O QUE NÃO QUEREMOS PARA NÓS NA CASSI

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Muito triste a gente precisar de assistência  médica e cirúrgica para combater um câncer insidioso e não contar com a mesma no momento necessário.  É nesta hora que a gente dá valor para o seu plano de saúde, no nosso caso para a CASSI.


Tenho presenciado,  na condição de presidente da AFABB RS, alguns dramas de saude bastante angustiantes, mas todos eles, de algum modo, tem sido resolvidos satisfatoriamente junto a Cassi.. Para mim a Cassi é justamente para nos socorrer nos momentos difíceis, proporcionando os recursos para o enfrentamento dos problemas de saúde que nos acometem especialmente na velhice.

O que não queremos que nos aconteça é o que anda rolando na rede pública de saúde, no SUS, por exemplo, onde tudo é difícil, tudo é demorado, tudo causa dor e sacrifício, onde a morte espreita e atormenta os pacientes e suas famílias.

Vale a pena meditar sobre o seguinte relato feito na Revista Época: "Há dez meses, Neide, ótima profissional, mãe de quatro filhos, 44 anos de idade, percebeu um caroço no seio. Ha dez meses ela luta pela cura. Primeiro fez ultrassom. Depois uma mamografia, depois raios X do torax. Neide ficou então na fila para ser operada. Prometeram que seria rápido. O caroço doía, aumentava e junto a ansiedade. Quando finalmente chegou a vez da cirurgia o médico avisou que só operaria com biópsia. Neide ficou de novo na fila para fazer a biópsia. Entre a marcação do exame e o resultado se passaram mais quatro meses de agonia e dor. Semana passada saiu o resultado: cancer. Neide voltou ao hospital com o exame. A médica disse que assim como estava, grande demais, não dava para operar. Primeiro tinha que fazer radioterapia para queimar. Mas o médico oncologista só tem hora para daqui um mes. Neide certamente só vai ser operada quando não der mais tempo para a cura. O que adianta ficar o Governo fazendo propaganda para as mulheres se autoexaminarem ? Quando elas veem o tumor ficar do tamanho de uma bola , elas tem de esperar um ano para ser atendidas. Não há salvação : o SUS é o caminho para a morte ".

O que acharam desse relato dramático e real ?  Querem essa via crucis para nós ?  Se não querem, então é hora de endurecer na negociação com o BB guloso. E´hora de não consentir que o BB se exima de sua responsabilidade com a nossa saúde. Essa é uma condição pétrea. A nossa segurança para o nosso futuro. Na defesa desse princípio temos que lutar até as últimas consequências.

A hora é agora ! Quem sabe faz a hora, não espera acontecer !  Está esperando o quê ?  Está esperando a doença bater na sua porta para testar a Cassi pós contingenciamento ? Está esperando Godot ?  Mexa-se. Mobilize-se. Participe. Levante dessa poltrona e venha para a rua. Venha para Camboriu. Participe do Encontro das Afabbs do Sul. Lute pela sua saúde e pela sua aposentadoria. Conto contigo. Conto com vocês.

54 comentários:

Anônimo disse...

Dr. Medeiros,
como ir a Camboriu, se está faltando dinheiro até para as despesas necessárias!

Anônimo disse...

caro Dr Medeiros, realmente está difícil levar aposentados para reunião na AABB de Bal.Camboriú(SC), vejo uma total falta de comprometimento por parte dos colegas - por E-Mail são sempre os mesmos que comparecem, por telefone quase impossível contatá-los - portanto está difícil

Anônimo disse...

Prezado Sr. Medeiros:

os dirigentes da Cassi falam muito em CliniCassi e Estratégia Saúde da Família (ESF). A pergunta é: como estes dois tipos de atendimento vão atingir uma vasta população de aposentados e pensionistas que moram pelos rincões deste imenso país?
Minha preocupação procede, pois onde eu moro só há descredenciamentos e as opções vão ficando cada vez mais reduzidas. Ninguém mais quer Cassi.
Qual é a ideia destes iluminados da Cassi? Querem que o doente faça uma viagem para centros maiores? Como vão ser estes atendimentos? Quando serão atendidos? Enfim, há aposentados (e como há!) morando fora dos grandes centros e cidades maiores.

Anônimo disse...

Prezado Medeiros,
Graças a Deus temos alguns aposentados como o senhor, que é combativo, dinâmico e um homem de visao. Pena que a grande maioria dos aposentados está "morta". So pensam em ES...Nunca achei que colegas, antes tao dinâmicos, iriam se mostrar tao medíocres no ocaso da vida. Que Deus o abençoe/ MANDADO DE SEGURANÇA PREVENTIVO JÁ//// A responsabilidade do BB é cláusula pétrea.

Anônimo disse...

incompetentes e ladroes.roubam,depenam o pais e nos pagamos o pato.temos q brigar pelo q nos restou, deem uma olhada a sua volta, jah tem muita gente no desespero..........

Anônimo disse...

Caros colegas,

Ai está um alerta sobre a CASSI da mais alta importância prá nós, aposentados e pensionistas, o Medeiros nos dá esse aviso porque o momento é sério mesmo e, se não houver reação, vamos cair no caso da infeliz Neide.

Realmente a coisa tá brava. Hoje, aqui na minha cidade, uma clínica tradicional, quase 50 anos de credenciamento, bons serviços que nos prestava, negou atendimento à esposa de um aposentado, alegou, e de uma forma até pejorativa ("CASSI, NUNCA MAIS"), não trabalhar mais com a CASSI.

Um caso como esse -- e que está acontecendo em todo o Brasil -- acaba se tornando um mal terrível para a própria CASSI, sua imagem e seu conceito tão indo pro brejo num piscar de olhos, construídos durante décadas. Tudo sendo jogado na lata de lixo rapidinho, rapidinho.

Fica a pergunta: e depois, se as negociações com o banco resultarem benéficas para nós e para a própria CASSI, como recuperar junto aos prestadores o conceito do nome e a antiga confiança, hoje tudo num lodaçal danado...?

É triste, muito triste e lamentável a indolência do banco com a CASSI, antes motivo de orgulho, hoje até de chacotas.

Medeiros, estive com você na Novembrada e até tive o privilégio de uma foto com você, infelizmente não dá prá ir a Camboriú, estou muito longe e sem grana.

Mas qualquer movimento no Rio, tô lá firme.
Lydio

Lydio

edsomn disse...



Tudo que estamos vendo acontecer em nosso país, penso que o aposentado quer
é paz e tranquilidade para quem já trabalhou e vive sem atacar ninguém.
É o minimo de respeito que nossa previ pode proporcionar aos seus associados.
Deveria ser uma prioridade de todos gestores da nossa previ e cassi, porque se não garantem os velhos imaginem os novos!!!

Anônimo disse...

Sim, vamos para Camboriú, mas o que vamos fazer lá? Assistir às reuniões e ficar por isso? Acho que participar das reuniões, pura e simplesmente, não vai resolver nada. Está faltando uma estratégia, um líder, alguém que bole faixas, cartazes, perguntas e questões a serem levantadas. Participar do encontro calados nada vai resolver. Deveríamos fazer uma pré-reunião só entre nós e debater o assunto, mas creio que não há mais tempo para isso. De qualquer forma, estarei lá, e espero que nosso líder Medeiros esteja com a artilharia preparada.
Vamos que vamos.

Anônimo disse...

O CliniCassi e o programa Estratégia Saúde da Família têm privilegiado os grandes centros urbanos. Ora todos sabemos que aquelas regiões estão muito bem assistidas de médicos e clínicas credenciadas. Não seria o caso de iniciar tais sistemas de atendimento pelas regiões menos assistidas?

Pedro Borges disse...

Dr. Medeiros,

Participei de uma reunião de sindicatos, onde o Amaral, da Anabb, fez uma palestra sobre a situação da Cassi e, baseado nas suas informações, cheguei à conclusão de que realmente a situação é difícil porque o Banco insiste na sua proposta de "tirar o time" com relação aos aposentados. Nós da velha guarda temos que utilizar todas as armas possíveis nesta luta, pois acredito piamente que os nossos direitos à assistência para a saúde são inegociáveis e constituem cláusula pétrea. Certamente para mim, que estou aqui no Espírito Santo, tão distante de Camboriú, é bastante difícil o comparecimento à reunião, mas estarei acompanhando todos os fatos e notícias sobre a Cassi. Confio na atuação e união de todas as associações que nos representam para que cheguemos a uma solução satisfatória.

Anônimo disse...

Emérito Mestre *****MEDEIROS:


Infelizmente não vou poder participar da reunião em Balneário Camboriú (DISTÂNCIA + SAÚDE + GRANA), mas sei que estarei MUITO BEM REPRESENTADO, pelo Senhor, que é UMA PESSOA CINCO ESTRELAS (vide as mesmas ao lado de Vosso nome, significando que o SENHOR É DETENTOR DOS MAIS ALTOS ELOGIOS).
Isto posto, a reunião SERÁ DECISIVA PARA O NOSSO FUTURO. Vai ser TRÉGUA ou GUERRA TOTAL (PRECONIZADA POR MUITOS DE NÓS HÁ LONGO TEMPO). CHEGA DE PROMESSAS FÚTEIS !
Comentando com amigos que atuam na ÁREA JURÍDICA, eles me disseram que temos DOIS TRUNFOS, mas que só discorrei brevemente, sem MAIORES detalhes, pois é ÓBVIO, que se o fizer, estarei MUNICIANDO o INIMIGO para as CONTRA-MEDIDAS, que PODERÁ ou NÃO ADOTAR/TOMAR:
1) - O BB-INSACIÁVEL ter considerado condição "sine qua non", para assunção no trabalho, à ADESÃO A CASSI, IMPEDINDO QUE INGRESSÁSSEMOS, QUANDO TÍNHAMOS BAIXA IDADE, EM OUTROS PLANOS DE SAÚDE, ASSEGURANDO-NOS SEMPRE, SER ELE INFINITO... Fizemos os CÁLCULOS e eles disseram que podíamos pegar os 5 BILHÕES + NEGOCIAR A FOLHA DE PAGAMENTO COM OUTROS BANCOS, CESSANDO A EXCLUSIVIDADE DO BB-GULOSO. SOBRARIA TRÔCO. NÃO DEIXÁSSEMOS DE VINCULAR e POR NA MESA, A TROCA DA FOLHA DE PAGAMENTO PELA CASSI + 5 BI, senão NADA FEITO;
2) - AGILIZAR junto ao JUDICIÁRIO, etc.,. etc.,. etc., o CUMPRIMENTO, RÁPIDO E INTEGRAL, COM AS DENÚNCIAS NOS LUGARES CERTOS (qualquer advogado sabe onde é) DO TAC (Termo de Ajuste de Conduta) SOBRE ALTOS SALÁRIOS, firmado pela PREVI, em TEMPOS IDOS. Antes, verificar COMO ANDA O PROCESSO QUE EXISTE SOBRE O MESMO ASSUNTO NA BAHIA, a fim de evitar LITISPENDÊNCIA, etc., etc.,.
Por fim, POIS ACREDITO QUE OS ÂNIMOS ESTARÃO BASTANTE EXALTADOS, ACONSELHE o Sr. GUEITIRO GENSO a não LEVAR e/ou se FAZER ACOMPANHAR do Sr. MARCEL, pois poderá COMPARTILHAR COM ELE, EM ALGUM MOMENTO, DE ESTREPITOSA VAIA! BOA IDA E VOLTA CARO MESTRE!

Anônimo disse...

Acabei de falar com um colega em São Paulo que disse que vai ficar "quente" na sexta feira em B. Camboriú. Vai sair de la uma caravana e que o pessoal não esta nada satisfeito com a suspensão do adiantamento e com a situação da Cassi.
E isso ai pessoal, vamos mostrar para eles quem manda, que o dinheiro que esta na Previ, e NOSSO!!!!!! Que a Cassi e NOSSA!!!!!
Gostei de saber.

Anônimo disse...

Aposentados da Cassi,


Desmanchem esses elefantes brancos que são as Clinicassi, gastam os tubos com salas e mais salas, para meia dúzia de colegas irem medir a pressão e fazer vacinas ou uma consulta relâmpago.
Aluguem ou peçam cedência de uma sala em cada hospital e/ou emergência, que é aonde os aposentados e seus familiares mais frequentam, pois sempre necessitam de atendimento em alguma especialidade, que não é atendida nos postos da Cassi.
Ademais, nunca estão abertos à noite.
Parem de descredenciar bons médicos, por picuinhas em contratos leoninos para a Cassi, também o atraso nos pagamentos de cirurgias.
finalizando, por obrigação contratual e moral o BB deve cumprir suas OBRIGAÇÕES para com os ativos e aposentados mais familiares.
OBRIGOU NO COMEÇO AGORA TEM OBRIGAÇÃO DE CUMPRIR SUA PARA, VIU BB!
Caso não cumpra sr. BB, será acusado de assassinato em massa, por negligencia, omissão, para com os velhinhos trambiqueiros segundo o sr. zazzeron.

Rubens disse...

Colega anonimo das 21;27hrs, é uma pena que mesmo os colegas aposentados que moram em Balnerário Camboriu-SC e na região próxima, não estejam dispostos a comparacer pois o assunto é de REAL INTERESSE AOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS, pois la estara o Presidente da Previ Sr. Gueitiro Genço e o Diretor Marcel, e se colegas não comparecerem, não haverá uma certa pressão para as tomadas de decisão a nosso favor, É UMA PENA, POIS SERA MAIS UMA REUNIÃO E MAIS UMA OPORTUNIDADE PERDIDA DE COLEGAS APOSENTADOS E PENSIONISTAS REIVINDICAR NOSSOS DIREITOS, TAIS COMO ES, ADIANTAMENTO DE 10%, ETC. é lastimável a falta de união. Não adianta falar mais nada, depois não podem reclamar, pois a maioria dos colegas de outras cidades, acho que não poderão ir por vários problemas, inclusive financeiros...

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, ir a Camboriu só se alguém financiar nossas passagens e estadia. O Sr. esqueceu que muito de nós, as vezes, não temos nem o que botar na mesa? Eu, pelo menos, só posso acompanhar a distância e torcer para que os que possam tenham exito em nome de todos.

Mariano Branquinho disse...

Colegas, voces que moram aí perto, vão pra Camboriu. Sds> Mariano Branquinho- Longe - Joao Pessoa (PB). Abs.

Anônimo disse...

Dr. Medeiros, esse seu chamamento para que saiamos do conforto do nosso lar para participarmos de eventos de nosso interesse não é de hoje. O número de colegas que tem participado é insignificante. Cheguei à seguinte conclusão: os que recebem benefícios acima da média com raríssimas excessões não estão preocupados com tudo isso que está ocorrendo. Ficam na deles e talvez só criticando através das redes sociais. Por outro lado, os que recebem menos também não participam de nada, só reclamam - como o Sr. pudesse resolver tudo sozinho - e não são capazes de com um pequeno esforço se reunirem na AABB por exemplo e se cotizarem ou fazerem algum evento - um churrasco ou um jantar etc...etc...afim de completarem o numerário para alugar um ônibus para partciparem dessa reunião em Camboriú ou em outros eventos que surgirão. Será que nós - aposentados e ex- funcionários do BB - que tantas decisões importantes tomamos quando na ativa, perdemos totalmente a iniciativa para buscarmos soluções para os problemas que surgem em nossas vidas? Ou vamos ficar inertes esperando que algum milagre nos salve? Atendamos o pedido do Dr. Medeiros e vamos engrossar a fila dos que realmente estão agindo. Capacidade para isso nós temos! " Quando as pessoas de bem começarem a agir, o mal desaparece ".

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:


Acredito que na BASTILHA DE VIDRO, situada na região do MOURISCO, seria o LUGAR IDEAL para a reunião de 17 DE JULHO DE 2015, e não na ENSOLARADA CAMBORIÚ. Entendo que o CENÁRIO DE OPRESSÃO e ARBÍTRIO existente naquela FORTALEZA DE VIDRO, nos remete COMPLETAMENTE ao 14 DE JULHO DE 1789 (REVOLUÇÃO FRANCESA - início).
Já temos o nosso ROBESPIERRE (IGUALMENTE BAIXINHO E CRUEL), temos as vítimas (APOSENTADOS e PENSIONISTAS), sendo a ÚNICA DIFERENÇA é que, ao invés da VELHA e BOA GUILHOTINA, teremos UMA NOVA E AFIADA ESPADA SAMURAI.
Não esperem DESSA TURMA, LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE!

Anônimo disse...

Seria importante lembrar as autoridades que se fizerem presentes em Bal.Camburiú, que segundo a revista Isto é, os tentáculos da Lava Jato estão alcançando os fundos de pensão. Inclusive quando fazem referência ao "Garden".

Entendo que todos deveriam assistir ao seu vídeo da novembrada. O ALERTA FOI DADO e os pião não tão nem aí. Depois, depois...

Anônimo disse...

Dr. Medeiros...

Como será que são os salários dos diretores da CASSI? Será que lá também existe este bônus imoral? Cartão corporativo, carro, etc...

Anônimo disse...

Prezado Medeiros.
Parabéns por empunhar nossas bandeiras. A maioria fica em sua zona de conforto e não tem coragem para defender seus e nossos direitos. Querer sair de fininho, agora, que estamos no ocaso da vida é uma verdadeira indignidade. Mas se preciso for, vamos até ao STF. Éramos obrigados a optar pela CASSI e não podem agora tirar o time de campo. Nós vivemos num estado democratico de direito...

Anônimo disse...

Colegas,

Não sou causídico e não tenho certeza do que vou escrever é correto ou viável, mas acredito que se não tomarmos medidas cautelares contra o BB junto ao poder judiciário, por precaução, dificilmente lograremos êxitos em reuniões com histórico já definido.

O número de aposentados nessas reuniões podem não fazer o efeito esperado contra essa turma do PT que se alojaram no governo e no Banco pois foram treinados para essas ocasiões.

A grande vantagem é que vamos mostrar que estamos nos mobilizando e temos que demonstrar que levaremos essa situação as suas últimas consequências e teremos que deixar bem claro a informação de que não vamos tolerar mais blá. blá, blá e promessas e mais promessas de que estão estudando uma solução pois sabemos que essa solução já foi tomada de que os aposentados não terão mais assistência médica da Cassi que apenas os da ativa vão ter até o dia da aposentadoria.

Não se iludam pois se não tomarmos medidas judiciais cabíveis pode ser tarde demais.

Fica a pergunta: alguma associação de aposentados já tem algo de concreto ou um estudo sobre uma possível e esperada ação judicial para esse fim.

Quais medidas que podem ser tomadas para o caso?

O Banco possivelmente já tem tudo isso pronto para sua defesa e nós o que temos?




Anônimo disse...

Prezado Anônimo de 14 de julho de 2015 19:43:

muita lucidez da sua parte. É bem isto que acontece: para onde nós (aposentados e pensionistas) estamos indo, eles (BB, Previ, Cassi et caterva) já foram e voltaram inúmeras vezes, com todas as alternativas estudadas, para nos impingir o que eles querem. Infelizmente é assim e assim vai continuar sendo.
Um abraço.

Medeiros disse...

Colegas,

Consta, não sou especialista na Cassi, que os diretores também ganham bonus. Isso tem que ficar claro e transparente de uma vez por todas. Apesar dos resultados financeiros. Afinal as contas foram aprovadas pelo corpo social.

Já estou em Sc. E chove muito por aqui. A ensolarada Camboriu desta vez não existe. O clima imita a vida.

Os que comparecem podem perfeitamente demonstrar sua satisfação ou insatisfação, não precisando usar de grosseria nem de ofensas.

Estou disposto a recorrer ao Judiciário caso não respeitem nossos direitos, que ressalvei em protesto judicial.

Sempre espero o melhor.

Anônimo disse...

Força Dr. Medeiros,

Estamos em pensamento aí contigo. Este ano será melhor coroado com o Flamengo disputando a série B do ano q vem

Boa Sorte


Anônimo disse...

O Banco pelas propostas apresentadas quer se livrar da responsabilidade com a Cassi. Por conta disso oferece 5,8 bi.
Muito bem, se em ultima negociação para alcançar esse intento, oferecer aos associados -ativos e aposentados do PB1- toda a Previ com os 100% dos 160 bi e trocados, rasgando a res 26 no que lhe diz respeito, e aí ?
Seria aprovado? Aceitaríamos ficar com todo o patrimônio do PB1 (sem o Previ Futuro é claro) para administrar, incluso a Cassi ?
E, conjuntamente com esse mundaréu de grana, mais as economias que resultariam da dispensa dos super CEOS e conselheiros, trocássemos as " Costa do Sauipe " por hospitais próprios ? Seria bom negócio ?
Ou o medo de deixar a "responsabilidade" do Banco, sua "proteção" e nossa zona de conforto (antigamente existia, hoje não ) falam mais alto ?
Uma certeza: quem hoje é super remunerado é contra. Salvo poucas exceções.

Anônimo disse...

bom dia, Dr Medeiros. Se eles tem direito ao Bonus por que nós participantes não temos? Vamos a Guerra

Anônimo disse...

O Marcel vai a Camboriu?

Anônimo disse...

Dr Medeiros io que esta revoltando a todos os participantes é que se estivéssemos todos pagando a sua cota de sacrifício - menos mal - mais o que se observou é que a cota só ficou para os participantes para a diretoria é como se não existisse crise , isso é que ficou evidente e ainda para ficar mais revoltando eles se deram Bonûs pelo péssimo resultado , comprovado pelo fato de 1 ano antes da data prevista perdemos 25% dos proventos .

Anônimo disse...

Saiu, o contracheque do mês de julho, estou duvidando que o baixin vá nos adiantar alguma coisa. Com R$ 1.617,00 de MC negativa, acho que a solução é mesmo entrar na justiça, pois eles não pagam nem transito em julgado, mas os Bothonés (escritório) cobram correndo em uma outra ação. Não temos mais soluções e nem grana para irmos ao Balneário Camboriú. O que fazer? Pedir carona para caminhão, quem sabe?

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:

É só uma SUGESTÃO: QUE TAL LEVARMOS PANELAS, para a Reunião em Camboriú???

Jair Mário Bork disse...

Saiu a FOPAG de julho e, tristeza, começaram a cobrar a verba da Cesta Alimento. No meu caso, ao invés de creditarem, foi debitado exatamente o valor que eu vinha recebendo, o que não deixa de ser uma boa notícia, se for adotada a sistemática de cobrar uma verba por mês, e não tudo de uma só vez. Como estou recebendo a verba há mais de 7 (sete) anos, será uma longa jornada. Só que não recebi nenhum aviso da PREVI ou do advogado. Vamos ver no que vai dar. Outra coisa: o imposto de renda que paguei ao longo desses anos, está sendo compensado, ou seja, deduzido do imposto incidente sobre meu salário.

Anônimo disse...

Temos reclamado, por muitos e muitos anos, da cassi por não credenciar médicos em nossa cidade , que tem mais de 200 profissionais e a resposta é sempre a mesma: ou os médicos não querem, ou a dificuldade é devido ao monopólio da unimed. Entretanto a cassi já recebe antecipadamente a contribuição devida pelo uso do plano de saúde - isso já faz 03 (três) décadas que moro aqui. Semelhante a minha cidade existem várias outras. para nós, pobres cachorros sarnentos sem assistência médica,assim a extinção da cassi só nos daria lucros, pois somos atendidos pelo SUS. Até hoje ninguem se importou com a nossa situação e vocês estão reclamando!?!? Desculpem nossa indignação, mas pimenta nos olhos dos outros é refresco>

Ademar disse...

Não saiu os 7% o ES-Capec também não e agora como ficamos. O inferno espera toda a diretoria da Previ, principalmente o Marcel, o castigo deles não nos importa o que importa é o aqui agora , uma solução viável para nossas expectativas.

Pedro disse...



"COINCIDÊNCIA" ou endereço certo ?????

A Medida Provisória 681, que altera o limite das consignações em folha de pagamento para 35% e destina 5% "exclusivamente para pagamentos de dívidas em cartões de créditos" FOI ASSINADA POR UM MINISTRO QUE ANTES DE ASSUMIR A PASTA ERA BANQUEIRO (Bradesco).

Mateus, primeiro os "meus".

Rubens disse...

COLEGAS APOSENTADOS E PENSIONISTAS QUE MORAM EM BAL.CAMBORIU-SC, E NA REGIÃO, QUEIRAM, POR FAVOR, COMPARECER NA REUNI ÃO DAS AFABBS AOS QUE MORAM NESTA CIDADE E REGIÃO COM CARTAZES DE CARTOLINA, SOLICITANDO MELHORAS NA CASSI, ADIANTAMENTO DE 7 A 10% POR CONTA DO BENEFICIO DE JANEIRO/2016, etc A PRESENÇA MARCANTE DOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS, É NECESSÁRIA, POIS SENÃO O DIRIGENTES DO FUNDO DE PENSÃO DA PREVI, SR. GUEITIRO GENÇO E DIRETOR MARCEL, ACHARÃO QUE ESTA TUDO EM ORDEM... EU, RUBENS, INFELIZMENTE NÃO PODEREI IR POR MOTIVOS FINANCEIROS, MAS QUEM MORA NA REGIÃO, SERA MENOS DISPENDIOSO. oBRIGADO AOS QUE PUDEREM IR, A CAUSA É NOBRE, NOSSO INTERESSE. COLEGA APÇOSENTADO rUBENS, DO pARANÁ.

Ademar disse...

Estive conferindo minha folha de pagamento e me parece que a Previ não aplicou a tabela nova do imposto de renda. Simulei o calculo no site calculoexato.net e deu uma diferença de R$ 46,51 no mês, considerando que é retroativo a Abril, seria então multiplicado por 4, me confirmem se esto ou errado.

djpga disse...

A nova margem consignável de 35%, irá nos ajudar em alguma coisa?

Anônimo disse...

Vocês que vão para Camboriú , não percam a oportunidade de levarem cartases faixas tido que poderem chamar a atenção!!! A oportunidade e agora . Vamos nos unir e defender com unhas e defender dentes o que e nosso. Eu não posso moro muito Longe e as condições financeiras BCS já sabem. Deus de Justiça pedimos tua presenças emtregamos essa causa sejas nosso advogado .

Pensionista aflita.

Anônimo disse...

Vendi meu carro para pagar os Bothome Adv. (escritorio em P.Alegre)contratado pela PREVI, pois a justiça concedeu RENAJUD. Agora falta só aceitarem o valor e liberarem o bloqueio judicial no Detran, para poder transferir a venda ao comprador...
Haja paciência. Andar a pé, com 66 anos de idade, nestes tempos ruins de inverno é pedir para morrer...
(Antes levo outros comigo...)

Anônimo disse...

Se for o presidente é a hora de solicitar medidas de urgência , ninguém esta nos blogs só pra passar tempo os blogs são a nossa voz , dr Medeiros dou uma sugestão ao Sr . leve ao presidente um levantamento da quantidade de msgs e as mais emergências que o sr possuí para que o presidente entenda a nossa real situação , e solicite ainda esse mês quem um socorro para todos nós , NOS NÃO SOMOS VELHINHOS TRAMBIQUEIROS QUEM É TRAMBIQUEIRO SÃO AQUELES QUE DE FORMA IRREGULAR SE LOCUPLETAM DO QUE NÃO OS PERTENCE - BÔNUS -TETO - VIAGENS A PASSEIO INTERNACIONAIS ETC ....

Anônimo disse...

Sinal dos tempos. Não tá ruim só para aposentados não !
Estava observando a indumentária dos bancários e financiarios de hoje.
Tempos atrás, na época do BB bom, trajávamos ternos ou costumes de grife. Era Brooksfield, Via Veneto, Pierre Cardin, algum Armani com gravatas de seda italiana.
Hoje, o traje é C & A, Riachuelo, Cia. do Terno e a gravata made in China.
P.S. Isso prá quem tem a "invariável" sem a variável.

Anônimo disse...

Emérito Mestre MEDEIROS:

Por favor, é para o Caro ADEMAR (15 DE JULHO DE 2015 - 12:24 horas)

Também NOTEI ESSA FALHA. Embora tudo que venha da PREVI, seja MOTIVO de SUSPEIÇÃO, NÃO QUERO NEM PENSAR QUE ISSO FOI FEITO PREMEDITADAMENTE. Aguardemos os ACONTECIMENTOS, pois CERTAMENTE outros RECLAMOS VIRÃO.

Anônimo disse...

Ao colega Ademar - 15/7 12:24 h

Confiro minhas FOPAGs todos os meses, aliás, calculo-as antes mesmo que a Previ disponibilize-as no site (trabalhei muito tempo no funci/agência), então, afirmo com toda certeza/segurança; a PREVI está utilizando a tabela correta de IR para o cálculo das folhas de pagamento.

Carlos Mariano disse...

PREVI - AREA JURIDICA = CAOS - Vejo vários colegas questionando a honestidade da PREVI nas declarações feitas pelos seus advogados (representante do Presidente da PREVI). A falta de honestidade chega ao meu ver ser ofensiva ao Poder Judiciário (alias esta é uma chaga no Poder Judiciario - as partes mentem descaradamente no processo e não há punição). No meu caso além de mentir descaradamente a PREVI perdeu diversos prazos para se manifestar, pessoa não nomeada atuou como representante e o Juiz aceitou suas alegações como validas. Pergunto eu para que a PREVI contrata advogado se ela já tem o Judiciario a defendendo nos seus erros no tratamento dos velhinhos trambiqueiros.

Carlos Mariano disse...

CASSI X PREVI - Na ultima vez que morei em brasilia, idos de 2004. conversando com um colega e amigo comentei que a solução da cassi e da previ para o Banco era o Banco sair da PREVI e passar a CASSI (funcionarios aposentados) para a PREVI.
Na época era até uma boa solução. Hoje considerando os desfalques feitos nos Fundos de pensão que acredito também tem na PREVI só não foi desmascarado ainda. não sei se a solução é viável.

Anônimo disse...

Alguem tem noticias sobre a reunião de terça-14/07, se foi tratado alguma coisa sobre adiantamento/Capec? Nossos representantes naquele colegiado fizeram boca se siri!
Julio Cesar Magalhaes - 6.015.178-1 - de S.Paulo(SP)

Ademar disse...

Caro anônimo das 12:24, afirmo sem duvida que a Previ esta utilizando a tabela que tem vigência até 31.03 e não a atual que tem vigência retroativa a 01.04, pelos meus cálculos eu paguei indevidamente neste mês 46,51 e como poderia a previ utilizar a tabela atual em seus cálculos passados se ela nem existia. veja as duas tabelas e confira, vou envia-las em um próximo comentário por falta de espaço.


Ademar disse...

Para o anônimo das 16:14, não consegui mandas as tabelas, mas você pode conferir e inclusive calcular no site www.calculoexato,net e verá que tem uma diferença consideravell entre as duas tabelas

Anônimo disse...

Gente!

a Previ está usando a tabela correta. Fiz meus cálculos e fechou nos centavos.
Por favor, menos chiliques!

JOSÉ BENEDITO MONTEIRO disse...

Monteirinho disse:

Este mês a PREVI cobrou a mais o valor das prestações do ES. No mês passado paguei R$ 2.208,57 e este mês paguei R$ 2.392,78, uma diferença de 8,34%. Será que está correta essa cobrança a mais.Quem souber que me informe.

Anônimo disse...

Ao colega Ademar,

Meu nome é Luiz Carlos/BH-mg, o anônimo de 15/7, 16:14 h. Meus cálculos/conferência das FOPAGs estãs corretos, ou seja, até a folha de março utilizei a tabela 1 e a partir de abril(inclusive) a tabela 2, abaixo. Veja se você não está efetuando algum desconto indevido....

TABELA 1 (até março): desconto por dependente; R$ 179,71

de 1.787,78 a 2.679,29: 7,5% Dedução: 134,08
de 2.679,30 a 3.572,43: 15% Dedução: 335,03
de 3.572,44 a 4.463,81: 22,5% Dedução: 602,96
acima de 4.463,81: 27,5% Dedução: 826,15

TABELA 2 (a partir de abril): desconto por dependente: R$ 189,59

de 1.903,99 a 2.826,65: 7,5% Dedução: 142,80
de 2.826,66 a 3.751,05: 15% Dedução: 354,80
de 3.751,06 a 4.664,68: 22,5% Dedução: 636,13
acima de 4.664,68: 27,5% Dedução: 869,36

Forte abraço
Luiz Carlos/BH-mg


Anônimo disse...

Colega Monteirinho 15 de julho de 2015 19:49

Verifique se julho não seria o mês de recálculo de sua prestação, que ocorre a cada 12 parcelas pagas.

Anônimo disse...

O significado da palavra "vagueza" (vago+ -eza)é, segundo o dicionário, qualidade ou estado de vago; vaguidão, vaguidade.
Millor Fernandes escreveu um texto interessante, "A vaguidão específica", em que usa palavras de sentido vago, genérico ou pronomes indefinidos entre outros, para construir um texto engraçado cujo sentido só pode ser compreendido por quem faz parte da situação de comunicação. Vale a pena ler. Mas aqui o caso é outro. Explico adiante.
Na linguística são chamados "performativos" os enunciados que "realizam" uma ação. Assim, quando ouvimos num tribunal, por exemplo: "Declaro aberta a sessão", quem faz esta afirmação está investido da autoridade que lhe confere o cargo e este enunciado não é para simplesmente informar sobre a abertura da sessão, mas para definitivamente abrir a sessão. Entretanto, parece que isso não vem se aplicando aos discursos do sr. presidente da Previ nos encontros recentes das associações de funcionários, já que vem utilizando a estratégia rarefeita da vagueza ou vaguidão em suas falas, diante de funcionários ansiosos e angustiados.
Como já temos sinais de que o governo está ficando cada vez mais asfixiado, fica evidente que chegou a hora de transformarmos nosso discurso em ação, pois eles vêm há muito tempo nos subestimando.
Pergunta: Em virtude de não termos representação necessária nem suficiente nas reuniões do CD da Previ, seria viável a contratação de advogados competentes, uma força-tarefa, para reclamarmos nossos direitos na justiça, por meio da análise criteriosa e fundamentada dos pontos impactantes que estamos vivenciando com relação à PREVI/BB e à CASSI/BB, inclusive questionando os índices altíssimos dos investimentos em renda variável do PB1?
Esta ação seria nossa resposta: Chega de discurso falacioso!! Chega de vagueza!!