COLOCANDO OS PINGOS NOS IS

sábado, 5 de julho de 2014

De vez em quando é bom a gente se entender, trocar idéias, conversar, para acertar os ponteiros.  Senão fica tudo uma bagunça e a vaca vai pro brejo.  Não é verdade ?

Estou sendo cobrado de várias coisas desde que assumi meu cargo de suplente do conselho deliberativo da Previ há cerca de um mes.  Reclamam, em suma, de providências de enfrentamento e falta de informações.

E´ preciso, para entenderem a minha posição, que eu coloque os pingos nos is.

1 - Não mudei. Sou o mesmo. Estou velho demais para mudar. Não faz parte do meu caráter. Sou extremamente conservador.  Tenho a mesma mulher há 56 anos. A mesma empregada doméstica há 44 anos. A mesma secretária há 22 anos. Os mesmos colegas de Banco desde 1957, portanto há mais de cinquenta anos. Os mesmos colegas de diretoria da AFABB RS há mais de vinte anos. Tenho mesmo time e os mespos princípios de cidadania e políticos desde a juventude. Não mudei quando estive na Previ de 2002 a 2006. Não vou mudar agora. Não recebo polpuda remuneração. Muito pelo contrário. Não pretendia concorrer. Fui porque outros , que hoje cobram e criticam,  não quiseram se arriscar a perder. Portanto, terminem com essa ladainha, que não é verdadeira. Só os que não me conhecem ou ignoram a minha história falam essa besteira.

2 - Não fui eleito para nenhum cargo executivo na Previ. Não sou diretor nem titular do Conselho Deliberativo ou Fiscal, que são os que tem atuação direta. Sou suplente do conselho deliberativo. A única vantagem é que essa situação me faz conhecedor dos assuntos internos da PREVI, porém sempre a posteriori.Nem consegui ser indicado para nenhum comitê de assessoramento do CD. Portanto, não tenho nenhum poder de decisão efetivo. Evidente que estou sempre agindo nos bastidores. Mas não tem sentido me cobrar decisões das quais não participo. Elas tem que ser cobradas dos responsáveis. Cada um dos eleitos responde por seus atos, isso já foi bem dito pela Cecilia, e é de fácil compreensão. Só não entende quem não quer e pretende provocar confusões.

3 - Não é possível transmitir todas as informações que tem sido reclamadas de modo absurdo. Existem, sim, assuntos sigilosos e melindrosos, que tem que ser preservados. Todos devem saber que os gestores de qualquer empresa ou fundo de pensão possuem um dever fiduciário. Se não sabem ou não querem saber procurem se inteirar o que representa esse dever de fidúcia. Querer transparência é uma coisa e exigir quebra de confidencialidade é outra coisa bem diferente. Existem normas legais e regulamentares a ser cumpridas. Eu sou advogado, sei como me comportar nessa área, mas é preciso cuidado. Portanto, tenham a certeza de que vou continuar a informar porém com as cautelas necessárias. Fazer diferente é burrice.Desculpem, mas cobrar informação aberta e ampla também é burrice.

4 - Não podem os partidários das outras chapas concorrentes ou seus aliados querer o meu apoio na próxima eleição de 2016, que se avizinha  rapidamente, se continuarem a me perseguir com cobranças indevidas ou críticas incoerentes. E´  incompreensível que depois de bater como estão batendo venham atrás de mim para pedir votos ou aliança.  Pensem bem nisso.  Se querem a tão falada união ela tem que começar agora e não na véspera da eleição. Desculpem, mas não façam o jogo dos adversários e não se prestem ao papel de inocentes úteis.


Cargo eletivo como o que eu disputei e ocupo está sujeito a críticas e cobrança. Respeito e gosto de conviver com divergência. Não me incomodo. Faz parte, como dizia o Bambam., Mas tem lugar e hora.  A hora não é agora quando ainda nem esquentamos os tamborins. Minha primeira reunião de CD, como suplente, no Rio de Janeiro, será no final deste mes, vejam bem. E o lugar não é o blog, certamente. Pode ser por email, pode ser por telefone, pode ser pessoalmente, estou todas as tardes na AFABB RS.  Caso contrário, o que vai acontecer é que vou ter que aumentar a moderação e todos sairemos perdendo. O blog está bombando, será uma pena restringi-lo. E´ justamente o que eles querem, já que não conseguiram feri-lo de morte com o ataque de vírus, que continua feroz. Não vou deixar. Tenho quatro anos de estrada no blog. Mereço respeito. O blog também. Tenho satisfação em edita-lo. Não pode virar um pesadelo e um instrumento contra mim e os companheiros da chapa 3.

Posto os pingos nos is, não vou fazer como o Felipão fez com os jornalistas, falando que os que não estivessem satisfeitos que fossem para o inferno. Não, não sou capaz dessa grosseria. Pois, então, vamos que vamos. Os cães ladram enquanto a caravana passa, já dizia o colunista Ibrahim Sued.

Estamos conversados. Prá frente Brasil. Salve a seleção!

64 comentários:

Anônimo disse...

Esse é o dr. Medeiros que eu conheço e que tanto admiro. Demorou um pouco mas está botando ordem no coreto, como falou uma vez. Parabens. Estavam pensando o quê ? Artur - Bagé

Anônimo disse...

Bravos Medeirão. QUeriam mandar no teu blog e criar confusões. Já estava na hora de uma atitude. Por isso o teu blog é confiável. Porque tem dono, como o Sepé Tiaraju em São Gabriel.

Clesio - São Gabriel - RS

Anônimo disse...

Uma grande postagem, épica, clara, insofismável, um recado para todos aqueles que pensavam que iriam chantagear ou confundir o dr. Medeiros. Posições firmes e cristalinas, de quem é líder e não tem receio de colocar os pontos nos is. Quem não gostar que vá para outras paragens. O Medeiros é do bem e da luz, é da claridade. Amo. Carmen

Anônimo disse...

Caro dr. Medeiros,

Puxa, que puxão de orelhas. Valeu.

Conta conosco sempre.

Raul - Camboriu

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Falou e disse!!! Apoiado.

Anônimo disse...

Buenas.
Estava demorando.
Tudo bem que estejam apavorados com a penúria pecuniária que esta atingindo parte dos colegas.
Mas transformar isto em pressão para com os eleitos, é no mínimo injusto.
Como todos que aqui muitas vezes vociferam contra aqueles que elegeram, eu também votei na chapa 3, e tenho a plena convicção que esta sendo feito aquilo que é possível, e entendo sim o sigilo a que são submetidos.
Lembro bem do orgulho que eu tinha quando caixa, da confiança que os clientes tinham sobre o sigilo bancário.
Por favor, tenham um pouco de paciência e compostura.
Peço a vocês que aqui reclamam por estarem em situação financeira insustentável, cheio de dívidas(quem não as tem?)que façam um exame de consciência e verifiquem o que de fato gerou esta situação.
Posso afirmar com certeza que nenhum dos eleitos colaborou para que chegassem a esta situação.
Pois se não colaboraram, como agora colocar em suas costas as soluções para nossas mazelas.
Prometeram sim, mas não lembro que tivessem prometido milagres.
Tudo leva tempo e trabalho.
Quem tem pressa come cru.
Portanto calma. Tenham a certeza do que esta sendo feito, mesmo que não da forma esperada por todas, é de maneira segura e objetivando o melhor para todos.

Rovere

A|demar disse...

Continuo inteiramente a seu favor.
Conte sempre com o meu apoio Sr. Medeiros.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, na forma usual, disse a que veio. Mais um motivo para confiarmos em suas orientações e naqueles que referenda.

Luiz Faraco - Florianópolis-SC

WILSON LUIZ disse...

O treinador da Holanda, van Gaal, acaba de ganhar o caneco de “treinador mais peitudo” da Copa. Sua coragem em substituir o goleiro no último minuto, apenas para a cobrança de penalidades, colocando em campo um jogador frio e sem ritmo de jogo, levou-o a caminhar na corda-bamba, aquela em que se pode despencar no espaço, tornando-se uma besta, ou chegar com sucesso ao outro lado, sendo aclamado como bestial. Ele teve sucesso. O Felipão teria esta coragem? Estão aí as semi-finais que eu sonhava,
BrasilxAlemanha, HolandaxArgentina

WILSON LUIZ disse...

Caro Dr. Medeiros, esquenta não. Estou convicto que 90% dos comentários que fazem cobrança indevidas são de descontentes com a vitória de nossa chapa, querendo semear a desilusão em nosso meio. Ninguém mais que eu é contrário à censura, mas acho que você deveria deletar, sem dó nem piedade, estes comentários desagregadores, principalmente os anônimos.

Anônimo disse...

Golaço Medeiros.

Pra frente.

Grupo de aposentados do RS

Anônimo disse...

Muito bem Dr. Medeiros, agora senti firmeza...vamos em frente .Pensionista cheia de esperança .

Pompeo Corradi - Mococa SP disse...

Que bom ler tudo que voce escreveu, apenas achei que demorou muito para fazê-lo. Mas valeu, pois sabemos que no cargo que fostes eleito (suplente) pouco podes fazer, mas mesmo assim estás lutando para conseguir alguma melhora para nós aposentados. Mas nada se faz da noite para o dia. Estes novos diretores agora que estão tomando ciencia da situaçao e mesmo que queiram fazer alguma mudança precisam de maioria para aprová-la. Concordo com o Rovere na sua manifestação acima. Tenhamos calma e com certeza "não são todos farinha do mesmo saco" conforme um colega teve a petulância de afirmar em comentário anterior. Merecem nosso respeito e confiança.

Antonio Carvalho disse...

É isto aí, Medeiros.
Não estamos parados. Nosso trabalho iniciou antes mesmo da reunião virtual que tivemos di 27 de junho e EU tive o prazer de participar do seu lado em Porto Alegre. Também tenho recebido pedidos e cobranças.
Abaixo, mensagem que publiquei no meu blog, nos grupos e em resposta a e-mails que recebi de vários colegas.

"Temos recebido muitas mensagens por e-mail e através do blog pedindo informações e providências para a suspensão das parcelas do empréstimo simples por mais alguns meses. Diante da inquietação e angústia de muitos colegas e dos comentários que estão circulando, informamos que:
- Decisões sobre empréstimo simples é de competência da Diretoria Executiva que delibera de forma colegiada, por maioria, a partir de propostas apresentadas pela Diretoria de Seguridade.
-Para minimizar o impacto financeiro dos beneficiários, decorrente da extinção do BET antes do prazo previsto, apresentei à Diretoria e registrei no Conselho, sugestão para elevação do prazo de pagamento, com carência de 6 meses.
-Sabemos que os Eleitos da Chapa 3 PREVI LIVRE FORTE E DE TODOS estão lutando neste sentido e que a decisão sobre este assunto está prevista para a próxima reunião da Diretoria do dia 8 de julho.

Antonio J. CARVALHO

ricardo o.c. albuquerque disse...

Medeiros,
Parabens. Sugiro que este seu comentário fique permanente no blog. ricardo

Unknown disse...

Medeiros e colegas,
Em 1976 quando fiz o concurso para o BB, vestibular de engenharia era mais fácil. Acho estranho o comportamento de alguns de nossos colegas. Parece-me que não foram aprovados em um concurso para poucos.
Acho que para o nosso caso vale aquele ditado: quando falta o pão, todos reclamam e ninguém tem razão. Celio

Anônimo disse...

Muito bem colocados os pingos. Agora gostei, estava chato ler os comentários no seu blog, somente cobrando sem dar tempo de tomar pé da situação para os eleitos.
E Vamos que Vamos.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros.

Aumentar o ES não resolve o problema de ninguém. É um mero paliativo. É como prescrever um antitérmico a um paciente que se encontra com uma infecção em fase aguda. A febre vai ceder por um curto período e depois voltará ainda mais forte.
O plano I encontra-se desequilibrado, gerando superávits ano após ano. Necessitamos de um realinhamento nos nossos complementos de aposentadorias e pensões.
Consultando os dados fornecidos pela PREVI do Plano I, de 1998 a março/2014, encontrei a seguinte situação:
1998 - Ativos - 71.347 Aposentados - 47.547
Pensionistas - 10.929
Março/2014 - Ativos - 26.026 Aposentados - 71.539
Pensionistas - 19.895
De 1998 a março/2014 foram concedidas 45.321 novas aposentadorias enquanto o número de aposentados cresceu apenas 23.992. Os números nos dizem que neste mesmo período faleceram 21.329 colegas e que o acréscimo no número de pensões foi de apenas 8.966
Atualmente o maior número de aposentados está na faixa etária de 59 a 74 anos (36.939). Ao projetarmos um cenário para os próximos 20 anos, o numero de ativos (26.026) será totalmente absorvido pelas mortes desta faixa etária. Na faixa etária de 75 a 89 anos (9.772), pelos dados atuais, existe um decréscimo em números absolutos de 27.167. Em termos percentuais uma redução de 73,55%.
Vejamos a situação pela ótica dos desembolsos em bilhões:
2011 - 9,04*
2012 - 8,42
2013 - 9,24
*Em 2011 foram pagas 12 parcelas retroativas do BET do ano de 2010. Em 2012, mesmo com o pagamento do BET e reajuste pelo INPC. houve uma redução de 6.86% nos desembolsos.
Em 2013 o desembolso manteve-se praticamente no mesmo patamar de 2011, apesar de ter aumentado o estoque de aposentadorias em 2.642.
Nesses desembolsos estão incluídos os sem teto (estatutários), cujos números e valores não foram divulgados.
Conclusão: Alegar que a PREVI não pode fazer o realinhamento de aposentadorias e pensões é uma inverdade. Se não existem recursos para tal o problema reside nas aplicações financeiras equivocadas, aquisição de micos e outras mazelas impostas pelo patrocinador em prejuízo dos participantes e assistidos. Faz-se necessário uma auditoria externa independente nestas contas e apurar as responsabilidades dos atuais gestores, responsabilizando-os cível e criminalmente por gestão temerária.

Anônimo disse...

Vamos ter calma pessoal........está parecendo o Botafogo num CHORORO sem fim

Aristophanes disse...

Prezado Dr. Medeiros.
Superada a fase crítica da Copa do Mundo/Brasil, podemos alinhavar algumas lições importantes, dentre as quais destaco – porque muito nos diz respeito e anima – a reedição da fábula bíblica que ensina que os gigantes podem ser abatidos(Espanha, Itália,Inglaterra) e os combativos, ousados e corajosos davis(Costa Rica), podem lograr a vitória.
A calma desta manhã de domingo, depois da leitura desta sua última postagem(COLOCANDO OS PONTOS NOS ÍS), e a recordação de alguns comentários seus, sob postagens suas, anteriores, me aconselharam a voltar aos assuntos que tanto nos interessam, como aposentados/pensionistas do conglomerado BB-PREVI.
Talvez eu esteja sendo pretensioso, ao vestir, solitariamente, a carapuça, como um dos alvos de sua postagem(pontos nos is) e de seus outros comentários, até porque não fui citado nominalmente . Entretanto, a amplitude de sua generalização alcança uma indefinida multidão que “reclama providências de enfrentamento e falta de informações” e, finalizando sua inaudita exaltação, aconselha que “não façam o jogo dos adversários e não se prestem ao papel de inocentes úteis”.
Torno a repetir que talvez esteja sendo pretensioso, mas botei a carapuça, na medida em que o meu comentário do dia 4,âs 11:29h, sob a sua postem AUDIÊNCIA PÚBLICA NO SENADO...2/7/14), igualmente, “reclama providências de enfrentamento e falta de informações”. Com esse entendimento, que peço desculpar, se equivocado, cabe esclarecer o seguinte:
1) Pedí publicação do citado comentário, simultaneamente, no seu blog e no Diretora Cecília Garcez, vez que citei ambos, nominalmente, em meus ajuizamentos.Pareceu-me de bom tom a publicação em ambos os blogs, mas o blog de Cecília, até o momento que escrevo, nada publicou, pois está, aparentemente, inativo.
2) Em e-mail particular, enviei o texto do meu comentário ao Marcos Cordeiro, por atenção, vez que dele recebi, em e-mail particular, a informação de que Cecília publicara, em seu blog, notícia sobre o ES. A posterior publicação do meu e-mail, no blog do Marcos Cordeiro, foi iniciativa dele.
Emito opiniões, em comentários pouco frequentes e identificados, sempre que uma questão de princípio me parece estar em jogo. Evito, por temperamento, o benefício, em causa própria, conquanto respeito os problemas individuais. Como disse no meu comentário de 4/7(11:29h), não considero a questão do ES-170 uma questão conjuntural, ela é bem mais ampla: estrutural e política, pois se tornou um tipo de “benefício”, que interessa a todos, tomadores e não tomadores(potenciais), e porque está contaminada pelas falhas e carências de outros benefícios. Ademais, a despeito de ser uma aplicação não prejudicial ao Fundo, é tratada com o desdém de um “empréstimo a velhos endividados irresponsáveis”, enquanto “aselites estatutárias” defendem e embolsam imorais ganhos vitalícios. Por isso não me conformei com a falta de informações e a, aparente, displicência dadas ao equacionamento do problema, que independem das limitações do mundo real, que as conheço sobejamente. Liderança paga preços altos aos liderados, que precisam saber – nesses tempos on line – para onde vão e porque vão. Problemas dramáticos e urgentes reclamam comportamentos e atitudes prontas e sem rodeios. O técnico da Holanda, sábio trocador de goleiro, sabe disso... Imagina se ele fosse consultar o Rei! Cordialmente, com apreço e admiração. Aristophanes Pereira.

JOSÉ FLAVIO-Juiz de Fora-MG disse...

Bom dia, Dr.Medeiros!

Mais uma vez,parabéns pela postagem. É uma questão de bom senso.
Vamos que vamos!!!

Abraço

Anônimo disse...

Um relato compatível com a história de vida do Sr Medeiros, que merece, nosso respeito, como aquele que se deve a qualquer ser humano. As manifestações, no entanto, não me parecem revestidas de cobranças inapropriadas, porquanto buscam apenas obter informações,ressalvadas as situações de sigilo das quais não se pode prescindir, pelo dever de fidúcia ali consignado. Mesmo sob injusta pressão,como a defendida pelo interlocutor, é preciso reflexão sobre o valor da serenidade. Revelamos muito de nós mesmos pela maneira como reagimos Não há caravana, sequer cães, somos todos irmãos em CRISTO. Não somos mais nem menos do que julgamos ser. Somos, por fim passageiros, e lutemos para que não fiquemos devendo nada ao nosso próximo, que, sequer conhecemos, tampouco a nós mesmos.Fiquem com DEUS.

Anônimo disse...

Buenas!

Amigo Medeiros.

Nem sei se vais publicar isto.
Lembras que em diversas oportunidades, em off, tentei te dissuadir de concorreres a cargos na PREVI?
Não obtive êxito, haja vista teu idealismo exacerbado.
Usei até como argumento a tua tranquilidade, tanto financeira como familiar.
Mas. te demover de um objetivo demonstrou ser uma tarefa nada fácil, e fui vencido em meus argumentos pelo teu já citado idealismo.
Muito bem.
Não sei se conheces a historia do cachorrinho, mas para ilustrar o momento, vou te narrar.
Um belo dia uma mãe vinha passeando com seu filho, ainda muito pequeno para entender as coisas, mas atento observador.
Ao dobrar uma esquina, toparam com uma cadelinha e um cachorrinho em plena orgia sexual.
O menino, ao ver aquilo. não teve dúvidas e perguntou para a mãe:
- Mamãe, o que eles estão fazendo?
A mãe, pega de surpresa, mas com toda a criatividade peculiar das mamães, disse:
- Filho, o que acontece é o seguinte; o cachorrinho de cima quebrou a perninha, e o de baixo esta ajudando ele a se deslocar.
O menino, olhou, olhou, e lascou:
- Tudo bem mamãe, mas prefiro a explicação do papai.
A mãe já imaginando o que o papai teria dito ao menino, perguntou:
- E o que o papai te explicou?
- Ele me disse que quem ajuda os outros, acaba sempre tomando no fiofó.

Pois é, assim é a vida.

Um abraço

Rovere

tarcisio augusto bulhoes martins disse...

Ao Mulambo anonimo(SÓ PODE SER) das 8:56, chororo é desse timeco e outros mais aí do RJ. Respeite a tradição e a história do FOGÃO, que o resto não tem. Tarcísio.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Permita-me sugerir a Diretoria o retorno do BET, retroativo a data em que foi suspenso, e a volta da cobrança regular do ES.

Grande abraço.

Anônimo disse...

Dr Medeiros

Saude

Valeu o desabafo. Imagino teu pensamento do modo que nos conhecemos. De longe , mas de muito tempo.Em paralelo. Posso afirmar que tens , além dos cargos
assumidos uma imagem publica de muita autoridade pessoal. Por este motivo tens costas largas.
Considera a aura pessoal que todos
percebem em ti. Por favor, não
considere esta como peso. Usufrui
simplesmente e viva feliz.

Abrs.

Mario

Anônimo disse...

Mederão Cabra Bom de Porrete,

Como dizia o personagem do Rubens de Falco em escrava Isaura, alguns só entendem "ao calor da chibata".

Claro que sem compará-lo pq vc é do bem e ainda será Presidente da República Independente do Piauí.

Êta Cabra Macho

Anônimo disse...

Para resolver definitivamente os problemas no acesso ao Blog do Medeiros e navegação em outros sites:

INSTALEM A EXTENSÃO ADBLOCK PLUS !
NAVEGUE NA INTERNET SEM ANÚNCIOS IRRITANTES !

Passos:
1) acessem https://adblockplus.org/pt_BR ;
2) cliquem no botão verde grande "Instale para o Chrome" (ou o nome do navegador utilizado, pois a página o reconhece);
3) após alguns segundos, aparecerá a janela "O Adblock Plus foi instalado";
4) na parte mais abaixo nessa janela, cliquem em "Bloqueio de Malware" e "Desativa o Rastreamento" (botões que ficarão verdes e escrito "ligado" quando clicados);
5) não cliquem em "Remove Botões de Redes Sociais", pois pode atrapalhar a navegação;
6) após a instalação, aparecerá um ícone na barra superior do navegador, na cor vermelha e com formato hexagonal (tipo a placa de trânsito PARE), com as letras ABP (de Ad Block Plus);
7) acessem o Blog do Medeiros novamente ou recarreguem a página, e no tal ícone aparecerá um número, que é a quantidade de propagandas bloqueadas (aqui para mim aparece o número 3);

Se após a instalação houver qualquer tipo de anormalidade na navegação em algum site específico, é só clicar no referido ícone com o botão esquerdo do mouse (na janela daquele site) e clicar na opção "Ativado neste site". No Blog do Ari Zanella, por exemplo, ele bloqueia o banner da Anaplab. Mas como não temos notícias de "ataques" no Blog do Professor Ari, podemos desativar o Adblock Plus somente naquele Blog, com este procedimento, que o tornará "desativado neste site" e mostrará o banner normalmente, quando a página for recarregada.

Há um vídeo no Youtube entitulado "AdBlock Plus - Como Instalar" ensinando o passo a passo, em https://www.youtube.com/watch?v=JbAWJYOwnoA.

Vale muito a pena, uso há muito tempo e é impressionante como bloqueia propagandas e itens que anteriormente eu achava que faziam parte normal dos sites em geral, mas eram maliciosos. Vocês ficarão assustados com a quantidade de bloqueios, é só verificarem o número que aparece no tal ícone! Nunca tive problemas no acesso ao Blog do Medeiros, usando essa ferramenta.

Retira até aquelas propagandas "chatas" nos começos dos vídeos do Youtube!

Espero ter ajudado.

P.S.: Caro Dr. Medeiros, apesar de eu ter usado o termo "resolver definitivamente" os problemas de acesso, acredito que a solução definitiva mesmo é o seu técnico passar um "pente fino" na estrutura do Blog. Só a título de exemplo, informo que em checagem na ferramenta on-line "Verifica Links Quebrados" (http://www.agenciamestre.com/ferramentas-seo/verifica-links-quebrados/), o Blog apresenta inúmeros erros.

João Rossi Neto disse...

Nobre e batalhador Medeiros,

Causou-me espécie que o tom educado do seu texto (“Colocando os pingos nos is”) tem aparência de cortesia, mas, no fundo, após análise detida, sobrevém essência mordaz e agressiva, chamando-nos à reflexão e, no mesmo passo, instrui uma prestação de contas e uma velada admoestação embutida no seu bojo.

Salpicou, sem parcimônia, tinta negra não só nos “is”, mas, de resto, em todo o alfabeto para alcançar a todos, numa nítida demonstração de perda de paciência, enxergando o copo d´água que está pelo meio como se estivesse vazio, atitude própria dos pessimistas ou dos inseguros com perspectivas discrepantes, sentimento que se encaixa no dilema Shakespeariano, do “Ser ou não ser, eis a questão”.

Pela sua trajetória pregressa de sucesso, sei que essa súbita recaída isolada não faz parte da sua visão de vida, pois é fruto da ansiedade pontual, do momento de agruras financeiras em que vivemos e, portanto, passageira.

Guerreiro, Medeiros, você, pessoa de fino trato, extremamente polido e culto, não deveria cogitar como exemplo, o deplorável estilo interpessoal do Felipão, considerado pela mídia como técnico neurastênico, azedo nas suas respostas e ultrapassado para o futebol moderno praticado, hoje, pelo resto do mundo. Segundo os críticos e humoristas o linguajar desse técnico da seleção brasileira é semelhante ao bufado de um cavalo.

Outra comparação fora da curva foi à citação da infeliz frase: “Enquanto os cães latem a caravana passa”, de autoria do boçal Ibrahim Sued e no caso, injustamente, “Figlios di un cane”, obviamente, são alguns dos associados, entre os quais me incluo, por levar as preocupações graves e procedentes sobre o inferno financeiro que estrangula os minguados recursos da maioria do Corpo Social, as quais foram vistas de esguelhas e recepcionadas equivocadamente como críticas de “inocentes úteis” para favorecer os interesses dos nossos adversários, juízo de valor estapafúrdio e desfocado.
Abrir polêmicas e semear a cizânia contra os aliados e defensores ferrenhos dos direitos dos associados, como você, para ganhar o quê? Portanto, não cabe fazer caça as bruxas e nem procurar chifres em cabeça de cavalo e aqui, agora, não me refiro ao Felipão.

Continua na parte II.

João Rossi Neto disse...

parte II - final.

Com efeito, a prestação do ES de julho/14, a essa altura já foi subtraída dos nossos benefícios e não seria um exagero pedir paciência para esperar os tamborins esquentarem, se estamos mais apertados que charuto na boca de trouxa?
O ideal seria estar em posição tranquila e confortável para aguardar o toque da bateria inteira da Escola de Samba, entrementes, como não estamos nadando em dinheiro e, pelo contrário, numa penúria cruel, jamais vista, sendo o tempo o nosso pior inimigo, com a desgraça da inadimplência batendo à nossa porta e a folha caindo do pau sobre as nossas cabeças, neste enredo maluco que é uma espécie de “Samba do Crioulo Doido”, aguardar mais o quê, quando as providências são para ontem?

A Diretoria Executiva da PREVI fechou a torneira, em ano atípico, afetado por conjuntura adversa da economia mundial (resquícios da crise de 2008) e sem razões técnicas justificáveis, de forma massacrante, não vindo ao caso discuti-las nesse momento.
Cabe enfatizar que a questão prática e concreta seria equacionar os rombos causados pelo corte do BET e volta da cobrança das contribuições, cabendo, inobstante empossados recentemente, a elaboração de propostas pelos eleitos aos Diretores Imperialistas para exame, como mensageiros do apocalipse, esmiuçando que em termos financeiros, estamos “a zero”.

É uma corrida diametral; O Fundo de Pensão aumenta patrimônio e sob financeiramente, enquanto nós, associados, e verdadeiros donos, empobrecemos todos os dias e estamos descendo para abaixo do fundo do poço, esclarecido que não estamos procurando petróleo e nem temos conexão alguma com a Petrobrás.

Assim sendo, a missão pontual, sem dúvida, será a de pedir uma ajuda creditícia em caráter excepcional para amenizar o caos e facilitar a nossa sobrevivência, porque quem pariu Matheus que o embale. A Diretoria Executiva da PREVI é responsável pelo imbróglio administrativo e financeiro desastrados ao realizar os cortes e tem a obrigação legal e moral de solucioná-lo.
Nós que fomos administradores do BB, durante a nossa vida laborativa, temos plena convicção e consciência de que as “margens negociais” são confidenciais e informações estratégicas da empresa não podem chegar ao conhecimento de clientes ou terceiros, sob risco de obstaculizar o fechamento dos negócios e acarretar prejuízos.

A transparência solicitada é, naturalmente, restrita a notícias como o andamento das propostas do interesse dos associados, melhorias de benefícios e outras do gênero, mesmo porque os detalhes confidenciais sobre negócios lhes seriam inúteis, dado que não têm ingerência nenhuma nas decisões do Fundo de Pensão.

Eu entendo perfeitamente o desabafo. Às vezes não dormimos bem e levantamos com o pé esquerdo, a visão turva, o raciocínio distorcido e tecemos comentários impetuosos ao sabor das circunstâncias adversas ou falamos antes de pensar, de medir as consequências e mais tarde, depois da decantação dos ruídos de comunicação, nos arrependemos.

Esperamos uma providência rápida, por parte da Diretoria Executiva, para minorar a crise financeira por ela instalada e que nos arrasou.

Penso que a dilação do prazo do ES para 180 meses, com elevação do limite para R$150 mil e carência de 6 meses é a medida mais oportuna e menos traumática para nos auxiliar, até que seja feito um estudo definitivo para realinhar o plano de benefícios, ainda este ano.

Anônimo disse...

Caros colegas,

O recado do dr. Medeiros foi bem claro e incisivo.

1. Não mudará. Não mudou quando foi titular e conselheiro da Vale, ganhava boa remuneração, não vai mudar agora que ganha uma merreca como suplente. Óbvio.

2. Não tem poder de decisão. Age nos bastidores em defesa dos participantes, até porque é presidente da AFABB RS. Óbvio.

3. Não pode quebrar normas de confidencialidade, mas vai continuar informando, com as cautelas devidas, até porque é advogado e não é burro. Óbvio.

4. Se querem união de oposições na próxima eleição, é preciso que os pretendentes parem de bater nos eleitos da chapa tres, porque depois não vão conseguir fechar as alianças. Óbvio.

5. O blog dele não é o local para criticar ou cobrar dos outros eleitos da chapa tres, que possuem blogs próprios. Façam-no lá. Mais do que óbvio.

6. Apesar da premência de alguns problemas, como o ES, certamente é ceddo para colher resultados concretos, até porque a eleição deixou marcas nos derrotados, que não vão dar colher de chá aos vencedores. Muito mais do que óbvio.

O dr. Medeiros é um líder carismático, operoso, idealista, merece o nosso apoio e a compreensão dos aposentados e pensionistas.

Em lugar de aborrece-lo, temos que estimulá-lo em sua missão de defender os nossos interesses e os nossos direitos.

Ou preferem a orfandade e a penumbra anterior ?

(Grupo de aposentados de SP hoje reunido em almoço)

Anônimo disse...

Não gostei do comentário do João Rossi Neto. Além de longo, chato e inapropriado.

Anônimo disse...

Caríssimo dr. Medeiros,

Não ligue para os invejosos. Faça os que teus amigos vem sugerindo. Modere o blog. Elimine de uma vez os comentários inoportunos. Especialmente os longos. Coloque o blog de novo no bom caminho e vamos que vamos.

Carlos Eduardo - BA

Anônimo disse...

Muito bom o comentário do grupo de SP. Pena que não se identificou, mas acho que sei quem são. Parabens para eles.

Chico - MG

Anônimo disse...

Prezados,

Vou aproveitar o futebol para explicar a situação do Medeiros. Ele é suplente, está no banco de reservas. ´Tem acesso aos treinos, sabe de tudo que se passa nos vestiários, mas só entra em campo se for chamado. Quem tem obrigação de fazer gol são os que estão jogando, especialmente os atacantes, como o Fred, Hulk e Oscar. Fácil de entender.

Medeiros disse...

Li todos os comentários atentamente e agradeço, primeiramente, a todos aqueles que se solidarizaram comigo e compreenderam as minhas colocações nos is. Obrigado. Se alguém achou forte alguma expressão, peço desculpas.

Acho que não é hora de polêmicas desnecessárias e desgastantes.

Assim sendo, vou aceitar as sugestões de vários amigos e colegas, no sentido de que faça uma moderação mais enérgica no blog, retomando caminho por mim anteriormente traçado.

A partir de agora inicia essa moderação, peço a compreensão de todos. Não serão aceitos, como antigamente, textos muito longos, nem que abordem assuntos de natureza partidária, religiosa ou de ataques a membros da chapa tres.

Lamento. Volto a sugerir que alguns colegas deveriam criar blogs pessoais e lá defender suas idéias, criticar e fazer as cobranças que acharem pertinentes. Usar os blogs dos outros me parece até uma apropriação indébita.

Eu sou obrigado a administrar o meu blog do jeito que eu sempre fiz e que muitas alegrias me proporcionou.

Mais uma vez obrigado a todos pelo apoio, especialmente aos meus amigos, colegas e seguidores.

Vamos que vamos. Ou não vamos ?

Anônimo disse...

Muito bem Medeiros. Chega de blábláblá interminável. O teu blog não é a casa da mãe Joana. Parabens ao grupo de aposentados de São Paulo. Sensacional.

Anônimo disse...

Bravos dr. Medeiros. Finalmente vamos ter ordem e paz de novo no blog, que é um veiculo de informação para nós e não de outras coisas. Obrigado.

Anônimo disse...

Certamente que vamos Dr. Medeiros, o Dr. está coberto de razões. Abraços e Paz e Bem. Rogério Carvalho. Pelotas.RS.

Anônimo disse...

estamos contigo Medeiros
abr.

Anônimo disse...

Caro anônimo
6 de julho de 2014 15:37

Uma dúvida:
a instalação da extensão AdBlock Plus não poderia conflitar com outros softwares onde o bloqueio de malware já estaria habilitada? Por exemplo McAfee Security Center, Norton Internet Security, Windows Defender, etc.
Grato pela atenção,

Luiz Faraco - Florianópolis-SC

Cláudio Almeida disse...


Dr.

Um depoimento.

A primeira vez que li um blog foi o seu, por recomendação de uma colega.

A primeira vez que postei um comentário foi no seu blog.

A primeira vez que votei na Previ foi na chapa 3.

É natural que o pedido de socorro seja dirigido ao seu blog.

Uns pedidos são curtos, outros longos.

Abraços.

Anônimo disse...

Prezado Medeiros, você é dotado de extrema compreenção e flexibilidade, porisso , como homem público, deu provas de entender as inúmeras cobranças, e claro como ser humano dotado de sentimento teve motivos de sobra para reagir àquelas indelicadas , ainda assim creio que o seu blog aberto a todos é a forma mais transparente de manifestações, não o limite, pelo contrário dê-lhe asas, a exemplo, o João Rossi,critica mas sugere, e sempre apresenta boas propostas, vamo que vamo precisamos de voce, bem humorado e otimista como sempre.

Anônimo disse...

Colegas, aconselho-os a lerem o comentário do anônimo das 08:38 de ontem, é importante entendermos a posição estatística do PB1, saber quem são realmente os donos deste plano já encerrado, porque encerrou? quais interesses estão por trás, se daqui vinte anos não estaremos mais aqui, é mais sério do que se imagina, providências prá ontem INTERVENÇÃO NAS CONTAS DA PREVI PARA REALINHAMENTO DO PB1, tudo isso amparado pelo ESTATUTO DO IDOSO que terá de "valer" para agilizar ações visto que estamos sendo roubados no leito de morte, sem direito de defesa isso é justo?

Roberto Martines 8670089-8 disse...

Dr. Medeiros estou com voce, e quero aprender + e +, estarei me aposentando no próximo ano e tenho a obrigação de continuar cuidando de nossa PREVI. E vamos que vamos. Rio Brilhante MS.

Anônimo disse...

Não podemos nos esquecer que somos Idosos e temos preferencia para nossas ações agilizarem o mais rapido possivel, Temos a fita verde, ok?

Anônimo disse...

Maiores de 60 anos terão benefício mais rápido

Juca Guimarãesdo Agora
A partir de agora, os idosos com mais de 60 anos de idade terão prioridade na resposta dos pedidos administrativos feitos em órgão públicos federais e também no julgamento de ações na Justiça.
§Juizados têm 41.121 processos aguardando resposta desde 2005
Além dos idosos, os portadores de doenças graves, como mal de Parkinson, HIV positivo, tuberculose ativa ou hanseníase, também terão prioridade no atendimento.
A lei número 12.008, que altera o Código de Processo Civil, foi assinada pelo presidente Lula e publicada ontem no "Diário Oficial da União". A nova lei passou a vigorar ontem em todo o país, tanto em órgãos públicos, como o INSS e a Receita, quanto na Justiça.
Quem tem mais de 60 anos, por exemplo, terá o pedido de benefício do INSS respondido antes dos outros. Hoje, o tempo médio de concessão dos benefícios previdenciários é de 27 dias no Estado de São Paulo. No país, a espera, em média, é de 21 dias. Os dados são do INSS.
Com a nova lei, os idosos com mais de 60 anos terão o pedido de concessão ou revisão de benefício respondidos em um prazo mais curto.
"A lei permite que a Justiça crie mecanismos para melhorar o atendimento aos idosos. Pode ser definida uma reserva para pessoas com mais de 60 anos de idade na pauta de julgamento dos juízes, por exemplo", avaliou o advogado Ellis Feigenblatt, do escritório Feigenblatt Advocacia.
Atualmente, a espera média pela sentença de uma ação na Justiça ultrapassa três anos.
A lei estabelece que o atendimento mais rápido para idosos vale para todos os órgãos federais e todas as instÔncias da Justiça.
Quem já entrou com a ação, perdeu e está aguardando o julgamento do recurso também terá direito à prioridade no atendimento.
De acordo com o Ministério da Justiça, o idoso que não for atendimento antes poderá entrar com uma reclamação na Justiça Federal pedindo a solução do caso.
O TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª região) informou que, na próxima semana, terá uma definição sobre as adaptações que serão feitas para atender a nova lei. EstatutoA prioridade dos idosos já estava prevista no Estatuto do Idoso, de 2003. "Mas para isso, o advogado tinha que pedir no processo o atendimento prioritário, o que não será mais necessário", disse Feigenblatt.

Juarez Barbosa disse...

Prezados Dr.Medeiros e demais colegas,

Algumas ações propostas para o conjuto de nossas entidades representativas:

(1)GRUPO DE TRABALHO PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE REFORMA EM NOSSO REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS 1 que contenha:
1.1. Criação de redutor de complementos de aposentadoria não condizentes com a formação de reservas matemáticas de participantes;
1.2. Criação de elevador de complementos de aposentadoria para os que ganham o piso;
1.3. Elevação do percentual de pensão para, no mínimo, 80%;
1.4. Estabelecimento de índice de reajuste anual de benefícios que reflita a real evolução patrimonial da PREVI.

(2)COMITÊ DE ACOMPANHAMENTO E ATUAÇÃO EM PROJETOS DE LEI NO LEGISLATIVO E NAS AÇÕES QUE TRAMITAM NA JUSTIÇA DE NOSSO INTERESSE:
2.1. PDS 275 do Senador Paulo Bauer;
2.2. Ação contra ilegalidade da RES-CGPC 26/2008;
2.3. Apresentação de Projeto de Lei derrubando o Voto de Minerva e restabelecendo a hegemonia do poder do Corpo Social nas decisões da Entidade.

Se não conseguirmos arregimentar membros para os trabalhos sugeridos acima, creio eu, e salvo melhor juízo, não obteremos êxito em nossas justas reivindicações de restabelecer nosso outrora poder aquisitivo e barrar os super-complementos de aposentadorias que os espertalhões buscam (complementos desproporcionais às formações de reservas matemáticas).

Estes deveriam ser os “alvos principais” de nossos reais e autruístas representantes. Deles se esperam mais ações efetivas na busca destes objetivos. Na ausência de tais ações, pelo menos, de 2 em 2 anos temos a oportunidade de substituí-los via eleições.

Marco Antonio disse...

Caro Medeiros: Como eleitor, apoiador e divulgador da chapa 3, que acredita nas ótimas intenções dos eleitos e também como Advogado há mais de 37 anos, acostumado, portanto, a divergências civilizadas, vejo com tristeza a repercussão que alguns comentários tiveram neste blog e que desaguaram nos "pingos nos is", uma de suas mais veementes postagens neste blog. É hora de evitarmos baixas por "fogo amigo", pois todos os que aqui frequentam são seus admiradores e seguidores, apesar de divergências pontuais e quiçá de alguns cada vez mais raros infiltrados. Com vênia pela discordância, onde você viu "burrice", vi tão-somente desespero de causa de alguns desafortunados colegas, combalidos pelo endividamento e pouco familiarizados com cláusulas fiduciárias e confidenciais. Vamos nos unir, pois é disso que precisamos, inclusive para as próximas eleições.

Anônimo disse...

Duas sugestões anteriores dos colegas de blog parecem-nos adequadas:

(1) Criar um grupo de pesquisa e trabalho;
(2) Acampar PERMANENTEMENTE na frente do Previ.
PS: Papai Noel não existe...

Anônimo disse...

Colega anônimo 07/07/14 13:43

Desculpe discordar, mas temos é a "fita preta". Apesar de ter sido encaminhado como preferencial, pela idade e cardiopatia grave, tenho recurso pendente de despacho do TST desde dezembro/2013. Meu advogado comenta, com um sorriso triste nos lábios, que não tem problema, pois os herdeiros serão beneficiados. E do meu ponto de vista o copo esta meio cheio e não meio vazio, pois, seguindo o exemplo do Dr. Medeiros, vivo com os pés no chão, mas não deixo de sonhar com um futuro melhor para todos nós.

Pompeo Corradi - Mococa SP disse...

COLEGAS por favor não postem como Anônimos, coloquem o nome e a cidade, para todos saberem quem escreveu. Porque anônimo? Medo de quem? Mostremos a cara. Abraços a todos.

Felipe Osório da Silveira disse...

ALGUÉM PODERIA ME TIRAR UMA DUVIDA?

http://www.trt20.jus.br/mostraPdf/mostrapdf.php?codigo=1909819&banco=sap

QUE VERBA É ESSA P210?
QUEM É QUE TEM DIREITO DE RECEBER?
É O PESSOAL DO GRUPO PRÉ67?
SE FOR GOSTARIA DE SABER PQ MEU PAI NÃO RECEBE A MESMA, SO TEM A P300.

OBRIGADO

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo...
6 de julho de 2014 08:38
"Faz-se necessário uma auditoria externa independente nestas contas e apurar as responsabilidades dos atuais gestores, responsabilizando-os cível e criminalmente por gestão temerária."
Melhor: a AFABB, ANABB, etc. precisam solicitar ao SENADO uma CPI na PREVIC, BB e PREVI.
Acusação: Formação de Quadrilha dos Diretores do BB e Previ que legislaram em Causa Própria.

Medeiros disse...

Prezado Marco Antonio,

Aceito as divergências e estou solidário com o desespero de colegas em dificuldades financeiras, que presencio diariamente aqui na AFABB RS. O problema porém é mais amplo do que um simples fogo amigo. Você não leu os inúmeros comentários que eu tive que deletar, tendenciosos e maliciosos. Se os lesse compreenderia a minha reação e o meu posicionamento. Divergências são úteis, provocações e agressões são indesejáveis, contaminam o blog e não levam a nada.

Anônimo disse...

Caro Luiz Faraco,

Uso há tempos aqui o Adblock Plus e meu antivírus é o Microsoft Security Essentials, e nunca tive problemas, somente benefícios. Acredito que por ser apenas uma extensão no próprio navegador, não haverá conflitos. O que pode ocorrer é algo pontual como já disse, como por exemplo bloquear algum banner ou botão que o usuário não queira que seja bloqueado. Aí é só seguir a instrução de clicar no ícone do Adblock Plus com o botão esquerdo do mouse (na janela do site específico que desejar) e clicar na opção "Ativado neste site", procedimento que desativará a extensão apenas para o site desejado. Outras opções seriam:

1) acessar novamente a janela "O Adblock Plus foi instalado", digitando "chrome-extension://cfhdojbkjhnklbpkdaibdccddilifddb/firstRun.html" (sem as aspas) no navegador e teclar enter e clicar no botão do Bloqueio de Malware para desligá-lo;
2) remover o Adblock Plus, clicando com o botão direito no ícone e selecionar "remover".

Espero ter ajudado.

Anônimo disse...

Ao prezado colega 07/07 20:59

Agradeço suas claras explicações, bem como a pronta atenção para sanar minha dúvida sobre a extensão Adblock Plus. Não me custa criar um ponto de restauração e testar o efeito do aplicativo.
Novamente meu muito obrigado.

Luiz Faraco - Florianópolis-SC

Anônimo disse...

Convém lembrar a todos que, se a chapa da situação tivesse vencido as eleições, nem estaríamos agora discutindo sugestões para ES, realinhamento do PB1, etc.
Com certeza a PREVI não abriria qualquer tipo de negociação, por mínima que fosse. Morreríamos à mingua, sem que qualquer alma do Mourisco sequer levantasse o traseiro da cadeira para olhar nossa situação.
Portanto, vamos valorizar mais a nossa conquista de conseguir emplacar na PREVI pessoas comprometidas com a nossa causa.
Já foi dito que as decisões são colegiadas, e que ninguém tem o poder sozinho de mudar qualquer coisa.
Por mais aflitiva que estejam a situação de muitos, só nos resta aguardam o desenrolar dos acontecimentos.
Repito, nem teríamos a oportunidade que temos agora de sermos ouvidos se a chapa ligada à PREVI/BB fosse a vencedora.

Pensem nisso com carinho. E vamos apoiar nossos eleitos.

Cláudio

Anônimo disse...

É isso aí colega Cláudio, o momento é de apoio aos nossos eleitos, e só estamos discutindo porque são "nossos eleitos" , porque temos canais que chegam a eles, vale lamuriar, chorar, sugerir, lembrar, alertar... ofender jamais!

Jair Mário Bork disse...

Agora, quando acesso teu blog, aparece um convite para o jogo: GENERALS OF WAR". Na segunda tentativa, funciona normal.

Valim disse...

PARTE I

Medeiros, boa madrugada,

Cabra macho, também sou!!!
Mas acredito que tenho nossos protetores... Eu não ando só, eu não ando só (Bethânia).

Quanto ao comentário das 21:31 ou 22:07:
"Ainda tenho esperança que os demais diretores se sensibilizem com a situação atual dos colegas com o fim do BET e o retorno das contribuições."

Comentarista das 22:07 eles já demonstraram que não possuem sensibilidade, mas agradeço por transmitir sensibilidade e mais...

Não quero sensibilizações, não estou pedindo esmolas, quero o nosso.

Como torci para não ganhar a Copa!!! Você Medeiros é testemunha desde o início. Agora, deixo nas mãos deles, os arrogantes e prepotentes, o que querem decidir.

Vou contar outra vez uma estorinha: Era uma vez perto das Eleições da PREVI, um grupo comandado por quem todos sabemos, decidiu cortar o BET e a volta das contribuições, numa total covardia para nossos velhos aposentados e pensionistas no final de ano, presente de Papai Noel e achando-nos uma boiada, estes não conhecendo nem um pouco de História, assim decidiram.
Olhem que faltavam poucos meses para a eleição, mas a boiada não era boiada e sim uma tropa de cavalos. O que aconteceu ?

Perderam as eleições. E "eles" perderam o prestígio só continuam lá porque são o dono da bola.

Se vocês estivessem em uma empresa privada, pagariam por tamanha prepotência, mas aqui a meritocracia é a indicação do Rei (Sultão) ou do Grão Visir (mais alta autoridade depois do Sultão).

A casa caiu.

Valim disse...

PARTE II

CONSELHO:

Pensem bem antes de agir, agora o momento é outro, o que está em jogo são as eleições, não só as presidenciais, pois estas acredito que já perderam, mas falo das demais, para um tal de fisiologismo.(migalhas)

Não existem coincidências, faltam menos tempo, 3 meses. Adolf Hitler perdeu a guerra porque não estudou Napoleão. Caiu no mesmo erro de vocês, várias frentes de batalhas :ATIVOS, APOSENTADOS E PENSIONISTAS, erro infantil.
O erro agora não será permitido pela Presidenta, consultem-na.

Cuidado!!! do lado só dos pensionistas e aposentados com seus familiares são 2.000.000, digo, 2 milhões de votos. Com os da ATIVA 5.000.000 à 6.000.000 de votos.

Peço atenção, para que não sejam prepotentes, e que devolvam o que é nosso. Cuidado, Cuidado, Cuidado!!!

Caso façam algo de errado, a Nossa Presidenta que sabe como é difícil chegar lá, vai pensar que vocês são da Ala do LULA ou do GUSHIKEN, creio que este se escrevia assim.

Como disse, a casa caiu. Cabe a nós fazermos que o seguro não pague a explosão dos estádios. Entenderam ?

Ao invés de reclamar é o momento de atacar, agora quero ver. Existe algum humilde para achar que este ato é o que tem que ser feito? Entrem em contato comigo. Pode Medeiros ?

Dilma seu percentual caiu hoje 5 por cento, quiça adiante. Estamos conclamando aos votantes da CHAPA 3, LIVRE, FORTE E DE TODOS a fazermos passeatas na PREVI e a Senhora Presidenta, que determine o que deva ser feito na PREVI para não precisarmos de tal ato na PREVI se assim for o consenso da maioria.

Senhora Presidenta não fale que não sabia...ali possui muito dinheiro, impossível não saber.

RECOMENDAÇÕES PARA A CHAPA:

1) Reuniões com os aposentados e pensionistas com exequibilidade das pretensões antes de outubro,com assinaturas de todos, inclusive familiares e amigos. Lembrando das assinaturas da Resolução 26, caso contrário presidenta, perderia essa montanha de votos, se é que já não perdeu. Sou franco,e nesse momento tentando ser o menos político possível, só queremos o que é nosso de direito.


Acredito em seu discernimento e inteligência pois no fundo possuo muitos pontos em comum. Concordo que não queremos imperialismo americano, nem tampouco REGIME CUBANO. Caso leia, ou ao menos seu STAFF, que caso haja ao contrário, estaremos em Brasília se tiver apoio da CHAPA 3, debaixo do tapete, por causa duma mordaça que são obrigados a assinarem.

E o mesmo com a ANABB, que não pode ajuizar contra o Banco, que a CHAPA 3 crie uma que possa ajuizar contra o Banco, se a Presidenta acabar com essa mordaça, que tenho certeza a senhora quer.

Conclamo a ajuda do Medeiros, mesmo não podendo por enquanto a nos ajudar (não é casca de banana não) Medeiros, Medeirão nosso guerreiro, pelo menos debaixo do pano. Aguardo, sua resposta.

O estatuto da PREVI vai ser modificado, os componentes sem filiação partidária, sem voto de MINERVA, a resolução 26 vai cair, o fator previdenciário de FHC não mais existirá, que passou no Congresso e LULA vetou, faltando a votação do veto antes das eleições, nós o povo fazemos a pauta. E acredito que tudo que pressionarmos sairá. Disse, se pressionarmos...

Presidenta Dilma tinha época que nós tirávamos Ministro da Fazenda, estou sentindo o retorno disso, a família BB é grande, só falta união que está voltando. Isso é trabalho da CHAPA 3 LIVRE, FORTE E DE TODOS, que se saiu muito bem até agora e com certeza até para sempre.

Cecília Garcez presidente do Conselho Deliberativo no futuro, com a mudança do Estatuto Previ. Mande uma carta franca à Presidenta e fale como está sendo pressionada, o que é verdade pelos seus eleitores.


Não peça favor, exija seus direitos.