ANTECIPAÇÃO DO REAJUSTE DOS BENEFÍCIOS AGORA EM JULHO - BINGO ?

domingo, 5 de julho de 2015

Nao é muita coisa mas ajuda nesta crise braba que estamos atravessando. Também é uma resposta concreta para aqueles descrentes que acham que reuniões e encontros não resolvem nada e só criticam os eleitos em 2014.


A diretora Cecília Garcez vem defendendo a antecipação do reajuste dos benefícios agora em julho , mediante aplicação do índice de sete por cento ( 7 ) . Também tenho pressionado no mesmo sentido, atendendo pedidos feitos aqui no blog. Existem  boas chances de ser aprovada na diretoria da Pr.evi. 

A AFABB RS vai enviar amanhã mesmo um novo expediente apoiando a idéia e, se até lá nenhuma decisão for tomada ou anunciada, apresentará uma moção ao presidente Gueitiro em Camboriu no dia 17 deste mês. Acho, porém, que a decisão poderá ser tomada terça-feira  na reunião semanal da diretoria da Previ, ou na terça da próxima semana.

Seria conveniente que vocês e as demais associações também se manifestassem a favor da antecipação.

Como disse acima, não é o reajuste de dez por cento que todos pleiteiam, mas essa antecipação certamente será um alívio nas finanças de muitos participantes.

Existem condições para essa antecipação, o que é necessário é vontade política e disposição.

Vamos nessa ?  Será que vou conseguir cantar BINGO ?  Nem que seja binguinho?

Antecipação de sete por cento de reajuste nos benefícios agora em julho !  Já !

73 comentários:

Anônimo disse...

Boa Dr Medeiros. Gostei dessa.

Anônimo disse...

É uma mixaria mas certamente ajuda. Obrigado Medeiros

Ruben

Anônimo disse...

Dr Medeiros, por favor pede também a suspensão do ES por três meses.
Desesperado.

Fernando disse...

MEDEIRAO, se chega se concretizar esse BINGO, quem está sem margem consignável,poderá quem sabe ,poder renovar o Empr Simples. esses 7% dará um desafogo legal. Oremos.

Anônimo disse...

Mestre Medeiros,

Fiquei com medo deste post, visto que tudo que é proposta de vocês, os homem acham uma maneira de dizer não.

Devia ter esperado a votação na Diretoria Executiva, esquece que la existe voto dos eleitos contrario a tudo que diz respeito a proposta da Diretora Cecília.

Mas mesmo assim que os Anjos digam amém.

Anônimo disse...

MEDEIROS

DOS BINGUINHOS É QUE POMOS COMIDA NA MESA,

QUE ELE VENHA JÁ NA PRÓXIMA FOLHA.

DEUS LHE PAGUE TANTA MISERICORDIA

Anônimo disse...

Leiam o blog do Adaí. Ele responde ao diretor Marcel sobre a questão da consultoria. O Adaí se superou.

Anônimo disse...

Pedimos esta antecipação de reajuste em nossos benefícios e mais outras DUAS solicitações(qualquer outras duas para servir de BODE, na sala!), para o Marcel NÃO dar, inflando o ego do baixinho, que se justificaria com a patrocinadora como o garoto malvado, que diz não aos associados do plano 1.

Sugestões para servir de BODE na sala: a/c da Diretoria de Seguridade:

a) Suspensão do ES por 3 meses e/ou

b) Nova fórmula, para novos ES (P.ex.: 180meses X R$ 180 mil) e/ou

c) Alongar os prazos dos atuais ES para até 180 meses, a pedido dos tomadores do emprestimos atual e/ou

d) suspensão/ redução das contribuições ao Plano 1, para quem solicitar e

e) pedido de afastamento (transitório ou definitivo) ou substituição do nosso eleito Diretor de Seguridade, Marcel Juviniano Barros, por qualquer "ASPONE" da direção ou vice-presidencia indicado (trocado) pela alta cúpula do Banco do Brasil, patrocinador oficial do Plano 1 da PREVI...(Quem sabe um plebiscito ao finado "corpo social" para tentar sair com este eleito...).

f) Promover nosso eleito para trabalhar nas Nações Unidas,(ou Cuba) sem abandonar os conselhos nas empresas participadas da PREVI.

g)....(contribuam com suas sugestões) cursinho de inglês no exterior, tudo pago pela PREVI, por tempo indeterminado, até obter fluência verbal na língua inglesa...

Marco Orlando disse...

Medeiros,
Estou contigo, com a Cecília e com o Ari.
Apoio a antecipação para julho/2007 (7%).
Um grande abraço.

Marco Antonio Orlando

Anônimo disse...

Muito bom o artigo do Adai...

Anônimo disse...

Repetimos e ermos mas uma vez porque Deus esta trabalhando em nosso favor eu creio como estar na palavra tudo pode mudar pela força da oração. quando oramos movemos a mão de Deus, agindo ele quem impedira OREMOSS Senhor Deus dos Exércitos ! Deus de Israel diante de ti Senhor e de tua Justiça e de tu poder te apresentamos a Previ . Te apresentamos a situação de aposentados e pensionista da Previ , os que estão morrendo aos poucos humilhados oprimidos envergonhados maltratados pelos dirigentes do fundo de pensão construído com suor de cada sócio. Então Senhor te entrego a que dia ante de todos esse problema . Resolve mostra a esses reis que o Senhor e Deus que diz ata o sinto dos reis abre porta eleva os humildes então Senhor passa a frente solta esse empréstimo Simples para mostrar aos poderosos que o poder pertence Oa Senhor . Pai Deus dos Exercito então pai passa com teu poder e muda essa situação Senhor. Te pedimos em nome de Jesus .

Anônimo disse...

CALCULANDO.......

Se acontecer esse reajuste antecipado de 7% em julho, provavelmente será apenas sobre o valor do complemento da Previ. Assim aconteceu com o BET, que incidiu somente sobre o complemento.

No meu caso: R$ 1.840,00 x 7% = R$ 128,80

Obs: Com R$ 128,80 dá pra comprar uma garrafa de vinho (daquele de menor preço) que os diretores da Previ costumam tomar em seus jantares.

Ass: Caixa Executivo aposentado.

Anônimo disse...

Doutor Medeiros,

Essa antecipação de 7% está me parecendo mais uma embromação para não conceder o ES CAPEC ou ES 180 X 180. Portanto, fique esperto, principalmente com o que parte da Cecília.

Um abraço.

Anônimo disse...

Ufa!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
O Conselho Deliberativo da Previ tem condições de definir sobre essa antecipação de reajuste agora em julho ou, como sempre acontece com qualquer pleito dos associados, haverá a necessidade de passar por todas aquelas instâncias superiores que caracterizam uma verdadeira “via crucis”?

rafael campagnoli disse...

Caro dr Medeiros, por favor um esclarecimento sobre a atualização da tabela do IR aprovada no final do mês de junho pelo Senado: ela é retroativa a abril deste ano. Pergunta: essa nova tabela já estava sendo aplicada desde abril nas nossas FOPAG, ou teremos algum de volta quando forem refeitas as tais folhas?

Anônimo disse...

Colegas,

Chamem o São Thomé!
Acreditar em algo com marcéís é morrer na praia.

Anônimo disse...

Isso é um cala boca pelo bônus? Legal é que o cala boca beneficia a boa parte dele$. Quanto dá 7% de 62 mil?
É mais que a maioria recebe de complemento Previ. E posarão nas fotos como madres teresas

Viva a ausência de Teto


Lógico que falarão: melhor que nada. É o tal bode na sala. Tirou o bode e a catinga vai embora

Anônimo disse...

Enrolação, embromaçao,humilhaçao,enganaçao.....tanto faz, de onde vem
não da para acreditar em coisa boa.
7% do beneficio previ?
Vao ser descontados de uma vez em Janeiro?
E para calar a boca e esquecermos o ES Capec?
Bem que eu vi.....

Anônimo disse...

Sem dúvida alguma a explicação no blog do Carvalho teve a redação do japonês. Essa estória de donos da Previ é igual chato: Já deu no saco.

Alguém já pegou chato? Então entende o que estou falando. Pode estar na presença do rei, mas tem qur dar uma coçada

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
Mesmo que não tenho retorno, pelo menos tente solicitar a suspensão de algumas prestações do ES.Não resolveria tudo, mas daria um alivio e tempo,para respirar no fim do mês.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
O Sr. acredita que no dia 18, um dia após a reunião de Balneário Camboriú, poderá repetir o título deste post apenas trocando o ponto de interrogação por um ponto de exclamação?

Anônimo disse...

- Anônimo disse...
Doutor Medeiros,

Essa antecipação de 7% está me parecendo mais uma embromação para não conceder o ES CAPEC ou ES 180 X 180. Portanto, fique esperto, principalmente com o que parte da Cecília.

Um abraço.

5 de julho de 2015 21:26

AMIGO DE INFORTÚNIO ACIMA, PERGUNTO QUANDO FOI QUE VOCÊ SE APOSENTOU E QUE ITIPO DE SITUAÇÃO: prorcional ou por tempo de serviço(no Banco)

Anônimo disse...

Eu também acho que qualquer ajuda deve ser bem recebida.Mas para quem está afundado no ES o benefício será muito pequeno.Enquanto não resolverem reduzir os descontos dos consignados conforme a lei não adianta conceder migalhas.

Anônimo disse...

Ao anônimo 06/07 as 9.25 hs. Com a permissão do DR. Medeiros.
A reposição dos adiantamentos mensais seria reposta a partir de janeiro/16 na mesma forma em que concedidos.
Essa foi a ideia de uma solicitação que fiz em 08042015, para a Previ. Naquele mês o índice acumulado do INPC estava em 4,28%.
Pedi o adiantamento sobre o complemento Previ.
Responderam que não havia previsão para a concessão, MAS, que seria colocado para analise.
Espero que agora com tantas personalidades de peso apadrinhando o assunto e outros precisando mostrar serviço, o "negocio saia".
Lembremos que o Diretor de Planejamento eleito já se manifestou contrário -enfaticamente- a essa possibilidade de antecipação de reajuste.

Anônimo disse...

Prezado Rafael Campagnoli:

a nova tabela já está sendo usada desde abril. Eu fui conferir e vi que a diferença para mim é pequena, pois eu utilizo a opção de bases separadas (a facada é menor durante os meses, em compensação na declaração pago a diferença. Estou seriamente pensando em unificar as bases).
Espero ter ajudado e um abraço.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Mais um BOATO PERNICIOSO (confesso que gosto muito, desde os tempos da ativa), que mandará mais UM MONTE DE VELHINHOS TRAMBICADOS PARA O ALÉM (felizes da vida), quando CHEGAR O MOMENTO DA DESILUSÃO!

rafael campagnoli disse...

agradeço ao anônimo pela resposta sobre a nova tabela do IR. Sim, mas achei que por ter sido vetada pela Dilma a conversão da antiga MP, a Previ não tinha como utilizar as tais faixas de 4,5 a 6%. Em todo o caso, não sei se é vantagem unificar agora, em junho, as bases. Talvez pudéssemos ter uma visão melhor quando da divulgação das instruções para ajuste do IR 2016 ... Obrigado pela atenção.

Fernando disse...

Medeiros, como muitos colegas, entendo que é antecipação do reajuste de jan/2016 para jul/2015, sem devolução. Seria isso? Caso contrário, em janeiro 2016 ficaremos devendo , afolha vindo zerada.

Medeiros disse...

Olha, gente, essa antecipação é muito importante para uma grande quantidade de colegas que está apertada de dinheiro. Tem custado muito empenho e também habilidade para obter essa melhoria em um ambiente sabidamente do contra. Por favor, ajudem em vez de atrapalhar. O que se faz necessário é pressão positiva em vez de destrutiva. Conto com vocês.

Anônimo disse...

Vamos dar força para o Dr Medeiros, ele está do nosso lado, e é vamos dar uma figa para os infiltrados.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se essa antecipação, se sair, será a partir de 1º de janeiro de 2015, para acerto do índice na data base em 1º de janeiro de 2016.

Anônimo disse...

Parabéns Dr. Medeiros e Sra. Cecília pela iniciativa...é como foi dito: mesmo sendo pouco ajuda bastante para muitos colegas aposentados....

Jair Mário Bork disse...

Essa antecipação de 7% é plenamente viável, pois nosso aumento em janeiro/2016 será no mínimo de 9%, conforme projeção do Governo. Convém não esquecer que se for aprovada, nosso aumento em janeiro será de apenas 2%. A CASSI também agradece, pois será beneficiada. Vamos aguardar para ver.

Anônimo disse...

Boa tarde, Dr. Medeiros.

Essa antecipação seria apenas para este ano ou para sempre?
Seria muito bom se a Diretoria da Previ antecipasse nosso reajuste já para esse mês.

carlos são thiago disse...

Estou sempre com o nobre amigo.

Anônimo disse...

Gente vamos usar nossa forca com pesamentos e estrategias inteligentes e positivas a nosso favor . Apesar de tudo somos pessoas adultas e cheias de experiencias de vida. tem aposentados que são Marajás. E outro precisando da misericordia de Deus,então pedimos que se una aos que estão precisado , a exemplo de DR Medeiros , pesamentos e ideias positivas , deboches .... não leva a nada, então vamos usar a inteligencia que a união faz a força . VAMOS SE UNIR E FORTALECER DR> MEDEIROS?????Vamos que Vamosss Tem aposentados e pensionista passando situação muito dificio precisando desse aumento de 7% e do ES para pagar dividas atuas que só o ES resolve e com o aumento jã levia. Nos ajude!!!!! sejam solidário.

Anônimo disse...

Agradecemos ao esforço do Medeiros e da Cecília em agirem em favor dos aposentados obtendo essa antecipação de 7 % para julho, vai beneficiar muitos colegas , estamos em situação desesperadora qualquer melhoria é muito bem vinda.
Que a Previc aprove o uso da Capec como garantia para o ES, precisamos de socorro, que aprovem alguma medida em nosso favor

Anônimo disse...

Há muitos envolvidos nessa ideia do adiantamento, por conta de uma inflação alta que nos tomou o reajuste de janeiro.
Foram muitas sugestões. Dona Cecília apareceu agora.
Vamos pensar como um todo. Vamos deixar de viver "agradecendo" e elegendo herois e heroínas.

Anônimo disse...


Não podemos esquecer do passado quando diretores pouco preocupados com os associados previ levaram r$ 500.000,00, em troca suspenderam nosso bet e voltamos as contribuições previ mesmo aposentados e em pleno governo dos trabalhadores num salve-se quem puder.
Quando não é a propina e a corrupção é a ganância de pessímos seres "humanos" atacando as famílias da nossa sociedade

Anônimo disse...

Eu não vejo como o tão comentado ES-CAPEC pode ajudar a resolver os problemas de quem já está em dificuldades, comprometido com a alta prestação do ES-SIMPLES e sem possibilidade de renovação. Se não for atrelado ao ES-SIMPLES, ou seja, um empréstimo a parte, até coloca algum na conta de cada cristão que o contratar, satisfazendo uma necessidade pontual, mas será também, mais um desconto a onerar ainda mais o minguado líquido de cada mês. Não é isso que precisamos. O que necessitamos, urgentemente é da revisão do próprio ES-SIMPLES, principalmente com o alongamento dos prazos e a redução da prestação.
É por isso que rogamos aos nossos representantes que lutem por nós, não nos dando corda para nos enforcarmos ainda mais.

Anônimo disse...

Não sei se o nobre Colega trabalha sozinho, o que dificulta tudo, ou se tem uma equipe ou alguns para ajudá-lo, pois nos comentários são feitas muitas indagações, todos ávidos por uma resposta, mas são ignorados. Acredito que dada a importância do assunto e do interesse de todos, fossem ampliados todos os esforços, com a participação direta, ao lado do Dr. Medeiros, quem sabe dos políticos, imprensa.etc.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,

Esse reajuste antecipado já deveria ter ocorrido há tempos! Portanto, que ele seja logo providenciado para este mês é o que todos aposentados traídos e endividados, porém bem mais atentos em relação as próximas eleições da Previ, desejam.

Um abraço.

Raimundo Nonato de Oliveira disse...

Dr. Medeiros,
A antecipação do reajuste, no momento, é uma boa solução. Mas, se nosso benefício tivesse sido, conforme a lei, reajustado e não houvesse a aberração de aposentado continuar contribuindo, não estaríamos nessa situação.Nos causa tristeza saber 4,8% no nosso minguado vencimento vai servir para fornecer uma falsa rentabilidade para justificar os R$500.000,00 que os inoperantes diretores abocanham.

Anônimo disse...

A antecipação dos 7% em julho é retroativa à janeiro de 2015 ou é só os 7% sobre o valor da Previ deste mês de julho?

Ademar disse...

Sr. Medeiros.

Essa antecipação de 7% é muito bem vinda, pouco ou muito, não importa vai ajudar muito tenho certeza. Combater o bonus dos dirigentes é outra linha de atuaçao. Vamos pegar o adiantamento e agradecer, pois ruim com ele , muito pior em ele. Que venha, eu agradeço muito. Vai me ajudar muito.



luiz carlos disse...

UNIFICAÇAO SALARIOS INSS/PREVI. - Gostaria de esclarecer que a PREVI não efetua, mensalmente, o desconto do IR do SOMATORIO dos salários (INSS+PREVI): o desconto continua sendo separado, ela apenas informa o valor que DEVERIA se pago no item BS14-DIF.IRRF-BASE UNICA:SEP.
Dessa forma, o acerto continuará sendo feito na Declaração Anual.

Vantagem: aumenta a margem consignável.

Desvantagem: NÃO poderá mais pedir emprestimo consignado do INSS (que é mais barato).

Quem tiver condições, pode separar o valor informado mensalmente e ir aplicando.

Anônimo disse...

Caros colegas,

Uma informação como essa sobre a antecipação de 7% a partir de julho deveria ser bem recebida por todos nós. Não se esperava nada e vem 7%, é melhor do que nada.

Vamos nos unir e apoiar aqueles que mostram boa vontade com aposentados e pensionistas, causticidade nos comentários não ajudam muito nossa causa.

Quanto a mim, achei bom esse BINGO do Medeiros, ainda que seguido com um ponto de interrogação.
É o que penso.
Lydio

edsomn disse...


Meu amigos sabemos que é fruto da nossa luta e do nosso representante guerreiro, não é aquele que vêm lá do peru e sim Dr. Medeiros e Cia que juntamente estão lá na previ reforçando nossa luta. Agora ajuda mesmo e apesar dos juros altos que estão seria uma parada na cobrança do ES até uma formula mais amena que contempla todos associados, apesar das dificuldades.
Sempre agradecendo ao Dr Medeiros sua fineza em seu blog.

Anônimo disse...

Colegas,

Como a própria postagem indica, trata-se de uma antecipação, a partir de julho/2015, do reajuste a ser aplicado em janeiro/2016 sobre os nossos benefícios, nada de retroagir a janeiro deste ano.

E nada também de descontar em janeiro/2016 a soma dos valores antecipados durante esse período de 6 meses.

Apenas considerem isso: se jan/2016 o acumulado do ano relativo ao INPC for 10%, suspende-se a antecipação de 7% e reajusta-se os benefícios em 10% e fim de papo.

É o quê depreendi do assunto.
Lydio

Anônimo disse...

Essa antecipação seria bem-vinda, melhor ainda se acompanhada da suspensão por três meses do ES.

Ademar disse...

Aos colegas que estão com duvida com relação a tabela do Imposto de renda, é bom esclarecer que em 2015 temos duas tabelas sendo uma com vigência de 01.01.2015 à 31.03.2015 (medida provisória 528/2011 e outra a partir de 01.04.2015 - medida provisória 670/2015 .

Ademar

Rosalina de Souza disse...

Prezado Dr.Medeiros,

Para mim a melhor maneira da Previ ajudar seus aposentados e pensionistas é simplesmente cumprindo a lei dos consignados, descontado apenas o permitindo dentro da margem consignável, o resto é pura demagogia barata.

A Previ nunca cumpriu a lei, agora fez uma reformulação, mas manteve na sua base de calculo todas as verbas que já descontava, numa flagrante e imoral agiotagem na nossa folha de pagamento.

Continua descontando acima do que a lei permite e continua fazendo apologia no contra cheque com propagandas da COOPERFORTE.

Querem mesmo questionar a Diretoria de Seguridade ou o Diretor Marcel Barros, começa por requerer esse enquadramento legal e solido dentro da lei que a Previ recusa-se a cumprir.

Vamos ver até onde vai a coragem de vocês de mudar a nossa triste realidade, já que no discurso ainda somos os donos da Previ.

Tenho farta documentação que mesmo a meu pedido a Previ negou administrativamente o enquadramento, mesmo quando nós assumimos todos os riscos de uma briga judicial com os outros credores.

Aí não vai ser 7% de adiantamento, mas 77% de renda no nosso bolso, mesmo assim ainda sera menos que o judiciário conseguiu com a chancela do congresso nacional.

Vamos mexer um pouco mais com os nervos da CONTRAF CUT, digo do Diretor Marcel Barros?

Atenciosamente

Rosalina de Souza
Pensionista
Matricula 18.161.320-4

Carlos - RIo Pardo(RS) disse...

Dr. Medeiros -

Minha opinião se iguala a muitos outros comentários aqui, ou seja, caso venha a ser aprovado esse adiantamento de 7%, ficarei muito feliz e olha que o valor que recebo da Previ é o benefício mínimo, ou seja, algo em torno de R$ 1.400,00.

Mas eu tenho que analisar o fato de que apesar de R$ 100,00 não ser muita grana, tenho que multiplicar ela por 6 meses, daí já fecha em R$ 600,00. Na situação em que nos encontramos, é nosso dever ficar feliz e agradecer.

Concordo que é injusto a diretoria da Previ se beneficiar com altos salários/benefícios em plena época de extinção do BET..... e nós ficarmos na míngua, mas não adianta só chorar. Eles estão na diretoria, no poder, sempre será assim.

Eu particularmente agradeço muito a força e o empenho de todos na aprovação desse adiantamento e assim como outros colegas, também gostaria que junto viesse uma suspensão do ES, nem que fosse só por 3 meses.

Valeu, obrigado.
Carlos - Rio Pardo(RS).

Anônimo disse...

Respeito e considero todos os comentários dos colegas acima porque todos estão certos, é muito pouco para ficar feliz, mas para quem está mendigando qualquer migalha vale, no meu caso os 7% irão representar mais de 50%, olhem que loucura: tenho um bruto de aproximadamente 4.500 e um líquido de 560,00 desde o corte do BET e a volta das contribuições logo, 7% de 4.500 será 360,00, se der certo vou poder pagar a conta de luz de dois meses atrasados não sei se vai dar tempo posso ter a luz cortada antes e ainda ter que pagar a taxa de religação, já cortei tudo da minha vida , carro, lazer, vestuário, nem saio mais de casa e quando chega dia vinte a PREVI me manda um contra-cheque recheado com propagandas do "Clube de Benefícios Fast Shop Previ" código de acesso PREVI/BB assim como o "Compra Certa" e sem comentários a página destinada a "Cooperforte" este mes ainda veio uma página "Em branco" que eu até aproveitei para anotar meus débitos, desperdício, poderia ter acrescentado mais um clube de vendas, fico sem entender que "público alvo" é este que a PREVI quer alcançar, os benefícios defasados e os salários da ativa também não estão bons, porque "empurrar" produtos em quem já tem a corda no pescoço? Se somos realmente os donos da PREVI precisamos saber na conta de quem está sendo contabilizado os gastos com estes contra-cheques de páginas tão gordas e excelente papel , alta gramatura, fico imaginando o gasto com impressão, correio etc. Então colegas, concordo com todos mas a Rosalina..., essa sim, soube resumir tudo , vamos começar daqui a nossa luta, não podemos cruzar os braços, o BB e a PREVI devem ser cobrados na JUSTIÇA vamos movimentar em prol da ação 30%. Parabéns Rosalina estou nesta luta com você.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Caro Mestre: com Vossa PERMISSÃO, desejaria ESCLARECER, modestamente, com base no longo tempo em que militei na área de FUNCIONALISMO (até 1996), tomando como parâmetros os APLICADOS NA ATIVA NAQUELA ÉPOCA, que acredito, NÃO MUDARAM, que poderão, por ANALOGIA, serem aplicados a nós, na ATUALIDADE, a saber:
1) — O adiantamento é LINEAR, isto é 7% para todos. NÃO SEI INFORMAR, tendo em vista que alguns recebem PREVI + INSS e outros só PREVI, se vai haver adiantamento só sobre a parte PREVI;
2) — O CÁLCULO: Exemplo: 1.000,00 X 7% = 70,00 70,00 x 30% = 21,00 – LÍQUIDO A RECEBER: 70,00 – 21,00 = 49,00. Os 30% são RETENÇÃO para as CONSIGNAÇÕES OBRIGATÓRIAS POR LEI. As outras consignações, NÃO IMPORTA QUANTO, serão descontadas NORMALMENTE;
3) — O ACERTO (COMO SERÁ FEITO) – Será feito de UMA SÓ VEZ, EM JANEIRO/2016. Teremos dinheiro para isso? — SIM - Se o aumento for de 9%, teremos um RESÍDUO DE 2% multiplicado por 6 (seis) MESES, o que dará 12%, INCIDINDO SOBRE O SALÁRIO TOTAL (além dos 7% nornal). Dará para pagar o ADIANTAMENTO e ainda sobrar UM TRÔCO LEGAL. Se for igual a 7%, PRATICAMENTE NÃO MUDARÁ NADA, pois já estará havendo a retenção de 30%. Se for ABAIXO, o que NINGUÉM ACREDITA, pois no mínimo vai ser 7%, então teremos de NOS VIRAR NOVAMENTE.

Desculpe se fui prolixo. Com cópia para o Ilustre Professor ZANELLA.


Anônimo disse...

Amigos, muitos estão fazendo confusão sobre a provável e possível antecipação de 7%.
Entendo que, se o reajuste em janeiro for de 10%, no caso de antecipação de 7% em julho, nossos salários seriam reajustados em 3% em janeiro/2016. (10% - 7%). Simples. Não teremos que devolver nada. Celio

Anônimo disse...

COLEGAS,

Conforme a 4ª linha do post acima:
A diretora Cecília Garcez vem defendendo a antecipação do reajuste dos benefícios agora em julho , mediante aplicação do índice de sete por cento ( 7 )

Colegas, acho que alguns estão confundindo as coisas. Trata-se de antecipação do reajuste de janeiro/2016, suponho, sem acertos, pois por analogia óbvia, se houver acertos em janeiro, de nada adiantará, pois passa-se o mel na boca dos velhinhos e antes de degustá-lo,vem-se com a colher e dá aquela raspada! Concordam que não é assim?
E os apressadinhos para saber a respeito do INSS, esperem sair primeiro, que depois brevemente ficarão todos sabendo. Uma antecipação de 7% somente sobre os proventos da PREVI, já é alguma coisa, pois como dizia o Fernando Sasso da TV ITACOLOMI DE BHte, navio que está afundando, atraca em qualquer porto!
E rezem para que isto seja verdade. Joelhos no chão colegas.
Estamos todos no mesmo barco e não queiram vocês saber da minha real situação. Estou economizando até pau de fósforo, gáz, "papel higiênico (usa-se as duas faces) ah... ah... ah... ah... ah... ah...
(Risos)
Agora vocês imaginem nossos irmãos, que torcem para achar o que comer no lixo. E isto é uma verdade muito dura.
Abs.
Mineiro torcedor do Galo e campeão de 2015.
Fui......................

Anônimo disse...

Colegas aposentados,

O que me causa medo é estarmos discutindo uma situação, aqui no blog do ABNEGADO DR. MEDEIROS, que sequer esta na pauta do ilustre diretor de seguridade.

Otimistas, pessimistas debatem sobre um assunto que irá ser supostamente colocado em discussão, em reunião futura de uma diretoria dividida e inimiga e depois talvez no conselho.

Temos a meu ver e salvo melhor juízo que opinar com dados técnicos, números exatos sobre a posição atual do ultimo demonstrativo contábil da Previ. A possibilidade de proporcionar um adiantamento que não nos venha a prejudicar futuramente, nos deixando em situação mais penosas do que hoje.
Talvez a diretoria e o conselho façam um acerto tal qual o que fizeram em causa própria, adiantando 'REMUNERAÇÃO VARIÁVEL' para O PRIMEIRO TRIMESTRE DE CADA ANO Á GUIZA DE BONS RESULTADOS FUTUROS.
Certo de que examinaram na ocasião bons números para tal desiderato.
Que venha SETE MAIS SETE MAIS 7 e que não seja mentiroso...

Fernando disse...

Medeiros e colegas, a maioria está mal, ou seja, Pifado com dois coringas na mão. Portanto, se vier 7% de adiantamento, serão 6 meses de um alívio. O que vier vem bem. Agosto,para os POS-97, tem a metade do décimo terceiro do INSS, que dá mais um folêgo. E a gente vai levando....MEDEIRÃO, parabens pela briga , e aguardemos o Bingo.

Anônimo disse...

Parabéns DR. Medeiros pela sua luta constante.
Obrigado pelo boa notícia 7% é muito importante e vai nos tirar do sufoco.
Continuemos na batalha pelo ES-CAPEC, Entendo que será a única solução para nos que estamos com a margem negativa.

Abraços

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
Incomoda-me o fato de que alguns colegas pensem e raciocinem como se o dinheiro da PREVI fosse do patrocinador e não nosso.Os colegas, que já foram tao elogiados pela imprensa, ao se aposentarem, perderam o raciocinio rapido que tinham quando na Ativa... Assim, quando comentarmos alguma coisa nesse e em outros blogs, DEVEMOS falar como DONOS que somos e não como pessoas que dependem do favor de terceiros...Se nao tiverem, ADQUIRAM senso de dignidade. Desculpem o desabafo.O adiantamento é bom, sim, porque o dinheiro é nosso.

Anônimo disse...

Eu também fico com muita preocupação com os boatos que alimentam esperanças como se já fossem certos.Pelo que consta não há nada certo com relação ao adiantamento.

Anônimo disse...

Amigos,
alguém poderia me indicar um contador judicial que resida no Rio, São Paulo ou Brasília. É que ganhei um processo e a Previ apresentou os cálculos com vários senões, a menor.
Agradeço

Medeiros disse...

Nçao é sem fundamento, colega. A proposta existe e pode sair a qualquer momento. Se não sair é porque pessoas como você alimentam dúvidas e não pressionam. Eu procuro por melhorias sempre e vocÊ ?

Anônimo disse...

Procurar é uma coisa e acreditar é outra principalmente quando já deram como certo o que não era.O Sr. mesmo disse "se não sair.." e no post anterior colocou "Bingo?". Por isso entendi que não tinha nada certo.Não entendi a agressividade.Sem crise.

Anônimo disse...

Pelo que entendo a antecipação (e não adiantamento) será somente sobre o complemento PREVI, deduzidos os encargos normais (PREVI, CASSI, IRPF, etc.). A PREVI não tem poderes para alterar o valor do benefício do INSS. Ela simplesmente efetua o pagamento por conta deste. Em janeiro de 2016 o percentual antecipado será simplesmente descontado do percentual global de reajuste que, pelo andar da carruagem, deverá ser em índice bem superior ao da antecipação. Toda e qualquer receita antecipada será muito bem vinda.

Alvorino Osvadlt disse...

Se viesse seria ótimo! Estamos todos esgoelados! Vá em fernte! Abraços.

Anônimo disse...

Ao colega que pediu um contador. Prezado eu tenho/tive o mesmo problema, é muito dificil achar um contador especializado nos calculos da PREVI. Minha solução foi a seguinte: eu mesmo fiz os calculos seguindo o regulamento e paguei um contador para assinar - eivdentemente, demonstrei a ele a correição dos meus calculos de acordo com as instruções/normativos da propria previ. Sugiro que voce arrume alguem com capacidade para realizar estes calculos - realmente são dificeis e trabalhosos -e arrume um contador com CRC de sua própria localidade para assinar e, assim, contestar s calculos apresentados pela PREVI. Alias eu também fiz a impugnação dos calculos da PREVI demonstrando os erros cometidos por ela, que a meu ver são ofensivos ao Poder Judiciario de tão grosseiros que são.
Espero ter ajudados - não me ofereço para fazer os calculos pois estou para sofrer uma cirurgia e não sei quando estarei apto de novo,

Anônimo disse...

Com a inflação galopante, esse reajuste deveria ser mensal, a exemplo do "gatilho que outrora já foi aplicado, para minimizar a constante perda do poder de compra do trabalhador.

Anônimo disse...

A ideia de "gatilho" me atemoriza, pois significa inflação elevada. Mas seria uma maneira de evitar a inadimplência e derrocada financeira da maioria dos aposentados.

Anônimo disse...

Colegas, penso que os 7% deverá ser sobre a base CASSI que incide sobre a PREVI e o INSS, isso para quem tem a PP(Parcela PREVI), se estiver errada me corrijam por favor.

Anônimo disse...

Ao Anônimo de 7 de julho de 2015 18:37

Gostaria de solicitar a gentileza (se possível) de me disponibilizar por e-mail, o cálculo utilizado dentro do regulamento 1967 da PREVI para que eu mesmo possa fazer os meus cálculos.
Atenciosamente.

MAL
marcoolima@hotmail.com