em destruir o outro em construir. Estou contigo e não abro. A única promessa de campanha foi a de lutar, de levar uma mensagem de resistencia. Todos sabiamos que eramos minoria.
Vamos em frente. Não esmoreça.
Ruben

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

O professor Ari, maravilhado, postou em seu blog o percentual de assistidos que o ES atingiu, 83%.
Perguntaria ao nobre amigo se existe alguma proposta dos eleitos da Chapa 3, com vistas a beneficiar a minoria, 17%.

Um abraço.

Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Medeiros disse...

Prezado Vasco,

Eu tambem estou nnnnnessa situação e tenho pressa pois estou com 76 anos. A AFABB RS vai apresentar essa sugestão breve.
Obrigado.

Medeiros disse...

Prezado anonimo,

A chapa tres tem apresentado varias propostas visando alcançar a minoria não favorecida pelo ES, inclusive a AFABB RS mandou ofício publicado no blog. Voce não tem acompanhado o blog ou está só desatento ? Achei a citação do Ari uma certa dose de sarcasmo. Não me diga que é outro infiltrado.

Anônimo disse...

Ninguem fala da reunião de Camboriu. Os valentões da internet não vão lá debater. Ficam na comodidade da poltrona. Moram perto e não se animam a enfrentar cara a cara os diretores da Previ. Já vi esse filme. Minha total solidariedade ao senhor, dr. Medeiros. Não se esconde e dá a cara ao tapa. Bravos.

Chico T. - RS

Anônimo disse...

Me pegou dr. Medeiros !

Anônimo disse...

Li toda sua entrevista no jornal da AFABB RS e lá não tem nenhuma promessa sua, só a de que não ia dar moleza aos conselheiros deliberativos indicados pelo BB. Querem cobrar o que do doutor ? Querem é encher o saco e fazer o doutor desistir, e aí vamos perder quem nos defende e diz as coisas. Ameace encerrar o blog, doutor. Aí vamos ver o que eles farão.

Arnaldo.

Anônimo disse...

Bravos Medeirão.

Vamos que vamos.

Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Vírus de novo e dos brabos, sinal de que estas tocando nos calos deles

Anônimo disse...

O Adai Rosembacknescreveu interessante artigo defendendo o Dr. Medeiros em seu blog. Parabéns Adai.

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Entrei no site http://achedistancia.com.br/ e, por curiosidade, pesquisei a distância por estrada entre as cidades de Porto Alegre, Joinville e Curitiba até Camboriú. Porto Alegre está a 522km de Camboriú, Joinville 101km e Curitiba 225km. Na próxima semana, no dia 8 de agosto, ocorrerá em Camboriú o tradicional encontro promovido pelas associações de aposentados do sul do país. Estarão presentes os diretores da Previ, Cecilia Garcez e Marcel Barros. Você e o Ari com certeza comparecerão ao evento e procurarão obter, principalmente do titular da área de seguridade, esclarecimentos quanto aos assuntos de maior interesse dos associados que representam, respectivamente da Afabb-RS e da Anaplab. Seria interessante também que os primeiros gestores de outras associações também localizadas na região sul, principalmente os não alinhados com os membros recém eleitos da chapa “3”, deixassem as suas zonas de conforto e estivessem presentes para, olho no olho, exporem os seus pontos de vista e debaterem também com a Cecília e o Marcel. Há muito anos estive em Balneário Camboriú e ratifico que se trata de uma bela cidade para visitar em SC, especialmente para os que gostam de viagens.

Medeiros disse...

Já corrigi o ataque de vírus. Também já respondi e agradeci o apoio do Adai Rosemback em seu blog. Mas esclareço que esse assunto já encerrei. Não vale a pena. O incrível e que esse grupo pretende a união mas prega e pratica a desunião com seus ataques aos novos eleitos. Como vão ganhar a eleição de 2016 ? Como vão unir são oposicoes ? Desse jeito não vão conseguir nada de novo.

ricardo o.c. albuquerque disse...

Atenção Medeiros,
19,15 e o vírus ainda atuava

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Informe o endereço do blog do colega Adaí Rodemback. Valeu?

Anônimo disse...

Essa reunião em Camboriú é aberta aos associados , ou é só para diretores?

Valdevino disse...

COLEGAS, SUGESTÃO PARA QUEM TEM 02 ES “ES A” E “ES B”:
SE TENTAR RENOVAR INCLUINDO OS 2 EMPRÉSTIMOS O LIMITE DISPONIBILIZADO É INFERIOR AO SALDO DEVEDOR, TORNANDO-SE INVIÁVEL A RENOVAÇÃO.

NO ENTANTO, EM ALGUNS CASOS, COMO FOI O MEU, SE OPTAR POR LIQUIDAR SÓ O “ES A” DE MENOR SALDO DEVEDOR, SEM INCLUIR O DE MAIOR VALOR, PODE OCORRER A DISPONIBILIZAÇÃO DE VALOR QUE COMPENSA A RENOVAÇÃO.

VEJAM O MEU CASO:
ES A – PREST. 192,19 – PRAZO: 108 – PAGAS: 03 – S.DEVEDOR 13.865,81
ES B – PREST. 1.749,43 – PRAZO: 108 – PAGAS 02 – S. DEVEDOR 124.318,74.
MARGEM CONSIGNAVEL DISPONIVEL: R$ 72,17.
Opção 1:
Quando incluo os dois ES para renovação o limite disponível é de 135.000, portanto, inferior ao saldo devedor total. (Inviável).
Opção 2:
Quando opto só por liquidar o ES A, de menor valor:
Limite disponível: 17.000,00 – saldo devedor a ser liquidado: 13.865,81.
Não é o que queremos, no entanto, pode funcionar como um analgésico para a dor de cabeça.
Caso alguém consiga gostaria que retornasse.
Abrs
Valdevino

Anônimo disse...

Colega das 20:01,

No blog do Ari, você encontra o link para o blog dele do lado esquerdo da tela, na lista de blogs.

Anônimo disse...

Caro Dr. Medeiros,
Estou estarrecido com o juros do cheque especial. Ontem ao consultar meu extrato deparei-me com uma taxa superior a 7%, informação acompanhada, ironicamente eu acredito, pela expressão que era para mim, pois a taxa normal seria de mais de 8%. Ora este não poderia ser o tratamento dado ao BB pelos associados da Previ. A instituição está mantendo sua folha de benefícios no BB e deveríamos receber em troca alguns benefícios. Um deles deveria ser uma taxa compatível com o volume de recursos que todo mês transita os cofres do Banco. Quem sabe o senhor aciona nossos representantes para iniciarem tratativas para situar a taxa em algo mais palatável. Por exemplo, a taxa dos funcionários é pouca coisa acima de 2%.

Anônimo disse...

Caro Medeiros,
Na minha opinião se tivermos alguma melhoria salarial ou o que for, só a partir de 03/2015, quando for divulgado o balanço e nomeado os novos dirigentes.

Anônimo disse...

REALINHAMENTO BENEFÍCIO, PARCELA PREVI, ETC
Não se questiona o esforço do Sr. Ari, Medeiros e Carvalho, no entanto, mesmo lutando pela melhoria do benefício, Parcela Previ, realinhamento, etc, sabemos que são coisas a longo, longo, longo prazo, senão, vejamos:
O (Sem nador) Pimentel, com quem tive a tristeza de trabalhar, na audiência pública da Resolução CGPC 26, comprometeu a apresentar um relatório técnico sobre o assunto (sabe quando) meados de 2.015 (As duas casas do congresso não vão trabalhar até as eleições de outubro, nem mesmo tratarão dos assuntos pautados, e,
muito menos de nossos interesses).
De outra parte, a cadeia improdutiva de aprovação é extensa: Diretoria Previ > Seguridade > Previc > BB.................até dois mil e não sei quanto.
Única coisa que nos resta é contar com a compreensão da diretoria da Previ concernente aos assuntos que são de sua alçada. Sendo última instância os assuntos tratados não seriam submetidos a órgãos superiores. A dúvida é se querem ou não entender nossas dificuldades.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, tendo em vista várias sugestões para o ES, retorno a observar:

Sugestão para o ES Previ:
Para que ocorra involução do Saldo Devedor,
É preciso que a Parcela Mensal seja MAIOR que o débito do FQM+Juros+INPC.
Do contrário teríamos evolução descontrolada do Saldo Devedor.
Bom seria o débito do INPC apenas em Janeiro, sobre a média do Saldo Devedor,
A exemplo da Correção dos Benefícios pelo INPC em Janeiro.
Ou Juros de 3% a.a. + INPC todo mês.
Qualquer das formas diminuiria o nefasto impacto de encargos.
Devemos considerar a Idade do Assistido, ajustando
Capital/Prazo/Parcelas na MC.

Exemplo:
Capital:R$160.0000,00(-)120 meses;
Encargos:
FQM 0,0060%: 96,00(-)
Juros 3%a.a.: 400,00(-)
INPC 0,50%am: 800,00(-)
PMA 1,1% mês: 1.760,00(+)
SALDO.......: 159.535,00

Considerando mudanças de Juros de 6% para 4 ou 3% a.a., ou débito do INPC somente em Janeiro, é possível PMA de 1,10% a 1,20% do Capital.

Marcelino Maus
F6752890

Anônimo disse...

Caros colegas "Assistidos" e Diretores da Previ.

Muito se quer resolver para amenizar a precariedade dos Benefício pagos.

Mas, como há vários grupos distintos, 67/80/97, pensionistas, autopatrocinados, renda certa, etc., dever-se-ia priorizar a solução dos que mais sofrem, têm menos renda, esperam a mais tempo, e menos tempo têm para esperar...

Poderiam começar por utilizar o EXCESSO DE PODER das Resoluções, com NOVA RESOLUÇÃO mesmo que arbitrária, para SUSPENDER as Contribuições após a 361a., Inclusive pactuar compensação com os que pagaram por 40 anos...

Eu contribuí apenas 358/360.

É um absurdo a PREVI cobrar contribuições após a Aposentadoria.

Conceberam essa aberração para Capitalizar ILICITAMENTE a Previ, inclusive em prejuízo do próprio BB.

Marcelino Maus
F6752890

ricardo o.c. albuquerque disse...

Medeiros,
Cuidado o vírus continua atuante agora.ricardo

Anônimo disse...


Dr. Medeiros,
Sinto no ar uma campanha para desestabilizar a chapa 3. E não é de gente ligada a PREVI não.

Everton disse...

Sempre fiz comentários aqui e jamais tive alguma resposta do nobre Dr.Medeiros, mas com certeza é a quantidade de comentários que tem que responder e matar os bichinhos do computador dele, mas eu acho que estamos gastando muita munição com o ES e esquecendo dos pontos principais, como índice de reajuste, melhorias no nosso benefício, esforço para fazerem implantar o teto, derrubar o voto minerva, etc, etc e para que ninguém me critique tenho um ES de 130 mil e posso sair de 108 parcelas para 120, com a diminuição de R$11,00 nas parcelas e receber 1.716,00 de complemento.

Anônimo disse...

Faço coro ao comentário das 12.12 hs de hoje 30/07.
Juros de "banco particular", lembram-se quando o Banco isso usava como propaganda?
Somos donos (será?) da Previ, a Previ é dona de parte do Banco, a Previ paga taxas de administração de recursos e aplicações ao Banco.
É seu maior cliente (nós também).
Em janeiro de 2014 o juro para aposentados era, salvo engano, 5,59% a.m.
Sugerimos e solicitamos ajuda às nossas associações para isso expor ao Banco. Deve ter sido um erro de comunicação.

Anônimo disse...

Não achei o tal Vasco, nem o Inter. Achei o inigualável Gremio, com Felipão no comando...os vermelhos já estão tremendo de medo...7 a 1 pra nós. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

José Humberto disse...

Prezado Medeiros. Gostei da sua mensagem. Parabéns. Com hum milhão de acessos no blog você tem desenvoltura para apertar os seus pares na diretoria da Previ. Precisamos é ampliar o número de seguidores do blog; está estacionado. Vamos convocar os colegas para fazê-lo.Um grande abraço. José Humberto.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Poderia nos informar qual é a finalidade da contribuição que, já aposentados, pagamos?
Quando vamos deixar de pagar, se já estamos aposentados? As pensionistas também pagam?

Muito obrigado.

Anônimo disse...

FIM da contribuição para quem pagou por mais de 360 parcelas.
Não podemos mais admitir que tal aberração se perpetue.
Pedimos aos nossos defensores e representantes, que lutem por essa medida que beneficiaria muitos aposentados.
A situação financeira dos aposentados está insustentável, precisamos de medidas que amenizem tamanha penúria.
É quase impossível sensibilizar diretores com salários milionários, que estão muito distante da nossa realidade à abraçarem e enxergarem nossa situação, ficamos sem saída, é desolador.

Anônimo disse...

Medeiros, boa tarde. E o indice bovespa batendo mais de 55.ooo pontos! O que é que você tem a dizer? Grato pela tenção.

Anônimo disse...


Dr.Medeiros, grato pelo acolhimento de minha sugestão,
vamos aguardar o pronunciamento
da PREVI. abraço Rui V. Gonçalves